Notícias
Comentários 58

#EuFaloSobre Malhação

Gabriel Estrëla, do Projeto Boa Sorte, aproveita a atual trama da telenovela Malhação, da Rede Globo, que agora conta com um jovem personagem soropositivo, para falar sobre profilaxia pós-exposição (PEP), risco de transmissão do HIV a partir de quem faz tratamento antirretroviral e tem carga viral indetectável e o direito ao sigilo a respeito da sorologia positiva.

Anúncios

58 comentários

  1. davi-pe diz

    Sei q na novela falta mais informações, mais ate q as vz eles acertam. Vi um personagem falar pra menina q mesmo q ela esteja infectada ele n vai deixar de ama-la e q qr ficar com ela. Foi fofo rsrs

    • Le Fer diz

      É isto aí!
      O amor incondicional, e verdadeiro, é sublime!
      Felizmente, atualmente, é possível ocorrer um relacionamento sorodiscordante (onde um parceiro possui o vírus e o outro não) e ter um bebê sem o vírus.
      O preconceito e a discriminação existem, infelizmente, mas não são páreos para a informação!

  2. Tati diz

    Boa tarde, davi-pe!
    Mas a realidade é bem diferente da ficção, na realidade apesar de ser bom a abordagem de malhação, mas falta muita informação e respeito, pois a TV mostra relacionamentos a todo tempo e nunca mostra as consequências que podem causar os mesmos, só mostram pessoas se relacionando e depois tendo bebês, como é que se faz mesmo pra ter bebês?
    E os relacionamentos diferentes que a TV num aborda na maioria das vezes, e quando o fazem geram um conflito imenso nos hipócritas.

  3. Gil diz

    INDETECTÁVEL!! Acabei de receber os resultados, fiz exame em 17/12.
    HIV indetectável e CD4 974.
    OS cd8 em 1125, a referência aponta 1112, quase lá!
    As demais taxas, normais, exceto o meu eterno problema de triglicerídios e leve aumento de colesterol (já estava descuidando em dezembro, volto ao normal agora) e um pouquinho abaixo em vitamina D.
    FELIZ, FELIZ!
    AOS RECÉM DIAGNOSTICADOS: Força! Descobri em abril/2015. Comecei em maio a tomar a TARV, pouquíssimos efeitos colaterais. Hoje, vivo totalmente normal e me descobri indetectável!
    Tomo a TARV diariamente, pouco de atraso vez ou outra (duas horas, uma hora…) e pratico exercícios, levo uma vida normal. Estou bem de saúde, mas sempre surge uma coisinha (gota ou um nervo inflamado no dedão, já fui marcar médico), mas nada relacionado ao HIV.
    Obrigado pelo apoio de vocês, pois otimismo aumenta as taxas de CD4 e mata o virus, também!
    Estamos juntos neste barco, lutando contra o HIV, contra o preconceito, contra a ignorância e apoiando os recém-diagnosticados.

    • positivosempre@outlook.com diz

      Parabéns Gil, espero também comemorar minha indetectabilidade.

    • Le Fer diz

      Que lindo depoimento!
      É isto aí!
      Seguir à risca o tratamento sugerido e autoestima nas alturas!
      Muita saúde e tudo de melhor!
      Abraços!

    • Ser+H diz

      Legal Gil fico feliz por você. Encoraja a todos a seguir o tratamento. Bacana.

    • ruan diz

      que bo mfeliz por vc, descobri em março de 2015 e tbem em novembro ja estava indetectavel, que bom tacas ótimas abraços

  4. Gil diz

    Que bom que a Malhação resolveu abordar o tema, agora é ver se acertam a mão.
    Quanto a mostrar soropositivos aceitos, que bom, vamos ver se fazem o repasse de informação de forma didática.
    Há muitos anos que a TV brasileira, em especial as novelas, se acertam a forma de repasse de um tema, educam muito melhor que as péssimas escolas que temos, infelizmente é a verdade.
    Quando erram a mão no tema, também é verdade, fazem a maior merda.

    AO pessoal que me escreveu no e-mail…
    Minha internet ainda está vaga-lume.
    Ao achar a senha do e-mail psicoglmr eu juro que respondo, viu?
    Obrigado pelas mensagens. Quando meu celular ressuscitou, eu vi as primeiras linhas de umas mensagens, mas ele não tá abrindo, vou fazer agora pelo notebook.

    • davi-pe diz

      Médicos israelenses afirmam que podem apagar completamente o vírus HIV no corpo humano

      Os dois cientistas da Universidade Hebraica em Jerusalém vírus da SIDA na droga promissora exterminador corpo humano, que começará em breve testes clínicos.

      No prazo de três meses após o início dos ensaios clínicos que venha a revelar-se culturas de células humanas foi certificada com sucesso a eficácia da droga – Ynet soube do site do jornal do Jedi Ahronot na segunda-feira.

      Abraham Lojter Asafe e professores método Fridler rompe-se o número de vírus que causam AIDS minimizar hold-down “cocktail” abordagem, porque o extermínio do vírus e, portanto, promete uma cura completa para os pacientes.

      Nova abordagem para transportar o ADN viral em muitas cópias da célula transportadora, e, assim, activa o mecanismo de auto-destruição de células. Os investigadores desenvolveram péptidos que estimulam a este processo.

      Os péptidos são testados em combinação com outras drogas existentes têm mostrado resultados promissores em culturas de células infectadas com o vírus HIV: não há células infectadas foram encontrados após duas semanas de tratamento, o que conduziu à conclusão de que a infecção não só é interrompida, mas as células infectadas podem ser destruídos.

      Seus resultados foram publicados na revista AIDS Research and Therapy foi, mas de acordo com alguns estudiosos descoberta não é considerado um importante passo em frente.

      “É interessante desta vez promete ser um avanço desenvolvimentos Especialmente dramáticas, depois de ter atingido o nível de ensaios clínicos.” – Yitzhak Levy disse Ynet outro lado, HIV-positivo durante 28 anos diretor executivo da Task Force Israel AIDS.

  5. Pesquisa diz

    Olá
    Sou estudante de pós graduação em acupuntura e irei realizar um trabalho de conclusão de curso. Gostaria de fazer um trabalho voltado para portadores do HIV. Para isso, preciso de voluntários de BELO HORIZONTE / MG. Esta pesquisa irá verificar os benefícios das sessões de acupuntura para os soropositivos. Dois objetivos estão sendo levados em consideração: o primeiro é o fortalecimento do sistema imunológico e o segundo é trabalhar em cima dos efeitos colaterais do remédio.
    entre em contato pelo e-mail
    huangdibh@outlook.com
    Obrigado.

  6. Raphapositivo diz

    Ola galera tudo bem?
    Gostaria de Compartilhar c vcs minha primeira noite de Com 3 em 1 , estava com medo, ou talvez ansiedade rs e foi super tranquilo, nao tive pesadelos nem sonhos vividos, acordei bem porem um pouco de tontura, comi e tomei uma dicha ja estou melhor 😉 de resto tudo normals
    Espero q eu posso ajudar a trabquilizar pessoa que vao comecar a medicacao, vai fundo que pode ser mto tranquilo

  7. Zimba diz

    Não assisti mais Malhação, porem agora durante as férias eu pude acompanhar e de cara me deparo com esse tema em frente aos meus amigos (que não sabem da minha sorologia).
    BAHHH, forte!
    Acho que o tema poderia ter sido melhor abordado, mas né… melhor isso do que nada!!

    Em contra-partida, iniciei a TARV tão temida na noite de sábado pra domingo, ainda de férias.
    Na primeira noite, o sonho mais MALUCO que já tive na vida! Acordei zonzo, mais passou em 5 minutos… Segunda noite outro sonho meio doido, e também acordei zonzo. Terceira noite pra hj acordei normal… Acho que assim vai ficar, UFA!
    Agora torcer pra que eu me segure, não beba pelo menos durante estes primeiros 30 dias.
    Fé que o medicamento vai dar certo né? Meu CD4 em Outubro (meu primeiro exame CD4) deu 276, bem baixo!
    Infelizmente quando estava tudo programado pra iniciar a TARV, tive furunculos pelo corpo, e ainda estou tendo um que esta sendo tratado… Com isso, além da TARV, to tomando 4 caps de antibióticos para matar essa bactéria… aff né? alguém passou por isso?
    3º furunculo que me dá em 1 mês… Todo mundo dizendo que é imunidade baixa, porem meu infecto disse que não era nada relacionado ao atraso do inicio da TARV.

    • Paciente e Otimista diz

      Boa Tarde Zimba,, tbm tenho furúnculos meio que frequentes, minha infecto falou que naum tem nada haver com o HIV é algo normal que qualquer pessoa pode passar. Fui tbm em uma dermatologista TOP e ela disse que o HIV naum tem nada haver tbm, que as vezes é hormonal ou até causa principal alimentação. Sei o quanto dói, fica tranquilo e boa sorte.

      • Zimba diz

        Obrigado pela resposta Paciente e Otimista.
        Pois então, meu infecto me disse isso por Whatss, mas não acreditei muito.
        Provavelmente vc e ele tem razão mesmo… Estou tomando antibióticos … Não aguento mais! Espero que tenha sido o último!
        Tive 3 feios, e 4 que apareceram mais não evoluíram.
        Ainda não tinha iniciado a TARV, achei que era o inicio da AIDS.
        Muito medo!

        Em relação a TARV, 4ª noite hoje e nem sonhos vividos mais…
        Incrível como até agora ZERO EFEITO COLATERAL.
        Obrigado DEUS!

        Agora esperar o resultado do 1º exame em Fevereiro!
        FÉ!

        Abraços

    • Dinhoz diz

      Vc se depila? Eu me depilava na virilha, coxa, bolsa escrotal e barriga e direto tinha furúnculo numa dessas partes. Ai o médico disse pra eu não depilar e sou diminuir o tamanho com tesoura ou maquininha, pois a laminha leva bactérias dá pela para o organismos em cortes que ocorrem na pele…. Dito e feito…parei de me depilar e nunc mais tive furúnculo.

      • Zimba diz

        Faz todo sentido Dinhoz,
        Tive furúnculos exatamente nos locais de depilação (costas/ nádegas).
        Putz, mas cortar com tesoura é tenso né? Vou comprar uma maquininha … é o jeito!
        Não aguento mais esse troço!

        • Tb nao queria parar a depilação, mas nao aguentava mais esses furúnculos. A maquininha resolve bem, da uma boa aparada. Eu sofri tanto, nem conseguia andar de dor, fora as cicatrizes que ficam, que preferi virar uma gorila a ter que sofrer novamente com isso kkkk Ah e toma o antibiótico exatamente como receitado… nao pense que se ja passou, pode suspender… eh pior.. a bactéria fica resistente… Veras que com essas dicas vc nunca mais tera esses trecos!

          • Zimba diz

            Obrigado pelas dicas!
            Antibiótico agora até Domingo.
            4 por dia + a TARV. aff, mas preciso melhorar né? fazer oq…
            pior que eu tinha iniciado a TARV na noite de sábado pra Domingo quando fui pro hospital no dia seguinte fazer drenagem desse 3º furúnculo.
            O 1º me deu em baixo do queixo, segundo nas costas abaixo da cintura, e o 3º em cima da nádega.
            Ninguém merece isso!
            😦

  8. CARIOCA FL diz

    Confesso que vi alguns capitulos e gostei muito…souberam explicar realmente como é a vida de um soropositivo hj, tomando a medicação.
    Hoje, depois de um ano que descobri a sorologia, ainda tenho receio de me envolver em algum relacionamento, sim, por medo do preconceito, de nao saber a hora que devo contar, e se devo contar, já que estou indetectavel a um ano e está tudo bem, graças a Deus! Mas hj vejo esse virus como um problemas mais psicologico quanto físico. Namorar algume sorodiscordante? Ou ir em busca de alguem também soropositivo? Esse é o lema…o que vcs acham?
    Abraços e saúde a todos!

  9. Cavalcante diz

    CARIOCA FL, não sou ninguém para poder dizer que você deve ou nao falar pra pessoa que vc é positivo.
    Eu sou negativo e a pessoa que eu sou apaixonado é positivo, não vejo nenhum problema. Passei a gostar mais dela depois que soube que era positiva. Pena que ela não sente o mesmo, mas isso é o de menos. Somos bons amigos. Sempre estive ao lado dela, vou nas consultas, brigo, nos damos super bem.
    Não vejo problema namorar alguém sorodiscordante, só se cuidar, pena que nem todos pensam dessa forma. Fique tranquilo que logo vc terá as respostas para os seus questionamentos.

    Força para vocês recém diagnosticados.

    • CARIOCA FL diz

      No momento certo teremos respostas para nossos questionamento Cavalcante…ta certo mesmo!!! Grande abraço!

  10. Ponce41 diz

    Carioca FL, esse é o meu maior problema depois que descobri que sou positivo, o psicológico, pois fisicamente estou bem. Sempre fui de ter namoradas e hje vivo uma vida completamente diferente, sozinho e sem coragem de encarar um relacionamento, principalmente discordante. Sempre me pergunto se eu aceitaria me relacionar com uma soropositiva quando eu ainda nao tinha sido diagnosticado e minha primeira resposta é nao; muito fruto da desinformação que eu tinha. Hje sou “bem” informado, sei das consequências, sei o que sou capaz, mas sera que a outra pessoa é tbm, sera que ê bem informada e aceitaria numa boa?! Enquanto a cura nao vem, Infelizmente desmistificar essa doença é sem dúvida um dos maiores obstáculos que temos; e na minha opinião, o ponto de partida seria a informação. Vamos que vamos

    • CARIOCA FL diz

      Exatamente Ponce41, sempre me pergunto seu eu encararia.. Ai vem o lance do sentimento…se fosse umm sentimento verdadeiro pq não? Mas cada um tem suas limitações..Enfim, acredito que no momento certo aparecerá alguém… 😉 tamu junto…abraço!

  11. P+ diz

    Gente, alguém mais aqui convive com criança em casa?
    Moro com uma de 3 anos, e ninguém sabe da minha condição. Vou fazer CV este mês, meu infectologista acredita que estou indetectável, tenho 20 anos. Algumas vezes fico meio apreensivo pela possibilidade transmitir pra ela, sei lá, caso eu sangre de alguma maneira e coloque a mão em comida… Sei que o risco é minúsculo, e que deve ser coisa da minha cabeça, mas queria saber como outros lidam com isso…. Obrigado.

    • Homem23:55 diz

      P+
      Você nao é o único.
      Sabemos que nao transmite de algumas maneiras e bla bla bla
      Mas nossa consciência nos questiona.
      Sim eu me sinto assim também!
      Nesta semana um nenem deixou cair a chupeta no supermercado e minha mente me questinou milhares de coisas, até que eu tivesse a gentileza de juntar do chao e entregasse para sua mãe.

      É normal sentir-se assim. Estamos nos adaptando a nova vida. Temos muitas preconceitos a vencer em nós mesmos.
      Se você começar a ficar muito grilado, busque ajuda de um profissional da área psicológica.

      Abco

    • Gil diz

      OLÁ P+.
      Eu tenho 3 filhos e somos bem brincalhões. Dias desses, a caçula me arranhou, sem querer,foi mais fundo e sangrou. Parei a brincadeira, examinei as unhas dela, se havia algum ferimento ou arranhão exposto. Liguei para o CTA, falei coma infecto de plantão e ela me tranquilizou. Eu lido com cuidado com todos, trabalho em escola, levanto crianças nos braços, faço brincadeiras com todas. E isto não transmite.
      Meus filhos não sabem, digo que deu problema no meu fígado e isto pode ser contagioso (o que é verdade, haja visto ter passado uma hepatite, mas já curei). Melhor que não saibam, porque podem revelar segredos a amiguinhos e estes discriminarem, porque a desinformação, ainda e infelizmente, é grande.
      Os meus filhos tomam do mesmo copo, minha esposa também, damos selinho.
      Na hepatite, prevenimos, embora sabíamos que eu já estava com reagente IGg.
      Nada disso que comentei (brincar, beijar, beber do mesmo copo) transmite o HIV.
      Mesmo que uma gota de sangue caia na pele, não contamina e o virus morre em segundos, pois não sobrevive à luz e ao oxigênio.
      O que nos dá medo é por uma questão da interiorização do medo e da culpa subjacente ao fato de estarmos infectados e por sermos prováveis vítimas de preconceito. Introjetamos situações de culpabilidade e medo, por serem algo ainda do âmbito coletivo. Nada que se pensarmos de forma racional não possamos superar.
      Mantenha precauções sem neurose. Um corte com mais fluxo de sangue, que venha a atingir o corte em outra pessoa, vá lá, em um hipotético acidente, poderia transmitir, mas sendo indetectável, a chance é maior de um meteoro atingir sua testa, do ponto de vista estatístico. mais fácil acertar na mega-sena! Claro que esta seria uma hipótese até legalzinha, né?

      • Bruno diz

        que legal seu relato ! Tenho tentado agora de maneira natural .. como se nada tivesse acontecido .. na verdade eu nem lembro . Sou saudável, depois que descobri ser positivo, comecei a comer com medo de emagrecer, e cabei engordando 6 kilos, psicologicamente eu fui muito afetado nos dois primeiro meses, mas não tinha razão pra viver daquele jeito com medo assim. tenho 27 anos e só eu e meus pais que sabem. To na espera da tal vacina que falaram que sairia esse ano .. !!

  12. Mommy diz

    Sobre a abordagem em Malhação, assisti alguns capítulos e achei bacana. Me parece que foi transmissão vertical o caso do personagem, não tenho certeza e também não sei se já falaram sobre esse tema. Eu tive bebê tem 3 meses, já fiz os exames e deu indetectável, graças a Deus. Se fizer tudo direitinho, raramente nasce um bebê infectado por transmissão vertical.

  13. Alex diz

    Parece que o Obama acabou de dar uma declaração que estamos próximos de curar o HIV.

    Tá havendo uma espécie de conferência presidencial nos EUA chamada SOTU, e nela o presidente dos EUA deu essa declaração, só é pesquisar no twitter por Obama + HIV.

    Se alguém souber mais alguma informação, pode falar.

  14. Alex diz

    To tentando postar um link aqui mas não está aparecendo nos comentários, não sei pq, talvez esteja considerando spam.

    Mas enfim, parece que o Obama acabou de dar uma declaração que estamos próximos de curar o HIV.

    Tá havendo uma espécie de conferência presidencial nos EUA chamada SOTU, e nela o presidente dos EUA deu essa declaração, só é pesquisar no twitter por Obama + HIV.

    Se alguém souber mais alguma informação, pode falar.

    • Alex diz

      “Right now, we are on track to end the scourge of HIV/AIDS, and we have the capacity to accomplish the same thing with malaria — something I’ll be pushing this Congress to fund this year.”

      • davi-pe diz

        Traduzindo…

        “Neste momento, estamos no caminho certo para acabar com o flagelo do HIV / AIDS, e nós temos a capacidade de fazer a mesma coisa com a malária – algo que eu vou estar empurrando este Congresso para financiar este ano.” obama

  15. Matteo diz

    Pessoal,

    Queria agradecer todo o apoio que recebi após meu último comentário referente ao início do meu tratamento com a PEP. De fato, não está sendo muito fácil, pois alguns efeitos colaterais se manifestam de forma aguda: tonturas ao acordar e icterícia (estou todo amarelo).

    Mesmo assim, o que mais me derrubava era o “efeito” psicológico, pois acreditei que a pessoa com a qual mantive relação sexual fosse negativa, ou, no mínimo, estivesse em tratamento. Mas estou levando bem. Aconselho aos recém-iniciados – como eu – a ter alguém para contar e desabafar. Isso ajuda muito, e desqualifica estigmas. No meu caso, foram meus pais. Creio que eles nem tiveram tempo de me julgar sobre a possibilidade de ter HIV, pois acho que a descoberta de que sou bissexual foi mais arrebatadora para eles haha.

    Enfim, estou muito confiante da eficácia do PEP, já que a iniciei em 23 horas pós-exposição. O importante é não fraquejar. E o carinho e força de vontade de vocês àqueles que estão tendo contato agora com a condição soropositiva é realmente IMPRESCINDÍVEL, ainda mais aos que não tem com quem conversar sobre. Me fiz um militante da informação: estou espalhando sobre a PEP, e principalmente sobre o diagnóstico e tratamento precoce, ainda mais no CARNAVAL.

    Muita saúde, amor, determinação e garra nesse 2016 à todos. Nos veremos nos comentários.

  16. Rapaz desesperado diz

    No final do ano passado, mandei uma mensagem aqui, pois tinha acabado de descobrir o HIV. Tinha marcado médico para janeiro e achava que ia morrer até lá. Pois bem, estou vivissimo, com carga viral 1.162 cópias, cd 4 637 e cd 8 999. Vou começar a medicação agora e espero que tudo dê certo. Confesso que ainda não estou bem psicologicamemte. A ficha vai cair quando eu tomar os remédios. Agradeço a todos que me ajudaram nesse blog.

    • Vivi diz

      Rapaz desesperado
      Todo mundo passou por essa mesma fase de “a ficha só vai cair quando iniciar o tratamento”. no meu caso depois da descoberta só precisei iniciar o tratamento depois de 5 anos de diagnosticada. Era casada e estava no 9 mês da minha gestação quando descobri, minha filha não teve nem oportunidade do tratamento pois meus exames inferiores constava hiv – então no dia do parto descobrimos e fizemos cesária e ela iniciou com azt . Resumindo, confiar em Deus, viver e acreditar! em um mês de tratamento minha carga viral zerou, meucd4 duplicou. tive alguns problemas mas, gracas a Deus nada grave. Não podemos permitir que a mente domina toda nossa vida e, ESTAMOS JUNTOS e tudo vai dar certo é só acreditar.

  17. Ser+H diz

    Rapaz embora ‘desesperado’ você está muito bem. O ARV vai fazer o trablho de impedir a multiplicação do HIV no seu sangue. Um vírus se multiplica um bilhão de vezes ao dia. Vai cortar as azinhas desse danado. Mas importante: a TARV não tem o poder de matar o vírus. Essa tarefa constante é do seu sistema imunológico. Por isso a importância de se alimentar bem, exercícios, meditação e vida regrada. Tomar o remédio todo dia. De resto, viver a vida e paciência, com fé no que virá em breve: A CURA.

    • Bruno diz

      Se Deus quiser, eu acredito que logo virá essa cura, ou pelo menos, essa vacina funcional, que se toma de tempo em tempo .. Ôh vacina que não sai logo .. mais li em algum lugar que a Onu iria disponibilizar,essa vacina já. acredito que ja ate tenham ela !!

  18. Ser+H diz

    Ah… Não menos importante para turbinar o sistema imunológico é ter sempre boas noites de sono de no mínimo 7 horas. E xô stress.

  19. cariocarj diz

    O ano de 2016 será marcado na vida de todos os soropositivos do mundo, estamos muito perto… Um forte abraço a todos, FÉ, ESPERANÇA E OTIMISMO nos movem a cada dia de nossas vidas, lembrem-se O MELHOR ainda está por vim !

  20. Pedro diz

    Estou muito confiante também que boas novas sobre a CURA virá…Basta ter FÉ e um pouco mais de paciência, além de não esquecer de cuidar bem da saúde pra receber essa dádiva que está por vir. Negativos e sem fé dirão que NÃO, mas eu confio muito em Deus e na evolução do mundo.

  21. Rapaz desesperado diz

    Gente, o médico nem viu os resultados de exame. To com cd4 637, cd8 999 e carga viral 1.637. Peguei o remédio hoje. Será q devo marcar outro infectologista? Acho q meus resultados estao mt bons.

    • Luiz Carlos diz

      Não se desespere, seus resultados estão ótimos. Comece o tratamento e mantenha-o, enquanto isso você terá tempo para procurar outro infecto que lhe dê mais atenção!

  22. Gil diz

    OLHA… se ele nem viu os resultados… interessado e parceiro não pareceu ser, o que tu achas, que esteve tete a tete com ele?

  23. Gledson diz

    Olá pessoal!!

    Gostaria de tirar umas dúvida com vcs.. Estou usando a Tarv a mais de um ano, e apesar de sofrer alguns efeitos ainda meu último exame já deu indectavel (09/09/2015). Como terei consulta em março, resolvi fazer logo o exame e para a minha surpresa apareceu <40 cópias. Isso significa que o remédio não está fazendo mais efeito? Alguém sabe explicar?!

    Grato.

    • Junior diz

      Significa que voce tem menos de 40 copias… Esse numero era uma referência para resultado indetectável, porem existem exames mais precisos hj em dia. Pelo menos no meu exame (faço na rede privada) o valor de referencia para indetectável é menor que 20 copias. Acima disso o exame detecta. Estou indetectável e pra aparecer esse resultado no meu exame, eu precisei cair a cv para menos de 20 copias. O numero exato não tenho como saber. O que recomendo a você é que olhe no exame ou pergunte ao seu medico qual o parâmetro do exame que vc faz, se ele acusa indetectável com menos de 20 ou 40 copias. Se a precisão do exame for indetectável para menos de 40, considere-se indetectável, mesmo com um resultado “diferente”.

  24. Yuri diz

    Achei esse blog por acaso esses dias e tem me ajudado muito a entender sobre a doença e a forma como vcs lidam com ela.

    Tudo ainda é novo pra mim, descobri minha sorologia em dezembro e fiz meu primeiro exame no inicio desse ano, minha carga viral tá em 1850; CD4 = 598; CD8 = 1339. Não sinto sintoma nenhum, as vezes ainda não consigo acreditar que tenho isso.. Enfim, fui ao infecto e ele já me passou a receita pra começar o tratamento com o 3×1, mas esqueci de contar pra ele que tenho uma viagem marcada pro carnaval e gostaria de iniciar o tratamento depois dele. Queria aproveitar esse carnaval sem aquela obrigação de tomar remédio e sem neuras, vou viajar com amigos e tenho medo de alguém ver algum remédio ou ter algum efeito colateral, espero curtir bastante mas obviamente com responsabilidade. O que vcs acham?? Pelos resultados há necessidade de começar o tratamento ? Me ajudem por favor. Obrigado.

    • Luiz Carlos diz

      Bem interessante sua pergunta Yuri. Veja, você tem uma CV e um CD4 excelente. Sua CV será zerada provavelmente em algumas semanas, e o CD4 tende apenas a aumentar depois do início do tratamento.

      A questão é a seguinte: enquanto você não está indetectável, você está com várias cepas do vírus prontas para serem transmitidas. Seja por contato oral ou anal, por ter a carga viral não-indetectável, você está carregando uma “pistola carregada”.

      Lembre-se que cada dia que você passa diagnosticado sem tratamento é um dia que você terá que recuperar no futuro, e que você tem uma responsabilidade maior ainda com as outras pessoas, por ter optado não iniciar o tratamento neste momento.

      Minha opinião é dividida e acho que vai da responsabilidade e caráter de qualquer um. Se você entende que o ideal é não transar no carnaval e que, se isso rolar, a camisinha é totalmente indispensável, não importa o quão bêbado você esteja, eu diria que é OK por você não saber como vai se adequar a medicação e os efeitos colaterais. Ninguém quer passar o carnaval tonto, enjoado, etc.

      Se você não tem muita noção das coisas que acontecem depois de beber, é melhor começar o tratamento, passar mal nesse carnaval mesmo, não fazer nada com ninguém, e saber que no próximo carnaval você vai estar 100% e com CV indetectável, que reduz em 96% as chances de transmissão do vírus.

      Em todo caso, camisinha sempre!

      • Luiz Carlos diz

        E sobre alguém ver o comprimido ou qualquer coisa assim… Joga em um frasco aleatório, mantenha sempre com você e, qualquer coisa, é Centrum, vitamina, Óleo de Peixe, Omega 3, o que for!

        Eu já tinha esse receio quando tomava o 3×1, agora tomo o Atazanavir, que são 3 comprimidos, além do meu antidepressivo e indutor de sono… Para os meus amigos, são todos vitaminas…

        É tudo uma questão de ponto de vista, se você não noiar com isso, ninguém vai noiar com você.

  25. Rapaz carioca diz

    Yuri, seu relato é quase o mesmo que o meu, até mesmo os resultados são bem parecidos. o médico passou o remédio, peguei, mas só vou tomar depois do Carnaval porque também tenho viagem. Acredito que dá para ficar de boa Até lá. Um abraço

  26. Luke@ diz

    Fala ai pessoal

    Tomo a medicação à um pouco mais de 1 ano e o único efeito colateral que sinto é um sono tremendo as vezes, meu infecto diz que é normal, e dentre os possíveis efeitos colaterais até acho ele bem tranquilo. Mas confesso que já pensei em atrasar o remédio algumas vezes para poder sair sem medo de bater aquele sono desenfreado. Hj em dia sou indetectavel e isso me faz parar e pensar se vale a pena atrasar o remédio em algumas horas por algo que talvez nem aconteça, e prejudicar meu tratamento. Queria saber se mais alguém aqui tb sente esse sono todo e como lida com ele. Vlw galera, Abraços

    • Luiz Carlos diz

      Supondo aqui que você tome o 3×1, os remédios atuais são feitos para tolerar este “gap” de horários. Tudo feito com moderação não irá prejudicar seu tratamento. Se você toma seu comprimido todo dia às 22h e quer ir pra balada, nada impede de tomá-lo as 6 da manhã quando chegar em casa em um dia. Só não da pra querer ir pra balada dia sim dia não, ou esquecer a dose porque está bêbado.

      Se feito com moderação não há problema nenhum, pelo contrário, é mais do que válido e saudável você poder sair eventualmente sem ter que se preocupar com os efeitos colaterais do seu remédio.

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s