Notícias
Comentários 155

HIV envelhece soropositivos prematuramente em 5 anos


eurekalert 300 cmyk

Graças à terapia antirretroviral, muitas pessoas com HIV podem esperar viver por décadas depois da infecção. Entretanto, os médicos observam que estes pacientes muitas vezes mostram sinais de envelhecimento prematuro. Agora, um estudo publicado em 21 de abril pela Molecular Cell usou um biomarcador de alta precisão para medir o quanto a infecção pelo HIV envelhece as pessoas em nível biológico: uma média de quase 5 anos.

“Não estamos mais tão preocupados com infecções comuns em imunocomprometidos.”

“As questões médicas no tratamento de pessoas com HIV mudaram”, diz Howard Fox, professor no departamento de farmacologia e neurociência experimental do Centro Médico da Universidade de Nebraska e um dos autores desse novo estudo. “Nós não estamos mais tão preocupados com infecções comuns em imunocomprometidos. Agora estamos preocupados com doenças relacionadas ao envelhecimento, como as doenças cardiovasculares, disfunção cognitiva e problemas no fígado.”

A ferramenta usada nesse novo estudo analisa mudanças epigenéticas nas células das pessoas. Alterações epigenéticas afetam o DNA, mas não a sequência de DNA. Uma vez que isso ocorre, elas são passadas de uma geração celular para a próxima, influenciando a forma como os genes são expressos. Em particular, a mudança epigenética utilizada como biomarcador nesta pesquisa foi a metilação, o processo pelo qual pequenos grupos químicos são associados ao DNA. A metilação do DNA pode afetar o modo como os genes são traduzidos em proteínas.

“À medida em que envelhecemos, a metilação ao longo de todo o genoma muda.”

“O que temos visto em estudos anteriores é que, à medida em que envelhecemos, a metilação ao longo de todo o genoma muda”, diz Trey Ideker, professor de genética do departamento de medicina da Universidade da Califórnia em San Diego e outro autor do estudo. “Algumas pessoas chamam de entropia ou de deriva genética. Embora não tenhamos certeza do exato mecanismo pelo qual essas mudanças epigenéticas levam à sintomas de envelhecimento, é uma tendência que podemos medir no interior das células das pessoas.”

Os 137 pacientes incluídos na análise foram inscritos no CHARTER (CNS Antiretroviral Therapy Effects Research), um estudo de longo prazo que visa monitorizar indivíduos infectados pelo HIV que estão sendo tratados com a terapia antirretroviral. Os indivíduos escolhidos não têm outras condições de saúde que poderiam distorcer os resultados. 44 indivíduos soronegativos também foram incluídos na análise inicial para controle. Um grupo independente de 48 indivíduos, tanto de soropositivos como de soronegativos, foi utilizado para confirmar as descobertas.

Além da descoberta de que a infecção pelo HIV levou a um avanço médio no envelhecimento biológico de 4,9 anos, os pesquisadores notaram que essa mudança correlaciona-se com um risco aumentado de mortalidade em 19%.

“Não houve diferença entre as pessoas que foram recentemente infectadas e aqueles com infecção crônica.”

“Propusemo-nos a olhar para os efeitos da infecção pelo HIV na metilação, e fiquei surpreso de encontrar um efeito de forte envelhecimento”, disse Ideker. “Outra coisa que foi surpreendente foi que não houve diferença entre os padrões de metilação entre as pessoas que foram recentemente infectadas [menos de cinco anos] e aqueles com infecção crônica [mais de 12 anos]”, acrescentou Fox.

Os pesquisadores dizem que é possível que medicamentos sejam desenvolvidos para atingir os tipos de mudanças epigenéticas observadas no estudo. Mas as implicações mais imediatas são muito mais simples: observa-se que as pessoas infectadas com HIV devem estar cientes de que estão sob maior risco de doenças relacionadas à idade e devem trabalhar para diminuir esses riscos, fazendo escolhas de estilo de vida saudável em relação à exercícios físicos, dieta, uso de drogas, álcool e tabaco.

Em 21 de abril de 2016 por EurekAlert!

Anúncios
Este post foi publicado em: Notícias
Etiquetado como: ,

por

Jovem paulistano nascido em 1984, que descobriu ser portador do HIV em outubro de 2010. É colaborador do HuffPost Brasil e autor do blog Diário de um Jovem Soropositivo.

155 comentários

  1. Acho que não é surpresa para ninguém em tratamento. Não só pela aparência, mas pela disposição pela incidência de doenças e outros sinais de envelhecimento precoce. Pelo menos, nos dá a chance de utilizar isso a nosso favor. Cuidar melhor da nossa saúde é a principal mensagem aqui. Meus amigos soropositivos e eu parecemos querer viver a vida como se os remédios e presença do vírus não precisasse de redobrar os cuidados. Mais um aviso.

  2. Gustavo diz

    Sinceramente não entendi. Envelhecer 5 anos mais rápido não deveria ser um um problema tão catastrófico. Se ao invés de morrer com 90 eu morrer com 85 não vejo tanto problema. JS, poderia explicar o impacto desta matéria?
    Obrigado![

    • Acho que o impacto está no último parágrafo: “…pessoas infectadas com HIV devem estar cientes de que estão sob maior risco de doenças relacionadas à idade e devem trabalhar para diminuir esses riscos, fazendo escolhas de estilo de vida saudável em relação à exercícios físicos, dieta, uso de drogas, álcool e tabaco.”

    • ROCK HUDSON diz

      os pesquisadores notaram que essa mudança correlaciona-se com um risco aumentado de mortalidade em 19%.

  3. Serginho.. diz

    Acho um pouco desnecessário essas pesquisas paralelas da doença. .eles de viam focar todos os recursos possíveis na cura..somente na cura..abraço a todos..

    • ChromeJP diz

      “Os pesquisadores dizem que é possível que medicamentos sejam desenvolvidos para atingir os tipos de mudanças epigenéticas observadas no estudo.”

  4. Ricardo - Guarulhos diz

    Concordo com o Sergio…se a pessoa já tem um pensamento negativo em relação ao vírus e lê uma pesquisa desta, ai entrega de vez na sua situação de coitado ! Fato é que não importa de se vamos ter 5 anos a menos ou a mais em relação aos outros…descobri minha sorologia em 2014 e de lá pra cá já perdi 4 amigos em “condições normais de saúde”, ou seja, nada, absolutamente nada, afirma que estaremos vivos amanhã, premissa que vale para todos os humanos…o que nos resta é viver bem um dia de cada vez, sem neuras, sem se fazer de coitados e agradecer dia após dia pelas novas terapias/tratamento que nos permitem viver bem e melhor. Estes pesquisadores poderiam focar em pontos positivos e não ficar com mimimi ! Pronto, falei ! Abração.

    • Ricardo. diz

      e tem como ter um pensamento positivo ? vc agradece estar com isso ?
      saber que nao possso nem tomar minha cerveja em paz, e na, eu nao exagerava antes.
      eu nao tenho mais a mesma disposicao de antes e nerm trinta anos eu tenho.
      seus amigos que morreram provavelmente aproveitavam a vida na plenitude delas, eu vegeto…

      • Revoltado diz

        Se a indisposição não for psicológica, for reflexo do uso da medicação, solicite ao seu infecto que faça a troca, pois em nosso tempo de vida não haverá cura. Lembrando que você tem menos de 30 Ricardo, a cura não virá antes que você morra, mesmo que seja com 99 anos. Só pra você saber, é seu direito brigar por uma combinação melhor que te deixe disposto, pois vai precisar usar a medicação o resto da vida e não vai querer passar o resto da vida cansado!

        • Matheus diz

          Ninguém no mundo pode afirmar quando a cura vai surgir nem o cientista mais graduado no assunto e nem você!

          • ROCK HUDSON diz

            A pessoa reclamar reclamar que o pesquisador fica de “mi mi mi” foi a coisa mais bizarra que já ouvi aqui… quanta cegueira… negação…

        • Não temos culpa que você é revoltado,ou mesmo infeliz, mas com certeza acredito bem mais na ciência e na medicina do que em você

          • Revoltado diz

            Matheus

            Não estou afirmando quando a cura vai vir, apenas o contrário eu posso afirmar, a cura não virá, estou esperando sentado alguém me provar o contrário… Nem mesmo as provas de conceito são capazes de provar isso, que conseguem eliminar o vírus HIV do corpo.

            • Matheus diz

              Revoltado,por acaso vc faz viagem no tempo ou coisa assim para ser tão convicto e afirmativo que a cura do HIV nunca irá existir…uma coisa eu te provo, com a história mesmo…doenças surgem fazem suas vítimas e logo depois são tratadas…todas passam por esse ciclo…surgem com força total fazendo inúmeras vítimas, logo o homem começa a estuda-las e trata-las e por fim cura-las…muitas doenças que podemos ter hj e trata-las facilmente,antes eram fatais…e o HIV não foge dessa regra…

          • Revoltado diz

            EGC,

            Acredita mesmo na ciência? Ciência e medicina que existe apenas para os privilegiados que tem como pagar seus remédios e médicos, ou podem contar com a gratuidade dos mesmos como no Brasil onde o governo paga? Vai visitar a Índia e saber como é feito seu remédio…

            Quem vai no Ésper Kallas, David Uip (atores que se consultam na madrugada e pagam verdadeiras fortunas pra ninguém descobrir)? Quantos de nós podemos? É bem diferente de quem tem o vírus e não tem como colocar comida na mesa pra comer, olhe a África, e isso não se chama infelicidade, é injustiça social mesmo. Por que não existe apoio das indústrias farmacêuticas, governos e OMS nesses países? Lá eles são usados como cobaia do remédio que chega lindo na sua casa, assim como seu celular de última geração que é fabricado na China com mão de obra escrava, ou seu tênis ou…deixa pra lá.

            Aí você vem me dizer que isso não é problema seu, realmente não é…enquanto vocês lavarem as mãos, outros as sujam com sangue para seu conforto. E isso se dará no processo de cura, enquanto acreditarmos na ciência e não exigirmos o que precisamos e queremos, MILHARES de pessoas morrerão de uma doença que eles deveriam ter dado solução. Bilhões gastos em pesquisa, em remédios e não acontece nada? Tem tudo errado nessa história.

            Eu sou sincero em te dizer, acredito bem mais em Papai Noel do que na ciência feita hoje.

      • Ricardo - Guarulhos diz

        Sim, as vezes bate uma deprê, pois seria mil vezes melhor viver sem este vírus chato, viver livre de agendamento no CTA, sem estigmas e etc… mas temos que ter Pensamento positivo sim, basta olharmos a eficácia atual da medicação em relação aos anos 80/90, quanta diferença… Não é Agradecer por ter o vírus, é agradecer pela oportunidade de estarmos vivos, de termos mais informações acerca de como viver bem sem desenvolver nenhuma doença oportunista. Quanto abri mão da cervejinha eu confesso que não fiz isto não, aliás bebo normalmente, sem exagero, continuo com meus churrascos, com minhas batatinhas fritas e com meus lanches, poucas mudanças. Não traga este pensamento de “eu vegeto” não, bola pra frente, vida que segue, com ou sem HIV.

      • Matheus diz

        Nossa vc tá comparando sua vida a de um vegetal pq não tá tomando sua cerveja em paz…cada uma viu

        • Ricardo. diz

          eu nao me comparo com um vegetal por causa de cerveja,
          eu uma representacao de tudo que eu perdi, deixei de fazer com leveza, passei a ter incomodo com medicacao, diarreia aftas e idas a cta por causa dessa merda.
          eu me cuidava e fui contaminado por uma pessoa mal intencionada e ja acionei os meios legais.
          entao julgue menos

      • Paulo Roberto diz

        Ricardo, eu tenho o vírus desde 1993. Eu NÃO VEGETO. Preencho o vazio fazendo coisas como cursos de idiomas, música, leio muito, estou sempre antenado com as coisas que acontecem mundo afora.
        E não tenho mais 30 anos, não, tenho 50!!!
        Trabalho e estudo, estou sempre ocupando minha mente com coisas que EDIFICAM.
        Lembre-se: A mente desocupada é a oficina de Satanás… e É VERDADE!!!
        Procure algo de que goste, aprenda inglês ou russo, aprenda a costurar, sei lá… mas ocupe sua mente!!! Não dê espaço para pensamentos negativos!!!
        É claro que tem dias sombrios, mas… quem não os tem?
        Abraços!

      • Gil diz

        Eu tenho 43, Ricardo, há um ano infectado com HIV e mais um monte de pereba que apareceram… mas jogo tenis, nado, leio, trabalho 16 horas por dia e ainda transo gostoso, como bem e tomo cerveja, sem exagero, mas não regulo demais, não. Não é o vírus em taxa tão baixa que vai me afetar, sendo que se uma pessoa mantiver a vida sem controle envelhece precocemente mais de 5 anos, fácil. Se algo poderia me afetar, é a cabeça estar despreparada para lidar com as contingências da vida. Sei que cada um é cada um, mas NINGUÉM VEGETA se faz o tratamento correto e procura ter uma vida equilibrada.

      • gusta diz

        vc vegeta pq vc é um escroto, por isso! mal amado e infeliz. Eu, as vezes tomo sim minha cerveja minhas bebidas e me divirto muito no fico vegetando igual a vc

      • Arthur diz

        Eu entendo o que o Ricardo quis dizer, ou desabafar… É claro que nossa vida era melhor antes dessa coisa toda de HIV. Sem muitas preocupações e tudo mais. Mas não devemos ficar desanimados, devemos seguir em frente, a vida não para. Não sou a melhor pessoa pra dizer isso, pois ainda tô aprendendo a lidar, mas é um passo de cada vez, não é?? Então vamos seguir fortes nessa jornada!

        Bom fds à todos

      • Tereza diz

        Na verdade vc pode sim tomar sua cerveja. Não interfere em nada no tratamento. Os médicos só recomendam que vc não beba para q a assiduidade com o tratamento não seja comprometida.. Já que as pessoas tendem a esquecer de tomar os remédios quando em uso do álcool.

    • davi-pe diz

      Traduzindo…

      anticorpos anti-HIV guardada macacos da doença por seis meses
      Se os testes forem bem, isso poderia levar a melhores tratamentos preventivos.

      Não há nenhuma conhecida vacina para o HIV , mas os pesquisadores têm um tratamento preventivo temporária nos trabalhos. Uma equipe de cientistas americanos e alemães testaram um quarteto de anticorpos injectáveis ​​em macacos que mitigado o vírus da imunodeficiência humana por até seis meses, de acordo com um artigo publicado na revista Nature . Os anticorpos foram colhidas a partir de pessoas infectadas com o HIV, limpos e depois dada a macacos antes de serem doseados com uma estirpe de HIV de símio.

      “Este estudo é o primeiro a mostrar que uma única administração destes anticorpos monoclonais podem prevenir a infecção, prevenir doenças e pode ser uma alternativa viável para uma vacina contra o HIV”, do Instituto Nacional de Alergia e “Doenças Infecciosas Malcolm Martin diz The Verge . Além de que os métodos utilizados na experiência parece imitar como exposição ao HIV geralmente ocorre: os macacos foram repetidamente dadas doses baixas de HIV, em vez de uma grande dose de uma vez; a infecção em seres humanos normalmente não acontecer após a primeira exposição.

      Um dos anticorpos desta experiência já está sendo testada no mercado interno e no Brasil e no Peru, e se expandirá para Botswana, África do Sul e Tanzânia. The Verge escreve que, se os resultados do ensaio (devido em 2022) provam promissores, estes anticorpos pode levar a um tratamento preventivo.

    • Tommy diz

      Essa vacina é pra quem é soro negativo não ser infectado ou pra quem é soropositivo ficar seis meses sem precisar de medicamentos?

  5. Luna diz

    Hoje eu não estava com um humor muito bom, acho que é pq o frio chegou na minha cidade, rs.
    Ai entro no blog, como faço diariamente, e me deparo com essa reportagem. Minha primeira reação foi pensar: ”pqp, mais um maleficio desse virus do cacete!Tudo isso pq eu não usei a porra da camisinha”. ( Desculpem os palavrões, mas quis reproduzir fielmente meu pensamento em palavras, rs).
    Mas ai começo a ler os comentários e imediatamente a nuvem negra se dissipa, graças aos meus colegas queridos e otimistas desse blog. Curti todos e agradeço por existirem pessoas como vcs.
    Xô negativismo, xô baixo astral. Sou linda, interessante, inteligente e vou viver da melhor forma possivel o quanto tiver que viver. Hoje sou muito melhor que ontem e a idéia é essa: evoluir sempre.
    Beijos e uma excelente quinta-feira a todos.

  6. Também penso que essa pesquisa não é surpresa para ninguém, aliás já existia alguma informação a esse respeito, uma outra pesquisa afirmando o mesmo.
    E isso é relativo, pois conheço duas pessoas que se infectaram na década de 90, utilizaram os primeiros medicamentos e estão muito bem, as duas na casa dos 60 anos. Óbvio que apresentam os problemas de saúde relacionados à idade, mas nada de anormal.
    Abraços.

  7. GompMais diz

    Há uma outra pesquisa e até comentários de especialistas que diziam que envelheceriamos 15 anos mais cedo que soronegativos. Vejo então nessa nova pesquisa a possibilidade de um pouco mais de otimismo, são 4,9 anos. Ganhamos 10,1anos. Bora correr, malhar, alimentarmos bem; o reloginho gira pra todos, bora viver!!!

  8. Joseph diz

    Acho interessante e louvavel quererem saber das principais doenças comum a idosos soropositivos, mas tão desnecessária essa comparação soropositivo x soronegativo. É o mesmo que ficar comparando homem x mulher, em questão de expectativa de vida. Isso é tão relativo. Não vejo regra na minha vida, nesse sentido. Não me proponho a viver pensando “tenho cinco anos a menos”, porque isso não determina a minha vida. Sendo otimista, mas também sendo realista: se aceitarmos o que nos é colocado, é isso que teremos ou até menos, e isso, ao meu ver, é comodismo.

  9. Tommy diz

    Já faz uns 20 anos os comprimidos? Tá na hr de aparecer algo menos danoso e mais eficiente mesmo, o problema é q o comprimido é diário aí vende muito…
    Alguém sabe como anda o projeto das injeções… A da França tá em q fase?

    • Ricardo - Guarulhos diz

      Tommy pensa bem, hoje em dia 1 comprimido diário já é suficiente para controlar a replicação do vírus…acredito que o próximo passo seja a cura, não a definitiva, mas a funcional. Aqui em SP, segundo minha infecto, tem um grupo de pessoas sendo monitoradas/tratadas com as injeções e está tudo dentro do esperado, acredito que em breve vamos ter BOAS novidades. Claro que por enquanto, por ser teste piloto, não será divulgado nada, estão aguardando os resultados definitivos em todos os pacientes. Tenhamos fé ! Não vejo o HIV como um problema tão grande assim, tem diagnósticos bem piores com tratamento bem mais agressivo para o organismo…Ah, JS sobre este “teste piloto” você sabe algo mais ?

      • Paulo Roberto diz

        Ricardo – Guarulhos, eu acredito que a cura virá, sim, em breve… As pesquisas estão bastante avançadas, de tempos em tempos se publicam novidades. Antigamente, as notícias davam conta de medicamentos para conter a infecção. Hoje, já existem vários laboratórios estudando uma forma de CURAR.
        Há vinte e poucos anos, nem o AZT existia!!!
        Vamos sim, ver a tão sonhada CURA!!!
        Sim, TENHAMOS FÉ!!!

    • Ombro Amigo diz

      Vamos pensar bem: não existia nenhum tratamento para o HIV até 1986-87, quando iniciaram os testes com o AZT, que apenas serviam para prolongar a vida de alguém moribundo. Só depois de 1991, que começaram a surgir os outros ARVs. Já por volta de 1995-96, surgiu o primeiro combinado de diferentes ARVs, conhecido como coquetel anti-HIV e a AIDS deixava de ser sentença de morte. O tratamento ainda era muito agressivo: 20 à 30 comprimidos diários.

      Eis que silenciosamente o tratamento evoluiu nestes 20 anos: surgiram e surgem vários ARVs. Já passaram de 30! O número de comprimidos vem caindo, até chegar em uma espécie de comprimido condensado a ser tomado 1x no dia. Os efeitos colaterais estão cada vez menos agressivos e um soropositivo consegue ter uma vida quase totalmente normal.

      Vamos ser otimistas! não estamos nos anos 80! e não é possível que nenhum dos projetos de fazer um tratamento ainda melhor não saia do papel até 2020!

  10. Paulo Roberto diz

    Quanto à pesquisa, a minha opinião é a seguinte: envelhecer depende de uma série de fatores.
    Convivo com este intruso há vinte mais de vinte anos.
    Aparento ter dez anos a menos do que realmente tenho. Não uso cremes, loções nem nada – não sou vaidoso.
    Mas o que me preocupa é estar bem POR DENTRO, isso é, estar com SAÚDE.
    E isso também tem uma parcela de genética. E outra parcela que diz respeito ao estilo de vida de cada um.
    Decidi, quase ao completar 50 anos, me cuidar mais. Em breve devo passar a fazer exercícios físicos, e estou cuidando da alimentação. Nada de drogas (nunca usei), nada de exageros na bebida ou alimentação gordurosa e cheia de química.
    Deus é quem dá a vida, e só Ele pode dizer quando morreremos ou quando envelhecemos.
    Acredito que em breve todos nós estaremos livres desse invasor chamado HIV.
    Claro que às vezes bate o pessimismo, mas isso é natural – afinal, não somos super-heróis, não somos à prova de MEDO.
    Mas temos uma força interior que nos move a ter esperança, mesmo depois das tempestades que o pessimismo nos traz.
    Lembremo-nos de que há alguns anos, nem o AZT tínhamos… E vamos agradecer o sol de cada dia, mesmo que o dia seja encoberto por densas nuvens. O sol continua lá em cima.
    Abraços a todos, e tenhamos esperança!!!

    • Antonio diz

      Concordo totalmente com você Paulo Roberto, sua linha de pensamento só traz ganhos. Eu além dos remédios uso chás anti oxidante (que contem tanino) e também com efeitos anti inflamatórios como barbatimão que compro na cha&cia e duas capsulas de omega 3, minha saúde esta ótima, todos os níveis ok, somente triglycerides estavam alterados, mas depois que comecei usar o omega 3 e pegar mais pesados nas corridas esta agora praticamente ajustado.

      • Paulo Roberto diz

        Antonio, me fale mais sobre o ômega 3… É realmente o que dizem as propagandas???
        Obrigado!

  11. Tommy diz

    Concordo… Países como EUA e os Europa, que contam medicamentos melhores q esses q são distribuídos no Brasil já devem estar só esperando novos métodos… Acho q logo logo sai algo bom ai

  12. Coralina diz

    Eu acho essa pesquisa relevante sim, mas nada para se preocupar tanto. O efeito da medição vai depender do organismo de cada um, temos q nos cuidar. Deixar de exageros, claro que bate uma deprê, mas temos q procurar ajuda. Hoje por exemplo não tô legal, pouco apetite a tarde, já não comia muito, apesar de q sempre me cuidava em relação a alimentação, faço academia, mas tô tentando… Vamos ter fé, nada de pessimismo. Ahhh, eu sempre aparente mais nova(tenho 32 anos), e não sei se contraí isso a pouco tempo ou a alguns anos atrás, claro que me sentia melhor quando não tomava o 3×1, pois descobri o hvi por acaso… Mas é assim, tentar viver, ocupar a mente…
    Meu kik: coralinasilva

  13. Ser+H diz

    Dedica-se a esperar o futuro apenas quem não sabe viver o presente.
    Sêneca

  14. Gil diz

    Ei, Pessoal:
    Envelhecemos precocemente com o ar das grandes cidades, com os agrotóxicos, com as preocupações com as dívidas e com a política do brasilzão e suas inseguranças na economia, nos preços, na segurança…
    Envelhecemos mais rápido e entupimos as artérias com salsicha, bacon, hambúrguer, açúcar, cigarros (vixi!!), excesso ou até mesmo moderação de bebida alcoólica (ferrou!), excesso de peso, por comida industrializada, refrigerante, excesso de esforço físico (sim, também desgasta e envelhece mais rápido quem malha demais). MAS NEM TODOS que comem, bebem ou passam pelos perrengues acima citados envelhecem ou morrem mais cedo. Uns se conservam por mais tempo, outros, super naturebas, ficam fracos, abatidos e com a cara igual a um maracujá de gaveta… O estudo aponta um padrão MÉDIO…
    Então, relaxemos!
    Daqui a uns anos, virão as vacinas e aliviará nossos fígados e rins. Depois, mais uns anos e a cura. Aí, a gente tira o atraso!

    • Gil diz

      É um discurso de esquerdista ultrapassado. Há injustiça social. Há. A ciência não funciona pra eles? Bem… pode ser pobre e sem acesso, mas ele toma vacina contra gripe, pega camisinha e antibiótico no postinho, tem cartão cidadão r máquina de saque de bolsa coitadismo e tudo. E isso é ciência que chega aos desfavorecidos. Não dá pra achar que a pobreza, o atraso e a crise humanitária da África é similar à do Brasil. Aqui a renda é desigual, lá não há renda pra nem metade, mesmo bem distribuída.
      A ciência funciona como rapidamente conseguiram controlar o Ebola, ano passado. E pra ricos e pobres.
      Poucos lugares obrigam o povo explorado a trabalhar. E dá pra comprar de países com selo free slave works… No Brasil faltam estrutura de base e Educação de qualidade. Mas ainda assim eu sou um ecemplo de pessoa que saiu da pobreza extrema e hoje consigo até ser mordido pelo leão do IRPF. E fui militante de esquerda até sentir a utopia e ver que, quando essa catrefa subiu ao poder, o poder subiu à pouca cabeça que tinham
      Esse discurso é ineficaz. A ciência chegará à cura antes mesmo que reflitas e a estes pensamentos.
      Não acreditar na ciência ou desprezá-la
      e compreensivel, para quem não analisa o seu meio mas atira pra tudo que é lado; mas não aceitavel vindo de pessoa esclarecida.

        • PAULO ROBERTO diz

          E também o contrário: muita mente brilhante se achando testa oleosa.
          Basta acordar para a VIDA, Revoltado…
          Cuide de ocupar sua mente com coisas que edificam. Faça cursos de idiomas, música, tricô e crochê, sei lá… DESCUBRA-SE, homem!
          Você não é o primeiro nem será o último!
          Cuide de viver e agradecer o dom da VIDA, a cada dia que nasce!!!
          Para que ficar sofrendo dia após dia, sem fazer NADA para melhorar, NADA para CRESCER?
          Entendo sua revolta, já passei por isso. Mas, acredite: há VIDA, mesmo com o HIV. Não deixe que esse intruso te mate antes de chegar a tua hora, determinada por DEUS…
          Viva enquanto ainda pode, pois amanhã ninguém sabe se amanhecerá e abrirá os olhos, nem mesmo os soronegativos!!!

  15. anjo (terapeuta) diz

    Boa noite a todos acabo de ler uma noticia q nos deichara muito felizes. FINALMENTE FOI ANUNCIADA POR OBAMA E DOIS CIENTISTAS QUE DESCOBRIU SE A CURA DO HIV /AIDS. JA ESTARA A DISPOSIÇAO NA PROXIMA SEGUNDA FEIRA. Pronto descobriram a cura e agora vai beber todas? Vai fumar quantos cigarros? Vai parar as caminhadas? Vai ficar noite e noites em claro? Vai ser imprudente no trasito? Vai fazer oque? Gente só precisamos cuidar bem da nossa saudade como qualquer pessoa, com ou sem hiv ninguem esta liberado para descuidar de coisas simples como ter uma vida saudavel.

  16. anjo (terapeuta) diz

    Boa noite a todos acabo de ler uma noticia q nos deixara muito felizes. FINALMENTE FOI ANUNCIADA POR OBAMA E DOIS CIENTISTAS QUE DESCOBRIU SE A CURA DO HIV /AIDS. JA ESTARA A DISPOSIÇAO NA PROXIMA SEGUNDA FEIRA. Pronto descobriram a cura e agora vai beber todas? Vai fumar quantos cigarros? Vai parar as caminhadas? Vai ficar noite e noites em claro? Vai ser imprudente no trasito? Vai fazer oque? Gente só precisamos cuidar bem da nossa saudade como qualquer pessoa, com ou sem hiv ninguem esta liberado para descuidar de coisas simples como ter uma vida saudavel.

  17. Ser+H diz

    O estudo tomou por base uma amostra para extrair esse dado estatístico de que o HIV envelhece prematuramente o portador em 5 anos. Eu me incluo nos 79,38% das pessoas que não acreditam em estatística.☺

  18. Léo diz

    Há uns 5 meses descobri que tinha o vírus, achei o blog em meio a buscas que fiz na Internet. Me lamentei muito, passei por diversas alterações psicológicas devido a essa nova condição, fiquei com raiva de mim, meu corpo sofreu mudanças, desde os sonhos bem reais que me faziam acordar sem saber se eu tinha ou não vivido aquilo até alergias, manchas na pele que me faz sofrer bastante. Não digo que hoje superei e sou a pessoa mais tranquila do mundo, pelo contrário, essa nova condição me faz pensar que, que bom que existe um tratamento que me permite viver mais e que de fato eu devo me preocupar mais ja que eu tenho a oportunidade de morrer de velhice e não mais por problemas oriundos desse vírus como nas décadas passadas. Acho que as pessoas não se acostumam com essa condição, elas simplesmente aprendem a viver, umas de um jeito mais pessimista por não ter maturidade emocional e outras buscando sempre estar bem. Sinceramente, foi e é muito difícil parar e pensar nessa doença, fico triste, me lamento, mas… O motivo de eu estar aqui é para dizer que o blog tras bastantes oportunidades de desenvolver o conhecimento mas pesquisas como essas são as vezes bem aterrorizantes para pessoas que ainda não possuem uma estrutura psicológica desenvolvida. Acho válido e interessante os questionamentos mas devemos lembrar que existem diversas pessoas leigas, como eu por exemplo, e quando eu recebo as vezes uma notificação no meu e-mail a respeito de uma nova portagem, o lugar que era um meio de eu compartilhar, interagir, passa a trazer receio por não saber qual será a próxima postagem. Existem diversas pessoas nessa condição e que são neuróticas, problemáticas, leigas e certos temas podem causar desconfortos por todos esses pontos anteriormente citados. Busco o blog para ver o que vocês tem para compartilhar e expor muita das vezes as minhas agonias, receios como fiz bastante no início e graças a Deus fui lido e ajudado. Não quero que achem que eu estou impondo visões, reclamando ou criando algum atrito, pois o meu intuito é continuar buscando o blog para aprender, ser mais otimista e compartilhar o que de alteração ocorre comigo. Não conheço ninguém nessa condição e ninguém sabe da minha condição, preferi que fosse dessa forma, pra mim é mais fácil. Portanto, espero que reflitam nesse meu questionamento se válido acharem.

    Obrigado pela atenção de todos!

    • Herico diz

      Amigo por favor entre em contato com migo. Fui diagnosticado recentemente ainda não iniciei o tratamento. Ultimamente meu corpo mudou muito rápido perdi peso rapidamente e estou ansioso e apreensivo pelo próximo exame de cd4 e carga viral. As vezes fico com pensamentos triste q estou morrendo rapidamente. Email hericoantunes@hotmail.com

  19. Não vejo nada demais nessa estatística. Na real, cinco anos é até uma boa notícia comparado ao estrago que o hiv fazia 30 anos atrás. Eu sei que todos temos nossos momentos bons e ruins, mas acho que a galera da deprê tinha que ao menos tentar se controlar, ainda mais em espaço “aberto ao público”. Deixa para o divã do psicanalista, cara. Não tem porque afundar todo mundo se tu tá te sentindo mal. Não é porque a vida é diferente que tem que ser pior. Se envelhecemos mais cedo, mais uma razão para aproveitar o hoje.
    Temos todo o direito do mundo de sonhar com a cura. O avanço da ciência no campo foi gigantesco, se alguém disse que seria possível tomar um comprimido por dia e ficar indetectável em meses na década de 80, provavelmente iria ser tachado de ridículo. E hoje isso é real. Se tu não acredita, beleza, todo o respeito do mundo. Mas qual é o ponto de jogar balde de água fria na esperança alheia? Mais amor, gente. ❤

  20. Aparencio diz

    Mas a pessoas fica mais velha na aparência também? Nas rugas? No cabelo branco? Não entendi.

  21. junior diz

    Vocês esquecem que algumas pessoas não querem ficar a mercê disso pra vida toda. De pessoas que estão cansadas de viver limitadas porque de um tratamento que é degradante para o corpo. Às vezes esse tratamento perde o sentido. Está na hora sim de mudanças. Tem dias que me vejo cansado e cada dia mais acabado por conta desses remédios. Não aguento mais.

    • Ninguém esquece e não são só algumas, diferentão. Todo mundo quer se livrar disso. Entretanto, não tem para hoje. O que dá para escolher é focar nos efeitos do tratamento ou no fato de que ele salva nossas vidas.

    • Joseph diz

      Já pensou que o que te limita são seus pensamentos, e não o hiv? Tratamento degradante para o corpo, oi?
      Amigo, você precisa de ajuda, e não é médica. É psicológica.

    • Amigo da Bahia diz

      Claro que pode Tiago, e só você comprar uma cadeira e uma mesa, e debruçar nos estudos… HIV é uma doença crônica querido… Vamos trabalhar e torcer pela cura, que por sinal está às portas.
      Abraços e desculpe a brincadeira.

    • Gil diz

      Pode, basta ter um barranco, uma parede. Se tiver um encosto, os Malafaia$$ tiram em nome de Je$u$…
      Sobre ter auxílio-doença, basta ficar doente e pedir pro INSS.
      A alternativa é tomar a medicação, ficar indetectável e trabalhar as horas necessárias para receber seu salário dignamente.

    • Alexandre diz

      No seu caso sim, já que a sua profissão é dar a bunda.
      Vc é mais um que quer mamar as custas dos outros que trabalham e empregam. Quer receber “benefício” do governo e ficar a toa o dia inteiro coçando o saco, no seu caso, coçando o saco dos seus amiguinhos.
      Me desculpe os demais.
      Tomar no cu, viu!!!

      • luquinha diz

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • JC diz

        Hahahaha…quer moleza né ???. Vai comer gelatina rapá !. Mas que foi engraçada a resposta , foi. Valeu Alexandre.

    • Tiago diz

      Nossa.. quanta gente ignorante, ninguém pode perguntar nada, que vem gente criticar e julgar
      Ninguém aqui é diferente de ninguem, estão todos no mesmo barco e todos tem suas dúvidas e acham que aqui é um bom lugar para esclarecer, se enganam..

      • Alexandre diz

        Se eu estivesse no mesmo barco que vc já tinha te jogado pros tubarões (coitados). Eu sou totalmente diferente de vc. Não me iguale a vc jamais. Eu quero continuar trabalhando, produzindo, contribuindo e acrescentando. Não sou vagabundo e preguiçoso igual a vc, não.
        Vai juntar sua papelada e se aposentar por invalidez mental, seu preguiçoso oportunista.
        Muitos aqui acrescentam muita coisa a sociedade, diferentemente de vc. Pode se aposentar que não fará falta nenhuma. Deve ser aquele tipo de funcionário toda semana leva um atestado. Preguiçoso!!!

        • Luquinha diz

          Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkikkkkkkkkkkk

        • Tiago diz

          E você é Daqueles que julgam sem conhecer, você não sabe dos meus problemas, se vc é feliz com o vírus meus parabéns, eu admiro
          Mas infelizmente a única vontade que tenho é de morrer, estou passando por diversos problemas, de saúde e físicos
          Perdi quase 10 kilos
          Entao não venha me julgar por uma simples dúvida que tinha e achei que alguém podia me auxiliar ao invés de me julgar
          Abraços

          • Paulo Roberto diz

            Tiago,
            Ninguém sabia dos problemas que você está passando. Você bem que poderia ter dito isso em sua postagem.
            Se alguém está te julgando, é porque você mesmo nos induziu a este erro.
            Agora, veja só: existe tratamento… e gratuito!!! Você não vai morrer disso, não… Trate de sua saúde, cuide-se e preencha a sua vida com coisas que edifiquem: boa leitura, cursos, academia… É uma questão de tempo para as coisas se ajeitarem.
            E pense que dentro de poucos anos, talvez tenhamos a CURA…
            Então, não pense em morrer: pense em EVOLUIR, como homem, como espírito, como pessoa, como PROFISSIONAL, enfim…
            Vale a pena VIVER, amigo… Seja com ou sem HIV, acredite em mim: VALE A PENA VIVER.

          • Ombro Amigo diz

            Se você estiver seriamente incapacitado para o trabalho devido à problemas de saúde associados ao HIV, a junta médica vai avaliar e se o diagnóstico for confirmado, você é aposentado sem maiores problemas. Mas se quiser ir atrás, saiba que a burocracia é imensa.

            Agora, se você estiver doente porque não está seguindo o tratamento e/ou está depressivo. Procure um infectologista e conte sobre a sua saúde. Se você estiver em uma fase de negação da doença, procure tratamento psicológico e/ou psiquiátrico.

            Lembre-se que, em pleno 2016, é possível viver uma vida completamente normal se cuidarmos direitinho da saúde.

    • PAULO ROBERTO diz

      “Eu sou o estopim da BOMBA, é você quem me faz ser assim / Se não quer ver o estouro da BOMBA, não ENCOSTE este fogo em mim…”

  22. junior diz

    Não, não meu caro. Limitada sim, pois tudo afeta o meu corpo depois da medicação e já vi outros na mesma situação. Acho que você tem que ter um pouco de compreensão no mínimo e entender que cada um reage de uma forma a esses remédios. Entendo quem diz que vegeta após o HIV, pois nem todos tem a mesma vida. Uns reagem bem a medicação e outros não. E isso implica na sua forma de vida, induz você a criar hábitos que não condizem com a sua maneira de viver antiga. Às vezes mudança na aparência, emagrecimento, icterícia e cansaço são pertinentes e não tem médico que resolva, pois a única coisa que sabem fazer é nos entupir desses remédios e está tudo bem pra eles, pois carga viral é que é importante. Às vezes precisamos de outros médicos e nossos próprios médicos não compreendem e não nos escutam. O SUS tem suas falhas e creio que tenha muita gente precisando de outra solução a não ser essa terapia TARV que já me cansa e que não atualiza. Varia de pessoa pra pessoa e os efeitos colaterais existem e mechem com nosso corpo e mente sim. E aqueles que não tem condições? Aqueles que são de baixa renda e que não tem condição de se cuidar? Acredito ser pior ainda, pois o governo não da bolsa HIV. E aquele jovem de baixa renda que descobre ser hiv positivo e que não tem apoio da família? E as crianças soropositivas, será que elas vão poder viver como uma pessoa normal? Terão uma vida limitada sim. Enquanto tiverem pessoas como você que só pensam e si mesmos e acha que está tudo bem as coisas vão continuar assim.

    • Leno diz

      Ola Pessoal !!!

      Júnior quanto a sua colocação abaixo achei viável apresentar o link que segue em cópia.

      ” E aqueles que não tem condições? Aqueles que são de baixa renda e que não tem condição de se cuidar? Acredito ser pior ainda, pois o governo não da bolsa HIV”

      http://gritasaopaulo.com.br/agencia/?p=2120

      Abraços !!!

  23. Mateus diz

    Acredito que Enquanto não vem uma cura ou algo parecido temos que nos conformar com os paliativos que já estão SALVANDO nossas vidas e agradecer muito por isso. Se erramos, quem nunca errou, somos humanos não é, ou me engano? Bom, na minha modesta e humilde opinião temos que VIVER independentemente se estamos infectados ou não.. A vida é um dom único, então vamos aproveitar da melhor maneira, temos pedras preciosas nas mãos, que é cada dia que nos foi dado, cabe cada um sabe usar ou simplesmente jogá-las ao mar. Pense nisso.

  24. Luna diz

    “Quem tem consciência para ter coragem e tem a força de saber que existe
    E no centro da própria engrenagem, inventa a contra-mola que resiste.
    Quem não vacila, mesmo derrotado. Quem já perdido, nunca desespera
    E envolto em tempestade, decepado, entre os dentes segura a primavera.”

    Acreditem, dias melhores virão. Tudo passa, nossa vida muda constantemente, estamos vivos. Isso, por si só, já é motivo para celebrar. A cabeça é que comanda tudo.
    Abraços bem apertados em todos.

  25. Francisco diz

    Quanto a cura, deixo uma reflexão: O que adianta uma festa surpresa quando já sabemos quando acontecerá? Não vamos valorizar, agradeçer de coração e nem tão pouco se emocionar! Então, aguarde, Deus está preparando esta festa!

  26. Leno diz

    Ola Pessoal !!!

    Júnior quanto a sua colocação abaixo achei viável apresentar o link que segue em cópia.

    ” E aqueles que não tem condições? Aqueles que são de baixa renda e que não tem condição de se cuidar? Acredito ser pior ainda, pois o governo não da bolsa HIV”

    http://gritasaopaulo.com.br/agencia/?p=2120

    Abraços !!!

  27. Gledson diz

    Finalmente, eu posso beber cerveja ou não? 10 cervejas no final de semana é excesso?

    • Gil diz

      Tem estudos sobre quanto que intervém na medicação e quanto afeta no metabolismo com HIV e já fi publicada, há menos de um ano, aqui neste blog.
      Mas 10 cervejas (600ml) num final de semana é forte, pra qualquer organismo, viu? Mas depende de massa muscular, taxa de gordura, como anda seu fígado…
      Eu tomava isso… após o contágio, eu tomo duas ou três no sábado e dua latas no domingo, intercaladas com muita água. Mas dá diarreia e fezes amareladas…
      A opção pra quem acha que é limitante, que os remédios atrapalham, que é ruim tomar a TARV, que a vida fica ruim… podem parar de tomar e ficar se fica melhor… ou seja, ruim com elas, pior e muito pior, sem ela (tarv)

  28. Dan diz

    Acredito que ninguém aqui se importa se vai viver 5 anos a mais ou a menos…
    O que todos querem, na real, é ser aceito. Não ter que ficar explicando sua sorologia pra alguém que está interessado.
    Não existe outra doença (acredito que não) que carregue tanto preconceito.

    • Tommy diz

      Muito difícil explicar a sorologia a uma pessoa q está interessado… Vc gosta dela e ela tá gostando de vc, aí entra a parte de explica td… Já me afastei por causa disso e hj evito elevar pra algo mais sério

    • Tommy diz

      Muito difícil explicar a sorologia a uma pessoa q está interessado… Vc gosta dela e ela tá gostando de vc, aí entra a parte de explica td… Já me afastei por causa disso e hj evito elevar pra algo mais sério …

  29. RecentWave diz

    Eu estou tranquilo. Quase não penso mais que tenho HIV. Quase não busco mais notícias relacionadas, penso e faço sexo normalmente, bebo quando me dá vontade, embora hoje bem menos. Malho, trabalho, estudo. Enfim, vida normal.

    O que me deixa um pouco chateado as vezes são alguns efeitos do 3×1. Insônia, as vezes tontura quando passa umas 02:30 após o remédio e dependendo se comi algo pesado e gorduroso isso vem antes. O pior pra mim é ficar sem dormir, os vultos que vejo quando fecho os olhos e estes sonhos pra lá de malucos. Fico poooto com eles, kkkkk

    As vezes penso em tomar alguma medicação para dormir, mas tenho medo de sobrecarregar meu fígado e rins com mais uma medicação.

    • Tom diz

      Há quanto tempo vc está na tarv? Fiquei curioso com esses sintomas.

    • FG-PR diz

      RecenteWave já pensou em trocar de medicamento? Existe outras combinações que podem te trazer uma melhora na qualidade de vida.
      Vejo que você já venceu a parte mais difícil que é a psicológica, agora é só ajustar a medicação. Eu tomo desde o início Atazanavir/Ritonavir/Lamivudina+Tenifovir e não sinto absolutamente nada, só tive uma leve ectiricia no começo que é contornável tomando bastante água.

      Converse com infecto, talvez seja hora de tentar outra combinação.

      Gosto de pessoas que encaram a vida como você, é isso que faço desde o diagnóstico.

  30. Marcelo (M.) diz

    Gente por acaso vocês gostariam que só tivesse noticias totalmente positivas a respeito do HIV? Claro que melhor é não ter, mas se você parar para pensar 5 anos é pouquíssimo! Tenho certeza que existem coisas que as pessoas fazem utilização diária que diminui muito mais a expectativa de vida do que ter o HIV! Perto do que se falava antes sobre envelhecimento dos portadores não considero essa noticia negativa. Eu estou firme com os exercicios, tenho uma dieta exemplar, tomo os medicamentos de forma correta e estou trabalhando minha cabeça… tenho certeza que não vou morrer de HIV e pretendo viver muitos e muitos anos!

  31. Eu+ diz

    Pessoal, nem leio mais esse tipo de matéria, pois me abala psicologicamente. Mas sempre leio os comentários, pois eles me encorajam bastante. Fui ao infecto na quarta-feira e apresentei os exames. Tomo o 3×1 desde 06/11/2015 e estou indetectável com CD4 344. Questionei o doutor sobre as sucessivas altas da creatinina. Em outubro 0,92, em dezembro 0,96 e abril 1,07. Ele disse que são variações normais e que oscilam mesmo. Insisti pra ele solicitar exames sobre o funcionamento dos rins, pois já tomo outros medicamentos devido a depressão que tenho desde os 15 anos: Mirtazapina 45 mg, Clonazepam 2 mg e um outro de 100 mg que não lembro o nome. Ele não quis solicitar contagem do CD4 e pediu pra voltar com os exames em dois meses. Fiquei meio receoso por não continuar medindo o nível de CD4, pois 344 ainda não é o aceitável, não é mesmo? O infectologista acredita na cura até 2020 e perguntei pra ele se estava se referindo a amFar. Ele disse que sim. Não sei por que, mas não boto muita fé nesta instituição. Pra piorar, em consulta com o proctologista descobri que tenho dois pólipos sésseis no reto e lesões de HPV na região interna anal. Resultado: terei que fazer cirurgia, pois os pólipos que estavam no reto foram retirados no exame que fiz dia 28, mas as lesões somente com intervenção cirúrgica. Vou ver com o médico quais serão os procedimentos. Estou mega chateado, pois ainda por cima, minha glicemia está alterada, mesmo seguindo dieta com restrição total de açúcar, conforme orientação do endócrino. Enfim, este é meu desabafo. É difícil, mas é a vida que segue até sabe-se lá quando.

    • Ser+H diz

      HPV eu tb tive. Passa a pomada FITOSCAR. É formulada com barbatimão uma planta. Com 3 meses de tratamento some. Não tenho mais os sinais de HPV. Se fizer o procedimento cirúrgico vai sofrer pra caramba.

      • Marcos diz

        Opa amigo , também estou tendo dificuldades em eliminar umas lesões, fiz cirurgia ano passado e antes disso usei creme modik, algumas lesões voltaram. Porém ainda não estava em tratamento com retroviral acredito que minha imunidade estava baixa, estou a 3 meses tomando 3×1 meu corpo está reagindo bem, me sinto muito melhor, voltei no médico e estou passando novamente modik, tomara que dê certo. Eu nunca ouvi falar dessa pomada ae !! Abraços

      • Eu+ diz

        É interno, só intervenção cirúrgica mesmo. O médico chegou a comentar que seria cauterização elétrica.

  32. Luna diz

    Boa tarde, alguém tem um BOM infecto no RJ para me indicar ?
    Que atenda pela Unimed…
    A minha é muito meia-boca, rs.
    Meu e-mail é zeppelinluna@gmail.com.
    Quem quiser trocar idéia também será bem vindo.

    • cariocarj diz

      Boa Luna,

      Recomendo no Rio de Janeiro, Capital

      Hospital Memorial – Engenho de Dentro

      Dr. Carlos – Infecto

      Atendimento aos sábados.

      Acredito que aceita a Unimed, ligue para o telefone (21) 3541-2500

      Bjs

  33. Maupr diz

    Eu+ também passei pela mesma situação recorrentes pelo HPV e acabei fazendo duas cauterizações, primeira externa depois interna. Minha sorte que minha proctologista era um anjo, mas é uma situação bem constrangedora. Boa sorte e fique tranquilo.

    • Eu+ diz

      Obrigado. Estou receoso e sentindo até dores, que julgo serem psicológicas. Vou até pedir colonoscopia pra ver todo o intestino de uma vez e tirar qualquer dúvida. Tb pretendo pedir alguns exames pro Otorrino, pq o HPV tb pode aparecer na garganta ou boca. Enfim, não custa prevenir.

  34. luquinha diz

    Eu sempre li 15 /20 anos , esta melhorando .
    O amigo Paulo Roberto diz , sobre a pesquisa aparento 10 anos mais novo etc etc no caso esta falando de um envelhecimento estético ? Ou envelhecimento crônico dos órgão ?Outra duvida na linha 47 , (Não houve diferença entre as pessoas que foram recentemente infectadas e aqueles com infecção crônica.”) no caso não há diferença entre hiv e Aids ? Desculpa a minha duvida .
    Sobre o post passado , a monja é muito sabia , só ao ver falar traz uma paz muito grande
    e sobre o Revoltado , as coisas estão evoluindo sim eu já acho que só o fato de chegar novas drogas já e muito bom , mais já que você fala que não eliminam o vírus do corpo , te digo o caminho é esse e longo mais e esse , enquanto não chega fica sentadinho no sofá jogando ‘shot em kill ’pois o caminho será esse matar eliminar . ( o que vai acontecer antes )
    Revoltado vou ser curto e grosso o cabotegravir e a menina dos olhos de ouro dos cientistas ,ficaram feliz que quando combinada com rilpivirine mais ainda não era o bum , será com essa divulgada esta semana , anticorpos anti hiv (http://www.engadget.com/2016/04/28/simian-hiv-experiment/) tomara ( mesmo que não for essa estão mito perto ) Mais o que eu sei e que quando essas duas combinações acontecerem ,que e o que eu sempre quis dizer , ai sim a ciência dará um grande avanço o vírus que já vem perdendo a força estará derrotado

      • luquinha diz

        EU + eu espero que um futuro breve , mais o caminho será esse .

    • Revoltado diz

      Olá Luquinha,

      Eu acredito que a revolta é o caminho! Viu algum conformado transformando sua vida? Nem todos nascem em berço de ouro, moram em uma cobertura e tem uma casa em ferradura – Buzios – RJ, quiçá seguranças (nem pública que é obrigação do estado, muito menos particulares)…se não se revoltarem com a mesma condição de sempre e resolverem mudar, eu é que não vou fazer por eles isso. Mudando de saco pra mala diz aí, qual a medicação que você usa? Eu sei pelos seus comentários que não é o 3×1.

      Infelizmente alguns pacientes desenvolveram resistência ao cabotegravir+rilpivirine ou estou enganado? Coisa que não aconteceu com o uso do “dolutegravir” ou será uma jogada para manter a necessidade das malditas pílulas diárias? O que diz sobre isso?

      • Alexandre diz

        Revoltado,
        O estudo que está em curso analisa 3 situações, sendo elas: Pacientes recebendo cabotegravir/rilpivirina injetáveis para durar 4 semanas, pacientes recebendo cabotegravir/rilpivirina injetáveis para durar 8 semanas e pacientes fazendo a terapia tripla convencional, sendo o cabotegravir oral um dos medicamentos (dolutegravir), juntamente com a lamivudina e o abacavir.
        O estudo se deu da seguinte forma: todos os pacientes tinham quer ser virgens em qualquer tipo de tratamento para HIV e terem CV acima de 100.000. Pois bem, todos os pacientes começaram em regime oral com a terapia tripla citada acima. Após 32 semanas a grande maioria deles (não me lembro o percentual) já estava indetectável. Pois bem, após isso os pacientes foram divididos em 3 grupos sendo o grupo de 4 semanas para terapia de manutenção (Cabotegravir e Rilpivirina injetáveis), o grupo de 8 semanas para terapia de manutenção e o grupo que continuou no regime oral. Após as 96 semanas do estudo de fase 2b a permanência de CV indetectável (<50) se deu em 94%, 95% e 91% respectivamente, ou seja, contradiz o que vc disse no seu comentário. Apenas 1 paciente abandonou o estudo para o regime de 4 semanas, contra 4 pacientes do regime de 8 semanas e 2 do regime oral, sendo que 1 paciente de 8 semanas e 1 do regime oral tiveram de abandonar o estudo por conta de falha viral. Efeitos colaterais indesejáveis foram relatados em 6% dos pacientes injetáveis e 5% para o regime oral e alterações laboratoriais foram 16% e 14% respectivamente. Para o regime injetável os efeitos colaterais mais relatados foram sintomas da gripe e dor e inchaço no local da injeção, sendo comum o desaparecimento total desses sintomas após o 3° dia da injeção e ficando cada vez mais raro com o tempo. Ao final do estudo de 96 semanas mais de 90% dos pacientes injetáveis estavam muito satisfeitos com a terapia, contra 70% do regime oral. A fase 3 já se iniciou e irá durar as mesmas 96 semanas, e a terapia de manutenção, muito provavelmente estará disponível no primeiro mundo e na Ásia até setembro de 2018.
        Segue o Link:
        http://www.aidsmap.com/Long-acting-injectable-cabotegravir-rilpivirine-works-well-as-HIV-maintenance-therapy/page/3038518/

      • luquinha diz

        Revoltado , há 3 anos atrás quando abri minha boca no espelho e vi candidíase , tudo aquilo que eu tinha não valia de nada , eu dependo da mesma forma dos comprimidos diários como qualquer outro soro positivo , não tem dinheiro no mundo que compre a cura , e quando chegar vai chegar para todos , quem me viu e quem me ver , hoje vivo bem voltei a ser bonito ate meus cabelos estou deixando crescer , estou uma mistura de Leticia Sabatela e Aline Barros .
        Revoltado o cabotegravir +rilpivirine será bom mais como disse ainda não e o BUM querem e vão chegar a essa nova droga , quando ? Só me dizem que esta próximo e que o caminho e esse .
        Eu não tomo o 3×1 a minha medicação geralmente os infectos dão a gestantes para crianças não nascerem com vírus , tem positivos que tomam a mais de 10 anos e estão muito bem , lamivudina 150mg zidovudina100mg +neviparina 12 /12 horas e 1 comprimido de atorvastatina cálcica 10mg , REVOLTADO graças a essas benditas pílulas diárias que estou aqui no aguarde da tão sonhada cura , se eu falar para você que é fácil estaria mentindo , mais nada como um dia após o outro , hoje procuro não pensar muito , beijos no seu coração

        • PAULO ROBERTO diz

          Ah, me poupe… Letícia Sabatella e Aline Barros… Deve ser uma mistura de CERVERÓ e GRAÇA FOSTER, isso sim.
          KKKKKKK!!!!
          Desculpe a brincadeira, Luquinha… Só para zoar e descontrair!!!

          • luquinha diz

            Essa sua mistura não deve ser muito legal kkkkkkkk Paulo Roberto lindo a sua historia de vida , um milagre …. Deus te abençoe

            • PAULO ROBERTO diz

              Luquinha, Deus abençôe a todos nós.
              Eu às vezes brinco, choro, rio, fico feliz, zangado, triste… Sou um cara normal, que, devido ao HIV, perdeu a oportunidade de ter felicidade momentaneamente – eu disse MOMENTANEAMENTE…
              Talvez a vida de sucesso que eu poderia ter tido não fosse para mim.
              Mas Deus é quem sabe… Custei a entender que eu precisava lutar, que eu não poderia me deixar levar por maus pensamentos… Custei a entender que era preciso me aprimorar, e usar o mesmo HIV que me tirou as oportunidades da vida que escolhi, para ajudar as pessoas a NÃO DESISTIREM DE SEUS SONHOS como eu fiz.
              Este blog é uma excelente ferramenta, o JS teve a coragem que eu não tive, embora tivesse pensado nisso desde que conheci a Internet.
              Tenho humor cáustico, ácido, muitas vezes, mas sem querer ofender a ninguém.
              O que eu quero é CRESCER e incitar as pessoas a CRESCEREM também. Jamais desistam dos seus sonhos. Jamais dêem ouvidos a palavras negativas, pois o MELHOR só Deus pode dar.
              Abraços!
              Ah, quanto à mistura: é a imagem do Dragão de São Jorge, não acha?
              RSRSRSRSRS!!!!!

    • PAULO ROBERTO diz

      Luquinha,
      Eu disse que APARENTO ter dez anos a menos – e isso é puramente no âmbito ESTÉTICO, embora eu não seja nem um pouco vaidoso… Não uso cremes nem pomadas para a pele, o mesmo sabonete que lavo o corpo, lavo os cabelos… Quanto ao envelhecimento interno, dos órgãos como rins, estômago, etc, posso assegurar que, além de uma insuficiência renal na faixa dos 50 por cento, ambos os rins, que nada tem a ver com o HIV, estou ótimo!!!
      A TARV me deixou com o famigerado refluxo gastroesofágico, por isso, quando vierem as injeções, sejam quinzenais ou bimestrais, vou fazer todo o possível para que meu médico mude meu esquema.
      Agora, quanto a viver mais dez anos ou menos cinco anos, DEUS é quem determina isso.
      Lembre-se de que, quando eu fui diagnosticado, não havia nem o AZT, e a médica me deu SEIS MESES DE VIDA…
      Vaidade, vaidade, tudo é vaidade debaixo do sol…
      Bobagem essa idéia de que vamos morrer mais cedo ou mais tarde.
      Os planos, o homem pode fazer, mas o que determina tudo é a vontade de Deus.
      É nisso o que eu acredito.
      Tenho cicatrizes por todo o corpo, devido à minha profissão… Cicatricure? BOBAGEM. Vaidade das vaidades… Cada cicatriz, cada ruga, cada fio branco contam a minha história…
      E eu creio sim, na cura para breve… por que não?
      Abraços
      Paulo Roberto

  35. luquinha diz

    Eu estou feliz pois sei que a droga que será combinada com cabotegravir esta próxima e antes que o amigo diga que não coloquei espaço , virgula e ponto toma ponto ……………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………..Olha que sou cria do São Bento .

  36. Matheus diz

    Galera, preciso tirar uma dúvida: eu posso tomar o 3×1 com 12 horas de diferença? Passarei por outros fuso horários e tenho essa dúvida. Tomo 9 da noite aqui, e passaria a tomar 9 da manhã. Minha infecto disse que n tem problema, mas nao confio mt nela

    • Nutricionistx diz

      Matheus,

      espero que você consiga superar essa insegurança em relação à sua médica – eu tb senti em alguns momentos do início do tratamento – ou procure alguém de plena confiança, pois essa parceria é o pilar para o sucesso do nosso tratamento.

      Por isso, só um infecto poderia te dar a informação correta. De qualquer forma, eis o que eu faria: não atrasaria o horário da medicação – mesmo tendo lido que pequenos atrasos são bem tolerados eu estipulei tomá-lo religiosamente no mesmo horário para me ajudar na aderência. No dia do vòo (é antes ou depois das 21h?) eu botaria o despertador e não perderia o horário, em terra ou em ar. Chegando no paìs de destino, faria a conversão do fuso horário e me programaria para continuar tomando o remédio exatas 24h desde a dose anterior e assim prosseguiria. Caso a viagem seja longa, eu atrasaria/adiantaria em um pequeno intervalo de uma hora, no máximo, por dia, até chegar a um horário que fosse cômodo para mim no novo ambiente. Mas isto é especulação minha. Tente conversar com ela novamente, não se sinta acanhado de expor os seus receios. Ela, como profissional de saúde, deve estar preparada para acatar suas dúvidas e te passar confiança.

      De todo modo, neste blog gringo existe uma página com orientações gerais. Não me ofereço para traduzir pois não me sinto qualificado. Mas como você vai viajar para o exterior, espero que consiga fazer algum proveito do material.

      Um abraço e Boa sorte!

      http://www.aidsmap.com/Travelling-with-HIV-medications-time-zone-changes/page/3048737/

  37. Marcos diz

    Estou a 2 semanas com um problema, vou ao banheiro fazer xixi, mas parece que sempre tem um restinho que não sai..
    Não arde não dói , só essa agonia
    Alguém sabe se pode ser o remédio afetando o rim?
    Marquei exames de urina de utrason e urina só para sexta que vem ainda

    • Paulo Roberto diz

      Marcos, sei que estamos em plena fase de falta de água no planeta, mas isso me parece psicológico. Faça o seguinte: abra a torneira da pia enquanto urina e espere um pouco antes de recolher o bilau, com a torneira aberta.
      Veja se dá algum resultado.

  38. Fadinha Rs diz

    Duvida!

    Gostaria de trocar minha medição por esse 3×1,mas no início com a medicação atual tive alguns efeitos colaterais, hoje me encontro um pouco depressiva por conta de me achar com aparência mais velha, seila pode ser neura talvez ,mas gostaria de saber se posso pedir auxílio do INSS caso troque a medicação no início para adaptação e se preciso de um atestado de psiquiatra ou só do médico ,meu cd4 está bom e estou indetectável há mais de 2anos .
    Obrigado aguardo retorno.

    • Maxwell diz

      Pedir vc pode MAS o INSS aceitar aí será outros quinhentos. Seria necessário um encaminhamento do seu psiquiatra mas que você passaria pela avaliação médica do próprio INSS que nesse período de crise que estamos passando eles estão sendo mais rigorosos para liberar o auxílio.
      E sinceramente, acho que vc deveria ter um acompanhamento maior não só com o psiquiatra mas com um terapeuta e procurar fazer exercícios físicos que possa elevar mais sua auto-estima. O 3×1 NÃO é indicado para pessoas com depressão pois uma das medicações age mais fortemente no sistema nervoso o que poderia potencializar ainda mais a sua depressão.
      Apesar de ser “prático” por ser “um comprimido só” vc tem que ver os efeitos que ele pode trazer pra sua saúde.

    • luquinha diz

      Fadinha pelo que vejo você esta precisando de um auxilio , nada mais que justo , pois você esta depressiva e tem que se manter , vá por mim faça o seguinte , procure o psiquiatra e peça o laudo marque com o INSS ai que vem a questão , você vai virar a pior fada da face da terra , pois você vai ter que chegar lá em estado deplorável .
      Uma semana antes da data agendada ao inss misture 1 pacotinho de queijo ralado com 1 copo de vinagre , um dia antes da sua ida jogue por toda a roupa , pois vai dar o cheiro de perereca suja , vá descabelada e diga ao perito somente o necessário , que não tem vontade pra nada só dormir e diga que esta ” esquecida “pois ele vai ficar com medo de você esquecer de tomar os remédios e sobrar pra ele , e vai te conceder o beneficio para se tratar .
      Boa sorte !

  39. exexexdeprimido diz

    Eu tenho 52 anos, e aparento muito menos… 🙂 Gens otimo! hehehe

    Eu nao tenho muito acompanhado o blog, e estou me sentindo meio “isolado”. Situacao que eu mesmo criei…
    Bom, quero perguntar se alguem teria um conselho para mim: sou positivo ha 25 meses, e indetectavel ha 24 meses. Desde que descobri minha nova condicao, minha vida em termos de saude mudou radicalmente para melhor. Me alimento melhor, eliminei a bebida em 100%, durmo 7 horas minimo por noite e assim vai. Mas eu senti falta de esportes (nunca tinha feito na minha vida inteira!). Entao desde o ano passado estou la na academia, 5 vezes por semana, com um personal trainer. E isto me fascinou tanto que agora resolvi que quero ter um corpo de bodybuilder (sonhar pode, nao?):-) Como estou ja numa certa idade, meus musculos nao reagem da forma quando eu tinha 20…. resumo: vou tomar anabolizantes.
    A pergunta eh: posso tomar Testosterone, Deca, Dianabol, HCG, Clomid e outras coisas, mesmo eu tomando Stribild? Stribild eh a unica pilula que tomo diariamente, e que bloqueou o virus em meu corpo. Faco exames 2 vezes ao ano, mas meu medico ja anunciou que como meu organismo esta otimo, posso passar meu exame para 1 vez ao ano.
    Estou excitado com a historia do anabolizante, mas com medo de consequencias em relacao ao Stribild.
    Passei meu domingo pesquisando na net, mas nao encontro minhas respostas.
    Por favor, se alguem tem alguma dica, agradeco desde ja.
    Sim, eu nao moro no Brasil, por isto que tomo Stribild.
    Bom domingo a todos. Saudades da terrinha… 🙂

    • PAULO ROBERTO diz

      Vai tomar anabolizantes, ficar fortinho e de pinto mole.
      Ah, eu não faria isso.

    • Maxwell diz

      O mais indicado é vc procurar uma nutricionista esportiva e juntamente com ela fazer todos exames necessários para saber como está suas taxas. Você tem que ver como essa sua medicação (stribild) tem ação no seu organismo. O uso de anabolizante, ainda mais em sua idade, “SE USADO” deve ser usado com muita cautela e sob o acompanhamento constante de variados médicos (cardio, infecto, nutricionista…). Não tome de FORMA ALGUMA por conta própria. Eu com 32 anos comecei a tomar SUPLEMENTO (veja bem, SUPLEMENTO, não ANABOLIZANTE) – (Whey Protein) e com menos de uma semana o meu organismo já começou a dar sinais que o suplemento não era bem vindo no meu corpo, pois comecei a ter desinteria e só voltei à (desculpe a palavra) defecar normal depois que dei uma pausa no Whey (Snif, perdi R$180,00kkkk)

      • exexexdeprimido diz

        Oi Maxwell, eu tomo whey tambem, desde que comecei o treino. Mas estou bem com tudo. De qualquer forma, marquei coleta de sangue para o dia 10 agora, e dia 24 consulta com o meu infecto. Vou esclarecer tudo com ele.
        Obrigado pela tua honesta resposta. Acho que por isto a existencia do blog, um local onde eu possa escrever meus medos e obter alguma resposta e caminho.
        Nao certas “respostinhas” ridiculas de alguem que esta infeliz e talvez nao contente com a propria vida, entao revolta-se nas oportunidades de escrever. Sim, porque escrever aqui tudo pode. Eh um nick, eh escondido, ninguem te “julga”.
        Grande abraco.

    • Exexexdeprimido, esse é um assunto polêmico. Os próprios médicos divergem quanto ao uso de anabolizantes, ainda mais em nós que usamos uma medicação contínua.
      O meu infecto, por exemplo, não é contra o uso de reposição de testosterona, desde que com um acompanhamento rigoroso, vários exames, etc.
      O que não é nada aconselhável é tu querer tomar qualquer desses medicamentos por conta própria, sem o aconselhamento de um médico, sem fazer uma bateria de exames para saber de todos os teus níveis hormonais. Eu te confesso que já tive vontade de fazer uma reposição de testosterona, até porque pratico arte marcial e a idade tá começando a pegar, rsrsrsrs, mas tive receio e acabei não levando adiante essa ideia.
      Enfim, o certo é tu conversar com teu infecto e com outros especialistas para saber os riscos e benefícios que isso pode trazer, mas FALE COM UM MÉDICO antes de mais nada.
      Abraço e boa sorte.

    • Gil diz

      Qualquer medicação retroviral tem metabolização no fígado e nos rins, que forçam o seu funcionamento normal por bloquei de certas enzimas, como efeito colateral da TARV e prejudicam o funcionamento normal. Tomar anabolizante pra ficar forte e de boa aparência só irá forçar seus rins e seu fígado junto com as perdas funcionais da TARV somadas e, com isso, uma chance muito grande de você secar, eliminar muitos minerais importantes, digerir menos as proteínas… e poder vir a precisar de transplante, ou parar com os anabolizantes e ficar murcho e caído. Sem contar que os próprios anabolizantes forçam coração e muito!
      Não é, de longe, nada bom para sua saúde. Acredito que queiras compensar alguma situação ligada à seu diagnóstico…

  40. luquinha diz

    exexexdeprimido eu te aconselho a tomar injeção de Perlutan você vai ficar com um bumbum bem brasileiro e vai fazer muito sucesso ai fora .

    • PAULO ROBERTO diz

      Uai, Luquinha… Perlutan não é contraceptivo feminino? E olha as reações adversas…
      Credincruiz!
      Bom, como eu disse, não sou nem um pouco vaidoso, por isso, não tenho conhecimento dessas coisas e não julgo quem o seja.
      Mas eu não tomaria essas coisas de jeito nenhum.

      • luquinha diz

        Pow o cara tá bem , e vai procurar sarna pra se coçar , o cara vem falar de anabolizante , pow então cria bundinha e peitinho logo .

    • exexexdeprimido diz

      Luquinha (com um nick destes….) lamentavel tua resposta. A unica coisa que posso te desejar eh saude e muita felicidade, porque isto eu tenho de sobra.

      • D_Pr diz

        Exexexdeprimido,

        Converse com o Dr. Joel Gallant sobre o assunto, ele pode te esclarecer pelo fórum que ele mantém…Mas a resposta será não, tenho quase certeza disso.

      • Paulo Roberto diz

        Ow, amigo exexexdeprimido, Luquinha tem humor ácido, às vezes, mas tem bom coração…
        E olha, essas coisas de anabolizantes não são legais… Siga o conselho do Maxwell e do Luiz Gaúcho… Não coloque a sua saúde em risco por causa de vaidades, cara.
        Quem gostar de você tem que te aceitar do jeito que você é.
        Mas o principal é você se aceitar.
        Vai por mim, eu perdi um grande amigo aos 21 anos por causa de anabolizantes. O corpo dele estava ótimo, lindo, mas o coração simplesmente não suportou…
        Cuide-se bem.

  41. Tom diz

    Amanhã tenho retorno no infecto e acabei de imprimir os exames.
    Vamos falar sobre o início da tarv e tudo mais (ainda não comecei). Essa noite vai ser uma daquelas difícil de dormir…apreensão, pensamentos a mil….

    Alguém sabe a diferença da medição de carga viral abaixo? O resultado veio em copias/ml e UI/ml. Parece não ser um número muito alto…

    CD4%: 34,8
    CD4 absoluto 625,6

    Cd8%: 47,2%
    Cd8 absoluto: 849,1
    Relação CD4/CD8: 0,7

    Carga viral:
    3.758 copias/ml
    3,57 copias em log/ml

    6.539 UI/ml
    3,83 UI/Ml

    • D_Pr diz

      Tom

      Sua carga viral é relativamente baixa <10.000 cópias/ml³. Não se preocupe.

      Agora é continuar a terapia e buscar o indetectável.

      • Tom diz

        Obrigado D_Pr.
        Na verdade, ainda não iniciei a medicação. Discuti o assunto com infecto na última consulta e ele “deixou” pra eu tomar a decisão, porque todos os exames estão normais…Amanhã é meu retorno e vamos falar novamente sobre. Venho passando por um período complicado no trabalho e na família (falecimento de ente por câncer) e um pouco depressivo com isso tudo.. entao fiquei com receio de prejudicar a adesão e sem coragem pra encarar os possíveis efeitos….

        • D_Pr diz

          Tom

          Meus sentimentos por essa perda! Força pra você e familiares.

          Quanto aos efeitos, algumas pessoas costumam não ter, outras nem tanto. Se existe um pequeno quadro depressivo, evidencie isso pra sua infectologista, não é indicado o 3×1 em pacientes com quadro depressivo, por menores que sejam os episódios. Seria interessante entrar com outra combinação. Discuta bastante essa possibilidade com ela. Não importa se é por um comprimido ou dois, três…etc, o que importa é você ficar bem.

        • exexexdeprimido diz

          Tom, lamento pela perda de seu familiar. Doi bastante, e a cicatriz, desculpe a franqueza, demorara a curar. Eu perdi 3 pessoas (irmao, pai e mae). Dois meses apos minha ter ido, descobri ser positivo.
          Meu infecto tambem deixou nas minhas maos a decisao…. e eu resolvi que iria tomar os medicamentos. Mesmo ciente de qualquer efeito colateral. Mas preferi correr o “risco” novamente. Nao estou dizendo que tu devas fazer o mesmo, pois cada organismo eh diferente. O que funcionou para mim, nao significa que ira ser o mesmo para voce.
          Tome a decisao com calma. E efeitos, eles estarao la sempre.

          • Tom diz

            Cara, lamento pela perda, você deve ser uma pessoa muito forte agora, por ter passado por isso tudo. No meu caso, perdi minha mãe, e sei que demora mesmo pras coisas irem tomando seu lugar… mas é a vida que segue…
            Obrigado pela força!
            Se quiser conversar, meu email gettogether.sp@gmail.com.

  42. PAULO ROBERTO diz

    Querido Tom,
    eu sinceramente não sei a respeito desses resultados.
    Mas não fique apreensivo, não… Não ponha na cabeça que vai ser difícil, porque senão, SERÁ.
    Procure se tranquilizar… bons pensamentos, boas energias…
    Lembre-se daqueles que não tiveram a oportunidade de usar a TARV!!!
    Dê notícias!!! Estarei orando por ti!!!

  43. junior diz

    Todo mundo no mesmo lugar e ainda tem gente que insiste em ser ignorante. Lamentável. Como se agir assim fosse resolver alguma coisa. Acho que o blog está aqui para compartilhar ideias e opiniões e não para ficar ofendendo ninguém. O Brasil é complicado nesse sentido, muita gente não sabe nem dialogar.

  44. Nutricionistx diz

    Boa noite pessoal,

    estou tenho dificuldade de entender como “funciona” para interagir no blog – como receber notificações de respostas, se crio conta no wordpress ou comento direto, etc – mas depois do post passado me animei para começar a interagir mais.

    Acabei criando uma conta no KiK, como faço para ser adicionado ao grupo ?

    bjs

  45. CJ diz

    Desculpa a ignorância, pois fui recém diagnósticado, mas gostaria de saber se eu chegar a carga viral indetectavel e tiver seguindo direito o tratamento, eu vou poder ter relação sem camisinha com a finalidade de ter filhos? Será q tem risco de transmitir o vírus pra minha parceira ou a criança?
    Obrigado

    • Gil diz

      Sim, segundo uma muitos estudos seguros, de respaldo internacional, é possível sim, estando indetectável há mais de 06 meses, transar sem camisinha sem risco de contaminar o parceiro. Mas pode pegar outra cepa do vírus, que seja resistente à sua medicação ou mesmo outra DST. Mas se for com seu parceiro fixo, para engravidar, é possível, sim, sem riscos. Mas sempre é necessário acompanhamento médico, viu? Inclusive para confirmar se o que eu falei aqui é verdadeiro. Abraço!

  46. Felipeqwerty diz

    Tenho uma dúvida, queria saber o que acontece se a pessoa que faz o uso 3×1 não fizer atividades físicas, só tendo alimentação saudável e não praticando exercícios. Obrigado.

  47. Serginho.. diz

    Tem como excluir esse cidadão do blog….ele além de mal educado. .pessimistá e como ele msm diz revoltado..revolado com a vida. .com as outras pessoas e com ele msm….se suicida então é acaba com a sua revolta..

    • Revoltado diz

      Sim, sou revoltado e isso interfere na sua vida? Você não aprendeu a escrever de maneira clara que transmita sua intenção e nem por isso eu me importo. Muito menos quero te ensinar coisa alguma. Viva a sua vida e eu vivo a minha.

      Alexandre, obrigado pela explicação sobre o cabotegravir!

    • luquinha diz

      O Revoltado é uma pessoa inteligente , ele vai mudar de ideia e vai colaborar muito com esse blog , Serginho por mais que não concorde com as atitudes do revoltado , nada de suicídio nunca mais fale isso .

  48. Paulo Roberto diz

    Amigo Revoltado, todos nós já sentimos essa mesma revolta que você sente agora.
    Ou pelo menos a maioria de nós.
    Mas, me diga: onde você quer que sua revolta te leve?
    Acha que vai conseguir alguma coisa de bom simplesmente se revoltando?
    Cara, sinto muito, mas enquanto você vê o mundo exterior, a verdadeira revolução está para ser feita DENTRO de você mesmo!!!
    Eu já te pedi: ocupe sua mente com coisas edificantes, reflita melhor e deixe a revolta de lado.
    Venha SOMAR, amigo, não dividir.

    • Revoltado diz

      Paulo Roberto

      Você é um cavalheiro! Suas palavras são inspiradoras.

      Me deixe seu e-mail, terei prazer em te escrever.

  49. Paulo Roberto diz

    Deixa eu dizer uma coisa a todos aqui no blog: hoje eu conheci a esposa de um amigo meu, que não tem nenhuma doença crônica, é saudável, e tem aproximadamente a mesma idade que eu tenho – uns dois anos mais velha, já que eu tenho 50.
    Pois bem: ela não tem vitalidade nenhuma. O rosto cheio de rugas, a pele do braço bastante flácida, e quem vir nem de longe pensa que ela tem a idade que tem. Aparenta ser no mínimo QUINZE ANOS mais velha…
    Problemas financeiros ela nunca teve. Não trabalhou assim tão arduamente, já que era funcionária pública (cartório).
    No entanto, não tem alegria de viver, não tem iniciativa para nada… Está bem de saúde, mas por fora, um verdadeiro CACO.
    E vem essas pesquisas, dizendo que os soropositivos envelhecem mais rápido do que os soronegativos???
    Me desculpem, mas eu não creio nisso.
    Como já postei aqui, não tenho a menor vaidade. Não uso cremes, nem loções, jamais fiz plástica… o mesmo sabonete que lavo o corpo, lavo os cabelos.
    E não aparento ter 50 anos – nem me sinto como se os tivesse.
    Tudo é uma questão de GENÉTICA, DISCIPLINA e muita, muita vontade de LUTAR, de VIVER, de VENCER.
    Não sou contra quem seja vaidoso, desde que na medida certa, sem exageros.
    Mas sou radicalmente contra quem entrega os pontos sem LUTAR, sem querer VENCER.
    Vamos vencer isso, pessoal… Quem tem FÉ, que ore a Deus. Quem não tem, que pelo menos, fique na torcida por dias melhores – que virão, com certeza, em breve!!!

  50. Paulo diz

    Ricardo, eu gostaria de conversar com você. Tirar uma duvidas. Estou na mesma situação. Pode me passar um meio de contato por favor? Um e-mail, sei la…

  51. João Monte diz

    Alguém aqui que usa o 3×1 também vai direto ao banheiro? Eu como e sinto já uma vontade de ir ao banheiro, acordo e vou direto ao banheiro. Algumas vezes com diarreia, outras normal. Comecei o TARV a um mês e meio, e esse sintoma está a mais ou menos um mês. Seria só o início assim, até o meu organismo se adaptar à medicação?

    • JV diz

      João, eu uso e não tive diarreia não! Acho que varia de corpo para corpo. Mas os médicos dizem que todos esses efeitos passam! Pode ser alguma alteração gastrointestinal. Beba muita água e equilibre sua alimentação! E fale com seu médico sobre isso!

  52. Jorge /Mogi das Cruzes diz

    Descobri que estava com HIV a 5 meses, passei por uma forte depressão passava noites chorando e me culpando fortemente por não ter usado camisinha. Acabei perdendo o emprego e amigos. Ainda eu tenho medo de falar com minha família sobre isso, pois o medo de ser rejeitado é muito grande; sendo que já sou punido pela minha orientação sexual.
    Ao ler o título dessa notícia acabei me entristecendo.
    Mas essa doença maldita me trouxe alguns benefícios me fez cuidar mais da minha saúde e de se alimentar bem, e minha maior felicidade de e se aproximar mais da minha mãe ela me da td o apoio que preciso.
    Ainda hj depois de 5 meses deito a cabeça no travesseiro e me culpo por td isso é caio em lágrimas.
    Entro no blog diariamente e ver q tem pessoas q passaram por td q estou passando no momento me meda força pra prosseguir com o tratamento.
    Já q tenho q viver com essa doença pelo resto da minha a vida tenho q saber conviver com ela.

  53. henrique diz

    Descobri hoje que tenho hiv, 24 anos… fiquei bastante chateado e acho que vou fazer terapia sabe, tava lendo que alguns efeitos colaterais sao pesados, procede isso gente?

    E tipo, só recebe auxilio doenca ou aposenta por invalidez quem tem aids em fase terminal?
    Valeu =)

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s