Notícias
Comentários 32

Vasos recém-descobertos podem ligar o cérebro ao sistema imune


The-Guardian-logo1Cientistas descobriram uma ligação entre o cérebro e o sistema imune que pode ajudar a explicar a conexão entre problemas de saúde física ruim e problemas cerebrais, incluindo Mal de Alzheimer e depressão.

A descoberta de vasos, situados logo abaixo do crânio, derruba o que vem sendo ensinado há décadas e pode abrir caminho para novas abordagens para o tratamento de doenças do cérebro. Os cientistas por trás da descoberta expressaram surpresa por ter descoberto uma grande estrutura anatômica que até agora tinha sido completamente negligenciada.

“Eu pensei que o corpo estivesse mapeado e que estas descobertas terminaram por volta de meados do século passado. Mas, aparentemente, elas não terminaram.”

“Baseado no que aprendemos, estes vasos não deveriam estar lá”, disse Jonathan Kipnis, que conduziu o trabalho na Universidade de Virgínia. “Eu pensei que o corpo estivesse mapeado e que estas descobertas terminaram por volta de meados do século passado. Mas, aparentemente, elas não terminaram.” Essa descoberta pode fornecer uma base biológica para as crescentes evidências de que a saúde mental e o estado do sistema imune estão intimamente ligados.

Pessoas com diabetes, uma doença autoimune, são 65% mais propensas a desenvolver demência, segundo revelou um estudo no início deste ano. Outra pesquisa recente mostrou que pacientes com Alzheimer que sofreram infecções frequentes, tais como tosses e resfriados, tiveram quatro vezes mais declínio em testes de memória, durante um período de seis meses, em comparação com pacientes com baixos níveis de infecção.

No entanto, não ficou claro se essas conclusões têm bases fisiológicas reais ou se simplesmente refletem fatores como estilo de vida, dieta e sedentarismo, os quais degradaram a saúde mental e física de forma independente.

missinglinkf

O sistema linfático como era entendido antes desta descoberta, e, à esquerda, com os novos vasos incluídos. Foto: University of Virginia

“Acreditamos que para cada doença neurológica que tem um componente imune associado a ela, estes vasos podem desempenhar um papel importante”, disse Kipnis. “No Mal de Alzheimer, há acumulação de grandes pedaços de proteína no cérebro. Achamos que elas podem estar se acumulando no cérebro porque não estão sendo eficientemente removidas pelos vasos.” Ele acrescenta que uma condição como a diabetes, que impacta o sistema imunológico por todo o corpo, também poderia prejudicar a capacidade do cérebro de limpar as proteínas tóxicas que são a principal característica da doença. Segundo os cientistas, a função precisa dos vasos continua, por enquanto, sob especulação. Fazer novas perguntas será o foco da próxima fase da pesquisa.

A nova anatomia é uma extensão do sistema linfático, uma rede de vasos que corre em paralelo com a vasculatura do corpo, levando células do sistema imunes, ao invés de sangue. Em vez de parar na base do crânio, descobriu-se que esses vasos estendem-se ao longo das meninges, uma membrana que envolve o cérebro e a medula espinhal. Segundo Kipnis, os vasos foram negligenciados provavelmente porque as meninges são frequentemente consideradas como embalagens que envolvem o cérebro, ao invés de um pedaço da anatomia com sua função própria. “Na literatura médica para estudantes, a primeira instrução é ‘remover meninges'”, disse ele. “As pessoas não são tão interessado nesta área do cérebro.”

A descoberta veio depois que os cientistas desenvolveram uma maneira de observar as meninges de ratos de maneira que pudessem ser examinadas como um todo. Depois de perceber, sob o microscópio, padrões de vasos na distribuição das células do sistema imunológico, eles embarcaram em uma série de testes que provaram que estavam olhando para os vasos linfáticos que servem o líquido cefalorraquidiano, o líquido que reveste o cérebro e a medula espinhal.

“Vão ter que mudar os livros didáticos. Nunca houve um sistema linfático para o sistema nervoso central, e ficou muito claro que esta era uma observação singular.”

Experimentos preliminares sugerem que essa mesma anatomia existe nas pessoas, de acordo com uma pesquisa publicada esta semana na revista Nature. “Estamos muito confiantes de que os vasos estão em seres humanos também”, disse Kipnis. Kevin Lee, um neurocientista da Universidade de Virgínia e coautor do estudo, disse: “A primeira vez que esses caras me mostraram o resultado inicial, eu só disse uma frase: ‘Vão ter que mudar os livros didáticos. Nunca houve um sistema linfático para o sistema nervoso central, e ficou muito claro que esta era uma observação singular.'”

“É bom ser cauteloso diante de resultados de estudos epidemiológicos sobre os quais não se pode ter certeza sobre o nexo de causalidade e correlação.”

A descoberta de uma nova peça de anatomia do cérebro foi recebida com entusiasmo pelos cientistas, embora alguns fossem mais cautelosos sobre o potencial papel dos vasos em doenças. Nick Fox, professor de neurologia da University College London, disse que a possibilidade de ligações entre doenças imunes e Mal de Alzheimer está rapidamente se tornando um “tema quente e controverso.” Ele disse que “é bom ser cauteloso diante de resultados de estudos epidemiológicos sobre os quais não se pode ter certeza sobre o nexo de causalidade e correlação. E é importante notar que os estudos com medicamentos anti-inflamatórios [alvo da resposta imune] não têm sido bem sucedidos contra o Mal de Alzheimer, embora, talvez, eles não tenham sido dados aos pacientes cedo o suficiente.” Essa descoberta, disse ele, poderia ajudar a descobrir a verdadeira natureza de qualquer conexão entre as doenças e o sistema imune.

James Nicoll, professor de neuropatologia da Universidade de Southampton, disse: “É provável que este seja um achado importante em relação à compreensão das condições infecciosas e inflamatórias do cérebro, desde que os resultados sejam confirmados por outros cientistas e em seres humanos.” Ele se mostrou desapontado, porém, que os autores não tenham verificado mais cuidadosamente suas conclusões em seres humanos. “Nem todas as experiências que eles fizeram poderiam ser feitas em seres humanos, mas algo poderia ter sido feito para confirmar a presença de canais semelhantes”, disse ele.

“A metodologia é muito impressionante, mas os resultados devem ser interpretados com cautela.”

Roxana Carare, professora associada de envelhecimento vascular cerebral na Universidade de Southampton, disse: “As ligações descritas estão entre as membranas do cérebro e do sistema imune, ao invés do próprio cérebro e do sistema imune. A metodologia é muito impressionante, mas os resultados devem ser interpretados com cautela no contexto das doenças que afetam o próprio tecido do cérebro.”


Anúncios
Este post foi publicado em: Notícias
Etiquetado como:

por

Jovem paulistano nascido em 1984, que descobriu ser portador do HIV em outubro de 2010. É colaborador do HuffPost Brasil e autor do blog Diário de um Jovem Soropositivo.

32 comentários

  1. wolf diz

    Bem interessante uma descoberta dessas a essa altura da história da ciência. Mas durante toda a leitura fiquei aguardando o momento, no texto, em que haveria algum tipo de relação entre a descoberta e o HIV.

  2. Rafael diz

    Também gostaria de saber se alguém tem notícias sobre a conferência e os resultados da vacina da biosantech. Obrigado

  3. Ja estão aos poucos publicando o resultado da Fase II da Tat Biosantech

    Chicago, 10 de junho de 2015

    Pesquisadores da base-Francês Biosantech Companhia hoje informou que o candidato vacina contra o HIV da empresa não é tóxico para 48 pacientes HIV-positivos registrados em um estudo duplo-cego a ter lugar em França. Os dados foram apresentados na Conferência Internacional sobre Retrovírus e novos medicamentos no subúrbio de Chicago.
    Dr. Sonia Escaich, diretor-executivo da Biosantech, relatou não houve efeitos adversos colaterais ou interações medicamentosas dos 48 pacientes que foram separados em 4 grupos, com um grupo de 12 que receberam um placebo e os outros três grupos que receberam diferentes quantidades do HIV vacina.
    Os dados deste braço do estudo de Fase II, que inclui estes 48 pacientes será publicado mais tarde este verão, de acordo com Corinne Treger, diretor executivo da Biosantech. Ela relatou que uma análise preliminar destes dados sugeriu a prova de conceito do candidato vacina é obtida em pacientes HIV positivos. Isto irá permitir novos desenvolvimentos e, em particular, o estudo das combinações com reforço do sistema imune, tais como IMMUNOREX, um tratamento desenvolvido pelo Dr. Donatien Mavoungou.
    A vacina da Biosantech utiliza uma forma mutante do transactivor de transcrição (Tat) do HIV-1 Tat porque é um bom alvo para inibição da expressão do retrovírus. Escaich explicado que a expressão da proteína Tat é um primeiro passo do ciclo de vida do vírus para activar a sua própria expressão.
    O foco da empresa em Tat datas para quando a variante do HIV-Oyi foi isolado em 1989, em um grupo de mulheres grávidas do Gabão. As cepas Oyi continha uma proteína Tat mutada que foi incapaz de ativar o HIV nestas mulheres, que permaneceram assintomáticos. Vários estudos demonstraram que a presença da resposta imune anti-Tat está correlacionado com a sobrevivência a longo prazo em humanos. Um estudo posterior com sete macacos imunizados com a Tat Oyi descobriram que um resistiram à infecção após dois desafios, seis dos sete macacos tinham baixos níveis de viremia e as células infectadas por vírus ao longo do tempo desapareceram
    Apesar do sucesso de ART triterapia antiretroviral desenvolvido na década de 1990, ainda existem 35 milhões de pessoas que vivem com HIV no mundo e apenas 37 por cento das pessoas têm acesso às terapias atuais. O desenvolvimento de uma vacina eficaz é dificultada pela natureza altamente mutagénico do HIV. Uma vacina terapêutica eficaz contra diversos subtipos de HIV, tais como Tat Oyi poderia representar um grande avanço para um custo eficaz de tratamento da infecção por HIV.
    “É nossa esperança que possamos desenvolver uma terapia que pode fazer a diferença para as pessoas que sofrem desta doença”, disse Treger.

    Leia a história completa em http://www.prweb.com/releases/2015/06/prweb12779700.htm

    Torcer vai dar tudo certo

  4. Ja conversei com varios infectologistas, eles tem opiniões diferentes, uns não acreditam em vacinas outro acreditam, uns falam de terapia para previnir, outros falam em cura, nem eles mesmos sabem oque pode acontecer, mais tenho fé e acredito em uma cura sim, e vai vim, sei que vai.
    Por isso decidi me consultar em apenas um infecto onde vou ver qual melhor confiar.

    Abraço a todos

  5. Outra

    FDA Autoriza Fase III de Testes para Droga Injetável Semanal
    CytoDyn Inc, uma empresa de biotecnologia focada no desenvolvimento de novas terapias para combater o vírus da imunodeficiência humana (HIV), anunciou ontem, 9/6, que deu início em seus estudos de Fase 3 para PRO 140, novo anticorpo auto-injetável da para o tratamento do HIV.

    O Protocolo da Companhia Fase 3 prevê um estudo de 25 semanas com 300 pacientes HIV positivos. A seleção dos locais clínicos, aprovações IRB, triagem de pacientes e outros assuntos administrativos estão em andamento e estão previstos para serem concluídos em no terceiro trimestre deste ano.

    A Companhia acredita que após a conclusão deste estudo de Fase 3, CytoDyn terá a oportunidade de buscar a aprovação acelerada para PRO 140 junto ao FDA. Além disso, CytoDyn podem candidatar-se a uma designação “avanço” para PRO 140, como o primeiro anticorpo auto-injetável para o tratamento do HIV.

    O primeiro estudo da Companhia Fase 3 é projetado para permitir PRO 140 como um componente de um regime de Terapia Anti-Retroviral Altamente Ativa, TARV, para os pacientes que fazem uso há muito tempo de tratamento. H

    CytoDyn acredita que seu anticorpo PRO 140, que tem como alvo o co-receptor CCR5, tem grandes vantagens sobre Maraviroc, o único outro antagonista do CCR5 aprovado para tratamento do HIV. Estas vantagens incluem menor toxicidade, menos efeitos laterais e de aplicação semanal e injetável, ao contrário de Maraviroc, oferecida em comprimidos e de uso diário.

    O FDA está de acordo com o trajeto de regulamentação para o novo medicamento da CytoDyn, após a apresentação do “relatório top-line” da Fase 2b concluído recentemente.

    Dr. Nader Pourhassan, Presidente da Companhia, disse que a empresa se orgulha de ter desenvolvido o primeiro anticorpo auto-injetável para o tratamento de HIV a chegar a fase 3. O executivo acrescentou que apenas cerca de 20% da população com HIV nos EUA têm carga viral suprimida e que a taxa de transmissão do vírus cerca de 99% nessa condição.

    Pourthassan acredita o aval da FDA prova o potencial de PRO 140, o qual avançou estágios em apenas poucos anos .

    Sobre PRO 140 – a Droga pertence a uma nova classe de agentes terapêuticos, os inibidores de entrada viral, que se destinam a proteger as células saudáveis ​​da infecção causada pelo vírus. PRO 140 é um anticorpo monoclonal IgG4 humanizado, dirigido contra o CCR5, um portal que o HIV utiliza paraa entrar nas células-T.

    PRO 140 bloqueia o HIV predominante (R5) subtipo entrada em células T, mascarando esse co-receptor obrigatório, CCR5. e não parece interferir com a função normal de CCR5 na mediação de respostas imunes.

    A droga tem sido objeto de ensaios clínicos, demonstrando eficácia, reduzindo significativamente ou controlando a carga viral em indivíduos testados.

    PRO 140 foi designado um candidato “fast track” junto a FDA. O anticorpo PRO 140 parece ser um potente agente antiviral, conduzindo menos efeitos colaterais e os requisitos de dosagem menos frequente, em comparação com terapias diárias de droga atualmente em uso.

    Fonte http://ir.cytodyn.com/press-releases/detail/206

    Mais tomara que deixem levar uma cota da vacina pra casa

  6. Henrique diz

    Alguém sabe de um infectologista em sp? Capital.. Que seja bom e barato. Hehehe

    • Enquanto há vida, há esperança. diz

      eae henrique também to procurando um especialista em são paulo para poder tirar as duvidas, passo no cta mais não confio muito na médica, estou querendo passar em um particular também..
      abraços!!!!

      • Henrique diz

        Então eu nao tenho hiv, mas tive sifilis e to com umas coisas muito estranha na boca e uma fadiga no corpo todo, preciso saber o que é. 😦

  7. Gledson diz

    Acreditar eu acredito, temos todos que acreditar.. Porém eu procuro não criar muita expectativa, pois não sabemos em quanto tempo poderá vir essa cura.

    Lendo algumas coisas, eu fico até desanimado.. Eles estão mais preocupados em atingir a carga viral indectavel de todos portadores do vírus, do que encontrar uma cura.
    Esses dias estou meio pra baixo, me perdoem por vim aqui desabafar.
    Mas, vamos que vamos.. Nada como um dia após o outro, vida que segue.

    Abraços.

    • gustavo diz

      Desanimado? Mas eu li errado em cima sobre novas oesquisas e de vacibss e novos remedios???? Ja n esta tao ruim assim da p viver bem e normsl e so tem a melhorat, pq entao o desanimo?

    • Gledson, não te digo para nao desanimar, pois, todos temos dias melhores e outros não tão bons. O que te digo é que tenha uma válvula de escape, hoje vou seu comentário a válvula. Desabafe amigo quando precisar, saia correndo no parque, cante em voz alta o que está ouvindo nos fones de ouvido do celular… Põem pra fora o que você pode. Logo a gente vai por o bostinha pra fora daí as coisas ficam menos estigmatizante!

      Abç

    • Brumo diz

      Oi, Gledson

      Eu não perco a esperança da cura, mas não vivo em função da mesma. Pode ocorrer daqui 5, 10, 15 anos, e não posso esperar esse tempo para tocar a minha vida e ser feliz. Eu acredito que uma vacina anti-hiv saia antes da cura. Mesmo assim fico satisfeito com a evolução da nossa medicação, e torço para que a ciência avance cada dia mais, seja na modernização dos arvs, na busca da cura, na criação de uma vacina que previna o hiv. No mais, espero em Deus e na comunidade cientïfica. Abraços e fique bem.

      • Gledson diz

        Binhomais e Bruno,

        Obrigado pela força.. Tenho quase um ano nessa condição, porém nunca tinha me sentido tão triste.. Algumas coisas vem acometendo também, pode ser por isso.
        Mas, vou procurar não ficar pra baixo.. Temos que ser forte e lutar contra ele.. Se não, qurm vai lutar?

        Abraços e boa saúde a todos.

  8. AndrezinhoPE diz

    Quero compartilha uma experiencia e ao mesmo tempo tirar uma duvida: Qdo fui na primeira consulta ao infectologista, o mesmo além de me explicar bastante coisas tb me examinou pra ver se eu tinha algum glanglio etc…Porém um exame que ele fez axei estranho e constrangedor: ele pediu q eu tirasse a roupa e examinou meu penis e testiculos tb, e tb fez uma tecnica para q eu me excitasse e ejaculasse, pois qria verificar como estava minha ejaculação, fikei morto de vergonha (rs). Não axei q ele fez isso pra me bulinar mais axei estranho nunk ouvi ngm falar q passou por isso. Alguem ja passou por isso?

    • Andrezinho, é muito estranho isso né? Esse médico estava com arte..rsss
      Eu converso com vários aqui no blog e nunca comentaram sobre esse tipo de exame..eu heinnnn.. 😛
      Já pensou euzinha lá no meu infecto e ele querer examinar a fundo a minha “menina”?.. Eu dava na cara dele!!.. (se fosse feio é claro)..rsrsrsrs

      • AndrezinhoPE diz

        KKK. Pois é Vida. Tb acompanho todos por aki e nunk vi ngm falar desse procedimento… Mais confesso q n axei q ele tava me bulinando, apenas examinando mesmo assim axei curioso o procedimento.

        • Andrezinho…vai ver ele tem algum fetiche……
          Ou queria examinar a sua ferramenta, verificar se vc é bem dotado..kkkkkkkkk

    • Cezar diz

      Examinar pau e testículo e cu jah ouvi falar, mas pedir pra ejacular eh a primeira vez. Agora, que tem muito infecto que tem fetiche com a vida sexual dos soropositivos, não tenho a menor duvida. Com tanta coisa na medicina, por que vcs acham (fora o dinheiro, claro, pq HIV eh uma industria muito lucrativa) que eles escolheram este ramo?

  9. FELIPE NOW diz

    Gente, só uma duvida… Eu estou indetectável ha alguns meses ja.. desdo segundo mes de tarv… se eu quiser fazer sexo oral em alguem, eu posso? eu posso passar o virus?

    • Felipe Now, dizem, veja bem. DIZEM que não há problema algum…mas sei lá né? Vai que por uma azar você contamine seu parceiro (a), melhor não arriscar!!
      E tem outra, você não sabe se o seu parceiro (a) tem ou não alguma outra DST…e se ele tiver??? Pense bem!!

      Beijo

  10. Pessoal, eu fui nomeada agenciadora do KIK e vim aqui especialmente para fazer uma seleção…as meninas que pediram!!.rs

    AGÊNCIA “SENSUELEN” (poucos entenderão..rs) estará fazendo por tempo indeterminado uma seleção de novos integrantes para compor o KIK.

    Requisitos :

    homens héteros (solteiros, casados, enrolados, tico-tico no fubá, amasiados, “amigados”..etc, etc)
    de qualquer raça, cor ou religião;
    de qualquer vila, bairro, lugarejo, viela, cidade, Estado, País, Planeta..rs
    jovem, velho, Matusalém..
    de qualquer profissão
    não é necessário comprovar renda ou mostrar extrato bancário;
    -não é necessário falar outras línguas.. ( tendo língua tá bão) 😛 (não precisa nem falar) a gente fala por eles ou nos comunicamos em Libras, fazemos gestos, mímicas) 😛
    -não é necessário ter “condução”.. (até “de a pé nóis qué)
    IMPRESCINDÍVEL mesmo é que seja HOMEM e HETERO e que tenha “SANGUE AZUL”

    ps:

    Currículo somente com fotos…fotos tipo (nude)…rs

  11. Olá… Preciso MUITO de apoio e ajuda de gente que tenha pensamentos positivos e que queiram contribuir de forma para que eu não enlouqueça. Descobri o resultado no dia 30/12/2014 (bela data pra se descobrir algo assim)… E não consegui aceitar ainda tudo isso. Preciso muito de ajuda, conselhos. Vi que por aqui existem muitas pessoas com idéias positivas, e que já estão em tratamento e levam uma vida normal, mas não estou conseguindo ver essa perspectiva. Infelizmente.
    Se alguém puder/quiser conversar um pouco comigo, pois está muito difícil levar isso sozinho.
    mcrbta15@gmail.com

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s