Artigos, Notícias
Comentários 103

Novo protocolo brasileiro de profilaxia pós-exposição

Desde a década de 90, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece a profilaxia pós-exposição (PEP), a pessoas acidentalmente expostas ao HIV, a qual consiste no uso de antirretrovirais, que devem ser iniciados em até 72 horas a contar da possível exposição ao vírus e mantidos ao longo de 28 dias, como forma de prevenir a infecção. É a “pílula do dia seguinte do HIV”.

A PEP foi inicialmente implantada só para casos de acidentes de trabalho com profissionais de saúde, quando são expostos a materiais contaminados ou têm a luva perfurada por objetos cortantes no trato com paciente soropositivo ou de sorologia desconhecida. Em 2011, a PEP foi estendida para vítimas de violência sexual e, desde 2012, ampliada para qualquer acidente sexual, incluindo o não uso ou o rompimento do preservativo. Desde 2010, a oferta de PEP quase dobrou, passando de 12 mil tratamentos para 22 mil, em 2014.

Agora, o Ministério da Saúde, assessorado pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (CONITEC), colocou em consulta pública o novo Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas (PCDT) da PEP. Os PCDT são documentos que visam a “garantir o melhor cuidado de saúde possível diante do contexto brasileiro e dos recursos disponíveis no Sistema Único de Saúde. Podem ser utilizados como material educativo dirigido a profissionais de saúde, como auxílio administrativo aos gestores, como parâmetro de boas práticas assistenciais perante o Poder Judiciário e como documento de garantia de direitos aos usuários do SUS.” A consulta pública segue aberta para sugestões, à disposição dos profissionais de saúde e do público geral, até o dia 18 de junho.

“A nova proposta aprimora a atenção, uniformizando o tratamento, o que irá facilitar não só a dispensação dos medicamentos para os profissionais de saúde, mas também a ampliação do acesso da população a esse procedimento.”

O diretor do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, Fábio Mesquita, explica que os procedimentos anteriores tinham uma diversidade de esquemas de medicações que acabavam por criar dificuldades na utilização nos serviços locais não especializados. “A nova proposta aprimora a atenção, uniformizando o tratamento, o que irá facilitar não só a dispensação dos medicamentos para os profissionais de saúde, mas também a ampliação do acesso da população a esse procedimento”, destacou o diretor.

O novo protocolo sugere extinguir a diferenciação entre categorias de PEP — acidente ocupacional, violência sexual e acidente sexual — e apresenta a recomendação de um único esquema de antirretrovirais para todos os tipos de acidentes: Tenofovir + Lamivudina + Atazanavir com Ritonavir, que devem ser iniciados em até 72 horas a contar da exposição ao HIV e mantidos durante 28 dias. Além disso, sugere a redução do tempo de acompanhamento dos pacientes de seis para três meses e o estabelecimento de critérios mais objetivos para indicação de PEP. O novo protocolo recomenda que a PEP seja indicada nos seguintes casos:

  1. Quando o parceiro sexual tem teste negativo para o HIV, porém inclui histórico de exposição de risco nos últimos 30 dias para os testes a partir de amostras de sangue ou, caso o resultado do teste seja por fluído oral, nos últimos 90 dias — as respectivas janelas imunológicas atuais de cada um dos testes.
  2. Quando o parceiro sexual tem sorologia desconhecida, seja porque este não fez o teste de HIV, porque tem resultados de testes discordantes ou porque é impossível obter ou realizar seu teste diagnóstico.
  3. Quando o parceiro sexual tem sorologia sabidamente positiva.

“A  PEP  não  estará  indicada  quando,  apesar  da  pessoa  fonte  ser  infectada  pelo  HIV,  estiver  em  uso  regular  de  terapia antirretroviral,  com  carga  viral  recente indetectável.”

Entretanto, o novo texto claramente destaca que a “a  PEP  não  estará  indicada  quando,  apesar  da  pessoa  fonte  ser  infectada  pelo  HIV,  estiver  em  uso  regular  de  terapia antirretroviral (TARV),  com  carga  viral  recente indetectável  (carga  viral  realizada nos  últimos  seis  meses). Uma  vez  que  nessa  situação o risco de transmissão do HIV é muito baixo.” Evidentemente, a PEP também não é indicada para acidentes sexuais com parceiros sabidamente negativos para o HIV, isto é, aqueles que tenham feito teste de HIV com resultado negativo respeitando o período da janela imunológica.

Esse é um dos primeiros documentos oficiais brasileiros que reconhece a segurança do Tratamento como Prevenção (ou TasP, do inglês treatment as prevention) e acompanha a recomendação de outros países — assim como a British HIV Association, que não mais recomenda PEP após exposição ocupacional com uma fonte com carga viral indetectável.


mapsA PEP deve estar disponível nos Serviços de Atenção Especializada em HIV/aids (SAE), segundo recomendação do Ministério da Saúde. Clique aqui e veja os endereços e telefones dos SAE, em todo o país. Informe-se nesses serviços, sobre os locais disponíveis na sua cidade para o atendimento de urgência à noite e nos finais de semana.
Anúncios

103 comentários

  1. Cauã + diz

    Só fui ter conhecimento da PEP após ter contraído o HIV, ae já era tarde.
    Que bom seria se fosse divulgado e comentado como o uso de preservativo sobre a PEP de modo a atingir a grande massa da população!

  2. Gustavo diz

    alguem aqui pode me ajudar com uma duvida? alguem ja tomou algum tio de medicamento para dor de garganta? tipo nimesulida?????? qual tipo de remedios podemos tomar em casa de alguma dor na garganta..

  3. M. diz

    que legal. .. isso ajuda diminuir o preconceito e coloca uma idéia antes nao tao disseminada a população. Quem se cuida praticamente não transmite!

  4. Iago diz

    Gente, alguém sabe se pode tomar suplemento de vitaminas e minerais junto com os avrs?
    Obrigado! “Eu vou torcer pela paz.. Pelas coisas bonitas eu vou torcer eu vou..”
    Vida e saúde pra todo mundo! : )

    • Junior diz

      Na verdade, esses suplementos alimentares podem de alguma forma aumentar o trabalho exercido pelos seus rins. E os avrs também podem potencializar esse trabalho dos rins, deixando-os sobrecarregados. No caso, aconselho que você converse com o seu médico. Ele vai pedir exames e ver se é necessário fazer essa reposição de vitaminas e minerais e se, no seu caso, vai sobrecarregar seus rins. Um abraço.

  5. Parabéns uma ótima notícia a ser compartilhada, mas mantendo sempre que o cuidado e uso da camisinha é indispensável.

    PEP uma nova luta contra a transmissão.

  6. Gil diz

    OLÁ IAGO,
    As vitaminas/minerais devem ser tomados por quem tem HIV, mesmo tomando a TARV.
    Principalmente a vitamina D, segundo dois colegas meus, médicos, que vieram de um congresso recentemente. É comum, ainda por questões não muito claras, os infectados, mesmo assintomáticos, terem carência de vitamina D no organismo.
    Por orientação de minha infecto, eu tomo polivitamínico, ômega 3 de origem animal e ômega 3, 6 e 9 (da linhaça, em cápsulas) de origem vegetal e uma dose extra de vitamina C (redoxon).
    Mesmo com as teorias da medicina ortomolecular não sendo comprovadas cientificamente, mal não vai fazer, mas uma coisa é certa, PARA MIM: antes da TARV, eu passei duas semanas melhorando a dieta, o sono e tomando estes suplementos. Minha carga viral caiu de 209 mil para 133 mil entre um exame e outro. E a CD4 foi de 593 para 792.
    E eu me senti mais disposto, melhorou meu desempenho nos treinos.
    Portanto, acho que é uma boa ideia discutir a possibilidade de tomar suplementos, COM A ORIENTAÇÃO MÉDICA.

    • Gil, meu médico falou o que eu deveria reforçar na alimentação e rejeitou suplementação. Eu ate uma das vezes que fiz exame tava suplementando com um polivitamínico, e não fez diferença alguma 😞

    • Cezar diz

      A maioria das pessoas, independente de HIV, estah carente de vitamina D, fizeram tanta propaganda contra o Sol que agora deu nisso. Agora, os medicos precisam corrigir isso. E a nova recomendação (que pode mudar daqui a um tempo) eh: vinte a 30 minutos diários de exposição ao Sol, horário de PICO, sem filtro solar. Kkkk

    • Gabriel diz

      Ola boa tarde.

      Depois de 2 anos foi que meu infecto indicou a vitamina D desde então sempre era baixa. Sempre tomei sol no horário saudável mas não normalizou.

      Comecei hoje a tomar a vit D.
      70 gotas na semana durante 3 semanas e depois mais 35 gotas.
      Vamos ver o impacto disso nos próximos exames, daqui a 3 meses.

      Qualquer novidade eu aviso por aqui.

      Skype: oanjogabriels@gmail.com

      • Cezar diz

        pessoas sem hiv tb sao recomendadas a tomar ‘suplemento’ de vitamina D.

  7. Guerreiro Azul diz

    Boa noite,

    Depois de 25 dias de ter trocado efavirenz por ritonavir+atazanavir continuo tendo reações alérgicas na pele. A médica disse que não é normal lamivudina ou tenofovir darem estas reações, ainda mais por esse período de tratamento, mais de 90 dias. As manchas deram apenas uma leve melhorada, e agora além disso estou com icterícia, parecendo uma grande cenoura.

    Estou muito desanimado, pois apesar de estar amarelo e com corpo ainda manchado, me senti fisicamente melhor do que tomando o 3×1.

    • Salvador diz

      Essa notícia é muito boa, viu EGC? Sinto que tem coisa concreta vindo por aí. Primeiro as notícias sobre as ações da Gilead e sua agora essa vacina. Hummmm. Tô com um bom pressentimento.
      Boa sorte pra nós.

  8. Soropositivo em crise diz

    É o governo brasileiro chancelando o fato do soropositivo em tratamento, com carga viral indetectável não ser, na prática, infectante!

  9. Hope diz

    Alguns dias são melhores que outros…
    Legal o post, mas o tema dessa semana para mim é a bateria de exames do meu marido. Tudo certo, ótimo, o médico passou uma quantidade enorme de exames e todos tiveram resultados excelentes, melhores que os meus, que não tenho o vírus. A carga viral ainda não saiu, mas tenho fé (científica até…) que será indetectável.
    O problema é o CD4… ainda em 177… não subiu nada desde janeiro.
    Ele não tem qualquer problema clínico com isso: não está doente, não tem qualquer sintoma, está e tem aparência absolutamente saudável, mas, como li aqui em um post do JS, é como tirar uma nota baixa na escola.
    Isso o deixou muito abalado. Apesar de não ser da área, fiz uma revisão de todos os artigos que encontrei sobre isso e as opiniões são as mais variadas, desde a desimportância do índice até que seu sistema imune, por ter descoberto a doença tardiamente, jamais se recuperará…
    Bom, era só um desabafo. Quinta estaremos com o infecto dele e vamos ver no que dá.
    Bjs e bom final de semana a todos!

    • D_Pr diz

      Bom dia Hope!

      Sei que é um desabafo e não pediu uma opinião, mas…mesmo na descoberta tardia, o CD4 vai conseguir se recuperar, o processo é lento, e leva até 7 anos, 7 anos e meio (fonte: Dr. Joel Gallant)! Vamos ter fé que ele vai logo atingir bons resultados…Além do valor absoluto, qual o percentual?

      O meu também não é grande coisa! Saúde pra vocês!

      • Hope diz

        Oi D_Pr, eu até tenho paciência, ele é que não tem rss. O problema é que ele descobriu com uma contagem muito baixa e mais que triplicou em poucos meses… depois estacionou. O percentual em relação aos Linfócitos totais foi de 12,9. O que eu acho interessante é que ele está totalmente saudável. Sei que parece clichê mas só lembramos no vírus por causa da camisinha… pois até os remédios entraram na rotina e parecem algo normal do dia a dia, como minha vitamina C.
        Saúde para vc!!

    • Lippy diz

      Hope.. Tb tenho uma situação parecida. Meu cd4, novembro/14 a maio/15, foi de 261 (15%)a 282 (17%)esse pequeno crescimento em seis meses Tb me deixou um pouco triste. Porém também não tenho tido nenhum problema de saúde, e nunca estive tão bem fisicamente em toda minha vida.
      Segundo meu médico minha evolução Eh muito boa, já que comecei em janeiro/14 com um cd4 de 64 (7%)e que Eh impossível prever a taxa de crescimento do cd4, cada um recupera de um
      Jeito. Alguns demoram 2 anos, outros 3, outros mesmo depois de 5 anos ainda tem contagens em crescimento. É difícil, mas temos
      Que ter paciência!!!

      • D_Pr oque significa o percentual, no meu caso CD4 490 percentual 25,1%
        CD8 1006 percentual 51.6%
        relação CD4/CD8 0,49
        voce consegue explicar esses resultados
        Porque o CD8 esta tão elevado e o CD4 abaixo do normal
        e a relação cd4/cd8 porque esta baixa
        Obrigado.

        • D_Pr diz

          EGC

          Algumas pessoas tem contagem alta de CD4 e percentual baixo…( as vezes equivale a ter uma contagem de 200…)

          Segundo o meu médico a relação CD4/CD8 não é importante e fazer esse exame é desperdiçar dinheiro…Inclusive eu nunca fiz esse exame, bem como nunca tive nenhum problema de saúde! No Brasil o Dr. Ésper que é o médico do JS e referência em tratamento de HIV/AIDS diz que é essa relação que importa! Um valor normal da relação CD4/CD8 é 0,9! Seu exame está na metade! Agora o que todos concordam: é carga viral indetectável e a contagem de CD4 acima de 500, o seu está quase lá!

          Posso dizer, com base no conhecimento que os médicos dividem com a gente que seus exames são ótimos!

        • Herivaldo Virulato diz

          O CD4 coordena a defesa do organismo, CD8 promove essa defesa. O HIV se instala no CD4. Assim, o CD8 aumenta para matar as células infectadas. Sendo elas as cedulas CD4, estas baixam. Com o tratamento, a relação tende a se normalizar, mas isso toma tempo.
          Pra vc ter um exemplo, eu comecei o tratamento de modo muito precoce (menos de 30 dias da infecção) com um protocolo muito rápido (raltegravir). Baixei minha carga viral de 1.8 milhão pra indetectável 3m 3 meses. Mesmo assim, 6 meses depois de iniciar o tratamento, ainda não recuperei a relação cd4 cd8.
          Tem de ter paciência, não se preocupe.

          • HenriqueSC+ diz

            Bom dia Herivaldo,

            Quando você descobriu seu CD4 estava em quanto?

            abs

            • Herivaldo Virulato diz

              Não me membro exatamente. Eu descobri de modo muito precoce. Acho que o cd4 estava em 490 e o cd8 era próximo de mil. Lembro-me que a relação era 0.4.
              Como eu descobri cedo, não deu tempo de comprometer muito a defesa do meu organismo. Hoje meu cd4 está próximo de 750 e o cd8 ainda é alto. A relação está em 0.8.
              Mas sinto-me bem.
              Eu dou o meu exemplo apenas para mostrar que em todos, sejam os tratados cedo, seja os tratados tarde, a defesa demora a se recuperar. Mas o tratamento precoce permite sua recuperação integral.
              Ele me diz que o meu caso é muito interessante para comprovar a vantagem do tratamento precoce. Eu doei sangue inclusive para uma pesquisa atualmente em curso sobre isso em S.Francisco (protocolo AMPLIAR).
              Preocipo-me quando vejo amigos aqui adiando o início do tratamento. Mas a decisão é de cada um.

      • Hope diz

        Obrigada Lippy! O jeito é ter paciência. Mas, assim como você, meu marido está ótimo. Trabalhando muito e muito saudável.
        Que vocês dois continuem assim… continuo aqui rezando pela multiplicação dos CD4… rsss

    • Hope meu CD4 quase não subiu do anterior para este último. Chorei bastante. Depois que me acalmei fui ver os percentuais e vi que minha imunidade melhorou bastante. Números isolados podem não dizer muito, analisar o contexto todo fala tudo.

      Nao se desesperem, seguramente ele esta evoluindo (prova é que ele não está adoecendo).

      Força e abraços pra vcs.

    • Amanda diz

      Bom dia!
      Será que o uso de polivitaminicos e vitamina c não ajudaria na imunidade de seu marido?

      • Hope diz

        Oi Amanda, ele toma Centrum. Não sei se teria algum mais específico, mas os exames de sangue dele deram muito bons! Então não acho que ele tenha qualquer carência…
        Obrigada pela dica!!

  10. D_Pr oque significa o percentual, no meu caso CD4 490 percentual 25,1%

    CD8 1006 percentual 51.6%

    relação CD4/CD8 0,49

    voce consegue explicar esses resultados

    Porque o CD8 esta tão elevado e o CD4 abaixo do normal

    e a relação cd4/cd8 porque esta baixa

    Obrigado

  11. Conferência Internacional sobre Retrovírus e novos medicamentos

    Chicago, EUA

    8-9 junho de 2015

  12. Paranaense no Rio! diz

    Eu precisava vir aqui para dividir com vocês a informação que eu acabo de receber e que me faz muito feliz. Minha infectologista não deixou que eu fizesse os exames de contagem de cópias desde que comecei o tratamento em novembro, no mês do meu aniversário. Porém, fiz agora, seis meses depois de iniciar o tratamento. A boa notícia é que estou INDETECTÁVEL!! A melhor notícia de todos os tempos. Quero pular, gritar… Quero jogar na cara do meu ex-namorado que me deixou por um preconceito bobo que agora sou indetectável, que continuo com o meu tratamento, mas sou tão mais seguro do que ele que pode – a qualquer momento – ser infectado por um sorointerrogativo.

    Que conquista! Que bacana! Tava ficando nervoso já. Fiz o exame no inicio da semana e tive que esperar passar o feriado para receber o resultado: INDETECTÁVEL. Que legal!! Que alegria! Que bacana.

    A gente segue na luta. Segue feliz, vivendo um dia depois do outro. Já estou tomando o 3×1 – o que facilita a situação de não ter que sair falando que tenho pouquíssimas cópias desse monstrinho dentro de mim – e isso me ajuda a fazer como a minha infecto me diz: “vc é mais seguro, mais normal do que muitos que estão por aí e que tem preconceitos… pré-conceitos!!”

    Valeu, gente!!!

    • Gustavo diz

      é noix vida.. Vida normal.. Somos normais! VIVEEEEEEEERRRRRRRRRR

    • Sou Vencedor diz

      Oba! Que notícia excelente! Parabéns!
      Ansioso para começar minha TARV.

    • Hope diz

      Parabéns!!!! Espero ter essa notícias e breve! O exame do meu marido fica pronto semana que vem!

    • Salvador diz

      A corrida começou. Quem chegar primeiro ganha. Ah meu Deus. Que emoção. As vacinas aparecendo assim. Vou comprar ações da Gilead. rsrsrsrs.

    • Herivaldo Virulato diz

      Falei com Dr Esper está semana e ele disse que a técnica do Crispr é eficaz para estabilizar o a célula t-cd4 geneticamente modificada e está esperançoso de que tenhamos a cura a caminho.

  13. ser feliz diz

    Caramba e muita noticia boa , acho que a qualquer momento o jornal nacional vai noticiar uma ótima noticia , acho que o Luquinha estava certo , e só noticia boa uma atrás da outra , me sentindo feliz

  14. Tenho Dinheiro?? diz

    Quanto voces acham que vai custar a vacina para cura do HIV quando lançar?
    Será que nosso governo vai pagar?

  15. fernandescarioca diz

    Se Deus quiser ! Tomará. A nossa sonhada cura ! E aos cientistas.

  16. Jana diz

    Oi pessoal!!! Sempre dou uma passadinha para ver as novidades e fico muito feliz dos avanços, aproximação da cura. Eu a dois anos atrás pensei q fosse o fim pois descobri o vírus na minha gravidez e tive q arranjar forças para seguir em frente sozinha, meu namorado q tbm descobriu o vírus me deixou, o meu infecto na época disse agora q vc vai vê se ele te ama de verdade, enfim nunca amou. Dois anos se passaram graças a Deus meu filho está forte e saudável e não tem o vírus, meus exames sempre foram ótimos, tomo meus remédios direitinho e encontrei uma pessoa q me aceita, respeita, e estamos muito felizes. E hoje eu digo e afirmo da sim para ser Feliz depois do diagnóstico positivo. Um ótimo fim de semana a todos!

  17. Henrique diz

    Adoro o site, não tenho hiv. Mas passei uns dias achando que tinha desde então não parei mais de entrar aqui, saude pra todos e que deus abençor voces!!!

  18. HenriqueSC+ diz

    Boa noite galera!

    Alguém poderia me dar um help aqui?
    Então, semana passada meu infecto pediu uma bateria de exames que ficaram prontos ontem. Fiz em laboratório particular pelo plano. Pelo que entendi, ele pediu exames específicos de uma série de vírus/fungos que PODEM vir a acarretar algum problema em caso de baixa imunidade.
    Dentre alguns que ele pediu está: HTLV, Toxoplasmose, hepatites, Sífilis, Citomegalovírus etc…
    Bom, de todos que ele pediu, somente o citomegalovírus deu reagente para IgG e não reagente para IgM.

    Dei uma pesquisada e verifiquei que está porcaria de vírus não tem cura, só tratamento, e muito inespecífico. Mas também verifiquei que ele só PODERÁ sair do estado de latência se a pessoa tiver CD4 <70 ou 50.
    Também li que 70% da população já teve contato este vírus.

    Alguém aqui tem e precisou tratar?

    Fiquei preocupado.

    Abraços.

    • MB+ diz

      HenriqueSC+

      Voce mesmo já respondeu a sua pergunta né?

      Posso até afirmar que mais de 70% da população já entrou em contato com esse carinha e muitos nem se quer souberam.
      No seu caso esta assim:
      IgM positivo (reagente) e IgG negativo (não reagente): infecção aguda: você está com uma infecção por esse bicho, ou seja, você está entrando em contato com ele pela primeira vez.

      Mas não se preocupe pois se o seu sistema imune estiver acima de 200 não há muito o que se preocupar e mesmo que esteja abaixo deste numero seu infecto ira lhe dizer o que deverá ser feito para o tratamento.

      Relaxa , vejo que você esta em boas mãos pois médicos que normalmente pedem muitos exames são os que estão mais preocupados com nossa saúde.

      Força , Foco e Fé no seu tratamento que tudo dará certo.

      • HenriqueSC+ diz

        Valeu MB+

        Só mais duas dúvidas, pois sou leigo no assunto.

        1 – Na infeção aguda não teria que ser o contrário? Nesse caso o IgG que deveria estar positivo?

        2 – Existe tratamento para esse cara mesmo se um dia (espero que não), meu CD4 vier a cair abaixo desses valores?

        Abraço

        • MB+ diz

          Bem ,

          Tirei essas informações do site do MS.
          Sim há tratamento e controle caso seu CD4 venha abaixar o que não ira acontecer se voce realizar seu tratamento corretamente.
          Seu medico terá todas as ferramentas necessárias para debelar não só este mas outras caso aconteçam.

  19. hopeee diz

    Olá Pessoal:
    Passados 9 meses que descobri ser soropositivo e iniciei a tarv, hoje me sinto confortável e seguro de dividir um pouco de minha história com vcs.
    Fui diagnosticado no final de julho 2014 e meu cd4 estava em 88 e cd4/ cd8 em 0.20 com carga viral em 32.500. A médica qdo olhou meus exames me deixou ainda mais assustado do que..ao invés disso..me orientar corretamente sobre o tratamento e minha condição sorologica. Hoje, me trato com.o Dr Ésper e tenho a alegria em compartilhar com vcs que meus últimos resultados foram:
    Cd4: 741 Cd4/ Cd8: 0.61 e carga viral indetectavel.
    Alimentar se bem, praticar atividade física, dormir bem são atitudes que fazem parte fundamental de minha vida..mas..além disso..ter a consciência de minha condição, não me colocar nunca como culpado e agradecer por estar vivo e saudável fazem.me.sentir humano novamente, lutando por meus objetivos e agradecendo por cada pequena vitória q nos concedida…seja pela evolução do tratamento..seja pela descoberta de novas terapias.

  20. MB+ diz

    PRAZO DE VALIDADE.

    Muitos aqui se preocupam com seus parzos de validade em relação a Vida né? vou dizer uma coisa :

    Não há um prazo de validade estipulado para quem quer viver.

    Bem vou contar uma historia.

    Eu aos 17 anos sofri um grave acidente de moto , fiquei em coma onde me deram um prazo de validade de 24 horas , superei, 48 horas , superei 72 superei , bem depois de 17 dias em coma profundo acordei , veio a noticia devido a fratura nas vértebras de minha coluna me não voltaria a andar , foram mais 3 meses na UTI, sai de lá numa cadeira de rodas, mas venci.
    Outra noticia devido ao deslocamento de massa encefálica poderia ter perca considerável de memoria e talvez ficasse em um estado catatônico ou meio bobo.
    Tudo estava contra mim , meu prazo de validade a cada dia se esgotava e não tinha
    pela medicina um futuro…paraplégico, com problemas mentais e outras coisas que poderiam se apresentar no futuro…efeitos colaterais de vários medicamentos que teria que tomar a longo prazo e tal.
    Bem após 3 anos cadeirante , quando já desafiava a gravidade na minha cadeira de rodas pelos corredores hospitalares , voltei a andar , fisio terapia , natação , etc etc etc, dor muitas, sofrimento a mil , mas não me entreguei queria viver , queria provar para a vida que eu era merecedor há viver.
    O cara que ia ficar meio bobo , fez 03 faculdades, passei em concursos públicos , viajei o mundo, mostrei para a vida o que ela me merecia e ela entendeu e me deu a sua benção.
    de 24 horas de prazo de validade já tinha se passado 19 anos …ai veio o HIV….putz pensei agora é que a vaca vai pro brejo….mas já tinha enfrentado varias batalhas vencido grandes lutas e não seria para esse bostinha que iria perder ….a vida é grande ele é microscópico.
    Tão pequenino que um simples comprimido da conta dele….atenção para ele só de 3 em 3 meses
    e olha lá.
    O que quero passar com isso é que não a prazo de validade para o ser humano , desde que este esteja a fim de namorar a VIDA , sim namorar ou seja viver…beije a VIDA , saia com a VIDA , viva a VIDA…bem quanto ao HIV bem este tera que se contentar a ser simplesmente o bostinha que queria nos atrapalhar mas…quem dá atenção para um bostinha se tem a LINDA , MARAVILHOSA, ” VIDA” para VIVER.

    Então chega de sofrência …arregacem as mangas mostre para a VIDA o quanto voces são merecedores de VIVER…a prazo de validade….quem liga né?

    • D_Pr diz

      MB+

      Duro de matar, literalmente! Isso aí companheiro! Eu não conheço a VIDA e a propósito tenho namorada também! Mas dizem que a VIDA é bela! 😉

      Lendo esse depoimento e muitos outros de superação, percebemos e auto-afirmamos que SOMOS TODOS MAIS FORTES que o hiv…que qualquer problema, basta desejarmos VENCER!

      Desejem vencer em todos os aspectos meus amigos!!!! O HIV não nos faz pior que ninguém!

      Obrigado MB+ por compartilhar conosco sua história e que BAITA HISTÓRIA!

    • Tati diz

      Vc e suas histórias de superação… A cada dia te admiro mais Mb… Vc merece ser mtooooo feliz!!!!!

    • caradobemsampa2 diz

      Mb
      Que exemplo!
      Concordo c vc.. chega de sofrencia.
      Grande abraço

    • Madamemin diz

      Uau…MB+

      Emocionante o seu relato!
      Estimulante para iniciar a semana!

      Obrigada!
      Bjo

    • Rick diz

      Deus te abençoe e que você como nós aqui possamos superar esse HIV!

  21. Jô+ diz

    Gente perguntar pra vcs, já faço uso de medicação há quase 1 ano e por volta de 9 meses sou indetectável. Como a maioria aqui passei pelos efeitos colaterais. Porém passou depois de algumas semanas. Contudo, nesta semana começaram a aparecer manchas avermelhadas pelo meu corpo, em geral pernas e barriga. Alguém já passou por situação semelhante?

  22. Todos Ansiosos para o resultado da pesquisa fase IIb da Vacina da Biosantech

    Vamos levantar a moral com um texto velho ,mas que nos enche de esperança… e, segunda-feira vamos todos acompanhar o anuncio da Biosantech…A primeira vacina terapêutica contra a Aids no mundo em espera a partir de marketing

    A única vacina no mundo provável que seja eficaz em todas as variantes de SIDA é desenvolvido por Biosantech. A vacina é terapêutico, em vez de preventivo, ou seja, que aniquila qualquer vestígio do vírus no corpo dos pacientes seropositivos, por conseguinte, os curar completamente. O projeto está atualmente na Fase 2 de um processo de validação que tem 3 fases pré-mercado:
    Um estudo realizado em sete macacos em 2006 mostraram que a vacinação eliminado 100% do vírus. Fase I da autorização pelo ANSM, que começou em abril 2013 processo, foi usado para testar a vacina em 48 pacientes no Hospital da Conceição, em Marselha. Não foram observados efeitos adversos. A primeira fase da segunda fase, realizada em 48 pacientes entre Setembro de 2013 e Dezembro de 2014, é o de determinar a dose mais eficaz do fármaco. A segunda fase (Fase IIb) terá como objectivo verificar a ausência de efeitos secundários, a produção de anticorpos e indetectáveis ​​de viremia dois meses após parar HAART. Os resultados desta fase serão publicados no inicio de 2015, e vai orientar a vacina a um tratamento de curta e definitiva ou médio prazo, em vez de terapia tripla. Se os resultados forem satisfatórios, Biosantech entrará Fase III, com um teste para a eficácia comparativa de vários milhares de pessoas, o estágio final antes da comercialização (fase IV: Autorização Market).
    “Tratamentos ineficazes ganhar muito dinheiro, e é por isso que eles tentam evitar esse remédio eficaz para ser lançado”
    Tem sido mais de uma década que os laboratórios que produzem poderosos triterapia foram impedindo esta cura eficaz para ser liberado. Eles constituem um oligopólio três laboratórios e têm o monopólio sobre a produção de triterapia. Um ex-funcionário da Bristol-Myers Squibb et Gilead Sciences, um dos três laboratórios produtores triterapia admitiu em 2013 que “tratamentos ineficazes ganhar muito dinheiro, e é por isso que eles tentam evitar esse remédio eficaz para ser lançado”. Enquanto permanecer anônimo, ela continuou com a falta de ética que seu antigo empregador foi mostrando: “A coisa é, triterapia é extremamente rentável e gera bilhões de lucro um ano (…) eles fazem o seu melhor para evitar curas eficazes para sequer surgir e têm meios financeiros grandes o suficiente para subornar governos inteiros “.
    Esta poderia ser uma razão pela qual Erwann Loret e sua equipe lutou durante anos em encontrar fundos do governo para produzir sua cura mais rápido, embora seja provado ser o mais eficiente do mundo. Agora, a cura está pronto, toda a comunidade científica está se perguntando o que está acontecendo acontecer. Será que os governos simplesmente desligá-los?
    Se, como esperado, a vacina é lançado em 2015, que será uma revolução.
    Stakes colossais
    As esperanças despertadas pela vacina Biosantech são enormes: 35 milhões de pessoas vivendo com HIV AIDS em todo o mundo, e 1,6 milhões morreram em 2012 de acordo com a UNAIDS, que estima o custo da resposta contra a SIDA quase 19 bilhões de dólares por ano. A vacina terapêutica seria uma alternativa bem-vinda para terapias de combinação, que são um pesado limitações de processamento e efeitos colaterais, e custam entre 1.000 e 1.500 € por mês por paciente em países ocidentais. A equipe Biosantech foi fundada em 2011 por Roger e Corinne Treger (CEO), com sede em Sophia Antipolis. Vacina terapêutica foi desenvolvida pelo Dr. Erwann Loret, pesquisador do CNRS. O projeto, desenvolvido em parceria com o CNRS e da Universidade de Aix Marseille, recebeu o apoio do Instituto Internacional para o Desenvolvimento e Apoio à Pesquisa Inovadora (IIDSRSI), dirigido por Michael Paul Correa e Comité Científico é composto por 13 pesquisadores e especialistas e presidido pelo Pr . Chermann, -discoverer co do vírus da Aids. Dr. John Marueil, imunologista e virologista é o conselheiro científico. O start-up detém a licença exclusiva para o uso e comercialização de patentes.

    [Id cleeng_content = “328142230” description = “Mais sob Biosantech vídeo promocional” price = “0.99” t = “artigo”]

  23. D_Pr diz

    Pé de pato mangalô três vezes, não vai aparecer mais??? Coloca a cara pra fora Luquinha!

  24. Dere diz

    Olá galera! estou indetectável a 3 meses e estou vivendo uma vida perfeitamente normal.. tirando o medicamento que tomo todos os dias…. não sei se estou me enganando mas me sinto muito bem…… queria saber se com vocês estão assim também? se devo tomar mais cuidado? se devo me preocupar mais? Bom domingo!

    • Cara+ diz

      Oi Dere
      é assim mesmo! vc está mais do que certo. Tb vivo da mesma forma. A vida segue seu rumo normal.

    • Gustavo diz

      sabe eu tinha este mesmo medo q vc.. kkkkkkkkk. eu pensava; gente, sera q eu nuw estou levando isso menos serio doq eu deveria levar? kkk. mas é isso.. eu tbm estou querendo sair do meu emprego aonde vivo muuito tempo estressado diaremente.. meu trabalho nao me faz muito bem, trabalho em um call center q fico muito muito estressado todos os dias e hj eu vejo q ano vale apena.. vou buscar algo mais satisfatorio q me de mais prazer de vida… É noix!

  25. Herivaldo Virulato diz

    Pessoal, deixe-me compartilhar uma notícia com todos: completei 6 meses indetectável e fui liberado pelo meu médico para engravidar minha esposa. Ela participou da consulta e está de acordo. Agora, o sexo é sem camisinha no período fértil.
    Colocaremos em prática na nossa vida a evidência científica de que o vírus não se transmite a partir de fontes iindetectáveis.
    Deixarei tidos a par da evolução.
    Torçam por nós!

    • Enquanto há vida, há esperança. diz

      oi herivaldo parabéns pra vcs
      uma curiosidade sua esposa também é + ou só você, eu e minha esposa pretendemos fazer inseminação, por isso gostaria de saber de vcs.
      abraços!!!!

      • Herivaldo Virulato diz

        Minha esposa é negativa. O Dr. Esper insistiu que, com minha carga viral, a transmissão é impossível. Mencionou que a PrEP seria desnecessária. Minha esposa está bem tranquila e não quer tomar medicação. Ela não tem nenhum medo de contrair considerando tudo o que sabemos hoje.
        Quanto à inseminação, Dr. Esper disse que é um procedimento extremamente caro, de eficácia relativamente baixa e nada haveria, hoje,que justificasse partir pra essa alternativa. Sou um parceiro sexual seguro e não há problemas em tentaria filho pelo método natural.
        Tomara que dê certo!

        • Digo diz

          Cara, desde que acompanho esse blog, seu depoimento foi o mais marcante pra mim.
          Que seu filho venha para dar uma prova ao mundo de que continuamos, sim, muito vivos!

        • Enquanto há vida, há esperança. diz

          Parabens Herivaldo, vai dar tudo certo com voces, um bom médico faz a diferença nessas horas e o dr Esper é um perito nessa area, por isso penso em passar em outro médico mais experiente no assunto para avaliar nosso caso, pois eu e minha esposa somos + e pretendemos ter um filho também.
          abraços!!!

        • caradobemsampa2 diz

          Herivaldo
          tb tenho relaçao sorodiscordante e ela é negativa.
          Bom ler ser relato!
          vida longa a todos nos
          abraços

        • Mutatis Mutandis diz

          Herivaldo, sucesso na empreitada do rebento! Venha com saúde e seja fonte de paz e amor em sua família! Vejo que és, assim como eu, um homem de muita sorte por ter uma esposa extraordinária. Sucesso e Parabéns a vocês!

          Agora, mudando o assunto e talvez sendo até um pouco infeliz essa pergunta, mas eu te pergunto: por que será que não dizem logo que alguém indetectável não transmite HIV (desde que numa relação monogâmica)? Imagina só que os espermatozóides vão ficar uns 03 dias vagando pelo interior até fecundar…

          Confesso que desde que fiquei indetectável, poucas vezes me excedí nas preliminares com minha esposa, mas depois fico meio receoso porque sei que médico algum “autoriza” esses “excessos”…mas nunca chego às vias de fato, ou exagero taaanto assim…(aliás perdoem essas revelaçoes íntimas, mas não tem como falar desses assuntos de outra maneira, creio que vocês me entendem..)

          Contudo, um processo muito mais sério (porque em tese estaria colocando pelo menos 02 vidas em jogo) que é a busca de uma gravidez é “autorizado”.

          De qualquer maneira, Herivaldo, Sucesso! Desejo a você EXCELENTES TENTATIVAS…KKKKK

          Grande Abraço! Deus abençoe e nos dê mais uma vida, sopre o barro assim como fez com Adão!

    • Hope diz

      Vai dar certo e em breve vocês estarão sem dormir… por um bom motivo!!!

    • Cara+ diz

      Poxa Herivaldo
      que bacana, obrigado por partilhar essa experiência com a gente.

    • Rick diz

      Parabéns e que Deus te abençoe nesta nova fase da sua vida! Que seu filho venha com saúde!

  26. HOPEFULL diz

    Lacrimejei com essa sua notícia Herivaldo Virulato!!

    Parabéns!! tenho certeza que vai dar tudo certo!!
    Abraço!!

  27. Gil diz

    Parabéns Herivaldo.
    Pessoal, uma dúvida. Mesmo quem é indetectável ainda poderá ter problemas de lesões ou alterações cardíacas pela inflamação causada pelo virus HIV?
    Ou a baixa contagem de virus é insuficiente para desencadear um processo inflamatório que lesa o coração e artérias?
    Aguardo as respostas.

  28. Mairicio diz

    Olá HenriqueSC vc é de Santa Catarina ? Se sim ! Poderias entrar em contato por gentileza, gostaria de trocar informações sobre seu médico… Segue meu e-mail mmmauriciocunha@gmail.com Obrigado e que Deus sempre ilumine nossos caminhos !

  29. Conrado diz

    Oi, gente…bom dia!
    alguém poderia me indicar um artigo científico que fale sobre hiv\aids?

  30. Guilherme diz

    A 1 mês atraz tive uma exposição ao vírus, tomei a pep durante 28 dias que terminaram na sexta-feira passada, semana que vem tenho meu exame pra fazer e ver o “resultado” a princípio fiquei e ainda estou na real, abalado depressivo sem ao menos saber se a pep me ajudou ou não. estou tendo alguns sintomas, nao sei se eh psicologico ou nao. De qualquer forma vim compartilhar isso com vocês pois parei pra ler os comentários e li muita coisa Boa, que isso não vai ser o fim da vida espero superar tudo isso, e seja oque deus quiser. Paz e saude a todos

    • Amiga diz

      Funcionou? Também tomei e senti sintomas. Deu certo? Pode-se somatizar?

    • Orfeu diz

      Olá Guilherme também estou usando a pep, só pra saber o que deu o seu caso ?

  31. Rodrigo diz

    Tive uma relacao sem proteção e estou fazendo uso do pep há 3 dias apenas, a tensão está me consumindo. Comecei o tratamento em menos de 24 horas utilizando kaletra, zidovudina e lamivudina. Tenho lido e a chance de não contrair o vírus com o tratamento é grande, mas estou com muito medo.

    • Fernando Silva diz

      Caro administrador…

      (PEÇO QUE DESCONSIDERE OS COMENTARIOS REPETITIVOS E CONSIDERE APENAS ESTE)

      Olá a todos!
      Tive uma relação com uma pessoa soropositiva que nao se tratava, e usei a PEP. Peço À TODOS que utilizaram a PEP que me enviem um e-mail contando sua experiência com a PEP, e se quiserem enviem tambem whats/telefone, para trocar ideias sobre experiencia com a PEP, pois farei um blog e um grupo no whatsapp pra falar sobre ela(PEP).
      E-mail: pephivfaseaguda@gmail.com
      Obrigado! E obrigado ao criador do site pela oportunidade…!

  32. Rui diz

    Pessoal uma pessoa com hiv por maldade tentou me infectar se conseguiu eu não sei. Nomeia se carimbador. Estou triste por enfrentar uma situação dessa, uma pessoa querendo te passar uma doença por vontade própria, por maldade. Comecei a tomar o pep 35 horas depois. Sei que pode ate 72 hora, mas tomei conhecimento do pep so depois de 35, tenho grandes chances de nao ter contraido a doença? Quero saber se o pep vai me tirar dessa situação. Desde já agradeço.

    • Ju diz

      Oi, Rui. Como está sendo com a Pep? Imagino que quase terminando, não? Dê notícias.

  33. fernando diz

    Tive uma relação oral-vaginal insertiva sem preservativo com uma mulher que nao conheço..no dia seguinte, que arrependimento! Fiquei paranóico, fui no posto de saude e iniciei a PEP, mais ou menos 10h depois do ato, que foi uma única vez. Depois de dias sem dormir consegui encontrar a mulher e fizemos um teste rapido, que deu negativo para nós dois. Fiquei um pouco mais aliviado, mais ainda to muito ansioso. Continuo com a profilaxia, por causa da janela imunologica. Estou iniciando a segunda semana de medicação. Ainda estou muito ansioso, precisava desabafar..só vou relaxar quando fizer o teste, daqui a 20 dias

    • Fernando diz

      Fernando, vc vai precisar fazer o teste 30 dias depois que vc terminar a medicação, e não daqui 20 dias. (já que vc ainda está na 2ª semana).
      Boa sorte

  34. Oi gente preciso muito que me tirem uma duvida estou desesperada..tive uma relacao com um cara q namorei a muitos anos atras..e nos encontramos novamente ele estava diferente muito magro e por burrice tivemis relacao desprotegida nao sei se ele e soropositivo mais como sei que ele anda com varias mulheres desconfio que esteja doente eele me disse q estava com cisto no rin por issoo estava magro. Entao mesmo desconfiada resolvi tomar a pep. Me mediquei contra hepatite contra qualquer doenca dst mais o meu grande medo e porque tomei a pep 24 hrs depois e estou completando 28 dias nao chegou a ter sexo anal ele so encontou nao chegou a penetrar nem oral e ele nao ajaculou em mim! O que faço ? Mesmo se ele tiver contraido a doenca e mesmo eu tomando a pep 24 hrs depois posso ter contraido

    • Rapaz diz

      Nossa…quanto medo! Relaxa e vai a um CTA fazer o teste. Uma vez apenas, sem sexo anal e sem ejacular dentro provavelmente não tenha contraído nada. Isso caso ele tenha. Mas só um detalhe…soropositivo pode ser gordo tb kkk. Reveja seus conceitos rs. O vírus não está no aspecto físico da pessoa. Cuidado!

  35. Sergio diz

    Mesmo com os avanços no tratamento é preciso uma cura ,principalmente pela toxidade dos medicamentos a longo prazo ,tem de haver uma pressão forte em coma dos lobbys e dos governos, saúde não ė mercadoria e todos pagam altos impostos por quase nada ,toda a matéria prima sai de plantas ,seja na alopatica ou não, a natureza não cobrá, são 40 anos nessa luta ,descobertas em cima de descobertas, todos precisam se livrar disso ,tendo o vírus ou não, é para tal é preciso pressionar muito ,e é muito provável a exemplo do câncer que já se saiba a cura ,pelo,menos funcional ,já que hoje a mídia inunda com essas notícias, todos merecemos nada menos que a cura .

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s