Contos e sonhos
Comentários 170

Sonho de infância

Em algum dia logo depois do Ano Novo, sonhei que voltava à casa onde passei a minha infância, para uma breve visita. Precisava ir lá agora, já adulto, buscar uma carta que, por alguma razão desconhecida, havia sido endereçada para mim ainda naquele tão antigo endereço. Como é comum em muitos sonhos, pelo menos nos meus, não me recordo de tudo: não sei, por exemplo, quem é que escreveu a carta e muito menos como é que fiquei sabendo que esta carta estava lá — mas isto também não é o mais importante.

casa

O fato é que, quando me dei por mim, já caminhava naquela rua, próxima à praça arredondada que tinha a enorme figueira ao canto. Cumprimentei o mesmo guarda da rua, que não havia envelhecido em nada, e cheguei diante do portão da casa, o qual já não era mais o mesmo: em seu lugar havia uma recepção moderna, que mais parecia com a entrada de um escritório, com um balcão de pedra escura e, atrás dele, uma secretária, sentada diante da tela de um computador e com monitores de segurança que vigiavam a casa. Ela sorriu.

“– Vim buscar uma carta”, expliquei. “Eu morava aqui quando era pequeno e, não sei porquê, alguém ainda mantinha este como o meu endereço.”

“– Só um instante, por favor”, respondeu educadamente a secretária.

sonho

Enquanto aguardava, recuei do balcão. Queria observar a casa onde passei tanto tempo de minha vida. Sabia que era natural que ela estivesse diferente, reformada por seus donos subsequentes, mas a verdade é que a casa não estava tão mudada assim. Afora a recepção moderna e, percebia agora, as novas janelas, menores que as anteriores, tão grandes, tudo permanecia igual! As paredes continuavam das mesmas cores, o jardim permanecia o mesmo, como se as plantas sequer tivessem crescido. Lá atrás, a mesma árvore balançava com o vento. No segundo andar, o quarto de paredes de vidro — uma antiga varanda, que fora coberta por vidraças provavelmente ainda pelo donos anteriores aos meus pais — permanecia, tal e qual, ainda um quarto de brinquedos. De longe, pude perceber o vulto de duas crianças que saltitavam lá dentro, assim como eu fazia quando era pequeno, ao lado de meus irmãos.

bowie

Minha nostalgia foi interrompida pelo novo dono da casa, que veio à porta chamado pela recepcionista. Era um homem jovem, negro de cabelos rastafari e com uma tatuagem no rosto bastante parecida com a capa do disco Aladdin Sane, de David Bowie. O homem sorriu com simpatia, mas não me convidou para entrar na casa. Ele apenas me entregou a carta, me cumprimentou com um forte aperto de mãos e, então, disse:

“– A vida é assim, Jovem.”

Saí de lá sem saber ao certo ao que é que ele se referia — talvez, pensei, às coisas que sempre mudam. Quando dobrei a esquina da rua da antiga casa, acordei do sonho. De olhos abertos, ainda deitado na cama, pensei que 2016 foi o primeiro ano em que não me recordei do meu diagnóstico no dia de seu aniversário. No último ano, o dia 18 de outubro foi como qualquer outro dia. O primeiro dia, desde o meu diagnóstico, a seis anos atrás, em que não fiz as contas do tempo do meu diagnóstico.

Anúncios
Este post foi publicado em: Contos e sonhos
Etiquetado como:

por

Jovem paulistano nascido em 1984, que descobriu ser portador do HIV em outubro de 2010. É colaborador do HuffPost Brasil e autor do blog Diário de um Jovem Soropositivo.

170 comentários

  1. Lucas diz

    Viver no anonimato não é fácil. As janelas necessariamente se estreitam. Um anonimato que, do nada, pode te jogar no gueto é ainda pior, mas a vida é assim. Que podemos fazer? Podemos lutar!!!

  2. Rapaz diz

    Pra mim o dia do meu diagnóstico assim como essa doença são tão insignificantes que nem marquei a data. Nem lembro se foi fim de outubro ou início de novembro…não me importa! As únicas coisas que mudaram na minha vida foram o uso fiel do preservativo e as consultas e exames periódicos. Continuo curtindo, bebendo aos finais de semana, fazendo minhas reuniões com os colegas, dançando, trabalhando e fazendo minhas atividades físicas rotineiras. Minha vida está ótima! O hiv não passa de um mero detalhe graças a Deus e a ciência. Acho que as pessoas valorizam demais esse vírus e deixam de viver desnecessariamente. Vão viver até 70 80 anos se lamentando deprimidas e deixarão uma vida interira maravilhosa para trás. Claro….respeitando aquelas poucas exceções que tem problema com o tarv, os demais bora viver gente…parar de ta pensando nissom…Já era! Não tem volta mas não é e está longe de ser o fim.

    • Antonio diz

      Encaro exatamente como vc, não faço a menor ideia da data, lembro do dia, na verdade da noite quando entrei no meu computador e vi o resultado. Claro que chorei, claro que custei a dormir naquele dia. Mas no outro fui trabalhar, afinal meus pacientes/clientes e alunos não tem nada a ver com isso. E sigo a vida normal e seguirei até o final.
      Não sofre de alegria e nem de tristeza por crediário!

      • Renato diz

        Oi Antônio, como vc encara sua rotina de trabalho e academia? Tou precisando me inspirar,rsrs.

        • Antonio diz

          Ola Renato, encaro normalmente, academia nao faz mal a ninguém ( a não ser que vc a pessoa esta debilitada). faço normalmente: corro, um pouco de musculação, natação 2x por semana. Raramente lembro durante o dia. No inicio sempre lembrava, agora o tempo passa e vejo que de fato nada mudou em minha vida, só temos esta foice na cabeça, mas quem não tem né?
          Se quiser trocar uma ideia: antonio_almeica@gmail.com

    • daniel diz

      eu realmente queria ser igual vc.
      mas nao consigo. estou sem trabalho. nao tenho stress mesmo assim minha garganta esta inflamada e tem sido recorrente.
      sinto um cansaso extremo com a medicacao e nunca vou aceitar isso.
      vivo em espera da cura esterilizante. apenas isso trara minha vida de volta.

    • Renato diz

      Olá rapaz , tbm fui trabalhar no dia seguinte ao meu diagnóstico,o pro eh q poucos dias tive uns problemas de saúde e fiquei de atestado ,parei minha vida ,mas o medico já me.liberou ,a questão é q n to sabendo como começar a viver dnovo eu sempre saia fds bebia ,gostava muito de balada ,já tou indetectável,preciso engrenar ,mas tinha um corpo legal fiquei meio magro e abatido ,foi uma mudança muito grande de rotina.mas sempre entro aqui e fico feliz em ver tanta gente vivendo bem,quero isso pra mim tbm.

    • Mdss diz

      Então.. descobri que sou soropositiva em dezembro do ano passado. Posso dizer que qdo soube foi um choque. Fiquei desesperada. Tive depressão… foi horrível como todos podem imaginar. Mas não me dei tempo de ficar longos períodos assim. Mesmo estando mal, corri atrás, fiz os exames, procurei o Centro de Aconselhamento e ontem (10/02) comecei a tomar os remédios.
      Não estou tão bem quanto o Rapaz, mas a sua filisofia é invejável. Espero um dia pensar exatamente como vc.
      Não fico tão triste como ficava antes. Há momentos em que até esqueço. Espero que a cada dia que passar, esses momentos sejam maiores.

  3. Positividade de luz diz

    Já faz mais de 1 ano e e meio que fui diagnosticado e estava com cd4 260 e cv acima de 100 mil hj vivo em paz e me cuido,vivo um dia de cada vez,cd4 acima de 1090 e indetectável desde o terceiro mês de tratamento,vivo,trabalho,produzo,sonho,nem me importo em querer saber o dia exato de meu diagnóstico,claro que no dia que recebi a noticia,MEU MUNDO CAIU,achei que teria alguns meses de vida e morreria,mas aqui estou VIVO,SAUDÁVEL E CHEIO DE SONHOS!!!
    É VIDA QUE SEGUE QUERIDOS,CLARO TOMANDO RELIGIOSAMENTE O REMEDINHO,SEMPRE AO MESMO HORÁRIO…
    Hj me cuido,coisa que não fiz,por isso contraí H.I.V,e não fico querendo achar culpado,pois se alguém tem culpa,FUI EU O RESPONSÁVEL por ter tido uma vida promíscua!!!
    Hj transo com consciência e respeito a mim e ao próximo!!!
    PAZ E BEM À TODOS!!!

      • Positividade de luz diz

        Oi Renato,não sei se a pergunta é pra mim rs,porém oque me ajudou muito foi o kardecismo,as artes e me informar sobre oque eu tinha sem sensacionalismos,em locais que me deram muito suporte emocional,tipo aqui pelo JS e sites sérios que falam a respeito de portadores que podem e devem ter uma vida normal,enfim voltei a me cuidar,ficar bonito kkkkk auto-estima querido me ajudou muito,aí vou vivendo,amando,desamando,rindo,chorando,me divertindo,VIVENDO UM DIA DE CADA VEZ INTENSAMENTE, vida que segue,abçs!!!

        • Renato diz

          Positividade ,brigado veja vc q tbm gosto dá doutrina espírita,mas minha mãe eh evangelica , atualmente n sigo religião,mas tenho pedido muito a Deus ,e de vez em quando vou a igreja c minha mãe ,daí fica a culpa de ter adquirido essa doença através das coisas do “mundo” rsrs,como se fosse um castigo vendo pelo lado religioso,tá tudo muito confuso pra mim ,ainda n sei como vou administrar minha vida social ,já q sou gay.

    • Casal soropositivo diz

      Bom dia! tudo bem?
      Como fez para o seu cd 4 subir tanto Positividade de luz?
      Nó somos um casal soropositivo, e quando descobrimos, meu CD4 era de 163 e minha carga viral de 350 mil, apesar do cd4 baixo, não cheguei a ter nenhuma doença oportunista, graças a Deus, mas hj, com 1 ano e meio de tratamento, no meu ultimo exame, com 1 ano e 2 meses, meu cd4 estava em 470. Acho que subiu pouco né? A médica que nos atende, disse que meu cd4 não irá alem disso, fiquei meio triste na hora, mas não dou muita importância, vivemos feliz, nos cuidando e curtindo um dia de cada vez. Se puder me responder, ou trocarmos e-mail, o nosso é: casal_soropositivo@hotmail.com
      Um abraço!!

      • Positividade de luz diz

        Olha casal,mudei minha alimentação,só comia porcaria rs…
        Hj como muita salada,no min 3 tipos e frutas tmb,além de grãos,sojas,castanhas,enfim,parei de fumar cigarros,fumas quase 2 maços por dia,bebo socialmente,durmo bem ate demais rs trabalho e ocupo a mente e vivo!!!

    • Casal soropositivo diz

      Bom dia! tudo bem? 🙂
      Como fez para o seu cd 4 subir tanto Positividade de luz?
      Nó somos um casal soropositivo, e quando descobrimos, meu CD4 era de 163 e minha carga viral de 350 mil, apesar do cd4 baixo, não cheguei a ter nenhuma doença oportunista, graças a Deus, mas hj, com 1 ano e meio de tratamento, no meu ultimo exame, com 1 ano e 2 meses, meu cd4 estava em 470. Acho que subiu pouco né? A médica que nos atende, disse que meu cd4 não irá alem disso, fiquei meio triste na hora, mas não dou muita importância, vivemos feliz, nos cuidando e curtindo um dia de cada vez. Se puder me responder, ou trocarmos e-mail, o nosso é: casal_soropositivo@hotmail.com
      Um abraço!!

      • Positividade de luz diz

        Não se preocupe,cada organismo reage de uma forma com questões de vitaminas e tal,vc TÁ SUPER BEM e isso que importa,segue firme e se cuida que tá no caminho certo querido!!!

  4. Alex diz

    Há algum tempo que vc não postava, por um lapso, hoje, me veio em mente entrar no seu blog, entrei, e vi essa postagem de hoje.

    Ao que entendi, se é que há algo a se entender, li nas entrelinhas que vc está deixando o vírus para trás, digo, que foi uma fase que viveu, aprendeu o que tinha de aprender, mas vc não é o vírus, nem seria talvez vantajoso ficar dando mais atenção a ele até a chegada de uma possível cura ou novos tratamentos, por exemplo.

    Em outras palavras, nas entrelinhas, li: “estou deixando o tema HIV no passado, passou, já disse o que tinha de dizer, aprendi o que tinha de aprender, mas agora mudei, mesmo continuando sendo o mesmo. Isso não é um adeus, só uma constatação dos fatos atuais.”

    Seja qual for o sentido, espero que vc esteja bem, e agradeço também a energia dedicada em todas as postagens, me ajudou muito no início saber que existiam mentes pensantes como vc, que era possível vida após tudo isso, alguém que me permitisse sentir que eu não estava sozinho com isso, que não era uma ausência de vida, etc.

    Obrigado, JS. Abraço.

      • Marina diz

        JS, sei que não tem nada a ver com o post, mas gostaria de dar uma sugestão para publicação futura: falar do HTLV, um retrovírus parecido com o HIV e que não tem testagem via SUS e não tem tratamento.

  5. Paraense+ diz

    JS voltou respondendo às perguntas de muitos: onde, o que, estará fazendo JS ?. Eis a resposta : JS estava sonhando. E só quem está bem vivo e de bem com a vida, consegue sonhar. Quem está mal, deprimido, angustiado e infeliz não sonha, tem pesadelos. Feliz regresso JS !!!.

  6. Rapaz diz

    Nada de choro, nada de lágrimas, nada de depressão…vida boa até demais!!! Sem riqueza, na humildade com muita alegria e tranquilidade. Sem drogas, nunca iludido e sempre protegido. Forte abraço a todos! Ótimo fim de semana!

    • Mel diz

      Rapaz
      Concordo com você em gênero, número e grau.
      Vamos viver a vida, cuidar da mente,do corpo, do espírito, do próximo e seguir em frente.
      Feliz ano novo para todos!

  7. AmigoSp diz

    Linda postagem!

    Amigos: DOLUTEGRAVIR CHEGOU!!!!!
    💙💙💙💙

  8. Polo diz

    Pessoas me ajudem, sou gay e estou passando por uma situação delicada! A pouco mais de 9 messes descobri que minha mãe de 53 anos é portadora do vírus Hiv.
    Confesso que foi muito duro pra mim bastante difícil mas óbvio que encarei engoli as lágrimas e dei a maior força!
    Ela ficou internada por 45 dias, achei que ela iria morrer, foi péssimo!
    Graças a Deus ela saiu do hospital está bem a 6 messes, tem tido algumas pequenas sequelas no sistema nervoso, faz uso das tarvs corretamente!
    To escrevendo por que tenho duvidas, com relação à abordagem, eu acompanho ela no hospital mas sinto que ela fica super envergonhada! É também agora eu acho que estou superprotegendo ela!
    De vê verdade não sei bem como agir as veZes fico perdido!
    Não pela doença, mas por tudo que envolve sabe.
    Queria saber opiniões de vcs, e dicas, pode parecer banal mas acho que iria me ajudar bastante!

    • Anjo terapeuta diz

      Aja da forma mais normal possivel e veras que tudo sera como antes de vc saber.

    • Paraense+ diz

      Polo, procure agir com naturalidade, não fique demonstrando pena, medo e preocupação. Transmita confiança, fale da eficiência dos medicamentos atuais e dos que estão em desenvolvimento, se ela quiser falar sobre o assunto escute-a, diga que isso poderia acontecer com qualquer pessoa e, principalmente, procure apoia-la. Abraço !.

    • luquinha diz

      Polo vou falar o que um dos maiores profissionais falou para mim , a vida e da sua mãe e se ela esta passando por isso foi consequências de atos dela ,e ninguém tem nada a ver com a vida dela , cada um cuida da sua vida e ponto final .Daqui há 1 mês já vou fazer 4 anos , rs como passa rápido ne ! E te digo eu não saiu falando aos quatro cantos , mais aquele pânico não existe mais , como dizem os antigos o tempo e o melhor remédio , quando fui diagnosticado pesava 60 kg eu fiquei com tanto trauma que o que eu mais queria era engorda , assim foi feito , sempre tive um corpo geneticamente bonito , mais o trauma foi tanto que ate mesmo aquela barriga exagerada não me incomodava , ate uns 2 meses atrás , resolvi perder e estou perdendo , os gominhos da minha barriga esta voltando , as roupas estão mais vistosas e assim agente vai levando …procurando viver bem esperando a tão sonhada cura , de um beijo na sua mãe por mim …

  9. Rock Hudson diz

    Esse texto merecia ser publicado , como uma crônica de um GRANDE escritor. Você é mágico! Sem mais …

      • Anjo terapeuta diz

        JS nao se afaste tao longe centenas de pessoas precisam de vc por perto, nao é a mesma coisa ler em outros blogs, aqui ja é quase uma grupo de ajuda com poder terapeutico, sem nunca termos nos vistos e ao mesmo tempo todos ja se conhecem, este foi meu primeiro blog (grupo) e gosto de estar aqui mesmo em cilencio. Vc fez falta, some nao.

  10. Maxwell diz

    A vida é cheia de ciclos. Você fez à sua parte na vida de muitos aqui e agradeço por ter ajudado a mim e a muitos aqui em seu blog. Agora é hora de uma nova vida que se abre em seu caminho. Desejo-lhe felicidades. Obrigado!!!

  11. Renato diz

    Alguém malha ? Consegue ficar c um.corpo legal ? Tomar suplementos?

    • GompMais diz

      Malho, corro, tomo suplementos, tenho 37 anos, e sou safadinho… S+ há 1,5…

        • Renato diz

          Quais os melhores suplementos?Gomp ? Eu tomava zma e tribulus ,mas parei de malhar a quatro meses ,tava c um.corpo legal,mas perdi quase de quilos.

          • GompMais diz

            Tomo Monster Black Extreme, Whey Protein, Glutamina. Tomo tb antes do almoço quitosana, polivitamínico, colágeno, cromo, óleo de peixe e óleo de linhaça. Já tomei tribulus. Malho desde 2002, embora sempre fui envolvido com atividade física. Meu infecto não proibiu, nem limitou… O grande Joel Gallant, um dos mais renomados infectologistas do planeta, qdo questionado sobre suplementos, em seu blOg, diz q proteína é alimento, e por isso deve ser ingerida. Ele faz ressalva a suplementos a base de ervas, pois disse que elas podem influenciar na absorção dos arvs, até pq as possíveis interações entre arvs e a maioria delas, as q são utilizadas como terápicos naturais, nunca foram estudadas.

  12. Renato diz

    Já estou a quatro meses c o 3×1 ,mas tenho muita insônia e sonhos ,será q ainda há chance de passar?

    • Ser+H diz

      Vai passar com o tempo até o teu organismo se acostumar. Veja com o médico alguma indicação de remédio que te induza ao sono. Eu tomo rivotril, mas há quem não goste.

  13. Ricardo-Gru diz

    Renato eu malho e meu corpo esta bem melhor que antes….JS q bom q vc voltou, estava com saudades de um no tópico e este foi mto bom, tbm nem me lembro mais deste virus chato. Agora vamos torcer para que o DOLUTEGRAVIR seja estendido para todos, minha infecto iniciará comigo em Junho deste ano, ja combinei com ela.

  14. Gil diz

    O mais legal é que JS voltou em grande estilo, com uma crônica muito sensível, gostosa de ler, completa e coerente. É a velha questão qualidade x quantidade, ficou um tempo sem nos brindar com a presença, mas quando voltou, valeu a ausência com este grande estilo. E creio que foi uma pausa de férias, o que eu vejo como altamente necessário, quebrar a rotina e sair do mundo um tempo, para repor as energias. E voltou energizado.
    Parabéns, JS. Você nos brinda com suas postagens e, através deste blog, fazemos amigos, nos informamos, ajudamos os recém-diagnosticados. Isso tudo devemos agradecer a você.
    Feliz 2017. E que a cura venha logo!

  15. Advogado diz

    Boa noite

    Sou casado há 7 anos com um rapaz que descobriu ser portador do HIV, no inicio veio o baque sem saber o que tinha acontecido, se eu era o causador do sofrimento dele por ter contraído essa doença, por ser mais velho e ter tido uma vida sexual intensa antes de conhecê-lo, mas por um livramento descobri qu não era soropositivo. Graças a Deus não parei
    Pra pensar se ele me traiu ou como adquiriu so pensei em querer ajudar, trabalhar pra que nunca faltasse algo, não sou o melhor cuidador, nem cuido de mim mesmo direito, ele que cuida mais de mim do que eu dele
    Ele até passou a se preocupar mais comigo, pois tem medo de ficar doente e medo que eu fique também
    Mas sinceramente não me importo, quero me cuidar mas acima de tudo quero que ele fique bem.

    O blog ajuda muito ele, sempre ele lê

    Queria poder falar mais com ele sobre essa doença sobre como me preucupo apensar se nem sempre demostrar

    Mas vou mudar, vou ser mais comunicativo e expressst o que sinto… pois a realidade dele é minha também, pois posso não ter mas a pessoa que amo tem é preciso ajudá-lo

    Obrigado só queria falar um pouco

    • Dom diz

      Advogado, baixe app chamado KiK, q não é vinculado ao nro de celular como o wpp, e procure por Dom_JS.
      Há grupos de soro+ no KiK, nós apoiamos mutuamente, trocamos informações, etc.
      Boa Sorte.

      • Dom diz

        Errata!!!
        Na vdd esse Nick é antigo, acabei esquecendo a senha e fui obrigado a criar outro, e o atual é este: Dom_SP

        Desculpem-me e obrigado!

  16. Pedro Paulo diz

    Boa noite, amigos. Me desperta curiosidade e receio sobre um assunto em questão. Estou tomando 3×1 já há mais de um ano. Já indetectável há bastante tempo.
    Porém gostaria de saber mais sobre um assunto que acho que minha médica não fala com muita clareza. Eu tenho o hábito de consumir bebidas alcoólicas aos finais de semana (somente). Meu namorado é farmacêutico e sempre me auxilia com o medicamento de forma que ele não interaja com a bebida alcoólica. Mas sempre fico receoso quando, por exemplo, preciso tomar o medicamento uma ou duas horas mais cedo, para que na hora que for ingerir a bebida alcoólica esteja passada 1 hora completa depois da ingestão do remédio. Essa mudança de horário me causa receio. Ou quando, por exemplo, eu prefiro tomar o remédio depois de beber pois se tomo antes me causa mais efeitos colaterais. Então às vezes tomo bem depois do meu horário habitual. Segundo meu namorado, isso deveria me preocupar se essa troca de horários acontecesse sempre. Mas vez em nunca, não há problemas. Alguém aqui toma a sua cervejinha no final de semana? Nessas festas de final de ano em que ocorrem grandes eventos, vocês bebem? O fígado também é uma coisa que me preocupa muito. Como que vocês gerenciam isso?

    • Luiz Carlos diz

      Já comentei algumas vezes sobre isto por aqui, inclusive vou copiar um trecho de um outro comentário que fiz em outro post, se me permite:

      A meia-vida do EFZ varia entre 40 e 55 horas. Existem diversos estudos (pequenos, na sua grande maioria) que mostram concentração plasmática acima de 1000 microgramas/ml de EFZ em 75% das pessoas após 100 horas, o que não caracterizaria falha terapêutica.

      Todos nós somos diferentes, temos diferentes maneiras de processar as medicações – sejam qual forem – em nosso organismo. Da mesma forma, existem médicos ultra conservacionistas que utilizam o medo para fazer com que os pacientes sejam capazes de aderir ao tratamento, assim como existem médicos ultra liberais, que ainda acreditam que um paciente com CD4 considerado “bom” não devem aderir ao tratamento, porque tomar um comprimido por dia pode ser um fardo por conta dos efeitos colaterais.

      Eu prefiro ficar no meio termo. Temos que viver nossas vidas. Os medicamentos atuais permitem que nós possamos nos dar ao luxo de não seguir um regime estritamente militar, mas ao mesmo tempo não podemos abrir mão de tomar a medicação.

      Sair com os amigos, beber com moderação no final de semana, ir para um casamento, nos divertirmos, enfim, nada disso é proibido. O bom senso é que leva as pessoas a serem felizes e a aderirem ao tratamento. Se você se sente culpado por não tomar a medicação em determinado horário, então se esforce para tomar. Se você não se sente culpado, pelo menos tenha o bom senso de saber que a medicação aceita determinada tolerância sem abusos, e que é uma medicação diária.

      Cada um tem que viver como se sente melhor, tendo bom senso tudo dá certo. Em dois anos de tratamento eu esqueci de tomar a medicação uma única vez. Acordei apavorado no dia seguinte às 9 da manhã e a tomei. Cá estou até hoje sem falha virológica, e ciente do bom senso e da tolerância que q medicação nos permite.

      Sobre o fígado: o EFZ e todos os outros ARVs são tóxicos e agridem o fígado. Combinado com a bebida, a agressão é maior. Devemos evitar beber? Devemos. Devemos parar de beber completamente? Novamente, se for por questão de culpa e você se sentir melhor, pare. Caso contrário, aproveite a vida, beba socialmente, aproveite o final de semana, tome um vinho, vá dançar. Não deixe a sua vida girar em torno de um comprimido. Se isto te incomoda muito, em um nível que atrapalha sua vida, sugiro que você procure um psicólogo, ou qualquer outro tratamento que possa lhe ajudar a ter uma melhor qualidade de vida.

      Abraços!

  17. Sorocaba diz

    JS quero agradecer de todo meu coração a vc e essas pessoas maravilhosas dos comentários do Blog, pois vocês salvaram minha vida. Descobri faz pouco tempo, dia 28 de dezembro de 2016. Chorei e rangi meus dentes pois tive um medo intenso. Nem dormia direito. Parei de comer direito. Viajo todo dia de moto para outra cidade para trabalhar. Pensei seriamente em enfiar minha moto embaixo de um caminhão. Pensei várias vezes em tirar minha vida. Conheci este blog e nele fui me acalmando e buscando conforto. Nele aprendi que tinha que buscar rapidamente um infectologista. Aprendi aqui o caminho da roça. Já estava com uns sinais na pele que não saravam e uma diarreia daquelas. Li num blog que no começo emagrece e no dia seguinte comecei a emagrecer. Li num outro site que no começo dava mancha na pele e febre, e pronto no outro dia em um sábado fui parar no hospital. Tava com febre muito alta e um ataque de alergia bem forte, fiquei com toda a pele manchada. O médico disse que era por causa da viremia. Eu tremia muito de medo. No outro dia li num site que dava conjuntivite, pois então acordei como os olhos vermelhos. Fui pro médico. Daí pensei, eu leio coisa ruim e acontece, eu leio novamente e acontece, deve ser minha cabeça. Mas assim que parei de buscar ler coisas ruins e de sentir aquele medo da morte devastador, parei de emagrecer e minha pele voltou ao normal. Não tive mais febre e meus olhos pararam de ficar vermelhos. Perdi cinco quilos depois da descoberta , parei de emagrecer assim que parei de tremer de medo. Continuei lendo o Blog e por consequência me acalmando, pois via pessoas falando que estavam vivendo a anos e décadas muito bem. Ao contrário das pessoas que acham ruim o tal sonho vívido, curti muito o sonho vívido que tem no começo do 3×1. Até tentava dormir mais para ver se eu tinha aqueles sonhos tão realistas. Me senti naquele filme A Origem. KKKKKK que besta que sou! Depois de seis dias tomando o 3×1, agora não sonho mais. Não sinto mais nada com o remédio. Não fico atordoado mais. Até fico acordado. E nada, não sinto nada. Sinto que estou no controle da minha doença. Tomo o remédio direito à 12 dias. E deveria ter ouvido meu Infecto que dizia que era minha mente que estava fazendo aquilo comigo. Também rezo muito para Deus me guardar. E acho que ele me ouviu.
    JS quero dizer que eu me acalmava muuuuiitto ledo seu Blog e logo vinha o sono e eu conseguia dormir.
    Aprendi muito e rápido nesse Blog.
    Desculpem se escrevi alguma bobeira.
    Obrigado por tudo!

  18. Mateus diz

    Bom dia a todos!
    Alguém com um pouco de conhecimento pode me ajudar?
    Tô uma pilha de nervos.
    Passei em um concurso para professor de ensino fundamental.
    Fui chamado e preciso fazer a perícia médica.
    Pensei em não falar minha sorologia, porém recebi um formulário onde perguntando se tenho alguma doença crônica.
    Tenho medo de dizer que sou soro positivo e não passar na inspeção médica, já que é pra trabalhar com crianças.
    Há essa possibilidade?
    Na escola todos saberão minha condição?
    Caso eu omita, tem como o médico saber a verdade, consultando algum site na internet?
    Tô desesperado. Nervoso. Não sei o que fazer.

    • Luiz Carlos diz

      Pode e deve omitir, é seu direito. Ninguém vai descobrir assim sem mais nem menos, e eles não podem te pedir nenhum exame que revele sua sorologia, é contra a lei.

    • Augusto diz

      Tb passei pro isso. Não precisa falar nada. Pode omitir. Ninguém vai descobrir. Fique tranquilo

    • Renato diz

      Eu passei num seletivo ,e ironicamente n sabia ,quando já estava há dois meses tive umas complicações e fiquei sabendo.pelo menos vc já sabe e pode se cuidar antes.

    • Mel diz

      Não se preocupe você não precisa contar a ninguém, e ninguém tem como saber.
      Boa sorte no novo trabalho!

  19. ruan diz

    Estou iguala vc. Lembro do diagnostico, mas procuro esquecer essa data, ja fazem 2 anos e me sinto bem, já zerado(indetectável em menos de um ano) .Procuro não me martirizar com isso, vou levando minha vida.O pior qu eu não tenho ninguem pra desabafar e conversar ,uma pessoa de confiança e vou levando sozinho, com a fé que tenho em Deus.Aqui no eu estado até grupos de auto ajuda são complicados, pq não sinto segurança nas pessoas no quesito descrição.Mas estou bem levando a vida normalmente, tomando meu 3 em 1, e vivendo em paz. abraços

  20. cbb diz

    Só passando pra dar as boas vindas ao JS e lhe dizer que o seu blogue já salvou mais vidas do que vc imagina, não só no seu país, Brasil, como tb em outras partes do mundo, como é o meu caso que sou Angolano.

  21. Scarton Jr diz

    Boa noite, está sabendo alguma sobre quando vai estar disponível o medicamento dulotegravir ?

    ________________________________

  22. Um jovem soro positivo também diz

    JS não te conheço, mas sou grato a Deus por sua vida. Sério. Acho que você não tem noção do quanto ajuda pessoas aqui. Gostaria de te enviar um presente em agradecimento por tudo que já aprendi aqui. Um abraço.

  23. Fernando Rodrigues diz

    Obrigado js por voltares. Este teu blog foi a minha salvação e a minha terapia diária.Hoje procuro levar a minha vida com mais tranquilidade. Como não tenho ninguém para desabafar, estar ligado a este blog deixa me menos sozinho.Um abraço de portugal para todos

  24. Vida diz

    Bom dia!
    Amigos!!! Simtt amigos muitos de nós não nos conhecemos pessoalmente, mas somos muitô amigos ,dividimos as coisas mais difíceis de nossas vidas entre nós, questões que talvez jamais dividiriamos com amigos presentes. Preciso de uma ajuda ,o meu esposo fará uma cirurgia de hérnia umbilical e será necessário contar sua sorologia ao médico? Não tenho receio do médico mas das infermeiras terem reaçoes preconceituosas. O infectologosta dele fala que tenho qie falar ate para o dentista(não fazemos) grande beijo no coração de todos vcs.

    • Caio PE diz

      Não é obrigado contar a ninguém. Quem é profissional de saúde (independente da área) tem o dever de se cuidar. Eles são treinados para isso. Agora o paciente deve saber se o material utilizado está esterilizado (exemplo, num consultório dentário). isso é um direito. mas contar, pra que ?

  25. Positivo Azul diz

    Olha na minha opinião acho que neste caso de cirurgia deve sim contar por se tratar de um procedimento mais complexo, onde o paciente se estiver com uma imunidade baixa corre o risco de contrair outras complicações. No caso eu eu verificaria com o infecto se realmente seria a hora certa para a realização do procedimento cirúrgico, pois ele ira analisar o quadro clínico dele, caso sim, contaria sim ao médio que fará a cirurgia pois ele saberá tomar os cuidados necessários para a preservação da saúde do seu esposo e quanto as enfermeiras, basta apenas pedir para que seu médico mantenha sigilo, afinal todo procedimento que elas realizam são ordenados pelo médico. Mas fica tranquila vai dar tudo certo, depois de notícias, grande abraço.

  26. Gaúcho diz

    Mais uma vez o JS nos brinda com um belo texto. Na vedade sentia falta de seus textos de cunho mais pessoal (do diário na verdade).
    É engraçado olhar pra trás e pensar que agora dia 3, faço meu um ano de diagnóstico. Um ano de muitos percalços, barreiras, mas também muito aprendizado.
    Não tenho dúvida que hoje sou um ser humano melhor do que antes. E se foi necessário o HIV para aprender a se-lo, aceito com resiliência.
    Postagens como esta, muito me ajudaram no passado jovem. Quando pra mim não havia qualquer alternativa pós diagnóstico, suas palavras foram como um faról me guiando rumo à terra firme.
    Se é bem verdade que todos ansiamos por uma cura, é bem verdade que não se sabe se era amanhã ou daqui há 20 anos que a mesma surgirá. Enquanto isso nos cabe viver dá forma mais “positiva” possível. Nesse sentido, melhor que qualquer postagem sobre avanços em direção à mesma, é um texto de uma sensibilidade como este, que nos mostra que sim, os anos vão passando e a vida continua…
    “A vida é assim…” né?

    Talvez seu texto seja um “até logo”. Talvez um adeus deste ambiente. Ou talvez só um desabafo de quem aceitou plenamente sua condição é hoje busca simplesmente seguir em frente. Seja como for, muito obrigado por ter tocado nossas vidas de uma forma tão profunda. É muito obrigado por iluminar meu caminho quando eu só acreditava em escuridão.

  27. Gusta diz

    ALGUEM DE ALGUMA CIDADE Q TEM Q TOMAR A VACINA DA FEBRE AMERLA? SABE SE PODEMOS TOMAR? UMA PESSOA VEIO ME FALAR Q SOROPOSITIVO NAO PODE TOMAR A VACINA DE FEBRE AMARELA. É VERDADE? ( DESCULPE O CAPS MEU NOTE TA DOIDAO N ESTA DESABILITANDO) KKKKK

    • Aninha diz

      Eu já havia tomado antes Gusta, mas meu infectologista disse que podemos tomar sim, só verifique com o seu médico pois a sua imunidade deve estar boa, caso contrário não é recomendável tomar!

    • Miguel diz

      pode tomar normal, desde que não tenha tomado as duas doses e sua imunidade esteja boa.

      • Caio PE diz

        Se o CD4 estiver acima de 500, a estiver CV indetectável e não tiver nenhuma doença no momento (uma gripe, um resfriado etc) acho que pode sim. Só o infecto para saber.

    • Luiz Carlos diz

      Gusta, a vacina da febre amarela é um vírus atenuado, por isto não é recomendado para portadores do HIV com CD4 abaixo de 200, segundo portaria do Ministério da Saúde. Caso você esteja com CD4 acima de 200 e saudável, não há problema em tomar e é recomendável para as pessoas que estão nas áreas de risco.

      Lembrando apenas que a imunização ocorre apenas 10 dias após tomar a vacina, e se você tiver qualquer efeito adverso neste período é importante consultar um médico e seu infecto.

      Eu moro no ES e já tomei a minha há uns 20 dias.

      Abraços

      • CACA diz

        Olá Luiz Carlos tudo bem? Tamb´em sou do ES descobri que sou positivo há um mês iniciei o tratamento há 15 dias, porém não gostei do médico que começou a condução do meu tratamento. Você teria algum infecto no ES para me indicar?? Obrigado.

        • Luiz Carlos diz

          Tenho sim, uma médica excelente (atende em Vitória)! Procure pela doutora Glaucia Ferraz no Hospital Evangélico de Vila Velha ou, se possuir Unimed, no antigo Unimed CIAS de Camburi.

          Abraços!

  28. Luks diz

    JS, queridão, que bom que voltou. Belo texto. Sensível e lúcido, como sempre! Não nos obrigue a jejuar de seus textos. É muita abstinência. rsrs. Eu ainda lembro da data do meu diagnóstico, pois é bem recente. Mas o trato é diferente. A calma vem de mansinho e as coisas vão se alinhando, como deve ser. Um abraço a todos!

  29. Rodrigo10 diz

    Pessoal,
    Meus remedios cairam no chao e estava umido, ficaram esquisitos tipo com umas bolhinhas e EU encontrei 3 deles apenas um dia depois embaixo do meu armario da cozinha. Sera que posso tomar mesmo assim? Tenho uns 15 comprimidos nesse estado. Alguém já perdeu os comprimidos? Posso pegar mais? Sei que são carissimos. O que devo fazer? Só queria saber se ja passaram por isso antes de eu or no COA e tomar uma bronca. Por favor reapondam rapido. Valeu

    • Luiz Carlos diz

      Não tome a medicação. Estas bolinhas são bolor, e podem fazer muito mal à saúde. Entre em contato com o seu infecto. Muitos infectos possuem algum pequeno estoque de medicação para emergências (quando pacientes mudam de tratamento e deixam a medicação restante com o infecto). Se ainda assim ele não possuir um estoque para lhe oferecer, ele poderá lhe indicar o melhor a fazer. Levar bronca no COA acontece.

      Lembre-se que você pode retirar a medicação sempre de 5 a 7 dias antes da sua última retirada, ou seja, isso permite que você mesmo crie seu próprio estoque de medicação. Retirando 5 dias antes durante 6 meses você terá mais um mês de medicação guardado, caso algum imprevisto aconteça.

      Abraços!

  30. JoaoRN diz

    Olá amigos(as), fiz meus exames de rotina e meu CD4 saiu de 500 para 400, porém a relação cd4/cd8 melhorou. Há algum problema nisso? Já conversei com meu infecto e ele disse que não tem problema pois a relação CD4/CD8 melhorou bastante e isso importa mais do que a queda do cd4. Alguém poderia me confirmar isso ou relatar se já passaram pelo mesmo fato e como foi? Abraços cordiais!

    • Caio PE diz

      O CD4 sofre flutuações dependendo de vários fatores: hora da coleta, estado emocional do paciente, outras patologias associadas… São muitas coisas. Nunca o CD4 mantém-se rigorosamente constante. Se a CV está indetectável é porque a TARV está funcionando corretamente. Isso é o mais importante no momento. A relação CD4/CD8 também é um bom marcador imunológico pois os CD8 também são células de defesa (embora o vírus não os ataquem). Confie no seu infecto.

    • Tomm diz

      Gostaria tb de uma indicação de alguém aqui. Mesmo que não atenda por planos de saúde. Estou querendo mudar do meu médico.

  31. luquinha diz

    Gente hoje recebi a visita de um amigo que não via a anos , por surpresa estava com o braço e o peito depilado , pois fez um exame para renovação de carteira , eu não sabia mais agora tem um exame toxicológico , a minha tem que ser renovada em 2018 , segue a duvida suponhamos rs tipo eu fumar uma maconha para o meu cd 4 subir pois vi relato aqui que o mesmo subiu segue a duvida o que fazer e outra essas substancias nos antirretrovirais acusa como droga no exame ,tem que informa a sorologia ao detran ? Desculpa a minha ignorância mais e uma duvida que tenho .

    • Miguel diz

      Não sei ao certo, mas estes exames são para carteiras C e D, quanto a maconha são por volta de 7 dias pra eliminar em exames.

    • Jorgito diz

      Fiz a renovação da minha carteira há dois meses e não tive que fazer nenhum toxicológico. Mas isso pode mudar de estado pra estado. As substâncias dos ARVs não acusam em exames toxicológicos, que são específicos para detecção de substâncias psicotrópicas proibidas. O tempo para eliminação suficiente da maconha pra não aparecer em um exame desses vai depender do método utilizado. Na urina uma semana. No sangue, uma semana a um mês, dependendo da quantidade que vc vinha usando. E no fio de cabelo, seis meses em média. Agora essa desculpa de que maconha aumenta o CD4 é só vontade de fumar um mesmo não é luquinha. Mas enfim, nos estados dos EUA em que existe a autorização para uso somente mediante recomendação médica (uso terapêutico) eles realmente receitam maconha em casos de HIV, pode ter algo a ver sim.

  32. Paulo diz

    Boa noite. Nunca comentei no blog, mas sempre fui um frequentador bem assíduo, entro todos os dias para ver as noticias, procuro no google alguma nova pesquisa, sempre na esperança de ler uma cura, acredito que a cura da Aids não irá demorar muito tempo mais, as frentes de pesquisas no mundo todo estão cada vez mais se aprofundando nas respostas, uma hora a ciencia irá aprender a controlar esse virus.

    Fui diagnosticado no final de 2015, foi um choque, pois passei duas semanas internado no hospital por um outro motivo, fazendo exames de sangue, detectaram primeiramente rubeola, pesquisei no google e os sintomas eram os que eu tinha ( umas manchas vermelhas no corpo), contudo, o medico no passar dos dias mudou minha vida dizendo que não era Rubéola, e sim Sifilis, ambas tem os sintomas externos praticamente identicos…

    Fiz o exame do HIV e deu positivo, mesmo o medico não ter me contado até em ultimo instante, no fundo eu sabia que algo estava estranho, pois fiz o outro exame de confirmação Western(sei la o que)…

    No começo eu chorei muito naquele hospital, mas quando fui para casa, eu já me sentia uma outra pessoa, nunca tive uma recaída com o HIV, nunca deixei ser uma preocupação que afetasse meu emocional, NUNCA, a decisão que tomei na minha vida é que nunca irei deixar o virus ser um peso na minha vida, uma outra decisão que eu tive é que nem a minha família precisa saber da minha sorologia, sonho que logo terá a cura e não carregarei isso mais comigo.

    Passei um ano inteiro sem pegar nem um resfriado sequer, hoje que estou com a garganta inflamada, mas é um caso atípico.

    Sinto diferença nos tipos de medicamento 3em1… o branco me parece ficar um zumbido ao deitar, já o laranja não sinto isso, mas pode ser coisa da minha cabeça…

    Obrigado pela atenção 🙂

    • Jr diz

      Oi Paulo, tbm sinto muita diferença entre os medicamentos branco e laranja. Sei que supostamente são a mesma fórmula, só muda o laboratório, mas acho isso um saquinho. O laranja quase não me causa efeito. Já o branco um leve tontura e o zumbido as vezes. O pior é que a cada mês está vindo um, nunca vem o mesmo. Se pelo menos viesse só branco dava pra acostumar… Vida que segue…

    • Paraense+ diz

      Muito bom esse blog. Foi o primeiro que acessei e até hoje entro lá. Já não está tão movimentado como antes mas, o CB é um cara super antenado e sempre posta coisas novíssimas com muita antecedência.

  33. Força e Fé diz

    Peguei os resultados hoje dos meus primeiros exames Cd4 360 e CV 27000 . Minha infecto me aconselhou esperar mais um mês para poder iniciar com o dolutegravir que ela garante ser bem menos tóxico que o 3×1 . Aceitei o conselho mas estou numa angústia que está me matando. De acordo com esses dados clínicos alguém pode me dizer o que vcs acham desses números ? Obrigado gente . Estou muito desanimado . Sonho em iniciar o tratamento e ficar indetectavel . Estou apavorado com medo de doenças oportunistas . Abraços

    • Gaucho29 diz

      Cara relaxa.. em um mês nada de ruim vai acontecer contigo! Se cuida, e principalmente cuida o teu psicológico, pois se tu ficar muito depressivo e desesperado o CD4 pode diminuir. Hoje em dia o HIV tem tratamento, e existe tratamento para quase todas as doenças oportunistas, então relaxa que daqui um pouco tu vai iniciar o tratamento é ficará indetectável. Eu comecei meu tratamento em dezembro, queria mt ter esperado o dolutegravir mas aqui na minha cidade a infecto não me disse nada e acabei iniciando com o 3×1, esse remédio é uma bomba… não vejo a hora de me acostumar 😦

      • Força e Fé diz

        Sério mesmo gaúcho ? O que tem sentido com o 3.1 ? Estou me sentido muito ansioso por não ter iniciado logo com o 3.1 mesmo. Afinal tem um mes que fiz os exames mais um agora de espera. São dois meses estou com muito medo . Vc nem imagina a cabeça parece que vai explodir . Estou sentindo muitas coisas ao mesmo tempo. Unhas fracas , dor de cabeça , as vistas as vezes parecem estar embaraçada e ardendo . Algumas pintinhas vermelhas ,cabelo caindo. Não sei se é psicológico por causa do resultado , mas sei que parece que vou pirar.

        • Maxwell diz

          É psicológico. Acredite. Eu quando descobri era todo paranóico assim também. Se aparecia uma unha encravada (pra mim era o vírus HIV que estava causando), se alguém tivesse gripado no ônibus eu descia pra pegar outro ônibus, tive caspas até na sobrancelha (por causa do psicológico mesmo), cheguei até a ficar com o meu corpo todo retorcido (como aquelas pessoas que tem paralisia ficam) uma vez, TUDO PELO PSICOLÓGICO. Tenta sossegar que como o gaúcho disse acima não vai ser um mês que teu cd4 vai cair drasticamente não. Pra tu ter conhecimento antes dessa “obrigatoriedade do uso dos arvs” as pessoas só começavam a usar com cd4 abaixo de 200. Então vai cuidando de tua alimentação, de tua cabeça e um mês passa rápido e logo tu vai poder usar essa nova medicação menos tóxica. Melhor do que tu começar agora com o 3×1 e depois tua médica não querer trocar mais por enquanto se tu se adaptar (como o meu médico que disse que não mudaria minha combinação se está vendo resultado positivo na indetectabilidade e nenhuma anormalidade ainda nos meus exames de fígado e rins) – (Odeio ele por isso kkkkk)

  34. Pedro diz

    Estou na mesma que você, meu amigo. Meus exames deram CD4 750 e CV 550, vamos torcer que essa nova medição chegue logo nos municípios. Se quiser conversar baixe o aplicativo KIK, meu nick é WRJ34. Abraço.

  35. Pessoal desculpa pela pergunta, mas até hoje não vi ela aqui… Existe algum caso de pessoas que estava fazendo o tratamento corretamente, sem deixar de tomar um dia seu medicamento, mas mesmo assim veio a falecer, CD4 abaixou significativamente, e ele teve uma doença oportunista??? Me esclarece essa dúvida. Abraços a todos, Deus os abençoe.

    • Miguel diz

      Falecer não sei, mas aumento da cv e baixa do cd4, sim, por falha terapêutica. De toda forma não é pra preocupar tanto, a periodicidade do exames impedem basicamente que vc adoeça antes de tentar outra combinação medicamentosa.

  36. Dere diz

    Alguém pode me tirar uma dúvida……. tomei dois comprimidos 3 em 1 em um msm dia….. achei que não tinha tomado e acabei tomando outro…. será que prejudicial pro organismo?
    Agradeço desde já!

    • Oliveira diz

      Dere

      Bom dia . Ja aconteceu comigo uma vez….eu esqueci que ja havia tomado e acabei tomando de Novo ..por tanto nao aconteceu nada comigo de mais. Mas nao e bom que se repita constantemente pois altas doses em nosso organismo podem causar varios problemas cardiacos…nos rins…. figado e neurologicos. Tire essa sua duvida com seu infecto ele te explica melhor.

    • Paraense+ diz

      Eu creio que não. Desde que você não repita isso com muita frequência. Mas o mais indicado é consultar um médico ou, também, um farmacêutico. Vou aproveitar e fazer um pequeno adendo aqui.: Não entendi por quê negativaram sua pergunta. A gente está aqui no mesmo barco, com as mesmas dúvidas e seria de bom grado que não ficassemos com essas frescurites. Você não acha Dere ?.

  37. Ph diz

    Os botões de positivar e negativar são muito próximos. Já negativei um monte de comentário se querer. Tenho os dedos grossos. Rs

    Kik Ph_Tc

  38. Pessoal um teste feito em 42 dias após situação de risco, deu não reagente, é possível ter sido um falso negativo???

    • Antonio diz

      calma, espera mais um tempo e faz de novo, a chance de ser falso negativo é muito pequena, mas vc não passou o tempo necessário ainda.

  39. Ph diz

    Gente, sei que muita gente passa por aqui pra procurar alento. Sou + há 2 anos. Vida foi difícil no começo. Um ano depois descobri o KiK e me conectei com bastante gente por aqui. De repente boa parte das pessoas que postam aqui se tornaram presentes na minha vida.
    Se vc esta se sentindo sozinho(a), e precisando de um espaço sigiloso, o KIK vale bem a pena.
    Não precisa cadastrar telefone nem associar a conta do FB.
    Vai lá, baixa o App. Volta aqui, faz um resumo seu (idade, interessas, região onde mora, a qt tempo +, etc) e posta seu nick. Conheci pessoas maravilhosas que me ajudaram muito no começo.

    Bjos.

    • EDIO diz

      Ola Ph gostaria de saber mais sobre esse app tenho muita vontade de me corresponder e conhecer pessoas que ja passou o que eu passei e que esta passando é como eu falo tem tanta gente soro+ mais é como se eu fosse o unico muitos preferem ficar no anonimato eu penso assim não vejo problema algum em ter uma amizade boa mesmo que seja + ou – as vezes não so conversando por mensagens mais sim em ter uma boa amizade pra poder conversar não so se estiver ruim triste mais que tenha uma pessoa que entende o que vc esta passando e que possa ter uma boa conversa.

      Grato

      • Dom diz

        Olá! É verdade!Os grupos de + ajudam bastante!Lá trocamos informações, nos apaioamos mutuamente, rimos e choramos juntos tbm. Baixe o aplicativo chamado KiK, não se preocupe com privacidade, já q o KIK não é vinculado ao nro de celular.

        KiK: Dom_SP

  40. Renata diz

    Gente alguém pode me ajudar por favor?
    Bom sou sorapositiva a 1 ano, até então eu achava q ninguém sabia, somente minha família. Até q hj eu tive uma discussão com uns vizinhos q sempre encomodao com motos e etc. E o dono do estabelecimento me chamou de aidedica, como fazer pra pra processar ele? Eu já tinha me acostumado com o HIV. Mais depois q ele me falou isso tô me sentindo um lixo uma ninguém.

    • Ser+H diz

      Renata, antes de tudo, vc tem provas? Testemunhas que tenham presenciado o fato ou imagens com áudio? Se não tiver, nem perca seu tempo com isso.

    • bmr diz

      Querida Renata, nada que um bom advogado não possa resolver em sua situação. Passe a gravar os vizinhos manobrando as motocicletas, daí em diante é com o advogado, sendo ele um ótimo advogado, mente aberta, sem preconceito também, é causa ganham, cidadão aí terá que lhe indenizar, por perturbação, e ainda por ter lhe ofendido, principalmente em relação a sua privacidade. Lógico que se tiver testemunhas ao seu favor será ótimo, mas só de você dar um pouco de trabalho para eles, ter que irem ao fórum, e ser citado pelo oficial de justiça na porta, o constrangimento deles já fazem eles repensar e não voltar a fazerem mais.

    • Positivo Azul diz

      Renata
      Procure um advogado que ele irá te orientar com agir mas não deixe de procurar porque se você não agir essa situação irá se repetir e entender, não se diminua diante a estas pessoas ignorantes, arrogantes e asqueirosas. Todos nós sabemos que a família é muito importante quando recebemos o diagnóstico mas infelizmente nem todos são capazes de guardar um segredo ou agir com discrição. Fique em paz e não se deixe abater, grande abraço.

  41. Gil diz

    Renata, se sentir um lixo porque eles tiveram a ignorância de confundir HIV com AIDS? Sinta-se indignada pela invasão de sua privacidade, mas sentir-se menor, desprezível, um lixo, JAMAIS!
    Incomode-os pelos atos criminosos de incomodar com ruídos, barulhos que te perturbam o sossego, vá até o fim. E grave cada aproximação. Mas sentir-se reduzida porque os ignorantes invadiram sua privacidade ou porque mal sabem? Ficou feio para eles. E o que fizerem daqui por diante, é vantagem sua em pedir reparação à justiça. Transforme essa energia em força de reação! Indignar-se e agir, sim, reduzir-se, JAMAIS!! ABRAÇO E força, menina!

  42. Paulo diz

    Pessoal, vcs tomam a medicação no horário exato todos os dias?

    Eu não tenho o jantar sempre na mesma hora, e tendo que tomar de estômago vazio, eu vario entre as 22:30 – 01:30… Isso pode ser um problema?

    • Luiz Carlos diz

      Não tem nenhum problema. A medicação permite uma certa tolerância de horários.

    • saulo diz

      A orientação que EU tenho é que devo tomar antes de dormir. Não interessa se durmo as 21h ou as 6 da manhã, desde que não deixe de tomar. Conversa com teu infecto, as vezes a opnião dele é diferente da do meu (Acredito/Espero que não seja) ai tu segue da forma que ele te dizer. Fica na Paz.

  43. Guilherme diz

    Boa noite.

    Tenho uma entrevista no hospital municipal de Campinas, estou sendo indicado com o cargo já certo, mas eles fazem exames de sangue e os sorologicos, o que eu faço alguém me dá uma luz por favor…

    Se eu recusar os sorologicos talvez não pode ser uma boa, pois eu preciso me mudar para a cidade e irei precisar dos medicamentos lá…

    Mas tenho medo de não me contratarem devido ao resultado do exame…

  44. Dom diz

    Creio q esporadicamente adiantar ou atrasar algumas horas não tem problema, desde q isso não se torne uma rotina…

    KiK: Dom_JS

  45. Anjo Terapeuta diz

    Gostava mais quanto tinha textos novos todos os dia ou toda semana, perdendo o enteresse

  46. Pedro diz

    Visito a infecto semestralmente para realização de exames e hoje fui informado que o cd4 acima de 700 não será mais possível fazer o exame. Será anualmente. Alguém está passando por essa orientação? Os exames realizo pelo SUS.

    • Luiz Carlos diz

      Não estou sabendo de nenhuma norma que aumente o prazo em decorrência do alto valor de CD4, Pedro, mas já está começando a haver um consenso entre os médicos e câmaras técnicas de que o exame de CD4 não é tão necessário a partir do momento que há aderência comprovada no tratamento, pois este exame é muito caro.

      Os novos formulários de dispensa de medicamentos nem sequer solicitam o último valor de CD4, apenas pedem o exame de CV.

      Abraços

    • Rodrigo diz

      Há um ano sigo esse protocolo: CD4 só uma vez ao ano. Claro, se houver uma intercorrência, tipo aumento inesperado de CV, é solicitado o exame num período mais curto.
      Segundo meu médico, por alguns motivos:
      1) Não é um exame essencial quando a CV tá controlada e não há sinal de nenhum doença oportunista.
      2) O exame é caro.
      3) As oscilações frequentes do CD4 aumentam o estresse e a ansiedade do paciente.

  47. Ledos diz

    Que bom que tu voltou, adoro quando tu escreve. Meu aniversário de encontro com o HIV (quando descobrimos a infecçao do meu companheiro), também passou despercebido…a vida segue tão normal, nos exigindo tanto, tanta coisa pra produzir e ao mesmo tempo ser feliz. Dia 3 de Janeiro passou e nem nos afetou, é vida que segue, e muita vida…Sou todos os dias grato por ter ele na minha vida, por estarmos juntos mais um ano, e por termos superado essa descoberta juntos. Grato a este blog também, que por tantas vezes me acalmou, foi luz no fim dos meus túneis, foi “concordante” quando eu só via “discordante”, foi paz nas minhas madrugadas, aconchego nas minhas solidões, respeito nas minhas diferenças…
    Feliz 2017 JS, tu merece!
    Felicidades pra todos os amigos de caminhada. ❤

  48. Lua diz

    Bom dia Pedro, o que me foi passado é que se estiver indetectável, não importa muito o cd4, despesa desnecessária . Continue se cuidando!!!
    Bjs

  49. ApareCida diz

    Olá a todos!
    Nunca me manifestei nesse espaço, apesar de já o acompanhar há seis meses, na época em que me deparei com o vírus. Quero registrar a imensa gratidão que tenho ao criador do blog e a tantos que aqui expressam palavras de motivação, principalmente aos recém- descobertos. Muito digno isso que fazem.Também passei por maus momentos e acertei com o terceiro esquema de medicação. Hj estou bem, seguindo normal, graças à ciência e a todos vcs. Gostaria de e-mails de pessoas com quem pudesse conversar.
    Bjo fraterno

  50. Dom diz

    Quem quiser interagir com outros soropositivos, baixe o aplicativo KiK, semelhante ao whatsapp sem o inconveniente de ser vinculado ao nro de celular, garantindo assim, mais privacidade. Participo de alguns grupos de + e eles me ajudaram mto.
    Quem se interessar, baixe o aplicativo e me chame…

    KiK: DOM_SP

  51. Nado diz

    Prezados, não sou soropositivo, mas às vezes entro aqui pra ler.
    Fico feliz em saber que todos estão superando as dificuldades.
    Somos todos iguais.

  52. ML diz

    Olá pessoal. Temos mais notícias dos estudos PARTNERS 2 (sobre transmissões zero entre casais sorodiscordantes)? Sou indetectavel, saudável e monogâmico e meu namorado prefere sexo sem camisinha. Fico muito ansioso com esta situação. O que sabemos com certeza? Meu médico é cuidadoso e diz ainda não ser um protocolo de conduta, digo, sexo sem camisinha para casais estáveis.

  53. Renato diz

    Bom dia a todos e todas!! Ano passado por essa época estava de férias curtindo o carnaval,passeando fazendo tudo q tinha direito,há cinco meses tudo mudou c o diagnóstico,já estou indetectável,mas parei minha vida social ,meus amigos n sabem ,só acompanho pelas redes sociais ,eu era muito baladeiro,nunca fui caseiro ,hj em dia no
    maximo tenho ido a igreja c minha mãe .
    Fica tudo muito confuso.

  54. Sandro diz

    Olá, pessoal. Sou de MG e estou com problemas de falta de medicação na minha região. Alguém tem o 3 em 1 pra doar? Eu pago o frete!

    • saulo diz

      tb sou de MG. Você é de qual região? tenho remédio para 3 meses e meio aqui. Mas quando tu pegar ai vou precisar que devolva, Pois so liberam na data certinha.

    • AmigoSp diz

      Cara, isso não existe.
      As unidades que distribuem os arvs não ficam sem medicamento!
      Oq aconteceu para você ficar sem? Alguma situação atípica?
      Compartilha com a gente…
      Abraço!

      • Paulo Roberto diz

        Não, não é uma situação atípica. Eu também sou de Minas Gerais. Falta, realmente, o 3 em 1. E o Dolutegravir, aqui, ainda não chegou! Pior: Não há prazo para chegar.
        Há coisa de um ou dois anos, havia a falta de medicamentos também no Nordeste (lembro-me de que enviei o medicamento via Correios para o Gil, daqui do Blog).
        A UDM onde pego meu esquema vive tendo problemas, por causa da falta de medicamentos, inclusive, da última vez que fui, a Polícia Militar foi chamada, pois duas pessoas estavam querendo quebrar tudo, queixando-se da falta do 3 em 1.

  55. Grão da Noite diz

    Acho que nunca vou me esquecer da data do meu diagnóstico. Não por por força do HIV, não por não ter aprendido a conviver bem com minha condição , mas porque sou bom em lembrar datas, rostos, nomes, datas de aniversário, datas do começo e do fim dos meus namoros… Quanto ao HIV, quanto mais o tempo passa e os exames me mostram que está tudo bem, menos penso nele. Hoje em dia tomo meu 3×1 com o mesmo automatismo com que escovo os dentes. E com que minha mãe toma os remédios dela pra pressão, pra osteoporose e pra diabetes. Ao mesmo tempo que sei que não posso sair por aí dizendo que sou soropositivo, pois sei que muita gente olharia pra mim como se eu fosse um leproso da época em que a lepra não tinha cura, acho esquisito esse medo que os outros têm do vírus. Acho muito estranho precisar ocultar minha condição pra me proteger da ignorância alheia. Enxergo os outros como mais adoentados do que eu… No mais estou levando “de boa”. Voltei a estudar pra concursos e isso me deixa muito pouco tempo pra pensar no vírus. Pra me distrair estou lendo República dos Sonhos, da Nelida Pinon. Porque ler só livro jurídico enferruja a gente. Muita gente crítica que as carreiras jurídicas são bem remuneradas. Mas, se não fossem, ninguém leria esses livros chatíssimos. Resolvi não me deixar abater por esse vírus seboso. Tenho alguns animais de estimação e acho bonito como eles continuam a vida deles quando estão doentes. Por mais que eles estejam sentindo dor, mesmo usando aquela coleira que os faz parecer um abajur, eles continuam vivendo. Pois nesse ponto quero ser como eles. Me lamentar o mínimo possível e continuar fazendo o melhor que posso por minha vida.

    • bmr diz

      Força amigo, Deus lhe abençoe, curso de direito é lindo, uma pena na prática não ser igual na teoria. Ler doutrina é uma maravilha, porém tem autor que usa linguagens muito técnicas, o que faz a leitura ficar chata, mas é aí que está o segredo, nessas leituras técnicas que aprendemos a interpretar e desenvolver o senso crítico e aumenta seu vocabulário jurídico, e sua retórica. Parabéns por vencer esse vírus e continuar estudando, Deus te abençoe amigo.

    • Lucas diz

      Q exemplo, querido! É lendo comentários assim q sinto ânimo p seguir! Um abraço!

  56. Paulo Roberto diz

    Pessoal, estou ainda com um problema sério: tenho refluxo gástrico. Às vezes chego a vomitar, em especial pela manhã.
    Meu médico se recusa a trocar meu esquema.
    Uma vez, li que alguém teve esse mesmo problema e se curou com Kefir. Li isso aqui no blog.
    Estou querendo mais informações a respeito, pois é muito triste acordar de manhã cedo para ir trabalhar, e a primeira coisa a fazer é… vomitar.
    Quem puder me ajudar, agradeço de coração.

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s