Notícias
Comentários 50

Agora que eu sei

O que fazer quando você descobre que precisa se relacionar com um vírus durante toda a sua vida? “Agora que eu sei” existe para mostrar como jovens da atualidade encaram a convivência com o HIV/aids, mostrando que obstáculos podem ser superados em busca de um bem estar físico, emocional e social. “Agora que eu sei” contribui para desconstruir o conjunto de tabus, preconceitos e metáforas falaciosas que ainda rondam a doença.

“Agora que eu sei”

um filme de Fabiano Cafure
com Pedro Scharth, Salvador Correa Jr. e Rafaela Queiroz

Agora que eu sei_cartaz oficial

Idealização e Roteiro: Thiago Fraga

Direção: Fabiano Cafure

Assistente de direção: Simone Mendes

Produção executiva: Thiago Fraga

Direção de arte: Adi Junior e Fabiano Cafure

Arte gráfica: Larissa Seibel

Som direto/Trilha original: Raquel Lazaro

Assistente de produção: Fabíola Cerbella

Imagens: Fabiano Cafure e Simone Mendes

Montagem: Fabiano Cafure

Anúncios

50 comentários

  1. Caio PE diz

    Agora que eu sei?! Cuidar cada vez mais da saúde, manter a mente ocupada, ter seu momento de luto (passageiro) e seguir em frente.

  2. Dani diz

    Que delícia de campanha e iniciativa! Deu até um gás no meu domingo! Parabéns aos idealizadores e obrigado, Jovem, por compartilhar conosco!

  3. Jorgito diz

    O subtítulo do livro é “diário de um jovem soropositivo”. O livro foi escrito pelo JS daqui do blog?

  4. Matheus diz

    Bela iniciativa…quanto mais informação a sociedade em geral tiver sobre o hiv,menor será o preconceito.

  5. João diz

    Agora que eu sei,bola pra frente,usar as medicações,focar nos treinos,nos estudos e levar uma vida normal e evitar passar a maior parte do tempo buscando explicações.

  6. Juka diz

    Pessoal qual a chance de eu vier a sofrer lipodistrofia? Tomo o 3×1 há um ano e fui infectado há 1 ano e 10 meses.

  7. JV diz

    Que bacana. O Salvador conheço de vista. É da minha cidade ! Bacana a iniciativa.

  8. Bruno diz

    Oi, nunca escrevi aqui, mas acompanho o diário há quase um ano. Quero agradecer ao JV e a todos que, de forma otimista e respeitosa, ajudam e esclarecem a todos nós! Este blog me ajudou muito, mesmo antes de eu me descobrir soropositivo! Estou louco para sair do armário novamente!!! 🙂 Adorei essa postagem! Saúde e alegria a todos!

  9. Zen diz

    Que lindo video e o livro parece incrivel. Mudando um pouco de assunto, alguem sabe como andam o estudo e/ou aprovação do Pro140?

  10. Ed byington diz

    Alguém tem o email do Gil?
    Estou precisando falar com ele ou indicação de algum infectologista que atenda no Clementino Fraga e pela unimed , aqui na minha cidade João Pessoa.
    Minha infectologista pela unimed parou de clinicar e nao disse mais nada. Apenas que não ia clinicar e pedisse que procurasse outro infectologista.
    Pois eu faço exames e consultas pela unimed e pego remédio no hospital clamentino com a guia, daí a necessidade do médico estar vinculado ao hospital.
    Foi a primeira vez que me senti fragilizado após 2 anos de hiv.
    edbyington30@gmail.com

    • Caio PE diz

      Procure no google ou vá diretamente ao hospital. Verifique profissionais em Recife tb, já que as cidades são próximas.

    • Gil diz

      Olá!
      Meu e-mail é psicoglmr@gmail.com – Vou escrever para você daqui a pouquinho, pelo e-mail publicado. Escreva-me. O que puder fazer para te ajudar, ao meu alcance, ajudarei. Tenho algumas boas indicações.
      Abraço.

  11. L4L4EVER diz

    Eu e meu companheiro fomos diagnosticados com o vírus HIV à duas semanas eu com 24 anos e ele com 26, ainda temos muitas dúvidas e estamos ainda na fase da aceitação, eu estou mais tranquilo mas ele está muito triste e nervoso com toda a situação, ainda não tomam aos remédios e por isso estamos na maior tensão por causa dos efeitos colaterais, esse blog está me ajudando a ficar mais calmo e aceitar melhor tudo isso, parabéns por essa iniciativa! Gostaria de saber se existe algum grupo, vi aqui que fizeram no KIK, caso exista ainda, poderiam me passar algum Nick para me adicionarem.

    • Ph_T diz

      L4L4EVER, meu Kik é Ph_Tc
      Também descobri minha sorologia junto com meu namorado. Se quiser conversar.
      Manda msg.

    • Felipe diz

      Olá, tomo o 3×1 faz 6 meses….tive alguns poucos efeitos nas primeiras 2/3 semanas….nada demais….MESMO! Brincava que me dava um “barato” até gostoso, uma tontura de leve como se estivesse meio alegre de bebado…mas passou rápido. Tive um pouco de enjoo e também o chamado rash de pele (como uma alergia…bolinhas vermelhas discretas) o que é bem normal de acontecer, passou em dois dias com antialérgico e pronto…sem desespero. Mesmo que você venha a ter qualquer efeito fique tranquilo que não altera em nada sua vida. Passados esses primeiros dias você vai perceber que o remédio é o que vai te dar forças de saber que a vida continua e que você estará bem, a certeza disso será quando seus exames baixarem sensivelmente o número da carga viral e quando ficar indetectável vai ser uma alegria indescritível. Um conselho que funcionou muito pra mim, pare de ler tudo o que encontra na internet, pelo menos nesse começo. Esse blog é ótimo mas nem isso eu lia porque é difícil não ler os comentários e perguntas…. Nesse momento vocês devem se apoiar um ao outro e confiarem no seu médico. Muita informação só confunde quando estamos assim no choque inicial….deixe as coisas se acalmarem e os primeiros resultados chegarem, sem pressa. Façam isso e tenham a certeza de que ser + não faz praticamente nenhuma diferença na sua vida (1 comprimido por dia e só).

      • L4L4EVER diz

        Ótimas palavras, hoje estou mais tranquilo, não fico procurando nada mais na Internet, meu único medo era mesmo os remédios mas até esse medo está passando! Essa semana faço os exames e começou essa nova vida! Muito obrigado a todos.

  12. serginho diz

    Estou tomando o 3×1 faz uma semana não tive diarréias. .Nem vômitos. .Nem tô urinando colorido. .estava morrendo de medo dos efeitos colaterais e sofri apenas um leve enjôo um pouco depois que tomo a medicação. …Fiz dessa minha condição um recomeço. .Sou hetero e me infectei com garotas de programas….Mas fiz disso uma chance pra uma vida mais regrada..Abraços a todos….

    • Mayckon diz

      Olá Serginho, faço uso do medicamento desde março e também não tive nenhuma reação a não ser pesadelos na primeira semana. 😀

  13. Fábio diz

    Pessoal to tomando o 3×1 fiz exames de sangue meu TGO e TGP estão alterados, a hematologista disse que pode ser pela toxidade do remédio a grosso modo esses fatores tem haver com o fígado. Alguém já fez esse exame, sabe informar se é normal? Obrigado

    • Rodrigo diz

      Fabio, eu também tive essas enzimas alteradas desde o início do tratamento. Não se preocupe tanto. Estou há 5 anos em tratamento e nada de mais grave ocorreu com meu fígado até agora. Essas alterações são previsíveis e podem ter relação com outros fatores também, como esteatose, por exemplo.
      Com o acompanhamento médico periódico que fazemos, com certeza tudo ficará sob controle.

    • JJ diz

      Fábio, só seu infecto para responder com clareza, mas não se preocupe pois, apesar do hiv e dos medicamentos, somos privilegiados pois devido à nossa condição fazemos exames de sangue 3 ou 4 vezes ao ano, com muito mais chances de descobrir outras doenças e qqer complicação dos remedios.

    • Gil diz

      Procure seu médico. É o melhor a ser feito para redimir as suas dúvidas nesta área.

  14. Anderson diz

    Alguém soube dessa grande notícia que saiu em 2015 e foi publicada na revista Nature?

  15. Fersp diz

    Parabéns pelo trabalho do blog e linda campanha, é disso que precisamos, informação de qualidade. Muito obrigado por compartilhar.

  16. Caio PE diz

    Sei que todos ficam na expectativa de curas. Mas, opinião pessoal, acho que o mais indicado seria esquecer essas buscas que podem frustar muitas pessoas com resultados não promissores, pelo menos para os próximos anos. E o que fazer, atualmente, então? O que todos já sabem, de có e salteado: alimentar-se de forma saudável, exercícios físicis, abandonar vícios, vacinação atualizada (importantíssimo), vida social e psicológica saudável (busque ajuda psicológica se necessitar) e esquecer, pelo menos por enquanto, buscar freneticamente por curas. Novamente, opinião pessoal.

  17. Victor diz

    Acabei de sair da minha infecto. Ela disse que o 3×1 não é mais relacionado á lipodistrofia, mas sim ao acúmulo de gordura abdominal e na região posterior do pescoço (giba)… E que isso geralmente acontece após 1 ano. Alguém que tome o 3×1 há longo período e possa falar sobre isso?

    • Alexandre diz

      Victor, muito confusa a sua escrita. A sua infecto disse que o 3×1 nada tem a ver com liposdistrofia e sim o acúmulo de gordura no abdômen e no pescoço e que isso ocorre geralmente 1 ano depois. Mas 1 ano depois de que? Tente ser mais claro, pelo amor de Deus. Outra coisa, a lipodistrofia é associada ao acúmulo de gordura no abdômen e no pescoço? Cara, isso é a lipodistrofia em si, e não a causa dela, amigo. Ajuda aê, Vitão!!!

  18. gatabbg diz

    Ontem a tv globo mostrou aquele CHARLATAO, SAFADO chamado Paulo, que vive enganando as pessoas dizendo que cura o HIV com uma planta chamada mutamba, tem milhares de pessoas que foram e ainda estao sendo enganadas por esse parasita que se aproveita da fragilidade e sofrimento de pessoas e com isso ganhar dinheiro. Gente NAO COMPRE NADA DESSE LADRAO ele apenas esta enganando voces.

  19. Victor diz

    Escrevi mal mesmo Alexandre. Saí da consulta meio desnorteado. Ela disse que o 3×1 não está relacionado á lipodistrofia com perda de gordura na face… Mas sim ao acúmulo de gordura no abdome e na região cervical posterior (giba) e que esse acúmulo geralmente ocorre 1 ano após o início da TARV.

    • Olá Victor.
      Faço tratamento com o 3×1 há 1 ano e meio. Até agora, não vi nenhum efeito adverso que relacione o medicamento à lipodistrofia. Inclusive voltei ao meu peso ideal após adotar uma alimentação mais saudável. Com a redução do peso, as gordurinhas mal localizadas no abdômen também diminuíram! rsrsrsrs……Sugiro que você mantenha uma alimentação saudável e pratique exercícios físicos. No mais, muita saúde pra todos nós.

      Forte abraço!!

    • Caio PE diz

      Com atividade física regular e uma nutrição adequada esse problema é fortemente minimizado.

  20. Acreboy diz

    Belíssimo trabalho de conscientização. Nunca havia pensando no vírus como um segundo armário, todavia, após a iniciativa do canal futura, começo a pensar que é exatamente isto.
    De resto, seguimos nossas vidas vivendo e aprendendo o melhor que pudermos.
    Abs a todos.

  21. MR diz

    Estamos com vírus que já foi sentença de morte e o máximo que poderíamos fazer é ter que esperar o dia !e o pessoal preocupado com gordurinha …trocaria minha barriga tanquinho facilmente por não ter esse vírus,as discussões já foram de maior qualidade nesse fórum …o JS já postou a respeito é só ler link com os medicamentos atuais esse problema foi amenizado.o milagre já aconteceu os remédio estão ai …aproveita e viva!

  22. L4L4EVER diz

    Meu nick é L4L4EVEER lá no KIK, já adicionei o joaoarturlima e o Ph_Tc! Hoje eu e meu companheiro conversamos com uma psicóloga, estou mais tranquilo a cada dia!

  23. Neto diz

    Bom dia ,

    Fui diagnosticado em 01/08 as 15:02 , desde então vivo dias de ansiedade.
    Os primeiros 20 dias foram assustadores , mas agora parece que dentro do possível as coisas vão se ajeitar.
    Minha consulta foi dia 19 , fiz os exames complementares , todos normais.
    Meu cd 4 está 411 , e estou aguardando sair a carga viral para iniciar medicação.
    Estou com muito medo dos efeitos dos remédios , principalmente Ictericia e Lipodistrofia.
    Dias eu acordo bem , mas tem dias (como hoje) acordo com uma sensação de febre , corpo ruim , a algum tempo que sinto isso.

    • Fersp diz

      Tranquiliza seus pensamentos, se cuida, cuida do seu psicológico e inicia o tratamento. Que logo mais estará levando a vida novamente.

      O luto inicial é complicado, lidar com o sentimento, o medo, não é fácil, mas tem muita gente aprendendo a lidar, assim como você, conversa sobre o assunto, aprenda mais sobre o tratamento, veja a realidade atual que vivemos, e apague os fantasmas que a mente cria.

      Garanto que não é fácil, mas é possível de lidar e viver bem, muita coisa nossa mente exagera e cria absurdos que nunca irão acontecer.

      Se cuida,

      Abraços

  24. João diz

    Galera,o que sempre venho dizendo,evitem leituras assíduas e rotineiras na net,confiem no seu infecto,quanto mais ficar grilado as dúvidas e sentimentos depressivos irão surgir!A vida segue normalmente,usem as medicações,pratiquem exercícios,viajem,previnam-se,aproveitem a vida!! Kik:joaoarturlima

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s