Notícias
Comentários 144

Morre ativista Jucimara Moreira


agenciaaids

Morreu, neste sábado (21), aos 39 anos, Jucimara Moreira (foto abaixo), uma das ativistas mais importantes na luta contra a aids no Brasil. Mara, como era conhecida, fazia parte do Grupo Pela Vidda Rio, do Movimento Nacional das Cidadãs Posithivas e da Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV/Aids. Há mais de um mês, estava internada em estado grave e não resistiu. Os ativistas, que com ela lutaram por respeito, contra o preconceito e por melhorias na saúde para as pessoas vivendo com HIV/aids, amanheceram de luto, neste domingo (22).

“Mara praticamente encerra um ciclo de ativistas na luta contra a aids que fizeram de suas histórias uma pauta de ativismo.”

Mara fez muitos amigos, por quem foi muito querida. Sua morte causou manifestações de afeto e sentimentos nas redes sociais: “Mara praticamente encerra um ciclo de ativistas na luta contra a aids que fizeram de suas histórias uma pauta de ativismo, protagonismo e utopia. Mara em muitos momentos era um peixe fora d’água no GPV-RJ [Grupo Pela Vidda Rio], mas sempre resistia e não desistia. Às vezes, o estresse entre nós era brabo, mas fizemos muitas ações e projetos com muito êxito. Mara estará em paz, com certeza, pois ela plantou e colheu bons frutos. Mara presente!”, escreveu Márcio Villard, do Grupo Pela Vidda Rio, em sua página no Facebook.

Jucimara Moreira

Jucimara Moreira

Silvia Almeida, do GIV (Grupo de Incentivo à Vida), lembra com doçura o momento em que a conheceu e também lamenta a perda: “Conheci a Mara num encontro das Cidadãs Posithivas. Era sua primeira participação e tudo era novidade para ela. Carioca, trazida ao movimento por Aninha, outra companheira do Rio, Mara se encantou! Em pouco tempo, já era secretária do Movimento das Cidadãs, assim como atuante do Pela Vidda Rio, dando seu melhor. Riso largo e fácil… Posso fechar os olhos e ouvir sua risada alta e contagiante. Vai fazer falta, mas o céu ganhou uma guerreira”.

Sobre Mara:

Soropositiva desde os 18 anos, Jucimara cursou teologia na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e começou o tratamento com os medicamentos antirretrovirais em 8 de agosto de 1995, 1 ano e 3 meses antes de ser aprovada a lei (nº 9.313/96) que garantiu o acesso universal a todas as pessoas vivendo com aids.

Além das lutas que enfrentava por todas as pessoas com HIV, a ativista batalhava contra a falência terapêutica e a lipodistrofia. Mara também teve parte de sua história relatada em uma das novelas da “Globo”, “Páginas da Vida”, que foi ao ar em 2007.

“Precisamos cada vez mais de médicos como estes: competentes, sem preconceito, valorosos nesta luta tão árdua e militantes nesta causa que não é só nossa e sim de todos nós.”

Em 2014, em uma das homenagens que a Agência de Notícias da Aids fez no Dia do Médico, Mara, demonstrando a importância de sua militância, também deu seu depoimento: “Existem vários médicos que gostaria de homenagear neste dia tão especial, como Leonardo Maia, Brenda Hoagland, Sandra Wagner, Valdiléia Veloso, entre outros que, com seus esforços na luta contra esta epidemia, nos encorajam a continuar na luta. E que eles nunca desistam de nós, pois precisamos cada vez mais de médicos como estes: competentes, sem preconceito, valorosos nesta luta tão árdua e militantes nesta causa que não é só nossa e sim de todos nós. Precisamos cada dia mais de novos médicos que sejam infectados com o vírus da militância contra esta epidemia”.

Fonte : Redação da Agência de Notícias da Aids em 22/05/2016

Anúncios

144 comentários

    • Haroldo diz

      Mara foi infectada aos 18 anos, do marido, que também não sabia ser soropositivo. Ela viveu 21 anos, fez uso do primeiro coquetel, ainda na base do AZT. Os soropositivos de hoje em dia, ou que tenham descoberto há 12 ou 10 anos têm uma chance muito melhor. O importante é não esmorecer, tomar os medicamentos, comer com qualidade, fazer sempre atividade física. Mara viveu 21 anos com os medicamentos que danificavam o organismo com muita agressividade. Vamos lá! Força! Luta! Cabeça erguida!

  1. positivosempre@outlook.com diz

    Também fiquei triste com a notícia. O engraçado, ou irônico, nem sei bem que palavra usar, é que se fala tanto em sucesso terapêutico, mas os próprios médicos dão “alfinetadas” quanto ao tratamento. Falo da minha experiência, indetectável, com um aumento discreto nos triglicerídeos, ou vi do médico: “hum, é aqui onde mora o perigo pois o medicamento age na mitocôndria e gera a lipodistrofia”. O mesmo médico que me falou em risco 0 de lipodistrofia no início do tratamento.
    Soropositiva desde os 18 anos a ativista. E nós, quanto tempo viveremos? Quanta incerteza… Gostaria muito de perder essa pontinha de pessimismo que ainda tenho.
    Que Deus abençoe a todos os nós.
    Desculpa o desabafo.

    • Lima diz

      Infelizmente todos nós temos esse pessimismo por mais que seja quase inexistente mas ele está lá pois sabemos que todo o tratamento tem riscos e efeitos colaterais ( torcemos pra que cada vez nao exista isso!!) e o que me entristece às vezes é que por mais que eu tenha mais de 500 de cd4 e carga indetectável há mais de três anos, parece que não me sinto seguro ou não me sinto livre totalmente do medo do que o Hiv pode me causar! (Posso ter a melhor auto estima mas essa é a verdade) Vivo bem graças a Deus! Mas confesso que às vezes tenho medo principalmente sabendo que o Hiv pode Me causar! Mas enquanto isso vida que segue e como acontece esqueçamos mais do Hiv e vamos viver!

  2. Leitor+ diz

    Qual a causa da morte dessa mulher??
    Qual sentido esse post?
    Acho meio desserviço esse tipo de informação pela metade.

    • O post é uma homenagem à ativista.
      Também é bom para lembrar que na vida nem tudo são flores.
      Em relação à razão da morte, muitas vezes a família pede que se respeite a intimidade desse assunto. Outras vezes as causas ainda estão sendo confirmadas. Assim que soubermos (e se soubermos) a razão da morte será divulgada aqui.

      • Alexandre diz

        Pessoas com HIV também morrem precocemente por outras causas. Vai ver a mulher foi atropelada.

    • JCS diz

      De complicações da doença, provavelmente.

      Lembro da entrevista dela na série dos 30 anos da Aids produzida pelo Fantástico. Quero registrar minha profunda admiração pelas pessoas que, como ela, dão a cara pra bater a serviço da causa, no combate ao preconceito e em busca de melhoria nos serviços de assistência aos soropositivos. #RIPMara

  3. Pedro Dias diz

    O texto não deixa claro o motivo dela ter ficado 1 mês internada e oq veio levá-la a morte. Acredito que a mesma fazia tratamento como nós e teve um tempo tão curto de vida. Alguém poderia falar mais sobre?

    • diz

      Pedro com certeza ela fazia tratamento igual a nós, porém uma coisa é vc ser diagnosticado em 1995 e outra coisa é você ser diagnosticado depois de 2010 por exemplo. As descobertas são outras, a eficácia dos remédios também. Não se pode fazer um comparativo e nem tão pouco se desesperar ou cair numa angustia. O tempo em que vivemos é outro.
      E no caso dela pelas contas que fiz, já havia 21 anos de diagnóstico, podendo está a mais com a doença. Para os recém diagnosticados, não tenho dúvida, que se fizer o tratamento direitinho, aliado as novas descobertas e avanços nesse campo, viveremos décadas felizes e bem!

      • Revoltado diz

        Zé Mané mesmo, vai estudar primeiro antes de falar asneira…o efavirenz é quase tão velho como o diagnóstico dessa mulher, e é esse maravilhoso remédio que usam em quem é diagnosticado em 2016 (salvo uma minoria que tem acesso a medicamentos mais modernos), o tempo que vivemos é o mesmo. Ainda se receita AZT hoje em dia. Aliar-se a novas descobertas resolve porcaria nenhuma, os inibidores de integrase estão aí e são receitados pra quantos pacientes que você conhece? O que adianta existir medicamentos modernos, se não pudermos nos beneficiar deles…

        Alguns organismos sempre vão falhar.

        • diz

          O teor do teu comentário justifica seu nome. Como não sou REVOLTADO e sim educado e feliz só vou te falar isso!

          • Revoltado diz

            Por conta da sua educação e acreditar que irá mudar algo dessa forma, muitos companheiros de luta que sofrem com o mesmo problema que o nosso, deixarão em breve essa existência. Ou você esqueceu quantas pessoas morrem por ano no Brasil? No mundo? Algo que deveria ter acabado com o surgimento da Terapia Anti-Retroviral Altamente Ativa – HAART. E não aconteceu

            Seja feliz com isso, infelizmente, eu não sou, assistindo pessoas perderem a vida pelo simples fato que eu estou bem e que são outros tempos? Quais, onde perdemos vidas para tuberculose? Diarreia? Pneumonia? Sífilis?

            Alienação aos problemas que nos afetam direta e indiretamente, não traduz felicidade, Zé Feliz e Educado.

    • Haroldo diz

      Pedro, há um vídeo com o comentário dela no youtube. Mara casou virgem aos 18 anos e contraiu o vírus do marido. Ela chegou a tomar AZT por anos, o único medicamento da época. Houve várias trocas de coquetel a partir de 2010, pois o organismo dela não reagia bem. Fica um histórico de luta dela, que era uma defensora contumaz da terapia.

      • Alexandre diz

        Não tem como ela ter tomado AZT por anos, não. Ela foi diagnosticada em 1995 e já em 96 tínhamos a triterapia, agora, que ela tinha uma puta lipodistrofia, ela tinha. Uma barriga enorme e os braços da grossura de um macarrão. Como disse antes, ela pode ter morrido de outras causas que nada tem a ver com o HIV.

          • Ana diz

            Jovem, descobri ser soropositiva em outubro de 2015. Desde janeiro de 2016 estou usando o 3×1. Minha carga viral está indetectavel, meu cd4 300. Porém estou sentindo meu rosto afinar e minhas roupas estão ficando largas. Perdi apenas 2 kg após começar com a medicação, mas a impressão é q perdi mais. Minha médica pediu uns exames no qual deu alteração no fígado e colesterol alto. Enfim ela sugeriu a troca da medicação, deu duas alternativas: Disse de um remedio q em algumas pessoas causam olhos amarelados e outro combinação de 5 comprimidos. Vc poderia me dizer algo a respeito. Obrigada!

  4. Gustavo Alencar diz

    Fico muito triste em ler esta notícia. Infelizmente, meus pensamentos negativos sobre a condição e quanto tempo tenho de vida me desmotivam muito. Penso em desistir de vários planos =(

    • Haroldo diz

      Gustavo, o pensamento de morte nos abate se ela for o foco de nossas vidas! Coloque os planos à frente, eleja desejos e faça sim! Freud diz a pior morte é a do psiquismo! O que leva, por exemplo, uma pessoa “saudável” a se matar? A ausência de sentido para vida! Morre-se antes na formulação dos desejos! Pra frente, amigo, este inverno logo vai passar, logo, logo chega setembro, sol a pino, flores, perfumes e amores… vem pra vida!

    • felipe diz

      Amigo não desista, a vida é árdua para todos, independente da condição. Acredite em DEUS, isso não acaba aqui. Estamos em uma escola e cada existência(passagem aqui na terra) é uma aula no relógio da vida eterna. Continue perseverando sempre com alegria e coragem.

    • Amigo Jr diz

      Não desista NUNCA! Acredite, você é mais forte que tudo isso. Não deixe de viver, de sonhar, de planejar e realizar!
      Seguir o tratamento conforme a orientação, combinando a exercícios, boa alimentação e hábitos saudáveis é essencial (essa dica serve para todo mundo, positivos ou não).
      Fica bem, amigo!!

  5. Oej diz

    Gente, alguém me ajuda. Fui rejeitado por ser soropositivo pelos meus amgs e por um cara que tava conhecendo. Eu estou mal, não quero nem fazer o tratamento mais. Eu não tenho com quem contar. Estou muito desesperado.

    • Alex diz

      Se vc foi rejeitado por seus amigos, então não eram seus amigos. Pense bem, mesmo se vc não tivesse o vírus, iria continuar com esses “amigos”? Iria continuar com eles mesmo sabendo ser uma amizade tão frágil que não resiste a uma situação dessa? Talvez foi melhor terem ido, pra dar espaço para quem realmente vale a pena.

      Quanto ao “cara”, a mesma coisa, se te rejeitou por causa disso, não havia amor, ou se havia, era bem pouco, pouco o suficiente para ir embora por qlqr motivo, se não fosse pelo hiv seria por outro cara “mais interessante”.

      Não deixe de fazer o tratamento por causa disso, nem por nada, só vai te prejudicar e afundar mais no poço. Busque seguir em frente, na esperança de que agora coisas melhores podem vir, que agora tem mais espaço, e de alguma forma as vzs o HIV pode servir como um termômetro para saber quando vale a pena.

    • Gil diz

      Uma certeza vc tem: não estava com as pessoas certas a dominar o título de AMIGO.
      A ignorância é irmã-gêmea da maldade, sempre digo. Portanto, bola pra frente, que a vida lhe reserva momentos bons, se você deixar as oportunidades surgirem, estando bem e fazendo o bem.
      Se quiser, pode me escrever: psicoglmr@gmail.com

    • Mebellt diz

      Olá! Pode contar comigo! Baixe o aplicativo KIK e me chame lá: Mebellt
      😉

  6. Pedro Dias diz

    JS, Tem alguma consideração a fazer à respeito da nota publicada? O motivo real da morte, se houve alguma falha no tratamento dela, se a mesma tinha sua saúde “em dia” mesmo portando o HIV.

  7. Marcos diz

    Talvez a má adesão ao tratamento tenha resultado em alguma doença oportunista, tem muitos soropositivos que se tratam desde o início dos antiretrovirais e estão bem hoje, grande perda! https://youtu.be/ITj-s-PXqHA

  8. Lara diz

    Essa notícia me abalou! O que houve? Ela morreu por conta da falha terapêutica que abriu espaço para alguma doença oportunista? Gente a matéria é muito superficial e isso me faz pensar em inúmeras possibilidades… Vai chegar uma hora que não teremos mais remédios que consigam combater o vírus ? Também me foi dito sobre lipodistrofia zero. Alguém
    Me dá uma luz por favor!

  9. Pessoal, fiquem calmos! É uma notícia triste, mas é MUITO raro falência no tratamento. Como ela deve ter iniciado seu tratamento com o AZT ou outras drogas mais antigas, talvez o organismo dela tenha se desgastado. Vamos esperar pra ver se o JS tem mais informações para complementar a notícia.
    É muito importante que todos saibam que hoje existe medicamentos extremamente eficazes que são chamados de RESGATE, ou seja, pacientes multi experimentados (já tomaram vários esquemas de ARV) ou que apresentam alguma resistência podem contar com esses medicamentos que ajudam na falha terapêutico ou clinica. O Dolutegravir, por exemplo, que é uma FERRARI das ARVs, no Brasil, é usado como resgate e tem demonstrado uma eficácia enorme, conseguindo trazer a imunossupressão em menos de 45 dias, mesmo o paciente tendo alguma resistência.
    A parte de todos é manter sua vida normal, adicionada de atividades físicas, alimentação saudável, sono e nunca esquecer de trabalhar o emocional, pois ele é fundamental para termos uma saúde plena.

  10. Luquinha diz

    Não há lagrimas que possam conter essa dor . Descanse em paz .

  11. Joseph diz

    Sinceramente, não acho bom esse tipo de notícia, sem ter nenhuma informação concreta. Muitas pessoas aqui no blog precisam de algum apoio emocional, e provavelmente tem recem-diagnosticados aqui. E esse tipo de notícia abre espaço para fantasias de pessoas com emocional não tão. bom.
    Bom, mas enfim, minha opinião é a seguinte: pessoal, este é um caso que não sabemos o que aconteceu e como aconteceu, não vamos sofrer por isso. Pessoas com hiv também morrem, e nem sempre de hiv ou de algo ligado a ele. Não vamos colocar tudo em função do hiv ou de nosso tratamento.

  12. Thiago Santos diz

    Muito pode se questionar quanto ao motivo de sua morte, certas preocupações e questionamentos, mais o legado e tudo que foi feito por aqueles que hoje convivem com o problema, é algo digno d e respeitto e admiração , vai mais um anjo e que. outras pessoas a tenha como exemplo pra continuar, fazer algo diferente. em beneficio do próximo.

  13. Ricardo - Guarulhos diz

    De fato até mesmo para nos dar maiores informações seria ideal saber exatamente a “causa mortis” da Mara…sei lá, ficou incompleta a matéria, o que houve ? Falha no tratamento, zica virus, H1N1, Pneumonia, acidente ? E que ela descanse em paz.

  14. Kadu diz

    Gente , eu descobrir que tenho HIV a um mês… Ontem tomei o primeiro comprimido.
    Fiquei muito zonzo, e tb tive sonhos esquesitos…. A sensação foi de está drogado.

    Estou mau, cabeça milhões de coisas , tenho 23 anos, vaidosos, medo.
    Essa notícia me deixou balado, e me fez pensar quanto tempo eu tenho.

    Me falem , o 3 em um da esses efeitos mesmo ? Passa com o tempo ?

    • Ser+H diz

      Kadu esses são os efeitos do efavirenz. Estou na terapia há um ano e para mim esses efeitos permanecem. Para dormir tenho que tomar umas 4/5 gotas de Rivotril toda noite. Todavia, tem pessoas que se adaptam melhor e logo desaparecem os efeitos. O médico e a farmacêutica sempre me recomendam tomar muita água. Alimente-se bem, faça exercícios e tente de tudo para dormir bem. É essencial para que seu organismo se adapte o quanto antes. Não se preocupe com demasia e nem se desespere. É apenas uma fase. Vai passar. O tratamento vai dar certo.

      • Vivendopositivo diz

        Ser+H, também tomo 5 gotas de rivotril junto com o 3×1 a noite e notei que MESMO comendo pizza ou qualquer coisa gordurosa, não fico mais tonto. Sem tomar o rivotril, dependendo do que como fico com ouvido zumbindo e levemente tonto. Fica a dica pra que ainda fica tonto. Quando eu tomava as 10h da manha o 3×1, durante o trabalho, notei também que tomando muita agua, o efeito diminuia muito. Uma coisa que notei é que meus dentes molares andam desgastando muito por conta do bruxismo por causa desses sonhos perturbadores, tô usando placa agora pra dormir.

    • Antonio diz

      Ola Kadu, quer trocar ideia via e-mail (antonio_almeica@gmail.com)

      A partir de uma semana fica normal geralmente

    • Luiz Carlos diz

      Calma Kadu, você acabou de tomar seu primeiro comprimido, é normal ter medo e pensar em milhões de coisas negativas, mas temos que levar um dia de cada vez.

      O Efavirenz, um dos componentes do 3 em 1, costuma causar tonturas, pesadelos, sonhos que se parecem reais, sensação de estar bêbado e rash cutâneo. Estes efeitos normalmente são transitórios e devem desaparecer quase completamente após o primeiro mês de tratamento.

      Caso os efeitos não passem, ou depois de alguns meses você ainda tenha algum desconforto, sempre é possível mudar a medicação, mas é importante conversar com seu médico e sempre manter o tratamento, sem nunca deixar de tomar a medicação.

      Hoje em dia a expectativa de vida com as terapias que temos é muito semelhante a de uma pessoa que não possui HIV. Não há nada com o que se preocupar por conta da matéria.

      Qualquer coisa, estamos aí 🙂

    • Herico diz

      Kadu estou prestes a iniciar o tratamento. Com medo dos efeitos colaterais e de como esse efeitos podem ter impacto no meu trabalho. Por favor entre em contato com migo p falar da sua experiência como estar sendo. Confesso que a notícia me causou um impacto sobre quanto tempo tenho. Me preocupa o fato q parece que o medicamento eleva os trigicerideos, os meus sem iniciar o tratamento já são considerados alto quase muito alto. Quanto medo estou de mais essa fase na vida pós contaminação hiv.
      Contatos: hericoantunes@hotmail.com
      Kik Herico_Antunes

    • Pedro diz

      Kadu, então com o tempo esses efeitos passam. Cuidado com oq vc come evite alimentos gordurosos, ( P mim até chocolate não era bom) hj depois de um ano já não sinto mais esses efeitos e tb não tenho mais esses sonhos. Porém no começo foi realmente difícil.

    • Kadu diz

      Nossa! Acabei de postar um comentário identico. Aconteceu a mesma coisa comigo, inclusive usei o mesmo nome que você. Você ainda tem sentido muito os efeitos? Ontem fiz o primeiro comprimido e tive uma tontura muito muito forte. Acordei ainda um pouco tonto e passei o dia assim, mas com uma melhora gradativa. Estou bastante assustado. Você ainda sente os efeitos?

  15. Rodrigo diz

    Uma pena… Graças a pessoas como ela é que hoje podemos contar com tratamento universal, gratuito e de alta eficácia. Temos de prestar todas as honras a elas.
    Outra coisa: no post anterior (Dinamarca…), muita gente relatou o fato de que a farmácia tem pedido exame de CD4 para entregar os medicamentos. Essa é uma situação nacional, uma nova diretriz, ou casos isolados? Na segunda hipótese, de que cidades vcs, que passaram por essa exigência, são?

  16. Pedro Dias diz

    Aproveitando o post novo, gostaria de sugerir ao JS que fizesse um post sobre os efeitos colaterais que os remédios trazem para p nosso organismo, em quanto tempo estimado, etc. o que mais me preocupa hoje em dia em relação ao hiv são as mudanças que meu organismo irá sofrer ao longo do tempo (rins, etc) . Poderia abrir um post para novas discussões sobre o assunto, JS!? Grato

  17. Pablo diz

    Amigos, alguém ja fez uso da Nimesulida? Acordei ontem com uma dorzinha de garganta e liguei pro meu infecto. Ele recomendou esse anti-inflamatório. Mas dei uma lida sobre ele e fiquei apavorado com seus efeitos sobre o fígado, ja não bastassem os danos do 3×1. Alguém já tomou? É eficiente?

    • Lima diz

      Nunca tomei, mas ele é um bom anti-inflamatório! Não use ele por muitos dias, no máximo três ou quatro dias! Mas tire suas dúvidas com seu médico….

    • ARLAN diz

      é muito eficiente sim,quanto a danos no figado todos os medicamentos causam todos os alimentos bebidas e tudo mais que entra no seu organismo não se preocupe com isso.. abraco

  18. Alex. diz

    Post triste por vários motivos, embora necessário, já que pelo menos eu prefiro saber uma verdade triste do que uma mentira ou omissão que cause falsa esperança.

    Primeiro pela própria morte em si, independente de causa. Segundo pela situação da morte, que dá a entender que foi determinada pelo HIV. Isso levanta dúvidas, medos e ilusões. Muito se fala que ninguém morre mais por causa do hiv, desde que fazendo o tratamento corretamente, e como dito, ela não somente aparentava fazer o tratamento correto, como era ativista, sendo presumidamente conhecedora da causa e meios de acesso ao tratamento.

    Depois essa notícia da morte meio que mata também (ou ameaça) uma esperança ou crença tida por muitos, a de que hoje em dia ninguém morre mais por causa do hiv desde que em tratamento e poderá viver normalmente.

    Afinal, existiria uma verdade que não se conta? Com esse vírus a maioria de nós então tem um prazo de validade menor? Por volta de 20 anos, seria esse o prazo? Aí alguém pode dizer que o ser humano por si só possui prazo de validade, mas diria que não necessariamente, a medicina tá cada vez mais com pesquisas que visam prolongar a expectativa das pessoas.

    Os remédios possuem um limite de atuação antes de causarem falha terapêutica? E se possuem limite, não é contornável? Se os remédios atuais não causam lipodistrofia, porque ela estava lutando contra isso?

  19. Neto diz

    Meu Deus que futuro nos espera?? Odeio esse vírus. Odeio ser soropositivo. Preciso de uma cura. Não aguento mais.

  20. Pedro Dias diz

    Meu infecto me indicou azitromicina por 5 dias
    quando tivee problema de garganta.

    • Vivendopositivo diz

      Azitromicina é antibiótico, não anti-inflamatório. Só deve tomar depois de uma consulta médica pra verificar se é infecção por bactéria o motivo da dor, mesmo porque precisa de prescrição pra comprar.

  21. Luquinha diz

    Mara Moreira não esta mais entre nós , uma verdadeira cristã , formada em Teologia , Itaguaí chora , mais o céu esta em festa , porque o verdadeiro cristão não é racista , o verdadeiro cristão não tem preconceito com gay, o verdadeiro cristão não faz diferença entre rico e pobre .
    Resumindo ” Mara “você aderiu ao cristianismo uma religião ensinada por Jesus de Nazaré ,vai preparando muitas moradas para nós minha linda .

    Luquinha -Luto

  22. Bahiuno diz

    Uma pena a morte dessa ativista. E como os amigos já relataram, uma notícia dessa abre espaço para deixarmo-nos abater por certo péssimismo quanto ao nosso futuro. Quanto tempo de vida nos restará? Sobre a brevidade da vida simplesmente não sabemos nada, sendo soropositivo ou não. Fui diagnosticado em novembro de 2015 e de lá para cá perdi dois amigos de acidente de carro. Vou começar o tratamento na próxima semana e entre viver acreditando que vou morrer logo ou que terei uma vida plena, opto pela última alternativa. Quando li essa notícia, logo me veio a mente Paulo Roberto, um participante do blog que tem mais de 20 anos de tratamento e está bem de saúde. E assim acredito que vou ficar. Se houver falha terapêutica comigo e eu chegar a falecer daqui 2, 5, 10 anos, terei a certeza que aproveitei o máximo do tempo que a vida me ofereceu.
    Muita luz.

    • Ser+H diz

      Você não morrerá por causa do HIV se fizer o tratamento direitinho. Na história nunca houve retrocesso na medicina e no conhecimento humano. Novas drogas surgirão em breve, menos danosas e mais eficazes. Há 20 anos havia um verdadeiro coquetel de drogas. Hj apenas um comprimido ao dia. Amanhã uma injeção por mês e em seguidinha a cura, seja esterilizante ou terapêutica. Não perca de vista a esperança e não desgrude da confiança, pois essa palavra significa COM FÉ. Fé na vida fé no que virá. No meu CTA não tem nenhum caso de óbito de paciente que está na terapia. Isso é animador e me encoraja a seguir em frente. Quantas pessoas conhecemos que negligenciam a saúde com excesso de drogas, álcool, cigarro… e por vezes até desconhecem que são soropositivas. Como diz o meu infectologista, não tem ninguém 100%. Está com medo do futuro? Você tem essa dúvida ao atravessar uma rua, dirigir um carro ou embarcar num avião? Não, porque tem confiança em si mesmo. Somos capazes de superar esse momento porque a força está com cada um de nós.

  23. Maxwell diz

    Que descanse em Paz. Não a conhecia mas sendo uma ativista me faz a admirá-la muito por “dar a cara tapa” numa sociedade preconceituosa e ajudar dando apoio aos novos infectados e lutando por melhorias no âmbito político por melhores tratamentos para todos nós.
    No início da minha descoberta a primeira pessoa que conheci pessoalmente foi um atendente de uma ONG que me deu palavras de conforto e esperança pra seguir em frente. Hoje ele também não está mais entre nós mas quero que ele saiba que onde ele estiver eu o agradeço muito por aquele abraço, por aquelas palavras e que espero que assim como ele me deu forças num momento mais difícil da minha vida eu possa também ajudar outros que passam pela mesma situação que todos nós. E vida que segue.

  24. sampa26 diz

    Pessoal, muita calma nessa hora PRO140 está vindo ae!

    Charlie Sheen se sentindo “incrível”, devido ao julgamento nova droga HIV
    Publicado em: 21 de maio de 2016 16:11 Última Atualização: 21 de maio de 2016 16:11

    JOHANNESBURG: Parece que Charlie Sheen está melhorando agora, como ele revelou que se sente “incrível” desde que assumiu uma droga experimental HIV.

    A estrela de 50 anos de idade, que veio a público com sua condição em novembro passado durante uma aparição na TV ao vivo, admitindo que ele tinha conhecido sua situação de cerca de quatro anos, afirmou que ele está se sentindo melhor do que nunca depois de embarcar em um novo tratamento chamado PRO 140 , Canal 24 informou.

    Em uma entrevista, ele disse: “Na verdade, estou envolvido em um julgamento FDA [Food and Drug Administration], onde ele vai mudar a paisagem imediata do tratamento do HIV. É uma empresa chamada Cytodyne e um tratamento chamado PRO 140. E em vez de tomar os comprimidos todos os dias, é um tiro a cada semana “.

    O ‘Two and a Half Men’ estrela, que é, na minha terceira semana do tratamento, acrescentou: “Então eu vou para o meu médico e ele administra isso. Eu já me sinto incrível, porque tomar os comprimidos todos os dias, que é um pouco tóxica você sabe. Este é exatamente o oposto, por isso estamos muito animado com a perspectiva de que isso. ”

    Ele acrescentou: “E você sabe, se eu apenas aceitá-lo como esta é parte da minha vida, então é muito mais fácil de lidar.”

    Anteriormente, Sheen tinha iniciado um tratamento controverso no México com o Dr. Sam Chachoua, que lhe disse que o leite de cabra artríticas poderia curar a doença e o ator diz que foi um “erro”, pois “era uma espécie de confusão.”

  25. Pablo diz

    Esse blog pra mim é como um oásis no deserto. Sempre que leio saio reconfortado. Esse notícia é muito chocante mas não podemos nos deixar abater. Sempre que faço algum questionamento aqui, umas dúvidas sobre tratamento e tal, sempre ho respostas boas. Mas essas neuras sobre saúde sempre surgem, principalmente qdo algo não vai bem. Já estou indetectável, mas esse simples dorzinha de garganta pela manhã já tirou minha paz. Ja ta melhorando graças a Deus. Moro aqui no sul e essas mudanças climáticas bruscas derrubaram mexem com a saúde de muita gente.

  26. Junior-Guarulhos diz

    Que descanse em paz!!!
    Que Deus conforte a família. Uma perda grande. E que de onde ela estiver possa nos iluminar e nos ajudar na luta por dias melhores…

  27. Guto diz

    Meus sentimentos a família… Que Deus a receba em sua infinita bondade… Com certeza realizou sua jornada por aqui com maestria. Sei que quando nos deparamos com notícias assim é normal bater um certo pessimismo… Mas sabe o que eu acho? É a única certeza que temos… Acredito fielmente que ninguém nos deixa fora da hora… Prefiro acreditar que lá tudo é lindo e sem sofrimento. Por isso, vamos vivendo intensamente e com responsabilidade. Sejamos felizes e otimistas. Um beijo no coração de cada um de vocês.

  28. Henrique diz

    Pessoal vamos criar um grupo no watsap q tal? Sem putaria por favor…fazer amizade e tal!

    • Henrique diz

      Coloquem quem quiser é claro rs o número do watsap ak q eu crio o grupo…de amigos para esclarecer dúvidas etc…

  29. Marcio Mais diz

    Causa da morte, poderiam divulgar?
    É algo quase que obrigatório para nós leitores que ficamos muito aflitos quando vemos um soropositivo jovem morrer assim tão cedo.

  30. _TDSH diz

    Está assustado, com medo, na dúvida? Chega de procurar pelo em ovo.

    A UNICA maneira de ficar vivo e saudável é tomar o medicamento todo dia em 99% dos casos.

    Atualmente os efeitos do HIV no organismo e colaterais dos medicamentos são tratáveis e temos formas de contorná-los.

    Não tome seu remédio diariamente, e sim vc terá sérios problemas no médio longo prazo da sua vida, se tiver esta chance.

    Aos recém diagnosticados, logo mais percebe-se que o HIV terá uma pequeníssima importância em sua vida. E que ele não é capaz de mudar seus planos de vida por tanto tempo.
    Bora se tratar!

    p.s.: pessoas não são planos, elas vem e vão.

  31. Thiago santos diz

    Bom tarde a todos, fico muito triste vendo alguns comentários onde algumas pessoas se retratam da ativista mara ( como aquela mulher), aquela mulher que lutou, que brigou até o ultimo minuto por acreditar que é possivel fazer direfente, ao contrario de algumas pessoas que acham que o simples fato de existir é suficiente, revoltado e cia, tem muita gente precisando de vcs, façam diferente e encontre o verdadeiro motivo de estarem aqui.
    Estou no kik Tjwilkson.

  32. Bruno Machado diz

    Sou portador do vírus a pouco tempo.
    Eu descobri a 1 mês.
    Tive um pequeno período de luto. Mas as circunstâncias da vida me mostraram que o vírus não determinam meu fim.
    Pare e pense. Seja crítico. E não comentarista.
    Não importa de que essa mulher padeceu. Ela tinha HIV e chegou sua vez. Importante foi o legado que ela possa ter deixado para as pessoas que amavam ela.
    O HIV não vai mudar sua vida. Chega de mimimi.
    Trabalhe. Ore. Coma. Durma. Se exercite!

    Animale.mga@hotmail.com

  33. Jonas diz

    Comentei aqui um pouco da minha história e o início do meu tratamento com o 3×1. Quando iniciei, claro que a primeira pergunta que fiz a minha infecto foi a perspectiva de tornar-me indetectável. Ela prontamente me respondeu que essa era a meta e que isso podia acontecer a partir do sexto mês. Para acompanhar o TARV ela me pediu para fazer exames de sangue na sexta semana, ou seja, toda aquela parafernália de amostras do hemograma a CD4, carga viral etc. Ontem saiu os resultados. Quão grande foi a minha surpresa! Em 1 mês e 2 semanas meu CD4 e CD8 aumentaram cerca de 6% e o mais importante é que já me tornei INDETECTÁVEL. A primeira coisa que fiz foi agradecer ao poder superior e contar para minha esposa, companheira de todas as horas. Hoje, não podia deixar de compartilhar com vocês, principalmente aqueles que estão recém diagnosticados ou iniciando TARV. Não desistam! Vale a pena lutar. Cabeça erguida vamos trilhar o novo caminho que se apresenta. Agradeço muito a este blog que também me apresentou novas lentes a fim de que eu pudesse enxergar melhor a minha nova condição. Quanto
    a Jucimara, nada de lamentação. Ela partiu para um lugar melhor e nos deixa um grande legado de que lutar em prol de si mesma e de uma coletividade. É um belo gesto de amor. Cumpriu o maior mandamento “amar o próximo com a si mesma”. Lembra Vivi?: “Deus é amor”. Deve ter partido na serenidade e foi acolhida pelos anjos. Segue Guerreira! A vida é eterna. A luta continua. Obrigado por ter lutado por tantos que nem conhecia. Segue o teu caminho na outra dimensão da vida. “Da luta não se foge”.

  34. Kadu diz

    Gente vocês sempre tão educados…. Muito obrigado.
    Ontem tomei o 3 comprimido , e confesso que não sentir nada , mas eu sempre malhei, como muito bem. Bebo água.
    Estou tendo apoio do meu namorado, só uma pergunta .
    No primeiro dia z eu tomei o remédio as 11 , de estômago vazio, e fui dormir tarde , agora passei a tomar o remédio antes de dormi , independente da hora , alguém toma mais assim ?
    Confesso que tenho medo ainda … Essa coisa de ficar indetectável ainda não me apeguei… Mas as pessoas costumam ficar muito tempo indetectável?
    Eu penso tanto deus nesse momento, e o quantonfui falho na hora H.
    23 anos , e agora uma.dúvida surge, quanto tempo o HIV vai fica quieto em mim …
    BJ pessoal

    • Ser+H diz

      Depende. 1. Da sua adesão ao tratamento. 2. Se evitar reinfecção. 3. Do seu sistema imunológico. 4. Da sua alimentação e exercícios. A TARV apenas evita a proliferação do HIV. Quem deixa sua CV indetectável é o teu sistema imunológico. O HIV é danadinho. Tem alta capacidade de mutação. Se outra cepa do vírus entrar no seu corpo que tenha resistência ao medicamento certamente vc terá que passar para nova linha de ARV. Seguindo as recomendações do médico não tenha dúvida: vc viverá bem e feliz. A diferença de antes é que vc agora tem uma doença crônica e por ora sem cura. Mas o mundo não acaba por causa disso. Vc vai descobrir forças dentro de si que jamais pensaria que tivesse para superar isso. É o tempo de se conhecer melhor, seus limites e capacidades.

    • Antonio diz

      Eu tomava antes de dormir, agora acho melhor tomar de manha, tomo e vou trabalhar, no fds tomo quando acordo, seja a hora que for.

  35. Guerreiro Azul diz

    Bom dia,
    Estou buscando, para conversas, troca de experiências, pessoas que tenham hipersensibilidade ao uso de arvs, que tenham farmacodermia (reações alérgicas), mesmo após meses ou ano de tratamento.
    Meu Kik é Guerreirodf77.
    Obrigado!

  36. +++ diz

    Jonas qual era sua carga viral do primeiro exame pra ter ficado indetectável em 1 mês de tratamento?

  37. eny diz

    Eny
    Pessoal bom dia , descobri ser soro positiva no dia 30 de março deste ano, quis morrer naquele momento, ainda irá fazer dois meses nem comecei ainda o tratamento , não sinto nada , até agora nem uma gripe me acometeu graças a Deus , estou a espera dos resultados da carga viral e dos CD4 TÔ AINDA ME ACOSTUMANDO COM ESSA NOVA LINGUAGEM, Bom estou com medo dos efeitos colaterais , moro sozinha ,não contei nada pra minha família apenas 2 amigas e um quase namorado que está me dando força , mais acredito que ele esfriou um pouco depois da noticia , ele graças a Deus é negativo pois sempre usamos o preservativo , na verdade estamos no inicio começamos em janeiro e estava maravilhoso nosso relacionamento , apesar dele ser muito meu amigo , sinto que não irá conseguir continuar comigo e isso está me entristecendo , enfim quero lutar , e quero viver o dia como se fosse o ultimo , mas confesso que tenho medo, e muitas vezes acho que não vou conseguir ter mais alegria , a alegria de viver que eu tinha. Enfim , Só temos uma coisa a fazer continuar lutando e vivendo , ou desistir de tudo. Eu continuar ATÉ QUANDO DEUS QUISER. E QUE ELE ME DÊ MUITA FORÇA , FÉ E ÂNIMO. UM ABRAÇO EM TODOS.

  38. anjo (terapeuta) diz

    Desde sedo quero falar algo mas nao encontrava as palavras certas e talvez ainda nao as tenho mas falar e preciso. Parece que tem muita gente mais preocupada cm o tempo de vida q com a forma de viver o tempo q resta. Todos iremos morrer portadores ou nao irao morrer, eu escolho viver bem cada dia… vc que esta lendo agora cm que se preocupa com o tempo ou cm a qualidade do tempo vivido? Seja feliz ainda ha tempo pra isso e quando chegar sua hora vc possa dizer valeu a pena ter vivido.

  39. Kadu diz

    Olá, fui diagnosticado há mais ou menos um mês. Comecei o três em um ontem, foi meu primeiro comprimido. Tive muita muita tontura e desequilibrio. O farmacêutico me avisou que isso seria comum mas não imaginava que seria tão forte. Hoje durante o dia passei o dia com algumas tonturas e um pouco de mal estar, nada grave. Gostaria de saber os relatos de como foi o inicio do tratamento de quem usa este mesmo medicamento. É sempre assim tão forte? Demora muito para o organismo se acostumar? Fiquei assustado 😦 É tudo muito novo pra mim, não consigo pensar em outra coisa. Meu CD4 é bem alto, quase 900 e minha carga viral está em 3000 e alguma coisa. Mesmo assim, estou um pouco assustado.

  40. Eu+ diz

    Gente, realmente fica difícil alguma perspectiva factível em relação a cura. O infectologista que me acompanha disse que acredita na cura até 2020. Mas, por outro lado, encontramos outros relatos desanimadores também. Eu ainda acredito, no fundo, que a cura já exista mas que a indústria farmacêutica prefira lucrar bilhões com o tratamento atual. Acredito nessa ‘teoria da conspiração’ não somente em relação ao HIV, mas no tocante a outras doenças também. Achei essa matéria aqui e fiquei bem desanimado.

    http://atarde.uol.com.br/muito/noticias/1765183-o-hiv-esta-longe-de-ser-contido

    Ah, gostaria de alguém que conviva já há algum tempo com o vírus, pra conversar pelo Skype. Ainda não consegui encontrar alguém com paciência e afim de conversar a respeito. Obrigado.

    • Alexandre diz

      Entrevista antiga. Isso é uma republicação tão ultrapassada quanto o “achismo” desse infectologista.

  41. cariocarj diz

    Viver é preciso ! Então viva da melhor maneira possível ! Coloque AMOR em sua Vida, no seu semelhante ! A verdade é que todos nós um dia vamos morrer um dia independente de hiv ou não, ninguém nasceu pra semente. Vamos viver da melhor maneira possível e com muita fé em dias melhores ao nosso Criador ! Amém.

  42. Guerreiro Azul diz

    Bom dia,
    Gostaria de trocar experiências com pessoas que mesmo após meses ou anos de tratamento têm hipersensibilidade ao uso dos remédios, que ainda causam farmacodermia (reações alérgicas).
    Meu Kik é guerreirodf77

  43. Guerreiro Azul diz

    Bom dia,
    Gostaria de trocar experiências com pessoas que mesmo após meses ou anos de tratamento se mantém com hipersensibilidade aos arvs, que ainda têm farmacodermia (alergia aos remédios).
    Meu KIK é guerreirodf77

  44. P+ diz

    Pessoas, me rendi ao KIK Messenger.

    Podem me add, pfv? É pspoz
    Parece que tem um grupo também, né? Quero participar! 😀
    Valeus

    • sandra s diz

      Gente boa noite eu quería tirar unas duvidas e falar com alguem que tem a doenca bastante tempo e tbem quem quiser meu zap e 9 5795 1786

  45. Ana diz

    Tenho sofrido esses dias quando penso que tenho hiv. Preciso muito de fé e conversar com quem me entende, que tenha o mesmo que eu me ajudaria muito. As vezes até esqueço q tenho isso, estou me recuperando de uma cirurgia e nesse período tô bem sensível e com medo com relação ao futuro. Agradeceria se pudessem me ajudar a passar por isso.

  46. Luquinha diz

    Ana guando agente descobre agente canta ” meu mundo caiu ” mais saiba que o tempo é o maior remédio , tudo isso vai passar tenha fé .
    Quando somos diagnosticados , nos fazemos uma pergunta porque comigo ? Sofremos , achamos que vamos morrer , e começamos a nós preocupar pois de primeira achamos que recebemos uma sentença de morte , mais não se ligue nisso pois a morte faz parte , e como o Alexandre disse , podemos ate mesmo morrer de outra coisa .
    Ana o que nós faz tanto sofrer ,é por ser uma doença ligada ao preconceito , ninguém quer ser o patinho feio ,o ANJO TERAPEUTA foi muito sábio em suas palavras , ao dizer que nos nós preocupamos com o tempo a ser vivido , ou seja quantidade e não qualidade .
    Minha linda não sofra , saiba que tem milhares de pessoas que realmente estão sofrendo em um leito de hospital , com dor , esta semana fui há Petrópolis , visitar uma pessoa bem próxima a mim , que esta com câncer na próstata , e lá vi o sofrimento , vi uma mulher aparentando uns 40 anos , ela gritava ,mais ela gritava de dor , nem as drogas mais fortes já estavam dando solução , simplesmente ela pedia para morrer de tamanha a dor , não há dinheiro , não há conhecimento que ameniza essa dor , ( muito doloroso )
    Minha cara Ana vai passar , tente ficar bem pois será bom para você se recuperar o mais rápido dessa cirurgia .
    Boa sorte !

  47. Acreboy diz

    O que me impressiona é o quanto a grande massa costuma comparar a sua vida com a alheia como se todos nós estivéssemos fadados a vivenciar as mesmas experiências e as mesmas consequências destas.
    A notícia do falecimento da moça – que por sinal muito sequer a conheciam – é um assunto triste, porém, de forma alguma, devemos esmorecer.
    Que sentido faz ficarmos nós ocupando com a ideia de quanto tempo teremos a mais de vida? Não seria mais sensato nós ocuparmos com o fato de estarmos vivos? Com o fato de estarmos em tratamento? Com o fato de estarmos saudáveis?
    A morte é algo tão natural quanto nascer. Parem de mimimimi, parem de vitimismo, parem de se ocupar com a possibilidade de quanto tempo ainda te resta de vida.
    Ocupe o seu tempo com o que realmente importa: a vida.
    Faça por onde.
    Um abraço.
    Luz no coração de todos 😉

  48. Esperança diz

    SerFeliz essa tecnica do Chrispr já mostrou que o HIV volta ainda mais intenso após a técnica. Não foi dessa vez

  49. Wagner diz

    Notícia triste, desanimadora… do tipo.. ela viveu 21 anos… e nós vamos viver quantos? já devemos fazer a contagem regressiva com base na vida dela? ou será menos tempo… É absolutamente nojento que em pleno 2016, não se tenha a cura da aids. E imagino que não haja interesse de ter, já que ela não deve atingir prioritamente brancos/ricos. Vivemos no capitalismo, e ao mercado interessa muito mais o ciclo dos medicamentos, do que o fim dessa doença. Há anos e anos vendem a publicidade de que a cura esta próxima… e daqui a mais anos e anos e anos… enfim… ai será que a matemática desses 21 anos que talvez foram muitos(não sei, não tenho ideia) vai dar a chance de ver essa tal cura que nunca chega?

  50. Roger diz

    http://mobile.aidsmap.com/page/3057984/

    NOVOS EFEITOS COLATERAIS SEVEROS DESCOBERTOS COM O USO DO EFAVIRENZ (Composto do 3×1).

    Quando remédios menos tóxicos vão chegar pra gente? Quando?????? Enquanto Europa utiliza remédios com menos efeitos colaterais, Brasil está parado no atraso.

  51. Leo de SP diz

    Boa noite, tudo bem? Pessoal, preciso de AJUDA. Estou em tratamento de HIV desde Agosto do ano passado. Fui ao CRT esta terça e quarta buscar os medicamentos, pois eles estavam acabando e minha próxima consulta é só dia 20-06. Nos dois dias, o local não tinha médicos. Me orientaram a retornar hoje depois das 17h, pois a espera no dia era de mais de 4 horas e a farmácia ia fechar. Pois hoje retornei e fui informado que, por ser ponto facultativo, a farmácia não funciona. Ou seja, fiquei sem remédio. Eles não estavam fazendo atendimento, nem quiseram saber o motivo. Liguei no Emílio Ribas, que me informou que a farmácia só volta a funcionar segunda. Meu remédio terminou ontem! Liquei no Disque AIDS e só chama. O que eu faço? Preciso de ajuda, senão ficarei três dias seguidos sem medicação. Por favor, alguém pode ajudar? Alguém teria medicamentos para empresar por 3 dias? Ou me dar um caminho para conseguir o remédio? Obrigado

  52. Pequena + diz

    Boa noite pessoal 😉

    Gente o JS apenas quis ressaltar a lamentável perca de uma militante que lutava pelos direitos das pessoas portadoras do HIV/AIDS.
    Sei que uma notícia dessas choca a todos nós, por estarmos todos no mesmo barco.
    Todos queremos a cura sim, mas enquanto ela não vem é um dever nosso saber quem nos representa, quem dá a cara a tapa perante a sociedade nos defendendo, lutando por melhorias, se esforçando para adquirir conhecimento e compartilha-lo para diminuir o estigma que o HIV acarreta a quem tem essa doença.
    Sou da opinião ” todos nascemos para um dia morrer, ninguém ficará para semente “, é a vida independente de termos HIV ou não. E devemos aproveitar muito bem esse intervalo, vivendo intensamente cada segundo.
    Sou HIV + a 2 anos, não deixei de fazer nada do que fazia antes de descobrir, me cuido muito mais, dou muito mais valor a pequenas coisas que passavam por mim despercebido.
    Ah…
    Altos e baixos tenho como qualquer pessoa, mas aí me lembro de minha mãe que descobriu um câncer, onde em questão de três meses ele a levou , não teve chance de prolongar a sua vida até a cura definitiva chegar. Oportunidade que temos.
    Jamais percam a Fé, mantenham o Foco e Força sempre ❤
    Um forte abraço Pequena +

  53. s s diz

    Boa noite quem quiser conversar fazer amizade e desabafar estou aqui eu não tenho kik vou deixar meu zap 9 5795 1786 spaulo

  54. Francisco diz

    Uma mulher de grande espírito que deixará seu legado a todos! Seus depoimentos são exemplos de fé e coragem são os que nos motiva a seguir em frente! Descanse em paz guerreira, obrigado por sua luta e dedicação que sempre será lembrado! Que Deus te receba de braços abertos e com um grande sorriso!

  55. A.L-AM diz

    Olá! Faz 13 dias que descobri ter o vírus. Ainda estou muito assustado e contei apenas pra minha mãe, porem tenho a difícil tarefa de contar ao meu parceiro, estamos juntos a 6 anos e moramos juntos a 4 anos. Tenho 33 anos e ele 25, nesses 13 dias que se passaram todas as noites que vamos dormir fico olhando pra ele dormindo e sofro demais só de pensar que tenho que contar o mais breve, não sei como foi a transmissão, por mim ou através dele, me culpo por ser mais velho e vivido, tive vários parceiros nos tempos de solteiro, difícil rastear. Tenho taquicardia toda vez que penso na doença, ainda não comecei o tratamento, ainda irei pra minha primeira consulta com o infectologista dia 31 onde provavelmente comece o tratamento. Estou muito confuso, lagrimo nos locais públicos, não esta sendo fácil, alguém pode me ajudar, como faço e qual o melhor momento pra eu falar pro meu parceiro? Antes ou depois de eu começar o tratamento?

  56. Viverbem43 diz

    Por favor alguém
    Pode me ajudar? Tenho 5 meses de tratamento e tenho sentido um incomodo terrível no rosto. Como se fosse uma
    Queimação . Não tenho manchas. Pode ser o início de uma lipodistrofia?

  57. Pablo diz

    Amigos, desculpe minha ignorância. Mas, afinal, o que vem a ser ou caracterizar uma falha terapêutica?

    • Antonio diz

      É quando no inicio o coquetel faz efeito mas depois ele para de fazer efeito, isso é muito difícil de acontecer, mas acontece. E em alguns casos com o tempo (depois da alguns anos) também acontece, por isso temos que fazer os exames de carga viral 2 a 4 vezes por anos. Geralmente agora a cada 6 meses. Se houver um falha ( parar de fazer efeito) o médico vai trocar a medicação. Esta troca poderá dar-se por um teste genéticos para ver qual o melhor ou simplesmente por tentativa e erro ( o que mais acontece mesmo). Muitas vezes a falha, não é falha, mas sim uma nova exposição, e a nova exposição vc contamina com uma cepa de vírus que o coquetel que vc esta tomando não ataca tb. Por isso não podemos baixar a guarda da camisinha…..

  58. Luquinha diz

    Primeiramente eu comi aquele bumbum cheiroso e me ferrei , ai a ciência diz que a cura tá no mel e lá vai eu comer mel , mel , mel , mel depois diz que a cura tá na soja e lá vai eu comer soja , soja , soja ,soja agora diz que tá no arroz então lá vou eu comer arroz , arroz ,arroz ,arroz

    • Antonio diz

      kkk, nao é cura, mas é vc aumentar a capacidade de ataque ao vírus. Mel e soja aumenta a imunidade tb.

  59. Curioso diz

    Alguém sabe se tem algum problema tomar viagra mesmo tomando também o remédio 3×1?

    Depois que tomei o 3×1 não usei mais esse tipo de remédio, mas tive vergonha de perguntar isso ao médico se teria algum problema.

  60. diz

    Luquinha vc é uma figura. Maneiro a forma como encara a vida. Abraço!

  61. Confusa diz

    Meu esposo está muito triste, ele sempre foi fortinho e agora está muito magro, as pessoas tem notado e perguntam se ele está doente.

  62. Fazia um tempo que não entrava no site… Tenhos os grupos no Kik e me mantenho informado quando as notícias são boas por lá… Mas não é fácil entrar e ler sobre a morte de alguém que possui HIV, independente de suas causas… Descobri a pouco tempo, cabeça a mil tentando entender tudo e ainda tenho uma visão limitada sobre determinados assuntos… A mente vaguei, se perde e fico imaginando milhares de razões pelas quais posso morrer… Não sou ignorante, sei que o tratamento de hoje em dia me oferece uma vida praticamente normal, não estou sofrendo efeitos do 3×1, mas também sei que este vírus não é nenhum artigo de luxo e que ele pode me derrubar… Quando começo pensar sobre isso mudo o foco e começo pensar sobre as milhares de razões pelas quais mereço viver, não quero ficar pensando sobre a morte, esta é inesperada para qualquer um de nós, com vírus ou não, prefiro pensar sobre a vida e como conduzi-la da melhor maneira possível… Bom, ao menos escolhi viver assim…

    Quem quiser conversar mais me add no kik: bewells91

    Obrigado!!!

  63. Ombro Amigo diz

    É uma notícia triste, o descansar da luta de uma guerreira…mas não desanimem, ainda existe muita gente aí que está lutando há mais tempo ainda [gente que se infectou nos anos 80!] e segue firme e forte!

    Agora, infelizmente não tenho boas notícias…os nossos vizinhos venezuelanos estão sofrendo muito com a crise política e econômica. A inflação corroeu os salários a tal ponto que o salário mínimo equivale a 15 dólares [53 reais na cotação de hoje], para terem noção, o mínimo brasileiro equivale a 245 dólares!

    As pessoas estão passando fome e não há medicação nem para quem faz uso controlado. Desde o começo da crise, já morreram 1.000 portadores do HIV e os ARVs se esgotaram!

    http://www.maduradas.com/en-tiempos-de-revolucion-han-muerto-1-000-pacientes-con-vih-por-falta-de-medicamentos/

    http://www.nytimes.com/es/2016/05/15/mueren-recien-nacidos-y-faltan-las-medicinas-el-colapso-del-sistema-de-salud-en-venezuela/

  64. Life diz

    Quando teremos um novo artigo sobre outro assunto no blog?

    Planos de se comentar sobre o recente teste em ratos que eliminou todos o hiv deles?

  65. Thiago diz

    Já ouvi sobre tratamentos mais modernos que o 3×1 comumente oferecido. Alguém faz uso de modo particular? Ou sabe o custo e como funciona?

    • Antonio diz

      Para vc comprar nos EUA por exemplo, se vc não tem um plano de saúde lá fica um pouco caro, em torno de 1000 dolares para cada 3 meses ou ate mais, mas vc vai ter que ter um médico lá, não vai na besteira de comprar no mercado negro. Mas também rola de fazer cartão fidelidade no laboratório e ter desconto. Mas vc teria que ir sempre lá.
      Sei que existe empresas que fazem importação no Br tb. Isso eu não sei como funciona.
      Agora se for possível vc ter um plano de saúde nos EUA ai sai bem em conta, se vc tiver um plano que inclui remédio, não é qualquer plano e não sei se vc consegue o plano se não tiver o social security.
      Eu tenho contato de empresa de plano de saúde nos EUA. Se quiser me escreva que eu passo um contato de um corretor e vc explica.
      Discuta isso com seu infectologista. Ele pode ti dar mais dicas de como proceder a importação ou vc passe a tratar nos EUA.
      antonio_almeica@gmail.com

    • Tom diz

      Pelo que sei, aqui no Brasil não se vendem os medicamentos. Única opção é utilizar os fornecidos pelo Governo.

  66. Dayana diz

    Eu to com medo.
    Vou morrer cedo?
    Queria viver pelo menos até os 60 :/
    Tenho 26
    To com medo :/

    • roger diz

      Medo??!tenho um primo que tem faz mais de 25 anos e esta otimo e fuma e bebe umas cervejas vc nao vai morrer em pleno 2016 tao logo vem a cura…

  67. sampapoa diz

    AMIGOS SOROPOSITIVOS, AVALIEM BEM EM QUEM VOCÊS VOTAM, VOTARAM OU VOTARÃO. É INGENUIDADE ACHAR QUE UMA CRISE FINANCEIRA COMO A DA VENEZUELA NÃO POSSA DIFICULTAR O TRATAMENTO DE SOROPOSITIVOS EM NOSSO PAÍS. NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES, O QUE NOSSOS POLÍTICOS PODEM FAZER POR NOSSA ECONOMIA????? COMO BARATEARÃO NOVOS MEDICAMENTOS MAIS MODERNOS? COMO CONTROLARÃO A INFLAÇÃO PARA QUE POSSAMOS TER EMPREGOS, SALÁRIOS DIGNOS, BOA ALIMENTAÇÃO?

    ACHAR QUE SE PREOCUPAR COM PROGRAMAS E PLANOS ECONÔMICOS É COISA DE “COXINHA”, “REAÇA”, OU MERA FRIVOLIDADE CAPITALISTA É SER BASTANTE INOCENTE E IRRESPONSÁVEL NA FORMA COMO DESEJAMOS MANTER E APRIMORAR UM BOM PROGRAMA DE TRATAMENTO E ASSISTÊNCIA MÉDICA (PÚBLICOS OU PRIVADOS).

  68. Dayana diz

    Gente, o remédio causa depressão?
    Tomo faz um ano 3×1 e estou ficando muito triste, basicamente com nada…
    Sem motivação , sem vontade pra fazer as coisas, estou até pensando em terminar meu casamento.
    Meu marido é soro negativo. mesmo estando tudo bem, quero deixar-lo viver longe de riscos…
    E viver sozinha com meus pensamentos, so ando chorando… Nem eu mesma sei o porque…

  69. Leo diz

    Não consigo add o pessoal no kik como se usa? Já me cadastro, gostaria de compartilhar tb , conversar etc…

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s