Notícias
Comentários 79

Anticorpos atacam 99% das cepas de HIV em macacos

Um estudo publicado na Science, em 20 de setembro de 2017, descreve o resultado do desenvolvimento de um anticorpo amplamente neutralizante (ou bnAb, do inglês broadly neutralizing antibody), que mostrou-se capaz de atacar 99% das cepas de HIV e de prevenir a infecção em macacos. Esse anticorpo é “trispecífico”, o que quer dizer que uma única molécula interage com três pontos importantes do HIV-1: o local de ligação ao CD4, a região externa próxima da membrana, o local de glicano V1V2.

Anticorpo amplamente neutralizante.

Esses anticorpos são originalmente vistos em algumas pessoas com HIV, que os desenvolvem naturalmente. Mesmo assim, os anticorpos naturais são capazes de agir contra 90% das cepas de HIV. Por isso, a ideia dos cientistas é desenvolvê-los artificialmente, mais fortes, para tratar ou prevenir a infecção pelo HIV. “Eles são mais potentes e têm uma amplitude maior do que qualquer anticorpo natural que tenha sido descoberto”, disse Gary Nabel, diretor científico da Sanofi e um dos autores do estudo, à BBC. “Estamos conseguindo proteção de 99% e com concentrações muito baixas do anticorpo.”

O experimento foi feito em 24 macacos: nenhum dos animais que recebeu o anticorpo desenvolveu a infecção quando o vírus SHIV (uma mistura de HIV com seu equivalente símio, o SIV) foi posteriormente injetado. “Foi um grau impressionante de proteção”, disse Nabel. O trabalho é uma colaboração entre os National Institutes of Health americano e a empresa farmacêutica Sanofi, e incluiu cientistas da Harvard Medical School, do Scripps Research Institute e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts. Os estudos em humanos começarão em 2018.

Segundo a BBC, a professora Linda-Gail Bekkera, da International Aids Society, disse que este é um “avanço emocionante”. “Esses anticorpos superdesenvolvidos parecem ir além do natural e podem ter mais aplicações do que imaginamos até agora”, acrescenta ela. “É cedo ainda e, como cientista, espero que os primeiros ensaios sejam iniciados em 2018”, continua. “Como médica na África, sinto a urgência de confirmar essas descobertas em humanos o mais rápido possível”.

Anthony Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos, diz tratar-se de uma abordagem intrigante. “As combinações de anticorpos que atacam uma parte específica do HIV podem superar as defesas do vírus na tentativa de conseguir um tratamento e prevenção efetivos baseados”, disse ele.

Anúncios

79 comentários

  1. Caio PE diz

    Só notícias animadoras. Parabéns aos cientistas e todas as pessoas que colaboram para os avanços frente a essa doença, que já deu o que tinha de dar a muto tempo!

      • Flávio diz

        Verdade! Estou acompanhando as notícias! Começei o 2×1 hoje! Seja que Deus quiser! Obrigado ao blog!

  2. Gil diz

    OPA, QUE LEGAAALL!
    Já estamos subindo! De uma postagem para a outra, já fomos de 90% para 99%.
    Ainda temos o 1%, mas creio que esta técnica seja, até agora, a mais promissora.
    Não ficaremos com este vírus no corpo por mais de dez anos. Logo teremos a cura, vamos eliminar estes indesejados. Vindo a vacina de 8 semanas, já será uma vitória, imagine quando finalmente disserem: este funciona! EIS A CURA!!
    O que será mais fácil? O mundo se livrar do HIV ou o Brasil acabar com a corrupção?

    • Luquinha diz

      Gil que a cura esta vindo isso já sabemos já em 2013, agora acabar com a corrupção no Brasil , você esta querendo muito né !

      • Gil diz

        Querer eu quero, mass acho que é mais facil o Papai Noel trazer um Dragão na carruagem da Cinderela ou acabar com a do SUS do que conseguirmos extrair a corrupção desse rincão.

  3. SAR diz

    Excelente notícia…Aliás, nos últimos meses temos sido afortunados com boas notícias. Minha fé se mantém firme de que, muito em breve, estaremos comemorando a cura. Que Deus continue iluminando a mente dos cientistas que buscam pôr um fim nesse vírus indesejável.

  4. Ney diz

    Já havia lido esta notícia. Excelente matéria. Juntos somos mais fortes. E venceremos o vírus. Valeu JS.

  5. Alex diz

    Essa pesquisa poderá ser usada também para uma cura ou somente para vacina?

      • Alexandre diz

        No caso do HIV tudo que serve para prevenção servirá para a cura. Entendam que os ARV’s matam quase que 100% dos vírus circulantes. O que acontece quando se para o tratamento é uma reinfecção causada pelos vírus que estavam latentes. A grosso modo essa terapia funcionaria da seguinte forma, acredito eu. Vc se trata até ficar indetectável, daí vc entra com os anticorpos e para com os ARV’s. Pimba, vc está “vacinado” contra uma nova infecção ou reinfecção.

  6. Energia diz

    Até o momento esta pesquisa é a que esta mais avançada, por já terem sido realizado testes em macacos. Agora que venha logo os teste em humanos!!!!

  7. Tales diz

    Tenho HIV desde de 2011 e de lá pra cá praticamente todos os dias leio notícias animadoras como está e que com um tempo somem no tempo e no espaço. Entendo toda a euforia, mas não sei se vcs já perceberam que em quase todas as notícias tem tipo uma frase que diz: “a notícia é animadora mas falar em cura ainda está longe”.

    • Ricardo diz

      Verdade Tales, também descobri ser portador dia 11 de outubro de 2011, quase completando 6 anos,desde então,muito se falou e muito pouco se concretizou.Não que eu seja um pessimista,mas ás vezes bate meio que um desânimo…….

    • Tiago diz

      Qualquer nova droga sendo pesquisada tem que passar por um longo processo de ensaios, desde o início vitro, passando por ensaios em animais, até aos ensaios com humanos, que tendem a demorar bastantes meses.

      Em 2010 foi publicado um ensaio do DTG, ainda in vitro. O seu lançamento ocorreu em 2014.

  8. Luiz Carlos diz

    Já estamos ao vivo e a cores diretamente do HepAids 2017 🙂

    A trasmissão dos principais eventos podem ser acompanhados pelo site http://hepaids2017.aids.gov.br

    Qualquer outra novidade eu informo por aqui assim que puder 🙂

    Abraços!

    • Alex diz

      Nesse congresso tá pra ser falado sobre a disponibilidade do dolutegravir pra todos, não é?

      • Luiz Carlos diz

        Não está descartada a possibilidade, Alex, porém também não há nada confirmado. Eu fui jantar com um pessoal do congresso ontem e passei mal à noite ¯_(ツ)_/¯, acabei não dormindo nada e perdi a atualização do PCDT agora cedo, mas já estou indo pra lá e vou pegar mais infos com colegas que já estão por lá. Hoje vou levar o computador para facilitar alguns trabalhos.

        Abraços

        • Bento diz

          Luiz Carlos, só uma curiosidade: você é médico ou algum especialista da área?

  9. Pablo diz

    Boa noite, queria tirar uma duvida c vcs. Hj recebi meu resultado de carga viral e cd4. Bom, o cd4 deu bom sempre subindo gradativamente a cada contagem. Mas a carga viral ao invés de Indetectável deu Abaixo do limite. Alguém sabe o q significa? Fiquei um pouco preocupado. Semana q vem levo p meu infecto.

    • Rodrigo diz

      É a mesma coisa: você tá indetectável. Os laboratórios bem que poderiam padronizar essas nomenclaturas, para não causar estresse desnecessário. Parece fábrica de celular: cada um faz um carregador diferente… Aff.

      • Tiago diz

        Nem me fale Rodrigo, no meu caso, recebi o diagnóstico pela internet à noite, abri os resultados e cadê “reagente” ou “não reagente”? Tinha um valor que depois vim a perceber e confirmar como positivo, com o oráculo e primeiro terapeuta Dr. Google :/

  10. Diogo diz

    Pessoal, mais alguém além de mim desenvolveu ginecomastia pelo uso do 3 em 1 ?

  11. Soares diz

    Oi gente, me respondam por favor… ontem tirei coragem não sei de onde e contei do hiv aqui em casa (minha mãe), foi a coisa mais difícil pra mim, e ainda está sendo, me sinto como se tivesse cometido um crime contra ela, enfim mas senti necessidade, acho e espero que com o tempo ela se dê melhor com isso.
    Mas a preocupação dela maior foi com falta de remédio, isso acontece com muita frequência?
    Moro em Contagem Minas Gerais, a poucos km de Belo Horizonte, se isso acontecer aqui, será que eu poderia buscar os remédios em BH?
    Confesso que me preocupou isso tb, pq já vi algumas coisas de faltar (quando nem sonhava em ser +)

  12. SAR diz

    Bom dia Soares,

    Parabéns pela atitude em contar para sua mãe. Realmente, essa é uma situação muito difícil. Eu tive a mesma sensação que você em relação a minha mãe. Bom, não sei qual o nível de informação que ela tem sobre o HIV, mas sugiro que caso seu infectologista seja bom, ou seja, de diálogo fácil, seria bom você levá-la com com você a uma consulta para que ele explique a ela como será a rotina de vocês desse ponto em diante. Ele certamente a tranquilizará, explicará pequenas coisas para que ela não crie preconceitos sobre a sua nova condição. Te aconselho a fazer isso, pois assim fiz, e foi muito bom. Minha mãe (pessoa mais importante na minha vida) tem me dado muita força nessa nova fase da minha vida. Bom quanto aos medicamentos, já estou em tratamento há 1 ano e até hoje não tive problemas com medicação. Pelo contrário, tenho retirado meus medicamentos para 60 dias sem nenhuma complicação. Quanto a fazer o tratamento ou retirar os seus medicamentos em outra cidade, acredito que é possível sim. Mas para isso, acredito que o Luiz Carlos será muito mais preciso em te informar.

    Abraço,

    • Soares diz

      Obrigado Sar

      Eu mesmo me prontifiquei a explicar qualquer tabu que ela tinha, falei que hoje não é mais uma sentença de morte como era antigamente, e etc.
      Que bom saber que mais gente aqui conta pra família, minha mãe também é a pessoa mais importante pra mim, fiquei com medo de ter feito mal, e pensei se podia ter polpado ela, e ter ficado o resto da vida sem contar nada, mas acredito que isso não seria bom pra mim.
      Como sua mãe reagiu Sar? Hoje em dia ela ficou mais tranquila? Espero que a minha fique mais tranquila com o tempo…
      Abraços.

      • Soares diz

        Ah sim, vc já respondeu antes que ela te dá força…tinha lido rápido rs, que ótimo isso, acredito que a minha também será assim, sempre foi…
        abç.

      • SAR diz

        Soares,

        Minha mãe (80 anos) é de uma mentalidade ótima. Muito evoluída para a geração dela. Hoje ela até faz brincadeiras com a situação, mas sabe da seriedade que devo conduzir meu tratamento. Há dias que estou desanimado não só pelo HIV, mas também por outros motivos e aqui está ela para me dar uma injeção de ânimo. Contei a ela no dia em que recebi o diagnóstico e o fato dela ter me acompanhado e ouvido palavras da minha infectologista contribuiu muito para a tranquilidade que hoje percebo nela. Mães são presentes de Deus nas nossas vidas, meu colega. O amor que elas sentem por seus filhos nos ajuda a vencer qualquer desafio.

        Abraço.

  13. Soares diz

    Obrigado Sar, espero que você fique bem dessa tristeza logo!

    Uma pergunta pra geral,meu infecto me pediu um exame pra eu fazer 10 dias depois de ter começado a TARV (começo no início do mês) esse exame é normal? Nunca vi ninguém falando desse exame, vou começar com o medicamento de 2017 novo.

  14. SAR diz

    Soares,

    Será mais fácil te ajudar se você colocar o nome do exame, certo?

    • Soares diz

      Exame de sangue mesmo,acho que pra olhar colesterol, etc, pra olhar como o remédio vai agir no meu organismo depois de 10 dias tomando…mas achei estranho, nunca vi ninguém falando disso, enfim, bom que tão me acompanhando bem de perto mesmo né.

      • Soares diz

        Ou será que é pra avaliar resistência do vírus aos remédios? Acho que não, se não ele teria pedido o exame antes de dar o remédio, enfim.

        • Tiago diz

          Soares, como o SAR falou, a nomenclatura do exame ajudaria a esclarecer.

          Creio ser normal um infecto pedir Hemogramas, exames de colesterol e glicemia, outros complementares como TGO e TGP (que medem enzimas relacionadas ao sistema hepático) e caso não os tenha recentes, para estabelecer uma base clínica de referência não só para avaliar o seu estado de saúde, mas também, antes de iniciar um tratamento, para avaliar seus potenciais impactos no organismo nos exames seguintes.

          • Soares diz

            Exame de rotina, mas eu já tinha feito antes dia 31/08, enfim, mesmo assim obrigado pessoal!

        • Caio PE diz

          Exames de avaliação renal e hepática (TGO, TGP, ureia, creattinina etc) dentre outros. Serve para avaliar se o seu organismo está reagindo bem aos ARVs. Procedimento normal (e ache bom isso) do seu infecto. Se ele passou, também, CV, é para ver se ela está “caindo” com esses 10 dias de TARV. Agradeça a ele esses exames passados. Nem todos fazem!

      • Flávio diz

        Isso Soares! Eu também fiz esses exames, de fezes, urina, sangue completo, chapa do toráx e ppd. fiz tudo em tempo record para correr contra o tempo e me medicar. Começei hoje o 2×1

        • Soares diz

          Ah sim, obrigado pessoal!
          Fezes e urina não chegou a pedir ainda, mas o de rotina e a chapa do toráx sim, o ppd foi antes.
          Que bom fico mais tranquilo sendo acompanhado assim…Deus nos abençoe no nosso tratamento.
          Abraços!

  15. Solange diz

    Sou soro positivo desde 1991 e dela pra cá muita coisa mudou,comecei a tomar remédio faz 40dias ,amanhã tenho consulta para marcar meus primeiros exames após tratamento estou confiante e me sentindo bem por enquanto nenhuma reação colateral .seguindo vcs pra me manter informada bjs

    • AnonimoFer diz

      Solange, td bem?

      Todo esse tempo sem remédios ?? Não ficou doente ??

      Boa sorte no tratamento.

      • Solange diz

        Não fiquei doente fui atraz pq precisava fazer uma cirurgia de catarata e fiquei preucupada meus exames não estavam nada bom mas mesmo assim fiz a cirurgia e deu tudo certo

    • Gil diz

      OLÁ SOLANGE!

      Desde 1991 você não tomou medicação antiretroviral, ou o coquetel, na época?
      UAU!
      Conta pra gente!

  16. Desconhecido diz

    Fez 7 mês que eu estou no tratamento de Hiv. Quando eu descobri. Fiquei sem chão. Mas agora. Ja estou bem tranquila. As vezes eu fico um pouco triste. Mas depois passa. Beijos para todos. Deus abençoe todos nós

    • Desconhecida diz

      Também descobri a cinco meses , até hoje não consigo acreditar ,estou sem chão!

  17. AnonimoFer diz

    Desconhecido,

    Descobri a 2 meses, e estou em tratamento.

    Tbm fico triste e passa, penso q em meses ou anos essa tristeza nao deve aparecer mais… assim espero.

    Tds os dias penso que poderia ter evitado esse desgaste.. as vezes passa mas volta com força tbm. Espero q isso realmente passe…

  18. Paulo diz

    Falo a todos nunca deixe o pensamento de morte entra em sua vida.deus é dono da vida só ele tira.quando estiverem tristi olhe para trás tem pessoas passado por sofrimento pior que o nosso.eu aprendi toda minha vida tando com saúde o não a não ter medo de morte aprenda isso .vejo a vida como uma guerra os fracos sofre os forte permanesse .não se culpe acontecer com qualquer um como foi meu caso

    • Flávio diz

      Verdade! Ainda falo mais, quem vencer é que vai brilhar, pois incrível que pareça, isso é um teste para ver se gostamos de viver! Tem dia que o bicho pega, aí é nessa hora que temos que vencer o bicho com firmeza e FÉ! Pois só Deus pode tirar a vida.

  19. Blue life diz

    Boa noite, faz um ano que fui diagnosticado com HIV, na mesma semana iniciei o tratamento com o 3×1, graças a Deus nunca tive nenhum efeito colateral somente um sono que me derruba quando tomo meu comprimido as 22h todos os dias, estou indetectável, e Meus últimos exames tive alteração no fígado(gordura), fiz mais exames específicos inclusive tomografia e a gordurinha persiste lá, meu infecto disse que provavelmente não tem nada a ver com o 3×1 por eu já ter ouvido que ele é bem tóxico estou receioso, alguém teve algo parecido?, pois no início do tratamento meu fígado estava excelente sem nenhuma alteração.

  20. Flávio diz

    Firmeza meus IRMÃOS! Nada nessa vida é à toa, temos que passar muitos apuros para aprender e dar valor a VIDA. Obrigado ao blog de coração!

  21. Cara SP diz

    Fui diagnosticado há 2 anos e, graças a Deus, me adaptei muito bem ao tratamento com o 3×1. O único efeito colateral foi uma alteração no fígado que resolvi com atividade física. Corro em meia-maratonas e vou, religiosamente à academia. Nada de cigarro e álcool muito raramente. Não engordei, o fígado está com as taxas sob controle e meu sono é tranquilo. Quando no meu diagnóstico, meu infecto disse: vida normal! Não botei fé. Hoje percebi que é vida normal mesmo. Com a cura a grande mudança, ao meu ver, será me livrar do estigma. Há ainda muito preconceito com relação ao HIV.

    • Vem alguém aki e fica negativando os comentários, e até mesmo as perguntas, não dá pra entender oque uma pessoa dessa faz aki se não acredita na cura e nem na fé das pessoas que amo estão lutando pra viver, acho que essa pessoa devia se juntar a nossa energia e torcer pela cura.

      • SAR diz

        Paul,

        Certamente é um vírus muito mais nocivo que o HIV que fica transitando pelo blog. É um Ser vazio em busca de luz. O importante é que ele deve estar se informando e ocupando a cabeça com comentários úteis, inteligentes e positivos. Que Deus tenha piedade desse Ser.

        Bom dia!!!

      • Tales diz

        Já ouviu falar em pluralidade de ideias e pensamentos meu caro? Muito mais feio que está tua opinião é vc não saber respeitar a dos outros! Nem todos pensam igual a vc!

        • Tiago diz

          Negativar comentários compulsivamente e aparentemente de forma indiscriminada, sem qualquer tentativa de troca ou debate não demonstra qualquer respeito por diversidade de ideias.

          Pelo contrário, está mais para censura.

          Tente outra vez Tales.

          • Flávio diz

            Até porque isso não é brincadeira!, é coisa muito séria e devemos tratar com MUITO AMOR e CARINHO! Qualquer comentário negativo para uma pessoa que não anda muito bem, pode ser FATAL! Vamos nos UNIR em vez de se afastar!

  22. Paulo diz

    Agora em Outubro estou indo para o meu terceiro mês de tratamento com o 2×1. Sem nenhuma queixa, não sinto nada, minha vida mudou para melhor pois agora sou o amor da minha vida, me trato, me cuido, academia todos os dias e uma alimentação saudável, minha cervejinha a cada 15 dias pelo menos pq ninguém é de ferro e meu corpo esta melhor doq antes, muitos elogios. Metade do mês de outubro irei refazer meus exames e estou confiante q já esteja indetectavel, pois descobri o HIV ainda cedo e estava com a carga apenas de 10.000, então ainda quero gritar pra esse mundo que o HOV não me derruba, eu que derrubo ele. Vida que segue

    • Soares diz

      Que ótimo comentário, eu ainda tive um pouco de medo de começar (tb o 2×1) e resolvi começar no início de outubro (eu poderia ter começado desde o dia 26 agora) mas lendo msgs assim diminui meu medo, e dá vontade de encarar logo, e ver que comigo tb vai dar tudo certo, que assim seja, comigo e com todos nós.

      • Flávio diz

        Pode confiar,
        Soares! Até hoje é a única solução para esse problema! Li muito sobre o assunto, e tem muita gente achando que é cientista e só fala coisa negativa sobre o tratamento, aí as pessoas morrem ao decorrer da doença, isso é muito triste, pois propaga a ignorância e as pessoas deixam de se tratar e acabam morrendo com medo do tratamento. Levanta a mão para o céu, que o tratamento atualmente é suave. TAMO JUNTO IRMÃOS…VAMOS que VAMOS!

  23. Solange diz

    Em 1991 pessoas que eram do meu convívio quando souberam que eu era soro positivo ficaram desorientadas com a notícia muitas delas já se foram uma com câncer outro de avc outra de problema cardíaco e outros problemas ,ficaram desorientados e não se deram conta que um dia todos vamos partir e que o motivo é uma mera desculpa uns mais sedo outros mais tarde essa escolha não é nossa então vivam um dia de cada vez coloca um sorriso na cara e vai sem culpad e sem medo bjs

  24. Henrique diz

    Bom dia pessoal, gostaria de tirar uma dúvida com vocês. Já faz quase dois anos que tomo o 3X1 e, graças a Deus, nunca senti efeito colateral. No entanto, esta semana, fui buscar o medicamento e me deram uma embalagem branca e verde, dizendo que o laboratório tinha mudado. Como chego em casa e descarto a embalagem e jogo fora, não conferi os nomes dos medicamentos e estou na dúvida se o fato de eu não dormir direito a quase dois dias, sempre acordando antes da hora, possa ser efeito do medicamento do outro laboratório ou se tudo não passou de uma coincidência. Muito grato por quem puder me ajudar.

    • SAR diz

      Olá Henrique,

      Não faço uso desse esquema de ARV’s mas já vi o Luiz Carlos (expert no assunto) respondendo essa questão dizendo que embora o princípio ativo seja o mesmo, os excipientes usados podem variar de um laboratório para outro. Diante disso, é possível que sejam observados alguns desconfortos. Acredito que com o passar do tempo esses incômodos sejam minimizados.

      Abraço.

  25. Jonas diz

    Que belo depoimento Solange. Penso o mesmo que vc. Tenho apenas cerca de 2 anos de tratamento e por incrível que pareça já perdi alguns importantes colegas e parentes. A morte tem o seu dia para cada um de nós. Me trato como o 3×1, sou extremamente agradecido por este medicamento, pois não tenho nenhum efeito colateral. Chego até a acreditar que este ele não deve servir somente para o HIV, pois estou muito melhor que antes em todos os aspectos. Faço regularmente meus exames e sem alteração. As poucas resolvo equilibrando a medicação. Sou feliz por Deus me permitir me cuidar e criar meus filhos. Força para todos!

  26. Anderson diz

    Descobrir ser soropositivo no dia 15/09/17, quando voltei com o resultado e chorando muito fui logo pesquisando e encontrei esse site. Confesso, que chorei uns 3 dias….hoje, já estou em tratamento(apesar de ter apenas o teste de CD4 – 1220, o de carga viral não saiu), enfim, comecei a medicação esta semana.
    Obrigado ao dono da página.

    • Rômulo diz

      Relaxa que nos primeiros dias são assim… depois vc processa e vai passando ! =)

      • Flávio diz

        Hoje no terceiro dia de TARV 2×1 fiquei com um levíssimo desconforto de cabeça, mas acho que é a tesão da situação, pois é difícil relaxar! Não tenho outra ARMA para o problema. Estou REZANDO todos os dias para acharem a cura!

  27. Guilherme diz

    Bom dia.

    Sempre tomei efavirenz e nunca tive efeito colateral como muitos tem, uso a quase 2 anos e esses dias começou a aparecer umas manchas vermelhas no meu corpo, quando aperta somem… li que são petequias e podem ter esse efeito pelo uso do remédio…

    Alguém poderia me dizer se essas manchinhas desaparecem sozinhas? Minha consulta é só em março… -.-

  28. Fabricio diz

    Sobre 3×1 e insônia, falei com meu médico e passei a tomá-los de manhã (2 horas antes de me levantar) ao invés de antes de dormir. Estou me sentindo muito melhor e dormindo melhor. Confirme com seu médico, caso esteja tendo problemas parecidos com os meus.
    Avante!

  29. João diz

    Desabafo.

    Então, como posso começar a descrever o que eu estive vivenciando ultimamente?
    Primeiramente , vou me chamar de João, sou homossexual e tenho 23 anos. Desde os meus 19 anos , minha vida sexual é bastante ativa; eu marcava encontros, ia pra alguns locais de encontros sexuais, etc. , ou seja, minha vida era bastante “dada” ao prazer rs. E, eu sempre transei de camisinha( no sexo com penetração) , e por isso me sentia “O protegido” . Mas isso foi mudando aos poucos. Em 2015 eu tive a minha primeira dst, que foi a gonorréia ; eu não entendia o porquê de eu ter contraído tal doença sem ao menos fazer sexo desprotegido. Ok! Fui ao urologista , e me tratei. Me curei 🙂 .
    Após um ano e meio, eu contraí novamente a gonorréia , e assim…foi horrível, pq eu ficava me perguntando o que eu tava fazendo de errado. Fui ao urologista novamente e me tratei. Me curei 🙂 . Apesar desses dois diagnósticos, eu continuava a ter várias relações, a dois, a três, etc ; mas tudo com preservativo ( no sexo com penetração). Recentemente, em junho, eu percebi uns crancos no meu pênis( esse que era carcaterizado por fimose) , e então eu fiquei bem preocupado, pois eu já havia tido dois casos de dst. Então eu fui ao médico, e ele passou exames de VDRL, biópsia, e marcou uma cirurgia de fimose. Fiz tudo isso, e deu tudo certo 🙂 . Enquanto eu estive me recupeando da cirurgia, eu comecei a ter crises de coceira pelo corpo, e placas vermelhas cerosas por todo o corpo. Eu fui ao médico em setembro (dessa vez uma dermatologista especializada em doenças de pele) . Ela me passou alguns exames e VDRL. Deu alterado no VDRL 1/250, ou seja, SÍFILIS. Eu fiquei bem triste e não tava entendendo nada; todo ano eu tinha alguma DST, mesmo transando de camisinha( no sexo com penetração) .
    A partir de então, ela me receitou doses de benzetacil, fiz as aplicações ( não tão doloridas quanto as pessoas falam, mas desconfortáveis e todo o processo é bem indiscreto) . E então eu refiz o VDRL(essa semana) , e abaixou pra 1/64, porém eu não sei se realmente ta surtindo efeito, pois ao invés das placas vermelhas pelo corpo, apareceram bolhas pelo corpo , e que se transformaram em feridas , e segundo a médica, ela disse que poderia ser reação alérgica ( mas eu fiquei bem em dúvida, pois tal reação surgiu depois de 07 dias da primeira aplicação) . Então eu solicitei exames de HIV( dois tipos de exames) , hepatite C e B. E eu recebi os resultados hoje, e felizmente nenhuma reagiu, porém eu estava esperando reagir. E assim…eu me sinto MUITO aliviado, e por todo esse tempo q eu contraí essas doenças, eu não havia feito exames de HIV,hepatites. Portanto eu aceitava que eu tinha alguma dessas, mas principalmente o HIV. E foi nesse tempo, de diagnóstico de sifílis , que eu encontrei o blog e então eu comecei a ler várias histórias, e ler matérias sobre possíveis curas do vírus; e eu me sentia fazendo parte disso tudo, eu torcia com as melhoras das pessoas, ou de novos estudos, tratamentos. Por mim….eu achava que eu estava infectado. E eu posso dizer que eu sentia esperanças quando lia alguma matéria de um estudo que dava certo, e tal.
    Concluindo, eu acho esse blog sensacional!! Várias vezes eu entrei aqui, e me sentia acolhido, ou me sentia mais forte, esperançoso com mensagens de vistantes , ou dos post do autor do blog. E eu desejo cura pra essa doença!!

    Obs: eu não sei bem como contraí as doenças, eu tenho duas suposições… a primeira é do sexo oral sem camisinha, e a segunda seria a fimose( as pessoas têm mais chance pra contrair DST’s) . Então eu fiz algumas promessas , caso o exame de HIV desse negativo, e duas delas seria ser menos promíscuo , e sexo oral com camisinha .

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s