Notícias
Comentários 126

Poz: um aplicativo para positivos

poz_app

phone

O mais perto: Saiu à noite e quer saber quem está por perto e procurando um encontro? Você pode descobrir quem está na vizinhança.

Novos: Se você gosta do que é novo, por que não tentar a pesquisa pelos novos usuários e descobrir quem acabou de entrar?

Chat: Converse rapidamente através de mensagens instantâneas.

Encontre: Encontre-se com quem você clicou no aplicativo.

iOS & Android

poz_get_the_app
O aplicativo está a apenas algumas semanas de ser lançado. Registre-se para ser uma das primeiras pessoas a obter o aplicativo.
Anúncios
Este post foi publicado em: Notícias
Etiquetado como: , ,

por

Jovem paulistano nascido em 1984, que descobriu ser portador do HIV em outubro de 2010. É colaborador do HuffPost Brasil e autor do blog Diário de um Jovem Soropositivo.

126 comentários

  1. JV diz

    Será que pega no Brasil? Talvez funcione bem em metrópoles como Rio e São Paulo. Acredito que paras as demais cidades…:/

  2. luquinha diz

    Nossa adorei , quem saiba eu consiga arruma uma namorada bem pertinho de mim !Pois não quero uma sorodiscordante e sim uma positiva .

    • Tonzinho diz

      Mas por que você não se relacionaria com uma sorodiscordante? Curiosidade apenas.

      • luquinha diz

        Tonzinho – Não é que eu queira ouvir o padre dizer … na riqueza , na alegria até que o vírus os separem , no inicio tudo é flores , mais como qualquer casal haverá brigas e quando a Mariazinha falar” Eu sei de um segredo seu” eu vou falar …..conta sua puta conta o meu que conto o seu ….

    • D_Pr diz

      Luquinha, é só você se relacionar com o pessoal daqui mesmo. Mas vc optou por não colocar a cara no sol nem para seus amigos.

      • luquinha diz

        D-Pr quer saber , tudo passa , como dizia minha falecida avó na fazenda onde fui criado , o tempo e o melhor remédio , e ela estava certa , se eu voltar há três anos , eu vivi um pesadelo , esse que virou uma realidade e que nessa realidade um sonho o sonho da cura , hoje podemos dizer que estamos vivendo na continuidade de algo que vai chegar . Não se esqueçam disso ,estamos vivendo na continuidade de algo que vai chegar .
        Há mudanças e poucos percebem isso , que bom que há mudanças pra melhor , digo isso em relação ao hiv é claro , você só poderá retirar o seu medicamento com um laudo do seu medico , atestando que você esta indetectável no período de 6 meses , e a sua medicação será , de acordo com o exame que foi recolhido de amostras daquela mesma data , em breve para todos , indetectável é bom mais eles querem ir além ,vão fazer um mapeamento , querem saber a onde ele se esconde , novas drogas com novas combinações estão chegando ,eles querem saber a quantidade que cada individuo deva tomar , e a técnica de passar o cerol esta evoluindo cada vez mais , na minha opinião( Luquinha ) Que esse vírus saíra do meu organismo talvez esteja longe , mais que a quantidade de drogas e efeito colaterais será praticamente zero , isso eu posso dizer que um futuro breve , isso e “cura ” nunca quis enganar ninguém pois eu sou o maior beneficiado .
        Posso garantir a todos aqui vocês não morreram disso , nem mesmo eu que tive infelizmente AIDS , hoje estou muito bem , para mim que tive uma face aguda , hoje tenho uma vida corrida ,infelizmente com a crise tive que demitir 1,200 profissionais , mais minha vida continua uma loucura e graças a Deus não sinto nada , DPr eu muito em breve colocarei minha cara ao sol , pois algo que parecia impossível , hoje não é mais … só posso garantir que sou bem lindinho , tanto por fora e tanto por dentro , mais a vida segue estou aqui deitado no meu quarto vendo um monte de ladrão que roubou com a Dilma falando SIM SIM SIM SIM , Se as pessoas soubessem que um dia vão prestar conta seria diferente .
        Que o Brasil tenha força pra passar esse momento que estar por vir .

        • LV Antônio diz

          Olá luquinha e pessoal. Muito bacana seu depoimento.

          Descobri minha soropositividade em fevereiro e há duas semanas tomo o 3×1. Está tudo bem, tirando os sonhos, nada mais por enquanto.

          Porém, estou muito deprimido com meu quase ex namorado. Ele ainda está no período de pep – esperando mais 60 dias p fechar o diagnóstico. Ele está cada dia mais triste e eu mais ainda por ele. Eu o amo tanto, mas nossa relação está no fim.

          Nem nos beijamos mais; não nos olhamos, mal mal conversamos. Sinto que após o resultado, que seja nao reagente nas forças de Deus, ele vai seguir a vida sem mim. Eu até entendo e por mais esclarecidos que somos, sei que o medo é muito maior do que um indetectavel.

          Penso também em me relacionar com um soropositivo no futuro, pois é complicado viver a vida com toda essa neura e tristeza.

          Sempre fui um homem sorridente mas há 2 meses minha tristeza só aumenta com essa angústia da espera do resultado dele. Sei que a vida continua, sei que o remédio é um aliado mesmo com efeitos e sei que podemos a cada dia renovar nossos votos de felicidade.

          Só não queria machuca-lo. Como disse a Luna, em outro post, a vida sem viver….Estou assim. Quero viver mas não tenho forças agora. Sei que elas se renovarão, mas ainda não consigo.

          Será que a vida com um soropositivo será mais feliz do que com um sorodiscordante?

          Ele foi meu primeiro namorado; somos maduros; não sei se vou conseguir gostar de alguém novamente. Boa noite.

          • luquinha diz

            LV Antônio ou você começou a namorar muito tarde ou você tem um amadurecimento precoce , pois com o primeiro namorado ter essa cabeça ,bato palmas pra você .
            Antônio vai dar tudo certo , seja qual for o resultado , vamos torcer que de não reagente , mais caso de reagente isso não será o fim , muito legal esse amor que você sente pelo seu companheiro ,tá tudo muito recente , é compreensível que vocês estejam sentindo isso , mais vocês são esclarecidos e sabem que há formas de prevenção , embora em 2016 ouve um caso quase certo de falha no medicamento prep. , eu acredito que quem falhou foi rapaz , e também existe a camisinha , volte a sorrir , eu sei que é difícil mais diga não a depressão , a sua mente comanda tudo , Antônio eu era fumante , fumava 60 cigarros por dia , tinha tentado de tudo pra parar , em suma em uma semana parei , então busque força em algo , Antônio eu vou te fazer uma pergunta , você sabe quantas pessoas com câncer daria tudo para ter hiv ao invés dessa terrível doença ? Você não vai morrer .Fica na paz , já deu tudo certo

          • anjo (terapeuta) diz

            Lv antonio eu digo sim para todas as incertezas apresentadas. Se este cara ti deixar é pq nao o amava, vc logo estara indetectavel, se ele ti deixar vc tbm sera feliz mesmo sem ele e tbm amara outro cara e talvez outros… namoro um discordante e levamos uma vida normal vamos nos casar, ja estamos cm quase tudo pronto o proximo passo sera adotar uma criança

            • LV Antônio diz

              Obrigado anjo. Estamos muito fragilizados.

              Hj estamos melhor que ontem, eu pedi muita força a Deus e aos meus anjos da guarda e hj acordamos bem melhor que ontem.

              Foi o que disse e também acredito nisso: o amor verdadeiro não muda por uma condição, mesmo com medo e sofrimento.

              Um abraço

            • Adamastor diz

              Geralmente leva quanto tempo para uma pessoa ficar indetectável, sendo que ela descobriu poucos meses depois de ser infectada?

          • Gustavo diz

            Olá Antonio, estamos passando por uma situação muito parecida e gostaria de falar com você. Meu email é: gupuccineli@gmail.com e o skype é: gupuccineli.
            Acho que essa conversa será boa para nós dois.
            Abraços

          • Ricardo diz

            Olá Antônio, passei pela mesma situação, só que eu fui deixado, eu deixo a vida me levar, levanto cedo vou trabalhar, e não deixo me deprimir, você deve ser uma pessoa bonita, inteligente e como vc mesmo disse madura, você nunca saberá o que o destino lhe reserva. O amor é como um pássaro, deixe-o livre, se ele gostar de ti ele volta, o mundo da muitas voltas e gostar de alguém com certeza você vai gostar pode ter certeza. Não se deprima e não pense nisso.,levante a cabeça tudo vai dar certo você vai ver.

            • Tatiana silva diz

              Lindo amei a resposta é isso ai!!!vida que segue….e temos muito q viver.

        • D_Pr diz

          Logo logo esses 1.200 profissionais estarão recolocados, não se culpe! Se corresponda por e-mail meu querido, você ainda tem meu contato! É sempre uma alegria ver você por aqui e poder conversar contigo.

          • Luquinha diz

            Devia ter usado camisinha na hora de ter dado o rabo ,nao ia te fazer mal .

    • Vivi diz

      Bom eu peso da mesma forma, só acho que você deve ter se expressado mal. O fato de ser uma discordante é ruim pq teremos que contar pra pessoa a nossa atual condições, e isso depois de adquirir total confiança e afinidade, ai essa pessoa se não tiver nenhum preconceito será perfeito mas, e se esse preconceito existir??? Isso é ruim pq abala muito o nosso
      psicológico e acabamos perdendo a pessoa e ainda fica o medo dessa pessoa repassar a informação(passei por um caso semelhante e acabei me ”tornando” refém da pessoa por um tempo.).

  3. Antonio diz

    Deveria ter para Windows Phone, afinal esse app é pra todos neh e o Windows Phone está se popularizando.

  4. Eu+ diz

    Pessoal, uma ajuda, por favor.
    Fui diagnosticado positivo em outubro, iniciei o 3 em 1 no mês de novembro. No primeiro exame, minha creatinina apresentou valor de 0,92, já no segundo realizado em janeiro o valor foi de 0,96, agora neste último, realizado em abril, o valor foi de 1,07. Os valores de referência são 0,50 e 1,3. Estou preocupado, pois minha cabeça fervilha em me fazer pensar que o remédio pode estar arrebentando com meus rins. Alguém já passou por uma situação parecida? Estou com muito medo, inclusive de voltar ao médico. Ah, estou em depressão desde final de agosto e andei lendo em alguns sites que o Efavirenz contribui para piorar o quadro depressivo como tb interfere em valores relativos a diabetes. Já falei com meu médico quanto a relação entre o efavirenz e a depressão e ele disse que não existe relação. Alguém poderia me dizer algo a respeito? Estou pensando em trocar de médico, inclusive. Obrigado pela atenção, companheiros.

    • JV diz

      Está bebendo MUITA água? O ideal é ficar sempre com a garrafinha de água perto e ir bebendo durante o dia! Acho que bebo uns 5 litros! Fazer atividade física vai te ajudar muito também a colocar toxinas pra fora e inclusive na questão emocional. Canalize suas forças em atividades físicas, ao ar livre, em grupos…busque ver vídeos divertidos…e procure ajuda de um profissional. Não deixe a depressão tomar conta de ti. Ela é muito mais cruel e triste que o vírus. Se anime, se cuide, se enfeite,…Tem que estar bem para os próximos tratamentos e para a cura!

      • Eu+ diz

        De vez em quando bebo uns dois litros por dia. Noutros bebo menos. Atividade física não faço pq trampo em dois lugares e moro longe de ambos, então não me sobra tempo pra nada. Estava pensando em fazer natação pelo menos uma vez por semana, pra ver se alivia a tensão. Mas mesmo meus níveis de creatinina dentro do norma, CV indetectável e CD4 350, estou encanado com o aumento da creatinina de outubro pra cá. Estou querendo ir em algum grupo de apoio a quem convive com o HIV aqui em São Paulo, mas não tenho forças. Quanto a cura, são tantos prazos e tantas posições diversas que deixei de ficar acompanhando, pois fico cada vez mais ansioso quando leio algo do tipo ‘a comunidade científica está perto de encontrar a cura’ ou ‘não passará dos 3 anos a cura’.

    • Edison diz

      Eu+, sou positivo há 25 anos, tomo medicação há 17, e estou ótimo. Portanto não fique preocupado. Continue com a medicação e faça exames regularmente. Alguns anos atrás, por outras razões, fiquei deprimido. Fui a um neurologista, comecei a tomar um anti depressivo e estou bem disso também. Consulte um médico especializado no assunto para que ele te indique a melhor solução para tua depressão, e siga com a vida. Existe um site chamado radarhiv.com.br, que vc deveria checar. Abraços.

      • LV Antônio diz

        Obrigado luquinha. Eu comecei a namorar tarde mesmo. Dará tudo certo, confio em Deus.

        Obrigado pelas palavras amo muito ele e por isso respeito sua angústia. Não é fácil ver alguem sofrer, mas daqui a pouco isso passa.

        Abraço

  5. Luna diz

    Luquinha essa da Mariazinha foi boa rsrs.Eu também não penso em ter uma relação sorodiscordante. Não quero ter que ficar explicando tudo oque nós, positivos, já sabemos, nem ficar , de certa forma, provando que não sou um monstro, nem me sentindo inferiorizada, nem imaginar que todo possivel desentendimento tenha sido, mesmo que de forma velada, por conta disso, nem ficar neurótica se houver sexo de risco etc etc.

  6. RecentWave diz

    Pessoal, bom dia. Olha, isso de namorar sorodiscordante é complicado, mas difícil escolher de quem a gente gosta. Eu namoro um sorodiscordante e estamos juntos há 6 anos. Sim eu transei fora da minha relação e infelizmente contraí o HIV, mas graças a Deus ele não. O cara não me julgou, foi e é o melhor parceiro do mundo. cada dia mais carinhoso, me coloca pra cima sempre, me enche de presentes e o mais importante de amor. Sei que sou um caso a parte, por que muita gente vira as costas para situações como esta. Já vi amigos passando por isso, mas não limitem suas vidas a uma possível rejeição.
    Sejam pessoas boas, amorosas, de bem com a vida que com toda certeza aparecerá pessoas legais na vida de vocês. Se aparecer um idiota, não se abalem, isto acontece com soronegativos também. Foquem no que é importante na vida de vocês e se buscar um companheiro(a) for uma delas, tenho certeza que se tiverem de bem com a vida, se cuidando, isto acontecerá.

  7. Oi boa noite !sou soro a 18 anos !terminei um casamento recentemente !como está difícil arrumar um namorado soro 😢

    • Krika, boa tarde!

      Não desanime.

      Eu terminei um noivado com sorodiscordante, estou nesta busca de encontrar alguém legal.

      “Alguém legal” até encontro. Complicado é falar sobre o assunto.

      😦

      Não desanime. Precisando conversar só enviar um e-mail: anail.l@live.com

      beijos

  8. Ale diz

    Quem tiver Kik me adiciona lá: ale198639.
    Querendo fazer novas amizades.
    Hoje faz 1 semana que descobri ser soropositivo 😒.

  9. PM diz

    Oi amigos positivos, descobri ser soropositivo há quase dois meses e, iniciando a medicação da TARVs tive uma reação alergica, dps de uma semana ao 3×1, mas, como minha carga viral e CD4 estão tranquilos, meu médico vai dar um tempo (2 meses), para começar o segundo esquema, tirando o Efavirenz, que é o que detona a gnt, né? Alguém, confirma pra mim, o efavirenz é o gde vilão msm? Claro, que sem contar a questão psi.

    • Gutan diz

      Tomo essa combinação há dois anos. No começo tive uma alergia, não muito grave, que foi revertida com antialérgico. A médica disse que só trocaria o esquema se a alergia atingisse o rosto. O seu médico sabe certinho o que é melhor. Boa sorte

    • Paulo Almeida diz

      Bem, o Efavirenz me fez muito mal, a ponto de não conseguir ficar de pé. Daí minha médica passou a Nevirapina, e eu já estava acostumando quando comecei ter febre e esplenomegalia, rash cutâneo e etc. Daí mudamos para o Atazanavir, mas além de ficar “muito” amarelo minha urina ficou escura. Já estava cansado de sofrer nas mãos dos remédios até que minha médica passou o Fosamprenavir. Com ele meu corpo se habituou e agora minha combinação é Fosamprenavir + Tenofovir + Lamivudina + Ritonavir. Agora estou muito bem e indetectável a três anos. . .

  10. AcreBoy diz

    Após ter lido todos os comentários achei interessante deixar a minha contribuição no tocante a experiência de relacionamentos: sejam eles com sorodiscordantes ou não.
    Pessoas são extremamente complexas – em todos os sentidos imagináveis. O fato de termos um vírus não nós diferencia dos demais. É certo que no início da descoberta é um baque muito forte, contudo, quando nós acostumamos com o diagnóstico, vemos que a nossa vida flui de uma maneira muito mais tranquila.
    Não há o que temer, exceto a própria insegurança.
    Descobri que era positivo no final de 2014 e passei por inúmeras fases: desde o desespero até a aceitação. Isto fez com que eu tivesse uma qualidade de vida que, dantes, não pensava ser possível.
    No tocante a relacionamentos; sabemos que a ignorância a respeito destas três letras – HIV – é absurda. Nós mesmos pouco sabíamos do vírus antes de sabermos que ele estava em nossa corrente sanguínea.
    O fato é que temos que fazer um trabalho de conscientização. Não me refiro a expor a sua condição sorológica e, sim, a educar e mostrar que não somos um risco a ninguém; muito pelo contrário, somos mais seguros do que muitos, afinal, sabemos a nossa condição sorológica e nos tratamos.
    Já tive relacionamentos com homens e mulheres. Alguns não vi a necessidade de me expor, em contrapartida, outros, falava sobre o vírus abertamente.
    O que aprendi nestes relacionamentos é que quando o véu da ignorância e do medo, dá lugar ao acesso a informação você passa a ser visto, somente, como o namorado ou a namorada de um terceiro.
    Informação e conversa resolvem muitas coisas. Paranoias não.
    Pensem nisso e vivam suas vidas normalmente.
    Não somos diferentes de ninguém.
    Forte abraço a todos.

    • Alexandre diz

      EGC, o que vc entendeu dessa matéria? É prevenção ou tratamento? O cara pergunta pro cientista se poderá ser usado por pacientes já infectados, e ele não respondeu diretamente. Enrolou. O que vc entendeu? Outra coisa que não ficou claro é se esses anticorpos já poderão ser usados como substitutos aos ARV’s, em breve. Vi que está em fase 1 mas que a NIH já quer testar em 5000 pacientes. Que fase 1 é essa? Barasão, se vc puder opinar também, seria ótimo.
      EGC, diz aí o que vc entendeu disso tudo.
      Grande abraço!

      • Verdes Olhos diz

        Olá. Pelo que entendi, ainda não sabem ao certo se essa abordagem pode levar à cura, ao desenvolvimento de uma vacina ou apenas a uma nova forma de tratamento (ao estilo “para a vida toda”, como o que temos agora). Como estão na fase 1 dos experimentos, eles esperam responder essas questões de aplicabilidade com mais estudos. Posso ter interpretado errado, mas foi o que eu entendi. Aí tem a questão de testarem a aplicação dos anticorpos em recém-nascidos, porque tem países pobres onde as mães (infectadas pelo vírus) não podem parar de amamentar os bebês, sob o risco de os bebezinhos morrerem desnutridos, já que não existem opções de alimentação alternativa 😦
        No caso dos bebês, seria uma alternativa à aplicação de ARVs, inicialmente.

  11. Guerreiro diz

    Pessoal estou na duvida se tenho ou nao ..dia 27 vou fazer exame

  12. Eai Alexandre blz
    Postei esse link na pressa e nem tinha lido completo, mais ao ler percebi que se trata de anticorpos monoclonais de Envelope glycoprotein do virus, que esta sendo testado em recem nascidos contaminados no nascimento onde é possivel eliminar completamente o virus em ate 14 dias de exposição, ate mesmo nos reservatorios que são formados apos o terceiro dia da infecção, entendi isso, mais com muita esperança que logo logo descubram algo para nós tambem, abraço amigo, abraço luquinha, abraço D_Pr, abraço Luiz.

  13. Muito bacana essa de app para se conhecer sem se preocupar com A conversa…
    Eu vivo com um soronegativo, sabemos da minha condição há menos de uma semana. No dia em que vi meu resultado, ele me prometeu que nada mudaria entre nós e até agora está tudo igual. De vez em quando me bate a neura: será que eu mereço isso? Será que ele merece alguém como eu? Mas depois que entrei nessa luta, decidi que não vou sofrer por antecipação por nada. Não deixo a neura se instalar. Estamos bem, vivendo normalmente.
    Na realidade, seja para os sp ou sn, dureza mesmo são os sorointerrogativos. Conhecemos a história: primeira vez com preservativo, segunda esqueceu por causa da bebida, etc. Então, é pura neura se sentir inferior só porque temos consciência do que somos e, consequentemente, nos cuidamos.
    Nada a ver com o assunto,mas tenho visto muitos depoimentos de pessoas que se relacionaram com “carimbadores”. Eu, mesma, acredito que fui vítima de um. Sinceramente, até agora eu achava que isso era lenda urbana, mas pelo visto não é bem assim. Sei lá, só quero dizer que esses espíritos sem luz são um bando de otários, covardes, mal comidos, dignos de piedade e que eles não nos representam. Não basta o malfadado estigma dos 80s, tem que ter meia dúzia de gato pingado fazendo m. para torrar nosso filme. Só acho.

    • Samir diz

      Olha, passei exatamente pelo que você esta passando. No inicio, era como se eu estivesse em débito com ele por ele aceitar minha soropositividade mesmo sendo negativo. O que ele me ajudou a ver é que não somos menos por isso. Claro que é um esforço diferente namorar com um soropositivo, mas eu tenho certeza que assim como eu, você vale a pena e esse cara vai ficar com você e do seu lado em todos os momentos.

  14. And diz

    Olá galera… Recebi a confirmação hj de q sou portador do vírus HIV…
    Estou perdido… Angustiado, sem dormir a 2 dias…
    Tenho 27 anos… Uma situação enorme para resolver agora… Pq eu tenho namorada e contrai o vírus fora do namoro… Mas tenho certeza q não ofereci nenhum risco a ela.
    Não estou na minha cidade, estou fora à trabalho mas deveria ir para casa esse feriado…

    Já chorei hj igual uma criança, mas sei q preciso enfrentar d cabeça erguida!

    Desculpem o desabafo, acho q só precisava conversar…

    • Tom diz

      Situação nada fácil meu caro.
      Enfrentar o vírus não vai ser tão difícil. Procure um infecto, faça todos os exames necessårios, converse muito com ele e tire todas as dúvidas sobre o tratamento……
      Quanto à sua namorada, no teu lugar, eu avaliaria se vale a pena contar, ou não. Ae depende do nível em que se encontra a relação de vcs. É uma namorada, ou é a mulher com quem pretende ir adiante? Mas saiba tb que, ao contar sua soropositividade, existe grande probabilidade dela não ficar mais com vc , mas se ficar, é porque ela quer mesmo vc. Difícil decisão, mas nessa hora, só vc pode decidir amigo.

      boa sorte!

    • anjo (terapeuta) diz

      And o processo é esse mesmo, dulvidar, se julgar e aceitar. Olha eu pensava vou morrer pq comigo pq descuidei e um monte de coisas mais. Tinha muitos medos como ficaria mia saude, pensava em minha familia e tal. Passando esta faze eu conversei comigo e decidimos q iriamos entrentar ai parei de chorar e fui procurar infecto saber sobre os remedios … na epoca eu tinha alguem que precisava saber mas eu nao sabia como falar. Esperei um tempinho quando eu ja tinha comecado a medicaçao e ja estava com a cabeça no lugar. Eu acordadva a noite pensando podia ser so um pesadelo… olha hj estou otimo nao contei pra parentes so meu namorado sabe ele e sorodiscordadente estou indetectavel e so lemvro do virus na hr da medicacao ou melhor lembro mesmo é da medicacao rs ta tao mecanico q comprei um porta remedio cm todos os dias e assim nao corro o risco de esquecer ou tomar duas vezes. Cara vc esta melho q muita gente. Pode ter certesa q muita gente daria tudo pra estar no seu lugar. Vc anda, cuida de vc sozinho. Vc esta saudavel apenas tem um virus q cm a midicacao ira reduzir e uns poucos esconder em algum lugar. Boa sorte vc nao é o primeiro ne serar o ultimo tbm nao esta sozinho.

    • JV diz

      Se quiser conversar, meu e-mail é joaopositivo30@gmail.com. Tente se manter em equilíbrio. Tudo vai se ajeitar, PODE TER CERTEZA DISSO! Sou recém diagnosticado também. Não se desespere pois o desespero pode tornar tudo mais difícil. Me escreva!

  15. Junior+ diz

    Olá galerinha positiva, descobri minha soropositividade a um ano e confesso q a depressão que tomar conta de minha pessoa, mas vendo o diálogo de vc6 tem me confortado bastante, então vamos confiante nessa luta e pelo bem de todos os meus novos amigos e pela cura q creio q está mas próxima q nunca meu voto é sim. Kkkkk

  16. Verdes Olhos diz

    Sobre esse app, tenho uma dúvida: vai ser possível utilizar pseudônimos (como quase todos fazemos aqui no blog e em outras locais virtuais)?

  17. And diz

    Olá galera…
    Fiz o teste confirmatorio hj e tive a certeza q contraí o vírus do HIV.
    Ainda estou muito abalado… Estou a 2 dias sem dormir depois do teste rápido q havia feito.

    Acho q só precisava conversar um pouco pq tenho muitas coisas para resolver e não podem demorar para resolver…

    Um abraço a todos…

    • Samir diz

      And, você não esta sozinho! Somos uma legião de pessoas que já estiveram nessa mesma situação. Se quiser conversar, me manda um email ou me chama no kik! theSpatient@outlook.com e kik: theSpatient.
      Tudo isso vai passar e você vai ver que a sua vida vai voltar pros trilhos. Fe em Deus, sempre pra frente!

      • Força!nao e o fim,procura um psicólogo!nao vai sair por aí contando para todos pode se arrepender!vivo a 18 anos com isto é estou ótima

    • Marcos diz

      Olá And, eu descobri tem pouco tempo também dia 12/04 se quiser conversar me chama no kik: marcos.roxer

    • Força, querido! Eu descobri há pouco também e, para minha surpresa, em determinadas partes do dia já esqueço disso. Não é o fim, apenas um recomeço. Quanto a contar para sua namorada, se tu tens certeza absoluta que nunca expôs ela acho que tens a opção de contar ou não por enquanto. A minha opinião é que as pessoas que estão conosco em relacionamento sério precisam saber, até mesmo pelo bem de nossa própria consciência.
      Calma, um passo de cada vez. Não tenta resolver tudo agora com a cabeça a mil. Te concentra no tratamento, marcar médico e etc. Tua saúde deve ser a tua prioridade agora. Abraço, tudo de bom.

  18. Namoro há seis anos com outro positivo. Nossa relação não vai nada bem. Brigamos o tempo todo. A sorologia nada influencia nisso. Mas acho que mais cedo ou mais tarde, o namoro vai acabar. Somos mais “amigos” que namorados. 😦

    • Davi, pelo que tu tá falando não parece que a crise tem tanto a ver assim com a sorologia, mas com o esfriamento da relação mesmo (que acontece com qualquer casal). Tu faz terapia com psicólogo? Talvez ajudasse. Tudo de bom para vocês.

  19. And diz

    Galera, muito obrigado.
    De coração!
    Samir e Marcos, eu add vcs no Kik…

    Preciso de coragem para enfrentar TD isso…
    Assim como a Anjo, eu tô no processo de me culpar muito, pq sei q o erro foi meu.
    Mas vou ter q aceitar e seguir…

    Pq não posso ficar parado

  20. CP diz

    Eae galera!!
    Primeira vez que vou comentar algo… Sobre o app, para mim é mais uma esperança de conseguir ter um relacionamento serio com alguem que entenda a minha situaçao.

    Mas falando sobre a sorologia, que eu vi que estão comentando bastante aqui… Vou tentar resumir minha historia.
    Eu descobri ha pouco mais de um ano, quando eu estava no auge dos meus processos seletivos para virar comissario de bordo da Emirates, Qatar e Etihad… Eu estava quase sendo aprovado, e então BUM! Teste reagente para HIV. Naquela epoca eu estava desempregado e o meu sonho de se tornar comissario por essas companhias foi por agua abaixo (porque é proibida a entrada nos Emirados Arabes soropositivos). Quem fez meus exames foi minha dermatologista e eu lembro que na epoca ela ficou mais preocupada do que eu mesmo fiquei.. Eu tive que viajar e mesmo assim ela me ligava pra saber como eu estava, porque minha carga viral tava mais de 10.000.000 (isso mesmo: MILHÕES!!). Lembro naquele momento que eu tive que parar e pensar pra quem eu contaria que poderia me ajudar, pq estamos em uma sociedade que finge entender e aceitar a todos, mas sabemos que a maioria é falsiane! Contei apenas para uma amiga, que mesmo eu nao tendo mt contato eu a considero minha best, e para um amigo meu que eu nem considerava meu best, mas nao sei pq eu senti confiança em contar para ele e nao me arrependo disso, pq é somente com ele que posso comentar sobre esse assunto. SOMENTE esses dois.. Outros amigos mais proximos e familia nao sabem disso ate hoje! Minha familia se resume a minha mãe, e não tenho coragem de contar para ela, nem vejo necessidade ja que eu nao moro com ela mais, e ela nem me aceita por ser gay.. enfim, enquanto eu puder lidar com isso sozinho, eu irei.
    Enfim, lembro que eu no inicio comecei a ler de tudo na internet nacional e internacional sobre HIV (inclusive o JS). Ate uma gengivite que eu tive eu ja tava achando que era AIDS. Voltei pra BH e fui ao infecto e fiz aquela bateria de exames necessarios.. Mas meu CD4/CD8 estavam bons entao eu nao comecei imediatamente com os antiretrovirais.
    Consegui um emprego em outra cidade e somente depois de alguns meses após a minha ultima consulta é que eu fui de novo a uma consulta pelo SUS (a medica me deu uma bronca dizendo que independentemente da carga viral ou CD4 eu ja devia ter começado a tomar os remedios). Mesmo sem tomar os remedios, minha carga viral caiu para 9 mil e pouco e meu CD4/CD8 estavam subindo, mas mesmo assim eu comecei a tomar o 3×1 exatamente 1 ano após o meu diagnostico. Eu seeei muito bem que foi uma atitude irresponsavel, mas eu simplesmente quis deixar de lado essa doença e viver minha vida, e consegui! Fiz sexo seguro sempre, consciente, e em momento nenhum a depressao ou tristeza me abateu. Hoje tem pouco mais de 1 mes que comecei com meu 3×1, tive so uns sonhos malucos no inicio e dps eu fiquei de boa.

    Resumindo isso tudo: Eu sei que cada um lida de uma forma diferente com esse diagnotico, eu por exemplo tinha todos os motivos para entrar em depressao ou algo do tipo, pq eu vi as portas de uma grande carreira e sonho se fecharem para mim! Mas mesmo assim, eu parei, analisei os fatos e tentei seguir em frente da melhor forma possivel. Eu ainda tenho medo de conhecer um cara bacana, pra namorar e tals e no momento que houver confiança e eu contar para ele sobre minha sorologia ele me recriminar e me largar. Mas acima desse medo, eu tenho confiança em Deus que eu serei mt feliz ao lado de alguem que entenda a minha saude, e que iremos nos amar muito!

    Tentem nao deixar a depressao abater voces! Se começarem a pensar muito na doença, se ocupem com algo! Trabalho, atividades fisicas, faculdade, enfim, porque o aliado da depressao é a ociosidade, ok?!

    Beijos pra todos!!

    PS1: Desculpem o textão!!
    PS2: Tem alguem de BH ae? 😛

  21. Ale diz

    Estou procurando novas amizades soropositivos, faz dois meses que descobri a doença, meu wats 988082246 adiciona ai para trocarmos esperiencias..

  22. Pablo diz

    Sou novo tb desde o diagnóstico até o início do tratamento. Meus exames iniciais deram péssimos pra piorar. Cd4 quase zero. Mas após começar o tratamento me tornei confiante e após o repeteco dos exames ja to um “mocinho” de novo. Meu conselho aos recém diagnosticados: Cabeça erguida, iniciem o tratamento sem medo e suas vidas voltarão ao que eram antes. Claro, eu aprendi uma lição. Agora, faço tudo que fazia antes, mas não sou mais inconseqüente. Sou una pessoa melhor com certeza. To feliz. Sucesso a todos.

  23. Edbyington diz

    Esse app será uma benção. Tenho um grupo de WhatsApp com pessoas que conheci aqui e somos uma verdadeira família. Eu sou a mãe ( mesmo sendo do sexo masculino, pq sou preocupado com todos e romântico) bem coisa de mãe. Temos o pai que me largou e casou com um baiano . E os filhos são em 6!
    Um eu acabei dando ( não tinha condições psicológicas npara criar) e então restaram 5.Dos quais 1 fugiu de casa pq a mãe é descompensada sentimentalmente. E os outros 4 estão no grupo.
    1 é muda!!!ela só tecla, não ouvimos a sua voz.
    1 é puta ( não pode ver um homem q quer ficar e é solteiro convicto)
    1 é chef de cozinha e é o carneirinho, um sweet !
    1 é pegador , mora no Rio de Janeiro , mas quer casar.
    Na verdade, somos uma grande família. Quem quiser se habilitar e assumir esse que vos fala . To aqui para jogo.
    Ps: brigamos, rimos, temos gente de esquerda , de direita, sentimental, direta)
    É muito legal !!!
    Obrigado Js pelas notícias. E tomara que o aplicativo seja um sucesso , pois essa solteirice 😒😒😒
    Meu e-mail: edbyington30@gmail.com

  24. And diz

    Bom dia galera… Como eu comentei aqui no blog, fui diagnosticado na segunda (18/04/16).
    Ontem tive uma experiência maravilhosa com Deus e pude sentir q Ele não me condenava e sim ma dava uma nova vida… A nova oportunidade.

    Tive coragem de ligar para minha melhor amiga e contar pra ela. Se tudo der certo ela irá comigo para contarmos para minha irmã.

    Estou muito apreensivo, mas também muito confiante.

    Sei q de todo este mal virá um bem muito maior!

    Fé em Deus galera!

    Quem tiver Kik me add… and.deh

    Abraço a Todos!

  25. Bruna diz

    Olá amigos, boa noite!
    Acompanho o blog há alguns meses depois de uma situação difícil que passei.
    Descobri de uma maneira muito dolorosa que minha tia era portadora do vírus e confesso que o preconceito bateu, cheguei a ir a um cta e fazer exames em uma clínica particular, mesmo nunca tendo passado por uma situação em que ela me colocasse em risco.
    A partir disso resolvi que gostaria de me esclarecer mais sobre esse vírus para até mesmo ajudar a minha tia, de alguma maneira. Ela vive com o vírus há mais de 20 anos e vive muito bem, plenamente. Posso dizer que ela é um exemplo para mim. Ela é casada com um sorodiscordante.
    Mesmo não conhecendo vocês, alguns já são familiares para mim pois sempre estou dando um pulinho aqui para me informar mais, rs.
    Esse blog é um espaço ótimo, inclusive falei com a minha tia sobre ele, mas ela não liga muito para a internet então não está acompanhando, mas eu sempre comento com ela qnd leio uma publicação interessante.
    Quero dizer a vocês, principalmente os que descobriram a pouco tempo a sorologia, que vocês ainda terão uma vida maravilhosa pela frente. Hoje possuímos uma medicação eficiente, apesar de alguns efeitos, mas ela não os impede de ter boa qualidade de vida. Acho que a maior causa para o preconceito é a desinformação, que com certeza quebraria o paradigma do hiv. Não percam a esperança, é ela que move nossa vida. Quanto a encontrar um parceiro, seja sorodiscordante ou soropositivo, acontecerá, e mesmo que vocês tenham experiências negativas, tentem não se abater, pois esse vírus não faz de vocês menor. Admiro muito a história de muitos de vocês. Acho que tenho uma dívida de gratidão com esse blog, descontruiu o conceito que eu tinha sobre hiv e hoje, sempre esclareço meus amigos quando o assunto surge. Gostaria de deixar uma palavra para vocês: “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.” João 16:33

    Um abraço carinhoso, fiquem com Deus, estarei sempre orando por vocês e acredito, que a cura vem logo!!! ❤️

    • LV Antônio diz

      Lindas palavras Bruna!

      Muito obrigado por suas orações!

      Um abs

  26. Sah diz

    Na neura e coruosidade por saber mais, sobre a minha mais nova condição, acabei achando vocês. Foi a melhor que coisa que poderia ter acontecido nas últimas semanas.
    Tenho 26 anos e fui diagnosticada a duas semanas. Nunca havia feito o exame até porque sempre havia me cuidado, mas devo ter cruzado com um carimbador. Fui diagnosticada no Hemocentro da minha cidade, quando fui me tornar doadora de medula óssea. 30 dias após, recebi uma cartinha para refazer os exames e mais 30 dias depois veio a bomba. Meu pai me aguardava do lado de fora, quando entrei no carro minha primeira reação foi falar que precisávamos ir pra casa e conversar e nisso desabei a chorar. Chegando em casa minha mãe já foi logo perguntando os resultados (ela é enfermeira). Não tive coragem de contar, entreguei o exame na mão dela e desabei em choro novamente. Ela me abraçou e chorou comigo. Nunca pensei que teria que ser soropositivo para perceber o quanto tenho uma família maravilhosa.
    Final de semana passado resolvi contar para minha melhor amiga que também é minha comadre, choramos juntas e ela disse que sempre estará ao meu lado junto com minha afilhada.
    Tudo isso me ajudou a não ficar tão depressiva, mas quando deito na cama e fico sozinha vem a solidão. Não conheço outras pessoas soropositivas, e tem também o pensamento de que se um dia conhecer e me relacionar com alguém terei que contar e isso não sai da minha cabeça. Fora a neura de acontecer algo na hora do sexo. Desde menina sonho em me casar, ter filhos e por enquanto isso é o que mais me perturba. Semana que vem tenho consulta com o médico, farei os exames e aí começarei a tomar os remédios. Mas confesso que seria muito mais fácil e reconfortante se um dia eu conhecesse alguém soro positivo também.
    Mas enquanto isso não acontece vou vivendo um dia após o outro!

    Beijos a todos!

    Ps.: vocês não têm ideia de como cada relato que li aqui, me ajudou a ver as coisas de outra maneira.

    • LV Antônio diz

      Olá sah! Tenha fé! Tudo dará certo em sua vida. Sei que é difícil, tb estou passanão por este momento e me sinto sozinho.

      O blog, com seus depoimentos, me conforta um pouco, mas eu ainda tenho um pouco de depressão. Mas uma hora vai passar.

      Que bom que tem uma família maravilhosa. Isso é fantástico! E sobre ser mãe, casar: calma, vc realizara ainda seu sonho.

      Um abs

  27. Gb diz

    Boa tarde pessoal. Semana passada fiz uma bateria de exames de rotina, inclusive anti-hiv. Os resultados saíram terça, on-line. O único que não está disponível é exatamente o anti-hiv. Amanhã vou no laboratório pra pegar os exames. Tô com um pressentimento ruim, bem ruim… Já tô pesquisando bastante na internet, e encontrei vocês. Amanhã venho aqui dar a resposta.. Caso realmente aconteça, vou precisar muito da ajuda de vocês. Pretendo, pelo menos no início, não contar pra minha família nem amigos… Tô muito confuso desde já. Abraços

  28. Luna diz

    Gb, alguns laboratórios não costumam liberar o resultado do hiv on-line, pelo menos comigo era assim, mesmo antes de ser positiva. Só pessoalmente. Eu sei pq sempre fazia.
    Tenta ficar tranquilo, e volta pra nos contar o resultado, boa sorte.

  29. Tobbias diz

    Há pouco mais de uma semana (13/04/2016) eu descobri ser portador do vírus HIV.
    Apesar de todos os trabalhos que eu havia feito sobe o tema durante toda minha vida escolar e acadêmica, quando eu recebi a noticia do positivo, tudo perdeu o sentido… Eu senti medo, agustia, desespero, incertezas e uma certeza: a morte!
    Tudo o que eu sabia, as informações que me foram prestadas, as matérias que eu li, os documentários que eu assisti, as propagandas na TV e os informativos das redes sociais; era como se tudo tivesse sumido da minha mente e regressasse aos anos 80, nos primórdios das doenças e eu fosse um dos primeiros casos: eu fechava os meus olhos e me via cadavérico, agonizando em cima de uma cama…
    Era como se eu fosse morrer dali algumas horas, eu não queria ver TV, comer, ouvir musica, acessar redes sociais… Eu só queria chorar, eu me sentia sozinho, carente, queria um abraço, queria que alguém me acolhesse, não deixasse ir, porque eu iria morrer… Pela primeira vez eu sentia presença da morte, como cantou Cazuza: “eu vi a cara da morte e ela estava viva… Viva!
    No primeiro dia da descoberta eu não queria dormir, no fundo eu tinha medo de dormir e não acordar… Mas meu cansaço venceu o medo e eu dormi… Dormi e acordei no dia seguinte…
    Nos dias que se seguiram eu percebi que estava vivo e que nada havia mudado, exceto a minha certeza de morte…
    Mas todos não tem ela? A unica certeza da vida não é a morte? Não aprendemos desde de pequenos que ninguém nasce para a semente?
    O tema é tratado com uma falsa naturalidade e um falso conformismo, porque se de fato aceitássemos tão bem a ideia de morte, não entraríamos em pânico sempre que a víssemos ou a sentíssemos de perto; quando isso acontecesse o natural seria pensar: a unica certeza da vida é a morte… Ninguém nasce para a semente… Infelizmente chegou a minha vez…
    Mas não, no fundo todos acreditam serem eternos, acontece com todos, menos com eles, todos morreram, um dia… E assim acabavam por muitas vezes sentirem super heróis, se arriscarem e até mesmo desperdiçarem as suas vidas…
    O meu diagnóstico positivo havia me dado a certeza de fato que eu não era para semente, nem eterno, um dia eu morreria. Um dia… Como qualquer outra pessoa… Eu agora não apenas fingia acreditar nisso, essa passou a minha maior certeza.
    Eu estava vivo, havia sobrevivido ao primeiro dia, depois o segundo, uma semana, hoje, uma semana e alguns dias, estou aqui vivo…
    Apesar da minha melhor aceitação, é tudo muito recente, e mesmo eu já não me sentindo em estado terminal, ainda não houve um único dia sem que em alguns momentos dele eu não me sentisse em pânico, apavorado e com medo de morrer…
    O que muda é que essas crises tem diminuído, todas as vezes que elas se manisfestam eu penso da forma que descrevi acima para vocês, penso que estou bem, saudável e que tudo é uma questão de tratamento e eu vou me tratar e tudo ficara bem…
    Tnho muitas duvidas sobre o tratamento, tenho convenio, mas optei pleo publico, mas estou achando muito demorado o retorno… Faço os exames na terça, mas só passo com o infecto em junho…
    Enfim, fico assim, oscilando entre o aceitar e o medo de não ter tempo…
    Sei la, talvez se eu começasse o tratamento logo eu ficasse mais em paz, eu ja aceitei a minha condição, só queria me tratar e ter essa vida “normal” que as pessoas dizem viver…

    • LV Antônio diz

      Tô boas tudo bem?

      O que aprendemos na escola são sintomas da doença, que pode levar até uma década p se manifestar.

      Chore bastante, viva o luto mas não pense em morte. O q vc tem hj é um vírus q talvez nunca acordei em seu organismo.

      Um abs!

  30. JuanMonte diz

    Pessoal, eu tomo o 3×1 tem uns 40 dias. O único efeito colateral que tenho desde o décimo dia que inicia a Tarv, são “cólicas” no pé da barriga e digamos que uma “diarreia”. Já estou a um mês com isso, seria normal? Não aguento mais acordar e ir pro banheiro, de tarde ir novamente… Além disso parece que tem um caldeirão de tanto que borbulha essa minha barriga. O relato de quem já passou por isso poderá me ajudar. Obrigado!

    • LionLife diz

      Ola JuanMonte
      Sugiro procurar seu médico e falar sobre a “diarréia”
      No meu caso, descobri minha sorologia positiva, através de uma diarréia intensa, que acabou se resultando numa bactéria chamada Criptosporidiose. Ja estou estou em tratamento.
      Estou tomando o 3em1 e também o Bactrim

      Mas sugiro que passe com seu médico, o quanto antes!

  31. Lion Life diz

    Pessoal bom dia!
    Sou casado com sorodiscordante! Ele está me dando todo o apoio, isso me faz muito bem!

    Antes quero falar um pouco do início de tudo.
    Descobri minha sorologia positiva ao HIV há 3 semana atrás, devido uma diarréia crônica, que rendeu uma internação de uma semana por motivo de uma bactéria chamada Criptosporidiose que atingiu meu sistema gastro intestinal. Tratei e estou tratando essa bactéria com o Bactrim.
    Fiz um bateria de exames, além do CD4 e CV, fiquei muito preocupado e com medo, pois meu CD4 estava mto baixo (88/mm3) e já minha CV muito alta (384.000 cópias/ml). Enquanto estava internado, meu médico achou melhor iniciar o tratamento com o antiretroviral. Comecei a tomar o 3em1 (Tenofovir/Lamivudina/Efavirenz). Estou tomando há 14 dias; na primeira semana senti todos as reações do remédio que já havia lido, tais como: Tonturas, sonhos vividos… agora estou me acostumando…. Estou ansioso para fazer os próximos exames e verificar os índices do CD4 e CV.

    Agora falando sobre meu casamento com um sorodiscordante. Quando descobrimos há 3 semanas, abri o resultado pela internet, do lado dele, e estava reagente! A minha reação foi ficar em choque, já a dele foi me abraçar e dizer “estou contigo e vamos enfrentar tudo isso juntos”. Ele me da o “up” que preciso, me ajuda muito! Logo que soubemos da minha sorologia, fui com ele fazer a dele, no qual deu Não Reagente, mesmo assim daqui 40 dias ele retornará para fazer o segundo teste.
    Somos casados há 2 anos e 3 meses. Ainda não quero abrir essa questão da sorologia para minha família, penso que minha mãe seria a que mais iria sofrer, por falta de informações que hoje eu tenho sobre o HIV, no qual na cabeça dela poderia passar a única coisa: minha morte, por isso acho muito cedo para abrir para minha família tudo isso. Sou muito grato por ter um companheiro que posso compartilhar tudo!

    Tudo é muito novo pra mim, as vezes fico perdido em um “turbilhão de sentimentos” que se misturam. Desde que soube do resultado, nao me condenei, e nem me questionei, apenas estou aprendendo a viver essa “nova vida” que começou no dia 07/04/16.

    E vida que segue!
    Esse canal esta me ajudando muito e espero poder colaborar também!
    Um forte abraço a todos!

    LL

    • Krika diz

      Amigo por esperiecia própria !nao conte para sua família até aceitar bem!pode Sofre se acontecer de serem
      preconceituosos ,vai conversando sobre o tema é vendo a reação deles !muito bom a atitude de seu companheiro !com o tempo aprendemos a lidar melhor com estas questões !tenho a 18 anos e vivo bem sem neuras

    • LV Antônio diz

      Olá Lion life! Tudo bem?

      Sua história parece um pouco com a minha. Namoro um sorodiscordante há 1 ano e estamos na angústia do resultado, contando os dias com um turbilhão de sentimentos.

      Descobri minha sorologia há 2 meses e faço tarv há 1. Também não me culpo pelo o q aconteceu comigo, mesmo sabendo da maneira como foi. Mas tenho sentimentos melancólicose que começarei a tratar com um psicanalista a partir de hoje.

      Eu não o aconselho a falar para sua família. Com a tarv a vida continua, mesmo com o luto inicial. Não conte meu caro!

      Gostaria muito de conversar com você. Meu kik é lvantonio e meu email lvantoniobh@yahoo.com

      Um abraço e muita força!

  32. Arthur diz

    A vida é triste, pelo menos tá sendo agora. Hoje tá sendo daqueles dias que vc para pra refletir… Queria tanto voltar a me relacionar com alguém. O pior é ficar pensando, que se eu tivesse reservado um minuto pra me proteger, não estaria nessa situação. :/

  33. Beatriz diz

    Amigos, quero muito ajudar e dar o meu apoio! Sou uma jovem portuguesa seronegativa, mas apanhei um susto muito grande recentemente que me fez ver a vida e os momentos de uma maneira completamente diferente. Eu era uma pessoa super triste e deprimida por natureza e agora sou uma pessoa mega feliz e de bem com a vida e quero partilhar a minha experiência, medos que passei e, sobretudo, demonstrar que o estigma e o preconceito TÊM de ser vencidos! O meu whatsapp é: (+351) 910007769 chamem-me lá 😀

  34. Índigo diz

    Lendo as declarações do And e de outros que descobriram recentemente, lembrei de quando descobri minha condição há quase dois anos… E nessa lembrança eu ouvi meu choro na época….
    O início é tudo muito turvo, é confuso. É cruel, mas tenha fé em Deus e sigam amando a vida.
    Hoje lembro de quem eu era e me vejo muito melhor, mais forte. Superei e isso me amadureceu. Uma pena ter sido esse o caminho , mas na vida temos que tirar de tudo uma lição para superarmos as adversidades. Uma frase que me ajudou muito é mais ou menos assim “você não pode vencer um problema com a mesma cabeça que você criou” e foi isso. Se eu continuasse o mesmo jovem que eu era, certamente não estaria aqui hoje.

    Abraços a todos.

  35. tednvg diz

    Boa Noite Gente!
    Faz entorno de um mês que descobrir que tenho HIV, ta sendo tão difícil pra mim;
    Descobrir pois nunca fui de ir ao médico e como já estou com 33 anos decidi procurar médico pra pedir exames em geral pra começar a cuidar da minha saúde;
    O susto foi quando não liberarm o exame de hiv com os outros e comecei a me desesperar, passaram mil coisas na minha cabeça até eles eniarem meu resultado a um médico pra me dar o resultado;
    Meu sonho de família foi por água abaixo,
    Já comei o tratamento com o 3 em 1 e no início tive bastante tonturas mas agora está menor;
    Desde então passei a ler bastante a respeito e hoje estou muito grato por encontrar este site e li o q cada um postou;
    Não falei e nem vou falar pra ninguém pois tenho medo até de perder meu trabalho, mas me sinto tão só.
    Obrigado pelas postagens e deixo aqui meu desabafo tb.

    • Sah diz

      É normal se sentir um pouco só, até porque as pessoas que estão à nossa volta não entendem como nos sentimos, para uns pode parecer besteira certos sentimentos que temos, mas só nós sabemos tudo o que passa em nossa mente. Já faz um mês que descobri que sou soropositiva e a uma semana tomo o 3em1. Optei por fazer meu tratamento no sus e para meu espanto o médica que me atendeu foi uma pessoa maravilhosa, tenho o mesmo medo que você sobre não conseguir ter uma família e ela tirou um pouco esse meu medo. Se quiser conversar o meu Kik é garotasunshine. É bom conversamos com pessoas que realmente vão nos entender!

  36. Jovem !! diz

    Pessoal fiz três testes todos deram indeterminados!! Daí já dá pra saber que 90% de chance que estou contaminado!! Hoje estou passando pela fase de olhar pro meu corpo e dizer, estou com esse vírus en mim, e na fase dos pensamentos suicidas, quando estou fazendo algo que não lembro fico de boa, o problema é quando começo a pensar, poxa eu com hiv?? Eu já estou montando planos de viver enquanto minha mãe estiver viva, pq é a pessoa que Menos quero ver sofrendo…. meus planos era ter alguém namorar alguém, ter um companheiro, mais vejo que isso vai ser difícil pelo fato deste vírus ser tão mal visto, encontrar alguém que te aceite é mais difícil ainda é isso que me faz querer não continuar!!! Quando penso que sempre fui um cara alegre batalhador, sempre gostei de malhar me divertir e acabei me dando isso de presente, então me sinto triste pq fiz isso comigo?? O maior desespero de um soropositivo é a solidão !!! O que faria amenizar isso seria conhecer outros caras com a mesma condição que não precisasse o tempo todo estar explicando algo e vejo que é difícil, se vcs conhecerem algum aplicativo algum lugar de bate papo para nossa condição aliviaria mais tudo isso… obr abraços

  37. Gravidinha diz

    Estou gestante de 2 meses e descobri q sou soropositivo meu esposo tb descobriu depois q fez o exame não sei quem passou p quem mas estamos unidos tem algum grupo q posso conversar c vcs tipo São se tiver me adicione meu tel e 06295113556

  38. Marco j diz

    Boa noite! Descobri recentemente e estou desorientado com tudo isso. Mas lendo alguns comentários me sente confotado e seguro.

  39. Genivaldo diz

    Olá Amigos a apenas 3 dias fui com meu pai de 67 anos ver o resultado dos exames, e ele está com o vírus hiv, quero muito ajudá-lo mas não sei como. Pesso a ajuda de vocês ele também pediu pra eu Manter segredo, tenho mais 3 irmãos, meus Deus eu não sei oque fazer.

    • Caca diz

      Genivaldo, também recebi meus exames no dia 02/01 atestando que sou positivo. É normal nos sentirmos perdidos, mas o que me ajudou muito foi procurar a unidade de saúde da minha cidade que cuida de dsts. Fui muito consolado e muito bem informado sobre quais são os primeiros passos para cuidar da minha condição, e estou muito mais tranquilo e esperançoso de que tudo voltará ao normal. Faça isso, procure o centro de atendimento da sua cidade, garanto que vai se tranquilizar. Lembre-se que ser positivo não é o fim do mundo, e essa não é a pior doença que existe. Com o tratamento adequado tudo vai se acertar. Força aí irmãozinho!

  40. Ana diz

    Tenho 24 anos, descobri a 4 meses, n contei para ninguem, estou um pouco perdida, queria conversar com alguem sobre o assunto… se alguem puder me enviar um e-mail… ficarei agradecida.

    Anaahclara.sp@gmail.com

    • olá Ana…a 12 anos atrás era assim mesmo que eu me sentia…sinta-se a vontade de me procurar no wats p/ conversar a respeito.sou uma sra de 51 anos. (51) 981777334.

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s