Notícias
Comentários 129

Um anticorpo contra a inflamação crônica

new-croi-logo-2017-241x300

Um estudo em fase inicial com dez voluntários, apresentado na CROI 2017, a Conference on Retroviruses and Opportunistic Infections, e publicado no Betablog, mostrou que o anticorpo monoclonal canakinumab pode ser a solução para a inflamação crônica — um dos problemas que pode persistir mesmo no organismo de soropositivos em tratamento e com carga viral indetectável. Todos os participantes do estudo viviam com HIV há mais de 20 anos e tinham bom controle viral, ou seja, estavam em antirretrovirais e com carga viral indetectável.

O canakinumab bloqueia um receptor de IL-1β nas citocinas, moléculas que sinalizam às células e as conduzem a reagir à inflamação. Neste estudo, os dez participantes receberam uma dose única de 150 mg de canakinumab sob a pele. Exames de segurança foram feitos nas semanas 1, 2, 3, 4, 8 e 12. O canakinumab reduziu significativamente um marcador de inflamação, a interleucina-6 (IL-6), em 24%, após quatro semanas, e em 30%, após oito semanas. O tratamento também reduziu significativamente dois marcadores adicionais de inflamação: a proteína C-reativa — identificada em um exame comum que muitos infectologistas recomendam a seus pacientes — foi reduzida em 41%, após oito semanas, enquanto o marcador CD163 solúvel foi reduzido em 9% após oito semanas.

“O canakinumab teve um impacto significativo na inflamação arterial e na atividade da medula óssea”

Os cientistas também avaliaram a inflamação fazendo exame de varreduras na medula óssea e na paredes das artérias, antes e depois da terapia com o anticorpo. “O canakinumab teve um impacto significativo na inflamação arterial e na atividade da medula óssea”, disse Priscilla Hsue, uma das autoras do estudo. “Quantitativamente, houve uma redução de 10% na inflamação arterial entre as pessoas tratadas com canakinumab e uma redução de 11% na atividade metabólica da medula óssea.”

Canakinumab

Este estudo é um dos primeiros a mostrar que uma terapia imunológica pode reduzir profundamente os marcadores de inflamação em pessoas que vivem com HIV e, principalmente, em pessoas com HIV já bem controlado. O tratamento não apresentou nenhum efeito negativo no controle viral e na contagem de CD4 e foi bem tolerado pelas pessoas no estudo.

O canakinumab já é aprovado pela FDA como um tratamento para outras condições. Agora, mais pesquisas são necessárias para confirmar sua segurança e eficácia na redução da inflamação crônica em pessoas que vivem com HIV. Segundo Priscilla Hsue, este estudo já está em andamento, com 100 voluntários randomizados e controlado por placebo e terá duração total de 36 semanas.

Anúncios

129 comentários

  1. Sorocaba diz

    Vlw JS! Gostei da matéria! Dando jeito na inflamação crônica. Ainda bem que tem muita notícia boa. Descobri em dezembro 2016. Tenho 40 anos. Ainda tô assustado. Mas sempre entro aqui, leio as notícias e os comentários e me acalmo. Saber que na semana que soube minha sorologia quis jogar minha moto embaixo de um caminhão pra me matar. Ignorância minha. Bom agora sei que posso viver com a doença. Fico pensando nas pessoas q descobriram a muito mais tempo que eu e com pouca informação ou poucas notícias de possível cura. Agora temos muitas notícias encorajadoras rumo a cura. Agora já tomo 3×1. Nem quis esperar o dulotegravir. Tb não contei pra minha família, me sinto mau por isso mas estou tentando causar menos dor as pessoas que amo. Enquanto der pra poupar meus familiares vou levando. Entrei de férias em fevereiro. Achei que iam me mandar embora do emprego pq usei o plano pro infecto e exames. Bom as férias acabaram e não fui mandado embora. Penso que em meio ao HIV sou sortudo por estar com emprego e já me tratando. Msm assim as vezes bate uma bad. Contei um pouco da minha história. Bom JS valeu mais uma vez pela e pelas matérias. Vc não tem idéia do bem que ela faz pra minha vida.

  2. Anjo Terapeuta diz

    Alguem sabe informar com precisao se o 3 em 1 causa lipodistrofia? Se sim a partir de quanto tempo de uso?
    obrigado

    • Caio PE diz

      Que eu saiba, a 3TC está associada à lipodistrofia, mas em uma escala bem menor do que os ARVs de antigamente. Medidas de prevenção ou redução seria a prática de atividade física regular e ingestão de proteína de boa qualidade.

  3. Carioca+++ diz

    E ai galera. P/ os que tomam o 3×1… Alguns meses eles dão frascos com comprimidos brancos e outros meses frascos com comprimidos beges. Lógico que sei que a formulação é a mesma, mas alguém sente menos efeitos colaterais quando toma o bege (do laboratorio Hetera rsrs)? Quando tomo o branco os enjoos e tontura vem muito mais fortes.

    • Rodrigo diz

      Eu não uso o 3 x 1, mas na minha última consulta conversei um pouco com meu infecto sobre esquemas alternativos ao meu (que não vou mudar, pois tem tido os efeitos terapêuticos esperados e não trouxe até hoje qualquer efeito colateral significativo – para constar, faço tratamento há 6 anos).
      Bom, nessa conversa, ele comentou essa história das cores do 3 x 1 e disse que é muito comum pacientes que sentem diferenças entre ambos. Isso ocorre porquê cada laboratório utiliza alguns compostos diferentes para dar coloração, formato, etc, para o comprimido.

    • Marcus diz

      O meu é exatamente o contrário: com o branco nao sinto nada, com o bege, enjoo por mais uma semana…

  4. Vida diz

    Meu esposo utiliza o 3×1 há um 1 ano e 2 meses e já desenvolveu a lipodistrofia .Realizamos o preenchimento com ácido, mas ainda é visível em sua face o emagrecimento. Para o corpo ele tem tomado proteína e exercícios regulares. O cirurgião plástico não aconselhou o uso do PMMA. Alguém já fez esse preenchimento?

    • Caio diz

      Oi, Vida, isso é estranho, vai contra tudo que se diz no blog tanto em relação ao esquema (3×1) quanto em relação ao tempo curto. Ele tomava outro esquema antes do 3×1? Como era a dieta? E agora o preenchimento ficou perfeito? Queria que saísse no blog uma matéria mais aprofundada sobre isso… Precisamos discutir mais. Obrigado!

  5. Fabrício diz

    Descobri terça 07\03\2017 feira que sou soropositivo, chorei 3 dias seguidos, não dormia, não comia, pensei em me matar… o que me acalmou é que fui fazer o exame junto com um rapaz que conheci semana retrasada pois pretendíamos ter algo mais sério e ao descobrirmos minha sorologia positiva, ele me acalmou bastante e não me abandonou, inclusive me influenciou a contar pros meus pais que eu tinha bastante receio. Acabei contando e eles me deram bastante apoio… fico triste e com medo pois sei que minha rotina vai mudar bastante, principalmente porque vejo que o remedio da muito sono, tontura, diarreia, enjoou… faço academia desde meus 16 anos, tenho um físico malhado e tenho medo de desenvolver essa lipo alguma coisa (que distribui a gordura desproporcional no corpo). Estou amando as informações compartilhadas por este blog, faz a gente ver que a doença não é o fim do mundo, parabéns ao Jovem Positivo, você não tem noção do quanto esta sendo importante pra mim. Começo meu tratamento dia 23 agora, tenho 23 anos…

    • Caio PE diz

      A chances de desenvolvimento da lipodistrofia (ou da dislipidemia) em pessoas que praticam atividade física regular e possuem boa alimentação é rara. Além da atividade física ser um momento que faz, mesmo que temporariamente, esquecer o vírus.

    • Augusto diz

      Querido, sua rotina não vai mudar NADA! A sua vida não vai mudar drasticamente. Vai ter alguns dias que você nem vai lembrar que tem esse vírus. Você vai começar com um novo medicamento (o dolutegravir) que não tem efeito colateral algum, ou seja, não vai te dar tontura, diarreia, sono…. Que bom que você faz atividade física, isso significa que sua saúde está ótima e nunca vai desenvolver lipodistrofia. Fique em paz. Não é o fim do mundo.

    • Dom diz

      TUDO ficará bem, tudo dará certo!
      Respire fundo, tente se acalmar!
      Se houver interesse de sua parte de participar de GRUPOS de soro+, baixe o app KiK pois não é vinculado ao nro de CELULAR, preservando a privacidade das pessoas. Baixe o app e me chame.
      FORÇA SEMPRE!

      KiK:Dom_SP

    • Dom diz

      TUDO ficará bem, tudo dará certo!
      Respire fundo, tente se acalmar!
      Se houver interesse de sua parte de participar de GRUPOS de soro+, baixe o app KiK pois não é vinculado ao nro de CELULAR, preservando a privacidade das pessoas. Baixe o app e me chame.
      FORÇA SEMPRE!
      KiK:Dom_SP

    • sou jorge diz

      Bom dia, Fabrício!

      descobri dia 01 de fevereiro, eu estou muito bem mesmo, e tenha certeza que vc também ficará. você deve estar fazendo uso do dolutegravir+tenofocir e lamuvudina que é o que eu faço. Vi ficar tudo bem mesmo, esqueça as pessoas que falam coisas ruins, eu descobri com estado de saúde excelente assim como vc tb acho que descobriu,sou assintomático e espero nunca saber o que são os efeitos dessa doença.

    • Pedrobnc diz

      Fabrício meu amigo, continue firme e forte cara,sua vida não vai mudar quase em nada !!!
      Tenho 30 anos e faz 03 anos que descobri tbm, sempre malhei e fiz atividade físicas desde dos meus 18 anos e graças a Deus comigo não mudo nada (nem efeitos colaterais nem nada) aliás quase nada só a medicação diária.
      Continue sendo vc mesmo e cuidando do seu corpo e sua mente !!! Fique firme sempre

  6. cbb diz

    Ao Barasa e ao JS gostaria de saber se alguém em tratamento com ARVs a pouco mais de um ano e indetectável pode engravidar a sua parceira de forma natural e se assim for, o bebé pode correr o risco de ficar infectado? Realçar que trata-se de um relacionamento serodiscordante. Um abraço a todos os manos de luta

  7. JotaRJ diz

    Alguém no Rio de Janeiro teve algum problema na realização de exame de CD4 na rede pública? Fui realizar a coleta hoje com os pedidos do médico, o sujeito no posto de saúde disse que não estão realizando o exame de CD4 por determinação do Governo do Estado do Rio de Janeiro. Fiquei indignado claro, queria saber se mais alguém passou pela mesma situação.

    • Augusto diz

      Acho que é uma diretriz nacional. Nenhum estado está fazendo exame de CD4 mais =(

    • Augusto diz

      Hoje eu fiz um exame de CD4 num laboratório particular. Paguei 40 reais.

      • Luiz Carlos diz

        A diretriz nacional é de tornar o exame de CD4 anual. É um exame caro para a saúde pública em termos gerais e relativamente desnecessário após a comprovada adesão ao tratamento.

        O monitoramento é feito de forma mais intensa no início, até que a carga viral se torne indetectável.

      • Paraense+ diz

        Augusto, achei bem barato esse exame. Eu sabia que os três exames, cd4, cd8 e carga viral, saem por quase R$ 900,00 reais aqui em Belém.

        • Augusto diz

          O exame mais caro é o de CV. Aqui passa dos 500 reais. Porem o exame de CD4 é barato. O valor depende do laboratório. O mais caro que já paguei foi 90 reais

        • Caio PE diz

          Caríssimo: é de ouro é ?
          No Recife, a média do CD4 em lab particular fica em torno de cem reais.
          CD4 e CD8 fica, em média, 200 a 300 reais.

  8. Lia diz

    Boa noite
    Também vivo um relacionamento sorodiscordante. Meu parceiro quer muito ter filhos.
    Eu que sou positiva
    Estou indetectável há um ano.
    Quero muito ter filhos, mais fico insegura quanto a segurança do bebê.
    Será que os remédios são teratogênicos para o bebê. Eles podem causar má formação ?
    E é verdade, que se fizer o pré natal certinho, juntamente com o acompanhamento do infecto, A chance de transmissão é praticamente nula?
    Minha preocupação é transmitir esse vírus maldito ou causar má formação no bebê.
    Alguém pode me dar uma luz?!?!?
    Alguma mulher aqui no grupo, foi mãe sendo positiva. Desde já agradeço. Um abraço a todos.

    • Aninha diz

      Lia, eu não sou mãe mas temos um grupo de positivas no Kik em que uma moça teve neném recentemente e graças a Deus ele não foi infectado, é super saudável inclusive. Eu apesar de solteira ainda, quando descobri que era positiva também fiquei preocupada pois achei que nunca poderia ter filhos, mas o meu médico disse que é besteira pensar isso pois hoje podemos ser mães e não transmitir o problema ao bebê. A única coisa que me alertou é que eu me programe e informe ele quando pretender, pois ele terá que alterar a minha medicação, no caso o 3×1 (pois esse pode causar problemas ao feto), mas há outros tipos de medicamentos que entram no lugar. Além disso, é imprescindível estar indetectável, no caso você já está. Converse com o seu médico e ele irá te esclarecer e tranquilizar!

    • Gil diz

      Fique tranquila. Fazendo tudo com o acompanhamento do médico, indetectável há 2 anos, pode ter filho por meios naturais e seu filho nascerá sem problema algum em relação ao hiv. Ele nascerá sem o vírus.

    • JJ diz

      Olá Lia, sou positiva desde 2007 acredito, em 2009 descobri a sorologia realizando os exames de pré natal, meu filho nasceu em 2010 perfeito, tomei a medicação durante a gravidez e ele tbm teve q tomar após o nascimento por um período, é meio chatinho esse periodo, mas no final correi td bem, hj ele tem 7 anos, criança mt alegre, feliz, esperta e mt inteligente.

      • Lia diz

        Que bom JJ
        Fico muito feliz por vc.
        Obrigada pelo depoimento.
        Deus abençõe vc e seu filho.

  9. gusta diz

    Olá gente. Desdo meu segundo mes de infecção eu sou indetectavel e sempre tomei o remedio as 23 da noite.. mas depois eu comecei a tomar 00:00 ou qquando eu iria dormir, sem me preocupar muito com o horario certo.. Tem problemas? as vezes tomo 00:00 as vezes 1 ou 2 da manha. Ou pq estou estudando nesses horarios ou pq eu estou em algum lugar e p nao me atrapalhar e me da um calor da nada q ainda me da as vezes, eu prefiro demorar mais um pouco.

    • JV diz

      Olá. Não tomo no horário certo. Apenas tomo todo santo dia antes de dormir. Meu médico diz que o importante é não deixar de tomar. Parece que o medicamento tem uma duração prolongada no organismo. Essas variações pequenas não devem interferir, segundo ele. De qualquer forma se puder manter um padrão é interessante até mesmo para se evitar possíveis esquecimentos. E depois vivemos em um cenário de incertezas, umas vez que esse vírus é bem traiçoeiro. Converse com seu médico sobre isso. Eu no início não deixava passar nem 1min ( tempo estressante onde eu parecia viver esperando a hora do remédio). Hoje eu vivo o dia inteiro…intenso…e quando chega a hora de dormir eu tomo como tomo meu whey, meu bcaa, meu óleo de Coco, meu ômega 3, minha glutamina, minha agua com vinagre de maçã, minha água agua com limão, minha vitamina c,….kkkkk

  10. Fabio diz

    Lia, tem casos onde me trato que soros discordantes (mulheres +) tiveram filhos sem problemas e de maneira natural. Mas claro, sempre consulte o seu medico.

  11. cbb diz

    Julgo ter sido pertinente o tema que eu procurei abordar atrás sobre a concepção de uma nova vida por nós, que mtas das vezes somos vistos como “mortos ambulantes”, e deu pra entender que seguindo o tratamento corretamente acabamos por “normais” por assim dizer.
    Hj aqui no meu país, Angola, foi a enterrar alguém que padeceu de diabetes e pelo corolário de sofrimento que teve, entre tornar-se cego, ser-lhe amputado os dois membros superiores e acabar por morrer em completa agonia, cheguei a conclusão que mtas pessoas ao redor do mundo têm direcionado erroneamente o estigma contra o hiv, que é perfeitamente controlável e subjectivamente nos faz viver em melhor condições de saúde que os soronegativos e os sorointerrogativos.

    • Paraense+ diz

      Pois não é ?. Sorte nossa Angolano !. Prefiro ter HIV do que ficar cego ou amputado.

    • Caio PE diz

      Vi uma reportagem sobre o diabetes aqui no estado e fiquei espantado: é muita complicação e o tratamento não é nada fácil. Claro que o estigma e o preconceito em torno do HIV é MUITO maior do que qualquer outra doença, mas, acredito que o tratamento seja muito menos rigoroso. Mas tem de ser seguido à risca.

  12. Gil diz

    Hoje fui na minha infecto aqui em JP.
    Conversei sobre o doluteravir e se logo estará disponível a todos. Ela disse que em pouco tempo, poucos anos, sim. Mas questionou se valeria trocar. Ele dá pouco ou nenhum efeito colateral, mas complica a interação com medicações para outras doenças.
    Ela tem lido o blog e gostou.
    Foi a um congresso onde se evidenciou que em poucos anos a vacina para 4 e, a seguir, a de 8 semanas estará disponivel no mercado.
    Ela disse que, mesmo com cura não crê que a doença seja extinta, pois comportamento de risco e gente que não segue o tratamento sempre haverá. Isso porque até o sujeito saber já pode infectar tantos…
    Ela entende que tratamentos genéticos de anticorpos específicos possam ser descobertos mogo e que vengam a curar.
    Mas essa “tara” de cura, cura… só prejudica a cabeça, deixa a pessoa ansiosa.
    Me deu 500 exames para fazer, disse que NÓS PRECISAMOS TOMAR ÁGUA, principalmente neste esquema (ritonavir, atazanavir e o lamivudina + tenofovir).
    Questionei riscos de osteopenia com atazanavir e ela afirmou que são raros casos, onde a enorme maioria é de mulheres de mais de 55 anos. E com esporte ou atividade física, alimentação boa será difícil alguem ir a ter.
    Do ritonavir e insuficiência renal a mesma questão: tomar água que a chance é muito baixa, quase nula.
    Estou desidratado, segundo ela, e depois foi confirmado pelo meu gastro que cuida de mim desde a redução do estômago. Não cabe tanta água para suprir o que transpiro…
    Vou seguir direitinho… Foi uma aula, e eu ate quis sair dela há um ano… Ainda bem que fiquei…. mas ela desenvolveu grande empatia e agora mostra bem que tem muito conhecimento técnico e tato.
    Quis dividir com vocês para que não tenhamos de estar tão tensos, para que possamos dividir informações e assim termos uma vida mais tranquila.
    Gente, um abraço.

    • Paraense+ diz

      É isso aí Gil, eu também sigo esta linha. Muita água na carcaça, que as impurezas vão embora na urina. Ademais é tocar o barco e seguir em frente…

    • Caio PE diz

      É isso aí: seguindo o tratamento direito, alimentação equilibrada, evitar vícios e atividade física associada é importante para TODOS, independente de ter o hiv ou não.

      • Caio PE diz

        E, para finalizar (já falei demais), nunca esquecer de atualizar a vacinação. Vacinação é o maior avanço da ciência até hoje, independente de ter alguma comorbidade ou não.

    • JJ diz

      Gil, obrigada por esclarecer essas dúvidas, tbm tomo atazanavir mas a gente vai tão tensa nas consultas com medo de ver alguém conhecido que muitos questionamentos passam batido. Tbm questionei minha infecto sobre troca pelo dolutegravir, mas pelo jeito vão dificultar a troca até não querer mais.

    • Renato diz

      Eu estou sendo acompanhado por uma médica q eh professora dá universidade, e sempre nas consultas tem os alunos,mês passado falei de uma possível cura um dia, um deles riu,falando q seria quase impossível pois levaria mais de setenta anos pro corpo eliminar todas as células infectadas.a vdd é que ficamos sempre na esperança, principalmente eu ,q faz pouco tempo d diagnóstico.

  13. JV diz

    Opa…essa parada da água eu tb sigo. Não ando sem minha garrafinha. Acho que bebo uns 4l ao dia. Sinto como se estivesse limpando meu corpo por dentro. É uma sensação ótima. Quando bebo a água penso nela passando pelos rins, limpando meu órgãos todos…meu sangue, artérias, músculos, tudo hehehehe.

  14. Paulistano Positivo diz

    Gostaria de fazer um primeiro comentário aqui neste site: descobri a minha sorologia em abril/2013, fiquei sem tratamento até outubro/2015 porque segundo a médica eu estava com carga viral ainda baixa e CD4 alto (sempre acima de 1000); quando o CD4 caiu para uns 800, a médica recomendou que eu entrasse com o 3×1 logo, embora não fosse urgente, para evitar futuros problemas, e comecei a tomar. Tive manchas vermelhas no corpo na terceira semana e tive uma recaída de uma depressão que tenho, mas continuei com o 3×1, mudei o remédio da depressão, e desde o exame que fiz na 8ª semana de tratamento, em dezembro/2015, sigo indetectável.
    Estou escrevendo porque gostaria de deixar bem claro que este site tem sido muito importante para mim desde o início do tratamento, e embora nem sempre as notícias sejam boas, a positividade das pessoas que comentam aqui é muito animadora, me sinto melhor a cada vez que não estou tão bem e venho aqui para ver o que vocês estão comentando. Espero poder contribuir mais nestes comentários ajudando as pessoas como vcs têm feito por mim! Parabéns ao JS pelo site muitíssimo bem feito (confesso que algumas notícias não consigo ler, pois quando entra um vocabulário muito técnico meio que deixo de lado) e a todos que ajudam com seus comentários sempre muito positivos!
    Abraços a todos!

  15. Meninosonhador diz

    A pouco mais de um mês exatamente comecei meu tratamento, até então só sentia muito enjôos, náuseas e sono. Só que agora meu cabelo começou a cair drasticamente, e insônia toda noite. Queria saber com alguém se a perca de cabelo é normal no início, tenho 21 anos e não queria ter esse problema com calvície tão cedo.

    • JJ diz

      Olá meninosonhador, acho difícil esse efeito colateral logo no início fo tratamento, isso aí está me cheirando a parte psicológica…

    • Miguel diz

      Meninosonhador, meu cabelo caiu pq demorei a descobri, a falta de sono dps de um tempo tava mesmo complicado, passei a tomar pela manha os comprimidos, e até então ok.

  16. Sorocaba diz

    Olha meus amigos +, mais uma notícia de sucesso anunciada hj para a vacina contra o HIV. Deram um jeito de tornar parte do bicho sintético e assim gerar pedaços específico do virus pra um ataque melhor do sistema imunológico melhor do que em pessoas que jah tem essa defesa natural!

    http://m.oglobo.globo.com/sociedade/saude/cientistas-criam-molecula-sintetica-que-induz-anticorpos-contra-hiv-21066571?utm_source=WhatsApp&utm_medium=Social&utm_campaign=compartilhar

  17. Sorocaba diz

    Cientistas criam molécula sintética que induz anticorpos contra HIV
    Estudos publicados nesta quarta são mais um passo em busca de uma vacina para o vírus

    RIO — Uma equipe de pesquisadores liderada pela Universidade Duke, nos EUA, publicou nesta quarta-feira dois estudos que abrem caminho para a criação de uma vacina contra o HIV. Um deles descreve o modo como se desenvolvem os anticorpos naturais presentes em algumas pessoas capazes de proteger o corpo contra o vírus — algo extremamente raro. E a segunda pesquisa apresenta uma imitação sintética de membrana externa de HIV que tem o potencial, segundo os cientistas, de induzir esses anticorpos. Ambos os estudos foram publicados na revista “Science Translational Medicine”.

  18. Sorocaba diz

    Luquinha muito boa seu link da materia. Gostei! E vamos que vamos….

  19. Paulo Victor diz

    Gente, o médico de vocês já comentou alguma coisa sobre a vacinação contra a febre amarela? Para nós, soropositivos, ela é contra-indicada?

    • saulo diz

      Já fui vacinado. A vacina só é contra indicada em pacientes com cd4 < 200. Mas em qualquer caso só tome com autorização do teu infecto.

  20. Dom diz

    Quando fui ao meu infecto, ele me orientou dá seguinte forma. Pessoas com CD4 abaixo de 200, não é recomendado tomar a vacina. Entre 350 e 500 só se a pessoa tiver em regiões de surto de febre amarela, quem tiver com CD4 acima de 500, pode tomar, mas precisa ver se é necessário, pois se não tivermos em regiões que tenham histórico de febre amarela, não tem necessidade. A não ser que a pessoa vá viajar para as regiões que estejam notificadas com casos de febre amarela

    KiK: Dom_SP

  21. Cara+ diz

    Uma dúvida boba: quando essas matérias científicas citam a criação de uma possível vacina contra o Hiv, isso é para serem utilizados, referente a uma pessoa que já está infectada ? Ou seria uma vacina para evitar que novas pessoas se infectem?

  22. Paraense+ diz

    Boa pergunta Cara+, eu também tenho essa dúvida. Por gentileza alguém pode esclarecer ?. Outra dúvida minha : estou muito gripado como a tempo não ficava. Tosse, coriza, secreção e mal estar. Diante desse quadro, devo apresentar queda no meu CD4 ?. Já que em janeiro estava 729.

    • Caio PE diz

      Quando a pessoa encontra-se convalescente (independente de ser portador hiv ou não) é normal que as células de defesa caiam, temporariamente. Isso faz parte da defesa natural do organismo. Se a CV estiver indetectável, não há problema. Quando o quadro for resolvido, o CD4 tende a voltar a normalidade. Agora, caso a CV esteja detectável, aí pode haver complicações.

    • Luiz Carlos diz

      Pode haver queda na porcentagem de CD4/Linfócitos totais, assim como em qualquer infecção. Vale lembrar que o número exato não é uma boa referência pois os linfócitos sofrem o ciclo circadiano, ou seja, seus valores se alteram conforme o dia passa. Você pode acordar com 600 células/mm3 e ir dormir com 500. O que importa é a relação entre CD4 e a contagem total.

      Abraços

  23. Aninha diz

    Olá pessoal.
    Alguém poderia me inserir em algum grupo do Kik por favor? Estou somente em um de meninas positivas. O meu usuário é: aninhafer.
    Muito obrigada!!!

  24. Paraense+ diz

    Bom dia. Começo a achar que alguma coisa não vai bem… Em janeiro, minha carga viral, deu 42 e hoje estou a quase uma semana com uma gripe muito forte e muita tosse com secreção. Hoje notei que estou tendo uma tontura parecida com a que tinha antes do diagnóstico. Essa tontura parece uma fraqueza, não me deixa ficar em pé por muito tempo. Não tenho febre, e isso é que me intriga e me alivia também. Andei lendo sobre falha terapêutica, e acho difícil que seja isso. Alguém aqui já teve que ir para a terapia de resgate ?. Além da elevação da carga viral, há algum sintoma físico quando há falha no tratamento ?. Desde já agradeco !.

    • Luiz Carlos diz

      Paraense, CV em 42 é considerada indetectável, e é provavelmente apenas um blip que pode ser causado pelo próprio vírus da gripe no período de incubação. Não se preocupe, se você não deixou de tomar o medicamento por mais de 2 dias é praticamente impossível ter falha terapêutica. Muito provavelmente é apenas uma coincidência. Fique tranquilo, logo você melhora da gripe e é só esperar sua próxima consulta de rotina.

  25. Maycon diz

    Paraense +! Eu nunca ouvi falar em falha terapêutica para os 3 medicamentos das drogas. Mas se você está preocupado amigo, corre no médico e explica o que está ocorrendo. Pode ser sinusite, labirintite, H1N1 etc. Mas vai saber o que tu tens logo.

    • Paraense+ diz

      Tá certo Mark, vou esperar até segunda. Se não melhorar vou mesmo ao médico.

  26. Maycon diz

    Louquinha eu vi essa pesquisa sobre a proteína CD32! Agora além de “acordar” as células do reservatório poderemos eliminá-las. É uma grande pesquisa, tanto que está na Nature, sonho de qualquer pesquisador.

    • Sorocaba diz

      Maycon eu li na Nature tb. Fiquei contente em saber que o HIV deixa um rastro tb na membrana de células latentes. Parece que essa é a primeira vez que cientistas conseguem isso. Lá diz que essa seria tb uma forma de quantificar essas celulas no corpo. Dah uma olhada nessa matéria da BBC sobre uma criança que atraves da ediçao de genes se curou de uma doença de fribrose do pulmao e de um homem com HIV que teve seus genes da mesma forma alterado e estah ah dois anos sem os remédios para HIV. Soh penso que a cura já existe mas vai custar dinheiro. Tipo quando as pessoas pedem dinheiro no Face para ajudar pessoas que precisam fazer transplante a pagar despesas de hospital e tal. Segue o link: http://www.bbc.com/news/health-36439260?post_id=1315040185204210_1496824060359154#=

  27. Insone e Ansioso diz

    Bom dia!

    Estou sofrendo de muita insônia e ansiedade por conta do 3×1. Pra insônia meu psiquiatra receitou Stilnox CR mas mesmo tomando 2 comprimidos não está adiantando de NADA. Simplesmente não durmo. E para ansiedade, Lexapro (Escitalopram), que comecei ontem então ainda vou esperar fazer efeito. Alguém já passou por isso? Qual o remédio mais indicado para tratar insônia causada pelo efavirenz? Quero voltar a dormirrrrrr!!! Obrigado!

    • Paraense+ diz

      Insone, eu já passei por isso e usei esse remédio. No começo tomava um comprimido e dormia três horas por noite, depois tomava dois, tres comprimidos e já não dormia nada. Passei a usar o Clonazepam que faz dormir além da conta, troquei pro Dizepam que tambem funciona. Mas esses remédios viciam e eu não aconselho pra ninguém. Hoje eu só tomo um comprimido de 5 mg. em último caso. Procure outro método que não use medicação.

    • Miguel diz

      meu amigo, eu sempre dormi pouco, mas bem, depois do 3×1 passei a não dormir sequencialmente, o que me afetou bastante, tem duas coisas que me fazem dormir bem hoje… sempre deixo a empresa por volta das 23h, ou eu me encho de vinho o que me da um sono alcoólico e longo, ou saio pra correr.. tenho intercalado, tem funcionado!

      • Insone e Ansioso diz

        Sono alcoolico não é bom pra mim. Também é conturbado. Valeu!

    • JJ diz

      Olá Insone, tomei o 3×1 por um mês e pouco e pra mim não deu mais, mas no meu caso sentia tonturas e muito muito sono, já sou sonolenta e com o remédio queria só cama. O problema é que eu dormia a noite td e tbm sonhava a noite td, td q eu fazia durante o dia refazia nos meus sonhos enquanto dormia, era como se não tivesse dormido, isso me deixava esgotada durante o dia, tinha q me esforçar p levantar meio dia qdo estava de folga. Fiquei extremamente estressada c isso, não consegui continuar c 3×1. Acredito q a miligramagem dos remédios deveria ser dosada de acordo c altura e peso, usam uma medida só para quem pesa 100kg e outra q pesa 50kg, td medicamento é dosado de acordo c o peso pq antirretrovirais não são, acho q mts se adaptariam melhor.

      • ArielLima diz

        Concordo plenamente. O efavirenz me dá um sono danado, mas é de má qualidade. Mesmo com mais de dois anos de uso ainda tenho sonhos desagradáveis.

  28. Estou feliz, logo teremos uma excelente noticia sobre a cura funcional, ou ate mesmo um espaçamento das doses dos antirretrovirais, ou ate mesmo a tao sonhada cura!!!!
    Venha cura a existência!!!
    Logo todos nós teremos mais que otimas noticias, dormiremos com o virus e acordaremos sem ele.

    Tomo o 3:1 é como se eu nao tomasse, nao sinto mais nada, graças a Deus!
    Que venha cura!!!!!

    Uma otima vida a todos!!!!

    JS , parabens pelo blog, logo teremos a cura!!!!!

    👉🏽☝🏾🙌🏾🙏🏽👈🏽

  29. Gil diz

    Pessoal,
    Como tem gente nova entrando no blog a cada dia e pro pessoal que já interage aqui há mais tempo, sempre é BOM LEMBRAR QUE SOROPOSITIVOS PODEM RESGATAR O FGTS (fundo de garantia).
    Eu apresentei o atestado na Caixa Econômica, com reconhecimento de firma da assinatura do médico (o dr ou dra deve informar onde ele/ela tem firma reconhecida), junto com a carteira de trabalho e identidade.
    Tirei tudo que haviam depositado de outros empregos e recebo mensalmente o que a empresa deposita na conta.
    Aí, aplico como quero e decidi reservar esta grana para aposentadoria, mas com rendimentos dezenas de vezes maior do que se apenas deixasse a grana nas contas do FGTS.

    • Paraense+ diz

      Minha esposa sacou o dela, mas sem essa burocracia de reconhecimento de firma em cartório. Isso foi no começo do ano passado. Será que a caixa já está dificultando ?. Podemos sacar, tambem, o saldo do pis/ pasep.

    • Luiz Carlos diz

      Não é necessário reconhecimento de firma, apenas o atestado que indique CID-10 B.24 com o carimbo di médico.

      Abraços

    • Renato diz

      Gil, vc que é um cara bem informado,sabe dizer se ao fazer um plano de saúde preciso falar do HIV? E se seria mais caro ? Caso fale.

  30. Sorocaba diz

    Galera segue o link de uma matéria da revista Times americana desse mês sobre gravides e um pouco decomo é feito o processo de não transmissão ao bebe. Nela conta a história de Masonia Traylor, com a filha Marissa, 5: “Eu fiz tudo que eu precisava fazer para ter certeza de que ela chegou aqui HIV-negativo. Ela precisa fazer o que tem que fazer para ficar assim.” Também conta da história do bebê de mississip sobre sua remissão de 27 meses.
    Dá também para ter uma idéia do que as pessoas nos EUA passam com o tratamento do HIV.
    Título
    Nenhum bebê deve nascer com HIV. O que levará para salvá-los todos?
    Alice Park
    16 de março de 2017
    http://time.com/4703308/can-we-prevent-mother-child-hiv-transmission/?xid=homepage&pcd=hp-magmod

  31. Amigo + diz

    Já que existe tratamento grátis e eh tão eficiente, pq ainda morre pessoas com HIV?

  32. Sorocaba diz

    Pedro boa matéria e traz mais esperança na cura. Gostei quando fala na materia: A descoberta levanta a esperança de que o HIV pode não ser capaz de desenvolver resistência contra esta nova classe de drogas “, disse o co-autor do estudo Paul Palumbo da Geisel School of Medicine de Dartmouth. “Isso dá credibilidade ao conceito de que, como as células cancerígenas, as células infectadas pelo HIV podem ser alvejadas e eliminadas por uma droga.

  33. Henrique diz

    Boa tarde, amigos. Alguém pode me tirar uma dúvida, por favor? Meu cd 4 caiu de 859 (em dezembro/2016) para 615 ( em fevereiro de 2017), embora minha carga viral continue indetectável. Na verdade , ficaria muito feliz se alguém mais experiente pudesse interpretar esses valores para mim ( tomo o 3×1 a 1 ano e meio). Em dezembro/2016 o meu cd3 em 1800, cd4 859, cd8 898,e relação cd4/cd8 0,96. Agora, em fevereiro/2017 o meu cd3 em 1361, cd4 615 , cd8 769 e relação cd4/cd8 0,80. Pelo que eu pude entender , todas as taxas tiveram uma caída drástica. Seria isso preocupante? Obrigado.

    • Luiz Carlos diz

      Henrique, não há nada com o que se preocupar. Verifique se nos seus exames está indicada a relação CD4/linfócitos totais (os valores de referência são entre 31% e 56%).

      Os linfócitos sofrem o ciclo circadiano, ou seja, sofrem alterações com o passar do dia. Para um acompanhamento melhor, é importante sempre fazer a coleta no mesmo horário.

      Abraços

  34. Maycon diz

    Amigo+ quase metade dos portadores não estão em tratamento no Brasil! 200 e poucos mil sabem ser portadores e não se tratam é mais 100 e poucos mil (se não for mais) não sabem sua sorologia. Na maioria dos casos, morrem quem descobre tarde ou opta por não se tratar! Tem também aqueles que foram diagnosticados no início da epidemia e possuem resistência às novas medicações (apesar de serem raros atualmente). Pra você ter uma noção,dos 1,2 milhões de pessoas infectadas nos EUA, apenas 14 são resistentes a todos os tipos de drogas ofertadas. Mas muitos vão se beneficiar com os novos tratamentos que já estão surgindo até final 2018! Na minha cidade, as pessoas que morreram de AIDS que eu conheço, morreram pois só descobriram quando desenvolveram uma pneumonia vida, daí descobriram a soropositivas (só que tarde demais). Entende? Muitos optam por não se tratarem, outros descobrem tarde! Havia uma portadora que era usuária de drogas e bebia e fumava feito a caipora, mas se tratava! Morreu atropelada! Tenho uma conhecida, que está grávida novamente e, se descobriu portadora há 17 anos (o marido a traia com mulheres de Itajai, Camboriú e Florianópolis, lugares com alta incidência). Quem se descobre hoje, praticamente morre de AIDS se quiser ou por que descobriu tarde demais.

  35. Maycon diz

    Desculpem os erros! Celular com novo sistema operacional e tenho apanhado com força dele kkkk

  36. Maycon diz

    Henrique! Nada pra se preocupar. Sabe, isso sempre ocorreu contigo, só que você nunca soube. Essa oscilação acontece com soronegativos o tempo todo sem eles nunca se darem conta, pois nunca fizeram esses exames. Uma pessoa não é considerada diabética com 80 ou 98 de glicemia, tanto faz por estar na faixa do exame. Já ouviu falar em erro do método? Se você fizer esse exame amanhã de manhã e depois de amanhã, vai dar diferença! O importante é estar na faixa 😉

  37. JoãoRN diz

    Olá, estou em tratamento com o 3×1 tem cerca de 1 ano. Comecei com meu CD4 em 200 (14%), depois de 6 meses chegou em 487 (28%) e agora, após 6 meses novamente, caiu para 271 (27%). Porém continuo indetectável. Nesse meu último exame, com resultado do CD4 em 271 (27%), eu o fiz quando estava passando por uma gripe. Devo me preocupar ou isso pode acontecer e não significar uma falha terapêutica?

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s