Notícias
Comentários 32

Britânicos na beira da cura do HIV

the-sunday-times

O estudo é uma colaboração entre cinco das principais universidades britânicas.

Um britânico com HIV pode se tornar o primeiro no mundo a ser curado da doença através de uma nova terapia pioneira, concebida para erradicar o vírus. O homem de 44 anos de idade é o primeiro entre 50 pessoas a completar um estudo clínico com um tratamento ambicioso, projetado por cientistas e médicos de cinco das principais universidades da Grã-Bretanha.

Esta é a primeira terapia criada para rastrear e destruir o HIV em todas as partes do corpo — inclusive nas células dormentes que escapam dos tratamentos atuais. Se for bem sucedido, este tratamento oferece esperança de uma cura definitiva para o HIV.

Em 2 de outubro de 2016 por Jonathan Leake, Editor de Ciência do Sunday Times 

Anúncios

32 comentários

  1. davi diz

    Existe uma matéria sobre esses estudo anterior? Se não, então podemos deduzir que existe um monte de outras na surdina. Uma hora essa cura aparece sem menos esperarmos. Tomara!

  2. Marcos diz

    Que tipo de terapia é essa? Foi usado que tipo de droga? Foi um coquetel? Foi uma droga ou o próprio sistema imunológico que agiu, teve teve transplante de células T envolvido? Os cientistas deviam ser mais abertos a divulgar essas informações.

    • Victor diz

      Marcos, pelo que entendi, lendo em outros sites, foi uma combinação do uso de uma droga que “acorda” o vírus latente nos reservatórios chamada Vorinostat, com uma vacina que estimula as células T do indivíduo a combaterem o vírus, juntamente com os ARV’s. É a terapia “Shock and Kill”. Pelo que tenho lido é acompanhado, há muito dinheiro sendo investido e muita tecnologia de ponta nas pesquisas atuais. Uma hora dá certo! Pensamento positivo!

      • Marcos diz

        Obrigado pelo esclarecimento Vitor! Eu sempre acreditei nesse caminho em criar uma droga que acordasse o vírus fazendo ele parar na corrente sanguínea para que os arvs o eliminem. Esse é o caminho da cura! Estou cada vez mais confiante!

  3. Jovem diz

    A cada dia uma nova esperança, estou confiante que logo logo seremos curados.

  4. Maxwell diz

    Desculpe Jovem, mas essa notícia tá MUITO VAGA demais. Seria necessário você trazer mais informações sobre essa no tícia

    • Good Vibes diz

      Olá, Maxwell.

      Concordo contigo, mas infelizmente é o máximo que não-assisantes conseguem ler do artigo. Acho que por isso o JS não pôde se aprofundar mais.

      Levando-se em conta que o jornal é renomado, a notícia é, sim, super animadora. =)
      Certamente o artigo na íntegra será divulgado em algum lugar na internet em breve e saberemos os detalhes dessa notícia.

      Vai dar certo!

  5. roger diz

    Nesse campo ninguem quer sair no prejuizo acredito sim na cura dessa doença medicamentos vai ter so queo hiv nunca vai deicha de existir cura sim chegara ate 2020 como a sifilis etc… tem cura mais nunca foi erradicada….

  6. cariocarj diz

    JS
    Tire -me uma dúvida, nós que estamos em tratamento retroviral com o 3×1 estando indetectável há 1 ano e por ventura houve rompimento do preservativo, acidente no sexo, podemos nos contaminar novamente ( com uma nova carga viral) de outra pessoa que desconhece a sua sorologia, ou o 3×1 também nós preserva de uma nova infecção do vírus hiv, exceto para outras DSTs (hepatites, sífilis, gonorreia etc).
    Obs.: Temos que fazer a PEP ?
    Obrigado por esclarecer a minha dúvida.

      • cariocarj diz

        “Você, por outro lado, é um indivíduo que sabe da sua sorologia positiva e que cuida da saúde, tomando antirretrovirais consistentemente. Por isso, mesmo em caso de falha no uso da camisinha, você está protegido de ser contaminado novamente pelo HIV, pois os mesmos remédios que você toma para controlar o vírus também funcionam como prevenção, e de transmitir o vírus, pois tem sua carga viral indetectável.” Texto extraído do seu site, esqueça tudo o que você sabe sobre HIV.

    • Caio PE diz

      Acredito que se a recontaminação for com uma pessoa que possua resistência ao 3×1, ocorrerá sim nova reinfecção. E o seu esquema poderá ficar comprometido. Mas como disse o JS, melhor procurar um hospital de referência (infecto) para buscar informações.

    • Rivo diz

      O perigo de mesmo tendo carga indetectável fazer sexo sem preservativo com alguém de carga desconhecida é se essa pessoa tiver o HIV também, sem controle, e você pode ser contaminado com vírus de características diferentes do teu. Existem no Brasil cerca de 4 vírus HIV geneticamente diferentes, e isso pode ocasionar resistência complicando o tratamento.
      Sexo seguro sempre. Errar uma vez ok, duas…

  7. Santos diz

    Com certeza seremos a geraçao da cura .foco fé e esperança e q Deus nos abençoe .uma boa semana a todos.

  8. Victor diz

    Apesar de ainda não ter encontrado informações detalhadas acerca de como os médicos e cientistas britânicos conduziram essa pesquisa, acredito que seja bem semelhante ao que cientistas noruegueses estão fazendo. Essa reportagem de junho deste ano é bem didática e explicativa:
    http://labiotech.eu/hiv-cure-bionor-vaccine-celgene/

  9. Maycon diz

    Qual a probabilidade de você se recontaminar com o HIV de uma pessoa que tenha o vírus resistente aos 3 medicamentos do 3×1?
    Senhor, só na mente de um personagem de premonição 5.

  10. Henrique Silva diz

    Ninguém aqui vai mais morrer de AIDS…acredito que até 2020 todos estaremos curados. #fé #tchauhiv

  11. Juka diz

    Gente, eu sou militar e o meu estatuto deixa claro q o militar soripositivo pode se aposentar com salário integral. Alguém sabe algum caso ? Vou me apressar em aposentar antes da cura, pois prevejo cura iminente……

  12. JrMg diz

    Bom dia moçada! Muito boa notícia ne. Eu recebi à um mês atrás através do teste rápido, o resultado positivo. É a pior sensação do mundo. Acredito que todos aqui devem ter tido os mesmos pensamentos: “quem foi o fdm” “pq fiz isso”….e tbm de procurar soluços na net. Nesse meu primeiro mês, eu não consigo parar de pensar mais do que 2 min. Mas tbm ja me tranquilizei bastante com essas noticias. Sei que é cedo, mas quem sabe não ne.
    Essa semana vou a minha primeira consulta com o médico, ele deve me esclarecer mais coisas, mas eles tbm n devem da muitas explicacoes sobre minha duvida.
    Alguem sabe se é acessível esses tratamentos pra nós brasileiros? Ser voluntário?

    • PauloN diz

      Sempre colocando uma nova esperança em pauta, na verdade tudo não passa de falsas esperanças, pois somente a esperança é mais forte que o medo e ela nos cala, nos controla para que não busquemos respostas ou façamos uma guerra pela cura! Acredito que as indústrias farmacêuticas farão de tudo para não perderem essa batalha, como o avião que caiu anos atrás com a suposta cura! Enfim, eu sou portador e faço minhas próprias pesquisas, não conto com o governo!

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s