Diário
Comentários 82

Gabriel Estrëla responde tudo sobre HIV

Anúncios

82 comentários

  1. GABRIEL RODAR diz

    Video muito bom… Isso só mostra o quanto a desinformação ainda é Grande.. me adicionem ai no Kik vidaquesesegue temos um Grupo lá…

  2. Espanho diz

    oi GENTE, tudo bem? estou fazendo PEP e gostaria de ser adicionado no KIK para conversar com a galera espanhoVS valeu!

  3. Paulo Roberto diz

    Muito se tem falado na NOVA técnica, a Terapia Genética, para acabar com o vírus.
    Tenho lido muito a respeito disso nos últimos dois meses.
    Porém, achei este vídeo no YOUTUBE… E é de 2014, isto é, dois anos atrás:

    Alguém poderia me dizer por que motivos só este ano de 2016 é que temos essa notícia sendo veiculada?
    E mais: Em que pé estão as pesquisas?

  4. Zen diz

    Creio que deve ser o tempo para verificar a eficácia da técnica, afinal, somos seres com diversos mecanismos. Por exemplo, não adianta uma terapia eliminar o vírus do paciente e como consequência trazer um sério tipo de câncer. São muitas as variáveis envolvidas, creio eu. Creio que o CRISPR será uma das excelentes estrategias hoje pesquisadas para a cura. Até lá, vamos torcendo para que medicamentos que controle o vírus se tornem mais eficientes e com menos danos ao corpo.

  5. Luk diz

    Iluminados, meu namorado hj foi analisar os exames dele antes de levar ao médico e ficou meio tristinho. Na época q foi diagnosticado( agosto 2015), sua CV tava 73.000 e cd4 500 e alguma coisa.após o três meses de tratamento a CV caiu para 37 e o cd4 aumentou para 726. Mais três meses e a cd 4 teve uma queda para 629. A CV ainda não saiu……..será q a CV voltou a subir?

    • Brunno diz

      Bom dia Luk.
      Creio que só há motivos para comemoração e não preocupação. A CV caiu bastante, deverá ficar indetectável em breve, e o CD4 já não é mais parâmetro para acompanhamento. O que importa mesmo é ter a CV indetectável e a relação CD4/CD8 dentro dos parâmetros. E o CD4 dele continua bom, a contagem oscila muito mesmo, não se preocupem com isso. Foco na ADERÊNCIA ao tratamento, na CV e na relação CD4/CD8. E trabalhar a ansiedade (terapia, pscólogo/psiquiatra) ajuda demais na qualidade de vida.
      Abs

    • Alexandre diz

      EGC sempre nos atualizando. Mas quero fazer uma observação nessa postagem do EGC, e já sei que muitos aqui vão pensar que sou pessimista, mas não sou. Conforme já escrevi diversas vezes aqui, não acredito na cura do HIV por esse método por um simples motivo: ele não estará disponível pelos próximos 20 anos. Isso fica claro nessa postagem. Querem começar os ensaios clínicos em 3 anos. Galera, a cura vem antes, podem crer, mas parem de ler sobre a CRISP e logo em seguida postar aqui que a cura chega até 2018, ou que de 2020 não passa, e pior, nego metido a escrever bonito e cheio de palavras de efeito colocar que a CRISP já é uma realidade e que muito provavelmente a cura se dará por esse método em breve. Quem fala isso, além de excessivamente ignorante é pessimista, pois estão falando na cura para daqui a 20 anos. Como já disse, ela virá antes e por outro método.
      Grande abraço EGC!

      • Mutatis Mutandis diz

        Permita um comentário, Alexandre…Encontro em você e no EGC ( e também em outros aqui) muita LUCIDEZ nesse processo de espera da cura. Além de muita lucidez, muita coisa atualizada e muita crítica construtiva! Coisas palpáveis, que não alienam e isso é importante demais.

        JS com esse blog de fato reuniu muita gente boa que ajuda demais os soropositivos! Satisfação conversar com vocês.

        Sinceramente, Obrigado!

  6. Preocupado diz

    Pessoal, estou conhecendo uma pessoa ha tres meses, ainda nao tive coragem de falar da minha soropositividade so transamos com camisinha apesar dele ja ter proposto transar sem…. Na hora disse que nao, estou indetectavel ha tempos e me trato com a medicacao tem 03 anos desde quando descobri. Alguem ja passou por isso e teve que abrir o jogo? Voces tem ima sugesta da melhor forma de contar pro parceiro, tenho rexeio de me expor dele comentar com amigos, tenho receio ate dele nao querer continuar. Mas enfim …. Isso vem me preocupando apesar de eu nao o expor a risco nenhum, pois sempre uso camisinha com ele…. Deem opiniao ae abraco!

    • André diz

      Seja incisivo com sua opinião. Diga a ele: só transo com camisinha e não me venha mais com essa conversa.
      Você pode também assistir o filme “The Normal Heart” que fala sobre HIV e sondar com ele sobre o conhecimento dele sobre a doença e se o mesmo tem uma boa cabeça ou tem preconceito. Se ele tiver uma boa cabeça aí vc se abre com ele.
      Ninguém conhece ninguém. Pode até ser que ele tenha HIV ou outra DST e vc / ou ele não saiba.

  7. Leão diz

    Amigos boa tarde, descobri ser portador do hiv em 2 de dezembro de 2015. Através de minha namorada que foi doar sangue e a mandaram refazer os exames, mais isso foi em 2011 e só agora foi enviada uma carta a ela informando o resultado. Ela de certa forma me escondeu isso até hj, ela não teve coragem na época de buscar o resultado e só foi agora porque foi chamada.
    Eu não sabia nada sobre hiv e nem conhecia quem o tivesse. Passei por toda aquela fase tristeza e medo, hj estou melhor, graças principalmente a este site e seus comentários que em muito tem me ajudado. Como fiquei cerca de 5 anos sem saber, meus exames deram cd4 384 e cv 1270 em log 3,11. Os exames dela apontaram cd4 690 e cv 600 log 2. Eu iniciei a tarv há 40 dias e estou usando o 3×1, ela, o médico aconselhou esperar pelo próximo exame, que já fizemos e falta o resultado. Até hj me sinto bem, nunca senti nada. Tbm nunca tive nenhum preconceito em nenhuma área da vida, sou policial no RJ, sofro em ter que trabalhar à noite dopado as vezes e tendo que esconder de todos, queria ter uma rotina mais tranquila para eu me cuidar melhor. Só contei um pouco da minha vida, nada demais, todos os dias leio os comentários aqui, como tem gente boa e educada! Fico imaginando como é cada um de vcs. Vou continuar minha vida da melhor forma possível, espero que todos nós fiquemos bem. Abraços.

    • Pedro diz

      Leão
      Tb tenho q trabalhar a noite, no começo era bem pior mas agora c 1 ano de 3× 1 já não fico tão grog. Mas passa e quando for trabalhar a noite não como alimentos gurdurosos ajuda bastante.

    • pedro diz

      Leão, quando fui a medica a primeira coisa que ela perguntou foi se eu trabalhava a noite. Durante um mês sentia tonturas depois passou. Recentemente viajei e tive um fuso horário de 12 horas.passei a tomar após o café da manhã e durante o dia não tinha nada. Ao retornar voltei a tomar a noite.Converse com seu médico.

    • Luk diz

      Oi leão, VC não tá só. Tbem sou policial e é horrível qdo tiro plantão noturno. Como não cochilo durante o serviço, fico grog até o dia amanhecer..mas graças a deus q só tiro dois plantões noturno no mês pelo fato de eu ser oficial.mas VC sabe q nós podemos nos aposentar com salário integral né?? Fique com deus..vou me ajeitar aqui pq hj estarei de plantão noturno.

    • Paulo roberto diz

      Leão, cuide para que na PM ninguém saiba. Isso dá reforma, e eles vão alegar que não tem relação com a profissão.
      Já viu: UM SALÁRIO MÍNIMO e olhe lá.

      • Leão, na PM a unica coisa que pode acontecer é o preconceito de seus amigos, HIV não da reforma, é uma doença cronica e não aposenta ninguém, vc tem o vírus controlado, duvido alguém hj em dia aposentar por ser portador de um vírus controlável, e outra tem muita gente que não sabe mais a previdência do militar é uma das melhores que existe, não tem teto máximo, a reforma acontece com salario integral e ainda se trabalhar 30 anos ganha uma promoção, quanto a isso não tem preocupação nenhuma, agora quanto a contar eu não contaria pelo preconceito, ou se preferir va a sua junta medica e conte apenas para o medico onde solicite para não informar o CID da doença, sendo que ele lhe fornecerá restrição de serviço noturno. O restante a vida segue, abraço.

        • Paulo Roberto diz

          ECG, por favor… O estatuto da PM do RJ eu conheço de cabo a rabo.
          Dá reforma, sim, e pior: eles alegam que não tem relação com a profissão.
          Sei disso porque fui PM. Sei do que estou falando.
          Não queria revelar isso aqui, mas fui OBRIGADO a me reformar.
          E em se tratando da Previdência do Rio de Janeiro, para os policiais militares, é uma bela duma porcaria.
          Não é por acaso que vêm descontado nos nossos contracheques a contribuição INvoluntária para o IASERJ, que não nos acrescenta NADA: nos mandam para o SUS na primeira tentativa de sermos atendidos.
          Fui reformado pela PM do RJ.
          Sei o que é, na pele, passar por dificuldades financeiras por causa disso.

        • Paulo Roberto diz

          Aliás, Leão, se HIV não dá reforma, então, me indique um bom advogado para eu entrar com uma ação contra a PMERJ, pois fui REFORMADO COMPULSORIAMENTE em 1994, justamente por ser portador do HIV.

          • Paulo Roberto diz

            Desculpa, no nervosismo, eu enderecei ao LEÃO, quando era para endereçar ao ECG.

          • Tempos passam em 94 talvez essa doença era caracterizada por AIDS por isso a sua reforma, hj portador de HIV nao reforma ainda mais por compulsória, e ainda o salario na reforma compulsória sao calculados aos anos trabalhados, mais hj em dia se nao ser caracterizado em AIDS nao reforma, com certeza hj em dia um portador do virus controlado vai se aposentar por tempo de serviço e ainda ganhar uma promoção com o salario integral, mesmo que descubram.

            • Paulo Roberto diz

              Pode ser que você tenha razão, ECG. O tempo realmente passou depressa e a compreensão do que é o HIV pode ter sido mudada de acordo com o tempo.

        • jose diz

          eu te aconselho a nao contar a ninguem , o preconceito e a rejeiçao é muito grande .
          guarde so para voce , eu tenho o virus a 13 anos ,nunca tomei remedio ,devido carga viral
          ser quase indetctavel. tenho 3 filhos e uma neta , porem ninguem sabe do meu problema.
          nunca senti nada ate agora , e continuo com a vida normal ,e dando so com camisinha .
          tenho 5 parceiros fixos e nenhum deles sabem.que sou portador.
          dia 6 desse mes fiz exame para ver a carga viral. vou retornar na medica dia 16 de agosto.
          mas dependo do resultado ,continuo me cuidando , dando para os parceiros so com camisinha, so faço passivo com eles .

    • Tom diz

      Se vc conversar com o infecto? Tem outros esquemas de TARV onde os remédios podem ser tomados de manhã. Se não me engano, não tem efavirez, que é o causador da tontura..
      Boa sorte amigo!

      • Dinho diz

        Tom, realmente vc tem razão, eu troquei meu esquema há um mês… Tomei o 3×1 por 2 anos e continue com as tonturas (ficava grog mesmo)… Neste outro esquema não tenho mais tonturas( tive apenas diarreia na primeira semana) vida normal agora. Meu infecto me disse que posso voltar ao 3×1 se eu quiser, pois é um esquema que pra mim não falhou, apenas que novo esquema tomo 3 comprimidos separados, Não tenho nenhum efeito colateral agora

  8. Luquinha diz

    Preocupado se você contar ele pode rexeia a sua cara de tapa , e vai falar pra todo mundo ,não conta vai por mim não conta , conta pra que ? Não conta , e outra se você estiver indetectável acho que você pode ate ter fantasias de bareback , abraço

    • André diz

      Luquinha eu que queria rechear a sua cara de tapa quando vc ano passado ficou criando falsas esperanças pro pessoal aqui com a falsa informação que teríamos até o fim do ano passado uma possível cura.
      Então não fique também fomentando o pessoal aqui a deixar o uso da camisinha e ficar fazendo bareback já que existem outras DSTs por aí e acredito que ninguém que tá aqui ficaria feliz por contrair mais OUTRA DST

      • Pedro diz

        Isso aí andre,
        esse tal só escreve merda. Não tem acrescentado nada aqui. Falei

  9. Luquinha diz

    André primeiramente eu não criei falsas esperanças porra nenhuma , tudo que eu disse aconteceu , fui um dos primeiros a falar do cabotegravir e ela esta evoluindo , e a técnica de matar e chutar e passar o cerol , eu participo da pesquisa , eles estão estudando para saber a onde a porra do vírus se esconde , e outra eu não estou fomentando ninguém a não usar a camisinha pois em um post anterior eu falei sobre a coinfecção , e posso te falar mais , não tenho papo pra você , pois só em ler meia dúzia de baboseira sua já sei o tipo de pessoa que você e um ( FARISEU ) Ou seja lhe dou diretamente com pessoas iguais a você , só lamento por você , alguns aqui já percebeu que quase não entrei em falar de cura , pois ela esta chegando isso e um fato , e afirmo esta mais perto que você imagina , agora fica nervoso não ,nesta época do ano adoro comer uma lagosta , comer um camarão um salmão com manga, e gostoso e acalma .

    • Juliano Mendonça diz

      Oi Luquinha boa noite gostaria muito de entrar em contato vom você diferenças a parte não sabia que você esta participando de uma pesquisa de cura, sendo assim você poderia me passar um e-mail ou se tiver kik me Adicionar ? (vidaquesesegue) pois gostaria muito de te far umas perguntas.. Um forte abraço.

  10. Paulo roberto diz

    OXENTE, BIXIM… ANDRÉ E LUQUINHA ESTÃO APAIXONADOS UM PELO OUTRO…

  11. Zen diz

    Alguém aqui já fez ou conhece quem fez AUTO HEMOTERAPIA ainda sem utilizar os remédios? Tive a infecção a 1 ano atrás e meus resultados hoje são CD4 800 e CV 3.000. Quero adiar o uso dos medicamentos e estou buscando por alternativas que dão um UP no sistema imunológico. Auto hemoterapia parece ser um deles. Fico na dúvida, porém, do fato de eu tirar da veia 10ml do meu sangue com HIV e aplicar no glúteo. A eficacia da técnica pro sistema imunológico é muito relatada, mas essa migração do vírus do sangue pro músculo já não sei se seria inofensiva.

    • Paulo roberto diz

      Fiz durante dez anos, Zen… Acredito até que resolva alguma coisa, mas não é também lá essas coisas, não.
      Aliás, acho que, nestes anos de convivência com o HIV, já tentei de tudo…

      • Zen diz

        Legal Paulo. Mas vc fez a auto hemo enquanto tava sob medicaçao (indetectavel) ou fez com CV elevada? Vc tem Kik?

        • Paulo Roberto diz

          Zen,
          fiz a autohemo desde quando estava indetectável. Parei ano passado, por falta de aplicador.
          Quem me aplicava faleceu num acidente de avião, e moro no interior de MG, lugar onde há falta de aplicadores – todos têm medo da Anvisa…

    • MB+ diz

      Luquinha
      Calma …Você está 90% certo porém há de se dar um desconto pro rapaz …cada um tem uma opinião diferente e temos que nos respeitar .

      Quanto a hemoterapia sai fora disso é fria não resolve nada …vi gente com graves lesões musculares devido ao uso desta terapia.
      Põe uma coisa nesta sua cabeça para o hiv como para o sistema imunológico só existe um caminho e se chama tarv …pois seu sistema imunológico está sendo destruído pelo hiv e em quanto você não destruir esse bostinha ele continuará a destruir seu sistema e não há hemoterapia que resolva .

      Então o caminho é

      TARV neles e pronto.

    • Luquinha diz

      Zen nada comprovado , vou te indicar algo que foi muito bom para mim , eu estava sentindo fortes dores nas pernas , câimbras dos meus dedinhos entortarem sozinhos parecia que eu estava recebendo entidade , muita ,muita dor , ate que meu medico acertou , me indicou massoterapia eu faço de 15 em 15 dias , mais no inicio fazia uma vez por semana , aumenta o sistema imunológico ,evita a lipodistrofia no meu caso que tomo o zidovudina ,no caso a massagem terapêutica , e de quebra faço a massagem Tântrica , ela me faz gozar sem ejacular é muito bom .

      • Paulo Roberto diz

        Não, eu não vou me conter: você goza sem ejacular???
        E goza POR ONDE?

        • Luquinha diz

          Paulo Roberto ,Baseada no Tantra, filosofia com mais de cinco mil anos, a massagem tântrica procura expandir a sensibilidade através de uma técnica que lida com a bioenergia do corpo e com aplicações terapêuticas, e uma sensação Paulo Roberto que você tem que experimentar , você que já fez de tudo , faça você vai chegar ao orgasmo sem gozar .

          • Paulo Roberto diz

            Luquinha,
            Eu gosto de massagem – acho que todo mundo gosta.
            Vou procurar saber a respeito disso.
            Obrigado.

    • Mutatis Mutandis diz

      Zen, fica zen, auto-hemoterapia é nada com coisa alguma para o HIV. Já fiz e já relatei aqui algumas vezes!

      A infecção não regride coisa nenhuma, a CV só sobe, é de uma irresponsabilidade tamanha!

      Deve servir pra outras coisas, mas para o HIV é BURRICE! É uma exposição desnecessária. Deve ter o mesmo efeito da MUTAMBA!

      Se essas baboseiras terceiro-mundistas funcionassem o primeiro mundo faria de forma melhor e ainda diriam que era deles…definitivamente esqueça isso!

      Perdoe a sinceridade excessiva!

    • Leandro Bacchi diz

      Eu acabei de descobrir ser soro +, na verdade os exames confirmatórios ainda nem saíram, sou farmacêutico e bioquímico, gerencio a partir laboratorial de um grande hospital e também sou gerente de farmaceutico em uma multinacional no setor de supermercados, responsável pela farmácia. Já fiz alguma aplicações de auto hemoterapia em outros momentos e os resultados foram surpreendentes, a partir da semana que vem volto a fazer uma aplicação por semana.

  12. Último parágrafo do artigo sobre CRISPR na Nature, traduzido e adaptado por mim:

    O tratamento baseado na CRISPR/Cas9, além de eliminar o HIV-1 das células latentes, torna também a maioria das células não infectadas resistentes à infecção e é possível que elas [as células resistentes] sejam capazes de conter a replicação viral após a interrupção da terapia antirretroviral. Mas, ainda existem muitos desafios até que essa estratégia seja implementada [em humanos].
    Primeiro, será importante maximizar a eliminação do genoma viral. Como? Analisando os genes virais de cada um dos pacientes, em suas células CD4, e desenhar enzimas CRISPR/Cas9 personalizadas. Segundo, precisaremos melhorar a chegada das enzimas nas células T circulantes.
    Resumindo: nossos dados ex vivo sugerem que nossa estratégia de levar essas tesouras moleculares usando lentivírus reduziu o número de cópias do genoma do HIV-1 e o nível de proteínas do vírus em células mononucleares de sangue periférico [monócitos] de pacientes infectados, fornecendo prova de conceito que o tratamento com CRISPR/Cas9 pode ser utilizado eficientemente em estratégias de cura do HIV.

    Que assim seja!

    • MA diz

      Tratando-se de ciência, procuro ver tudo com objetividade. E CRISPR é algo que realmente tem evidências de que possa funcionar. Isto porque é algo que é capaz de clivar a replicação do vírus, bem como é possível praticamente codificar uma célula com está técnica. Nada é tão objetivo do que isso até o presente em relação ao combate a vírus. As bactérias são capazes de eliminar a replicação dos vírus usando este sistema de defesa, que fora descoberto e que os cientistas agora buscam aplicar em nossas células. O grande desafio é fazer com que essa técnica, ao ser aplicada, possa chegar a todas as células do corpo humano. Mas não há dúvidas de que isso não é utopia, mas sim um grande passo dado pela ciência.

  13. Paulo Roberto diz

    André e Luquinha, me desculpem pela brincadeira…
    E, Barasa: Que venha, sim, a cura… E que seja muito em breve!!!
    Obrigado pelo seu post, Barasa!

  14. M. diz

    Gente quem teve rash cultaneo com o 3×1 como foi? Demorou muito para melhorar? Foi piorando conforme os dias e depois melhora, ou paralisa e volta ao normal? Estou mais vermelho do que da minha cor normal :/

    • Homem23:55 diz

      M. vai piorando, estabiliza e depois some…
      Pra mim durou alguns 10 dias desde a primeira pinta vermelha ao final.

      • M. diz

        Homem 23:55 mas a ponto das pontas começarem a se unirem e ficar quase que generalizado ?

  15. Hans diz

    Galera me responde uma coisa
    Se o vírus atacasse só o cd8 a pessoa tbm desenvolveria AIDS?
    Nosso sistema imunológico é incrível e ele existe pra isso combater vírus, bactérias e etc…
    Alguns sistemas imunológicos evita metástase de um câncer por meses. No início do câncer quando uma célula cancerígena se desprende do tumor e cai na corrente sanguínea ela é destruída na hora. Agora nesse exato momento no mundo concerteza tem um sistema imunológico evitando a formação de um tumor
    E uma célula cancerígena é bem mais agressiva que o HIV tanto que em alguns casos de câncer agressivo a pessoa morre em dias ou meses.
    Agora eu te pergunto: posso parecer maluco mas, as vezes eu acredito em conspiração de controle populacional ou em indústrias farmacêuticas querendo ganhar dinheiro e esse vírus foi fabricado com esse intuito de atacar a única celular do corpo que pode enfraquece as defesas… Pq como um vírus ia ter essa inteligência? De tantas células no nosso corpo ele ia atacar justo a cd4? E mesmo assim o sistema imunológico foi feito pra isso ele era pra ser capaz de controlar esse vírus… Como que um vírus de apenas nove genes pode vencer um sistema imunológico com vários tipos de células com mais de 20 mil genes cada uma? E TBM com toda essa tecnologia incrível que tem no mundo hoje, ainda não se sabe a cura e nem uma vacina para o hiv e em contrapartida disso tem medicamentos caríssimos e surper eficiente no controle do vírus. Olhando esse contexto acho que se eles quisessem curar a AIDS eles curariam.
    Essa é só uma visão lunática minha, quando eu penso com sobriedade, o que se sabe sobre a AIDS hoje é a verdade e o resto é só teoria!
    Mas, não é possível que daqui 10 anos essa doença não tenha cura é só olha a evolução e o conhecimento que se tem sobre ela hoje, não tem como ter espaço pra essa doença no futuro
    AIDS hoje já é uma doença que matava no passado e no futuro eu só consigo enxergar o fim dela!

    • Ju diz

      O fim de toda doença infecciosa e quase uma certeza. E as certezas se dao principalmente ao olhar o passado, a historia. Tuberculose, peste bunonica, hanseniase, febres dos mais diversos nomes, hepatites, todas foram doenças que em algum momento da historia pareciam não haver uma saída, e com o passar dos anos, o avanço da tecnologia, e o tempo de estudos, algumas não passam de doenças comuns, facilmente tratadas com remedios pela boca. A ciencia e uma materia exata e hora ou outra alguem achara a equaçao correta que acarretara numa cura. Existem muitas doenças, principalmente autoimunes, ou doenças como cancer, que realmente apresentam pouca esperança de cura com a tecnologia atual disponivel, porem doenças causadas por organismos externos dificilmente ficam invictas por mais de 40, 100 anos.

    • Ju diz

      A proposito das teorias conspiratorias: a natureza é algo extremamente complexo (mesmo que a complexidade de açao de um organismo esteja na simplicidade de sua extrutura de açao, como é o caso do hiv). O virus não é inteligente, a evoluçao em contrapartida é, visto que assim como o homem levou mil anos pra descobrir que podia empilhar pedrinhas, depois mais mil anos que podia usar essas pedrinhas para evitar as enchentes do nilo por exemplo, um organismo ou virus teve uma eternidade para aperfeiçoar (seleçao natural) seus mecanismos de açao, primeiro vivendo em pequenos organismos, posteriormente almejando “conquistas maiores”. Somos o suprassumo dos predadores, o cargo maximo de conquista de qualquer agente infeccioso, portanto e algo completamente natural que sejamos alvo da evolucao de diferentes patogenos. A proposito das curas: nenhuma industria farmaceutica iria omitir a cura do cancer por exemplo, o ganho e prestigio em termos de dinheiro e inimaginavel quando se trata de doenças tao devastadoras como o cancer (embora eu ache a cura pro cancer pouco provavel com a tecnologia atual visto que é, alem de autoimune, um conjunto de doenças, e nao tem uma causa comum, contraria a doenças causadas por um unico organismo (mesmo que mutavel). Acho mais provavel a descoberda do que desencadeia o cancer e a resoluçao do que o causa, e não as concequencias disso), e assim como o cancer a industria nao teria motivos para omitir a cura para uma doença como o hiv, nem em termos de dinheiro como em termos de “controle populacional” como citado por voce”.

  16. Paulo Roberto diz

    Pessoal, eu já postei aqui várias vezes, contando que já recorri a TUDO o que apareceu na Internet prometendo a cura desse mal.
    Autohemoterapia eu fiz por dez anos. Dez anos seguidos, tomando uma agulhada toda semana, ficando com a bunda roxa de tanta agulhada…
    Tentei a Mutamba, que fui pessoalmente buscar no Tocantins. Tentei a Avelóz, tentei o remédio de um senhor de Belo Horizonte, e outros dois em Goiás.
    Fiz uma terapia magnética com um terapeuta no Rio de Janeiro, fiz loucuras até consultar-me com um senhor que dizia receber orientações de um extraterrestre.
    Podem rir de mim, se quiserem. Mas eu estava DESESPERADO. Tentaria de TUDO. Um homem desesperado toma atitudes desesperadas.
    O resultado: NADA. Só perdi dinheiro e tempo.
    Mas não me arrependo. Se eu não tivesse tentado, não saberia se dava ou não o resultado.
    O Dr. Paulo Gouveia já nem responde mais aos meus e-mails, assim como o Luiz Pianovski.
    Querendo ou não, estamos nas mãos de Deus e da Ciência.
    Se aparecer alguém aqui que tenha sido curado com qualquer uma das “técnicas” que eu já tenha tentado, eu tentarei de novo.
    Mas maluquice eu não faço mais.
    Poderia estar muito bem de vida, se tivesse guardado o dinheiro que gastei com essas maluquices.
    Só para ir a Araguaína, foram três aviões e uma van. Isso ficou caríssimo, na época.
    Hoje estou menos afoito. Me conformei em usar os medicamentos e esperar que a cura venha. Mas juro que se aparecer algo que eu possa tentar, eu tentarei de novo – só não vou mais gastar meu rico dinheirinho sem comprovação de que funciona.
    Não sou assim tão forte, e às vezes choro, fico triste… Fazer o quê?
    Mas entendam que essas coisas que prometem a cura ainda não apresentaram nem um paciente REAL que tenha sido efetivamente curado.
    Eu venho pesquisando todos os dias, pela internet, sobre notícias da cura.
    “Falta um por cento, falta pouco, a um passo, no futuro próximo, dentro de alguns anos”… É tudo o que dizem as reportagens. Mostram coisas mirabolantes, mas só para um “futuro próximo”.
    Às vezes penso que a teoria da Conspiração tem sua razão de ser.
    Mas como qualquer teoria, se essa existir, um dia cairá. Um laboratório qualquer irá peitar essa gente e vai sim, produzir a cura, e ela estará disponível para todos.
    Abraços
    Paulo Roberto

  17. Oliveira diz

    Olá,
    Tomo a seis anos dois comprimidos um de manha que é o zidovudina 300 +lamivudina150, depois as oito da noite estes mesmos dois comprimido . E a noite ao dormir tomo o efavirenz 600 .

    Falaram comigo que o zidovudina que é o AZT quase ninguém toma e dizem que é muito tóxico.

    O meu médico disse que poderia tomar o 3 em 1 a noite no qual sairia o AZT e entra o tenofovir.

    Me ajudem pois dizem que o tenofovir pode causar danos aos rins e ao fígado.

    Será que tem estudos já sobre a toxidade deste tenofovir ? Ou ele é bem menos tóxico que o AZT ?

  18. Olem diz

    pessoal… boa tarde

    Estou ha algum tempo sem postar nada por aqui devido o corre corre da vida, vez por outra passo para dar uma olhada nos posts e nas discussões desenvolvidas aqui. bem, estou em medicação há exatos 1 ano e dois meses, tomo o 3 em 1. fiquei indetectável no primeiro mês e estava na época com CV 19000 e CD4 em 560. tive consulta há 15 dias e minha CV esta ainda indetectável e meu cd4 em 904. isso me deixou muito feliz, porém o infectologista identificou uma leve alteração nos niveis de creatinina, além do mais estou vez ou outra com espuma na urina, ele acha que posso estar tendo problemas nos rins devido ao uso do tenofovir componente do 3 em 1. repetirei os exames de creatinina e ureia e se for confirmado o numero alterado terei que mudar a medicação. a proposta talvez seja para o Abacavir. alguem aqui toma essa medicação? abraços saudosos,

  19. Francisco diz

    Descobri q estava infectado em outubro de 2014 e não só com o vírus HIV e sim já com a doença AIDS .descobri através de minha companheira ao descobrir outros relacionamentos meus já estávamos juntos a 2 anos por q ela foi fazer o teste rápido e deu reagente em seguida fiz o meu exame q tmb foi positivo em seguida começamos o acompanhamento médico aí o infectologista no exame viu q eu há estava com AIDS e ela com o vírus hj tomamos o antiretroviral eu aceitei bem já ela segue no tratamento ao empurrões mas faz o tratamento a questão é as vezes ainda transamos sem preservativo e ela sente febre quando isso acontece quais os riscos.obrigado e bom ter este tipo de contato para troca de experiências..

    • Ju diz

      Cada vez que vocês transam sem camisinha você reinfecta ela (se voce não for indetectavel), acredito que por isso a febre. Cada vez que se reinfectam aumentam a carga viral no sangue de um ou ambos, fazendo com que o organismo junto aos ARVs trabalhem duro pra diminuir mais uma vez a alta carga de virus no sangue. Ha tambem o fato de possivelmente estarem transmitindo outro subtipo do virus e ate suas mutaçoes ao parceiro, aumentando a variabilidade genetica do virus o deixando mais forte e mais resistente aos arvs. Ou seja: usem sempre camisinha para preservar a saude, o corpo, a qualidade de vida e o sistema imunologico um do outro. Beijos.

  20. Blue diz

    Olá, gostaria de saber uma coisa… Eu ainda não iniciei o tratamento e, meus braços e pernas estão ficando muito magros. Gostaria de saber se depois que iniciar o tratamento e comer muito eu posso voltar a ter massa nesses lugares. Não quero entrar em uma academia agora pq minha autoestima tá lá no chão. Não entendo muito bem dessas coisas ainda. Agradeço desde já!

  21. J. diz

    Oi … fiquei sabendo a menos de um mês e tenho muitas dúvidas … estou sentindo algumas pontadas frias e as vezes quentes pelo corpo isso me incomoda muito… alguem já sentiu isso?

  22. Luna diz

    Francisco , vcs não devem transar sem camisinha.
    O seu vírus é um , o dela é outro , teoricamente seria o mesmo , mas deve se levar em conta que se tratam de diferentes organismos , diferentes cargas virais , além do mais ela é somente portadora do hiv , enquanto vc já desenvolveu a síndrome.
    Isso pode alterar a carga dela e até mesmo interferir na resposta ao arv.
    Acredito q a febre seja justamente o sistema de defesa dela lutando contra novos invasores.
    A verdade é: depois da constatação da sorologia positiva , sexo sem preservativo fica fora de cogitação, a menos em casos de gravidez PLANEJADA e acompanhada por profissionais.
    Beijos em todos.

  23. lahfsouza diz

    Somos um casal hetero, sorodiscordantes!
    A 1 ano passei por um episódio de HPV e segui a risca o tratamento com as cauterizações e foi péssimo, temia muito que isso prejudicasse meu namorado. Pós esse episódio na bateria de exames que ele fez descobriu que ele é HIV positivo, logo iniciou o tratamento e todos os procedimentos corretos. Nunca fui muito forte em nada e me vi totalmente desestabilizada, mas depois de muita conversa e com tudo esclarecido assumimos nosso namoro e contamos tudo pra minha família, ninguém ficou do meu lado como já era esperado, mas eu estava certa que independente do quanto essa decisão fosse me atingir é o que eu quero e procurei me informar com ele e sozinha também, sempre tirando as dúvidas com meu médico e o dele. Não me importo como ou de quem ele contraiu o vírus assim como ele não se importou quando eu estava totalmente debilitada pelo HPV, pois eu sinceramente não imaginava o que era e demorei um pouco a procurar o tratamento das cauterizações. Nunca estivemos juntos pelo passado um do outro e sim por hoje, agora! E o futuro que sonhamos e planejamos juntos nunca deixou de ser maravilhoso. Estamos juntos a 2 anos, no início apesar do preconceito nós acordamos pra vida renascemos e sobrevivemos no meio de tanta dor. Ele às vezes se abala muito, chora muito, pensa em se matar e eu me sinto totalmente pressionada como se eu fosse à base pra ele e me mantenho forte, mas por dentro estou em pedaços. O problema é que com o passar dos meses ele vem emagrecendo, nunca se alimentou bem, tento colocar a ideia de fazer um exercício físico qualquer coisa, mas sempre escuto: ah vou ver e te falo. E nada nunca acontece, a cada dia fico mais chateada não pelo diagnóstico, mas por eu estar me doando e não ver ele me retribuindo em amor confiança e principalmente se cuidando por ele mesmo e por mim. Eu definitivamente não sei o que faço… Não sei se estou agindo certo nesse namoro porque parece que estou me arriscando em vão e não sei se isso é normal ou se é uma fase e com o tempo tem essas recaídas. A palavra arriscar é complicado porque eu sei que não estou ARRISCANDO uma vez que ele toma os remédios, mas por outro lado estou me arriscando com alguém que não se cuida e não pensa também em cuidar de mim. Ele está se transformando e por eu ter HPV já é outro lado que tem que colocar a mesa, eu não sabia que isso me deixaria mais vulnerável, acabei de ouvir nos vídeos. Nós nos amamos, mas não sei como agir na caída física e mental e se eu devo realmente continuar como ele uma vez que sou soronegativa e parece que fico implorando por um amor que está em vão. Existem casos assim? O que eu faço? Amarro e levo pra academia? Rs. Amarro tudo que ele não come e dou na boca dele? Rs. Tento ficar bem? Ou já que é isso que ele quer vou seguir meu caminho, afinal ainda sou soronegativa e assim como ele posso encontrar outra pessoa… EU NAO SEI! Será que existe alguém nessa situação? Nunca conversei com casais soro discordantes. E foi dai que me interessei em mandar mesagem

    • Ju diz

      Ola! nao sou soropositiva porem sou depressiva desde os 11 anos e entendo perfeitamente seu namorado, assim como entendo voce. Aconselho ele a procurar um psiquiatra, e um bom psicologo (se nao se adptar ao estilo de um, existem varios tipo e abordagens diferentes de outros psicologos). Aos poucos, com o acompanhamento psicologico, a força para viver vai voltando, e mesmo que ele queira viver e faça o tratamento, não e tao facil assim levantar todo dia, comer ou fazer exercicios como parece para alguem que nao é acometido por coisas como ansiedade cronica e depressao. Depressao não é sinonimo de lagrimas em quarto escuro, na maioria das vezes nao choramos, mas vamos deixando de lado tarefas simples como comer, ir a escola, olhar tv, ler um livro, ou manter e fazer novas amizades, toda açao vira algo muito dificil e de um peso muito grande para nos, embora pareçam tarefas simples pra outras pessoas. Talvez seu namorado se sinta assim tambem! E provavelmente ele nem pensou ainda como se sente sobre ele mesmo! Eu mesma levei anos, mesmo tomando antidepressivos, para entender o que a minha condiçao realmente significava, e so com a ajuda de uma boa psicologa que levei anos para encontrar! Voce nao e obrigada a dar o suporte que minha mae me da por exemplo (as vezes fico tão apatica que ela tem até que me vestir, tem momentos da minha doença que nao consigo fazer tarefas simples como levar um garfo a boca para em alimentar, e isso tudo por causa do psicologico!) mas seu apoio vai ser fundamental na reconstruçao do psicologico dele apos a descoberta do hiv! E sempre bom (para a saude mental) manter sempre as coisas muito claras, portanto e interessante voce se abrir e dizer para ele tudo que disse aqui e as angustias que sente em relaçao a ele e que voces podem procurar apoio psicolpgico juntos, e permitir que ele tambem exponha as angustias que ele sente! Espero ter te ajudado! Desejo muito que voces cresçam juntos e passem por tudo isso! E que voce saiba que nao existe nada de errado em sair dessa situaçao se isso vai ser o melhor pra ti! Uma coisa que aprendemos ao decorrer do tratamento e que devemos fazer o que e melhor pra nos mesmos se não nunca seremos saudaveis e sempre absorvendo as angustias e problemas dos outros! Beijos!

  24. Rerisson diz

    Jente to preucupado com minha situaçao…tive uma situacao de risco e ja fiz exames 30 60 90 114 e todos negativos. Mais ai vem o porque da peucupaçao sinto dor no peito todos os dia fraca mais ecomoda sinto quintura na nuca e tambem saiu uma ingua no pescoso que ta ecomodando.ja fiz varios exames acompanhados de siflis e epatite .nao vi um sait falando em 6 meses qui agora os exames resouver mais sedo.ai hoje liquei para clinica ea bioquimica falo nao e com seis meses voce fes esses exames mais nao adianta e seis meses ai desesperei dinovo hoje faz 176 dias segunda vou dinovo fazer so vou porque estou sentindo mal todos os dias.si alguem pode mim dar umas explicasoes agradeso de coraçao.a eu tenho 29 anos e nao tenho doenças alto imune.

  25. Lua diz

    Rerissom, estranha essa informaçao que te passaram de seis meses. O seu problema de saúde deve ser emocional. Tomara que se recupere rápido. Gostaria de saber como ficarão seus exames que irá fazer na segunda.
    JS, isso é possível?

    • Rerisson diz

      Fiz os exames particular e teve exames que demora de sair ai so vou pegar no dia 16 …mais uma agunia atela mais fazer oque.espero que seja igual os outros que fiz ao longo dos meses…mando informaçoes abraços.

    • Rerisson diz

      Lua. grasas a deus meu exame deu negativo.ja mim liberarao desse ploplema agora vou ao medico geral ve porque das inguas no pescosso e na nuca mais de treis meses.abraco e obrigado .

  26. Rerisson diz

    Na segunda ou terça feira vou fazer e falo. Mais digo nunca senti nada de mal …depois dessa situaçao poxa parese que casei com ploblemas quando o peito nao ta ecomodando a ingua na carganta aguniando ta dificio pior eque to confiando nos exames anteriores que deu tudo ok si vim um errado poxa.mais nao desisti ainda a esperança ea ultima que morre.

  27. Lua diz

    Rerisson, que bom vc está bem. Acho que tudo vai ficar bem daqui pra frente, vc estava preocupado e isso trás doenças, mas agora vai passar. Espero notícias suas. Deus no comando. Bjim

  28. Danny diz

    Boa tarde pessoal, em duas semanas recebi meu diagnóstico, estou triste, mas graças a Deus minha mente no geral está calma. O que está me deixando mais triste, é que nos meus 25 anos só fiquei com 3 pessoas, e o primeiro nem sexo rolou. Namorei o segundo por mais de cinco anos e hj estou com o meu atual namorado que já tem um ano e sete meses. Falei com o meu antigo namorado, o de mais de cinco anos e ele não tem nada. Semana que vem vou com o meu atual parceiro fazer o exame pra ver se ele tbm tá com o hiv. Caso ele não esteja, que eu tou pedindo muito a Deus por isso, eu não sei como esse vírus chegou no meu corpo, estou com tanto medo 😦

  29. Will diz

    Oi, recebi hj o meu rsultado de positivo, ainda tô cheio de dúvidas e anéis quanto a isso, minha primeira consulta com a infecto logística só foi marcada daqui a duas semanas mais ou menos. Até agora só contei pra um amigo, e tô na aflição de como contarei pra mim já família, pois vão perceber as alterações qiando eu começar com alterações medicação. Gostei dos depoimentos aqui, e espero contar como vcs.

    • Tiago diz

      Will, sei bem o quanto os primeiros dias são difíceis (fui diagnosticado há um mês), mas tente ficar o mais tranquilo possível. Aos poucos, conforme o choque do diagnóstico vai ficando para trás e percebemos o quanto os tratamentos evoluíram nos últimos anos, o nosso emocional também vai se estabilizando.

      Não tenha pressa em contar para ninguém, mesmo da sua família. Ninguém deverá perceber por conta do tratamento, que são dois comprimidos tomados juntos uma vez ao dia. Como fomos diagnosticados agora, também beneficiamos de um tratamento moderno. Comecei o tratamento há uma semana e meia e ainda não senti quaisquer efeitos colaterais.

      Deixe a sua poeira emocional baixar primeiro, se informe mais sobre o HIV, sobre ficar indetectável, etc e aos poucos estará melhor preparado até para contar a quem quiser, mas de uma forma mais tranquila e sem os pesos desnecessários de estigmas obsoletos e dos medos e dúvidas que nos assaltam nos primeiros dias.

      Força e qualquer coisa estamos aí!
      Abraços

  30. Joaq diz

    Will, tomo os medicamentos desde junho e nunca tive nenhum efeito colateral. Não é necessário contar pra sua família se vc não quiser. Eu não vi essa necessidade, mesmo porque minha vida não mudou em nada. Apenas tenho que tomar 2 comprimidos todos os dias e os tomo sem que meus pais vejam. A medicação está bem avançada! Fique bem e se informe mais, como o Tiago disse.

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s