Quem tem mais chance de recuperar a imunidade?

Sete em cada dez pessoas diagnosticadas positivas para o HIV e que começam a fazer o tratamento antirretroviral recuperam sua contagem de células CD4 para um patamar acima de 500 células/mm³. É isso o que relatam pesquisadores franceses em um estudo divulgado recentemente: quanto maior a contagem de células CD4 e maior a relação CD4/CD8 no momento do início do tratamento, melhor será a recuperação de CD4.

O estudo usou informações do Banco de Dados Hospitalar Francês sobre HIV, observando pacientes que iniciaram seu primeiro tratamento entre 2006 e 2014 e então alcançaram e mantiveram carga viral indetectável em até seis anos de acompanhamento. Todos estes pacientes começaram o tratamento com uma contagem de células CD4 inferior à 500 células/mm³ e uma carga viral superior a 50 cópias/ml. Além disso, todos os pacientes considerados no estudo tinham pelo menos uma medição da relação CD4/CD8 feita seis meses antes de iniciar o tratamento. Estabeleceu-se que a “recuperação de CD4” seria definida por duas contagens de CD4 sucessivas de pelo menos 500 células/mm³, após confirmação de duas cargas virais consecutivas com menos de 50 cópias/ml. Pessoas com esquemas triplos, duplos ou em monoterapia foram incluídas.

Dos 23.188 pacientes observados, 6.050 preencheram os critérios do estudo. 66% dos participantes eram homens, dos quais aproximadamente um terço era originário da África Subsaariana. Ao iniciar o tratamento, a média de idade entre os participantes era de 38,6 anos, a carga viral média do HIV-1 era de 52.257 cópias/ml, a contagem média de CD4 era de 275 células/mm³ e a média da relação CD4/CD8 era de 0,3.

O resultado foi o seguinte: no geral, 69,7% dos participantes tiveram recuperação de CD4 após seis anos de carga viral indetectável; apenas 12,1% não atingiram a recuperação do CD4 no sexto ano de carga viral indetectável. Nesse sentido, o estudo concluiu que quanto maior a contagem de CD4 e quanto maior a proporção de CD4/CD8 ao iniciar o tratamento, maior a chance de recuperação do CD4. (A relação CD4/CD8 é um marcador do sistema imunológico tão importante quanto a contagem de células CD4. Quanto mais próximo de 1 for a relação CD4/CD8, melhor.)

Célula CD4.

Os pesquisadores identificaram ainda outros fatores que foram significativa e moderadamente associados à recuperação da contagem de células CD4:

  • Idade: indivíduos com mais de 60 anos apresentaram menor probabilidade de recuperação de CD4 do que pessoas mais jovens;
  • Homens que fazem sexo com homens, mulheres e homens heterossexuais que não são da África Subsaarian têm uma probabilidade maior de recuperação de CD4 do que mulheres e homens heterossexuais que são da África Subsaariana;
  • Indivíduos com coinfecção por hepatite B ou C ou aids ao iniciar o tratamento tiveram menor probabilidade de recuperação de CD4.

A influência dos antirretrovirais no resultado da recuperação do CD4 também foi analisada. Começar com uma combinação tripla baseada em inibidores não-nucleosídeos da transcriptase reversa (como Efavirenz, Nevirapina e Etravirina), em vez de uma combinação baseada em inibidores de protease (como Atazanavir, Darunavir, Fosamprenavir, Indinavir, Lopinavir/r, Nelfinavir, Ritonavir, Saquinavir e Tipranavir), foi associada a uma menor probabilidade de recuperação de CD4. Mas não houve diferença ao começar com outros regimes, incluindo regimes baseados em inibidores da integrase, principalmente o Raltegravir, de acordo com o presente estudo.

Quanto maior a carga viral no momento de início da terapia antirretroviral, maiores as chances de recuperação do CD4. Isso pode parecer surpreendente, mas é algo que já foi documentado em vários estudos anteriores. O fenômeno pode ser explicado pela liberação no sangue, após a eficácia do tratamento antirretroviral, de células CD4 que foram mobilizadas no tecido linfóide para combater a intensa replicação viral e a inflamação. No entanto, o tempo necessário para a carga viral ser suprimida não foi associado à recuperação de CD4.

Resumindo, os pesquisadores franceses afirmam que os dois principais fatores de recuperação de CD4 são: uma alta contagem de CD4 e uma alta proporção de CD4/CD8 no momento de início do tratamento antirretroviral. Por isso, quanto mais cedo for feito diagnóstico e mais rápido for iniciado o tratamento, melhor.

Anúncios
avatar
26 Comment threads
103 Thread replies
2 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
62 Comment authors
EuPositivoSCCara Positivo PAAndreAndSAR Recent comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Inscrever-se  
Receber notificação
Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Dois pontos a serem destacados:
1 – As pesquisas avançam e colaboram para melhorar a vida dos soropositivos. Muita gente perdeu “fôlego” ao iniciar o tratamento com contagem baixa de CD4, conforme era praxe até há alguns anos.
2 – Esse estudo também confirma o acerto da mudança do protocolo, que agora prevê o tratamento imediado a todos os diagnosticados.

Rômulo Monteiro
Visitante
Rômulo Monteiro

Ainda bem que consegui começar com menos de 90 dias ! rs…

Sávio
Membro
Sávio

Qual seu tratamento?

Rômulo Monteiro
Visitante
Rômulo Monteiro

DTG + 2em1

Fábio Soares
Visitante
Fábio Soares

Também 😊

Mas meu CD4 estava 344 e carga viral lá nas alturas

Rômulo Monteiro
Visitante
Rômulo Monteiro

Meu CD4 tava em 490+- e meu CV quase 2 milhões rs…, levei 1 ano para ficar indetectável xD

Duvida
Visitante
Duvida

Pessoal,
Qual a chance de eu tomando o esquema com dolutegravir me recontaminar por hiv? É maior que a chance de uma pessoa tomando profilaxia pré ou pós exposicao, ou menor?
Obrigado

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Pergunta pertinente, pois uma das combinações da Profilaxia Pós-Exposição tem o DTG + TDF + 3TC, ou seja, o mesmo esquema preferencial para início de TARV

maxwell
Visitante
maxwell

Respondendo no “achismo” eu acho que é muito difícil uma pessoa que faz uso das medicações se recontaminar já que da mesma forma que ela acaba com o vírus circulante fazendo só algumas sobreviverem adormecidas ela teria o poder de barrar uma nova recontaminação pq seu uso da medicação serviria também como barreira para o hiv exterior MAS lembre-se que há outras DSTs por aí, então o uso da camisinha é sempre interessante pra vc se contaminar com outras DSTs. Não coloque sua saúde em perigo por confiar nos outros. A pessoa pode agora não ter nada e lhe mostrar… Ler mais »

Paulo junior
Visitante
Paulo junior

O problema é o virus ser tipo mutante , de uma pessoa que não fez o tratamento ou esta com um virus resistente ao medicamento e vc pegar esse virus . Talvez a medicação nao faça mais efeito e vc precise mudar a medicação ou não conseguir nenhuma medicacção que controle esse novo virus.

Caio PE
Visitante
Caio PE

A chance existe embora não seja muito alta devido a alta barreira genética do DTG (mas existe sim !). A pergunta que eu devolvo é: por que essa preocupação? Não está adotando a camisinha?

Duvida
Visitante
Duvida

Pessoal,
Qual a chance de eu tomando o esquema com dolutegravir me recontaminar por hiv?
É maior que a chance de uma pessoa tomando profilaxia pré ou pós exposicao, ou menor?
Obrigado

CD4
Visitante
CD4

Meu cd4 ficou uns 4 anos em torno de 350. Descobri em torno de 350. Mas, 3 meses depois de ter começado o dolutegravir, foi pra 550! Alguma experiencia semelhante?

Sávio
Membro
Sávio

O meu cd4 nao passa de 320 hehehe

Sorodiscordantes
Visitante
Sorodiscordantes

Gente eu e meu marido somos um casal sorodiscordante, ele é +eu- , ele está indetectável a 6 anos.Queríamos muito ter um filho, a médica dele nos “liberou ” para tentarmos engravidar, e por incrível que pareça em uma única relação sexual sem preservativo eu engravidei, mesmo com problemas de fertilidade. Depois disso voltamos a usar preservativo ,daí fiz três testes, 30,60, 9o dia após a relação, todos deram não reagente, esse tempo de janela imunológica é seguro, pra o resultado negativo? Alguém sabe algo a respeito?

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Que coisa bacana. Olha, acredita que tenha gente mais capacitada para dizer, especialmente sua própria médica, mas, pelo que tenho lido aqui e em outras fontes, esse período é bastante confiável com os testes atualmente disponíveis. Boa sorte e saúde para vocês e seu filho. Deus os abençõe

Alessandro
Visitante
Alessandro

Infelizmente o estigma ainda está dentro de vc, estive em um relacionamento sorodiscordante com minha ex mulher e transei com ela por quase 2 anos sem o uso do preservativo, estamos separados a 9 meses e ela continua negativa, de fato é com toda certeza quem tem adesão 100% ao tratamento, não infecta não existe a possibilidade, todos estudos comprovam isso, porém quanto a engravidar vc poderia ter feito uso da terapia para te proteger e abandonar o uso assim que soubesse que estava grávida, apenas por desencargo de consciência.

Sorodiscordantes
Visitante
Sorodiscordantes

Obrigada pelo seu comentário! Eu fiz a pergunta pq onde faço os testes eles não nos dão essa garantia, não entendi pq, já que é o mesmo local onde meu marido faz acompanhamemto(consultas),e foi lá que a médica nos orientou quanto gravidez. Quanto a Prep não tomei pq a médica dele nos disse que aqui onde moramos o protocolo é só fornecer a mesma pra quem não está indetectável. Na verdade não me considero com estigma se o tivesse, não teria me casado com ele. A pergunta é pq percebi que nem todos os médicos tem o mesmo entendimento quanto… Ler mais »

Carla
Membro

Amada, tem como me passar seu email p conversarmos, tbm estou querendo engravidar.

Sorodiscordantes
Visitante
Sorodiscordantes
Vanessa
Visitante
Vanessa

Posso falar contigo pelo email ? Descobri a pouco estou sem chao muitas duvidas

Bia
Visitante
Bia

Oi,
Também estou num relacionamento sorodiscordante e, por querer em breve engravidar, conversei com a nossa infecto e ela disse que não seria necessário o uso da prep, apenas se fosse da minha vontade.
Como quem adere o tratamento certinho, após 6 meses indetectável , não transmite, eu não farei uso. Porém, é uma decisão bem particular.
Quanto a informação sobre HIV entre os médicos há realmenre diferenças, vi pela conversa com a minha ginecologista.

Alessandro
Visitante
Alessandro

Sim existem profissionais e “profissionais” infelizmente tem pessoas muito desatualizadas, atrapalhando a evolução das coisas, mas a grande maioria acredito que já são aqueles que sabem dos novos estudos e apoiam que de fato não transmite.

Lara
Visitante
Lara

A opinião dos médicos influência nossa realidade e decisões. Eu, por exemplo, já ouvi de uma médica que as mulheres são mais perigosas pq são mais transmissiveis e que isso se aplica mesmo estando indetectável. Vejo poucos casais sorodiferentes aqui no blog e os que têm os + são homens. Vocês conhecem casais nessa condição em que a mulher é +? Isso ficou na minha mente e internalizei, mesmo que racionalmente tenha conhecimento sobre as pesquisas e estudos , ficou o medo.

Mariah
Visitante
Mariah

Aqui também é assim, eu – e ele +.

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Engraçado, sempre ouvi e li que as mulheres são mais vulneráveis e não mais transmissíveis, até mesmo por causa da anatomia do aparelho sexual feminino, que é receptivo. Sobre a questão dos sorodiscordantes, acredito que isso ocorra porque nós, homens, somos uns sacanas bundões e pulamos fora e deixamos nossas parceiras na chapada ao menor sinal de dificuldade. Já as mulheres geralmente são mais companheiras. Basta ir à entrada de um presídio e ver que só mulheres fazem visitas. É raro ver um homem.

Sorodiscordantes
Visitante
Sorodiscordantes

No dia 3 de dezembro o encontro com Fátima Bernardes, mostrou a história de uma mulher + que com o marido- tiveram dois filhos de forma natural, e ela deixa bem claro como informação pra platéia, que ela estando indetectável, não transmite o vírus ao marido dela. Veja, é uma história linda. Link abaixo.
https://youtu.be/tVUFkLg2qDw

MAYKE SUCKBOY
Visitante
MAYKE SUCKBOY

Lara,
Devemos lembrar que a dinâmica da ciência é muito intensa e todos os dias temos novas descobertas. A questão do indefectível ser intransmissível é bastante nova, então a época VC Ouviu isso provavelmente essa informação ainda não era conhecida.

Ayelen
Visitante
Ayelen

Oi Lara concordo com vc realmente também vejo poucos casais sorodiscordantes em que a mulher é +. Estou numa relação sorodiscordante e eu sou +.
Mas não ta sendo nada fácil, quase rompemos o noivado por medo e a apreensão com relação a ter filhos, visto que a minha infectologista nos bombardeou dizendo que é quase impossível eu engravidar. Mas decidimos tentar de novo, procurar ajuda e outras opiniões médicas.

Lara
Visitante
Lara

oi Aylen!! Vamos trocar mensagens por e-mail? Se você quiser, pode me escrever. lara.1981@outlook.com

Cacauzinha
Visitante
Cacauzinha

eu !!!
Sou + e meu marido – tivemos uma menina ficamos uns 2 anos sem camisinha nem ele nem minha filha tem hiv
Depois que engravidei usamos sempre camisinha e eu ainda não tomo remédios nem quero tomar pelo menos por enquanto.

Lara
Visitante
Lara

Oi cacauzinha. Essa decisão de voltar a usar camisinha é por não querer engravidar de novo ou prevenção quanto ao HIV?

Luiz
Visitante
Luiz

Olá, faz um bom tempo que não posto nada aqui, mas a tua dúvida me deixou com vontade de participar.
Bom, vivo um relacionamento sorodiscordante no qual eu sou soropositivo e minha mulher não. Ela engravidou e deu a luz a uma linda menina, hoje com 10 meses de vida, completamente saudável. Sempre fez todos os exames e sempre deu não reagente. Não usamos preservativo em nossas relações sexuais, pois a orientação do meu infectologista é de que indetectável NÃO TRANSMITE.
Espero que meu depoimento seja útil.

Um abraço a todos e boa sorte para vocês!!!

Carla
Membro

Foi isso que o infecto do meu esposo me disse.

PositiveSoul
Visitante
PositiveSoul

https://giveprepashot.org/pt/

PrEP injetável de longa duração talvez numa realidade bem próxima… Espero que tenhamos avanços em relação à TARV nesse próximo ano.

Fabio Soares
Visitante
Fabio Soares

Pessoal, faço o uso de dolutegravir a mais de 6 meses. Porém há algum tempo meu intestino tem alterado bastante o seu ritmo “normal”. Além de episódios de ansiedade e insônia que estão sendo frequentes. Alguém observou o mesmo ?
Eu não queria trocar o meu esquema atual…

Luis Gustavo
Visitante
Luis Gustavo

Amigo,se vc toma o dolutegravir anoite,ele pode sim ta provocando insonia,procure toma-lo sempre pela manha,e a insonia melhorara.eu tomo o dolutegravir a 2 anos,e nunca tive nenhum efeito colateral. tomo todos os dias as 6hs da manha em jejum mesmo.

Fábio Soares
Visitante
Fábio Soares

Sim, Luis! Tomo pela manhã.

Beto
Visitante
Beto

Pode acontecer sim, Fabio. E pode ser transitorio tambem. Procure fazer atividades fisicas para dar uma cansada e aliviar a ansiedade, faz um preparado na manipulaçao de vitaminas B1, B6 e B12 que ajuda bastante em tudo isso. E foco no trabalho interior tambem. Um abraço!

Bruno
Visitante
Bruno

Descobri o HIV a 3 anos e não iniciei tratamento e até agora não tive nenhum sintoma. Se eu começar o tratamento agora tenho algum chance de ficar indetectável?

CharlottewJuPK
Visitante
CharlottewJuPK

Bruno qual seria sua dúvida por não ter começado o tratamento ainda ? De tudo que pesquisei sim você tem chance de se tornar indetectável mas procure um infecto e inicie seu tratamento verá que tudo fica mais leve.

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Protocolo atual prevê início imediato de tratamento – se o paciente quiser, lógico. Todos os estudos atuais indicam que quanto mais cedo começar a TARV, mais rapidamente se consegue chegar a indetectável, mais rápido seu sistema imune é restaurado e melhor qualidade de vida você terá a longo prazo.

Sol
Visitante
Sol

Você fez algum exame de carga viral? Pergunto isso porque há a possibilidade de você ser um “controlador de elite”. Se não for o caso, comece imediatamente o tratamento…é difícil do ponto de vista psicológico, mas depois entra na rotina.

Rômulo Monteiro
Visitante
Rômulo Monteiro

Você ao menos devia ter checado sua CV pois quando começar a dar sintoma, já sabe que não será algo “inicial”… um amigo só descobriu depois que descobriu um câncer…, sistema imunológico destruidasso !

Cacauzinha
Visitante
Cacauzinha

eu tbem Bruno e até hj nada me disseram que sou controladora de elite dai trocou de medico e esse quer que eu comece com os remédios e eu não .

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

É ruim quando o blog fica tanto tempo sem postagem, né?

Beto
Visitante
Beto

Hahahaha, se acalme, Rodrigo. Essa epoca do ano os cientistas estao de ferias…um abraço pra vc!

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

É verdade…rsrsrs. Mas não é nem o caso de novidades científicas. É que o blog se tornou, nos últimos anos, uma espécie de ponto de encontro. Passo por aqui para ler as postagens e os comentários. Afinal, na vida “aqui fora”, não é fácil encontrar pessoas para falar abertamente sobre o assunto.
Claro que não podemos tornar o HIV o assunto central de nossas vidas, mas ele acaba tento uma presença forte e, por isso, é bom ter com quem trocar ideias.

Beto
Visitante
Beto

Certamente, eu tb estou sempre por aqui nao so pelas noticias, mas pelo “ponto de encontro” tb. Eh sempre bom compartilhar e ver as experiencias dos outros.

Vivinha
Visitante
Vivinha

Oi Rodrigo bom dia!!!!
Eu sinto o mesmo que vc, passo sempre por aqui pra ler os comentários!
É bom saber que todos temos as mesmas angustias e que somos muito fortes ao mesmo tempo!

Roberto
Visitante
Roberto

É péssimo. Esse blog é quase uma rede social pra mim. Vejo sempre, já tô agoniado

Igor
Visitante
Igor

Notícia sobre projeto de lei que dispensa reavaliação de perícia na aposentadoria nos casos de AIDS

http://www.pdt.org.br/index.php/camara-aprova-dispensa-de-reavaliacao-pericial-a-aposentado-por-invalidez-com-aids/?utm_source=dlvr.it&utm_medium=twitter

Votei nesse cara, muito importante acompanhar os deputados e senadores que atuam defendendo a saúde e direitos de pessoas com HIV/AIDS

ROBERTO
Visitante
ROBERTO

Honestamente eu não acho que HIV seja caso de aposentadoria não. Acho a reavaliação Justa. Tenho um tio aposentado que tem, mas justamente porque as sequelas das oportunistas o impedem de trabalhar. Mas na maioria das vezes o + tem todas as condições. Não quero ser um encostado sustentado pelo goverso se tenho condições de me bancar. Ainda mais que o governo já arca com meu tratamento. Tem que ser reavaliado mesmo

AnonimoFer
Membro
AnonimoFer

Olá pessoal, também gostaria de saber se nós soropositivos (I=I) temos beneficios como isenção de IPVA por exemplo e outros impostos, mesmo estando atuantes no mercado de trabalho…
Alguém pode me dizer ??

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Não temos, AnonimoFer

AnonimoFer
Membro
AnonimoFer

Obrigado, Rodrigo !!

Paulo junior
Visitante
Paulo junior
Aninha
Visitante
Aninha

Oi pessoal! Tudo bem com vocês?
Aproveitando o assunto de CD4, gostaria de uma ajuda.
No meu último exame, meu CD4 baixou de 490 pra 327. Quando iniciei o tratamento, estava em 280. Uso o dolutegravir desde o início do tratamento, mas depois desse resultado fiquei um pouco receosa.
O médico me passou Bactrim por 120 dias.. alguém aqui já tomou esse remédio junto com os antirretrovirais?

Estou tendo uns sintomas estranhos… gostaria de saber se mais alguém teve essa experiência.

Agradeço desde já!

Bjs e fiquem com Deus! 🙏🏼

Fernandes
Membro
Fernandes

Continuou indetectavel?

Aninha
Visitante
Aninha

Sim, continuo! O que o médico disse ser o mais importante… só fiquei pensativa mesmo sobre o que pode ter acontecido pra que minha imunidade ao invés de aumentar, diminuísse…

Marquito
Visitante
Marquito

Oi tomo bactéria há mais de um ano meu cd4 inicial acredite foi 0 isso mesmo zero o médico não acreditou que eu estava andando’ se você tiver uma boa tolerância à antibióticos ele ajuda muito

Aninha
Visitante
Aninha

Nossa! Muito obrigada por ter me respondido, Marquito. Isso me tranquiliza muito! Até então, tenho tolerado muito bem… graças a Deus! 🙏🏼 Vou seguir tomando o Bactrim então.

Feliz Natal a todos! 🎄

Vanessa
Visitante
Vanessa

Oi descobri hoje q sou soro positiva,atraves de um teste rapido, terei a primeira consulta dia 12 estou sem chao passando milhoes de coisas na cabeca preciso falar com meu marido nao sei com quem conversar preciso de uma luz estou em chok…:(

Vanessa
Visitante
Vanessa

Estou com amidalas inflamadas emagreci bastan te

Ayelen
Visitante
Ayelen

Oi Vanessa! Olha com certeza não é fácil todos levamos um choque depois do diagnóstico, mas seja forte faça as consultas direitinho e aos poucos vc vai superar. Por outro lado precisa ganhar coragem e com calma falar com seu marido, afinal ele é seu companheiro e ele também precisa fazer o teste. Tenha fé que tudo dará certo! Estamos aqui para ajudar conte conosco!

luquinha
Visitante
luquinha
Visitante
Cbb
Visitante
Cbb

Que Deus nos abençõe e nos livre deste maldito vírus… 👏👏👏👏

luquinha
Visitante
luquinha

Gente meus dois pés estão inchados , o que pode ser ?

Elisa
Visitante
Fernandes
Membro
Fernandes

Mais um estudo promissor mas bem no inicio

DIEGO
Visitante
DIEGO

Essa pesquisa é bem mais promissora por vários aspectos, dentre eles: 1- O instituto que publicou é um instituto de grande renome e tradição na Europa com pesquisas em todas as áreas da infectologia e de extrema confiabilidade ( diferentes das start ups que costumam publicar pesquisas so para comseguir investimentos ). 2- É de já um marco nas linhas de pesquisa contra o hiv por 2 motivos o qual os pesquisadores passaram a última década investigando e tentando solucionar: – como identificar as células infectadas mas com o vírus 🦠 inativo; – como matar o núcleo do vírus dentro… Ler mais »

MAYKE SUCKBOY
Visitante
MAYKE SUCKBOY
Sula
Visitante
Sula

Pessoal,
Minha carga viral voltou ! Saiu de indefectível para 300 copias, quais serão os próximos passos clínicos ? Alguém ja passou flor isso ? Bjokas

Rômulo Monteiro
Visitante
Rômulo Monteiro

Deve ser BLIP… depois volta a indetectável… mas de qualquer forma só acompanhando através de exames para ver e, obviamente, consulta seu infecto ! rs

Gil
Visitante
Gil

Estou preocupado. Estou no Sul, de férias (moro em João Pessoa), e hohe cedinho o telefone toca. Era o laboratório de análises pedindo para refazer o exame de CD4/CD8 que minha infectologista pediu. O que pode ter ocorrido? Mrsmo quando descbri, minhas CD4 estavam acima de 570. Depois oscilam entre 800 e 1000. É o primeiro check up após mudar para lamivudina/zidovudina e dolutegravir. Estou preocupado e só estava marcado a volta para JP em 6 de janeiro. Adeus, férias sossegadas. Fiquei tenso! Pior: estou superbem de saúde! Todos resfriaram com esse tempo xoxo e friozinho atípico no verão do… Ler mais »

Tham
Visitante
Tham

Bom dia!!! Provavelmente coagulou o sangue… Isso acontece, pode ser algo errado com o transporte.

Lara
Visitante
Lara

Já aconteceu comigo. Problema no transporte, mas só descobri isso depois de sofrer bastante pensando besteira. Fica tranquilo e espero que tudo dê certo!

Angustiado
Visitante
Angustiado

Em 2015 descobri ser +, alguns meses após perceber que havia rasgado uma camisinha com um boy, eu estava como passivo, ele vive de boa e me garantiu que n tem, mas n confio, pois sempre fui usuário de camisinha, até pq sou da área da saúde… Após descobrir, na mesma semana comecei o tratamento 3 em 1 e fiz meus exames , CD4 acima de 600 e CV de 1.400 cópias, 2 meses depois estava indetectavel, fiz um único exame na semana após ter tido zika, de lá pra cá todos os testes rápidos que faço sempre dá negativo,… Ler mais »

Rômulo Monteiro
Visitante
Rômulo Monteiro

Bem… se vc é + vc ta se tratando, se vc é – vc ta se prevenindo “sem querer” ?

Beto
Visitante
Beto

Amigo: se seu exame de CV acusou 1400 copias, entao vc é positivo. Ainda assim, vc deve fazer o Western Blot para confirmar seu resultado, pois ele é que bate o martelo nesse caso. Um abraço!

Menina29
Visitante
Menina29

Qual foi primeiro teste que fez que acusou o HIV positivo? Não sera pq esta em tratamento?

Andre
Visitante
Andre

Boa noite! Poderia me passar seu e-mail? Tbm acontece comigo isso.

Cara Positivo PA
Visitante
Cara Positivo PA

Rapaz, com um CV numerando algo significa que você teve HIV e como não ha cura você ainda têm.
É normal com o tempo a linha positiva do teste rápido ficar mais fraca.
Mas em caso de duvida podes pedir uma genotipagem só para ter certeza se tens HIV. Vai que não…
(Em todo o caso CV numerando já é resultado confiabilissimo)

Morador da arvore
Visitante
Morador da arvore

Quem tem mais chance de recuperar a imunidade?

Resposta:
Quem votou no Bolsonaro!

Pq a petezada e bibas estão abaladas emocionalmente.

Primeira dama Michelle manda um abraço.

Gil
Visitante
Gil

Quem é este desgraçado, amaldiçoado e desocupado?

Paraense
Visitante
Paraense

😂😂😂😂😂😎👉👉

EuPositivoSC
Membro
EuPositivoSC

Ué Paraense. Acabei de ler um comentário seu pedindo para o JS não permitir comentários a favor ou contra o governo, logo após alguém ter se manifestado contra. Aí qdo alguém a favor vem fazer brincadeiras de mal gosto oprimindo os outros, você ainda estimula? Hipócrita do caralho você, hein?

Bom, e eu ainda espero bom senso de Bolsominion hahahaha. Que trouxa!

Edu
Visitante
Edu

Quando o blog vai ser atualizado de novo?

Jonas S
Visitante
Jonas S

Soube que o JS está em Nova York com a família, vamos torcer para ele não demorar, tb estou sentindo falta.

Ayelen
Visitante
Ayelen

Olha ele aí Jonas 😁

Elisa
Visitante
Elisa

o buchicho que ta rolando é Bangkok

Rômulo Monteiro
Visitante
Rômulo Monteiro

Quando tiver uma matéria que ele julga ser interessante postar ?

Maria
Visitante
Maria

Boa noite
Bem eu li muito a respeito
Mas ainda assim preciso conversar
Meu esposo foi diagnosticado em 2003
Conheci ele em 2011 , nunca tive preconceito, mas sempre me cuidei com preservativo
Em 2015 ele teve uma doença chamada neurotoxoplasmose ficou um mês no hospital , depois disso levou quase dois anos pra ele ficar indetectável!
Agora está indetectável a 8 meses, eu quero engravidar!

Beto
Visitante
Beto

Maria,

Indetectavel nao transmite. Isso ja esta mais que provado em inumeros estudos cientificos. Pode planejar sua gravidez com tranquilidade. Se vc ainda assim se sentir insegura, pode fazer o uso da Prep, mas nao ha necessidade disso. Sua filha e vc nao irao se contaminar. Conheco casais sorodiscordantes que transam sem camisinha ha anos, e continuam assim.
Um abraço pra vc e muita saude e paz para sua familia!

Maria
Visitante
Maria

Obg, me tranquilizou muito
A infecto nos falou da Prep, vai chegar no Sae que ele se trata agora no fim de janeiro.
Eu fiquei preocupada pq uma técnica de enfermagem disse que quando ele teve a doença oportunista em 2015 ele tinha AIDS ( me perdoe o termo, foi como ela disse ) e que mesmo indetectável ele não seria só portador do vírus, e aí fiquei confusa

Beto
Visitante
Beto

Maria, Sao questoes diferentes. A AIDS se caracteriza por um “estado imunologico” onde as celulas de defesa chamadas linfocitos TCD4 caem abaixo de 200, um nivel considerado critico para o aparecimento de doenças oportunistas relacionadas a esse “status” imunologico. Carga viral é o termo usado para definir a quantidade de virus presente no sangue. Ele pode tomar a medicacao, se tornar indetectavel, mas o sistema imunologico pode demorar para se recuperar, ou seja, aumentar a quantidade de CD4 da circulaçao ate os niveis considerados normais. Alguns individuos podem inclusive nunca atingir o nivel considerado normal. Depende de uma serie de… Ler mais »

Maria
Visitante
Maria

Obg por me esclarecer, ele está indetectável e a imunidade está só agora está 250
🙏

Lua
Visitante
Lua

Olá Maria, gostaria que me tirasse uma dúvida por favor: Quando seu marido ficou doente em 2015, ele fazia tratamento, já que descobriu o HIV em 2011? Bjs

Maria
Visitante
Maria

Não fazia direito, ele tomava kaletra quando eu conheci ele, e tinha muitas dores de estômago e falhava muito o remédio, depois ele mudou para um remédio que deixava ele amarelado, ele tomava na minha frente, e mesmo usando o remédio ficou doente, ele ficou muito debilitado chegamos a achar que ele fosse falecer, depois que ele melhorou e saiu do hospital, ele conseguiu uma consulta com uma infecto muito querida, pediu uma nova genotipag e desde então ele usa darunavir 2x ritonavir 2x dolutegravir 1x e tenofovir 1x
Desde então melhorou…
E agora ele toma direito o remédio

Lua
Visitante
Lua

Entendi, achei que fizesse o tratamento certo., Mas estranhei. Agora vai resolver., Que venha um bebê!!! Bjs

Felipe
Visitante
Felipe

Pode esclarecer o que eh CPK?
Alguem sabe se continua burocrático mudar do esquema 3×1 para o 2×1 e DTG?
Desde o início uso o 3×1 e já irei fazer 5 anos em abril e queria mudar mas meu infecro não quer!!!!
Abcs

Jovem sonhador
Visitante
Jovem sonhador

CPK (creatinofosfoquinase) é uma enzima que desempenha um importante papel na regulação do metabolismo dos tecidos contráteis, como os músculos esquelético e cardíaco, sendo encontrada em elevadas concentrações nesses tecidos, assim como no cérebro.

And
Visitante
And

Oi Felipe, como diz o meu infecto em time que tá ganhando não se mexe…

Lara
Visitante
Lara

Oi Beto! Podemos nos falar por e-mail?

Beto
Visitante
Beto

Oi Lara, claro, qual seu email?

Lara
Visitante
Lara

lara.1981@outlook.com… me
Manda um oi lá !!!

HomemSP
Visitante
HomemSP

Alguem pode me ajudar?
Meu CPK esta super alto…
Meu medico quer que eu pare com a medicação pra ver se ajusta.

Alguem passou por isso? É por causa do 2 em 1 mesmo?
Como resolveu?

Jovem sonhador
Visitante
Jovem sonhador

HomemSP,

Você faz exercicios fisicos? Se sim, pode ser a causa do CPK alto.
Fiz um exame que bateu a casa dos 700 e o infectologista informou que podia ser devido aos exercicios, solicitou que eu ficasse uns 6 dias sem musculação antes do outro exame, fiz isso e o meu ficou dentro do valor normal.

HomemSP
Visitante
HomemSP

Jovem Sonhador,

Infelizmente o meu esta acima de 7.000
Certamente não sao os exercícios.

Obrigado

Jovem sonhador
Visitante
Jovem sonhador

HomemSP,

O infecto solicitou exames para verificar o motivo?

Lua
Visitante
Lua

O meu subiu quando comecei a tomar remédio pra baixar colesterol, ate baixou a dose pra avaliar. Por acaso não seria isso??

Nelson And
Visitante
Nelson And

Olá, sou novo no grupo, fui acompanhando os depoimentos de muitos integrantes assim como as respostas e achei pertinente. Sou positivo e ao fazer os exames o meu CD4 era de 110 e a carga viral muito alta, o médico disse que estou infectado a aproximadamente 6 anos. Neste momento estou a fazer a medicação tomando um comprimido de Teevir as minhas consultas tenham sido na Namibia, fiz o último teste e deu indetectável e o cd4 subiu apenas para 170, mas continuo emagrecendo. Alguém pode dar uma ajuda no que devo fazer para subir o cd4 e diminuir o… Ler mais »

SAR
Membro
SAR

Olá Nelson And! Pelo que vejo você não é brasileiro. Não sei como funciona as políticas de saúde pública na Namíbia, porém tentarei ajudá-lo. Pelo que vi você foi diagnosticado com um CD4 relativamente baixo, o mesmo aconteceu comigo. Segundo minha infectologista quando somos diagnosticados com CD4 baixo há uma demora para restabelecer os níveis de CD4 podendo não passar de 350. Ela sempre me disse que levando uma vida saudável (alimentar-se corretamente, prática de atividades-físicas e uso correto da medicação para manter-se indectectável) é o melhor caminho. Aqui no Brasil, para casos de pacientes com CD4 abaixo de 200,… Ler mais »

Efa
Visitante
Efa

queridos, estou muito preocupado, ansioso e entristecido com a exonareçào da diretora do dito de HIV do Ministério da Saude. Realmente temo que a gratuidade universal do nosso medicamento chegue ao fim. O que faremos?

Maria
Visitante
Maria

Como eu disse no comentário acima , meu esposo tem o vírus e eu quero engravidar, a princípio a Prep ia chegar agora no fim de janeiro, liguei pra confirmar e eles não tem mais previsão, estou muito nervosa e ansiosa com esta situação…

Mariah
Visitante
Maria
Visitante
Maria

A infecto dele me sugeriu a Prep como uma segurança a mais, eu não tenho medo, o receio é dele, mas eu entendo ele.
Tomara que chegue logo a medicação aqui estou contando os dias para ter um bebêzinho

Corpo fechado
Visitante
Corpo fechado

O tratamento será gratuito apenas para as pessoas que não possuem condições de pagar, o governo fará um levantamento onde os portadores terão que comprovar renda.
O ministério da saúde irá acabar com os privilégios, porque só alguns doentes podem receber a medicação 100% grátis, e as pessoas que sofrem com outras doenças fatais como ficam, menos egoísmo e individualismo!!!

Sol
Visitante
Sol

Oi, você é especialista em formulações de políticas públicas pra saúde? Fale-nos mais da sua experiência e de como esse modelo funcionou em outros lugares.

Maria
Visitante
Maria

Gente agora fiquei realmente muito preocupada, eu sou negativa meu marido positivo, mas temos que pensar em todas as pessoas que sofrem com a doença e com a falta de informação!
Os medicamentos são garantidos , está na constituição III – Todo portador do vírus da aids tem direito à assistência e ao tratamento, dados sem qualquer restrição, garantindo sua melhor qualidade de vida.

Jovem sonhador
Visitante
Jovem sonhador

Fontes?

Paraense
Visitante
Paraense

JS, não deveria permitir o uso do blog pra servir de palanque, pró ou contra governo. Ninguém vai cortar medicação alguma,

Cbb
Visitante
Cbb

Paraense, podes me ilucidar se em qto tempo de uso do 3×1 (a tripla) podemos começar a ter sequelas? Eu vivo em Angola e, muito sinceramente, não vejo um horizonte da introdução do 2×1 que, segundo relatos aqui do blogue, tem muito menos sequelas que o 3×1. Um forte abraço irmão.

Paraense
Visitante
Paraense

Cbb, desculpe a demora em responder. Meu caro Cbb, sobre o 3×1 eu não posso te responder pois, apesar de estar em tratamento a 4 anos, eu já não utilizo o 3×1, (tive problema com o efavirenz no começo do tratamento , aquilo é um alucinógeno😂😂😂) mas posso falar sobre a minha terapia com Atazanavir, ritonavir, lamivudina+tenofovir. Essa combinação eu ja faço uso há uns trés anos e meio e estou resistindo bem, nunca tive efeitos colaterais, apenas me queixo de dores na coluna lombar- estou com discopatia-. Gosto sempre de relembrar aqui que saí de um quadro de CD4… Ler mais »