Notícias
Comentários 103

Primeiro transplante de rim entre soropositivos no Reino Unido

Pela primeira vez, os rins de um doador soropositivo falecido foram transplantados com sucesso em dois receptores também soropositivos, no Reino Unido. A África do Sul já havia feito transplantes semelhantes, a partir de doadores soropositivos falecidos para receptores soropositivos, também bem sucedidos. A utilização de órgãos de doadores que viviam com HIV pode ajudar a salvar vidas daqueles que vivem com HIV e que precisam de transplantes de órgãos.

O doador britânico foi um homem branco de 55 anos que morreu após uma hemorragia cerebral. Seu HIV estava sob controle, com uma carga viral abaixo de 50 cópias/ml nos últimos três anos e uma contagem de células CD4 acima de 200 células mm³ nos últimos seis anos. Os destinatários foram um homem negro de 60 anos que estava na lista de espera há 563 dias e um homem negro de 45 anos que estava na lista há 306 dias. Depois do transplante, realizado a dois anos atrás, o primeiro paciente ainda precisou de diálise por conta de complicações decorrentes do transplante. Seu quadro veio a melhorar dez dias depois da cirurgia. O segundo paciente não teve complicações e recebeu alta do hospital oito dias após o transplante. Hoje, ambos os pacientes estão bem: sem complicações decorrentes do transplante e com o HIV bem controlado. Segundo o MedScape, eles não precisaram mudar suas combinações de antirretrovirais.

“A terapia antirretroviral transformou a vida das pessoas infectadas pelo HIV, de modo que esta é agora uma doença crônica gerenciável, tal como, por exemplo, a diabetes”, disse a Dra. Rachel Hilton do Guy’s Hospital, em Londres. “Isso abre a oportunidade para as pessoas que vivem com o HIV terem acesso a tratamentos como o transplante de órgãos e a oportunidade de doar seus órgãos após a morte.” Ela acrescentou: “Nosso programa ainda está no começo. Precisamos ganhar a confiança de que os resultados a longo prazo para esses receptores continurão favoráveis. Minha esperança para o futuro é que os novos agentes antirretrovirais, particularmente aqueles com poucas ou nenhuma interação com os regimes imunossupressores atuais, permitirão resultados ainda melhores para os receptores de transplante infectados pelo HIV.”

De acordo com um estudo publicado no Clinical Kidney Journal, a admissão de doadores soropositivos pode representar um ou dois transplantes anuais deste tipo no Reino Unido. “Um único doador de órgãos pode salvar ou transformar a vida de muitas outras pessoas”, disse a Dra. Rachel. “Já fizemos transplante de rins de três doadores soropositivos em seis pacientes que vivem com HIV e que sofriam de doença renal crônica em estágio final.”

Anúncios
Este post foi publicado em: Notícias
Etiquetado como:

por

Jovem paulistano nascido em 1984, que descobriu ser portador do HIV em outubro de 2010. É colaborador do HuffPost Brasil e autor do blog Diário de um Jovem Soropositivo.

103 comentários

  1. Ney diz

    Legal saber da possibilidade de doação de órgãos de positivo para positivo. Antes da infecção eu era doador mas sabemos que no Brasil um positivo não pode doar para um soro negativo. Em relação de doação de positivo para positivo aqui no Brasil eu desconheço. Quem souber favor comente. Gostaria de saber como é aqui no Brasil. Valeu.

  2. SP+- diz

    Só achei muito tímida a perspectiva de 1 a 2 transplantes desse tipo ao ano….

  3. Luquinha diz

    O doador um ,britânico foi um homem branco de 55 anos que morreu após uma hemorragia cerebral. Seu HIV estava sob controle, com uma carga viral abaixo de 50 cópias/ml nos últimos três anos e uma contagem de células CD4 acima de 200 células mm³ nos últimos seis , Triste e lamentável .

    • Henrique diz

      Isso so prova que de qlq maneira todos vao morrer de alguma coisa não necessariamente por decorrência do hiv.

  4. Tiago diz

    Lembrou-me uma pergunta aqui feita sobre a possibilidade de soropositivos poderem salvar uma vida doando sangue e a categórica resposta “não pode”.

    Não podemos doar sangue, mas já podemos doar um órgão inteiro, ainda que seja a outro soropositivo rs

  5. Fernando diz

    Gente, me ajudem por favor. Desse que eu descobri meu diagnóstico Setembro do ano passado venho emagrecendo. Mas tá tudo normal nos meus exames. Eu sempre fui magro e tive dificuldade de engordar mas agora eu perdi e não consigo voltar ao meu peso normal de jeito nenhum. Pedi até a minha infecto pra tomar cobavital que vi que engorda e nada aconteceu. De ano passado pra cá sai de 56 pra 51kg. E sou baixo tenho 1.73. To desesperado pq me acho feio assim e também as pessoas percebem. Faço uso do 3×1 e também tomo remédios pra depressão e sou fumante também.
    Gostaria de saber se tem alguma forma de eu conseguir recuperar esses peso. Queria muito. Na verdade só tem 10 dias que tomei o cobavital mas vejo que o peso sempre tá o mesmo.

    Espero que alguém me ajude.

    • Joao diz

      Passei exatamente por isso , hoje meio desencanado . Cobavital só começa a engordar depois de três caixa tomada arduamente e se para de tomar perde tudo ,,,, o jeito é desencanar

    • John titor diz

      Também tive esse mesmo problema. Use buclina antes da sua principal alimentação, se alimente no mínimo 5 vezes ao dia, o ideal é 8 vezes, beba bastante água, pratique atividades físicas e você precisa parar de fumar ou procurar ajuda para parar de fumar.
      Existem programas do governo que te ajudam a parar de fumar, eu mesmo participei de um. Vc vai tomar um remédio que vai controlar fissura, vai usar adesivo e chiclete e te garanto que vc conseguirá, pois eu consegui. No primeiro mês é difícil, mas é bem menos difícil do que parar sem tratamento, após o primeiro mês vc só vai lembrar as vezes do cigarro, mas vai ser indiferente para vc se tu quer fumar ou não, essa mera lembrança vai durar apenas 2 min, daí vc vai ter que procurar uma distração ou beber água e pronto.

    • SP+- diz

      Fernando, eu sei que é difícil mas largar o cigarro já faz vc ganhar peso.

      Outra coisa, vc treina? Já pensou em fazer musculação??
      Se já faz as vezes um ciclo de esteróides com acompanhamento médico é uma boa alternativa.

      Alguns anabolizantes tem sua indicação justamente para esses casos! Mas somente com indicação médica porque originais somente na farmácia com receita especial controlada..

    • telma diz

      Eu engordei fazendo musculação ganhei massa muscular nao sei se pra vc funcionará regimes contendo inibidores de integrase com o tempo tem efeito de diminuir colesterol e triglicerideos tomo a mais de 5 anos inibidores de integrase . Não sei se pra vc funcionará tenho 1.69 e peso 70 kilos continue tomando cobavital talvez funcione muita gente acha que musculação emagrece eu achava tambem mais pra mim foi o contrario aumentei 2 kilos na balança

    • Renato diz

      Passei por isso tbm,mas hj já tô preocupado e com.o aumento de peso!rsrs

    • Vsrj33 diz

      Posso fazer uma doação de uns quilogramas pra ti? Como eu queria emagrecer. Eu pesava 78 kg depois foi para 83kg e depois que eu descobri passou dos 92kg e tenho 1.74. Minha sorte é que faço musculação. Amigo vc já tentou entrar pra uma academia? Usa sua falta de peso a seu favor. Vc vai ganhar massa magra cara. Isso será maravilhoso. Claro que não é de um dia para outro. Tem q ter paciência e querer. Se esforce e não faça cara feia. Vc vai ganhar peso.

    • Miguel diz

      é piegas, mas soh voltei a engordar qndo larguei as medicações pra depressão tipo fluoxeina e clonozepam pra dormir. e hje to meio pançudo rs … ou bastante, depende da auto-estima rs..

      abraço

  6. Maycon diz

    E de um negativo para um positivo?

    E moço que ficou triste pelo AVC do positivo! Não vou negar a ti que temos uma chance um pouco maior. No entanto, fumantes tem bem mais. E J.A vi jovens de 20 morrendo de AVC e fumantes de 80 anos que nada possuem. Viver é estar em risco a todo tempo. Uma probabilidade maior não significa fato, assim como menor impedimento.

  7. Rômulo diz

    Foda é saber que um homossexual não pode doar sangue segundo o hemorio… tem que bancar o “hétero” para tal…no caso de soronegativo obviamente.

    • SP+- diz

      Uma amiga minha trabalha num hemocentro.

      Ela me contou que mesmo preenchendo os formulários como hétero, elas são treinadas a ver qq deslize e descartar a bolsa de sangue logo após a doação sem o conhecimento do doador…

      • Rômulo diz

        É muita estupidez fazer uma coisa destas… não entendo a razão se o sangue ta limpo… ainda pedem para doar e blablabla…

      • Rodrigo diz

        Como assim, qualquer “deslize”? Que coisa estúpida.
        De toda forma, o STF está julgando o caso e deve derrubar em breve essa barreira.

        • SP+- diz

          Isso mesmo, se a equipe da coleta desconfia que vc é gay eles colhem ter tratam super normal e depois dispensam a bolsa…

          Ridículo, qq um pode estar na janela imunológica alí no ato da doação, sendo gay, drogado ou o que for.

    • Júlia diz

      Pura verdade eu era negativa na época e não pude doar porque sou transexual ridículo

  8. Henrique diz

    Boa noite, pessoal. Alguém poderia me ajudar? Sempre tive dúvidas para interpretar os resultados do meu controle. Já pedi explicações a meu médico, mas ainda não fiquei satisfeito com as explicações dele. Tenho 47a, faço tratamento com o 3 em 1 há dois anos, estou indetectável e os valores do meu último exame (27/10/2017) são o seguinte: CD3 = 1751 , CD4= 791, CD8= 967 e CD4/CD8= 0,82. Na realidade não sei o que esses números significam e com qual deles eu tenho que me preocupar. Às vezes fico frustrado por achar o valor do cd4 baixo, apesar de eu me cuidar muito bem. Alguém , por favor, poderia me ajudar a entender esses valores? Obrigado.

    • Caio PE diz

      CD4 excelente (acima de 500 já é considerado saudável). Relação CD4/CD8 indica o estado imunológico da pessoa com imunodeficiência nas quais ocorrem alterações de linfócitos T supressores e T auxiliadores. Quanto mais alto o valor da razão CD4/CD8 melhor. Resumindo: continue firme e forte o tratamento. Tudo está ok !

    • John titor diz

      Os linfócitos T fazem parte de nosso sistema imunológico. são formados no Timo.

      Valores de referencia:
      CD3: 723 – 2737
      CD4: 404 – 1612
      CD8: 229-1129

      Os linfócitos CD3 são correceptores que ajudam na ativação do sistema imune, Já os linfócitos CD8, têm a função de sinalizar e correlacionar a adesão na ativação dos linfócitos T induzida por antígeno.

      Fonte: http://www.doctoralia.com.br/enfermidade/hiv+e+aids-41049/pergunta/quais-os-valores-normais-de-cd3-cd4-e-cd8-em-um-adulto-nao-portador-e-qual-a-funcao-especificamente-539188#reviews

    • telma diz

      Esses resultados sao otimos acima de 500 cd4 pra portadores do hiv ja se torna maravilhoso muitos almejam isso e nao conseguem nem seguindo tratamento a risca , segue com seu tratamento a risca que vc está otimo .PARABENS E LONGA VIDA PRA VC

  9. Olhos 03 diz

    Pq muitos infectologistas falam que indectavel passa ?que existe um percentual baixo porém não confiável?se as pesquisas dizem que indectavel são intransmissível que não existe transmissão estando indectavel?

    • SE FALAM ISSO É PORQUE SÃO BURROS OU PRECISAM SE ATUALIZAREM, INDETECTAVEL NÃO TRANSMITE

    • John titor diz

      Por que na cabeça de alguns infectologistas, isso ajudará você a se proteger de outras doenças sexualmente transmissíveis, mas na realidade vc sendo soropositivo indetectável vc é INTRANSMISSÍVEL. Manda ele pesquisar i=i ou u=u.

      • Renato diz

        Porq realmente o fato de estarmos indetectáveis,não nos dá o direito de n usar camisinha,pós podemos pegar outras doenças ,e fico vendo hj em dia como tem gente q n liga para o uso da mesma ,se uma pessoa+,estiver mal intencionada passa c facilidade pra outras.

    • SP+- diz

      Eu como soro- em um relacionamento sorodiscordante e estável há 3 anos, tenho pesquisado bastante sobre o assunto pq fizemos sexo sem preservativo por 2 anos e tudo ok por aqui.

      Mas sobre o indetectável não transmitir a conclusão que se chega através da pesquisa PARTNER é que naquele momento que vc está indetectável vc não transmite. Naquele exato momento do exame ou o tempo que vc se manter indetectável.

      Mas entre um exame e o outro naquela janela média de 6 meses pode sim ocorrer de vc transmitir, pq nesse espaço de tempo entre os 2 exames dando indetectável, pode acontecer um blip ou um rebote, sua CV ir acima das 200 cópias e vc transmitir, e a VC tornar a baixar até o próximo exame.

      Eu concluo que é nessa situação que concluem que pode haver a transmissão, e por esse motivo a infecto me colocou na PrEP mesmo sabendo que não tivemos transmissão ao longo de 2 anos…

      • RecentWave diz

        Na verdade o estudo fez uma vasta pesquisa com vários tipos de casais soro discordantes ao longo de anos e não houve nenhum caso de transmissão. Lógico que se a pessoa não aderir ao tratamento ela voltará a ser detectável e passará a tramsmitir. Se este não é o seu caso não se preocupe com transmissão. Se preocupe apenas com outras doenças que os anti retrovirais não combatem.

    • Miguel diz

      eh o famoso tirar da reta meu amigo, eu só durmo com minha mulher e tá tudo ok… obviamente um infectologista, não vai querer assumir a culpa c vc infectar alguém, sejamos razoáveis, dá pra entender a posição.

  10. Ney diz

    Olhos 03 essa pergunta sobre a possibilidade de um indectavel passa a doença pode ser respondida pelo jovem soro positivo. Que aliás será pai e vive um relacionamento soro discordância….

  11. Ney diz

    Mas eu também percebi isso de alguns médicos serem bastante restrito em relação a sexo sem proteção entre casais soro discordância…

    • Medicos não são Deus.
      Alguns são desinformados e preconceituosos.
      Outros são estudiosos e preocupados com o bem do outro.
      Mais ainda digo que a maioria são preconceituosos como qualquer pessoa.
      Vai ter medico que vai mandar ate vc separar sua escova de dente, haja ignorancia
      Repito indetectável não transmite, pode ter filho ou filhos e vida normal, somente ser fiel a medicação.

      • telma diz

        Concordo com vc EGC medicos nao sao deus e nao sao videntes se nao estaria morta, quando recebi o diagnostico em 90 o medico disse que ia tratar as infecçoes com antibioticos mais viveria no maximo 1 ano , to aqui viva ate hoje entao deus existe e medicos erram tambem. Eu dou graças a deus pela minha cabeça e fé de nao aceitar o que ele me falou . Tomem seus medicamentos certinhos e sejam felizes e vivam como sorononegativos claro se cuidando e usando sempre preservativos pq existe outras dsts

    • John titor diz

      No grupo de apoio ao qual eu pertenço, os médicos que também são ativistas, eles são muito gente boa em relação a isso, e há até uma gíria: “indetectável empoderado”, isto é, quando vc faz sexo sem ter medo de ser feliz, sem proteção mesmo, pois vc é INTRANSMISSÍVEL, mas claro que a melhor maneira seria numa relação monogâmica, pois vc não estará imune a uma infecção de outras doenças venerias.

  12. Rômulo diz

    Acabei de receber meu exame após 6 longos meses com o DTG e pensei que tava indetectável mas ta em 397 o CV e CD4 em 900… e olha que o DTG costuma baixar bem rápido… tudo bem que tava com quase 2 milhoes de CV (infecção aguda) mas sem tratamento costuma baixar pra 100 mil e subindo aos poucos… #chateado =|

    • Caio PE diz

      Mas para quem estava em 2 milhões e baixar para 397 é uma queda abissal. Ou, talvez, possa ser que seu vírus seja resistente ao TDF ou ao 3TC. Pois quase todos colocam as esperanças APENAS no DTG e esquecem que tomam o 2×1 junto. Acredito que seu médico deva pedir uma nova CV daqui a um tempo e verificar. Se não indetectar, deverá fazer genotipagem viral.

      • Rômulo diz

        Resistência eu duvido pois a suposta pessoa que me infectou ficou indetectável com 3×1 e se fosse o caso não teria baixado até este ponto.

        Mas em breve terei plano particular e poderei realizar testes trimestrais ao menos. \o/

        • paulo diz

          eu faço o 2×1 e fiquei indetectável em menos de dois meses. fiquei bem feliz. mas também minha carga viral no início do tratamento era de 21 mil, bem menor que a sua. acho que como você tinha uma carga viral muito alta, o remédio não conseguiu ainda te deixar indetectável, mas dá pra notar nitidamente que fez efeito =)

  13. Olhos 03 diz

    Jovem tira essa dúvida :pessoas indetectáveis mais de 6 meses não transmitem ?qual a opiniao do dr Esper sobre isso ? E pq alguns infectologista não concordam sobre essa informação

    • AmigoSp diz

      Sou paciente do Esper.
      Uso o DGT há 10 meses e estou indetectável.
      Não sou mais transmissor apenas portador.
      Dr Esper me explicou que quando estivesse indetectável não precisaria usar preservativo.

      • Caio PE diz

        Não precisa entre aspas. Se for com alguém conhecido e sem nenhuma IST tudo bem. Mas se for com um desconhecido da rua isso é altamente não recomendado. Outro ponto: quase todo portador se culpa muito em não infectar alguém, mas será que a recíproca é tão verdadeira assim ?

  14. Vida diz

    Boa tarde!
    Luiz Carlos, tudo bem? Vc está sumido. Sentimos sua falta.

  15. Vida diz

    Olá! !
    Alguém sabe se soropositivo pode tomar vacina de tétano e difteria normalmente ? E se ao reailazar exame admissional corre o risco de descobrirem a sorologia.
    Abraços

    • Caio PE diz

      Tétano e difteria são vacinas produzidas por fragmentos de bactéria. Logo não possuem alguma possibilidade de ativação de doenças. Mas procure, realmente, seu médico e se informe sempre com ele antes!
      É ilegal cobrarem sorologia anti-HIV em exames admissionais. Existe uma lei específica proibindo.
      Realmente, Luiz Carlos, estamos sentindo sua falta !!!

      • Luiz Carlos diz

        Estou por aqui, apenas observando.

        Troquei meu esquema para monoterapia com Darunavir há dois meses com o intuito de diminuir os efeitos adversos do Tenofovir a longo prazo. Passei apenas por um rash leviano após duas semanas, como na maioria dos ARVs.

        No momento estou apenas aguardando ao disponibilização por parte do governo do Darunavir em comprimido único de 800mg para reduzir o pill burden.

        O grande problema é que tenho que pegar o TDF+3TC, caso contrário a farmácia da minha cidade não libera os comprimidos (mesmo após eu explicar a eficácia do monoterapia com estudos, etc – Brasil sendo Brasil). Se não fosse pelo 2×1 poderia retirar Daruna para 3 meses, mas não é o caso, enfim, c’est la vie.

        Conversei com uns amigos russos nas últimas semanas e a coisa está bem tensa por lá. O governo limitou a importação sem fiscalização a USD 20 a cada 6 meses desde o ano passado, e o pessoal não está conseguindo importar ARVs da Índia sem fiscalização. Quem cai no pente fino muitas vezes acaba sendo preso e sofre processo criminal por importação de drogas sem autorização do governo. Tudo isto enquanto a Rússia vive uma grande epidemia de HIV, pelo mesmo motivo.

        Para completar vale lembrar que os ARVs vendidos na Rússia são frutos da ERP (Expert Peer Review – produção autorizada pelo Global Fund apenas quando não há ARVs disponíveis pela ViiV (GSK – linha A) e pela Aurobindo (linha B) – ou seja, são medicamentos sem controle de qualidade prévio, emitidos de forma emergencial para o mercado interno e vendidos ilegalmente para o mercado externo.

        Como costumo pensar em momentos difíceis, “nada está tão ruim que não possa piorar”.

        Abraços!

        • Caio PE diz

          Quais os efeitos práticos e comprovados do TDF ao longo dos anos ? E o que considerado, a partir de “quantos anos” isso começa a ocorrer (em média) ?

          • Luiz Carlos diz

            No longo prazo (cerca de 10 anos) os efeitos podem ser graves, como EH (encefalopatia hepática), hemorragia das varizes, e há até estudos apontando aumento no câncer hepático.

            Abraços!

            • Caio PE diz

              Luiz, notasse que tem um “fão recalcado” nosso aqui. Um reprimido ! kkkk

              • Rafaello diz

                Pior é a senhora que vive reclamando quando alguém negativa teus comentários aqui. Além de sempre querer chamar a atenção aqui no Blog. Se enxerga o despacho de encruzilhada.

        • paulo PE diz

          oi, o Tenofovir que você fala é este que faz parte do 2×1 com o Dolutegravir?

          • Caio PE diz

            Tenofovor + Lamivudina = 2×1.
            Junto com o Dolutegravir formam 2 comprimidos ao total. A maioria deposita esperanças apenas no DTG e esquecem que o 2×1 podem sofrer resistência viral também.

        • Jorgito diz

          Luiz Carlos, não sabia dessa possibilidade de monoterapia com Darunavir. Não existe risco do vírus desenvolver resistência nesses casos de monoterapia? Achei essa alternativa interessante, não sabia que era viável. Além de evitar os colaterais do Tenofovir deve ser bem menos tóxico também, você tomar apenas uma droga ao invés de três. Fale um pouco mais sobre isso aí. E os colaterais do Danuravir? Como são? Existe risco de lipodistrófica? Quero estudar essa possibilidade aí pra mim também. Morro de medo dos colaterais do Tenofovir a longo prazo.

            • Luiz Carlos diz

              @Jorgito,

              Segundo os estudos recentes, a chance de resistência é virtualmente a mesma (Week 96 efficacy and safety of darunavir/ritonavir monotherapy vs. darunavir/ritonavir with two nucleoside reverse transcriptase inhibitors in the PROTEA trial) – 15% em quem estava em terapia com DRV/r + 2 ITRN e 17% em quem estava em monoterapia (DRV/r) após 96 semanas.

              Existe sim um risco um pouco maior de lipodistrofia utilizando apenas o DRV/r, porém ele está associado a pacientes que já vinham utilizando combinação com DRV/r + 2 ITRN há muito tempo (Fat tissue distribution changes in HIV-infected patients with viral suppression treated with darunavir/ritonavir (DRV/r) monotherapy versus 2 NRTI + DRV/r in the MONOI–ANRS 136 randomized trial: results at 48 Weeks).

              Lembrando que na terapia normal com DRV você toma 4 medicamentos (DRV, RTV (booster), TDF e 3TC), enquanto na monoterapia com DRV você toma apenas 2 (DRV e o booster, RTV).

              Falando em RTV, uma boa notícia para quem usa os IPs: Desde setembro o RTV já começou a ser produzido por industria brasileira, e já está disponível nas UDMs desde o mês de outubro, portanto o “gargalo” para dispensa dos IPs para mais de um mês que sempre foi o RTV agora não existe mais.

              Abraços!

              • Jorgito diz

                Obrigado pela atenção em responder à pergunta, Luiz Carlos. Abraço!

    • Jorgito diz

      Alguém que manja inglês poderia, por favor, me dizer: a reportagem veicula que a cura funcional está próxima ou que já chegou? Porque o título dá a entender que já descobriram.

  16. paraensepositivo diz

    Muita gente que vem comentando aqui deveria repensar o que vem postando. Não devemos jamais encorajar soropositivos, como nós, a praticar sexo sem preservativo sob o pretexto de que quem está indetectável não transmite. O que vemos são muitos comentários que, mais cedo ou mais tarde, vão acabar induzindo muitos ao erro num momento em que observamos um aumento significativo no número de pessoas infectadas. Devemos, sim, ter cautela sob pena de acabarmos por criar um tipo de vírus multirresistente que tornará o tratamento, que hoje é tranquilo, muito complicado.

    • Olhos 03 diz

      Obrigada jovem re vi alguns textos e sobre estar indetectável bom vc tem que tomar um remédio toda noite e estar indetectável após 6 meses sua condição imunológica melhora e vc realmente não é trasmissor .Porem vejo que ainda existe preconceito por parte de nós soros + ,devemos sim nos cuidar pois não existe só o hiv porém como eu um dia quero ter filhos por isso que fiquei com esta dúvida mas já está esclarecida que hoje vc estando endetectavel vc não passa pro parceiro e principalmente aop bebê,sei que muitos drs não gostam de citar vc não é trasmissor para o mesmo se cuidar de outras dsts….mas só de vc se livrar do fantasma trasmissor já te liberta pra vc viver uma relação normal ou seja pensar formar em uma família sem medos ou traumas

    • paraensepositivo diz

      “O TEMPO É O SENHOR DA RAZÃO”. Esperemos então…✌

  17. Vida diz

    Luiz Carlos! !!
    Não suma não sentimos sua falta.
    O Caio respondeu minha dúvida é agradeço muito,mas não há tempo de consultar o médico de meu esposo. Ele precisa dessas vacinas de tetano e difeteria para exame admissional. O que vc acha??

  18. Matias diz

    Bom dia pessoal! Um dia pedi orientação à vcs pela experiência de lidarem com Hiv por mais tempo que eu; meu questionamento foi em relação ao meu médico pedir exame CV e CD4 apenas antes do início do tratamento (dolutegravir+Lamivudina+ Tenofovir): CV: 7.900 e CD4: 848. Ele disse que não pediria esses exames novamente depois de 3 meses de tratamento, só depois de algum tempo. Eu vejo todos comentando que depois de três meses de tratamento os médicos pedem e tal…Tenho retorno com meu médico e para a minha surpresa depois de 6 meses de tratamento ele n pediu o exame CD4 e CV, pediu uma bateria de exame p avaliar lipídios, glicose, hemograma,função hepática, função renal…Recebi os exames hoje e para minha surpresa só tive uma “leve” alteração em Tgo: 49 unidades e Tgp: 48 unidades. Os demais ( colesterol, glicose, uréia, gama glutamil, hemograma, creatinina, vitamina D3) todos dentro dos valores de referência. Me ajudem, será q posso confiar na conduta desse infectologista (particular, um dos melhores do estado d Goiás) em não pedir CV e CD4 depois de 6 meses de tratamento? Devo ver uma segunda opinião médica? Será que é pelo fato do meus CD4 estarem bons? Não é perigoso para minha saúde?

    Em relação ao Tgo e Tgp devo me preocupar c esses resultados?

    Obs: Foram 6 meses muito tranquilos, confesso que me adaptei facilmente a essa nova realidade em minha vida. As vezes nem lembro que tenho esse intruso em meu corpo. O que tem me afligido é essa situação em relação aos meus exames. Se vcs puderem me orientar eu agradeço muito! Desde já desejo muita paz, serenidade, alegria e muita fé para seus corações.

    • Caio PE diz

      Se fosse eu, eu cobrava (exigia mesmo) esses exames de CD e CV. Afinal, como não avaliar alguém passados 6 meses ? E se ele não quiser passar, já iria vendo a possibilidade de outros médicos. Esse cara não é o único !!!

    • PB. diz

      Oi, Matias.
      Você tem kik? se tiver passa aí…
      Podemos trocar experiencias sobre infectos em Goiás.
      Abraço

  19. Gil diz

    OLÁ PESSOAL!

    Aconteceu um “pequeno acidente” com um frasco de tenofovir/lamivudina aqui em casa… os comprimidos caíram na pia cheia dágua com detergente. Estragou, claro. Era um frasco cheio, não havia tomado nenhum. Ainda tenho para este mês, mas era o frasco de dezembro. Se alguém tiver um frasco de tenofovir/lamivudina que não esteja usando, pois mudou de esquema, pode, por favor, me enviar pelo correio? Pago as despesas de envio. Pode ser por SEDEX.
    Já resolvi essa situação de desatenção. Mudei de lugar, para o quarto. Deixava sobre o armário da cozinha, no aéreo em cima da pia. Quase tive um treco!!
    Eu tinha frascos a mais, que há um tempo atrás a gente trocava, enviava, emprestava para quem estava faltando… mas enviei os últimos para o pessoal que precisou, nessas crises estaduais, ou teria um estoque maior.
    Será que alguém faria este FAVORZAÇO?
    Abraço!

    • AnonimoFer diz

      Meu kik: genfer1981.

      Aproveito para fazer uma pergunta aos demais soropositivos do blog.

      Quando vcs vão ao dentista, dermato, cardio vcs abrem ou não a sorologia?

      Entendo que para cirurgia faz se necessário, mas consultas de rotina não vejo necessidade. O que acham???

      • Tiago diz

        AF, eu abri para a minha dentista, mas foi mais por desinformação que outra coisa. Aconteceu uns dois dias depois do diagnóstico, estava bem perdido e como meus próprios deslizes acontecem e como senti afinidade, senti-me inclinado

        Como ela mesmo falou, o meu alerta foi bem-vindo, mas no entender dela não é responsabilidade minha alertar, mas sim do profissional de saúde usar de todos os meios para se prevenir, com todos os pacientes, sem exceção e da mesma forma que fariam sabendo estar lidando com um portador de HIV.

        Faz sentido, já que nem todo o portador sequer sabe que o é.

        • Tiago diz

          Estava editando quando publiquei sem querer rs

          Ia escrever “Aconteceu uns dois dias depois do diagnóstico, estava bem perdido e como meus próprios deslizes estavam bem presentes e ainda senti afinidade, senti-me inclinado a alertar.”

          • AnonimoFer diz

            Tigão obrigado pela resposta brother. O que disse faz todo sentido.

  20. bom dia alguma mãe aqui positiva que possa mim responder minhas dúvidas ou um paizão que acompanhou sua companheira durante o nascimento do bebê então a médica mim falou que vou tomar 3 horas de Azt na veia “doi” tenho essas dúvida afinal e qui que encontro apoio infelizmente nem pergunto muito mas minha consulta de pré natal porque a minha ginecologista da onde faço tratamento ela acha o fim uma positiva engravida só pela expressão das palavras dela fico até com medo emfim minha 2 pergunta assim que narcir o bebê fica comigo como não vou poder amamentar tenho consciência disso e eu quero saber ele vão dando o leite de outra mãe ou já passa uma fórmula nossa to pedida e tenho até medo de ficar perguntando isso lá onde mim trato são umas pessoas que parece que estão obrigada a está lá aí fico meio sem geito hoje estou com 5meses e vou começar a tomar uma outra medicação meu kaletra acaba hoje a minha inferqt. queria que eu usase 3×1 ache que ela estava louca aí falei que iria completar 20 semana agora aí ela há então vamos pro que substitui o kaletra vai sabe né segura na mão de Deus e vai obg amigos fé .força .

    • paraensepositivo diz

      Minha cara, se você estiver em tratamento, indetectável e tomando a sua medicação corretamente, fique tranquila que seu filho nascerá sem o HIV. Com carga viral abaixo de 1000 cópias, a possibilidade do bebê nascer infectado é de 20 a 30%. Estando indetectável a taxa cai para zero. Geralmente durante a gravidez deve ser usado um inibidor de integrase para evitar a transmissão na hora do parto. A informação dessa “infectologista” de que você irá tomar AZT na veia por três horas, não procede. Quanto ao atendimento ruim que você recebe, reclame, exija, denuncie. É seu direito, constitucional, receber atendimento com um mínimo de qualidade e humanizado.

      • paraensepositivo diz

        O único inconveniente é que você não poderá amamentar. No mais cuide bem e curta bastante seu filho que é um presente que Deus te deu.

      • Oi então eu tive uma linda filha após o hiv e sim tive que tomar remédios durante toda a gestação e sim tomei azt na veia durante o parto não doi nada é minha filha ficou tomando xarope de azt por 45 dias logo após o parto ( cesaria) tomei um comprimido para o leite não descer e meus seios foram enfaixados imediatamente eles trouxeram fórmula pra ela é recebi fórmula do cta onde faço acompanhamento até o 6° mês dela e ela nasceu super bem saudável e sem hiv ….boa sorte!

  21. paraensepositivo obrigada por sua palavras agente fica muito fragilizada mas mãos de médico que compara os anos 80 com o de hoje agradeço muito a você assim sigo mim informando

  22. Garoto Mais diz

    Galera, aqui ainda tem aquele grupo no Kik? Se sim, por favor me coloquem lá, o meu nick é: garotomais

    Obrigado!

  23. paulo PE diz

    Gente, tô precisando da ajuda (legal) de vocês para um esclarecimento.
    Descobri que tenho HIV em Junho deste ano por causa de uma infecção que tive com HPV.
    Estou me tratando com um proctologista do meu plano de saúde e, claro, ele precisou saber disso.
    Pois, hoje, quando meu pai foi ao médico pegar uma assinatura que ele esqueceu de dar no laudo (para pedir um reembolso da cirurgia ao plano de saúde), ele simplesmente CONTOU AO MEU PAI que eu tenho HIV.
    Quando este médico em questão foi me operar este mês eu fui bem claro de que eu NÃO queria divulgar essa informação à minha família.
    Gostaria de saber se alguém aqui sabe quais métodos LEGAIS eu posso vir a tomar contra esse médico caso eu não consiga fazer ele desmentir essa história.

    • Gil diz

      OLÁ PAULO PE!
      De qualquer modo, você não pode obrigá-lo a mentir sobre sua condição. Aí, quem incorre em erro é você, infelizmente.
      Ele quebrou o sigilo entre médico-paciente o que é falta grave no código de Ética.
      Cabe, portanto, que você vá até o Conselho Regional de Medicina de seu estado e faça a denúncia. Creio que pelo site do CRM ou do Conselho Federal, você descobre se tem de ir pessoalmente ou se faz on line, o que acho difícil. Se for igual ao Conselho de Psicologia, tem de ir pessoalmente, levar provas, documentos, protocolar, etcetc…
      Também vejo que o ideal é você procurar fazer qualquer ação no CRM ou na justiça através de um advogado, é mais seguro e ele poderá lhe orientar.
      Que doideira, o profissional contar.
      Quando eu digo que há muitas lacunas também na formação de médicos, que “matam” muitas lições e vivências, como em qualquer faculdade, acham que eu exagero. Acompanho alunos de cursos de medicina (pois presto consultorias periódicas em avaliação universitária), alguns relatos me angustiam, para não dizer que me desesperam, mesmo sendo nas das melhores universidades do país. Por isso, sempre uma segunda opinião médica é de grande valor.

      • paraensepositivo diz

        Paulo P, só aproveitando o gancho no comentário do Gil, para você exigir uma punição para o médico linguarudo mais pessoas irão tomar conhecimento da tua sorologia; no CRM, no escritório do advogado e, se for pra justiça, mais umas dezenas de pessoas. Se fosse quer anonimato, que fique só em família, abafa o caso por aí mesmo.😀

  24. Gil diz

    Pessoal, olha só o que veio no meu e-mail, no principal, como se fosse retirado daqui…
    Uma tradução escrota de um e-mail, como se respondessem uma pergunta que jamais fiz… segue cópia do mail:
    Boa tarde Psico Gxxxxx,
    Sou Sonja McDonell, 23, Swiss Airlines Stewardess com 13 cidades ultramarinas, muito tierno com muitas idéias, também em casos de emergência no meu trabalho maravilhoso. Eu respondo suas perguntas em 2 etapas:
    1) O HIV positivo é um problema real em algumas das minhas cidades. A razão é, porque a maioria das jovens meninas pobres fodem sem comdoms. Quando eu tenho uma garota no meu quarto no hotel Hilton, pergunto-lhe primeiro, se ela também tem homens. Quando ela diz que sim, então eu insira um papel de falta de Pfitzer, o produtor da Viagra, em sua buceta e eu entrei durante 1 minuto recomendado. Quando o papel ainda é verde profundo, posso fazer sexo com ela.
    2) O sexo lésbico no Brasil é uma forma de cultura e não é uma vergonha. Eu não sou perverso, mas por que eu deveria dizer que não, quando uma jovem sorri e me acende do troteiro próximo. Muitas vezes estou encantado, que fantasias eles têm, desde que idade eles fazem e quantas meninas e meninos já tinham.
    Este é realmente o Brasil, onde o sexo em todas as idades, lugares e variações são possíveis. Essas 2 etapas também são suas experiências?
    Com amor
    Sonja
    NÃO ENTENDI COMO VEIO ISSO!! Havia uma pergunta, como se eu fizesse:
    “se HSH é homem que faz sexo com homem, então tem a MSM, que seria mulher que faz sexo com mulher?”
    Mas nunca perguntei isso… Disse que era de texto do blog do JS…
    Estranho!

  25. Garoto diz

    Gnt vcs aumentaram 1 hora o remedio de vcs por causa do horario de verão ou estão tomando no horario normal? (Falo isso pra wm vive em estados ontem tem horario de verão)

  26. Horus diz

    Pessoal tenho uma dúvida! Se estou com carga viral infectarem há mais de 7 meses eu ainda assim posso infectar alguém através do sexo oral sem camisinha??? Eu to muito preocupado, eu n tive a coragem pra contar q sou positivo ainda e acabou rolando! Mas o sexo foi com preservativo obviamente! Eu to morrendo de culpa e não vou me perdoar se infectei alguém :((

    • PositiveSoul diz

      Não se preocupe Horus, a possibilidade de transmissão por sexo oral é ínfima e requer condições bem específicas. Nao se culpe à toa!

      • Horus diz

        Você poderia me informar quais poderiam ser essas situações?!?
        Essa sensação de culpa é terrível! Não quero q ninguém passe pelo que eu passei e ainda mais por minha culpa! :((

    • Sp+- diz

      Horus,
      Indetectável há 6 meses ou mais não transmite nem por sexo anal

      Tire esse peso das costas

      Somente fique atento quando a revelar sorologia em um relacionamento novo, saiba que quanto mais tempo passa mais difícil fica

      Pese o momento certo que te protege com o sigilo mas não causa um impacto imenso por ter passado tanto tempo

      Boa sorte ai

  27. viver+ diz

    SUGESTOES DE PROFISSIONAIS MÉDICOS.
    Pensei muito de deveria postar esse grito de ajuda, mas não vejo motivo para não postar. Isto me ajudará e talvez ajude a outros tantos.
    O vírus do HIV não escolhe idade, sexo, religião, raça ou qualquer outra coisa, e também não exclui profissõe, por isso sei que existe muitos médicos que são portadores e talvez alguns desses medicos tenha acesso a esse BLOG.
    Levando em consideração essa posibilidade, gostaria de ouvir a opinião de alguns profissionais medicos que são portadores ou estão na ponta de atendimento a pacientes soropositivo.
    QUE CONSELHO VOCÊ PROFISSIONAL MEDICO daria a um postulante de Medicina que está confuso com sua futura residência? embora o meu desejo seja atuar como infecto, me encontro confuso em relação a maior susceptibilidade a doenças infecto contagiosa ( talvez seja apenas um medo sem fundamentos práticos).
    Na verdade surge uma decepção quando penso que meu grande sonho era atuar como obstetra, porém devido a inúmeras intervenções cirúrgicas que um obstetra realiza, posteriormente essas mulheres que foram atendidas e a longo prazo descobrirem a soroppsitividade do seu profissional médico, poderá criar um medo ou até mesmo sugerir-estar infectada apenas pelo ato de ter sido atendida por um médico soropositivo.
    Diante dessas possibilidades busco orientação e sugestões sobre uma especialidade que futurante não traga preucupacões para os pacientes que já foram atendido.
    Agradeço as sugestões e justificativa das mesma. obrigado!!!

  28. viver+ diz

    por favor, desculpem os erros de acentuação e algumas palavras que parecem não ter sentido, digitei no próprio celular e meu teclado muda algumas palavras..

  29. paulo PE diz

    Só pra contar que falei com o médico e ele, como uma pessoa sensata, entendeu a minha situação e ligou para meu pai e disse que tinha se confundido de paciente. Pense num aperreio :/ haha

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s