Notícias
Comentários 87

Cartilha de esporte para soropositivos

Essa é a cartilha sobre exercício físico para quem vive com HIV que apareceu no programa Sportv Repórter. Ela foi feita por Lorena da Silva Paes, doutoranda na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e coordenadora de um programa de atividade física para soropositivos, e por Juliana Borges, professora de educação física do Projeto Vida+ da UERJ, para a Associação Brasileira Interdisciplinar de Aids (ABIA).

Anúncios
Este post foi publicado em: Notícias
Etiquetado como: ,

por

Jovem paulistano nascido em 1984, que descobriu ser portador do HIV em outubro de 2010. É colaborador do HuffPost Brasil e autor do blog Diário de um Jovem Soropositivo.

87 comentários

  1. gustavo diz

    Nao achei nada d + nessa cartilha ae… Fala oq qualquer pessoa sabe sobre saude… Exercicio fisico é ótimo para o corpo e mente sendo positivo ou nao. E colocaram tbm este trecho “A lipodistrofia é definida como uma síndrome de redistribuição, muito comum em pacientes que utilizam tratamento com antirretrovirais” como assim comum? comum é quase todo mundo ter,certo? me senti muito doente lendo esta cartilha srsrs

    • Cezar diz

      As recomendações são as mesmas pra quem não tem HIV… Como VC disse, nada de mais.

    • TheKing diz

      Gustavo, essa cartilha é muito importante para todos nós, e veio mais para reforçar a importância do esporte na nossa vida como soropositivo. O JS certamente postou a cartilha, caso alguém visse a entrevista do SporTV e ficasse curioso em ter acesso a ela. Fico feliz que você tenha conhecimento sobre a maioria das informações dispostas na cartilha, significa que vc é um rapaz informado.
      Mas temos que lembrar que por mais simples que a informação possa parecer, informar nunca é demais, e com certeza algumas pessoas irão se beneficiar da cartilha, afinal a maioria de nós tínhamos uma vida bastante sedentária, o que não faz bem a ninguém, principalmente a nós rsrs.
      Sobre a questão da lipodistrofia ser algo comum entre os s+, é importante ressaltar que a cartilha é de 2010, e naquela época, o principal tratamento não era o 3×1 (Lamivudina, Tenofovir e Efavirenz). A maioria das combinações antigas realmente PODIAM CAUSAR uma lipodistrofia severa na maioria dos s+, porém essa nova combinação NÃO CAUSA lipodistrofia, mas PODE CAUSAR alterações no Perfil Lipídico.
      A Cartilha engloba todos os S+, independente da combinação de medicamentos ou situação da imunidade em questão.
      Vamos ficar calmos, fazer exercícios físicos, nos alimentar bem, tomar a Tarv com responsabilidade e usar camisinha sempre. Assim a gente garante uma vida saudável e longa, como qualquer soronogativo teria direito.
      Abraços!!

  2. Luquinha diz

    Estou muito feliz, meus amigos eu eu tive consulta hoje , porra vai ter a cura sim , eu estou indo a Petrópolis levar uma irma para visitar meu irmao , mais volto hoje pois ela tem serra da serra , mais isso nao vem ao caso , a cura esta chegando nao retiro nenhuma palavra , eu nao sei falar as palavras certas mais sao 2 frente que vem mais 2 olha eu gravei a consulta grnte uma e essa que tem um nome dificil que eles vao mudar o nome ele brincou. Vai set injeçao mais ta vai chegar uma combinaçao junto com ela e a viremia nao vai voltar , quando chegar eu casa vou resumir direito pq eu gravei a consulta. Tenho que ir amo todos porra ate quem nao gosta de mim. Desculpa os erros. Fuiiiiiii

  3. daniel diz

    luquinha , leio sempre seus comentarios, tomara q venha logo mesmo ne, deus q abençoe essa gente q se dedica ao estudo de uma cura.

    • cariocarj diz

      Com certeza ! Que Deus abençoe a esse pessoal que tem se dedicado em descobrir a cura desse vírus.

  4. Soropositivo em crise diz

    Bacana a cartilha! Sempre foi muito saudável, sempre pratiquei atividades físicas e tive bons exames. Em suma: a cartilha manda fazer o que qualquer pessoal saudável já faz mesmo. O que é bom de saber. Afinal, mostra que nossa condição não nos torna tão diferentes dos soronegativos.

  5. Soropositivo em crise diz

    Mas mudando de assunto, queria saber quanto tempo durou, e quais estratégias vocês utilizaram para passar pelo processo de luto que o diagnóstico quase sempre traz. Fui diagnosticado no Carnaval, e ainda hoje me vejo passando (e voltando a passar) por certas fases como a negação, a raiva, a barganha, a depressão e, em raros momentos, a aceitação. Tenho lido bastante sobre a doença para desfazer os muitos mitos que pairam ela (embora ainda me veja assombrado por vários medos), tenho conversado com diversos soropositivos (que têm funcionado como uma importante rede de apoio),com meus médicos, com as poucas pessoas (dentre amigos e parentes) que sabem dessa situação, faço acompanhamento psiquiátrico (com uso de antidepressivos), mas a coisa ainda está sendo bem difícil de levar. Há certos dias em que eu não consigo me levantar da cama (não todos, felizmente), tive já alguns prejuízos no trabalho, e dormir tem sido um verdadeiro calvário (fico sonhando com o diagnóstico, comigo morrendo, sendo rejeitado e mesmo com a relação na qual fui contaminado). Tudo isso acrescido da culpa por ter me infectado. Tenho sentido uma vontade enorme de me mudar, começar uma vida nova em um lugar novo, maior, onde minha condição não seja tão incomum, e onde eu tenha mais facilidade de vir a me relacionar com outros na mesma (que é algo que eu preferiria, ao menos por enquanto). Fazia terapia, parei com o diagnóstico ( a cabeça ficou muito confusa), mas estou seriamente propenso a voltar (só não voltei ainda porque acho que quero voltar ao divã na cidade pra qual pretendo ir). Algum de vocês passou por esse processo todo? Demorou a passar? Quais foram as estratégias utilizadas? Obrigado pela atenção 😉

    OBS: Não faço uso do Efavirenz.

    • Soropositivo em Crise, como vai? Você é de que cidade?

      Posso te contar minha história, tenho um ano e dois meses de diagnóstico, faço tratamento desde nov/14, estou indetectável e meu CD4 melhorou, mas ainda não é alto.

      Há dias, geralmente as vezes qdo bebo mais do que devia (sim, a gente pode tomar um drink lá ou cá), que eu fico meio deprê. Mas no resto eu esqueço completamente. Óbvio que nos primeiros dias eu pensava mais, mas agora estou tranquilo. Eu tenho uma adesão 100% ao tratamento, entrei numa academia (esse foi um ganho que sem o HIV acho que não teria), voltei a ampliar meu grupo de amigos (conheço vários pessoalmente daqui do blog, gente do Brasil todo)_ não conta pra ninguém, mas eu já vi o JS pessoalmente 😍. Dia desses tava falando de trabalho com dois deles, o Wagner e o MB.

      Eu acredito que a cura chegará, não sei se daqui dois anos ou daqui dez. Mas acho que em dez anos meus órgãos ainda estarão inteiros.

      Eu acredito piamente em cada uma de suas palavras e, o que posso te dizer é, tente viver um dia de cada vez. Morrer todos vamos um dia, então viva da melhor forma possível cada um dos dias. Nos dias ruins procure algo que te dê ânimo (um livro, um vídeo engraçado, um amigo, uma religião, um blog), nos dias bons curta ao máximo a beleza de estar vivo.

      Grande abraço.

    • M. diz

      Olá, Estou oscilando muito também. Não tenho raiva, mas tenho medo e meu medo principalmente é de transmitir para alguém da minha família sem querer. Talvez esse medo esteja relacionado pelo fato deu não ter contado, então omitir é complicado porquê faz com que você sinta que está fazendo algo errado. Qualquer pessoa que fica doente em minha casa tem sido motivo para eu entrar em pânico, acho que ainda não me recuperei do choque do diagnóstico! Sei as formas de contágio e realmente não é possível que tenha contaminado alguém (não tenho relações sexuais com ninguém além do meu namorado, não compartilho objetos perfurantes e estou atualmente indetectável), mas a minha mente joga muito contra… fico criando situações improváveis de forma de transmissão, estou trabalhando nisso para não enlouquecer. Estou tentando seguir em frente, não tive prejuízo no trabalho mas tem sido difícil ter animo para fazer exercícios e também para estudar… a vida sexual está parada apesar de continuar com o meu namoro (fui infectado pelo meu namorado). Tenho conversado virtualmente com alguns amigos soropositivos o que me ajuda muito ! Espero em breve estar 100%, e que todos os meus medos deixem de existir.
      Estive pensando sobre essa questão de medo, sempre tive medo de pegar HIV ou ter câncer ou ser preso (acusado injustamente de um crime que não cometi) ou ser enterrado vivo. Sei lá são coisas que desde pequeno me amedrontam… É estranho quando um de seus medos se torna realidade você acha que todos se tornarão e acho que esse é o motivo pelo qual estou traumatizado, pois apesar de sentir esse medo desde muito jovem nunca achei realmente que algum deles pudessem se concretizar, pois nunca tinha feito algo que realmente facilitasse isso. Nunca cometi um crime, não tinha diversos parceiros sexuais, não uso drogas, tento levar uma vida saúdavel e pretendo ser cremado quando morrer, então acho que o lance do HIV me deixou paranoico. Estou trabalhando minha mente para superar isso e esse blog tem sido de grande ajuda ! Espero que em breve possa voltar a ser como sempre fui, uma pessoa confortável na minha própria pele.

  6. Soropositivo em crise diz

    Sabe uma coisa que eu já reparei, Luquinha?
    Existe um interesse do “establishment” em deixar a condição de portador do HIV envolta em mitos e medo, visando frenar as infecções. O resultado? O estigma contra o portador só faz aumentar. E, há quem diga, os próprios números de novos infectados. Afinal, o medo de fazer o teste e se descobrir positivo aumenta, fazendo com que as pessoas deixem de se testar, e corram mais riscos de transmitir o vírus (sem o tratamento). Pois deixar de transar sem camisinha, cedo ou tarde, uma vez ou várias vezes, ninguém deixa,

    • Cezar diz

      O mundo humano soh existe, porque as pessoas transam sem camisinha. O HIV acaba sendo usado pra ratificar cartilhas moralistas de quinta categoria, mantendo uma estrutura de mundo que jah estah desabando. Serve tb pra instaurar a culpa, inadimplencia nas pessoas pra faturar em cima. Mas isso não vai durar muito não… Eh seguir o tratamento e questionar os infectos constantemente. Eh uma postura capitalista: quero mais novidades e melhor tratamento, por fim, a desativacao da industria. E se lembrem: soh se assina a guia do plano de saude apos a consulta com o medico. #quevenhaarebeliao+

  7. Luquinha diz

    Venho por meio deste dizer que , ainda nao existe cura do hiv e que a todos devem usar camisinha
    Pois o texto que sera divulgado abaixo e sobre algo que esta em andamento .

  8. Bill diz

    Nada de potencialmente agregador! Eu tenho o meu corpo musculoso somente executando o meu gerenciamento alimentar e, também, o gerenciamento do condicionamento físico. Isso é o que nós precisamos. Mais nada. Ou seja, autodidatismo para a nossa construção corporal impecável.
    Claro que digo isso para os “Indetectáveis” e que levam uma vida regrada e respeitando a sua condição de saúde vigente.

  9. Luquinha diz

    Peço desculpas pois fiquei de postar ontem , mais fui vencido pelo sono pois minha irmã que veio de Silva Jardim sismo de vir nos visitar logo ontem e queria porque queria levar uns ovos de galinha jersei para meu irmão , mais foi bom , deixei ela la queria que eu ficasse mais vim embora , foi bom pois nao via meu irmão pois fugia daquela temperatura cheguei cansado e sono .
    Vamos ao que interessa , a consulta muito esperada. Pressão 14 x9 pediu para ei verificar com um aparelho em casa varias vezes ao dia vou ter que ficar com esse aparelho o dia todo , mais hoje ja verifiquei 12 por 8 deve ter cido a tensão
    Cd 4 596 Muito bom pois livre de infecçao e tomar vacina contra hepatite b pois deu nao reagente mais e uma vacina de dose especial. Vou resumir indetetável rsrs nao mudou a medicação nao passou para dose unica nao continuo com a mesma combinaçao .
    Conversamos sobre cura
    Vai vir e vai chegar mais cousas novas por ai , e muita gente pesquisando ccomo cd4 ig. E tambem dos macaquinhos 100 % curados ,mais nao vou falar de coisas que vao chegar para não criar outra confusão, começar tudo de novo vão querer datas e sim algo que esta chegando

    Tem duas coisas muito legais , uma que vacilita o tratamento o cabotegravir injetável com duraçao no organismo muito longa , eficácia boa , posologia boa de administrar ,vai chegar uma combinaçao efeitos colaterias MUITO baixo se ha uma falha virologica no cabotegravir e porque houve uma fala ao tomar , injetável nao haveria isso , No Brasil a Fio Cruz ja esta em pesuisa com o cabotegravir injetáveis para profalaxia , para casais sorodiscordantes e para pessoas que se expõe ao virus como gay , prostitutas, etc a pesquisa 1 sucesso pois na verdade esta valendo e muito pra nos , pois para ver a eficácia do cabotegravir mais e melhor pegar uma pessoa que nao tem infecçao nenhuma caso tenha um efeito colateral e melhor de tratar do que em nos que ja tomamos uma medicaçao , mais confie essa droga com esta combinaçao promete muito.
    Seria tipo uma cura funcional o virus nao teria forma.
    A segunda linha de tratamento embora no inicio parecia para muitos uma utopia , a coisa esta evoluindo .
    Lembra que coloquei acima indetetável isso vai mudar esta chegando no Brasil uma pesquisa de carga viral do plasma antes so bastava estar indetectáveis, abaixo de 40 copias agora nao vao querer saber indetectavel quanto? Pois uma das grandes dificudades que agente tinha com hiv e ter que entrar com a medicaçao mesmo para pacientes indetectáveis e que tem virus em reservatório e sabe que tem droga para tirar acordar dessa latencia e cerol neles (Muito feliz em ouvir isso da forma que eu ouvi)
    Antes os infectos marcavam para voce a pessoas para recolher o sangue 1 mes antes da consulta e bastava 1 cd4 bom cd8 bom e carga viral indetetável.
    Isso vai mudar o seu infecto vai pedir em imediato o recolhimento do sangue indetectáveis quando? Exemplo 6 meses de estudo do plasma resumindo querem saber a quantidade de vírus que você teve a 6 meses atrás com exames que você fara 1 hora antes da consulta. Querem saber a quantidade em reservatório para retirada da latenciA depois cerol neles

    Conversei pessoalmente com um dos pesquisadores. Pois Sao Paulo tera essa pesquisa Emilio Ribas , Fundão, gaffee guinle. E uma batalha pois depende de protocolo , comite de etica , mais me garantiu que a latência será um sucesso (INGENOL) perguntei a ele o que o sr acha de sucesso, respondeu o mesmo que que o da hepatite c , erradicar o hiv , palavras do próprio. Tive que me segurar e muito confesso que algumas lagrimas cairam rs nao conheço vocês mais lembrei de voces tá, nao vou falar nomes mais eu lembrei de todos nao quero ser injusto com ninguém , lembrei de todos vocês. Ainda e uma pesquisa que depende de portarias mais peço que se cuidem pois esta técnica será testada em pacientes indetectaveis e não falhados. Estou a disposição como prometido segue o texto beijo a todos .
    Yeshua Hamashia .

  10. Luquinha diz

    Digo facilitar e não vacilitar
    Falha e nao fala
    Fora as cconcordância rs

  11. Luquinha diz

    O virus nao teria força e nao forma como digitei , e muito ruim tive que ouvir a gravaçao da consulta fazer o texto

  12. LC diz

    Que diabos é isso? Tinha lido sobre novas linhas de pesquisa, mas me pareceu confuso… É estranho demais pra ser verdade!

    • Luquinha diz

      Você quer dizer e bom de mais pra ser verdade , lc você e novo aqui ? Nasceu hoje ou como diz o Alexandre mais um personagem, não vou falar das novas linhas e sim da evoluçao da antiga , e outra confuso porque ? Eu tenho hiv mais maluco eu nao sou nao LC ,do nada brota umas peças .

  13. Soropositivo em crise diz

    Bacana ler a sua história, Binho! Espero que tudo dê certo para você! E espero também ouvir os conselhos de outros participantes para passar bem por essa fase tempestuosa de aceitação do diagnóstico.

  14. Soropositivo em crise diz

    Afinal de contas, só quem já viveu isso sabe o que fazer. Os infectos, por mais instruídos que sejam, e as nossas leituras sobre o vírus, por mais atualizadas e acertadas que sejam, não trazem o conhecimento de como sobreviver (não fisicamente, mas mentalmente) ao diagnóstico.

  15. Jesus Cristo, o Messias

    Amem Luquinha

    Que tudo de certo para nós e só lembrando o igenol americano já esta aprovado pela FDA.

    • Luquinha diz

      O que ele falou para mim nao foi a respeito da eficácia do engenol , e sim para testes em humanos , primeiro pelo que percebi vai ser uma comparação de resultados de indetectaveis, querem comparar esta metodologia com os atuais do Brasil e restante do mundo , digo isso pq Alere techologies esta envolvido

  16. Paraense+ diz

    Luquinha tua p.a ta alta. V.c fez um exame chamado MAPA , no qual VC monitora por 24 a PA através daquele aparelho que colocaram em VC. Quanto aos exercícios físicos eu sempre pratiquei,alias,e por causa deles que hoje estou nessa,pois sempre fui atleta de alcova. Mas estou muito bem. Hoje posso dizer que já tem sangue no meu HIV.O Virus anda sumido dos meus exames,agora descobri que tenho outro H ,mais um ,o H pilori ,mas pra quem ta com HIV o que e um h pilori nao e mesmo?.

  17. Matheus diz

    Luquinha qual o nome do pesquisador q te passou essas informações?

    • D_Pr diz

      Olá querido Luquinha!!! Tudo certo? Estamos acompanhando as coisas… Muito feliz pelas novidades compartilhadas! E sobre o modelo matemático? Conversou algo? Abraço

      • luquinha diz

        Falou da Pep 005 ingenol que esta sendo divulgado pela imprensa, querem. Saber o exato numero de copias , pois so sabiam que estavam indetectavel. Agora com este novo metodo vai sabet a quantidade de vírus para que va no reservatórios e assim a latência (Expulsar , matar , passar cerol )façamos o seguinte , eu nao estou achando seu email me passa que te passo tudo , daqui a pouco vão achar que sou o profeta gentileza

  18. paraense+ diz

    Feliz dia dos pais à todos os pais ,soropositivos ou não que acompanham , leem e comentam no blog do J S. que este seja um dia de reflexão ,de oração e de renovação da esperança em nosso maior objetivo que é um dia sermos curados do HIV. E desejo um infeliz dia à esse vírus maldito, que todos morram sufocados em seus esconderijos !.

  19. Matheus diz

    Sou de Recife Luquinha…pois é rpz o Dr_Pr tá sumido…gostava muito dos comentários dele.

  20. O D Pr ta no KIK, muito gente boa e muito confiante nas pesquisas, camarada para sempre como muitos que conheci aqui, feliz dias dos Pais

    • luquinha diz

      Acredito que a nova pesquisa que me passaram tem haver com algo que postei no link acima (o prazer Alexandre ) Saberia decifrar melhor ou jovem também. Mais procuro email e nao consigo mandar , mais acho que tem haver texto da nova pesquisa , Estudo da discrepância entre a carga viral do plasma e de sangue total usando poc hiv nat(Total hiv_1+2 RNA ALERE TECHOLOGIES)Difetentes das metodologias cometciais disponivel atualmente no Brasil e no mundo
      Objetivo Edclarecer se as medidas de carga viral emcontra em amostras pareadas testadas em plasma com teste da abbott m2000rt e sangue total usando Alere poc hiv nat.A outra questão. Será se os individuos sob terapia HAART com carga viral no ssngue totsl detectavel e com carga viral plasmatica indetectavel (poct +/ soc sao mais propensos a Falhar a terapia

  21. HB diz

    Domingo sempre foi um dia meio deprê, hoje se torna mais intenso esse sentimento pelo luto de estar há 1 semana amanha com o diagnóstico!!! Amanhã será um grande dia também, na segunda passada estava recebendo o resultado de positivo, amanhã será o dia que escolhi pra contar pro meu parceiro minha nova condição. Segurei uma semana, pois aguardei os exames dele ficarem prontos e tudo certificar que estava tudo ok pra HIV, mesmo ter tomado todo cuidado nesses quase 2 meses de namoro.
    Será um dia super decisivo pra mim, estou num misto de agonia, medo, ansiedade e desespero… Mas tranquilo da minha nova situação! Gostaria de saber mais sobre os grupos de apoio psicológico na internet a respeito disso, já li algo sobre o kik, nao sei como funciona isso e se alguem puder me ajudar, agradeço….

  22. Will diz

    Tenha força HB, você está fazendo a coisa certa, tenha certeza disso, ele precisa saber do seu diagnóstico. E tenha fé. E calma, se ele não fica é porque não é a pessoa certa, não é fim de forma nenhuma. Força!

  23. Gil diz

    OLÁ, SOROPOSITIVO EM CRISE,
    Eu descobri em abril, quando o laboratório chamou pensei que era por causa dos triglicerídios altos que inviabilizam a marcação do colesterol total, algo assim. Depois um bioquímico ligou e comecei a achar estranho.
    Nem suspeitava, foi um choque , um desespero. Não sabia como era o esquema da TARV, não sabia minha sobrevida, minha esposa, como reagiria, meus filhos, meus amigos, meus parentes… meus pacientes, a cidade onde nasci, a cidade onde me tornei um profissional de referência e bem conhecido… depois de duas noites sem dormir, fui acalmando…
    Fui estudando. Em dez dias, mais de 600 páginas, dormindo pouco e me inteirando.
    Descobri o que o JS e meio mundo daqui duvidam, que foi proposital. Mas deixa pra lá.
    não pude deixar de trabalhar, fiz uma dieta para aliviar a pressão no fígado, detectaram que ainda estava curando uma hepatite B.
    Um mês depois, minhas cd4 subiram de 590 pra 790, minha carga viral caiu de 213 mil para 130 mil sem TARV, só com mais sono, melhor alimentação, vitaminas em geral…
    Passei pelo desespero, pela negação. Pelo luto de minha própria finitude. Passei pela alegria de saber que minha esposa não tem HIV.
    Resolvi não contar pros filhos, os remédios são pra hepatite e um virus mutante (tiro parte do rótulo que diz que tem de tomar pra o virus da AIDS pode ficar resistente), estou praticando mais esporte, contei pra alguns amigos e colegas de trabalho e todos deram uma força, disseram que tem muita gente assim, que nada mudaria, mas querem que eu me dedique em não esquecer os remédios.
    Assim, uns 15 dias depois, chorei uma vez … e mergulhei no trabalho e na dedicação a fazer algo a mais por mim mesmo. Voltei pro espiritismo, ajudando num centro que resgata crianças, que dá assistência a filhos de presos, que trabalha orientação às famílias carentes. Não por mim, não por ninguém, mas vi que, se eu acho meus problemas grandões muito ruins, sendo saudável e podendo viver saudável, bastaria olhar o país que vivo e que as desgraças estão aos montes por aí, debaixo de meu nariz, para que nossa ação, nossa saúde e nossa capacidade possa fazer uma parte, porque fazer o bem é cuidar da sua saúde e de seu meio, de sua sociedade. É mais, é cuidar de um melhor viver e de fazer uma vida mais feliz.
    Fiz planos, fiz compras, fui me divertir nos feriados com a família, fiz tudo para ser melhor hoje do que ontem. Mais alegre e gentil, embora sempre fui considerado um profissional bem gentil e querido, mas agora, estou mais solícito, mais tranquilo, mais amável. Não pelo HIV, mas porque a vida é boa hoje, não amanhã.
    Assim, mergulhei nas histórias de vida dos alunos da escola pública onde trabalho uma parte da semana, ajudando aos alunos a superar suas desgraças, como a fome, os irmãos nas drogas, os pais no crack, a pobreza, a fome, a doença a AIDS avançada…saí de minha sala que só me fazia me prender às burocracias da secretaria da educação e aos danos cognitivos e fui em busca da realidade das crianças.
    O que vi é que não vou viver a partir da perspectiva do HIV. Vou viver em função dos meus sonhos, das pessoas que posso fazer o bem, viver a família, celebrar a vida, sorrir, rir, curtir com responsabilidade de minha saúde e das minhas atitudes. Não deu mais tempo de pensar em HIV. Eu sei, ele logo vai embora, quero estar vivo e bem quando a cura chegar.
    Mesmo curado, quero ser uma pessoa que use a capacidade que tenho de fazer a vida das pessoas melhor, com aquilo que sei, que é a Psicologia. E fazer a minha vida melhor, com aquilo que tenho, a amizade das pessoas que amo e que me deixam amá-las.
    Não dá tempo de pensar no HIV, se trabalho em universidade, prefeitura, consultório e no voluntariado, numa capital nordestina.
    Mesmo no interior do Sul, onde morava, numa rica cidade e com só 40 hrs semanais, não me deixaria, se lá ainda morasse, abater. Iria jogar videogame quando não estivesse com a família ou no trabalho, jogar volei, tenis, andar de bike, correr com os cães na praia… viver é um dom, curtir a vida é uma habilidade, superar dificuldades é uma obrigação. Pense nisso!!

  24. Parabéns pelas palavras Gil

    Sua historia me fez lembrar a minha

    Felicidades para vc e sua familia, feliz dias dos pais para nós

  25. dere diz

    Boa noite, galera estou em um dilema. Minha infecto é parcialmente contra os whey e BCAA já a infecto do meu amigo é super a favor, queria saber da infecto de vocês.. se é a favor ou contra estes suplementos…? Ser feliz sempre!

    • Alessandro diz

      Olá dere, então a vdd é que nós soropositivos não podemos treinar muito pesado, infelizmente pois essa era uma das alegrias de minha vida, pelo simples fato disso derrubar nossas defesas, em relação a suplementos a minha tbm não é a favor, pois estamos tomando remédios todos os dias e isso ao longo do tempo vai afetar os rins, fígado e etc, e já que isso vai ocorrer, precisamos ao máximo adotar alimentação balanceada e exercícios aeróbicos, malhar tbm pode mas sem muita intensidade e tbm sem muita carga, entendeu essa parte né ? voltando aos suplementos eles são contra pq não sabem quando haverá a cura então o melhor a fazer é não comprometer os órgãos os sobrecarregando com outras coisas além dos remédios que já tomamos diariamente, bom acho que é isso, abraço.

    • gustavo diz

      Dere, eu sempre malhei e lutei… ou seja, n e tao leve assim um treino d boxe e a minha medica nao me proibiu, pelo contrario falou q eu tenho sim q continuar… e sobre whey, comprei um hj jkkkkkkkk. So n tomo bcaa pq me faz mal, mas sempre me fez muito antes do +

      • Paulof diz

        Gente,

        Whey e BCAA nao tem problema algum, a nao ser que vc tenha outra doenca…o que acontece eh que muitos medicos nao fazem ideia do que sao suplementos, assim , na duvida proibem td!

      • dere diz

        Ola Gustavo, jogo handebol por uma universidade, ainda malho pesado e minha infecto não proibiu mas ela prefere não tomar suplementos… mas converso também com meu endócrino que é super a favor dos suplementos, e a infecto de um amigo que tem HIV a 19 anos também é super a favor e também ele malha super pesado…. é meio confuso isso mas agradeço todos que me responderam….

  26. Alessandro diz

    Pessoal quem está coordenando o kik? Instalado tbm para participar, abraço.

  27. Bruno diz

    Boa noite pessoal.

    Bruno é o meu nome fictício. Tenho 23 anos e fui diagnosticado HIV+ há mais ou menos 15 dias. Amanhã será minha primeira consulta no infectologista e gostaria de conversar com alguém.

    bruno.gallagher92@gmail.com

    Obrigado!

    • Alan diz

      Vou te mandar um email amigo, se eu puder lhe ajudar em algo…conta comigo!.

  28. HB diz

    Bom dia,

    Tem grupo no kik? Se sim e quem estiver a frente, favor me add: ssa_ohb

    Grato.

  29. Duarte diz

    Bom dia meus caros , tenho 24 anos ,descobrir ser s+ positivos a 8 meses , e apenas 1 mês comecei tomar o remédio ,mas ainda tenho várias dúvidas , confesso que vivo pra mim e pra minha mãe pois Deus foi maravilhoso em me dar a mãe que tenho , me afastei dos poucos amigos que tinha, mas mesmo assim me veem as dúvidas ,tristezas , mas ergo a cabeça e tudo volta ao normal , queria ter mas contato com alguém que convive com o s+, por WhatsApp , e-mails , até por carta me sentiria bem melhor , o sempre anônimo leio os comentários de todos vocês ! São dicas e experiências muito boas! Hamilton_vm@icloud.com

  30. lago diz

    recebi seu email
    obrigado pelas informaçoes
    ja li tudo o ha em seu site!
    ainda é tudo muito novo p mim.

  31. thami trans diz

    Vivo a 3 anos com meu marido em julho descobri que somos hiv positivo. Vivemos com minha mae que acabou sabendo e vive nos reprimido .Ja estou medicada mais o ambiente em casa e muito ruim. Meu marido nao aparenta sintomas nao esta tomando remedios,eu tomo o 3 em 1.e ainda nao sabemos resutados dos demais exames pois aqui onde moramos tudo e demorado e nada sigiloso, nao temos condiçoes de sair de casa, Eu nao estou 100% para começar a trabalhar e meu marido e assalariado, meus amigos disconfiam mais nao falei nada… Vivemos um para o outro ele se isola eu tb.

  32. Ta difícil diz

    Ola pessoal eu queria tirar uma dúvida fui diagnosticado a um mês ainda ta difícil mais vomos lá minha esposa n está graças a Deus,tenho aparelho no dente tem problema beijar ela corre o risco de eu a infectar.

  33. Prof+ diz

    Ola pessoal.Fui diagnosticado desde 2010 e iniciei meu tratamento em 2011. Faço atividades fisicas. Atualmente percebo que perdi um pouco de massa muscular..Gostaria de saber se existe algum tratamento p preenchimento facial. Abs

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s