Mês: dezembro 2015

Somos um novo mercado

Agora que as pessoas com HIV estão vivendo mais, graças aos avanços médicos e de saúde pública, as seguradoras de vida estão começando a perceber. A Prudential Financial Inc., uma das maiores seguradoras de vida dos Estados Unidos, e a organização especialista em HIV/aids Aequalis, estão unindo forças para oferecer “planos que são os mesmos que aqueles oferecidos a qualquer outro cliente”, noticiou a Reuters nesta terça-feira. “Estamos agora em condições de oferecer a esta população a oportunidade de aplicar para o seguro de vida.” A notícia foi divulgada no Dia Mundial da Luta Contra a Aids, e veio acompanhada da informação de que muitas pessoas com o vírus estão vivendo mais, e de maneira mais saudável do que nunca. “Com avanços no sucesso do tratamento de pessoas com HIV, estamos agora em condições de oferecer a esta população a oportunidade de aplicar para o seguro de vida — um marco que vemos como um passo significativo na direção certa”, Mike McFarland, vice-presidente da Prudential Individual Life Insurance, em um comunicado feito em 1º de dezembro. Em seu site, a Aequalis …

Avalie isto:

O que aprendemos em 2015?

Foi nesse ano de 2015 que Kim Jong-un, o líder supremo da Coreia do Norte, afirmou ter descoberto a cura do HIV, ebola, diabetes, alguns tipos de câncer e uma série de outras condições médicas, com um único novo medicamento revolucionário que ele quer vender para o mundo todo. As instruções de dosagem são incrivelmente confusas e discorrem em mais de 2.500 palavras, mas, com muito esforço, é possível deduzir que, teoricamente, para prevenir o HIV seria preciso algo entre 40 a 56 injeções — ao custo de 50 dólares por injeção. Ainda bem, a comunidade científica não se convenceu e continuou a pesquisar! E, nesse ano, aprendemos muita coisa sobre o HIV. Aprendemos que, em geral, mulheres portadoras do HIV combatem naturalmente o vírus melhor do que os homens. Aprendemos que anticorpos amplamente neutralizantes podem vir a ser a solução para a prevenção do HIV no futuro. Outros estudos com vacinas preventivas também tiveram resultados promissores, incluindo uma vacina brasileira. E a Fiocruz deve em breve começar a testar seu próprio medicamento para prevenir …

Avalie isto: