Notícias
Comentários 104

Bactérias e vírus no intestino ligados à gravidade da infecção pelo HIV


MNT

O advento da terapia antirretroviral — uma combinação de medicamentos utilizados para retardar a progressão do HIV — permitiu muitas pessoas infectadas com o vírus a viver vidas longas e produtivas. Mas a terapia não os cura e mesmo aqueles que tomam esses medicamentos ainda têm um risco maior de doença cardiovascular, câncer, doença renal e hepática, entre outros distúrbios observados em pacientes com HIV.

A infecção pelo HIV também pode levar à doenças que afetam os intestinos, como o aumento da inflamação gastrointestinal, diarreia e problemas com a absorção de nutrientes. O papel dos micróbios do intestino nessas questões ainda não é completamente compreendido, mas, agora, em dois estudos conduzidos por pesquisadores da Washington University School of Medicine, em St. Louis, os cientistas identificaram bactérias e vírus intestinais como possíveis fontes de inflamação e doenças.

A identificação dessa origem pode abrir a porta para as estratégias que limitem os danos no trato gastrointestinal, reduzam a inflamação e problemas afins, que afetam os pacientes com HIV. Os dois estudos — um em pessoas e outro em primatas — foram publicados na revista Cell Host & Microbe.

“Danos no microbioma viral e bacteriano do intestino permitem que bactérias e vírus vazem para os tecidos e sangue circundantes, contribuindo para a inflamação.”

“As pessoas com infecção pelo HIV avançada têm doença intestinal e inflamação sistêmica significativas, que podem causar danos progressivos na imunidade e acelerar a progressão da infecção pelo HIV até a aids”, disse o pesquisador sênior, Dr. Herbert W. Virgin IV, PhD. “Acreditamos que danos no microbioma viral e bacteriano do intestino permitem que bactérias e vírus vazem para os tecidos e sangue circundantes, contribuindo para a inflamação.” Acredita-se que a inflamação desempenhe um papel numa variedade de desordens, incluindo doenças cardiovasculares, lipídeos sanguíneos anormais, diabetes e outras anormalidades relacionadas com a insulina.

digestive_endocrine_system

Um dos estudos monitorou primatas infectados, enquanto o outro acompanhou pessoas soropositivas em Uganda, na África. Ambos mostraram que as alterações na composição bacteriana e viral do trato gastrointestinal estavam ligadas à imunodeficiência grave devido à progressão do HIV em pacientes humanos e ao SIV (vírus da imunodeficiência símia) em primatas. Os pesquisadores estudaram 36 macacos rhesus, alguns dos quais foram infectados com SIV. Eles também seguiram 82 pessoas infectadas pelo HIV em Uganda, 40 das quais tomavam a terapia antirretroviral e 42 não a tomavam.

Nas pessoas e nos primatas, a aids resultante da imunodeficiência se mostrou ligada à uma quantidade maior de vírus no intestino, em comparação com o número de vírus do intestino em pessoas e primatas que tinham resposta imune normal. Aqueles com sistemas imunológicos severamente enfraquecidos também tinham mais patógenos e mais bactérias no intestino. No estudo do SIV em macacos, os pesquisadores descobriram que a vacinação contra o SIV impediu o desenvolvimento dessas anormalidades.

A gravidade da imunodeficiência é determinada em humanos medindo as contagens de células do sistema imunológico, as chamadas células CD4. Uma contagem de 200 ou menor significa que o sistema imunológico da pessoa está deficiente. A infecção pelo HIV, por si só, na ausência de imunodeficiência, teve um efeito mínimo sobre o número de agentes patogênicos virais e bacterianos no intestino.

“Identificamos bactérias potencialmente causadoras de doenças no intestino que só aparecem em pessoas e animais gravemente imunocomprometidos.”

Virgin, professor e chefe do Departamento de Patologia e Imunologia, disse que controlar a proliferação de vírus e bactérias no intestino pode reduzir os danos no trato gastrointestinal e, como resultado, controlar os problemas que afetam pacientes com infecção crônica pelo HIV. “Nestes estudos, nós aprendemos mais sobre quais vírus emergem e quando eles surgem após a infecção por SIV e HIV”, disse Scott Handley, PhD, professor assistente de patologia e imunologia e o primeiro autor do estudo sobre as infecções em primatas. “Nós também identificamos bactérias potencialmente causadoras de doenças no intestino que só aparecem em pessoas e animais gravemente imunocomprometidos.”

Enterobacteriaceae e adenovírus.

Enterobacteriaceae e adenovírus.

Concretamente, os pesquisadores descobriram que a aids e a imunodeficiência resultante estão associados com a expansão de adenovírus e da bactéria Enterobacteriaceae. Ambos são enteropatógenos, o que significa que têm o potencial de causar a doenças.

“Pode ser possível, através do tratamento de pacientes com probióticos, ajudar a restaurar a saúde intestinal e a prevenir o dano das células do intestino.”

“Eventualmente, pode ser possível, talvez através do tratamento de pacientes com uma mistura especializada de probióticos, ajudar a restaurar a saúde intestinal e a prevenir o dano das células do intestino, que contribui para a inflamação e evita que a infecção pelo HIV se torne aids”, disse o coinvestigador do estudo, Guoyan Zhao, PhD e professor assistente de patologia e imunologia.

“Há múltiplos e novos vírus nos ecossistemas intestinais daqueles com SIV e com infecção pelo HIV”, acrescentou Virgin. “Alguns desses vírus, particularmente os adenovírus, podem danificar as células intestinais e também ter a capacidade de agir como vetores para a aplicação de vacina. Alguns dos nossos colaboradores estão pesquisado essa estratégia e estão trabalhando para desenvolver uma vacina.”

Em 10 de março de 2016 por Medical News Today

Anúncios

104 comentários

    • Joao diz

      É possível comprar o 3×1? Efavirenz (600 mg), Tenofovir (300 mg) e Lamivudin (300 mg)
      Se sim, onde eu conseguiria ele?
      Gostaria de ter mais reservas..

    • Erick Allan Bounean diz

      Eu devo nao ter compreendido bem o texto e, por isso, vou perguntar a quem puder me responder: os problemas de intestino apontados no texto ocorrem apenas com quem tem uma baixa contagem de CD4 e uma alta carga viral? Ou podem ocorrer com quem esta indetectavel?

  1. Alex diz

    Desde que contraí o vírus percebo que vou mais ao banheiro do que antes e diarréia frequente, o que contribui para perda de peso e dificuldade em ganho de peso. Tomo o 3×1 e pensei que iria mudar com o uso dos remédios, realmente diminuiu, mas ainda continua em nível consideravelmente acima se comparado a antes de ter o vírus.

    Vou experimentar tomar yakult todos os dias para ver se melhora.

  2. HB/ssa diz

    Alguém sabe da pesquisa que estavam fazendo em SP da relação do Yakult com o aumento do CD4? Eu tomo 1 todo dia e meu cd4 subiu consideravelmente do início do tratamento agosto/15 – cd4 172 até novembro/15 – cd4 305; queria saber se já se tem alguma pesquisa comprovando esta relação…

  3. Pedro diz

    Tomo Yakult e lactobacilos em cápsulas mas ainda sim tenho diarréias constantes. Tomo o 3×1 há um ano, já até pensei trocar para outros arvs para ver se resolvi.

    • Alex diz

      Já li que tem outros ARVs que a diarréia é ainda pior, como o Kaletra, então não pensei em mudar, talvez a diarréia seja pelo vírus mesmo (ao menos o vírus que está nos chamados “reservatórios”, que parece que o intestino é um dos locais onde ele fica “escondido”).

      • Vic diz

        Oi Alex tudo bem?
        Ví seu comentário, e realmente fiquei com bastante vontade em responder. Olha, antes de tudo, há 18 anos que tomo os arvs, e, pelo menos, uns 10 anos, com Kaletra.
        Eu nunca tive diarréia, alguns casos bem isolados, típico de quem comeu algo e não caiu bem. Não posso relacionar isso com os remédios.
        Então, tente conversar com seu médico, se realmente a diarréia insistir, talvez ele poderia te oferecer outra combinação.
        Claro que pode existir casos de pessoas que tomam o Kaletra e sofram com isso também, não sei, apenas comigo nunca aconteceu.
        Super beijos, espero ter ajudado.

        • nise diz

          Tomo kaletra a uns 2anos,tive diarreia no inicio, depois passou,agora tenho diarreia com frequencia,estou fazendo exames para ver se descobrimos o problema,ou se a causa e o remedio.

  4. Verdes Olhos diz

    “No estudo do SIV em macacos, os pesquisadores descobriram que a vacinação contra o SIV impediu o desenvolvimento dessas anormalidades.”
    Então já existe vacina eficaz contra o SIV (vírus da imunodeficiência símia)? Ou eu que entendi errado?

  5. Zen diz

    KEFIR é o melhor probiotico que existe.
    Mas exige cuidados e bastante higiene para cultiva-lo. Ganhei uma colonia semana passada mas acho que morreram. Vou pegar outra e começar o uso. Pesquisem pq é interessante.

      • Zen diz

        Kefir são bacterias e fungos que vivem em simbiose. Lactobacillus é um género de bactérias, gram-positivas e anaeróbia facultativa ou microaerofílicas, em forma de bastonete. Kefir contém tais bacterias e outras coisas mais, todas benéficas pro organismo.

        • stark diz

          hummmm, legal, só não entendi a parte que escreveu em enoquiano “gram-positivas e anaeróbia facultativa ou microaerofílicas, em forma de bastonete” hahaha, brincadeira. obrigado pela resposta, vou procurar ler sobre, quando criança tomava muito lactobacilos, isso deve ter me ajudado porque fiquei indectável em menos de três meses e CD4 sempre alto 🙂

      • Zen diz

        Estou sim, obrigado. Ainda não comecei a tomar o 3×1, estou com ele aqui, fazendo as pazes rs. Sexta tenho minha primeira consulta com a psicologa e no feriado pretendo iniciar. Vou te mandar um e-mail. Abraço.

  6. Zen diz

    Segundo a Medicina Tradicional Chinesa o intestino é um dos maiores responsaveis pelo nosso sistema de defesa. Pra medicina ocidental isso também é fato.

  7. Matheus diz

    Já li que cerca de 60% da nossas células CD4 estão no intestino….logo tem que ser um órgão que devemos ter maior cuidado.

    • Erick Allan Bounean diz

      Me desculpem pelo teor da mensagem, mas é fato e fato deve ser discutido e avaliado. Algumas pessoas tem o habito de fazer XUCA antes da relacao sexual (ver google). Alguns fazem diariamente. Sera que a xuca pode favorecer todo este mal intestinal? Obs: procure no google o que é xuca porque eu nao tenho coragem de explicar.

  8. Positividade de Luz diz

    Será que é por isso que eu descobri que era soropositivo!!!
    Cerca de 10 meses atrás fui ao procto,ele fez uma colonoscopia em mim,deu que eu tinha uma colite,era leve inicial,no intestino,aí resolvi fazer um teste de hiv dias após e deu positivo,claro que meu mundo caiu na hora,fiquei arrasado,me culpando e 2 hs após o resultado eu tinha que ir trabalhar,contei só para um querido amigo,aliás passados esses 10 meses,só ele sabe…
    Enfim,qnd fui fazer exames para o tratamento cheguei com carga viral de 100 mil cópias e cd4 268 quadro que segundo meu infecto já era AIDS,perguntei a ele qnt tempo me restava,se eu morreria logo,sem auto piedade,38 anos rodados e bem vividos…
    Ele me disse com um semblante sereno de quem já lida com hiv cerca de 19 anos como infecto:
    Olha,a chance de vc ou eu morrermos é praticamente a mesma.de forma natural,acidentes,etc,mas pela AIDS se vc se tratar certinho VIVERÁS MUITO uma vida longa,desde então comecei o tratamento com 3 em1 uma vez o dia,meu ultimo exame já estava praticamente indetectável e cd4 1090…
    Pra finalizar,quero a cura,claro,mas não vivo mais em função disso,me trato certinho,tomo meu arv religiosamente no horário e alimentação saudável,não bebo mais e consegui parar co cigarros,mais de 20 anos de vício,minha colite é um tratamento longo,porém graças à Deus,está indo super bem e meu médico ate já reduziu a medicação…
    Paz,luz,esperança e vida longa à todos….BJOS QUERIDOS

    • Matheus diz

      Nossa foi uma evolução é tanto do seu CD4…de 200 para 1000 em 10 meses vc está de parabéns, continue assim…força e fé!

      • Positividade de Luz diz

        Tamo junto nessa batalha que é a vida e sobretudo a arte de viver Matheus!!!

  9. AL diz

    Pessoal se me permitam, meu primeiro resultado. o que acham? ainda não levei no médico

    CD4% 33,2
    CD4 absoluto 1129,6

    CD8 36,5%
    CD 8 Absoluto 1242,9

    Relação : 0,9

    Beijos a todos

  10. Gaúcha diz

    Olá caro Jovem Soropositivo!

    Sou leitora assídua do teu blog há anos. Convivo com o HIV há exatos 11 anos e o teu blog sempre tens me ajudado!

    E agora preciso de sua ajuda e toda a galera que não coaduna com tal aberração.

    Um DEPUTADO ESTADUAL aqui no Rio Grande do Sul tem divulgado abertamente nas redes sociais a CURA DO HIV através da planta Mutamba e induzindo os soropositivos a fazer a interrupção dos retrovirais.

    Um absurdo de cortar o coração de qquer soropositivo que faz o uso da medicação e sabe o quanto isso tens nos dado uma vida decentemente.

    Preciso de sua ajuda urgentemente.

    Precisamos estancar esse Representante do Povo que está desvirtuando o HIV.

    Ah, e acredite…os vídeos que ele compartilha no facebook tem mais de 40 a 50 mil likes!

    Aqui está a página do facebook e podes visualizar os vídeos:

    https://www.facebook.com/MarlonSantosCachoeira/?fref=nf

    Deixo o meu e-mail e a minha disponibilidade para que algo seja feita…seja uma denúncia publicamente ou algo parecido.

    Grata de sua atenção!

    Gaúcha

    • Verdes Olhos diz

      Oi, Gaúcha. Tudo bem? Sou gaúcho, também. E tenho achado muito intrigante esse posicionamento do dep. Marlon Santos a respeito da mutamba. Tanto que eu resolvi ir atrás de quem tomou ou está tomando essa mutamba, pra tentar entender isso. Porque o Marlon Santons fala com tanta convicção, né? Tem uma escritora meio “mística”, a Anna Sharp, que também fala a mesma coisa sobre essa planta. Não sei, eu tô achando isso muito estranho. A mutamba ganhou uma “notoriedade” nos últimos meses (acho que a entrevista com a Anna Sharp defendendo a mutamba foi em fevereiro). Eu acho esquisito, não consigo entender o porquê dessa defesa tão veemente em relação à mutamba, em especial. E acho que, se isso for uma grande farsa, essas pessoas envolvidas na divulgação devem ser desmascaradas e punidas. Mas como devemos proceder? Se quiser conversar a respeito, pode me mandar e-mail: verdesgrandesolhos@gmail.com . Até mais! 🙂

    • Paulo Roberto diz

      Gaúcha,
      Já fiz o tratamento com a Mutamba e comigo não deu certo.
      Já torrei meu dinheiro todo atrás da cura.
      Gostaria de explicações sobre o motivo de eu não ter sido curado.
      Mas o Dr. Paulo sequer atende mais às minhas ligações. Nem responde aos meus e-mails.

    • A Cura Ou Nada diz

      Caramba. Será que essa notícia representa tudo que parece representar? Gente, fiquei até arrepiado.

    • Mutatis Mutandis diz

      Meu Deus, que bando de cientistas burros!
      Ainda não viram que a cura está na Mutamba! Estão gastando uma fortuna, podendo comprar por R$ 150,00!!

      Essa gente tem de ser denunciada por desvio de dinheiro público! Absurdo!

      Tem até um deputado que diz que isso realmente funciona! Gente, é um DEPUTADO, não qualquer cientistazinho, não!

      #ficaadica

      • Alex diz

        Espero que tenha sido irônico esse comentário, rs.

        Em relação a notícia, mt boa, espero que o JS faça um post sobre.

      • Gil diz

        kkkkkkk… Pois é Mutatis… neste país, quem é dono da verdade são os deputados. Que cientista, que nada!! Método? Fora! Experimentos de controle? Fora!
        Controle toxicológico? Pra quê? Pesquisa, desenvolvimento, método científico…uuuuuhh!
        Veja o caso da fosfoetanolamina: existem centenas de tipos de câncer, causas diferentes, bilhões em pesquisa, doutorados, prêmios NOBEL… mas uma substância é a cura pra tudo quanto é tipo de câncer (e ninguém no mundo tinha visto isso antes) e os deputados oportunistas, ouvindo o clamor do povo e vendo o desespero dos doentes e das famílias, chutam a Ciência pra debaixo do tapete e liberam a substância, antes mesmo de estudos comprobatórios mostrarem como e quando pode ser benéfica…prejudicando o futuro de pesquisas que poderiam avaliar melhor a real eficácia, se é que há alguma a comprovar.
        A crença popular, no Patropi, é a verdadeira “sabedoria”, dá votos e elege os melhores políticos, mais sabedores da verdade! Estes espertalhões, gênios em saber aproveitar as brechas e meandros da ignorância ou das leis fajutas que eles mesmos fazem e burlam. Junte a isto “médicos” oportunistas e está feita a merda! Não somos uma nação séria!

    • Notícia puramente empresarial… Não fala quantos pacientes foram submetidos à vacina… E outra: aqueles dois homens que receberam transplante de medula óssea e ficaram um tempo sem TARV também tinham reservatórios indetectáveis… NO SANGUE.

      Se alguém conseguir o artigo ou a apresentação feita no CROI, tão melhor.

      Abraço

      • Alex diz

        Pois é, mas em relação ao transplante, mesmo que tivesse sido eficaz, é um meio de tratamento que não é viável replicar para todos, já no caso de uma vacina é mais viável.

        Quanto a notícia, a de ser ressaltado que ela é um prerelease da própria empresa, ou seja, foi redigida pela própria empresa e divulgada para imprensa, conforme se vê no símbolo no site do portal exame. Embora isso não tire a credibilidade total da mesma, de qualquer forma a empresa parece ser séria.

      • Gil diz

        Bem lembrado, Barasa. Mas dá ideia da metodologia e resultados alcançados e as próximas e promissoras metas.

      • Alex, o que quis dizer é que de nada adianta verificar reservatório indetectável no sangue… Isso ficou provado com os dois que receberam transplante de medula óssea, quando ficaram com reservatório indetectável NO SANGUE e, meses depois, voltaram a ter carga viral detectável. Pra saber se houve impacto verdadeiro nos reservatórios, há de se ir a outros tecidos, como mucosa retal e linfonodos… De qualquer forma, para que possamos acreditar nesse estudo como promissor, precisaremos de dados mais concretos. Nem tudo que parece é…

        • Verdes Olhos diz

          Barasa, os três pacientes estão indetectáveis há dois anos, segundo o comunicado. Isso pode, sim, indicar uma espécie de “cura funcional”. Mas é claro que precisamos ler o artigo publicado na Retrovirology. Só acho que não precisamos ser tão pessimistas – nem tão otimistas. E, de qualquer forma, mesmo sem haver impacto nos reservatórios, o fato de o organismo conseguir se manter indetectável por dois anos sem ARVs já é algo notável. Não acha?

  11. Nossa M! Isso foi D+! Melhor notícia que já recebi nesses últimos anos…
    Show, a vacina também eliminou o HIV dos reservatórios!!!!!! Que essa vacina venha longo em larga escala… Glórias a Deus por isso!

  12. Tom diz

    Vamos torcer para que tudo dê certo! Força e fé! Deus no comando! Rumo à cura!

  13. Gil diz

    Agora, nesta notícia aí de cima, senti firmeza!!
    Olha a diferença entre um trabalho bem embasado e cientificamente controlado e a divulgação, no melhor estilo “La garantía soy Yo” do deputado e do médico do Tocantins.
    Creio que esta vacina será o caminho para a cura, e a forma como ela foi desenvolvida, a partir da manipulação de proteínas específicas. AGORA A COISA VAI!!!
    Acho que será o passo final antes da tão sonhada cura. OXALÁ!!

  14. Gil, será a Amfar estava realmente falando a verdade sobre a erradicar o HIV até 2020? Acho que a coisa agora vai!! Quem viver verá!!

    • Alexandre diz

      Ela (AmFar) nunca falou em erradicar o vírus até 2020. Ela sempre fala em encontrar todos os passos que podem levar a uma cura, até 2020. Sempre interpretaram erroneamente esse comunicado. Sobre a vacina, não me iludo mais com ela, não. Em novembro passado, em um anúncio realmente oficial, foi dito claramente que a vacina TAT francesa falhou. Me parece que existe um pouco de charlatice por trás dessa Biosantech. Nunca apresentaram nada de concreto, só propaganda feita internamente. Quero muito estar errado, e como!!!

      • Alô, Cura diz

        Sim, mas agora o estudo referente à vacina vai ser publicado na Retrovirology. É justamente uma apresentação concreta dos dados e da metodologia. Para publicar em uma revista científica de credibilidade, é necessário ter grande rigor na apresentação e no desenvolvimento do projeto. Charlatanice não passa. Então convém aguardarmos os próximos dias.

    • Gil diz

      Oi Tom. Creio que até 2020 muita coisa melhorará para nós, viabilizando o caminho da cura, talvez não ela em si, ainda, mas a tática a empregar. Tomaraaaaaa…

  15. Zimba diz

    O problema no intestino nada mais é que a ALIMENTAÇÃO.
    Lactose e carnes não fazem bem p/saúde de geral, HIV+ com os remédios e tudo mais, mais ainda!
    Experimentem dar uma cortada em carnes, principalmente vermelhas, leites e derivados!
    Faço uso do 3X1, nunca tive uma diarreia (graças a DEUS) e os exames todos estão ótimos.
    Não como carnes, nem leite (todo tipo) tem 5 anos, bem antes da sorologia positiva.
    Cuidem pessoal! Nossa saúde pode ser ainda melhor, abandonem esses produtos de origem animal!

    • Zimba diz

      A galera que dá like negativo, depois não reclamem os problemas futuros!
      A pessoa da dicas pra melhorar, ainda acham ruim? Então boa sorte ai na “alimentação” perfeita!
      abrs

  16. Paulo Roberto diz

    Pessoal, por favor, não me levem a mal; Sou soropositivo de longa data e já tentei de tudo, repito, DE TUDO o que já foi publicado na Internet para a cura desse mal.
    Gastei todo o meu dinheiro com ervas, garrafadas, aparelhos, consultas com todo o tipo de gente que dizia curar o vírus.
    Já rodei o Brasil inteiro em busca da cura.
    De uns dias para cá, vejo que a MUTAMBA voltou a ser propagada como a cura desse mal.
    JÁ TENTEI e comigo NÃO DEU CERTO.
    Portanto, por favor: parem de dar esperanças inúteis às pessoas!
    Fui PESSOALMENTE buscar a mutamba DAS MÃOS DO DR. PAULO GOUVEIA!
    Então, peço, em RESPEITO aos soropositivos que, como eu, já não têm mais recursos financeiros para correr atrás dessas coisas: no dia em que alguém aqui tiver sido CURADO e puder PROVAR isso, então, divulguem.
    Mas antes disso, NÃO! Eu considero uma falta de HUMANIDADE dar esperanças vãs aos outros.
    Já disse que, se alguém for realmente curado, eu vou para o Tocantins e me submeto ao tratamento novamente, dessa vez na presença do Dr. Paulo.
    Mas volto a dizer: se fosse assim tão bom, teria dado resultado comigo.

  17. CD4 caindo diz

    Queridos, há 2 anos tomo tarv, tenho carga viral zerada, mas meu CD4 caiu ao longo desse tempo de 480 para 310, e já faz 6 meses que não aumenta. Queria saber se tem alguém com situação semelhante e o que está fazendo para reverter esse quadro. Não sei o que fazer.

    –> Não é estranho que com CV zerada meu CD4 continue a cair?

    • Homem23:55 diz

      CD4 Caindo,
      Como anda seu estilo de vida?
      Anda dormindo bem?
      Se alimentando bem?
      Praticando exercícios?

      Se a resposta é positiva as perguntas acima, realmente acho estranho seu CD4 cair…

  18. MB+ diz

    Triste realidade …

    Mutamba …TAT …monoclonais …etc

    Notícias e mais notícias …e .

    Ficaria mais alegre se envez de nos empurrar o 3 em 1 goela a baixo …nos dessem a oportunidade de experimentar os arvs mais recentes ou quem sabe ter um cobotegravir …um TAF…dentre outros ….Como tratamento de 1 linha .

  19. sandra s diz

    gente boa noite sempre peço a Deus que ele mostre a cura para algum cientista eu espero que logo Deus vai nos ouvir . Eu não sou soropositiva mais gosto de compartilhar com vces todos assuntos a respeito dessa doença ..estarei sempre torcendo por vces todos..e logo vces vao se alegrar se Deus quiser tenho fe que logo vai vim uma vacina ..fiquem com Deus.

  20. POSITIVIDADE SEMPRE diz

    Boa Noite muito interessante a matéria criei um grupo de conversas no KIK que é um aplicativo semelhante ao whatsapp porem sem numero de telefone se alguem aqui quiser participar será muito bem vindo é só me procurar no KIK vidaquesesegue um forte abraço..

  21. Pablo diz

    Boa noite pessoal. Gostaria de saber dos nobres colegas como fazem pra levar o comprimido com segurança, por ocasião de saírem na balada e quiserem tomar na hr de costume???

    • anjo (terapeuta) diz

      Pablo compre um porta comprimido. Tem pra todos os dias da semana e tem so pra 4 comprimidos ai vc poem no bolso nao faz nem volume e fica seguro e discreto, vc ja tira do bolso pra boca. Boa sorte

  22. Fernanda Castellari diz

    Galera, fiquei motivada com essa publicação, a esperança é a última que morre né!? Acredito que ainda estarei viva pra ver a cura. Contrai o vírus do HIV, de acordo com meus exames há pouco tempo, faz 5 meses que tive o diagnóstico e 3 meses que iniciei o tratamento. Tenho 23 anos e acabo de acessar esse blog, em que encontrei muita informação valiosa, que até então, só nas conversas com meu médico eu não havia encontrado. Gostaria de conhecer mais pessoas e trocar experiências, quem tiver interesse me add no skype: contato_consultoria@outlook.com .. Abs. Fernanda.

    • POSITIVIDADE SEMPRE diz

      Oi Fernanda Vem para o KIk que é um aplicativo de mensagens parecido com o whatsapp, me adiciona lá que te coloco no grupo vidaquesesegue um forte abraço.

  23. Carlos diz

    Bom dia Pessoal..Sou soro desde 2012, e iniciei minha TARV a poucos dias, pois minha carga é em torno de 2.500 copias e meu cd4 sempre acima de 900(mesmo sem TARV).Mas resolvi iniciar pois somente agora espantei meus medos e fantasmas do medicamento. Com relação a em 2020 obtermos, se não uma cura uma situação terapeutica mais confortavel, eu acredito piamente! Basta lembrarem como era em 2010(classe de medicamentos, estudos, exames) e 5 anos apos como esta! O avanço foi enorme e continuara a ser. Enquanto isso, vou fazendo uso de meus medicamentos, de alimentação saudavel e vida “NORMAL”!! Perdi muitos amigos desde quando me descobri soropositivo, e nenhum foi por conta do virus, mas sim infarto, cancer, acidentes…por tanto, vivam e deixem que o mais Deus fara a todos. Agradeçam nossa condição de nos tornarmos melhores, pois eu desde quando me descobri soro+ me tornei uma pessoa muito, mas muito melhor, sem medos tolos, vivendo a vida com mais carinho, com mais comprometimento, pois sinto como tivesse morrido(diagnostico) e voltei a vida para fazer diferente! Temos a condição que muitos não tiveram(TARV), mas mesmo assim lutaram ate o ultimo dia sem se entregar, com força, afinco, vontade de viver. Não vou disperdiçar a minha sofrendo em saber se a cura vem ou não…Vou vivendo feliz, e pasmem na melhor fase da minha vida, pois esse virus não me incomoda em nada, na verdade apenas me ajudou a me reconhecer entre tantos problemas que eu achava que tinha. Obrigadom o espaço JSP, e desculpem amigos o meu desabafo..Mas pra mim, esse virus que veio me matar, acabou sendo literalmente POSITIVO. Abraços a todos!! Fiquen com Deus!!

  24. Parabens Carlos, aplauso em pé, vc tem razão hj sou um cara muito melhor que antes, principalmente para minha familia, e sei que não ha mal que perdure para sempre

  25. Pablo diz

    Acredito piamente em dias melhores em breve e quiçá a cura. Deus nos criou de forma tão perfeita dando-nos capacidade e inteligência. Uns usam para o bem outros para o mal. Eis o livre arbítrio. Oro/rezo diariamente para que Ele ilumine e capacite mais e mais os pesquisadores para que logrem êxito em seus estudos.

  26. Luquinha diz

    Gente gente um alerta as pessoas que gostam de usar vibrador , tem que colocar preservativo ou então lavar com bastante agua e sabão pois não pode haver bactérias e outra mesmo que você esteja indetectável existe a cô-infecção então cuidado para não chorar pelo segundo leite derramado .Se cuidem

  27. ALFREDO diz

    Boa Noite a todos, venho recorrer ao blog pois estou muito triste, meu infectologista esta suspeitando de resistência primária ao 3 em 1 pediu um exame de Genotipagem que só ficará pronto daqui 30 dias, porem ele me tranquilizou dizendo para não se preocupar pois existem outros tratamentos. Gostaria de saber se alguém aqui sabe se essas outras terapias são mais agressivas se tem efeitos colaterais piores pois ele ainda não me disse nada sem ter o exame de genotipagem, fiquei sabendo que esta em consulta publica um novo 3 em 1 com outra combinação isso é verdade? Se alguém puder me orientar o básico eu agradeço pois estou muito triste e tinha me dado muito bem com o 3 em 1 Muito obrigado…

    • Alex diz

      Alfredo, pq ele desconfiou disso? Quais foram seus resultados até agora de cd4 e carga viral? E há quanto tempo toma os remédios?

      • ALFREDO diz

        Tomei 3 meses e 10 dias de 3 em 1 meu primeiro exame foi 17 mil cópias e 155 de cd4 após esse período eu refiz e para minha surpresa 57.570 e cd4 196 dai ele falou da hipótese de resistência primária que eu poderia ter pegado de alguém que teria resistência ao 3 em 1 e pediu o teste de geno tipagem eu até cogitei erro no laboratório porem ele disse ser uma possibilidade bem remota mas só esse exame irá dizer com precisão.

        • anjo (terapeuta) diz

          Tudo e possivel um dia refiz meus exames e deus tudo igualzim ao ultimo de 4 meses antes fui na infecto mostrei os dois ela ligou no laboratorio e eles tinha me dado os exames antigos.

    • FG-PR diz

      Alfredo eu uso desde o primeiro dia Atazanavir+Ritonavr+Tenofovir/Lamivudina e nunca sequer sente um mal estar. Não se preocupe existe combinações menos tóxicas que o 3X1.

      • ALFREDO diz

        FG-PR Você teria um kik pra gente trocar uma ideia?? Me adiciona ai vidaquesesegue. Forte Abraço

      • espanholsp diz

        FG-PR tudo bem? acompanho sempre as postagens aqui, e agradeceria se me ajudasse: como faz prevencao para proteger ou diminuir danos nos rins e figado? voce so toma muita agua e alimentacao saudavel ou algum outro medicamento. esses medicamentos que voce citou sao os fornecidos na profilaxia PEP, agradeco sua resposta, valeu

  28. Zen diz

    Que eu já pesquisei tem um outro 3×1 novo com a seguinte composição:
    Abacavir / Dolutegravir / Lamivudine
    Chama-se Triumeq.
    O Dolutegravir inclusive tem se mostrado como um dos melhores até o momento, inclusive para utilização como monoterapia de uso espaçado – já que o vírus não cria resistência.

    • MB+ diz

      Zen

      O triumeq não é tão novo assim desde meados de 2015 já esta disponível na Europa e EUA , com há também outras combinações formuladas em um só comprimido já bastante utilizado lá fora , caso do Complera , Stribild , Atripla dentre outros mas infelizmente estes não fazem parte dos medicamentos fornecidos pelo SUS .
      Quanto a uma consulta publica para inserção de um novo medicamento 3 em 1 no Brasil eu desconheço , tanto a consulta como o medicamento.

    • Erick Allan Bounean diz

      Gostaria de saber se o DOLUTEGRAVIR ja é oferecido pelo SUS.

      • MB+ diz

        Sim , já esta sendo oferecido.
        Porem como terapia de resgate de 3° linha ou seja para que você possa usar este medicamento terá que ter resistência aos Arvs de 1 e 2 linha para que só então possa utilizar este esquema.
        Ou ter uma infecto de peito que lhe passe a receita o que sera difícil mas pode acontecer.

  29. ALFREDO diz

    DIA 26/11/2015 SEGUINTES RESULTADOS 17 MIL CÓPIAS E CD4 155
    DIA 03/03/2016 SEGUINTES RESULTADOS 57,570 MIL COPIAS E CD4 196

    Hipotese 1 resistencia primaria posso ter pegado o virus já resistente
    Hipotese 2 Erro no laboratório mas é muito dificil

    Tomo religiosamente todos os dias…

    • Gil diz

      Agora, é procurar seu infectologista, SE CUIDAR MUITO, MUITO MESMO,não se expor a multidões para não correr maiores riscos de se infectar com gripes, resfriados e outras porcarias. Alimentação saudável, boas noites de sono, exercícios físicos diariamente e, com toda a certeza, na troca de seu esquema, você ficará indetectável rapidinho. FORÇA E FÉ, ALFREDO, NÃO DESISTA, NEM SE DESESPERE!
      Vai dar certo o seu tratamento. Creio que todos aqui estarão numa corrente de pensamentos positivos e de orações, para que seu tratamento comece a derrubar o vírus. Essa discreta melhora que você teve vai se multiplicar por 10!!!

  30. Gente, já ando viajando na batatinh! RS!
    Já pensaram na possibilidade de quando a nossa cura chegar, aí o JS postar: ” Meus seguidores curados do HIV”.
    Aí vai ser picaaa das galáxias! Nossa foto no site e todos nós brindando e nos conhecendo pessoalmente sem vergonha de nada!
    Meu Deus do céu, eu creio que está data está próxima!
    Grande abraço!

  31. Gutan diz

    Boa noite pessoal.
    Minha infecto receitou Glutamina 500 mg. Ela disse que tem estudos que confirmam que este medicamento ajuda na imunidade de quem tem HIV. Faço uso do 3×1. Não sei se a Glutamina é contra indicada para outras combinações de ARVs.
    Obs. Ela me fornece a receita para eu fazer manipulado, porque fica mais barato.

  32. Hans diz

    Galera, primeiramente sou soronegativo…
    Acompanho esse blog por causa do meu irmão que é positivo desde 2000 e passou a conhecer esse site em 2012 e ele me mostra sempre notícias daqui e desde então me interessei tbm. Esqueci o Nick que ele usa kkkkk assim como eu ele usa Nick!
    Eu acho que vcs exageram em relação a AIDS hoje em dia… Tá certo, eu não tenho o vírus pra julgar vcs, eu sou espectador, quem tá só olhando é fácil falar.
    Mas, a AIDS ao meu ver nunca esteve tão perto da cura… Galera AIDS matava na época que pra ver uma foto tinha que esperar revelar kkkkk
    Hoje os portadores do HIV nem desenvolve AIDS quando se trata!
    Meu irmão joga bola comigo toda quarta e até agora a única coisa que aconteceu com ele foi uma leve lipodistrofia facial em 2013 devido ao uso dos fármacos antigos e já foi corrido em 2013 tbm e pelo SUS totalmente de graça.
    Ele nem fica falando em cura e etc… Super tranquilão, ele já apresentou falha terapêutica e me disse que a combinação que ele tá tomando agora vai completar 4 anos indetectável! Ele me falou os nomes do remédios, mas eu só consigo lembrar do efavirenz!
    Não quero pegar HIV, mas vendo o meu irmão me faz não sentir medo do HIV tenho mais medo do câncer.
    Câncer não se pode evitar e o tratamento é horrível e muito sofrível. Deus me livre!

  33. JV diz

    Boa tarde, amigos! Alguém já observou que tomar o 3×1 e comer algo pesado dá um efeito tenso? Ontem à noite tomei o remédio e logo depois comi um hamburguer enorrrrme. Fiquei bem tonto logo de pois, dormi mal e hoje acordei com muita dor de cabeça. Parece que bebi todas ontem! Já não sentia mais os efeitos do efavirenz, mas observei essa fato duas vezes já. Acho que efavirenz com comida pesada não combina!

    • Zen diz

      JV,
      minha farmaceutica me disse que gorduras em geral potencializam os efeitos neurológicos do efavirenz. Então nada de coisas gordurosas a noite.

    • Pedro diz

      JV
      3×1 interage c gordura por isso da tontura. Evite comidas pesadas ou gordurosas a noite.

  34. Peu diz

    Tenho uma duvida, se uma pessoa já indetectável fizer o exame novamente, dará positivo?

  35. Caminhante diz

    Gente, acompanho o blog há muito tempo. Mas só decidi me manifestar agora.
    Recebi meu diagnóstico em março/2015. Não foi surpresa, pois eu tinha sido chamado pelo laboratório para fazer a recoleta de sangue e confirmação de resultado de exame.
    Quando recebi a ligação, estava em pé saindo da minha sala de trabalho me encaminhando para uma reunião. Nem me perguntem como foi a reunião, pois não lembro nem o que falei. O corpo estava lá, mas a cabeça em outro lugar.
    Sempre fui descuidado nas minhas relações sexuais. Raríssimas vezes fazia uso de preservativo. Tinha contato com múltiplos parceiros, fazia uso de cocaína, pertencia a grupo mais vulnerável. Enfim, trilhava um caminho provável para contato e infecção pelo HIV.
    Mas isso era completamente ignorado, assim como eu negligenciava diversos outros aspectos da minha vida.
    Cheguei num ponto sem volta com a cocaína. Internei-me voluntariamente. Tratei-me. Voltei ao trabalho. Relações sociais aparentemente normais. Estava namorando um jovem rapaz bonito, porém imaturo.
    Como a relação já estava se perdurando, eu decidi ir ao Urologista e pedir meus exames, para saber se era seguro retirar o preservativo, até porque tinha surgido na minha nádega direita uma verruga que preocupou minha Dermato, pois podia ser uma DST.
    Pois bem! Fiz a recoleta, embora pelo meu histórico já tivesse certeza. Demorei a voltar no laboratório para pegar o resultado. Antes mesmo de pegar o resultado, tentei preparar o meu namorado à época para o resultado.
    Ele foi comigo no dia pegar. Eu não queria abrir na frente dele. Mas ele insistiu. Eu vi e depois mostrei a ele. Como eu esperava: reagente. Ele não entendeu o que significava. Expliquei que era positivo. Ele disse que embaixo tinha um aviso sobre colher segunda amostra. Eu disse que já tinha sido colhida. Aquele resultado era, a princípio, conclusivo.
    Ele enlouqueceu. Eu já tinha conhecimento sobre o HIV. Expliquei a ele que a chance dele ter se infectado era praticamente nula. Ele fez os exames e deu negativo. Isso porque sempre usamos preservativo. Tudo que eu tinha passado na minha história pessoal havia mudado meu comportamento de modo que não me relacionava mais sem preservativo.
    Nosso relacionamento não seguiu, pois ele voltou para sua terra natal, muito distante da minha. Também não seguiria se ele continuasse aqui, pois ele não soube lidar com tudo que passou.
    Logo marquei o Infecto. Exames iniciais eu nem consegui ver. Só fui olhar detidamente na segunda solicitação. Tomava os ARVs como se tivesse tomando pílulas de chá. Somente qnd peguei a segunda leva de exames que sentei na cama e pus tudo ali pra analisar o que tinha se passado.
    Inicei com CV 143.000 CD4 209. Seis meses depois estava indetectável, CD4 280. Todas as outras taxas sempre normais.
    Pra isso, eu sinto que a terapia foi fundamental. Já fazia terapia desde meu internamento para o vício da cocaína. Mudei de terapeuta. O protagonista passou a ser outro, por isso achei importante mudar a abordagem terapêutica. Foi importantíssimo para diminuir o estresse.
    Relutei para voltar ao psiquiatra. Mas cedi ao pedido da nova terapeuta. Ele me passou topiramato 100mg, pois reparei que estava muito ansioso/estressado e estava descontando na comida.
    Faço uso do Biovir e Efavirenz. Já estou nesse esquema há quase um ano e indo bem. Se eu estiver bem alimentado, hidratado e dormindo normalmente, não sinto efeitos colaterais.
    Essa semana mudei de Infecto, pois sinto que estou partindo para outra fase da convivência com o HIV. Preciso de mais atenção, tempo e disponibilidade do Infecto que estiver comigo.
    Quero também dizer a muitos que não entrem em pânico ao verem os primeiros exames. Sigam o tratamento e dêem tempo para que seu organismo se recuperem e combatam o vírus circulante no sangue. A supressão é questão de tempo.
    Beijo no coração de vcs.

  36. sandra s diz

    Boa noite pessoal olha muitas gente que tem hiv tem imunidade baixa então .a agua de coco e muito bom para aumentar a imunidade e tbem pra diarreia chá de roma ela corta a diarteia bom e natural mais prgunta pro infect .se pode tomar com o remédio que vces tomam o coco e muito bom.boa noite pra todos

  37. Eli diz

    Ola,
    Boa tarde a todos, sou nova aqui é a primeira vez que escrevo
    mas sempre acompanho o blog que por sinal é muito bom, me ajuda bastante.
    Mais agora preciso muito da ajuda de vocês, tomo o 3 em 1 a um ano, nunca senti nada nem um
    efeito colateral a não ser o meu cabelo, gente eu já não sei mais o que fazer, estou com a minha alto estima muito baixa pois ele não para de cair, logo quando começou eu falei a respeito com meu medico e ele disse que não tinha nada a ver que era coisa da minha cabeça rsrsrs literalmente, mais agora depois de muito tempo e não para sinto que tem algo errado, gente o que eu faço sou mulher e pre mim cabelo sempre foi cartão de visita rsrs
    Jovem,Dr Barasa ou qualquer um que possa me explicar o que esta acontecendo me ajudem.
    beijos a todos!!!

    • ALESSANDRO diz

      Oi Eli boa noite crie um Kik que é um aplicativo de mensagens igual ao whatsapp e me adiciona lá tem um grupo só de mulheres positivas vocês podem trocar ideias é só me procurar (vidaquesesegue) um forte abraço..

  38. LV Antônio diz

    Olá pessoal. Me descobri soro+ há um mês. Namoro há 11 meses e desde dezembro não usamos preservativo. Ele é soro- e me descobri + ao fazermos os exames.

    Mas transamos várias vezes sem preservativo antes do resultado. Ele fez três exames e fez uso da pep, pois descobri um dia antes da relação. Os exames deram negativo.

    Agora ele precisa esperar 60 dias para fazer um exame confirmatório. Estamos muito angustiados. Minha CV é de 1828 cópias, não faço uso de tarv ainda. Será que ele foi contaminado? Não era para ter aparecido anticorpos no exame?

    Gostaria de uma ajuda, ele está muito mal e eu não consigo ajuda lo e nossa relação está abalada. Obrigado.

    • ALESSANDRO diz

      Oi LV antonio você tem kik? Se tiver me procure lá (vidaquesesegue) lá tem um grupo de acolhimento que pode te fazer bem… Um forte abraço. Kik é um aplicativo para celular parecido com whatsapp porem nao precisa de numero de telefone e nem foto…

  39. Vini diz

    Tenho quase certeza que adquiri o vírus do HIV após uma colonoscopia.

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s