Quase soronegativos

HuffPost Brasil

Nós não morremos mais de aids. Nós não vamos viver menos que uma pessoa que não tem HIV. Com tratamento antirretroviral e carga viral indetectável, nós não transmitimos o HIV através de relação sexual. Temos o código genético do vírus integrado em algumas células, mas provavelmente seremos a geração de soropositivos que vai experimentar a cura.

É verdade, muitas pessoas com HIV ainda morrem por conta de complicações decorrentes da aids, porém, a maioria delas são aquelas que não tem acesso ao tratamento antirretroviral, infelizmente, como ainda é o caso de muitas regiões na África, por exemplo, ou aquelas que foram diagnosticados tarde, já no hospital, com algum doença oportunista relacionada à aids.

Por hora, também é verdade que ainda vivemos um pouco menos que as pessoas que não têm HIV. Uma pessoa soropositiva e que alcançou 50 anos de idade entre os anos de 2006 a 2014 tem uma expectativa de vida de 72,5 anos, enquanto uma pessoa soronegativa pode esperar viver até os 80,2 anos. Todavia, uma pessoa soropositiva que fez 50 anos de idade entre 1996, o ano em que a terapia antirretroviral combinada de três medicamentos foi implementada, a 1999 poderia esperar viver somente até aos 67,8 anos. Para olhar para o futuro, colocamos esses números num gráfico e assim podemos presumir, sem exageros, que a atual geração de jovens soropositivos não vai viver menos que soronegativos.

sobrevida
Sobrevida, em anos, entre as pessoas de 50 anos de idade com e sem HIV.

O mesmo vale para a incidência de cânceres, relacionados e não-relacionados à aids, que ainda têm uma taxa mais elevada entre as pessoas que vivem com HIV do que entre as pessoas soronegativas. Uma das possíveis razões para essa taxa mais elevada é a inflamação crônica, um assunto pontual ainda não totalmente compreendido pelos médicos e cientistas, a qual é um pouco maior em soropositivos e que, a longo prazo, acredita-se, pode trazer complicações ligadas à uma série de doenças, incluindo cardiovasculares, autoimunes, doenças hepáticas, renais e câncer.

Ainda assim, os gráficos já mostram, nos dias de hoje, um declínio das taxas de câncer entre soropositivos. Projetando para o futuro, não é exagerado concluir que em breve teremos a mesma taxa de incidência de cânceres que os soronegativos.

Grafico tendencia cancer
Neste gráfico, a linha azul mostra a incidência de cânceres não relacionados com aids, enquanto a linha verde mostra a incidência de tipos de câncer relacionados à aids, ao longo do tempo.

As pessoas com HIV que serviram como referência para os gráficos acima são aquelas que passaram pelo começo da epidemia de HIV/aids, quando não havia tratamento e, quando este surgiu, ainda era muito agressivo, tóxico e, muitas vezes, não tão eficaz.

Aliás, de tão agressivos e ineficazes, os primeiros tratamentos antirretrovirais não foram capazes de salvar a vida da pequena Kat Schurmann, filha adotiva do casal Schurmann, cuja história está no filme brasileiro Pequeno Segredo, que concorre agora por uma indicação ao Oscar 2017 de filme estrangeiro. Kat nasceu em 1992, antes do surgimento da terapia antirretroviral, infectada com o HIV por transmissão vertical, nome que se dá à transmissão do HIV durante a gravidez, parto ou amamentação de uma mãe soropositiva. Ela faleceu em 29 de maio de 2006, aos 13 anos de idade, devido à complicações decorrentes do HIV.

pequeno-segredo-banner

Hoje, para viver quase como soronegativos, ainda precisamos dos antirretrovirais. São o mesmo tipo de medicamentos que aqueles implementados em 1996, embora, atualmente, eles sejam mais modernos, mais simples de ingerir e menos tóxicos — por isso, com menos efeitos colaterais, incluindo ausência de lipodistrofia, uma condição comum decorrente dos primeiros coquetéis de antirretrovirais, que faz com que a gordura corporal seja realocada pelo organismo de maneira desproporcional.

Hoje, para controlar o HIV precisamos somente de um comprimido por dia, o qual é composto por três medicamentos diferentes, que inibem os processos que o vírus usa para se replicar dentro do organismo. Em breve, esse único comprimido deve passar a conter apenas dois ou, quem sabe, um único medicamento antirretroviral, o que deve reduzir ainda mais a toxicidade destes medicamentos e, muito possivelmente, melhorar ainda mais os indicadores que falamos acima.

Os antirretrovirais atuais são muito mais avançados que aqueles a que Kat Schurmann teve acesso. Com eles, não é difícil manter o vírus no sangue em quantidade tão baixa que é indetectável, mesmo pelos exames mais precisos de laboratório. No Brasil, de acordo com o último Boletim Epidemiológico, aproximadamente 88% das pessoas que vivem com HIV e que fazem tratamento antirretroviral no país têm carga viral indetectável.

Sob tratamento antirretroviral e com o vírus indetectável no sangue, também não há vírus detectável no fluído pré-ejaculatório e há em baixa quantidade no sêmen. Isso provavelmente é o que faz com que, desde o começo da epidemia, nunca tenha sido observada uma única transmissão sequer a partir de pessoas que vivem com HIV, fazem tratamento antirretroviral e têm carga viral do HIV indetectável no sangue, muito embora já tenham sido feitos longos e extensos estudos entre milhares de casais sorodiscordantes (quando só um dos parceiros é positivo para o HIV) que optam por não fazer uso do preservativo. No último destes estudos, o Partner, foram acompanhados 1.166 casais sorodiscordantes, vários deles homossexuais, em 75 centros clínicos espalhados por 14 países europeus e, assim como nos estudos similares anteriores, não foi documentada uma única transmissão do HIV a partir de quem faz tratamento antirretroviral e tem carga viral indetectável. Zero transmissão.

Essa realidade faz com que a concepção natural, sem inseminação artificial, sem camisinha, já seja uma opção para casais sorodiscordantes que planejam ter filhos. Portanto, no sexo, soropositivos em tratamento e com carga viral indetectável já são como soronegativos. “Derrubou a carga viral, não tem como transmitir o HIV. Esse hoje é o mecanismo mais poderoso de prevenção que existe”, explicou Fábio Mesquita, ex-diretor do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, durante o X Curso Avançado de Patogênse do HIV, que aconteceu na Faculdade de Medicina da USP, em 2015. “É mais poderoso que a camisinha.”

cascata-de-tratamento-no-brasil

Por conta desta eficácia do tratamento como prevenção na transmissão do HIV, o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids, o Unaids, estabeleceu uma meta, que determina que “90% de todas as pessoas vivendo com HIV conheçam seu status; que 90% das pessoas diagnosticadas recebam terapia antirretroviral; e que 90% das pessoas recebendo tratamento possuam carga viral suprimida e não mais possam transmitir o vírus”.

A Suécia foi o primeiro país a alcançar essa meta. Se ela for alcançada por mais países, a epidemia de HIV/aids será virtualmente controlada até 2030, com apenas 200 mil infecções por ano, ante as 2,1 milhões de novas infecções em 2015. Restarão com HIV no mundo as atuais 36,7 milhões de pessoas soropositivas, aproximadamente, dentre as quais eu estou incluído.

metas_ambiciosas-unaids

Em 2030, qual será a diferença entre soropositivos e soronegativos? Se os gráficos acima estiverem certos, muito pouco: continuaremos a não morrer de aids, teremos uma expectativa de vida igual a de soronegativos e, ao invés de um comprimido por dia composto por três medicamentos, provavelmente teremos uma única pílula composta por um único antirretroviral — quem sabe, administrável em doses mais espaçadas que a atual dose diária. Para ser aprovado pelas autoridades de saúde, esse tratamento terá de continuar a manter a nossa carga viral indetectável e, por isso, continuaremos incapazes de transmitir o HIV.

Até lá, esperamos que viajantes com HIV não sejam mais deportados ou impedidos de entrar em alguns países, como ainda acontece hoje. Esperamos que mulheres com HIV na Rússia não sejam mais presas por não revelar sua condição sorológica aos seus parceiros e que elas não sejam mais esterilizadas à força em Uganda, tal como tem acontecido enquanto você lê esse texto. Esperamos que não hajam mais leis criminalizantes, que ainda hoje punem desproporcionalmente aqueles que vivem com HIV — como em alguns estados americanos, por exemplo, que já chegaram à condenar soropositivos que cuspiram ou morderam outras pessoas a 35 anos de prisão, e nos Emirados Árabes, onde um soropositivo está preso há mais de 10 anos por ter HIV.

Enfim, esperamos, tal como a meta proposta pelo Unaids, que nos próximos anos não haja mais estigma, discriminação e preconceito contra quem vive com HIV. Nesse cenário, o que é que restará de diferente?

HIV_3D_modelo

“Carregamos cerca de 100.000 pedaços de DNA que vieram de retrovírus, conhecidos como retrovírus endógenos. No total, eles compõe estimados 5 a 8% de todo o genoma humano”, explica uma matéria da National Geographic, de 2015, que teve a colaboração de Carl Zimmer, autor do livro A Planet of Viruses.

“Os cientistas sabem que esta fusão aconteceu porque os vírus têm genes distintos. Quando os cientistas vasculham o genoma humano, às vezes se deparam com um trecho de DNA que carrega marcas de um vírus. O tipo mais fácil de vírus de reconhecer são os retrovírus, um grupo que inclui o HIV. Retrovírus fazem cópias de si mesmos infectando as células e, em seguida, usando uma enzima para inserir seus genes no DNA da célula hospedeira. Em seguida, a célula lê o DNA inserido e faz novas moléculas que se montam em novos vírus.

“Na maioria das vezes, os retrovírus se comportam como outros vírus, saltando de um hospedeiro para outro. Mas, por vezes, um retrovírus vai parar no genoma de um óvulo ou do esperma. Se, em seguida, ele terminar em um novo embrião, então o embrião vai levar uma cópia do vírus em cada uma de suas células, incluindo o seu próprio óvulo ou esperma. E assim por diante, de pais para filhos, aos netos.

“Não há como ter certeza de que estamos livres de novos retrovírus endógenos e se o HIV ou outros novos retrovírus irão dar um jeito e integrar nossos nossos genes” — se isso acontecer, bem, então os soronegativos é que vão ficar mais parecidos com soropositivos.

Anúncios
avatar
70 Comment threads
123 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
96 Comment authors
Joao limaPedroJulianaGBTiago Recent comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Inscrever-se  
Receber notificação
davi-pe
Visitante
davi-pe

🙌

Li
Visitante
Li

Muito bom o artigo!!!

Joao
Visitante
Joao

Artigo de grande valia e de esperança!!Me faz lembrar a segunda consulta com minha infecto quando perguntei se chegaria aos 90 anos rsrs!!kik:joaoarturlima

Lukas
Visitante
Lukas

Matéria elucidativa. Porém, acredito que a qualidade de vida dos HIV +, só aumentará, em âmbito social. Quando os arvs forem substituidos por medicações ministradas de outra forma, a obrigatoriedade de tomar o mrdicamento diariamente no mesmo horário, todos os dias, mesmo na formulação 3×1 gera desconforto imenso, priva a liberdade, faz a pessoa se sentir prisioneira e evitar o lazer e outras atividades no horário. Acho que este fator favorece o estresse, depressão e desordens sociais. Tenho plena certeza que caso fosse por meio intravenoso ou subcutâneo, com maior tempo de vida útil, menores doses, a sorologogia perderia o… Ler mais »

Victor
Visitante
Victor

Lucas, você não precisa ingerir o 3×1 no mesmo horário todos os dias. Existem uma grande flexibilidade no horário! A meia-vida da medicação é longa. Dr. Esper Kallas foi enfático ao dizer que deveria levar minha vida normalmente. E que poderia tomar os comprimidos em horários diferentes. Recomendou que eu ingerisse á noite, ao deitar, mas que poderia fazer uso dele em qualquer horário do dia. Inclusive citou um exemplo: “se você chegar da balada ás 05:00 da manhã, tome-o nesse horário). Minha outra infecto falou a mesma coisa. Estou em TARV há 3 semanas e tomo sempre antes de… Ler mais »

Caio PE
Visitante
Caio PE

Victor

Quanto estava sua CV e CD4 antes do início dos ARVs? E quanto (se você já as fizeram) hoje?

Victor
Visitante
Victor

Olá Caio! Minha CV estava 387.000 é meu CD4 575. Vou repetir somente 3 meses do início da TARV! Darei notícias! Um abraço!

Jota
Visitante
Jota

Estou pra começar a tomar. Minha CV em torno de 2 mil e CD4 em mil. Meu médico pediu a genotipagem, por eu não saber de quem contraí o vírus, para assim, ter certeza de uma possível resistência do vírus a algum dos medicamentos e já acertar de cara no tratamento.

Antonio
Visitante

Passei tomar de manha, minha qualidade de sono melhorou e tenho os sonhos.Comigo não era sonhos horríveis, mas era tudo que tinha feito durante o dia. Agora não tenho mais

Anônimo
Visitante
Anônimo

Não consigo tomar de manhã, passei muito mau ..já faz um ano e ainda tenho pesadelos e meu peso estacionou 😑…pratico atv física e tal … e meu medo de não ter vida longa

Renato
Visitante
Renato

Mas vc n fica tonto?

Li
Visitante
Li

Boa noite. Tenho 7 meses de diagnóstico e 6 de tarv 3×1 . No segundo mes passei a tomar de manhã, não sinto absolutamente nada. Minha vida continua normal como antes, exceto pelo fato de tomar 1 comprimido de manhã e fazer exames. Sempre tive uma ótima alimentação associada a atividades físicas. Minha cv inicial era de 43 mil, cd4 340 e relação cd4/8 de 0.5. Atualmente estou indetectável, cd4 1040 e relação cd4/8 1.28. Estou muito feliz com meus exames. Fácil não é, mas não é impossível.

Clop
Visitante
Clop

Lukas meu infecto me orientou da mesma forma que o Victor, tomar antes de dormir devido ao fato do Efavirenz deixar um pouco tonto, a um ano estou fazendo tratamento e continuo com a minha rotina normal, na verdade ficou até melhor pois diminui a ingestão de alcool e no meu segundo exame de carga viral já estava indetectável.

Ser Positivo
Visitante
Ser Positivo

Olá Crop,
Como você está se sentindo? O Efavirenz causa algum tipo de fraqueza, apatia ou alterações psicológicas em você?
Agradeço

CLOP
Visitante
CLOP

Olá Ser Positivo

As unicas alterações que eu senti foram os sonhos e no começo se eu levantasse de madrugada me sentia um pouco tonto, agora hoje em dia somente os sonhos de vez em quando mais.

Ricardo - Guarulhos
Visitante
Ricardo - Guarulhos

Concordo com o “Victor” e com o “Clop”, tomo o ARV sempre antes de ir dormir e se eu sei que vou ficar até mais tarde numa balada, levo dentro do bolso para tomar após as 22hs, senão, tomo em casa quando eu chego. Fiquei indetectável 4 meses pós iniciar, e estou a dois anos assim, sem neuras, vivendo mais e melhor todos os dias !

Ledos
Visitante
Ledos

Lukasss, bola pra frente amigo..essa história de morte social não tá com nada! NADA MUDOU, vc apenas tem que tomar um comprimidinho por dia e ir mais vezes ao médico. Me arrisco a dizer que a sua saúde agora vai estar melhor do que antes… Meu namorado toma o remedinho como os outros meninos ai, sem neura..se saimos e ele vai beber ele toma quando chegar da balada..tipo as 6 da manhã, durante a semana antes de dormir, sem nenhum horário fixo, as vezes meia noite, outras uma da manhã…a vida segue normal, tem que seguir..você não vai morrer, tem… Ler mais »

Amanda
Visitante
Amanda

Parabéns por trazer esperança diária para todos nós que convivemos com HIV. Nossos irmãos que aqui postam também são super 10 nessa luta, sou feliz por ter vocês aqui. Muito obrigada por fazerem parte da minha vida.

Anjo terapeuta
Visitante
Anjo terapeuta

Lucas se pensa em varia o horario fale com seu medico.

Aeb1709
Visitante
Aeb1709

Otimo post! Parabens!

EGC
Visitante

Parabens pelo post

Hoje
Visitante
Hoje

Boa matéria, quero viver até 70 anos, estará ótimo!! Sem lamentações!

Jeinaina
Visitante
Jeinaina

Como sempre vc esta atras de otimas informacao obrigado estamos juntos para viver melhor

Cleber goncalved
Visitante

Interessante quem quiser conversar .esse é meu contato :clebergds46@gmail.com

Fersp
Visitante
Fersp

Muito bom, excelente artigo.

É disso que todos nós precisamos, nos atentar a parte positiva da época em que vivemos, saber que podemos viver muito bem, nos cuidar, ter filhos, amar e viver uma vida normal.

Obrigado pelo artigo Jovem.

Agradeço por compartilhar informações em seu blog.

Abraços

legu
Visitante
legu

Artigos como esse me faz ter esperança e nunca desistir…
A CURA ESTÁ PRÓXIMA !!!
EU CREIO…

GB
Visitante
GB

boa há que ter fé .
Eu só daqueles que não apanho a sida
mas convivo com alguém q é seropositiva , e rezo para que fique sem ela

Ser Positivo
Visitante
Ser Positivo

Boa tarde,
Parabéns JS pelo seu trabalho e dedicação.
O artigo, sem dúvida, nos deixa bastante felizes.
Tenho algumas dúvidas: o que se diz efetivamente sobre o Efavirenz? Causa depressão ou será apenas “impressão”? Estou em tratamento há um ano, indetectavel , CD4 800 e exames gerais ok. Mas sinto forte ansiedade, perturbações pela manhã e às vezes fico apático. Meu médico insiste no 3×1 e pede uma avaliação psiquiátrica mas acho que é do remédio. Qual a opinião de vocês ? Agradeço.

Antonio Victor
Visitante
Antonio Victor

Tive muitos problemas c o efavirenz… meu médico insistia em manter o 3×1. Chegou a sugerir q eu não havia aceitado o meu diagnóstico após um ano! Confrontei-o afirmando q não era o sonho da minha vida ser positivo, mas aceitei o meu diagnóstico e gostaria de viver a promessa de uma vida mais próxima do normal. O efavirenz me deixava embriagado e tonto. Trabalhava como plantonista e tive q mudar de função. Enfim insisti numa alternativa ao 3×1 e após 10 meses sinto q estou vivendo novamente. Agora tomo 3 comprimidos: tenofovir+lamivudina, atazanavir e ritonavir e após completar uma… Ler mais »

Gustavo
Visitante
Gustavo

Olá, você conseguiu trocar a sua medicação? Tomo o 3 em 1 há três e tô no ápice da minha depressão, meu médico se recusa a trocar a medicação.

Alan-RJ
Visitante
Alan-RJ

E ainda tem gente que reclama porque tem que tomar apenas 1 comprimido ( 3×1) ! Gente, pelo amor de Deus! vamos imaginar a galera que tratava-se nos anos 90 que ingeriam enormes quantidades de medicamentos por dia e os efeitos colaterais era muito maiores. Mesmo que hoje em dia ainda não tenhamos a cura definitiva, só pelo fato de termos a possibilidade de ingerir apenas 1 comprimido por dia já é uma grande vitória . Claro que o que gostaríamos seria a cura definitiva,mas vamos pensar pelo lado positivo das coisas. Não sabemos ainda quando vamos nos libertar destes… Ler mais »

Caio PE
Visitante
Caio PE

No início dos anos 90, haviam pessoas que ingeriam VINTE E QUATRO COMPRIMIDOS (de 8 em 8h), diariamente. A medicina está avançando. Sucesso!

Caio PE
Visitante
Caio PE

Claro, 8 comprimidos a cada 8h, totalizando 24 cápsulas. O aue NÃO é pouco !

ViniRJ
Membro
ViniRJ

Maravilha eu acredito muito na cura em breve.

Gil
Visitante
Gil

ÓTIMO ARTIGO! Esperançoso, lúcido, racional. Precisamos de mais tópicos que nos passem esperança. Daqui a alguns anos, estaremos sem o vírus, sem a chance de desenvolver. Pode demorar, mas a nossa geração (de 20 a 50 anos) terá esta oportunidade. Ao pessoal que reclama de tomar um comprimido ao dia (ou 3, como eu tomo), quando tiver e vacina de 8 semanas, vai ter gente reclamando: “ai, que chato, que horrível a cada dois meses ser espetado, ter de ir num CTA ou posto de saúde tomar vacina”. É a mesma lógica de quem reclama do gol, compra um fox,… Ler mais »

Claudemar
Visitante
Claudemar

Excelente artigo. O meu resultado confirmatório positivo saiu hoje mas já conhecia seu blog e ele já me ajudou muito, tanto que o que sinto hoje é esperança. Obrigado por tudo.

Unkown
Visitante
Unkown

Olá, primeiramente boa noitee. Sei que esse não é o melhor post para tal, porém é o mais recente e encarem como um desabafo pessoal. Pouco mais de dois meses a pessoa que me jurou amores simplesmente me deixou. Fiquei desesperado, e na ânsia de me ver livre daquele sentimento que me consumia eu me vi com as mais diversas figuras e junto com a última delas o meu maior erro. Foi numa tarde de sábado, levado pelo momento, pelas aflições e outros inúmeros fatores tive uma relação desprotegida. Relação essa que me tiraria o sono alguns dias depois. O… Ler mais »

Gil
Visitante
Gil

Sabe, Unknow, a impressão que dá é que você realmente quer ter o vírus ou quer ficar com esta angústia, este sofrimento, quem sabe para ficar se martirizando, se punindo pela relação que chegou ao fim de forma dolorida. Sejamos práticos: Se tiver o vírus, é triste, ruim, compliado aceitar, mas está lá para ser neutralizado! Aí, sem maiores dramas. Tens e pronto, faça os exames, tome os remédios, reorganize a vida e vá viver. Se não tiver, que maravilha, uma preocupação a menos. Faça menos drama, pense antes de agir e use preservativo para sempre. Depois, procure terapia para… Ler mais »

Matheus
Visitante
Matheus

É importante desabafar, fica tranquilo! Talvez os sintomas que vc sentiu tenham sido devido a preocupaçao, já ouvi muitos casos assim. Mas de qqr forma eu recomendo vc ir a um CTA e fazer um teste rápido. Com 45 dias após a exposição ja da pra fazer o exame. Dê notícias!

Amanda
Visitante
Amanda

Amigo, tenha fé em Deus, eu tambem passei por isso, estava grávida, no início do nono mês de gestação, quando meu marido foi diagnosticado positivo para HIV, entrei em desespero, fui impedida de amamentar, fiz vários testes por 7 meses consecutivos, mas nunca soroconverti. Passado susto, passei a conhecer melhor a realidade das pessoas que convivem com HIV, meu marido começou a tomar o 3×1 e está super bem, e meu medo diminuiu a medida que comecei a compartilhar aqui minhas experiências. Fique tranquilo, você provavelmente não contraiu, além disso, há vida pós HIV e uma vida linda. De qualquer… Ler mais »

rogerio
Visitante
rogerio

AMANDA, PODERIA PASSAR SEU KIKI PRA CONVERSAR ????

Amanda
Visitante
Amanda

Oi Rogério, eu não entendi ainda oque é esse kiki, vc pode me explicar? Rsss. Poderíamos conversar sim.

Fernandinha
Visitante
Fernandinha

Alguém teve suas taxas de tireoide aumentada por causa do tratamento?

JJ
Visitante
JJ

Olá Fernandinha, questionei ontem meu médico sobre isso, ele disse q não era do conhecimento dele que os arvs causassem reação na tireóide, mais os conhecidos msm, estomacais, gastrointestinais, renais etc. Perguntei a ele pq essa semana descobri mt dolorosamente onde realmente fica a glândula tireóide. Fiz troca da tarv no início do mês e antes de 15 dias comecei c sintomas de rinite sinusite tosse e garganta infeccionada (era como eu sentia), nd de passar os sintomas c medicamentos comprados por conta, ao contrário, só aumentando. Na quarta passada, dia 26, a dor “de garganta” aumentou, foi aí q… Ler mais »

JJ
Visitante
JJ

*Corrigindo “exame VHS – velocidade de hemossedimentaçao” e não tsh.

Verdes Olhos
Membro
Verdes Olhos

Belo texto. Mas, honestamente, me parece insuportável conviver até 2030 (ou mais) com este vírus e todo o estigma que ele nos acarreta. Às vezes, sinto que falta união entre as pessoas + . União política, pra pressionar por avanços significativos no tratamento em todo o mundo. Certamente, o anonimato de cada um de nós é um grande obstáculo para uma união mais efetiva. Pra mim, essa ideia de que basta um comprimido por dia (no meu caso, 3) já está obsoleta. Cadê os medicamentos injetáveis mensalmente? Cadê a PrEP? E as possibilidades de CURA? Será mesmo que vamos ultrapassar… Ler mais »

Luke
Visitante
Luke

Gela meu coração ler essa relação de HIV com câncer. Eu tenho depressão e por muito tempo pedi a morte, quando descobri o HIV mês passado dei mais valor a vida e não quero morrer de jeito algum, quero lutar pra vencer isso. Entretanto, me sinto extremamente triste e desanimado ainda, com medo de tudo, especialmente de me relacionar de novo, de nunca ser aceito por alguém. Ainda mais aqui em Cuiabá onde tudo parece só andar pra trás. Enfim, ainda torço pela cura. Que o universo a traga. :/

Luke
Visitante
Luke

Essa ideia de câncer devido ao HIV me faz gelar. Há 5 anos tenho depressão e sempre pedi a morte, procurava meios de me matar. Hoje, um mês após começar a tomar o 3×1 e dois mês após descobrir o vírus, luto todos os dias para poder continuar a viver, mesmo que seja com medo, triste, sozinho ou sem esperanças de um dia encontrar um homem que me aceite nessa condição e queira viver comigo. O que mais está doendo agora é a solidão. Infelizmente me isolei e não consigo conversar com ninguém sobre isso. Minha mãe tenta ajudar, mas… Ler mais »

Ledos
Visitante
Ledos

Oi amigos! Tempão que não escrevia aqui…adorei o texto Jovem, parabéns mais uma vez! Eu espero que essas informações se espalhem na sociedade de forma concreta, pois ficam restritas a poucas pessoas, que por motivos óbvios buscam informações sobre o tema. Quando vi o HIV de frente, em janeiro desse ano, quando meu namorado foi diagnosticado inesperadamente, eu não sabia sobre os principais aspectos de como é viver com HIV, dos avanços científicos e de outras informações de grande importância…sabia é claro que ele não iria morrer, mas tive medo, angustia, me senti perdido e sozinho…desinformado! Hoje, quase um ano… Ler mais »

James
Visitante
James

Que bacana! Aconteceu o mesmo comigo e a relação amadureceu num nível absurdamente bom. Pode parecer balela, mas, ATÉ AGORA, isso só trouxe coisas boas para nós. Parece que a vida começa a ter um sentido diferente e você tem algo para lutar. Há a necessidade de se sentir forte para enfrentar aquilo.

Vida longa e próspera para todos nós 😉

Gil
Visitante
Gil

Pessoal, quero dividir a experiência que tive hoje. Abri a minha sorologia a todos os professores da escola pública onde trabalho! Cheguei e falei, para não haver boatos, fofocas e para mostrar que pode ser qualquer um, que não tenho nada de errado ou monstruoso, que é hora de quebrar o tabu e sairmos do anonimato, na medida do possível. Quando descobri o HIV em mim, saía para fazer exames, tinha também hepatite e mais 4 infecções (o pulso ainda pulsa!), trazia atestado, quando faltava aos plantões. Fiz cirurgia este ano, voltei antes do previsto, mesmo com atestado maior. Mas… Ler mais »

Caio PE
Visitante
Caio PE

Tu és de que cidade mesmo, Gil ?

Gil
Visitante
Gil

Moro em João Pessoa -PB, mas não vou contar para ninguém, ou o Aquele-que-Não-Se-Diz-o-Nome pode querer me visitar, kkkkk…

Alexandre
Visitante
Alexandre

kkkkkkkkk! Tá rolando o maior clima entre o Gil e o Caio. Agora vai!!!!

Caio PE
Visitante
Caio PE

E vc com ciúmes, né? SafadinhA !

Life
Visitante
Life

Belo exemplo, parabéns!!!

Fersp
Visitante
Fersp

Belo exemplo meu amigo, um dia chego lá, parabéns pela iniciativa.

Se todos nós, de todas áreas, classes sociais nos mostrássemos, tal como somos, saudáveis, esportistas, médicos, professores, advogados, ou quaisquer outro profissional de quaisquer área e quaisquer condição, com certeza iríamos derrubar o pré-conceito.

Abraços

Acreboy
Visitante
Acreboy

Texto bastante elucidativo.
Parabéns mais uma vez JS. Sua luta, nossa luta, torna-se mais branda com essas palavras.
Abs

Lv Antônio
Visitante
Lv Antônio

Olá pessoal, boa noite! Tem um tempinho que não comento mas leio os artigos e comentários sempre antes de dormir. E fiquei muito feliz com o artigo de hoje! Ótimo para começar a semana! Gostaria que meu ex namorado pudesse lê lo. Foi muito doloroso pra mim ser ignorado por termos descoberto juntos, sendo eu positivo e ele não. Nosso relacionamento acabou e nossa vida seguiu, mas ainda sinto sua falta. Estar indetectavel é ótimo! Iniciei meu tratamento em março e já em maio estava indetectavel. Tomo meu 3×1 todo dia e nem me lembro que tenho hiv. Hoje me… Ler mais »

Xavier
Visitante
Xavier

mesmo um segredo, pode ser uma prova de amor.

Soldadorj
Membro
Soldadorj

Muito bom o texto JS. Parabéns !

CALP1968
Visitante
CALP1968

Também gostei bastante do artigo, e venho como educador trabalhando com meus alunos e em debates em grupos operativos alguns de seus textos. Gostaria de parabenizar, pois seus textos, em sua grande maioria são muito bem tecidos. No entanto, como soropositivo, minha inquietação está em torno da pesquisa do Dr. Paulo Gouveia do Tocantins, apresentada em junho de 2016, e que está sendo desenvolvida pela UNIFESP sob a Coordenação do Dr. Ricardo Froes Dias, “O Projeto Mutamba”, da possibilidade de cura a partir do chá da folha da mutamba. Quais informações você tem a respeito dessa pesquisa? Você que obteve… Ler mais »

Caio PE
Visitante
Caio PE

Passou no Fantástico (há um mês) que tudo isso era balela, conversa fiada.

Gil
Visitante
Gil

Ele é um enganador, passou recentemente no Fantástico, é um falastrão, não cura nem unha encravada aquela enganação do cara do Tocantins… é charlatanice pura!

Claudio Souza
Visitante

Vamos ver se este passa. Ninguém morre mais de AIDS. Entre os anos de 2000 e 2011, no Estado de São Paulo. 11.000 pessoas morreram em decorrencias da infecção por HIV ou por contas de complecação causadas pela AIDS. Eu ficaria encantado se alguém pudesse e mostrar um documeto, chancelado pela Secretaria Estadual de Saude dizendo que o quadro mudou de forma tão maravilhosa! Ou detalhe é que, aqui neste blog, onde impera um otimismo editoria que beira à irresponsabilidade foi publivaco um video (na verdade uma super produção, da aMFAR, prometendo a cura para 2020. A resposta da comunidade,… Ler mais »

Victor
Visitante
Victor

Cláudio, também acho que o JS goza de um otimismo invejável. Mas veja bem, ele disse que hoje pessoas que fazem o tratamento de forma adequada não morrem mais de AIDS. Infelizmente sabe-se que grande parte dos soropositivos apenas “descobre” sua sorologia quando é acometido por alguma doença oportunista. Sabe-se também que, quanto mais tempo de evolução e mais baixo o CD4 no início do tratamento, pior o prognóstico. Sabe, eu tinha um amigo jovem, forte e saudável. Praticava esportes e se alimentava bem. Não tinha nenhum vício. Em poucas semanas foi levado por uma leucemia, aos 33 anos de… Ler mais »

Claudio Souza
Visitante

Vítor, eu respondi longamente a um comentário de outra pessoa e lá já há muito a se ver. Eu sei o que vi, e o que vivi. Acabo de me lembrar que, nos EEUU, o então Presidente Ronald Reagan afirmou que eles teria uma vacina para a cura em “dois ou três anos”. Ele, o Reagan, já está morto, e se tem uma coisa que eu gostaria muito de fazer, era a de ir no tumulo dele e mijar em cima. A grande diferença entre o otimista e o pesimistas muitas vezes é que o pessimista geralmente é uma cara… Ler mais »

Victor
Visitante
Victor

Claúdio, desculpe-me, mas discordo de você. Fiz faculdade e residência médica em uma excelente universidade, na qual passei 6 meses em uma enfermaria de infectologia, em um Hospital referência para HIV. Depois de ter descoberto minha sorologia devorei um conteúdo científico gigantesco, com artigos e revisões de revistas e periódicos extremamente confiáveis. Sou bem informado e realista. Mas não pessimista. Minha mãe faleceu recentemente em decorrência de um câncer extremamente agressivo. Lutou por 13 anos contra a doença, quando todos os médicos apontavam prognósticos horríveis, com sobrevida menor que 1 ano. Ela nunca reclamou. Apesar de todas as sequelas que… Ler mais »

Claudio Souza
Visitante

Victor, eu lamento a sua perda. A perda de uma mãe (infelizmente não temos duas) é algo terrível e eu terei isso descrito na minha biografia. O ponto em questão não é otimismo ou pessimismo. O que está em questão aqui é o seguinte. A “Entidade” Jovem Soropositivo, independentemente de ser uma pessoa ou um personagem ficticio se tornou, de certa forma, para muitas pessoas, um líder. O artigo que me chamou ao site (e vc é médico, sabe que eu tenho minhas razões começa assim: Nós não morremos mais de aids. Nós não vamos viver menos que uma pessoa… Ler mais »

Anjo terapeuta
Visitante
Anjo terapeuta

Claudio vc e o js tem muito a oferecer, cada um do seu jeito, vc é importante tbm seu blog é importante imagino quanta vida vc salvou nesses anos. O jeito q vc levou o dialogo pode para muitos parecer arrogante e ignorante mas quando conversou cm victor demostrou ser uma pessoa boa. Olha a difereça entre vc e o js esta no jeito de ver as coisas e no tempo que cada um vive. Fica com Deus vc tbm é guerreiro e estamos todos do mesmo lado.

Cl4ud10 S4nt0s
Visitante

Eu não sou guerreiro. E mal posso comigo a esta altura. Mas dizer: “quase soronegativos e plantar uma falácia”. Eu não tenho um modo diferente de ver. Eu tenho um jeito diferente de me postar. Com a cara e a coragem. As justificativas que eu li em certa entrevista, aquela parte da meia duzia de países onde soropositivo não entra… Bem, eu não pretendo ir a estes lugares, e creio que poucos de vocês também tem algum interesse. A minha inquietação é com o número crescente de JOVENS, especialmente meninas, contraindo HIV. Eu convido vocês a me conhecrem melhor, neste… Ler mais »

Zimba
Visitante
Zimba

Meu Deus!! Claudio, tu quer desanimar as pessoas? Dá essa impressão!
Acho que esse tipo de comentário vc deveria guardar pra vc!
Esperança e bom comportamento junto a adesão ao tratamento é o que nos resta!
Cada caso é um caso, e essas pessoas que faleceram (infelizmente), não sabemos se aderiram ao tratamento, e se aderiram se foi cedo ou tarde!

Passe bem!

Bruno Machado
Visitante
Bruno Machado

VICTOR, poderia entrar em contato com você?
meu e-mail
animale.mga@hotmail.com

Tyago Carvalho
Visitante
Tyago Carvalho

tb sou médico e passando por essa situação, ainda estou realizando exames. Seria bom ter alguém para conversar, se puder dar uma ajuda ficaria grato. Meu email tyagonoex@outlook.com. obg

tyago carvalho
Visitante
tyago carvalho

olá Victor , tb sou médico. Vamos manter contato: tyaonoex@outlook.com. Instalei o kik, meu username é tyagocarvalho. vlw

Tyago Carvalho
Visitante
Tyago Carvalho

Sou médico tb, se tiver interesse entra em contato comigo no kik , tyagocarvalho meu nick. Obrigado

Alexandre
Visitante
Alexandre

Cláudio, apesar de discordar de vc em quase tudo vejo que vc é importante para nós.
Bora brigar!!! Tirar esses caras da zona de conforto. Eu não tenho essa coragem, por isso penso que vc é importante para nós.

Caio PE
Visitante
Caio PE

Alexandre (ou revoltado ou seja lá qual seja seus múltiplos nicks): deixe de ser RIDÍCULO. Ninguém está aqui para BRIGAR, tão pouco TIRAR ESSES CARAS DA ZONA DE CONFORTO. Esse blog é feito por soropositivos e por soronegativos que buscam ajuda mútua. E as notícias trazidas aqui por CARAS DA ZONA DE CONFORTO são as notícias mais atuais e que ajudam (e muitos) todos na esperança (e realidades) contra a doença.

Alexandre
Visitante
Alexandre

Caio, conforme previsto vc tem muita dificuldade para entender as coisas. Também, esperar o que de uma cara que não tem opinião própria? Um cara que não sabe interpretar um texto com 5 linhas. Cara, não tem como levar uma discussão com vc adiante. Seria covardia da minha parte. Chame o Gil para te defender e manipular as suas opiniões. Idiota, eu não quis dizer brigar aqui no blog. Eu quis dizer brigar por coisas melhores para nós, seu burro. Vai estudar e trabalhar pra depois me chamar de ridículo.
Já mandou lembranças pra ela???

Caio PE
Visitante
Caio PE

Só te digo uma coisa, sr. Alexandre: FODA-SE !

Gil
Visitante
Gil

Ei, “Aquele que não se diz o nome”, lembrou de mim, hein, querido carimbador enrustido?
A tua tara por mim é mais forte que o desejo do Claúdio Urubu Souza Coveiro de contar defunto!
Se não tiver mais o que fazer, se embrulha pra presente (de mau gosto) que a gente de leva pra esse pulha do soropositivo.org.
Se a presença do Caio, minha ou das centenas que não te topam incomoda, faça um favor pro mundo: vá cantar na freguesia do Cláudio…
Com vc só no deboche… mau caráter…

Alexandre
Visitante
Alexandre

KKKKKKK! E num é que o Gil continua lendo meus comentários?
#euseiqueogilmelê

Gil
Visitante
Gil

Eu não resisto…

Gil
Visitante
Gil

Para você, é uma honra, então… dá a impressão que você, por dentro, é daquele tipo de morador de rua que comemora se alguém o nota. Chamar a atenção é sua praia…
Mas sério: No fundo te entendo, acabo lendo. Só dá um misto de nojo e pena, mas faz parte do meu treinamento de tolerância.

Bahiuno
Visitante
Bahiuno

kkkkkkkk Gil é uma figura

Paul
Visitante

Obrigado JS por ajudar cada um de nós a ter esperança mesmo que seja pouca, pessoas como Cláudio Souza que deveriam agradecer a Deus por mais um dia de vida, que deveria ensinar e orientar, e não disseminar uma revolta… aki no blog é um lugar de experiências de vida, de otimismo, de força de vontade, o fardo que cada um carrega é pesado e não venha colocar seu peso pra nós carregarmos, ainda bem que tenho amigos que convivem com o vírus a mais tempo que vc, e que me ajudam sempre…

Pedro
Visitante
Pedro

Pessoa pesada( Cláudio souza) , os textos do seu blog estão sempre levando para o lado ruim empurrando o soropositivos para o abismo. Precisamos de auto estima e coisas boas, de ruim já basta a doença. Obrigado JS por estar nos ajudando .

Claudio Souza
Visitante

Meus textos, os textos de meu blog, são realistas. Se vc não sabe, há meninas de doze anos, soropositivas, dando a luz outras crianças soropositivas. Esperança é algo bom de se ter, mas ser um agente noticioso irresponsável e levar as pessoas a acreditarem que “a cura está ai, à nossa porta, pode noslevar a uma crise huanitária que eu vi com meus proprios olhos e, eu ouso imaginar que você ainda jogava bolinhas de gude quando eu ajudava a carregar doentes no CTR-A. Eu não empurro ninguém para o abismo. Eu simplesmente não estimulo a prática do sexo irresponsável… Ler mais »

Pedro
Visitante
Pedro

Aqui ninguém incentiva nada de ruim meu caro, se estamos aqui tb não foi por falta de informação e sim discuido. Todos sabem das suas responsabilidades e oq o sexo sem camisinha pode nos levar… vc não tem nada a acrescentar, vc é pessimista e negativo.

Henrique
Visitante
Henrique

Como tem pessoas como esse Claudio que exalam pessimismo, acho que por isso Que o senhor enfrenta tantos problemas . E não é vindo ate aqui onde geralmente pessoas recem diagnosticadas “assim como eu” e expondo toda sua negatividade que o senhor irá contribuir com algo. Pelo contrario, o senhor conseguiu acabar com todo um texto motivassional do JS com um breve relato de vida seu. Uma vida que por azar enfrentou o virus numa época completamente diferente de hoje onde os medicamentos eram mil vezes mais tóxicos. Acredito, que o senhor precise buscar auxílio psicológico e psiquiatrico e se… Ler mais »

Claudio Souza
Visitante

se vc acha que eu exalo pessimismo, leia estes links. Eu não suporto irresponsabilidade numa coisa que lida com questões de vida ou morte entre seres humanos https://soropositivo.org/?s=partner

positivosempre@outlook.com
Visitante
positivosempre@outlook.com

Vaza daqui Claudio Souza, vai espalhar pessimismo no seu site, que diga-se de passagem, considero um lixo.

Claudio Souza
Visitante

E há uma coisa muito importante a ser dita: AIDS não se enfenta com “texto motivacionais”. AIDS se combate com textos sérios, pautado em fatos, baseado na vciência e a comunidade científica é muito clara no que tange à possibilidade de cura para daqui a 5 anos. É nenhuma. E o próprio Montaigner elocubrou que talvez jamais seja encontrada uma vacina para o HIV. Eu penso, e ja dise isso aqui, que tratar de questoes como HIV, ou AIDS, é lidar com questoes de vida ou morte. E eu jmais cometeria a temeridade de anunciar que a geração X Y… Ler mais »

Mari
Visitante
Mari

Agora pronto, quer dizer que se as pessoas resolverem sair transando sem camisinha a culpa é do JS?? Só sendo mesmo… Assim como o Victor comentou, a última coisa que eu pensei ao ler esse post foi em sexo e, até onde eu sei, não transmitimos o HIV se estivermos indetectável mesmo e isso não é motivo para sairmos fazendo sexo sem preservativo, pois o maior risco quem corre somos nós mesmos de pegar alguma outra doença sexualmente transmissível ou até mesmo ser infectados novamente e pior ainda, por um vírus que seja resistente aos medicamentos que tomamos. O que… Ler mais »

Claudio Souza
Visitante

Otimismo só é bom quando pautado em verdades e fatos e, se vc iser dar uma olhadinha, ele está em http://soropositivo.org e é muito bem conceituado no meio médico e no âmbito do ativismo contra a AIDS e, com isso, fica-me, ainda, uma pergunta: Que espécie de ativista é este que não tem nome e nem rosto? rsrs

Gil
Visitante
Gil

Bom, após ler esta mensagem deste infeliz cavaleiro do apocalipse que não houve e nem vai haver, digo que: tive um paciente, soronegativo, que teve um linfoma não hodgkins e faleceu. Não é exclusividade de soropositivo, como entendi, pesquisando sobre o tema. A infecção por HIV pode resultar em danos ao organismo, dependendo de vários fatores. Assim como o açúcar, o sal, o tabaco e os fatores genéticos, orgânicos pessoais. Se você teve complicações, é provável que foi por consequência de tempo sem tratamento ou com medicações agressivas, mas não foi sentença de morte. Há muita dor na sua fala,… Ler mais »

Cbb
Visitante
Cbb

Desde que eu descobri a minha seropositividade, em meados de Fevereiro de 2016, e tendo começado o tratamento a 11 de Março, com o 3×1, que eu nunca falhei um dia sem tomar o mesmo. Devo tb dar que de todos os artigos que eu já li neste blogue talvez esse seja o mais elucidativo, coerente e sincero, deixando-me com uma elevada auto estima e altamente agradecido por partilhar estas informações mto importante para nós sero+. Contudo agradecia que me esclarecessem alguns aspectos, visto que eu vivo em Angola, África, e mtas coisas não são passadas como deve ser, principalmente… Ler mais »

Mari
Visitante
Mari

Olá! Não sou medica, sendo assim as respostas que eu tentarei lhe dar estão baseadas em minhas pesquisas pela internet e em todas as dúvidas que tiro com a minha infectologista, espero que possa ajudar. Quanto a tomar sua cerveja, já vi opiniões um tanto controvérsia ao respeito disso, mas acredito que o maior problema está em sobrecarregar o fígado, pois isso já acontece devido ao tratamento que fazemos (TARV’s). Dessa forma, não acho que beber uma cerveja vez ou outra, ou até mesmo um vinho e coisas do tipo vão lhe fazer mal, pois é vida que segue e… Ler mais »

Eddy
Visitante
Eddy

Mutamba engorda de 5 a 6 kg

Luana
Visitante
Luana

Eddy eu fiz uso d Mutamba onorme orientação para o tratamento de 1 mes, comprei as folhas de Palmas-TO pela internt, só depois que eu comprei, que descobri que aqui na minha cidade e em todo Brazil central, tambem tem arvores de mutamba. Pretendo fazer o tratamento daqui 6 meses novamente, realmente o uso da mutamba abre o apetite, melhora a disposição em geral, parece ser revigorante, mas até o momento nãoo engordei nem 1 kilo, ou seja, eu não engordei nada. O que engorda são aos ARVs, creio que eles adicionam suplementos ou substancis que aumentam o apetite nos… Ler mais »

caradobemsampa2
Visitante
caradobemsampa2

JS como sempre dividindo excelentes materias.

Sven
Visitante
Sven

Para aqueles que reclamam de tomar 1 compimido por dio , sugiro assitirem este filme australiano lançado no ano passado. http://www.imdb.com/title/tt3671542/
Tem no Netflix.

roger
Visitante
roger

Eu nao gosto do site soropositivo.org esse claudio souza so vive falando sobre problema e esta vivo a mais de 20 ano…..sae fora seu chato.

Claudio Souza
Visitante

Eu falo de fatos. Vc não precisa ir lá se não gosta. Eu só vim aqui falar sobre isso pq vi uma coisa e achei que devia me manifestar. O direito a manifestação do pensamento é livre no Brasil (vedado é o anonimato)

P.H.G.
Visitante
P.H.G.

Do mesmo jeito que você, Cláudio, não precisa vir aqui se não gosta. Você e seu blog são importantes sim. Todos somos a nossa maneira. Só fico triste de ver, em seus comentários, que tenta desmerecer um trabalho tão bom quanto o do JS. Coloca como se o seu blog fosse a única fonte confiável sobre o assunto e quer que o JS saia do sigilo a todo custo. Essas questões acho totalmente desnecessárias, uma vez que tá tudo aí respaldado por artigos científicos e o sigilo é um direito de todos nós. Você quebrou o seu, o que não… Ler mais »

Claudio Souza
Visitante

Eu não li toda sua resposta agora, mas vou ler depois. Quando vc faz declarações públicas a constituição é clara: “É vedado o anonimato”. Seria muito simples para qq pessoa abrir um blog e, por exemplo, dizer cobras e lagartos sobre a personalidade publica X ou Y e não ter de se identificar. Isso craria um entrave à democracia e todos os meus dados são públicos, dsde uma época em que até tentar invadir minha casa, gritando vem aqui fora “sua bichinha aidética filha de uma puta” aconteceu, em Piracicaba, lugar de onde eu fui virtualmente expulso, se quisesse continuar… Ler mais »

P.H.G.
Visitante
P.H.G.

Cláudio, você poderia ter lido todo o comentário pra depois responder, só assim acho que entenderia o meu propósito. A essa altura acho que foi em vão, já que novamente seu comentário é só pra ataques e ameaças. E, só pra constar, todos sem fundamentos jurídicos plausíveis, tendo em vista primeiro a relativização dos direitos fundamentais .O direito a livre manifestação de pensamento, vedado o anonimato, não é absoluto, ainda mais quando em colisão com outros direitos fundamentais constitucionais, tais como o direito à intimidade, a vida privada, a dignidade da pessoa humana, o que no direito se chama técnica… Ler mais »

Deco
Visitante
Deco

P.H.G.,seu post me fez lembrar do primeiro contato que tive com o blog ao ser diagnosticado. Confesso que nos momentos iniciais eu só fazia chorar e me “conformar” com a morte, que para mim era eminente. O blog foi um sopro de alívio diante de tanta angústia, medo e lágrimas; porém lendo os comentários, cheguei até um infeliz que se referia ao tratamento como “quimioterapia”, dizendo que éramos “loucos” por fazê-lo, pois iria acabar com nosso corpo de qualquer forma. Pronto, foi mais um dia de lágrimas e medo, e como não havia compartilhado meu diagnóstico com ninguém de minha… Ler mais »

P.H.G.
Visitante
P.H.G.

Deco, ser grato faz toda a diferença.
sou grato todos os dias pelo dom da vida.
Depois passa seu kik.
E é isso aí, viver e ser feliz, sempre!!

roger
Visitante
roger

Claudioooo eu nao sou um menino e tenho 46 anos e conheci muita gente que morreu de aids…So que agora o tempo e outro e os meninos e meninas querem conforto…certo? Vai ter cura sim e essa juventude ficara livre desse virus…

Matheus
Visitante
Matheus

Entendo seu pensamento Claúdio…não vejo inverdades nem no que vc escreve e nem no que o JS escreve…sei que vc fica temeroso em alguém ler esse texto e pensar q a AIDS já era, mas essa não é a intenção do JS pode ter certeza,alias tenho convicção que esse blog é de imensa ajuda aos recém diagnosticados(foi assim para mim)…Enfim espero que vc entenda o que o JS tenta transmitir nesse blog e que juntemos nossos conhecimentos e informações para combater nosso inimigo que é o mesmo.

Mari
Visitante
Mari

É a primeira vez que escrevo aqui no blog, embora em muitos outros momentos quis comentar algo e acabava por não fazer. Adorei esse artigo e embora eu saiba que nem tudo são flores (pelo menos para mim), é sempre bom ler coisas positivas e que nos deixam pra cima. Eu fui diagnosticada no dia 30 de Novembro de 2015, porém fui infectada pelo vírus no inicio de Outubro do mesmo ano, durante uma viagem para fora do Brasil onde encontrei meu ex-namorado que mora foram fazem alguns anos e claro, nunca poderia imaginar que isso aconteceria. Passei 10 dias… Ler mais »

rogerio
Visitante
rogerio

mari pode passar seu kiki ???

Mari
Visitante
Mari

Oi, eu não tenho esse aplicativo. Uma vez baixei, mas não entendi nada e desisti.

Fersp
Visitante
Fersp

Mari se quiser conversar um pouco mais, faz bem desabafar, comigo funcionou bem também.

Se quiser, Me passa o e-mail podemos conversar melhor, mas continue desabafando que é a melhor coisa a se fazer. Eu mesmo, ninguém além dos médicos sabe, e gosto de poder trocar experiências.

Mari
Visitante
Mari

Obirgada!! Meu e-mail é maripositiva@outlook.com 🙂

Eddy
Visitante
Eddy

Minha historia e igual a tua que coicidencia

Bobby
Visitante
Bobby

Gostaria de saber mais sobre a mutamba

Danilo
Visitante
Danilo

Pessoal, uma coisa que devemos brigar é para as coberturas que nis beneficiam. Ora, vi que meu seguro de vida além de não cobrir a descoberta do hiv, ainda exclui a cobertura de doença grave no caso de cancer na presença de hiv. Estou revoltado com isso, nao tem nenhumaaaaaa justificativa para isso. Vamos ficar calados, deveriamos ser bem tratados com isso. Ademais, nao podemos quem tem cancer tem varios beneficios como a quitacao de financiamento na caixa. O que temos? Preconceito e uma doença cronica. Vamos nos unir!!!

CLOP
Visitante
CLOP

Danilo trabalho na área de seguros e e depende muito do produto que vc contratou em termos gerais os produtos que são vendidos pelo gerente de banco quase nunca são adequados para o cliente devido ao fato que o gerente que bater a meta a é funcionário do banco já um corretor de seguros devidamente registrado apresenta um produto um produto adequado as necessidades do cliente. Sobre a questão do financiamento o HIV é ima doença crônica e pode ser tratada com medicamentos assim como Diabetes, pessão alta e outras doenças mais usuais, se quiser mais informações sobre os seguros… Ler mais »

Verdes Olhos
Membro
Verdes Olhos

Pessoal, como é esse lance do KIK? Fiz um usuário pra mim (que é: VerdesOlhos ), mas não sei como funciona. Alguém pode me ajudar?

Já agradeço 🙂

caradobemsampa2
Visitante
caradobemsampa2

Vou te incluir num grupo

BR_posit
Visitante

Um tema que gostaria de ver mais por aqui são terapias alternativas ASSOCIADAS à TARV. Por exemplo, já ouvi o Doutor Lair Ribeiro falar sobre a terapia com baixas doses de Naltrexona como muito positiva para portadores de HIV. Já ouvi falar de gente que faz uso de Coenzima Q-10 também. Faço exames (além da carga viral e CD4) com muita frequência e consegui baixar meu colesterol total e meu LDL para níveis normais, porém meu HDL ainda está baixo e triglicérides ainda estão altos, são meus próximos desafios. Se o JS puder fazer um post sobre essas terapias alternativas… Ler mais »

Fersp
Visitante
Fersp

Br meus exames no inicio foram parecidos. Triglicerídios alto, eu consegui baixar bem com alguns produtos naturais, o principal foi a capsula de óleo de coco, junto com outros produtos naturais que ajudam a regular o organismo e melhora qualidade de vida, e claro o tratamento. Faça uma pesquisa na internet, converse com seu médico.

Quanto aos suplementos, concordo, sim é um nicho de mercado excelente, pois além de melhorar a qualidade de vida, ajudará muito no tratamento dos remédios.

Abraços

caradobemsampa2
Visitante
caradobemsampa2

Viver com otimismo é melhor sempre (minha humilde opiniao). Quero acreditar que continuarei a ter uma vida saudável e faço por onde. Qdo recebi o diagnóstico no início do ano passado, não tinha nenhuma base conceitual sobre o tema. Qdo recebi o exame positivo, achei que ia morrer. Li sobre lipodistrofia, efeitos colaterais, sofrimento e morte. Até que cheguei nesse (santo) blog, onde encontrei informações, depoimentos e experiências. Conheci outros soropositivos pessoalmente, incluindo JS (que garanto que não é um personagem). Me tornei amigo de muitos que conheci aqui. E que vivem muito bem. Descobri que hiv não tem cara,… Ler mais »

caradobemsampa2
Visitante
caradobemsampa2

Viver com otimismo é melhor sempre (minha e opiniao). Quero acreditar que continuarei a ter uma vida saudável e faço por onde. Qdo recebi o diagnóstico no início do ano passado, não tinha nenhuma base conceitual sobre o tema. Qdo recebi o exame positivo, achei que ia morrer. Li sobre lipodistrofia, efeitos colaterais, sofrimento e morte. Até que cheguei nesse (santo) blog, onde encontrei informações, depoimentos e experiências. Conheci outros soropositivos pessoalmente, incluindo JS (que garanto que não é um personagem). Me tornei amigo de muitos que conheci aqui. E que vivem muito bem. Descobri que hiv não tem cara,… Ler mais »

Amanda
Visitante
Amanda

Oi Belle! Eu e meu marido também somos sorodiscordantes, nosso infectologista, dr Roberto Badaró, de salvador, orientou que ao iniciar o tratamento 3×1, que principalmente o Efavenez causaria muitas reações desagradáveis, principalmente nas primeiras 2 semanas, realmente ele teve umas alucinações, mas hoje em dia sua carga viral negativou e ele está até gordinho, bem adaptado a terapia medicamentosa, ele disse que fazendo acompanhamento certinho poderia engravidar novamente, pois com a carga viral negativada, não passaria o vírus. Acalme seu coração, o melhor já aconteceu, ele foi diagnosticado a tempo de se tratar antes que vc engravidasse. Entregue tudo nas… Ler mais »

Belle d jour
Visitante
Belle d jour

Amanda
Muito obrigada por responder ! Gostaria de conversar mais com vc ! Meu e-mail e gatinha_cam_cam@yahoo.com.br
Bjs

ruan
Visitante
ruan

olá faz uns diazinhos que não escrevo aqui,mas lendo esse artigo confirmei tudo oque meu médico disse, estou bem há 01 ano indetectável, com saúde ótima, namorando, somos sorodiscordantes, mas nunca deixo de me prevenir, estou muito bem levando a vida .Abraços.

Belle D Jour
Visitante
Belle D Jour

Namoro a dois anos e meio e a um mês atrás fizemos o teste de HIV ! Ele deu positivo e eu não ! Foi uma mistura de sensações que não sei nem explicar ! Faço o teste com frequência devido ao meu trabalho e foi uma supresa ess divergência de resultados ! Mas nem por isso desisti do meu relacionamento ! Ele está tomando o 3 em 1 não faz uso nem de álcool e nem de drogas ! Estou comentando isso pois li em alguns artigos que uso disso aumenta os efeitos ruins do remédio ! Ele tem… Ler mais »

caradobemsampa2
Visitante
caradobemsampa2

Belle
Creio que seja oportuno ele falar com o médico sobre os efeitos e as manchas vermelhas. Exames de rotina Tb são solicitados pelo médico para acompanha a saúde dele.
Em muitos momentos os efeitos colaterais desaparecem ou minimizam após a terceira semana

rogerio
Visitante
rogerio

BELLE D JOUR PODE ME PASSAR SEU KIKI… ???

Positivo_Confiante
Visitante
Positivo_Confiante

Belle, tudo bem?

Acho importante conversar com o médico sobre esses efeitos neurológicos que ele está tendo. Sobre seu sonho de ser mãe, não acabou não. Procure se informar melhor, mas até onde sei um casal sorodiscordante pode ter filhos desde que ele esteja indetectável há pelo menos 6 meses e o processo seja acompanhado de perto por infectologistas/ginecologistas. Converse com seu médico e dê uma procurada aqui no blog que já vi pessoas falando sobre isso. Boa sorte!

Amanda
Visitante
Amanda

Oi Belle! Eu e meu marido também somos sorodiscordantes, nosso infectologista, dr Roberto Badaró, de salvador, orientou que ao iniciar o tratamento 3×1, que principalmente o Efavenez causaria muitas reações desagradáveis, principalmente nas primeiras 2 semanas, realmente ele teve umas alucinações, mas hoje em dia sua carga viral negativou e ele está até gordinho, bem adaptado a terapia medicamentosa, ele disse que fazendo acompanhamento certinho poderia engravidar novamente, pois com a carga viral negativada, não passaria o vírus. Acalme seu coração, o melhor já aconteceu, ele foi diagnosticado a tempo de se tratar antes que vc engravidasse. Entregue tudo nas… Ler mais »

Cbb
Visitante
Cbb

Qrda Mari, mto grato pelas tuas explicações lúcidas, e julgo que devemos continuar a viver a vida e não ficar na esquina a contabilizar os que partiram desta para o outro lado por aids ou complicações decorrentes desta. Bem haja esse blogue.

Li
Visitante
Li

Bom dia. Recebi meu diagnostico ha 3 meses atrás. Após um mês iniciei meu tarv 3×1. Anteriormente realizei todos exames possíveis hemograma, urina, enzimas, hormônios, cv e cd4. Minha CV inicial era 43 mil e meu CD4 341 e a relação cd4/8 estava 0.56%. Após 1 mês e 20 dias de tarv realizei novos exames e fiquei muito feliz com o resultado. Minha cv está 170 cópias e meu cd4 589, sendo a relação cd4/8 0.89. Outros exames estão todos perfeitos. Continuei com a alimentação balanceada que sempre tive, atividades físicas e sempre pensamento positivo. Não fumo, mas tomo minha… Ler mais »

Belle D jour
Visitante
Belle D jour

Não sei o que é Kiki ?
Obrigada a todos que me responderam !
Alguém sabe se existe algum medicamento ou vitamina que seja recomendado tomar ? Tipo centrum ? Ou algo nesse gênero ?
Vou me informar sim sobre o lance da gravidez , caso o dono do blog saiba ou tenha lido algo a respeito e puder me passar eu agradeço muito ! Meu e-mail e gatinha_cam_cam@yahoo.com.br

Renann rocha avila
Visitante
Renann rocha avila

Sou de Curitiba quem quiser ta ai meu kik rehrochaa

Rapaz+
Visitante
Rapaz+

Fiquei muito triste com toda essa discussão acima. Confesso que não procurei a entender sobre o que se trata. Todos sabemos da gravidade de ser soropositivo, e todos nós positivos sabemos da forma de se cuidar, cada um com sua individualidade. A realidade é que eu devo me cuidar mais. Eu sou neutro quando fala se de cura, já disse isso antes e volto a repetir, desenvolvendo remédios com menores efeitos colaterais e com maiores intervalos de tempo pra mim tá ótimo. Sou cristão, e nunca pedi para Deus me curar do HIV, apenas peço a Ele que me mantenha… Ler mais »

rogerinho
Visitante
rogerinho

RAPAZ + PODERIA ME PASSA SEU KIKI

Rapaz+
Visitante
Rapaz+

rogerinho é rapazvaledoparaiba

Iago
Visitante
Iago

Js, Vc é extremamente importante na minha história c o hiv. Só para registrar. Continue nos ajudando c seu conhecimento e otimismo. É tudo que a nova geração precisa.

Olem
Visitante
Olem

pessoal, quem quiser bater um papo via skype me adiciona no olemfort ou no olemleao!

Soro+MR
Visitante
Soro+MR

Olá a todos. A duas semanas recebi o diagnostico. No momento fiquei paralisado, a primeira coisa que veio na cabeça foi (Até quando vou viver ?). E a primeira coisa que vem na cabeça é procurar noticias e desabafos relacionados ao HIV, achei muitas coisas positivas e negativas. Comecei a ter pesadelos a noite, dos momentos felizes com familiares e amigos.Bateu uma pequeno desanimo, pois estou a poucos meses do vestibular de medicina. Quem já passou por isso sabe que nosso emocional já fica abalado por conta dos estudos intensivos e reprovações, e receber um diagnostico desse é complicado. Essa… Ler mais »

Ric SP
Visitante
Ric SP

o que é KIK? Como funciona? é igual whatsapp??

Henrique
Visitante

Vamos criar um grupo de motivação e experiências…meu watsap é 062 9 82020444 sou de Goiânia!

Paul
Visitante
Paul

Gostaria de compartilhar minha experiência, no dia 19/09 estava com muita dor no peito e suspeita de pneumonia a alguns dias. Chegando no hospital fiz uma tomografia e ali já fiquei internado na UTI. O tratamento foi iniciado e certo momento o médico me falou sobre a necessidade de fazer o teste de HIV e eu concordei na mesma hora sem nem dar a menor atenção, já que ele disse que era rotina. A pneumonia só piorava o o tratamento parecia na evoluir, até que no dia 22 logo de manhã recebo a visita do mesmo médico dizendo”sabe aquele exame… Ler mais »

Positivo_confiante
Visitante
Positivo_confiante

Paul, tudo bem? Espero que já esteja melhor. Eu também descobri por acaso, e minha esposa estava grávida. Entendo o medo que passou de ter infectado ela e o seu filho. Ainda bem que tanto no meu caso, como no seu, isso não aconteceu. Com certeza o fato da sua esposa não ter te abandonado (a minha também ficou do meu lado, e posso dizer que hoje somos até mais unidos), vai te fortalecer nessa luta. Quando descobri o meu CD4 estava em 89. Tomo o 3×1 e hoje, dois anos depois do início do tratamento, ele está em 416.… Ler mais »

Paul
Visitante
Paul

Olá positivo confiante, lendo sua história fico mais confiante, precisava ouvir algo de quem está vivendo o problema. Ainda estou no hospital, mas vou embora amanhã com a saúde bem melhor e respirando bem pelo menos. Vou começar o tratamento na próxima semana e estou com muitas dúvidas quanto a efeitos colaterais, se vou conseguir trabalhar normalmente, se houveram mudanças no corpo, se vou conseguir tem uma vida normal com a minha esposa, com a sociedade, nossa…é muita coisa na cabeça. Obrigado pelo apoio e espero que esteja bem.

Positivo_confiante
Visitante
Positivo_confiante

Paul, tudo bem? No começo é complicado mesmo, a gente pensa no pior cenário possível. O que posso dizer é da minha experiência. Comecei com o 3×1 e nas primeiras três noites tive alguns sonhos estranhos, ficava meio grogue uma hora após tomar, e mais nada. Fiquei indectável já no próximo exame (dois meses depois do início da medicação) e o CD4 foi subindo, lentamente mas foi. Tomo antes de dormir (tem quem prefira outros horários), mas para mim não alterou em nada a minha rotina. Continuo trabalhando, estudando, curtindo minha família, amigos, bebendo minha cerveja de vez em quando,… Ler mais »

Wka
Visitante
Wka

Olá Paul.

Espero que esteja bem melhor. E comece o tratamento e seja feliz com sua esposa, sempre se precavendo e usando a camisinha. Viva a sua vida normalmente. O que irá mudar é somente ir mais ao médico e se cuidar mais.

Um abraço.

Luana
Visitante
Luana

Oi crianças, voces estão muito exagerados, a aids não mata ninguem mais, falo isso por mim, tenho hiv há 28 anos e faço o tratamento com ARVs, há 20 anos, desde 1996, estou viva até hoje, linda e loira, fui contaminada pelo meu ex marido que faleceu de aids, tive um filho com ele soronegativo, hoje formado e empresário, depois que tive pneumocitose e descobri que eu estava com aids, comecei à levar isso para o lado científico e não para o lado social, graças à minha profissão que é da área biomédica. Nunca tive morte social, criei meu filho… Ler mais »

Paul
Visitante
Paul

Pessoal, esses depoimentos estão me ajudando e muito, estou muito confiante. Já deixei o hospital e comecei o tratamento com o 3×1, consegui o remédio sem problemas e ate agora nada de efeitos, apenas uma “brisa” quando acordo mas logo passa. Agora estou confiante que minha vida vai seguir normal. Já voltei pra faculdade hj e pretendo voltar pro trabalho semana que vem. Agora cada vez mais acredito na vida após o HIV. Grande abraço a todos o muito obrigado.

Luana
Visitante
Luana

É isso aí Paul, fico feliz por voce, corra atrás dos seus sonhos, tome as rédeas da sua vida, seja o cavaleiro dela e não o cavalo, não deixe que um mísero virus tome conta da sua vida, afinal somos muito mais inteligentes do que ele… Viva a vida normalmente, faça o seu tratamento e evite pessoas preconceituosas e deprimidas, se necessário, evite os velhos amigos se eles te discriminarem e arume novos amigos (mas lembre-se que eles não precisam saber que voce é +), Trabalhe, namore, viaje, cante, dance, voce provavelmente verá a cura, afinal vai viver até os… Ler mais »

Xan
Visitante

Olha eu gosot bastante das suas postagens, e na maioria das vezes eu acompanho todos os comentarios. Penso que o medo, o tabu, e a falta de informação é o que mais atrapalha um debate mais produtivo acerca do Hiv e Aids….Embora as pessoas falem- e até mesmos os médicos e assistentes sociais, -sobre a importancia de não falar sobre hiv e aids para não sofrer preconceito, penso que esse é uma postura que só atrapalha uma discussão construtiva. Sou arte-educador e tenho pensado muito nas nossas responsabilidades e até mesmo empenho em desconstruir essa historia marcada pelo pavor e… Ler mais »

Luana
Visitante
Luana

Bom dia Xan, Sim é verdade que devemos falar sobre hiv\ aids, mas primeniramente devemos nos informar cientificamente para nos cuidarmos, devemos falar sim, mas com as pessoas certas e preparadas, como psicologos, médicos infectologistas (porue muitos médicos de outras especialidades, especialmente os mais antigos, mal sabem sobre hiv\ aids0. Devemos lembrar que a sociedade em geral não esta preparada para isso, afinal o tema hiv\aids é um assunto novo, tem menos de 30 anos e a sociedade em geral não gosta de ler. A sociedade e o povo em geral andam a passos lentos em relação a esse tema,… Ler mais »

ensinaprender
Visitante

Venho acompanhando muitas matérias por aqui. Como professor de ciências e biologia, consigo compreender um pouco mais o que se passa no interior do corpo, troco altas ideias com meu infecto atual. Ah, sou diagnosticado desde junho de 2012, passei por muitas barras, tive reação adversa a 3 combinações, hoje em dia estou muito melhor, com a saúde em dia. Detalhe, eu usava as combinações 1 mês e suspendia por conta das reações. Resumindo, nesses mais de 4 anos, demorei um ano pra começar a tomar os remédios, fiz intervalos de 1 ano entre uma tentativa e outra (resistência é… Ler mais »

ensinaprender
Visitante

Correção : completei 1 mês da minha 4a tentativa.

survivor
Visitante
survivor

Otimo artigo, descobri a doenca a 7 anos atras e meu cd4 era 10, comecei o tratamento imediato e hoje vivo uma vida normal e saudavel, Meu cd4/cd8 e por volta de 700 e minha carga viral indetctavel. Muito obrigado pelo artigos e os comentarios de todos que lutam e sobrevivem com saude e paz no coracao e fe.

Paul
Visitante
Paul

Pessoal, boa tarde a todos. Completei hoje 15 dias de tratamento com o 3×1. estava super preocupado com os efeitos colaterais e tal, mas sabe o que aconteceu?? nada, apenas uns sonhos meio esquisitos nos primeiros dias. Estou super bem e curado da pneumonia que quase me matou. Amanhã volto a trabalhar e retomo minha vida normal. Estou super feliz no meu casamento, minha esposa me aceitou e agora estamos aguardando o tempo da janela imunológica para confirmar o sorologia dela, já que no primeiro exame graças a Deus deu negativo. Confesso que hoje estou muito mais feliz que antes… Ler mais »

Positivo_Confiante
Visitante
Positivo_Confiante

Maravilha Paul. Ótimas notícias. Para mim também funcionou assim, me fez olhar a vida de outra forma e dar valor ao que realmente importa. Isso aí, bola pra frente. Grande abraço!

Umombroamigo
Visitante
Umombroamigo

Parabéns Paul!
Excelente evolução, em 01 mês, graças a Deus!
Que furacão hein? rsrsrsrs…. Boa sorte no retorno ao trabalho tbém.
Se cuida, medicação no vírus e atenção para aumentar sua imunidade: coma bem, durma bem, se hidrate, exercite e pesquise todos os meios que poderão contribuir para seu restabelecimento e melhora. “bola pra frente, aproveite a vida, procure a Deus, independente da sua religião e cuide de quem está correndo do seu lado, e o resto, é apenas o resto.” (filósofo rsrs… Paul – JS)
Abr

Luana
Visitante
Luana

É isso aí Paul, em menos de 2 meses com os antirretrovirais, voce já estara com uma carga viral indetectavel e uma imunidade bem mais alta. Se informe sempre sobre as pesauisas sobre hiv\aids, esse blog é super atual, pena ue eu só descobri ele à pouco tempo. Seja bem vindo à rotina diária novamente e o mais importante, previna-se para vcoe não se reocntaminar com outros subtipos de hiv, hepatie C e outros virus patológicos, isso porque quem tem hepatite C sofre bem mais com o tratamento com os ARVs, pois o fígado não suporta tanto como os que… Ler mais »

Luana
Visitante
Luana

Claudio Souza, pelo seus posts voce esta muito pesimista, com depressão ou com uma carência imensa no seu coração, de família, de amigos e de vida social, se cuide meu amigo, esse tipo de depressão os psicologos brasileiros ainda não estão preparados para tratar, digo isso porque quando soube que era soropositiva há 20 anos atrás e meu médico na época me disse que eu já tinha sido contaminada 8 anos antes, pois tive pneumocitose, ouseja, vivo com hiv há 28anos, não encontrei psicólogo nenhum capaz de me ajudar, pelo contrário, todos me olham com os olhos arregalados até hoje… Ler mais »

Graemer
Visitante
Graemer

Achei interessante, mas está com muitos pontos incoerentes no texto. Sou médico e não é bem assim. A medicação ainda promove lipodistrófia e em alguns casos mesmo com a carga viral indetectavel se houver falhas no tratamento há loop viral em que a infecção pode ser transmitida. Acredito que isso possa estar influenciando nas auto estima das pessoas, no entanto vejo que por mais difícil que seja as pessoas devem realmente saber pelo que estão passando.

Tyago Carvalho
Visitante
Tyago Carvalho

boa noite, sou médico também, conhece algum grupo no kik ou outro lugar para médicos soropositivos? meu kik tyagocarvalho obrigado

Charles
Visitante
Charles

Deveria ser obrigatório fazer exame de HIV e fazer o tratamento, curar um vírus desses é algo que não consigo entender, por isso, o tratamento feito corretamente dificultaria a proliferação e a erradicação do HIV. Seria o mais sensato e humano para as próximas gerações, onde quem acredita, nós mesmos iremos estar por aqui.

Juliana
Visitante
Juliana

Me preocupa a divulgação da informação no seu
texto de que mantendo a carga viral plasmática indetectável o indivíduo HIV não transmite o vírus por via sexual. Transmite SIM!!! Estudos mostram que no líquido seminal ou vaginal a carga viral pode se manter altíssima, mesmo em casos de carga viral do sangue (plasmática) indetectável!!!

O uso preservativo, tanto feminino quanto masculino, em ato sexual oral, vaginal ou anal é IMPRESCINDÍVEL em todas as relações, mesmo entre dois parceiros soropositivos.

Fiquem de olho, consultem mais informações com seu infectologista.

Pedro
Visitante
Pedro

Acabei ficando com uma dúvida… A matéria diz q no líquido pre ejaculatório não há presença do HIV…. E no sémen?! C eu fizer sexo desprotegido e ejacular dentro da pessoa eu passaria o HIV Mesmo estando indetectável por mais de seis meses?