Notícias
Comentários 108

Caçada pela cura acelera com união de cientistas


Por Ben Hirschler para Reuters em 11 de maio de 2015

Reuters

A britânica GlaxoSmithKline, que na semana decidiu continuar produzindo medicamentos para tratar o HIV, vai colaborar com cientistas norte-americanos no desenvolvimento da cura da aids. Até recentemente, muitos cientistas ainda eram relutantes em discutir a possibilidade de curar a doença causada pelo HIV, que infecta 35 milhões de pessoas em todo o mundo, uma vez que os obstáculos pareciam ser insuperáveis. Mas depois de uma batalha de 30 anos para manter o HIV sob controle com medicamentos antirretrovirais de uso vitalício, há um crescente otimismo de que a cura é possível.

O caso de Timothy Brown, o chamado “Paciente de Berlim”, cujo HIV foi erradicado através de um complexo tratamento de leucemia, em 2007, foi o primeiro caso de cura. Desde então, a ciência tem avançado ainda mais. A GlaxoSmithKline está inaugurando o Centro de Cura do HIV, em parceria com a University of North Carolina (UNC), em Chapel Hill, nos Estados Unidos, e criando uma empresa conjunta com a universidade.

Nesta segunda-feira, a farmacêutica afirmou que vai investir US$ 20 milhões para ajudar a financiar o trabalho por um período inicial de cinco anos. Os cientistas vão estudar várias alternativas de cura, incluindo a chamada estratégia de “chutar e matar”, desenvolvida na UNC, que desmascara o HIV dormente, escondido em células brancas do sangue, para que, assim, possa ser atacado por um sistema imunológico reforçado.

Reuters-2

“Nos próximos 5 a 10 anos, devemos adquirir mais conhecimento em torno dos vários mecanismos que podem contribuir para a cura e, talvez, nos próximos 10 a 20 anos, poderemos de fato aplicar essas alternativas.”

Entretanto, é possível que essa busca se mostre um longo percurso. “Nos próximos 5 a 10 anos, devemos adquirir mais conhecimento em torno dos vários mecanismos que podem contribuir para a cura e, talvez, nos próximos 10 a 20 anos, poderemos de fato aplicar essas alternativas”, explica Zhi Hong, chefe do departamento de doenças infecciosas da GlaxoSmithKline, a Reuters. No caso do Paciente de Berlim, a cura do HIV envolveu um transplante de células tronco a partir de um dador com uma mutação genética rara, que resiste à infecção pelo HIV. Essa complicada abordagem nunca poderia ser replicada em grande escala, de modo que os cientistas estão depositando suas esperanças em métodos simplificados, que podem também ser capazes de explorar os avanços recentes nos medicamentos para tratar câncer, que impulsionam o sistema imune.

“A trancos e barrancos, acredito que teremos progresso.”

“A trancos e barrancos, acredito que teremos progresso e, por isso, precisamos de uma estrutura para prosseguir este trabalho de forma racional, durante um longo período de tempo”, disse David Margolis, da UNC. A GlaxoSmithKline comercializa medicamentos para o HIV através da ViiV Healthcare — a qual chegou a considerar abrir seu capital na bolsa de valores, até mudar de ideia, em 6 de maio. O investimento em Chapel Hill é separado da ViiV, que vai desempenhar um papel consultivo nesta empreitada.


Anúncios

108 comentários

  1. Cara+ diz

    O fato de ler que foi inaugurado um “Centro de Cura para o HIV” já me deixa bem feliz!

    Pra mim, tão importante quanto a cura, é um tratamento cada vez melhor nesses 5, 10, 20 anos até que a tão sonhada cura seja uma realidade!

  2. Fenix diz

    Pelo visto é melhor começar a se satisfazer com as expectativas de remédios com doses espaçadas. Como já falado por outro colega uma injeção mensal já Ta valendo rs

  3. Fenix diz

    Sempre acompanhei pesquisas sobre pôs humanismo e tem gente que acredita que em 2040 o sistema imunológico humanos já terá sido substituído por nanorobos mais eficientes, pelo visto isso Ta parecendo menos utopia do que a cura do hiv.

      • Fenix diz

        O trans humanismo ou pós-humanismo são conceitos filosóficos empregados pelos teóricos da singularidade cientifica que apregoam o desenvolvimento exponencial da ciência e não meramente aritmético. Tipo, fizemos mais coisas nos últimos cem anos de humanidade do que nos cem mil anos anteriores, daí se faz uma prospecção: o que poderemos fazer nos próximos cem anos, ou mesmo nos próximos dez? é comum usar o termo singularidade para se referir ao momento em que o desenvolvimento cientifico e tecnológico será tão grande que nem somos capazes de imaginar, e muitos falam em fusão homem máquina (coisa que eu duvido)outros em bioengenharia (acho mais provável). Enfim embora muitas vezes pareça ficção cientifica existem muito embasamento teorico. Existe infelizmente pouco material em portugues, Segue o link de um documentario do globo news arranhando um pouco sobre o tema.

  4. DD+ diz

    eu esperava que em menos tempo a cura poderia aparecer…mais axo q vamos ficar é pela evolução dos tratamentos mesmo. A grande preocupação do governo evitar que pessoas contraiam o virus, por isso que todos agora assim que descobrem a condição tem que tomar remedios, pq assim uma pessoa em tratamento não transmite o virus. Como se isso fosse resolver o problema, pois bem sabemos q na vdd qm transmite o virus são as pessoas q nao sabem do diagnostico. lamentavel.

  5. M. diz

    Calma gente, talvez a tendência seja um prazo alto, pois o desafio é grande! Mas muita coisa pode acontecer!

  6. Tristeza?Negativo! diz

    Fui diagnosticado em setembro do ano passado e estou há 1 semana tomando o 3×1 com um pouco de tontura apenas como efeito colateral. Procuro lutar um dia de cada vez… No início, foi esperar o exame da esposa (que deu negativo!!), depois, começar a fazer o acompanhamento, depois, começar a medicação, depois… Pode parecer estranho, mas foi a infecção pelo HIV que me fez mudar alguns aspectos da minha vida, assumindo que de nada tenho controle e me tornando mais sereno para aceitar coisas que não posso mudar, na mesma medida em que tomo coragem para agir sobre coisas que posso mudar! Cura física? Lógico que eu quero! Mas a que mais me importa é a cura de meus sentimentos e relacionamentos disfuncionais. E isso eu tenho alcançado a cada dia! Um abraço fraterno a todos!

    • Lucius de Roma diz

      Perfeito seu comentário,existem outras curas que podem ser feitas, enquanto aguardamos a do HIV.Sucesso!

  7. Amanda diz

    Meu marido foi diagnosticado em novembro fazendo exames de rotina, o meu resultado está dando negativo, ele está relutante em aceitar, eu trabalho na área de saúde e ele acha que eu teria mais chances de me contaminar, enfim, o importante agora não é saber de onde veio a infecção, é iniciar o tratamento e esperar que a cura venha o mais rápido possível. Fiquei muito otimista com essa nova descoberta. Torço para que a cura supere as expectativas do tempo.

  8. Guerreiro Azul diz

    Boa tarde à todos, tudo bem? Espero que todos estejam…

    Depois de uns dias apenas acompanhando, sem fazer comentários, venho dizer que estou desistindo do 3×1.

    Em uma consulta hoje descobri que com na última coleta que fiz com 33 dias de tratamento com ele minha CV havia caído de 31 mil para apenas 350 cópias. Hoje se completam 75 dias e provavelmente estou indetectável. Tive muita insistência em tentar acabar com os efeitos colaterais do efavirenz, principalmente as alergias, que reduziram, mas não passaram e a cada comprimido tomado elas se renovavam.

    Ainda tenho corpo manchado, sinto muito calor, insônia, perdi um pouco de massa magra, e quando faço exercícios na academia essas manchas ficam bem mais expostas e vermelhas, abalando meu psicológico devido a ter perdido minha vida social, sem poder ir à um clube, usar uma camiseta regata, tomar um sol ou até sair para um barzinho e ficar até mais tarde da noite. Meu humor foi embora por isso.

    Quando cheguei na consulta, que demorou para chegar, expliquei o que estava acontecendo e logo ouvi que não teria dado sorte com efavirenz, e que teria que trocá-lo, pois este já poderia considerar como medicamento descartado do tratamento.

    Ao invés de 1 comprimido vou tomar 3.

    A lamivudina continua junto com tenofovir em um comprimido apenas e o efavirenz foi substituído por ritonavir + atazanavir. Discuti muito sobre os efeitos desses e me pareceu o melhor esquema a ser testado.

    Só de me livrar dessas manchas, da tontura e ter opção de tomar todos pela manhã, podendo até tomar uma cervejinha à noite já está bom.

    Espero que dê certo, e que continue indetectável…

    Abraços!

    • Brumo diz

      Oi, Guerreiro Azul

      Na segunda semana com o 3×1 desenvolvi uma forte alergia ao efavirenze. Tomei anti alergico, mas de nada adiantou. Fiquei empolado da cabeça aos pés. Encerrei esse esquema com 19 dias de uso. Refiz alguns exames e o efavirenze atacou o meu fígado, elevando as taxas de tgo e tgo. Tmb irei para esse esquema: lami+teno+ataza+rito. Confesso que fiquei frustrado pelo fato de não me adaptar ao 3×1. Mas há “males” que vem para o bem. O efa estava me deixando muito atordoado, dificuldade de concentração, insonia, transtorno para dirigir, estudar, etc. Tenho que esperar minhas taxas voltarem ao normal para começar o novo esquema. Volto ao infecto aqui alguns dias. Enquanto isso tomei algumas vacinas indicadas pelo meu médico, e conversei com outros amigos que usam essa combinação. Estou bastante confiante!

      Boa sorte para todos nós.

      Abs.

      • Guerreiro Azul diz

        É isso aí Brumo,

        Confesso que também fiquei frustrado, e insisti até um tempo a mais com 3×1, mas infelizmente não deu.

        Ando muito estressado, bem no limite mesmo.

        Meu tgo e tgp tbm estavam um pouco altos, juntamente com colesterol, mas nada demais.

        Espero que este novo esquema seja perfeito pra gente, e que venha a vida normal…

        Abraço!

      • Anderson Luiz diz

        Você não é o único achei que iria morrer com o Efavirenze, troquei o esquema mesmo assim ainda tenho algumas reações alérgicas, mas graças a Deus cada dia mais forte e mais recuperado os efeitos acontecem é aprender a lidar com eles . E não tema a troca de esquema seu médico esta procurando o melhor pra você.

    • FG-PR diz

      Guerreiro eu tomo esse esquema a 9 meses, é muito tranquilo, e como vc falou tomar de manhã é muito cômodo, além disso nenhum dos meus exames de rotina apresentaram alterações até agora. A noite podemos tomar umas cervejas sem problemas e bora curtir a vida.

      • Guerreiro Azul diz

        Fico mais feliz em saber disso FG-PR, meu humor já está melhorando rsss.

    • Lara diz

      Oi Guerrero azul , Seu comentário me acalenta um pouco, estou na mesma situação que vc, pensei que eu era a única eleita qnd só tinha ouvido coisas boas desse 3×1. Domingo precisei ir para o PS tomar anti-alergico injetável. Estou toda manchada de vermelho, sem sair de casa desde domingo, me escondendo de td e todos, auto- estima lá no pé …hj retorno com a infecto, vamos mudar o esquema certamente, não tenho como continuar assim. Estou muito angustiada, às vezes penso que não vai dar, não costumo ser medrosa sempre enfrentei isso de cabeça erguida sendo forte mas já passei por vários esquemas e não me adaptei não por falha de nenhum sempre fui indetectável desde 2011 mas os efeitos secundários me fizeram mudar, como alteração no fígado ou ictericia ou a bendita alergia. Meu cd4 é muito bom acima de 1200 mas mesmo assim pela primeira vez estou com medo, mais medo do que quando iniciei com cd4 de 98. Desculpem meu estado de espírito mas é que hj tá difícil.

      • Cara+ diz

        poxa Lara

        entendo suas colocações e espero, de coração, que tudo se resolva e logo. Espero que nos conte o que seu infecto achou melhor no seu caso para que possamos acompanhar e nos dar forças!

        Força e fé que tudo se resolverá pelo melhor! Logo estará relatando aqui que estás bem!

        • Luiz Carlos diz

          Eu estou em TARV com o 3×1 há cerca de 40 dias. Também tive um rash muito forte, que durou mais de 15 dias e o infecto inclusive pediu novamente exames para Sífilis, mas felizmente deu negativo. Abri o jogo com o meu psiquiatra pois tomo anti-depressivo e estava preocupado pois tenho ficado muito irritado ao longo do dia e esquecido algumas palavras, além de conhecer o efeito depressivo do Efavirenz.

          Conversando com o infecto e recebido a opção de alterar o esquema de tratamento, eu resolvi insistir mais um pouco no 3×1. Tenho uma viagem em breve, portanto não acho que valha a pena mudar o esquema antes da viagem e ter novos efeitos colaterais.

          O psiquiatra me sugeriu continuar no 3×1 por mais um tempo, pois os efeitos do Efavirenz tendem a desaparecer. Na grande maioria da população isto ocorre entre 2 e 4 semanas após o início do tratamento, mas há relatos onde os efeitos podem levar até 6 meses para desaparecer, e eventuais casos onde realmente a mudança de tratamento é necessária.

          Acho muito precipitado mudar o tratamento logo no início, mas cabe a cada um ponderar os efeitos colaterais vs quantidade de comprimidos e decidir o que é melhor para si próprio. Como já tomo outros comprimidos, prefiro no momento o 3×1, caso contrário terei que passar a tomar 7 comprimidos por dia.

          Depois de amanhã farei os primeiros exames após início da TARV, e como possuía uma CV de apenas 350, a minha esperança é estar indetectável. Qualquer novidade, eu volto a comentar!

          • Brumo diz

            Insista no 3×1 se for recomendado pelo seu médico. Com 10 dias de alergia brava, o efavirenze já estava atacando o meu fígado, o que é mto perigoso. Mas cada caso é um caso. Espero que de tudo certo contigo!

            • Guerreiro Azul diz

              Isso mesmo Brumo,
              Eu insisti por mais de 2 meses, achando que ia melhorar. Apesar de ter apenas aliviado um pouco a vermelhidão no corpo estava presente todos os dias, meu rosto só escurecendo aos poucos, percebi que estava com aspecto de uns 5 anos mais velho.

              Nem pedi pra médica trocar, só relatei o que estava acontecendo e ela nem pestanejou:

              È o efavirenz, vamos trocá-lo…

              • Brumo diz

                Guerreiro

                Na minha testa criou uma crosta bizarra, parecia um cimento. Eu não conseguia usar chinelo de dedo e para por tênis era um dificuldade, pois a alergia já estava em “auto relevo”. Segundo meu médico a alergia grave pode afetar orgaos como rins, fígado, coração e afins. Fora que pode levar a sindrome de steve johnson e necrolise epidermica, levando a obito. Foi uma experiencia horrivel. Fiquem atentos e sigam a orientação do infecto.

      • Guerreiro Azul diz

        Oi Lara,
        Este esquema que troquei pelo 3×1 você já experimentou?
        Ontem tomei pela primeira vez, senti um pouco de náuseas hj cedo quando acordei, foi bem leve, e passou assim que tomei café da manhã.
        Não senti mais nada.
        Essas manchas realmente destroem nossa estima, as minhas devem demorar um pouco ainda, pois me perseguem há mais de dias 60, até desintixicar do efavirenz deve levar uns dias.

        Sei exatamente o que está sentindo e espero de coração que você encontre o esquema perfeito e fique bem o mais rápido possível.

        Abraço!

        • Luiz Carlos diz

          Irei insistir por mais alguns meses. Tenho muito auto-controle sobre a minha depressão, consigo monitorá-la e sempre anoto os dias em que tenho alguma crise.

          Guerreiro Azul, sem tomar o Efavirenz e com o anti-histamínico o rash deve desaparecer bem rápido, em questão de três ou quatro dias.

          Abraços,

          LC

      • TheKing diz

        A combinação Lamivudina + tenofovir é o chamado 2×1. Essa combinação é utilizada em todos os esquemas que não se usa o Efavirenz.
        Já está disponível há mais tempo q o 3×1.
        Esses tratamentos estão cada dia melhores, vou te contar viu!!

        • Vida positiva H diz

          Estou tomando o 3×1 há 2 meses, desde março. Não tive nenhum desses efeitos colaterais que os amigos comentaram. Posso dizer que com 2 meses de tratamento estou tendo sucesso quanto aos efeitos colaterais? Corre o risco de surgir alguns efeitos mais pra frente? Temo muito isso, pois tomar o esquema 3×1 tem sido muito bom pra mim, devido sua praticidade. Agora próximo mês irei fazer todos os exames, acredito já está indetectável. Um abraço e saúde a todos!

  9. farmacêutico diz

    Ensinando o cavalo a voar:

    Um velho rei da Índia condenou um homem à forca.

    Assim que terminou o julgamento, o condenado pediu:

    “Vossa Majestade é um homem sábio, e curioso com tudo que os seus súditos conseguem fazer. Respeita os gurus, os sábios, os encantadores de serpentes, os faquires. Pois bem: quando eu era criança, meu avô me transmitiu a técnica de fazer um cavalo branco voar. Não existe mais ninguém neste reino que saiba isto, de modo que minha vida deve ser poupada”.

    O rei imediatamente mandou trazer um cavalo branco.

    “Preciso ficar dez anos com este animal”, disse o condenado.

    “Você terá mais dez anos”, respondeu o rei, a esta altura meio desconfiado.

    “Mas se este cavalo não aprender a voar, será enforcado”.

    O homem saiu dali com o cavalo, feliz da vida. Ao chegar em casa, encontrou toda a sua família em prantos.

    “Você está louco?”, gritavam todos. “Desde quando alguém desta casa sabe como fazer um cavalo voar?”

    “Não se preocupem, porque a preocupação nunca ajudou ninguém a resolver seus problemas”, respondeu ele. “E eu não tenho nada a perder, será que vocês não entendem? Primeiro, nunca alguém tentou ensinar um cavalo a voar, e pode ser que ele aprenda. Segundo, o rei está muito velho, e pode morrer neste dez anos. Terceiro, o animal também pode morrer, e eu conseguirei mais dez anos para treinar um novo cavalo. Isso sem contar a possibilidade de revoluções, golpes de estado, anistias gerais. Finalmente, se tudo continuar como está, eu ganhei dez anos de vida, onde posso fazer tudo o que tenho vontade: vocês acham pouco?”

    Façam esta analogia com o hiv, com as drogas que temos hoje viveremos muito mais de 10 anos, neste tempo novos medicamentos poder surgir, poderá surgir tratamentos mensais trimestrais, uma cura funcional e até uma cura por esterilização, e nada disso o acontecer ainda terremos a TARV que nos manterá sadios por muitos e muitos anos.

    P.s troquei 2 por 10 anos

    http://g1.globo.com/platb/paulocoelho/2009/12/08/ensinando-o-cavalo-a-voar/

    • Só falta eu sonhar com um cavalo branco de neon voador com rastros de arco-íris e eu com uns 90 anos de idade 😉 montado em seu dorso 😊

  10. HopeAlways diz

    Lembrando que essa é apenas uma das frentes de batalha. Tem muuuuuitas outras acontecendo ao redor do mundo e no Brasil inclusive, com muitas possibilidades positivas tanto para cura qto tratamento. Lembrem- se da AmFar com o seu projeto ambicioso até 2020 e 100 milhões por exemplo . Vamos em frente e com mto otimismo. Vai dar tudo certo antes do que se imagina. Até lá vamos sim nos c cuidar e viver!!

    • luquinha diz

      hope Always sabias palavras , HA GlaxoSmithKline e tão boazinha ne ! agora agora agora está inaugurando o Centro de Cura do HIV e investindo 20 milhões uma ninharia quando vejo o gráficode ações da gilead prefiro não comentar , e não mudo minha opinião a cura esta mais próxima que imaginamos

    • Carlos diz

      Oi tudo bem? Gostei muito do seu comentário. Da sua esperança. É muito animador. Parabéns

      Carlos

  11. j.b diz

    Olá pessoal. Bom. Esta é a primeira vez que escrevo. Mas a centésima vez que visualizo.tenho acompanhado este blog desde quando me descobri ser soro +. E mesmo antes de receber meu diagnóstico que foi no mês de março de 2014. Eu já. Estava informado sobre como seria minha nova condição. Do tenho que agradecer ao J.S por este espaço aonde venho aqui me alimentar. De informação. Tenho visto que. Existe quase que diariamente novas pessoas se descobrindo e de desabafando aqui. E já me vi em muitos casos semelhantes ao meu. Graças a deus hj já estou com CV indetectavel e cd4 acima dos 600. E. Gostaria aqui de deixar. O meu grande abraço a todos vocês. Prometo que vou participar mais.

  12. Dere diz

    De 10 a 20 anos?! Deus ajuda a aguentar e a ter saúde nesse tempo todo… sei que posso ter uma vida normal com HIV, mas o preconceito é enorme e vi pessoas que eu gostava e muito se distanciar .. mas enfim… Fé que sou e serei mais saudável que muito -.

  13. Haja macacos para 20 anos de pesquisas vão entrar em extinção ai vão testar em quem? So por Deus, vamos esquecer esta e apostar nas outras pesquisas

  14. rcpalmas diz

    Amém. esperamos que essa cura venha logo, com fé em DEUS.ABRAÇOS AMIGOS

  15. v.positive diz

    Ontem (11/05) tomei pela primeira vez o 3×1, estava super confiante quanto aos efeitos colaterais, hoje ao acordar senti uma tontura bastante incomoda mas tentei ser o menos negativo possível, pensei que ao me alimentar passariam os sintomas, pelo contrário acabei vomitando o que havia ingerido. Estou bastante apreensivo para saber o que ocorrerá nos próximos dias. Estou um tanto triste ainda e com a sensação de que as coisas tendem a piorar, estou tentando ser forte, mas confesso que é difícil, ainda não tive a coragem de compartilhar minha condição com ninguém, sinto como se tivesse enganado as pessoas próximas a mim e isso tem me angustiado bastante.

    • Diego Fortaleza diz

      Calma cara,escolha a(s) pessoa(s) certas para revelar sua condição,pensar sempre positivo e ter muita fé que tudo dará certo,também iniciei na mesma data que você mas senti apenas uma leve tontura,qual logo vai passar!

    • O primeiro dia é o pior, nem se compara com os próximos. Estou nos 3 meses, e tem dia que não sinto absolutamente nada (como muitos daqui), outros dias fico levemente corado e com o pescoço coçando um pouco, outros minimamente tonto. Pra mim, funciona melhor tomar com estômago cheio.

  16. Umdiamais diz

    Sinceramente, estão tentando nos fazer engolir essa história de estarmos longe da cura, seja ela funcional ou não. Como dito, muitas são as frentes de combate e vários são os bons resultados obtidos. Esbarramos na burocracia, até entendível, pois estamos falando de vida. Por outro lado nos deparamos com a mesquinharia do mundo capitalista que só visa o lucro. Termos medicamentos melhores a cada ano que passa, ótimo, mas isso não é o suficiente!
    Não percam a esperança meus queridos!!

  17. Fênix diz

    Com um pouquinho de boa vontade dava para simplificar esse processo, vide h1n1 que no primeiro ano de epidemia já tinha vacina e tratamento

  18. Emily diz

    Choro quase todas as noites com medo de morrer cedo, tenho só 20 anos, será que fazendo o tratamento direitinho consigo viver um bom tempo? meu medico disse que se eu for boa menina vou morrer de velha rs, gostaria muito de acreditar nele…

    • Diego Fortaleza diz

      Claro Emily,nada melhor que usar o tratamento direito,esquecer que tem a condição,curtir a vida que você viverá e muito,acredite em Deus e tenha fé!

    • HopeAlways diz

      Vai viver muito sim Emily, faz o seu tratamento certinho que vc vai curtir e realizar muita coisa boa nessa vida. A expectativa de vida hoje em dia é bastante longa. Seu medico não a enganaria, ele sabe das coisas. Vai dar tudo certo. Estamos todos juntos !! 🙂

    • Secret Guy diz

      Emily,

      A história do HIV tem mudado muito. Os tratamentos atuais já são muito eficazes. Fora isso, há dezenas de novidades como novas medicações com menos efeitos colaterais, monoterapia, doses injetáveis e até a possibilidade de cura…. com tudo isso ao nosso favor devemos focar no cuidado da saúde com exercícios físicos, boa alimentação e mente sã… mesmo não sendo fácil as vezes!

  19. Fenix diz

    So pra constar a vacina contra a dengue deve estar no mercado ano que vem.

    • DD+ diz

      demorou viu…a dengue ta ha mais de 15 anos levando mta gente pra cama e pro caixão. affs

    • Que benção! Eu tava até surtando de medo. Tem gente em todos os lugares pegando isso, meu CD4 ainda não está lá essas coisas (entre 300 e 400).

  20. Olá queridos combatentes!
    Precisamos entender o seguinte: a cura é um binômio POSSIBILIDADES X TEMPO. Ou seja, em meio a tantas pesquisas desenvolvidas a cura já existe. No entanto, precisa-se de tempo para que ela seja comprovada como tal. Basta lembrar que os nossos “suplementos” (antiretrovirais) só foram efetivamente utilizados como remédio para combater a infecção pelo HIV depois de alguns anos de testes e são aprimorados gradativamente. Antes disso, infelizmente muita gente morreu de AIDS. Também é imprescindível lembrar que o organismo humano leva em média 10 anos para renovar todas as suas células, assim sendo, alguns dos métodos de CURA estudados nessas pesquisas, como o “chutar e matar”, necessitarão desse TEMPO para comprovar sua eficácia na erradicação do HIV do nosso organismo. Portanto, só nos resta esperar e além de sermos, pensarmos positivo! (trocadilho infame) hehehehehehe……..

  21. Alem disso temos mais essas pesquisas:

    Gilead Sciences, a principal fornecedora de medicamentos para tratar HIV, começou um pequeno estudo em HIV pacientes de GS-9620, uma droga que estimula o sistema imunológico e mostrou sinais de reversão de latência viral em macacos.

    Sangamo BioSciences está testando uma abordagem que altera geneticamente células do sistema imunológico dos pacientes para que eles se tornam resistentes ao HIV infecção.

    Fé em Deus e fortes para aguardar esse jogo milionario de brigas entre eles

  22. gutto diz

    juro q leio estas coisas e vejo algo tao longe p se esperar… Eu nem sei oq pensar sobre… E vejo tanta gente aqui dando errado com este 3×1.. eu tomo os mesmos comprimidos q o 3×1 mas ainda nao separados e este q tomo anoite, no inicio, me deu muita tonteira, quentura.. ficar acordado ate tarde nao dava 23 hrs eu ja estava tonto, hj nao.. hj ja demora mais p aparecer e quando aparece é beeem pouco … sera q quando eu trocar p 3×1 pode me da de novo? e da estas alergias ae q esta dando em geral? e sobre esta cura, aff, nem espero por ela…

  23. Havia esquecido desta

    Com o objetivo de encontrar a cura do HIV até 2020, a Fundação para Pesquisa da Aids (amfAR, sigla em inglês) lançou a campanha “Countdown to a Cure for HIV/AIDS”, no dia 5 de fevereiro. A ideia é que 100 milhões de dólares sejam investidos em pesquisas voltadas para o tratamento do vírus durante os próximos seis anos.

    Em 2013, pesquisadores financiados pela amfAR foram capazes de documentar o primeiro caso de uma criança a ser curada e um grupo de pacientes na França em remissão (ainda soropositivos, mas sem nenhum sinal de progressão da doença).

    • Alexandre diz

      Essa criança é o “Bebê do Mississipi” e ela já voltou ao TARV, infelizmente. Sobre essa cura até 2020, estão interpretando ela muito erroneamente. O que eles pretendem até 2020 é encontrar uma estratégia que possa levar a uma cura em massa, e não a cura propriamente dita. Sobre a BioScience, a estratégia deles por ser terapia genética ainda vai demorar muito. Algo em torno de 15 a 20 anos e será extremamente cara, possivelmente. Temos outras estratégias muito melhores, em estágio de estudos muito mais avançadas e muito mais confiáveis e aplicáveis.

      • Carlos diz

        Isso mesmo. Acho que vc tem razão. Existem muitas opções por aí e algo deve aparecer logo logo. Acredito

  24. caradobemsampa2 diz

    que venha a cura!
    enquanto isso vou me cuidando. afinal, preciso estar 100% para a festa da cura 😉

  25. Fandangos diz

    Viva pra ser feliz irmão, agrade a si mesmo.

    Vem cura, vem… 🙂

  26. Fandangos diz

    Quem quiser me adc no Skype pra trocar experiências

    henryco1231

  27. gutto diz

    gente, com base de tudo q se lê e as informações postadas e confirmadas aqui, cabe a nós, positivos, viver a nossa vida sem pensar em cura,ok?! vamos viver nossos dias HOJE e ser feliz hj ,mesmo tendo q tomar medicações, pois esta cura pode sim vir, mas vai demorar e muito. N podemos esperar 15, 20, 30 anos p começar a ser feliz.. esqueçam isso.. Tem gente q entra aqui todo dia com essa coisa de cura na cabeça, isso nao existe, é pior ainda ficar com esta bala alojada no meio do cérebro, nao da gente!!! ja foi, e esta sendo provado q a expectativa de vida é normal, então??!?!?! se é normal, pq temos q esperar taaaaaaaanto esta cura q só existe em estudos e para um futuro longe?

    • Sinceramente, você já ta ficando chato com essa conversa. É óbvio que qualquer pessoa que tenha uma doença, deseja uma cura. A medicação tem efeitos colaterais, a curto ou longo prazo. Se você se conforma com isso tudo, ótimo! Mas não queira controlar o desejo e a esperança dos outros. Acho que não é dessa forma que se conforta alguém.

      • gutto diz

        chato é quem fica aqui todos os dias achando q a cura vai aparecer como se nao tivesse outra coisa na vida delas… Isso q é chato.. Chato é gente se dando de coitado vitima dos próprios erros.. Cabeça levantada meu amigo agora é viver sem se fazer de coitado e mimimi tem muita gente q passa os dias aqui achando q a cura vai aparecer assim… e passar a mao na cabeça nao adianta nao…

        • pensador diz

          gutto vc tem toda a razão…teve gente que, não obstante a intensa campanha sobre AIDS abusou da sorte, contraiu o maldito e a primeira coisa que vem fazer é vir aqui perturbar e dizer que ” o chão se abriu”…kkk…ora, sejam homens uma vez na vida e assumam o próprio erro, vir aqui cobrar solução imediata pra um mal que vc mesmo plantou é patético!

          • D_Pr diz

            Sabe ser pensante, no momento da descoberta, o alento é o desabafo! Faz quanto tempo que é soropositivo?

            • hmax diz

              pensador, acredito que todo mundo aqui abusou da sorte e contraiu o virus. agora resta se tratar e esperar a cura, por que não? A vida ja não e um mar de rosas, se pra vc foi facil se descobrir soropositivo, não vem aqui criticar “ENCHER O SACO” de quem nao se deu tao bem com a descoberta. Está todo mundo no mesmo barco. Se você acho que não, pelo menos guarde suas palavras.

  28. HOPEFULL diz

    Dúvida: A cura a que o prazo acima se refere é a esterilizante? Porque eu acho que bem antes teremos uma cura funcional! Algo (de preferência em dose única) que nos manterá com carga viral basal, inofensiva e não transmissível por secreções corporais!!

  29. Dan diz

    Acredito que, enquanto as empresas farmacêuticas, lucrarem com os medicamentos, estaremos longe de uma cura. Infelizmente, o dinheiro sempre está acima de tudo nesse mundo.

    • Olá Dan!
      Seu ponto de vista é coerente, mas cabe aí um contra-argumento. Foi justamente por visar o lucro que a indústria farmacêutica desenvolveu e desenvolve remédios, como os nossos antirretrovirais. Contudo, hoje já existe a quebra de patente para muitos deles e com isso a indústria de medicamentos perde em lucratividade. Aquela que descobrir a cura lucrará mais, pois não será de uma hora para outra que se erradicará o vírus HIV dos seres humanos. E acredito que isso se dará por três motivos básicos: 1 – são mais de 35 milhões de pessoas diagnosticadas com HIV em todo o mundo; 2 – ainda há outros tantos milhares, quiçá milhões,de PORTADORES do vírus NÃO diagnosticados como SOROPOSITIVOS para o HIV; 3 – infelizmente o ser humano é falho e inconsequente o suficiente para depois de descoberta a cura, não se preocupar em manter relações sexuais desprotegidas, sem ter conhecimento da sorologia do seu parceiro. Basta ter como exemplo, várias outras doenças (sífilis, gonorreia, tuberculose e até mesmo a hepatite), que de certa forma foram banalizadas depois de se descobrir cura para elas.

  30. ANDRÉ diz

    De todas as matérias já postadas, essa em específico, pelo menos pra mim, foi bem desagradável lê-la, pois se há 30 anos atrás os médicos sempre diziam que “daqui a 5 anos poderemos ter a cura” (e não surgiu) e agora vem essa com daqui a “10 a 20 anos” é desmotivante. E não falo quanto à questão de vivência mas da questão de relacionamento afetivo mesmo.
    Há tantos outros estudos que dão mais “esperanças” de algo mais palpável e vem essa jogando bem lá pra frente (sinal de quer arrecadar dinheiro dos bestas por mais tempo).

    • Herivaldo Virulato diz

      André,
      Para a questão de relacionamentos afetivos, bastaria que a ausência de infecciosidade dos indetectáceis fosse divulgada. Eu torço muito pra isso. Nenhum diabético tem problemas pra se relacionar. Nós tb não precisaríamos ter.
      Eu quero a cura, mas sei que terei de espetar por ela. Mas a divulgação do fato de que somos parceiros sexuais seguros é algo que podemos ter agora!
      É importante tb que se tenha em mente que a redução em 96% da chance de transmissão, de que todos falam, é uma estimativa para cima. Na verdade, nenhum caso de transmissão foi documentado até hoje. Segundo meu médico, as chances de um indetectável transmitir a doença é zero.
      Essa deve ser nossa luta. A cura virá a seu tempo. Mas precisamos começar a viver agora.

  31. Zeus diz

    Alguém aqui teve ínguas no pescoço por muito tempo? #Curiosidade

    Eu não penso em 10, 20 anos. Se a doença não existisse as pessoas não saberia se no dia seguinte estaria vivo. Viva um dia de cada vez, viva seus sentimentos com toda força, viva enquanto à vida em suas veias, viva enquanto sua alma quer voar.

    Nesse momento, a melhor cura é a espiritual.

    Vida longa…

    Ass: Zeus

    • Herivaldo Virulato diz

      Eu tive torcicolos por três meses. Só passou quando fiquei indetectável.

  32. Caio diz

    Amigos,
    minha primeira consulta só está programada para o dia 03/06, infelizmente tendo que esperar cerca de um mês para iniciar o tratamento. Busquei um infecto no meu plano, mas os que tinha, só possuíam disponibilidade para julho (triste fato). Enquanto isso, tudo que me ocorre me deixa tenso, apreensivo, para que chegue essa data. Não está sendo fácil, não esperava que fosse, mas estou firme, pois como disse em outra oportunidade, devo isso a minha família (mesmo não sabendo), aos meus amigos e principalmente a mim mesmo. Hoje fazem 14 dias do meu diagnostico, ainda estou com diarreia, algumas manchas vermelhas no corpo e com pouca disposição.
    Vamos em frente!

  33. CidadãoDoMundo+ diz

    Bom dia pessoal!

    Eu estou recente diagnosticado com o vírus, já comecei o tratamento e acompanhamento com minha infecto, porém, meu objetivo de vida é mudar do Brasil e ir morar na Austrália. Gostaria de informações de como seria esse processo por lá, dos medicamentos, das consultas, seria possível eu continuar por lá? Seria mais difícil? Obrigado

  34. Enquanto há vida, há esperança. diz

    Boa tarde uma duvida,
    quando descobri minha cv era de 500 mil +ou- comecei tomando ten+lam+efav separado e em 2 meses ela abaixou para 5 mil, hoje passei com minha infecto e no ultimo exame ja tomando o 3×1 minha cv só abaixou para 3mil e pouco, a médica ja ta pensando em trocar a medicação pq disse q a cv teria que ter abaixado mais, alguem de voces ja passaram por algo parecido. Vou fazer o exame de novo semana que vem e passo nela em julho pra ver se vou trocar ou não a medicação. Abraços!!!!

  35. Diego Fortaleza diz

    A cura tá mais perto do que nunca galera!!!Acreditem!!!Pensar sempre positivo!!!

  36. Deborah♥ diz

    Boa tarde,

    Estou um pouco triste com os meus resultados de exames, com apenas 25 dias de tratamento com o 3×1, fiz os exame
    Cd4 e Cv
    Cv está em 47 cópias, o meu médico disse que esta quase zerada,
    Mais o Cd4 está em apenas 161 muito baixo, fiquei muito triste,
    O médico disse para não me preocupar que ia subir mais eu estou com medo, e também por estar baixa, nem poderei tomar a vacina da gripe ou qualquer outra vacina:
    Será que ele vai aumentar? sera que demora agora estou aflita pois a minha próxima consulta com ele será da qui a 6 meses.
    JS, o seu cd4 também era baixo né o que vc fez?

    • pensador diz

      Fica assim não…tenha bom ânimo! Cuide de sua alimentação, sua qualidade de sono e de seu espírito! Garanto que na próxima consulta voce estará indetectável e com CD4 mais elevado.

    • Deborah♥,
      Troquei o Biovir, que tem AZT e que pode interferir na recuperação do CD4 em algumas pessoas.
      Depois disso, meu CD4 melhorou um pouco…

    • Deborah❤, eu ontem peguei resultados de exames. Meu CD4 esta em 333, não parecia um número animador, mas tem os outros números que valem a pena analisar. Minha relação CD4 /CD8 anterior estava em 0.26 e agora está 0.34. O % de CD4 e tb do CD8 a cada exame melhoram um pouco. Claro que eu queria tomar um comprimido mágico e amanhã fazer novos exames e ter estes números todos bem lindos, mas preciso ir com calma e viver cada dia da melhor forma que puder, pois, sentimentos ruins diminuem nossa imunidade.
      Quando vi o 333 até chorei (Vidaaaaa, sua linda, obrigado por me acalmar).
      Comecei a TARV há seis meses e meu exame anterior ao início da medicação deu CD4 menor que 200, não tive problema de saúde nesta fase, creio que você também não terá.
      Nem sou muito experiente nem o cara mais correto com meus hábitos (sou tabagista, gosto de uns drinks, parei a academia), mas recomendo que procure ter bons hábitos, e logo logo você estará nos contando como está feliz com seus números melhorando a cada dia.

  37. Deborah♥ diz

    Obrigado,
    Js, pensador, binhomais
    De coração muito obrigado.
    Nessas horas que bate aquela depre, e muito bom saber que sempre tem alguém, que por mais distante que esteja sempre vai te dizer, tenha calma, vai da tudo certo. E com isso o ELO desta CORRENTE só se fortalece.
    Que Deus abençoe a todos, e nos de muita Saúde. Bjs

  38. Novo positivo diz

    Pessoal! Viram isso? \o/ 😃
    Fonte: http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2015/05/instituto-espanhol-testara-vacina-contra-aids-em-200-pessoas-em-2016.html

    Instituto espanhol testará vacina contra Aids em 200 pessoas em 2016

    O Instituto de Pesquisa da Aids (IrsiCaixa) começou a preparar os testes clínicos de sua vacina terapêutica contra a doença, que será usada em um grupo de 150 e 200 voluntários a partir do próximo ano, segundo informações divulgadas pela instituição nesta segunda-feira (18).

    A vacina foi desenvolvida por pesquisadores do IrsiCaixa, de Barcelona, se mostrou eficaz em testes com animais e é a primeira desenvolvida com base na resposta imunológica apresentada por um grupo reduzido de pessoas capazes de controlar a infecção por HIV sem tratamento antirretroviral.

    Segundo o centro, atualmente estão sendo produzidos os lotes clínicos que serão administrados para os voluntários, assim como desenvolvidos os testes para a aprovação pela Agência Espanhola de Remédios e Produtos Sanitários.

    A pesquisadora Beatrix Mothe explicou que os tratamentos antirretrovirais atuais conseguem conter a progressão da infecção por HIV, mas não podem eliminar a totalidade de vírus do organismo. Por esse motivo, a estratégia mais realista para terminar com o HIV e a Aids passa pelo desenvolvimento de uma vacina efetiva, segundo Mothe, que acrescentou que os testes de fase I e II serão iniciados graças aos bons resultados obtidos com ratos e macacos.

    “Estudamos em profundidade como se comporta o HIV em milhares de pessoas infectadas e aprendemos qual é a resposta imunológica necessária para controlar a replicação do vírus à revelia de tratamento antirretroviral. Essa resposta é a que incorporamos ao projeto de nossa vacina HTI”, detalhou Beatrix.

    Os médicos esperam poder iniciar os testes em humanos ao longo de 2016. A primeira fase durará um ano e terá como objetivo deixar em experimentação a segurança e a capacidade do candidato a ser vacinado de induzir uma resposta imunológica forte e duradoura.

    A segunda fase terá uma duração de entre um ano e um ano e meio e avaliará a eficácia das vacinas para conseguir uma cura funcional, que consiste na capacidade da vacina de impedir que o vírus atue após a retirada da medicação antirretroviral. EFE

  39. Gil diz

    OLÁ PESSOAL!
    Eu descobri o HIV há menos de um mês. Quase pirei. Foi um choque, por ser casado e monogâmico (e quando saí da linha, usei camisinha). Minha esposa não tem, deu negativo e não tínhamos relação há uns 70 dias, por eu ter adoecido, termos brigado, enfim, creio que fui infectado em 2015, caso contrário ela teria pego o virus.
    Li tudo o que pude ler neste mês. Informação é tudo. Sou muito encucado.
    Mesmo sendo psicólogo, sou humano, mas trabalho tanto que mal tive chance de pensar na situação. Fiquei uma noite sem dormir, pensei muito enquanto lia, lia, lia… repeti a leitura e assim foi. Mas grilar mesmo, achar que não verei meus filhos formados e adultos, isso eu não penso. Mesmo que eu tenha de tomar TARV por 30, 40 anos, eu tomarei.
    Até lá, ser feliz é um imperativo. Até lá, a ciência vai avançar e melhoraremos.
    Não creio que se cure o virus, nem sei se há interesse na cura, do ponto de vista comercial.
    O que quero mesmo é que acabe o preconceito. Que a informação de que bons tratamentos resultem na cura funcional chegue rapidamente a todos e que nossas paranoias acabem tão rápido quanto devem passar os efeitos colaterais temidos.
    Enquanto isso, montei uma estratégia de contar a quem trabalha comigo e tem estrutura para poder me dar uma palavra amiga quando preciso.
    Estou tomando vitaminas e minerais, ômega 3 de peixe e ômega 3,6 e 9 de vegetais, suplemento de vitamina C e principalmente D, que estava deficitária.
    Procurei psicoterapia (ajuda muito, eu atendi muitos soropositivos nestes últimos 20 anos), e agora me vejo do lado de cá, não analisando o soropositivo, mas sendo analisado.
    Minhas células CD4 estão em 600, minha CD81500, minha carga viral, peguei hoje, está alta, em 211 mil. Minha médica infecto não quer começar a TARV agora, mas acho que, amanhã, quando ela ver os 211 mil de cv, ela mudará de ideia.
    Estou bem de saúde, tenho 42 anos, estou com obeso (foi fazendo exames para redução de estômago que descobriram o HIV), vou zerar minha carga viral e fazer a bariátrica.
    Jogo tenis e nado, vou à praia, saio com meus cães, brinco com meus 3 filhos e com minha esposa e estou feliz por estar nesta experiência de vida. Tudo é uma chance de crescer e de ajudar.
    Este site e o blog do Prazer, Alexandre dão muitas dicas e informações, além de encorajar a gente a seguir em frente.
    Desculpe me alongar, mas precisava de um espaço para dizer o que penso a pessoas que estão na mesma condição que eu.

    • Enquanto há vida, há esperança diz

      sou novo aqui também, mais creio que é isso mesmo que você disse gil, não vamos deixar de fazer nossas atividades e vamos viver da melhor maneira possível,o bom daqui é que podemos ver as histórias das pessoas que estão passando o mesmo que a gente, e bola pra frente sempre!!!!! abraços

  40. Gil diz

    Imagine que alegria a nossa de sermos a primeira geração do planeta a ser curada do HIV…
    Eu passei tanto na vida: de racismo e preconceito social, pobreza, pais desequilibrados que brigavam o dia todo todos os dias, irmãos mortos, dificuldade de estudar, trabalhar, ler..
    Depois a duras penas fiz faculdade, pós, mestrado, me livrei de crises emocionais, fiz patrimônio com o suor do meu rosto, casei com uma mulher maravilhosa, tenho filhos incríveis, perdi toda a casa nova em enchentes, levei golpe de familiares que ajudei a matar a fome, que tirei da miséria e emprestei nome, cartão, cheque e vocês sabem o que ocorreu…
    Superei tudo, me reequilibrei, subi na carreira, reestruturei minha vida, ensinei e ainda ensino em grande universidades, trabalhei quase 20 anos num centro de estudos em Psicologia, viajei muito, trabalhando e lutando para ter tempo de estar com meus pequenos, para ajudar pacientes… enfim, um pique só, uma loucura só…
    Me livrei de dívidas, limpei meu nome, recomecei a vida num lugar bonito, tenho empregos excelentes e quando tudo caminhava bem, eu agora, com 43 anos e esperando uma estabilidade, concursado, esposa bem empregada, felizes com tudo…
    … Aparece HIV e sequer sei como foi…
    Ao invés de chorar e me vitimizar, creio que Inteligência Superior nos deu chances de estar numa nova era, de fazer História, de conseguir mais ainda superar os desafios. Afinal, tudo começou quando a cegonha nos deixou aqui, no Brasil: eis o primeiro grande desafio… vencer na vida sendo brasileiros.
    Eu, claro, como vocês, não quis ter o bichinho em mim, mas já que veio, vou lutar para ele sumir o máximo que der e, quando conseguirem o tiro fatal nele, estarei vivo, saudável e pronto para abrir o melhor champagne e COMEMORAR.
    Enquanto isso, abro o melhor champagne (quando tiver grana pra comprar) e vou comemorar a chance de estar bem, de ficar bem de conseguir aderir ao tratamento.

    • Pedro diz

      Você não é a primeira pessoa que disse que nunca teve relação sem camisinha e contraiu. Infelizmente isso assusta, até mesmo quem tem uma relação sorodiscordante. =(

      Mas, bola pra frente, cara. A vida está aí e a cura não demora.

  41. Gil diz

    Acabei de sair da minha infectologista.Iniciarei amanhã à noite a minha TARV. Como estou com triglicerídeos altos (430), ela não vai entrar com o 3×1. Meus exames apontaram uma mutação do virus da hepatite B, mas meu corpo reagiu, estou sem sintomas, mas terei de esperar para que o próprio corpo termine de eliminar o invasor, de meses a anos.
    Ela entrou com 3 medicações, mas não o 3×1, um análogo do inibidor de transcriptase, para preservar a função hepática, não subir o triglicérides.
    Eu fiquei assustado com relação à “mutação” (um deu não reagente, outro deu reagente, outro regaente IgG), mas ela disse que isto não preocuparia.
    O que acham, mesmo na opinião de leigos, alguém passou por isso?
    Um abraço, desculpem por me alongar… estou ansioso, apesar de ser psicólogo, sou humano e esta situação toda é nova pra mim.

  42. Petrus diz

    Oi pessoal, comecei meu tratamento faz 1 ano e 2 meses. Quando fui diagnosticado minha carga viral era altíssima, quase 500.000 cópias do vírus e meu número de CD4 era baixíssimo, apenas 89. Quase morro por antecipação!!! De imediato iniciei o tratamento, tomando efavirez, tenofovir e lamivudina separadamente, e após 3 meses retornei a minha infectologista e já estava indetectável e com CD em 187. Continuei o tratamento e após retornei novamente, continuei indetectável e com CD em 209. Ontem colhi sangue novamente, e daqui a 20 dias retorno novamente e espero muito que tenha melhorado mais. Hoje tomo o 3×1 e quase não tenho efeitos colaterais, a única coisa q me incomoda é uma pequena dor de estômago e a falta de sono… Minha infectologista, por sinal, maravilhosa e dedicada, me recomendou ir pra academia e não deixar de malhar, desde então nunca parei. Ela estava pra Londres para um congresso internacional sobre HIV/AIDS, e quando eu retornar eu espero que ela tenha trazido boas notícias. Só pra constar, às vezes fico abatido quando eu vejo pessoas que morrem, q sei q foi em decorrência de AIDS, só penso que irá acontecer comigo tb… E na maioria das vezes, as pessoas ficam muito magras e vivem meses em hospitais em tratamento. Só peço a Deus pra não deixar que isso aconteça comigo, pois até então, vai ser muito difícil pra mim e para minha família. Sou filho único e não contei nada pra ninguém sobre a minha condição. Se minha família souber, vai ser muito ruim pra todos. Me conforto quando entro aqui e leio depoimentos otimistas e de pessoas q vivem bem.
    Busco amizades por aqui e gostaria de saber se alguém já se recuperou bem quando estava com CD4 muito baixo.
    Abraço a todos.
    Meu e-mail:
    petrusscott@hotmail.com

  43. Ola vencedores dessa guerra. Há dois meses descobri que sou soropositiva. Há um mês e 10 dias tomo o 3×1 sempre as onze. A primeira semana foi dificil, fiz vômitos e e perdi muito peso. Aos 15 dias deu uma baita alergia, tinha coroços como espinhas no rosto, pescoço e costas. Aliviou um pouco de la pra cá, mas, continua em pequenas partes. Estou com sinuzite e otite. Mas o que mais me incomoda é a falta de sono e a pressão alta 14/9 quase todos os dias; Tive carga viral em 303 mil e cd4 em 130 muito baixo; Farei meu próximo exame mês que vem; Alguém ja teve pressão alta e insonia e passou?

  44. Carlos diz

    Pesso muito a Deus que essa cura apareça logo ou pelo menos algo com menos efeitos colaterais é que não seja todos os dias. Só digo que não é fácil todos os dias lembrar disso. Meu senhor Deus misericórdia de todos nós!!

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s