Artigos
Comentários 252

Carta de um leitor: a cura e seus problemas

“Caro Jovem Soropositivo,

Como vai? Espero que tudo esteja bem. Te escrevi há algum tempo e, agora, volto a te mandar mais uma carta para tentar aprender um pouco mais contigo. Espero que você tenha se tornado confortável com esse tipo de assédio, uma vez que a atmosfera dos teus textos, sempre tão tranquila e sedutora, nos ajudam a tomar o HIV por aquilo que ele é: uma condição crônica de saúde administrável.

Quanto mais o tempo passa, menos eu desejo nele voltar e desfazer os infortúnios que me levaram até o diagnóstico.

Como qualquer pessoa que vive uma condição crônica de saúde, certamente preferiria não tê-la. Mas, quanto mais o tempo passa, menos eu desejo nele voltar e desfazer os infortúnios que me levaram até o diagnóstico. Como leitor do seu blog, desde o começo do meu diagnóstico, eu, assim como você, procuro me inteirar acerca das novidades nos campos da farmacologia e da microbiologia. Seja a respeito de novas formulações mais seguras, com doses espaçadas ou não, seja pra falarmos sobre a possibilidade de uma cura. Afinal, todos queremos nos sentir independentes dos remédios e das consultas com a frequência que nos é exigida. Nada mais natural. Contudo, as discussões sobre a cura, uma vez que se trata de um campo transversal que é habitado por várias disciplinas, nem sempre é acessível a muitos de nós, pois não temos o domínio técnico necessário para compreender o que se passa e a amplitude dos achados.

Sempre me lembro da sua interpretação dos resultados do HPTN 052 — quando você disse ao Dr. Esper Kallás que ‘um parceiro sexual que faz o teste de HIV e tem resultado negativo é mais seguro do que eu’, e então escutou dele a precisa correção: ‘Não, Jovem. Acho que você entendeu errado a mensagem desses estudos. Você é mais seguro do que isso. Em primeiro lugar, em ciência não existe nada 100% seguro. Em segundo, a margem de redução na transmissibilidade que observamos em pessoas como você, que têm HIV e cuidam da saúde, tomando antirretrovirais e mantendo a carga viral indetectável, é muito alta. Mais alta do que outros métodos de prevenção já observados. Por isso, sabemos que pessoas como você não transmitem o HIV.’ Trata-se de um equívoco hermenêutico seu que, ao ser corrigido, deve ter trazido, não sem seus relevos, uma enorme sensação de alívio.

Tenho acompanhado muitos blogs a respeito da cura. Meus olhos sempre procuravam, nos textos, a palavra ‘cura’ e suas respectivas previsões. Mas, desde o final do ano passado, tenho notado que não me sentia tão animado quanto antes para ler as pesquisas com tantos dados técnicos. Neste começo de ano, no entanto, sobretudo por conta da conferência realizada em Seattle, me peguei novamente digitando, no Google, os termos ‘cura + HIV’. E tenho percebido que isso tem me deixado intranquilo e ansioso. Suponho que seja decorrente de um rush de dopamina. Algo que ocorre em alguns de nós, durante alguns minutos, até que tomemos a nossa próxima dose de antirretrovirais.

Um artigo de um ativista chamado Josh Kruger aborda a questão de um ponto de vista bem pragmático. Ele defende que já temos a solução para o problema, bem diante de nossos narizes: erradicação do estigma e tratamento antirretroviral amplo. Segundo Kruger, as constantes notícias a respeito da cura são um devaneio que mascaram o verdadeiro problema: 16% das pessoas vivendo com HIV no estado da Filadélfia, nos Estados Unidos, não estão cientes de sua sorologia e estima-se que no Brasil — um dado já familiar — um quinto das pessoas infectadas não fazem ideia de que portam o vírus.

Stigma Cartoon

Entretanto, posições dogmáticas me incomodam. Tenho achado que, no fim das contas, deve existir uma síntese para essa antinomia: de um lado, achar que, pelo fato de estarmos próximos à cura, o estigma deve ser o pano de fundo das estratégias de prevenção e, de outro, ignorar os avanços tecnológicos. Ambos parecem contraproducentes, não acha? E é exatamente por isso que escrevo essa carta.

Não sabemos quanto tempo vamos levar até a cura. Não fazemos ideia se isso vai ser daqui 5 ou 10 anos. Personalidades envolvidas em doações de quantias generosas para fundos de pesquisa na cura de patologias crônicas, como Bill Gates, por exemplo, não se furtam em especular que isso se dê em não mais que 15 anos. Sem dúvida, um prazo razoável para jovens adultos como nós.

Fazer previsões com base em doenças que já encontram uma cura não nos torna capazes de prever adequadamente quando teremos acesso ao Santo Graal da imunologia, que é a extirpação do HIV de nossos corpos.

Comemorar os avanços científicos deve fazer parte de uma sociedade secular, mas é preciso também prudência e razoabilidade: das estratégias sobre as vacinas de DNA, que utilizam uma infecção viral benigna, forçando nossas células musculares a produzirem anticorpos eficazes, até os achados de novas medicações que retiram da latência o RNA pró-viral, temos um hiato, inteiramente indeterminado, até a cura. Os cientistas não sabem quanto tempo levaremos até lá. E isso é razoável, uma vez que fazer previsões com base em doenças que já encontram uma cura não nos torna capazes de prever adequadamente quando teremos acesso ao Santo Graal da imunologia, que é a extirpação do HIV de nossos corpos. O vírus da aids tem colocado impasses particulares na história da patologia humana, para os quais, até então, não havíamos nos deparado. Isso não deixa de ser interessante na medida em que as pesquisas no campo da imunologia têm tornado ultrapassados os métodos atuais de vacinação e indicando, num futuro, novas estratégias de imunização, bem como alguns tratamentos pioneiros que utilizam uma versão desativada do HIV para tratar de tipos de leucemia aguda.

Meds Cartoon

Posso estar sendo pretensioso ao generalizar meus afetos em relação a este assunto. Mas me incomodam muitíssimo essas polarizações. A própria militância a favor dos direitos de soropositivos parece que leu ‘Vigiar e Punir’, de Michel Foucault, de cabeça pra baixo, colocando em pauta em seus juízos públicos a respeito da tecnologia lugares ocupados por entidades soberanas que detém o controle da produção dos fármacos, as quais, por sua vez, sustentam o grande mito da Big Pharma. As estratégias que curaram, com uma taxa acima de 90%, os pacientes de Hepatite C, nos mostram que os lucros com a cura são maiores do que com a venda de tratamentos vitalícios. A militância, desse modo, faz todo sentido se se direciona para um acesso amplo a essas medicações no mundo, onde são vendidas a absurdos 96 mil dólares por três meses de tratamento, em suas versões mais atuais.

Finalmente, isso nos leva à conclusão de que o nosso problema não é a tecnologia e a capitalização de recursos que subsidiam os avanços na área médica, ou em qualquer outra, mas o acesso a esses recursos. Por isso, o capitalismo precisa de uma vigilância que faça dele um meio e não uma finalidade. Por outro lado, é saudável que as comemorações não desloquem o combate ao estigma para uma dimensão foracluída, como se o terror da epidemia que matou milhares nos anos 80 simplesmente não se expressasse em nossos medos diante de todo o processo diagnóstico: de furar o dedo, até ter coragem para contar para alguém que somos soropositivos.

Essa prudência sempre está implícita nos seus textos, razão pela qual, desconfio, fazem tanto sucesso. Pode ser um equívoco meu — e inteiramente meu — achar isso. Mas sinto falta de uma abordagem frontal dessa prudência nos blogs que fornecem a nós os conteúdos aos quais temos acesso. Sei que isso já foi abordado lateralmente em praticamente todos os seus textos, sobretudo no ‘Esqueça tudo o que você sabe sobre o HIV’. No entanto, ainda há um ranço de descrença científica e de ingenuidade tecnológica que habita grande parte dos comentários, no seu e em blogs dedicados ao papel de veicularem notícias sobre o HIV.

Parece razoável admitir, sem medo, que teremos tratamentos cada vez mais eficazes.

Por enquanto, a única coisa que sabemos é que parece muito razoável admitir, sem medo, que teremos tratamentos cada vez mais eficazes e com menos efeitos colaterais, com menor nível de toxicidade, maior tolerância, mais estratégias bem sucedidas de prevenção e uma qualidade de vida que se equipara, cada vez mais, à de pessoas soronegativas — infelizmente, fazendo uma ressalva a todos aqueles que não tem acesso ao tratamento e que, infelizmente, vão desenvolver a aids. Tenho muito carinho pelo seu trabalho como blogueiro e muito respeito pela sua dedicação.

Grande abraço,

V.”

Anúncios

252 comentários

  1. Diogo diz

    É extremamente gratificante, em meio a tanta escrita errada [mtas vezes de propósito ou preguiça virtual], ler uma carta com tanta coerência de opinião e de escrita!

  2. caradobemsampa2 diz

    Refletir sempre é bom… carta super coerente!
    Sou um cara realista e prefiro metas curtas e alcançáveis…
    Nem penso na cura!
    Sigo pequenos passos, pequenas metas e comemoro cada uma delas.
    Como iniciarei a medicação hoje, minha meta será a adaptação ao remédio e ter a sorte que meu organismo se acostume com ele.
    E vou comemorar muito.!!!
    grande abraço

      • potiguar diz

        Olá meu caro
        Se precisar conversar melhor sobre o tratamento, hoje fiz um ano da descoberta
        Esse é meu whats 84 9 9970-0852
        Terei maior prazer em conversar.

  3. HopeAlways diz

    Assino embaixo em tudo. Coerente, sensata e porque não animadora? Parabéns ao V por escrever e ao JS por compartilhar conosco.

  4. Cauã + diz

    Excelente carta!!!

    Mudando de assunto
    Alguem sabe e Pode interpretar sobre os resultados dos meus exames q segue

    Toxoplasmose- Meu resultado foi reagente
    Citomegalovirus- Resultado Reagente
    PPD- Negativo
    HTLV I e II – Nao reagente
    Hav Igg- reagente

    Devo me preocupar?
    Consulta com Infecto só semana q vem “/

    • Notini diz

      Cauã,

      Tenho citomegalovírus, o cito.. Só é perigoso para quem esta com o CD4 a baixo de 100 … Sei disse pois ja fui orientado pela minha infectologista, não existe nada a fazer, só esperar ele ficar assintomático. E tratar o HIV.
      Abçs

    • Wagner-sp diz

      PPD negativo é uma boa notícia! Sinal de que, a princípio, vc não tem tuberculose!

    • casalpositivo2 diz

      OI Cauã o meu de toxosplasmose tb foi reagente…segundo a medica falou tive contato com a toxoplasmose meu corpo ativou defesas mas não desenvolvi a doença, ela me disse pra ficar longe de gatos pois se eu pegar novamente o negocio vai piorar!

  5. No meio de tantas notícias sobre a cura é impossível não criar uma expectativa.
    Quem não quer a cura? Quantificar o tempo que falta é muita pretensão. Prefiro acreditar que medicamentos menos toxicos e mais eficientes estão mais palpáveis. Nosso maior inimigo além do HIV é o preconceito, como bem disse o autor dessa carta maravilhosa.
    Por mais consciência, bom senso e humanidade.

  6. D_Pr diz

    V.. Parabéns pela carta, muito bem escrita!!!

    Mas lembre-se, em todos os aspectos da vida, quem sempre virou o jogo foram os “inconformados”, o pobre que ficou milionário, o feio que virou belo, e por ai vai…e nesse campo temos muitos cientistas, inconformados…

    Novamente, admirei seu texto, mas…desconfio!

  7. Ale diz

    Texto muto bom V.
    Tenho sempre acompanhado os textos do JS desde que fui diagnosticado. indetectável já nos primeiros 3 meses de tratamento. Seguindo a vida sempre confiante de que os tratamentos ficarão cada vez melhores. Sempre dá um pouco de frio na barriga na hora da consulta ou de comparecer ao CTA para buscar a medicação, mas fazer o que é isso ou desistir. E desistir deixou de fazer parte do meu vocabulário, pela minha família, pelos meus amigos e principalmente pelo meu filho. Agradeço a todos pelos depoimentos, pois eles me ajudaram e ajudam muito nos momento em que lembro da minha condição. Enfim, grande abraço a todos.

  8. Curiosidade, eu já ouvi medicos falarem sobre o indetectavel , mas nossa infectologista ( eu negativo, acompanho minha namorada, positiva , indetectavel) e ela sempre age de forma muito feroz quando queremos entrar no assunto. Eu tenho a pulga atras da orelha claro, mas até que ponto é esta segurança para os negativos em uma relação completamente estável? Tenho receio de cair naquela de “acreditei em algo que li”… nós nao deixamos nunca de usar preservativo, mas vai que um dia ocorre algo né? JS, você defende este conhecimentos de seu médico, mas até que ponto você teria ou não a tranquilidade de contar com o indetectavel num eventual rompimento de preservativo?
    Grande abraço a vcs e gostaria de ver algumas impressões sobre o assunto.

    • Notini diz

      Ricardo

      Me intrometendo kkkk

      Cara tenho n relacionamento sorodiscordante, e acredito muito nessa questão do indetectável não transmitir com facilidade. Afinal para transmissão deve-se ter contato em grande quantidade de vírus no sangue, pré esperma ou esperma etc … Sendo indetectável a quantidade de virus no sangue é muito baixa, tanto que o laboratório não consegue detectar.

      Porém no meu relacionamento, se ocorrer o rompimento do oreservativo, sera nessario realizar o tratamento preventivo que dura em média 30 dias com medição para HIV. Importante saber que o tratamento deve-se iniciar em até 72h após o provável contato com o vírus.

      Abçs

    • D_Pr diz

      Bom dia Ricardo! O que você sente que deveria fazer em relação ao assunto? Considerar como algo possível ou descartar totalmente a hipótese?

  9. VidaPositiva diz

    Gente, alguém tem exemplos de doenças que num passado não tão distante eram incuráveis e foram erradicadas?

    • HopeAlways diz

      Alguns exemplos são, lepra (hanseníase), tuberculose , pneumonia, meningite , ate a própria sífilis… são muitas , depois do advento dos antibióticos e vacinas é que tudo foi mudando. E a coisa só evolui … jaja teremos muito mais novidades. 🙂

    • farmacêutico diz

      1-Hepatite C,não foi erradicada mas a cura já existe! Harvoni 1 comprimido ao dia por 12 semanas
      Poliomielite, é uma doença erradicada em muitas partes do mundo ,!!
      O sarampo ainda existem surtos em alguns locais, mas existe vacina!

    • vivendopositivo diz

      O melhor exemplo é hepatite C (viral), até 3 anos atrás a taxa de cura era de 40 a 60%. Hoje é de 99%.

  10. Rachel diz

    Que texto lindo V! Adoraria ser sua amiga! rsrsrs
    Brincadeira à parte, você conseguiu verbalizar minha opinião e, pelo jeito de muitos.
    Faça hoje, escreva hoje, divida hoje, troque hoje, busque hoje. Hoje eu penso assim, mas tive que virar soropositiva para entender isso: que a vida é única e estar aqui é o que importa.
    Não sabemos sobre o futuro, sabemos sobre hoje.
    Vida linda e longa a todos nós Amigos.
    Jovem Soropositivo, você é o cara!
    Amor e gratidão a todos.

  11. gustavo diz

    Oi gente, uma duvida… eu estou indetectável mas meu namorado esta quase la.. o exame dele deu quase deu só 80 a carga viral.. existe risco de transar com ele mesmo com camisinha???/ ja estamos em tratamento alguns meses.. somos +

    • HopeAlways diz

      Definitivamente não. Vc indetectavel e ele também “praticamente”. Mto mto mto mas mtoooo difícil Gustavo. Se cuidem e amém muito.

    • Notini diz

      Gustavo o problema são outras doenças e não só o HIV. Exemplo hepatite B e C não tem cura, e ataca o figado, para o tratamento de HIV vc precisa ta com o figado saudável por causa das medicações, agora pensa a cena? Sei que é ruim ouvir isso e sei que não me conhece, mas não confie em ninguém em relação ao sexo.

      Abçs

      • gustavo diz

        Notini, eu falei em transar COM camisinha… e eu tbm tenho hepatitiB sraararsrs

        • Notini diz

          Kkkkkkkkk Gustavo, desculpa! Entendiii agora kkkk Gustavo com camisinha não tem tanto risco, ate pq se for pensar assim vc num vai transar com mais ninguém kkkkk pq é pior transar com soro interrogativo.
          Ah não falei q vc tem Hepatite brother, é pq entendi fazer sexo sem camisinha, ai nao rola neh. Abç

          • gustavo diz

            Sim, mas eu tbm twnho hwpatitiB srrs porem tbm si tenho o virus e n maltratou em nada meu figado e o meamo remedio serve p hepatite… mas so transo com ele, mas ainda n fizemos nada eaperando ambos estarem indetectaveis, mas como ele ja esta quase la, mesmo com camisinha eu queria saber.. srsrrs brigadao ae, vcs sao d granda ajuda!!

            • Notini diz

              😀 olha tive relação com meu parceiro por 1 ano sem preservativo, tenho HIV e ela não se infectou, acho essa questão de contaminação é relativo. Tive uma única relação sem preservativo, fora meu relacionamento ( n tenho o pq mentir) e me infectei … Vai entender RS

        • Notini diz

          Não cabeça, só falei que a situação pode piorar. Que ai complica mais neh, medicação para HIV e hepatite… Enfim, não falei nada por mal.

          😀

        • Notini diz

          Ah relaxa, tenho HIV, citomegalovírus, renite, asma, adenoide, braço faturado e não vou morrer 😀

          • Wagner-sp diz

            Poxa vida Notini! Na fila das patologias vc quis ficar com todas???
            Brincadeirinha para descontrair hehe

            • Notini diz

              Wagner,
              Pois é! Entre elas o que mais me inicomoda é a renite kkkkk

    • vivendopositivo diz

      Ja que vc tem hepatite B, existe vacina para hepatite b, pede para ele se imunizar com a vacina.

  12. Mauro Dj diz

    Turma

    Lembrem-se que temos que ter fé acima de tudo!!!!

    Colocar o problema nas mãos de Deus, fazer o bem, ajudar quem precisa e o minimo que fiz para tentar me sentir melhor comigo mesmo, pois esse foi o caminho

    que escolhi….

    Vamos descruzar os braços e procurar tentar fazer o que nosso amigo JS, a que tenho muito respeito, fez…. Ajudar o proximo!!!!

    Convido aqui a cada um a fazer uma tarefa simples…..

    Abra a Biblia em Salmo 91 e antes de lê-lo peça discernimento pela sua oração a Deus!!!

    Feito isso…

    Ame.

    Não há nada mais poderoso e reconfortante no mundo do que o amor, especialmente quando é genuinamente dirigido a outra pessoa em forma de simpatia, carinho,

    um sorriso, abraço, beijo ou tempo de qualidade. Exprima o seu amor – para quem está a recebê-lo, é muito mais importante do que alguma vez imaginou.

    Um grande abraço a todos e fiquem com Deus!!!!

    • HopeAlways diz

      Tb acredito que NADA é mais poderoso que o amor Mauro Dj. Isso ae.

    • gustavo diz

      Embora acho sim q devemos colocar Deus na feente n so pq temos hiv mas sim pq todo mundo deveria… te achei um.pouco dramatico sei la… parece q esta com uma doença terminal…

  13. wolf diz

    Gostaria de me comunicar com pessoas em relacionamentos sorodiscordantes. Vivo um e, às vezes, fico muito para baixo por ser portador deste vírus. É uma sensação muito ruim, que por muitas vezes não consigo explicar e acredito que conversando com pessoas que também vivem em relações como a minha, possa encontrar uma palavra de apoio.

  14. Ricardo diz

    Hoje faz um ano que descobri minha sorologia +. Como todos vcs que aqui postam sabem o qual mal nos sentimos, culpas, medos, enfim…
    Quando leio este blog e vejo que pessoas lindas como o Jovem que criou esta válvula e o autor da carta “V” além de tantos outros seres especiais me sinto revigorado.
    Até hoje somente meu companheiro (negativo) sabe da minha sorologia, não tive coragem de contar a ninguém, medo???
    Não sei, mas a sociedade é tão hipócrita…
    Nem minha infecto esclarece tanta coisa como este blog, o Dr. Esper, as pesquisas recentes, a medicação menos tóxica, etc
    Ainda fico tonto com o Evafirenz e meu sono piorou (insónia)
    Após um mês de uso do trio medicação meu exame deu indetectável.
    Atualmente meus indices de HDL, gligose e gordura no fígado, subiram, mas devem pela minha falta de atividade física e as vezes pensamentos por demais negativos.
    É excelente ter vocês e viver.
    Parabéns Jovem e a todos que amo

    • caradobemsampa2 diz

      Oi Ricardo
      Após 1 ano e ainda sente tontura?
      Estou no 3o dia do 3×1 e tenho tomado e ido dormir. .. Ao acordar sinto leve tontura e durante o dia sono. Mas diminuindo.
      Como vc não sinto necessidade de contar p mais ninguém.
      vou iniciar atividades físicas em breve. Sugiro que comece tb… Meu infecto disse que os possíveis sintomas a longo prazo devido a medicação podem ser evitados com exercícios.
      Fique bem e se precisar de algo conte comigo.
      Abraçao

  15. fernanda diz

    Boa noite…

    bom pessoal meu nome é Fernanda (fictício) tenho 26 anos estou DESESPERADA recebi meu diagnostico na ultima terça-feira…
    nem sei oq pensar pois estou grávida de 24 semanas (6meses) … vou resumir rapidinho p não ficar chato… kkkk
    no ano passado em novembro fiz doação de sangue e td OK… em dezembro descobri q estava grávida e em janeiro fiz toda uma bateria de exames e estava td ok tbm… HIV não REAGENTE
    mas a medica pediu a repetição dos exames como rotina msm… aí começou meu pesadelo fiz os exames na terça feira dia 7 de abril… no dia 10 o laboratório me ligou solicitando uma nova coleta já fiquei preocupada e qnd questionei me falaram q era por causa do HIV… meu mundo caiu mesmo antes do resultado já estava louca contando qts minutos ainda me restavam de vida!! Até q na segunda-feira dia 13 foi confirmado… o biomédico do laboratório me chamou p conversar… mas sabe qnd vc só escuta um bla bla bla e não esta prestando atenção em nada… só pensava na minha filha como ia ser agora… sempre sonhei em ser mãe e justo agora uma coisa dessas e justo cmg achei injusto…

    Pesquisei na internet e vi q há alguns casos em q há um falso positivo principalmente e gestantes… me agarrei naquela possibilidade e fomos eu e meu namorado no centro de aconselhamento chegando lá explicamos td oq estava acontecendo e ele disse q qria fazer o teste rápido (minha esperança era q o dele fosse negativo pq haveria a possibilidade de ser um falso positivo ou msm q eu tivesse ele poderia cuidar da nossa filha… mas infelizmente o dele tbm foi POSITIVO senti como se tivesse recebido o meu positivo naquele momento fiquei arrasada com vontade de sair por aí correndo pedindo socorro!!!

    Iniciei o tratamento com o coquetel por conta da gravidez a chance da minha filha ter é pouca mas ainda há a possibilidade agora a única coisa q peço a DEUS é q me ajude a superar e enfrentar td isso…

    Esses depoimentos tem me ajudado bastante e de alguma forma me sinto mais viva!
    Desde já obg!

    • Vivi diz

      Fernanda…
      Espero do fundo do meu coração que vc leia o que estou te escrevendo, passei pela mesma situação que vc mas só descobri no parto então as chances pra minha filha negativa era mínimas… Linda , olha as coisas acontece nas nossas vidas pq elas tem que acontecer e acima de tudo Deus te fortalece e te sustenta, faz o tratamento direitinho, se apega em sua fé e confia , pq Deus te deu uma oportunidade de salvar e cuidar desse anjinho, não se abala (sei que é difícil) . Passei por momentos dolorosos e cruel mas em tudo vi a mão de Deus resumindo: Se quiser uma amiga ai vai meu cel e email e qualquer dúvida ou momento de desespero cara tenta falar com alguém e seja forte pela sua pequenina tá! ? 27 995176143. Vi.vimal58@gmail.com Fica com Deus!

    • Anderson Luiz diz

      Não diga que seu pesadelo começou, veja o lado bom da história , você descobriu no início da gravidez e seu bebê com certeza nascera perfeito e saudável , a nossa sorologia em grande parte foi culpa de nossas escolhas certas ou não, agora esta vida que existe dentro de você merece o direito de ter as suas próprias escolhas e não arcar com os nossos erros.Seja forte , e boa sorte !!

  16. luquinha diz

    ANTIGAMENTE O problema de não ter cura AGORA A cura e seus problemas, é bom ler isso !

  17. Jovem+ diz

    Gente, faz tempo que não comento nada aqui. Queria tirar uma dúvida.
    Já estou há 3 meses tomando a TARV, atualmente o 3×1. Entretanto, há umas duas semanas tenho sentido um calorão forte nas costas, que não me deixam nem dormir se não for de bruços. Sinto também umas ondas de calor ao longo do dia, pode estar frio e vem umas ondas, começo a sua muito e depois passa.
    Pergunto isso porque já ouvi que o efz pode causar essas ondas de calor. Mas fico na dúvida pq eu já tive pânico e tbm sofria com esses episódios de ondas de calor. Por isso queria saber se alguém ja passou por isso.
    Bom, é isso. Se alguém puder ajudar. Beijão a todos!

    • Tb passei por isso. Se torna pior quando se mora numa cidade quente pra caramba. Enfim, passa com o tempo. As vezes ainda sinto, mas são poucos minutos depois volta ao normal.

    • Wagner - SP diz

      Estou tomando o 3 em 1 desde terça e não senti nada muito significativo! Contudo, percebi que houve um aumento considerável da sudorese! Já transpirava muito, mas, de quarta em diante simplesmente o suor aumentou demais. Nao sei se há relação com a medicação ou minha percepção que ficou mais aguçada.

  18. Olá a todos!

    Queria fazer um parêntese, depois de 5 meses em TARV e há uns 3 indetectável peguei uma gripe… E em menos de 10 dias meu organismo a eliminou, sem auxílio de nenhum medicamento.

    O que quero dizer é, aparentemente meu corpo reagiu como sempre fazia antes de eu adquirir o sangue azul. Tem ideia de como minha auto estima subiu? Estou muito satisfeito.

    Pessoal, tudo vai dar certo, acreditem.

    Bom feriado e boa saúde a todos!

  19. Madamemin diz

    O texto do Jovem “Esqueça tudo o que você sabe sobre HIV” é o melhor de todos que eu já li sobre o tema.
    Foi o texto que me apresentou o blog.
    Foi o texto que traduziu em palavras o que está gravado na minha alma.
    Maravilhoso!

    Sobre a cura, eu realmente acredito que é uma questão de tempo. Alguns anos, claro. Mas ocorrerá.
    Até lá, deveríamos é nos preocuparmos com qualidade de vida. Desmistificar a doença, acabar com o estigma e com o preconceito.

    Sejamos felizes!
    Bjos e um feriadão ótimo para todos!

  20. A verdade é que alguma forma de cura está se aproximando rapidamente. Porém acreditar que o lucro da cura da infecção do HIV é necessariamente maior do que o uso de medicamentos vitalícios apenas pela observação dos dados mencionados sobre Hepatite C é desconsiderar inúmeras possibilidades. Lembrando que estudos e análises sobre vantagens econômicas podem ser manipulados de forma a provar um ponto de vista específico com facilidade, veja qualquer eleição no mundo. A vantagem do uso de medicamentos por apenas um mercado que ainda reserve os direitos sobre os mesmos pode tornar relativo todo um estudo sobre a vantagem de lucro global da cura. E também há sempre o gráfico do ponto de inflexão, será que determinada cura não foi descoberta exatamente quando houve a inversão na relação do lucro da cura ao lucro de medicamentos vitalícios? Mas uma cura está chegando, de uma forma ou de outra. E pode aparecer inclusive de forma surpreendente por algum fator que foge da previsibilidade. Já aconteceu varias vezes na história da humanidade. E acontece muito ainda, mesmo com menor frequência. Os fatores que estão crescentemente a favor da chegada da cura: – o momento histórico de convergência, aquele momento em que forças intelectuais estão solucionando o mesmo problema de formas diferentes, inclusive achando a mesma solução em lugares tão distantes do mundo; – a revolução científica na área biológica/médica associada às novíssimas tecnologias, estamos chegando também no momento histórico em que as gerações de descobertas são ultrapassadas cada vez mais rapidamente; – o tempo de validade das patentes e o consenso da necessidade de limites dos direitos sobre patentes em caso de emergência pública, se por um lado migrar o lucro da área das indústrias para o mundo acadêmico, e pode afetar a velocidade da inovação que o mercado impõe, por outro o lucro sempre trabalhará a favor da transparência. Em todos os fatores, o principal elemento é o tempo. Mas nesses dias, como temos sorte dele estar a nosso favor.

  21. Goiano+ diz

    Bom dia amigos,

    Há muito tempo não escrevo por aqui, desde que recebi o diagnóstico.
    Essa semana estive no médico para o retorno com todos os exames feitos: toxoplasmose e citomegalovírus não reagentes, carga viral 59.000 cópias e cd4 em 732.
    De acordo com o médico, são bons números, e já iniciei ontem com a medicação, e apesar do medo de sentir os efeitos colaterais ainda não senti nada, e espero que continue assim.
    Sempre venho por aqui pra ver os relatos de todos e fico muito animado, agora é manter o tratamento e ir rumo ao indetectável.

    Bom feriado pra todos!!

    • caradobemsampa2 diz

      oi goiano
      Tb comecei a medicação ontem.
      Nao senti nada diferente. .. e que continue assim
      Abraçao

  22. VidaPositiva diz

    Hey gente, eu aqui de novo…
    Quero saber o que vocês fazem quando estão pra baixo por conta da nossa condição.
    Eu sempre fico alegre em algumas partes do dias mas ai do nada eu lembro do HIV e “pow” vou lá embaixo e só sinto a lagrima descer. O que vocês fazem para não se deixar abater?
    Caso alguém queira trocar alguma idéia, meu e-mail e skype: vidapositiva240215@gmail.com

    • Seriado e videogame é o que me salva. As vezes consigo ler, mas como exige concentração se estiver muito triste não consigo olhar pro livro.

    • wolf diz

      Muito difícil se acostumar com essa condição mesmo… Eu venho sofrendo do mesmo mal desde que descobri. Tento assistir coisas na TV ou no computador, pensar em coisas boas, namorar, mas nem sempre funciona. Às vezes me isolo para remoer tudo sozinho. O negócio é buscar força em Deus, nas coisas boas da vida, porque a barra é pesada. Espero que fiquemos todos bem no final.
      Bom final de semana e se cuide ae, VidaPositiva!

    • Goiano+ diz

      Oi VidaPositiva,
      Isso é uma coisa que é inevitável pra gente, todos nós em alguns momentos temos uma queda de ânimo em razão da nossa condição, mas isso é normal. Quando acontece comigo eu busco pensar em coisas boas, nas pessoas que eu amo, nos meus projetos, enfim, tudo o que me motiva a continuar seguindo em frente, mas às vezes bate sim a tristeza, vêm o choro, só que depois disso o ânimo volta, isso é absolutamente normal.

      Te desejo tudo de bom, fique bem e não se deixe abater. Boa noite!

    • Anderson Luiz diz

      Eu tento não pensar mudar o foco, mas é difícil todos os dias no horário da medicação me lembro o porque a estou tomando. Ninguém falou que ia ser fácil , mas vamos vivendo um dia de cada vez. Abraço.

  23. gustavo diz

    Gente, q povo depresivo . DEUS me livre,hein?! Sei la, eu nem lembro disso direito… pq tanta tristeza, vamos morrer e isso? Temos poucos dias d vida? Ah sei la… eu q estou achando minha situaçao facil e eatou errado ou vca q estao achando dificil d+ e estao erradoS

  24. andre diz

    Oi…todos os dias entro, leio, aprendo com voces..continuo na torcida muito pela cura o mais breve possível.
    Continuem firmes! Pensem sempre positivo!

    Estou orando por todos voces!

  25. gustavo diz

    Porra,n entendo, nuw e p ter visa normal, a exexpectativa d vida nuw e a mesma??? Pq esse povo se lamenta taaanto como se tivesse em fase terminal? Saco

    • maxwell diz

      Cada pessoa vive o diagnóstico ao modo de cada uma. Se vc está tranquilérrimo quanto a isso ficamos feliz por vc, mas não menospreze o sentimento de dor e angústia que os outros passam.
      Se pra vc viver tomando medicação todo dia, ser possivelmente discriminado por uma pessoa que vc gosta e vê-la se afastando “é ter uma vida normal” vc deve encarar bem a sua sorologia, pois não?

  26. VidaPositiva diz

    Há quanto tempo você teve o diagnostico, Gustavo? Adoraria pensar assim que nem você, mas sei lá, é dificil … Não sei lidar com esse preconceito que tá dentro de mim mesmo, saca…

    • gustavo diz

      Pois e, vc mesmo se coloca como algi terrivel… e n e cara!!!! Nuw e vida normal? Mesma eexpectativa d vida? Entao… as vezes acho q eu q estou errado d levar a vida bem e feki mesmo sendo +… pq vejo tanta gente colocando isso como algo twrrivel e q dificil etc… mas daqui ubs dias tudo isso pssa. … tenho alguns meses q sou+

  27. Pri diz

    Oi. Sou nova aqui e achei super bacana a forma como conversam e se ajudam por aqui.
    Então… Eu namoro ha algum tempo com um rapaz q recentemente descobriu que tem Hiv.
    E volte e meia ele se isola e não aceita o fato…. O q posso fazer pra ajudar? Eu queria que ele visse o lado positivo disso… Graças a Deus temos medicamentos… E a única coisa que realmente mudou eh q tem q tomar um cimprimido por dia!
    No mais, está Td ok!
    Vcs tb se sentem assim? O q fazem?? É só emocional mesmo?
    Obgda 😙

    • caradobemsampa2 diz

      Pri Seja bem-vinda
      Cada um tem seu tempo e uma forma de reação.
      Minha namorada, como vc tb decidiu ficar comigo e me apoiar.
      Fique bem

    • Anderson Luiz diz

      o emocional talvez seja o mais difícil de encarar em todo o processo.

  28. Jovem+ diz

    Gustavo, acredito que essa fase inicial da descoberta gera um impacto emocional muito forte no indivíduo. Falo isso por mim, que vivi esses momentos e ainda estou passando por ele, mesmo após 5 meses de descoberta e 3 em TARV. A gente sente que a nossa identidade se despedaça em muitos pedaços, é preciso catar pedacinho por pedacinho e montar de novo, e isso leva um tempo, de aceitação, entendimento da situação, do estado de saúde, as primeiras consultas, os primeiros exames, o medo da morte, do desconhecido etc… Isso tudo gera um impacto inicial muito forte até que a gente volta a confiar na nossa saúde, nos médicos, na medicina, e perceber que tá tudo bem, tudo ok e é vida que segue(com mais rigor de cuidados), entretanto, eu fui muito bem acolhido quando entrei nesse fórum, e acho que nosso papel agora é acolhar os novos amigos, porque a gente sabe como é se colocar no lugar do outro, a gente passou por essa fase. Acredito sim, mesma expectativa de vida, cuidados com a saude intensivos, qualidade de vida e uma coisa vai puxando a outra, só não devemos achar que as pessoas têm a mesma estrutura emocional para lidar com esse choque. Parabéns pela sua resiliência Gustavo, que sirva de inspiração para todos nós!

    • Wagner - SP diz

      Exatamente jovem +,
      Eu também acho que lidei bem com o diagnóstico, contudo, sofri muito nos 5 primeiros dias e não conseguia ter nenhuma perspectiva de futuro, mesmo tendo conhecimentos de bioquímica/farmacologia e sabendo que o tratamento não é mais como antes!
      Arrisco dizer que o mais sofrido não é o HIV em si, mas sim a perspectiva, mais tangível que a cura, de sermos alvo de preconceito caso nossa sorologia positiva seja revelada. Não é sem motivo que meu infecto me orientou a não revelar para ninguém, caso eu não estive muito a vontade com isso e após boa reflexão.
      Me lembro da primeira postagem neste blog, algumas horas após a descoberta e tentando buscar algum tipo de consolo/refúgio, onde recebi o apoio de estranhos dispostos a me ajudar!
      Por isso hoje, 1 mês e dois dias após o diagnóstico, apesar de não me sentir mais daquele jeito, tenho total empatia por aqueles que ainda se sentem sem chão por causa do diagnóstico. Acho que todo esse sofrimento reflete na prática aquilo que o V falou sobre estigma nas estratégias de prevenção…Aqui acho que cabe 3 pontos hehe

      • HopeAlways diz

        Eita como sempre vc com uma lucidez e bom senso enorme. Ja virei seu fã Wagner rsrs

        • caradobemsampa2 diz

          Realmente a descoberta é desesperadora. A sensação de que tudo acabou é grande.
          Tenho certeza que não teria conseguido sozinho. .. as leituras, conversas e troca de experiências estão ajudando muito.
          Realmente cada um vai lidar com o diagnóstico de uma forma.
          Estou e continuo por aqui para me informar e trocar Boas conversas…
          Ouvir. falar. .. Isso faz bem. ..
          Estou no 3o dia do 3×1 e creio q me adaptando bem. .. sinto apenas uma leve sonolência. Rs. .. Abraços

  29. Junior Alves diz

    Obrigado, por compartilhar informações importantíssimas para todos nós soropositivos. Abraços.

  30. Universidade de Barcelona Anuncia Nova Etapa de Testes da Vacina Terapêutica contra o HIV

    A Universidade de Barcelona inicia em Setembro a segunda etapa do estudo da terapia genética, agora com 36 portadores de HIV. O objetivo é eliminar o vírus em todos os voluntários da pesquisa.

    A primeira fase a vacina, aplicada em 24 pacientes, reduziu em 94% a presença do vírus. A meta, agora, é atingir, 99,9%, índice que conferiria ao estudo o alcance da cura funcional.

    fonte: http://spanishnewstoday.com/barcelona-clinic-testing-aids-“functional-cure”_21218-a.html#.VTMclyk6XRY

    • Rachel diz

      Gente, alguém por aqui sabe em que instituições devo procurar para participar de estudos relativos à cura? Em ser cobaia mesmo? Já procurei no Emílio Ribas (pela internet, não pessoalmente), e apenas me cadastrei no grupo de voluntariado.
      Se alguém tiver alguma dica agradeço.
      Bjs em vcs!

  31. zed diz

    Olá. Gente quem chegou a indetectável, faz exames de quantos em quantos meses? Abs

    • Anderson Luiz diz

      Falo por mim de 4 em 4 meses, e consultas de 2 em dois meses. Mas gosto de ir ao infecto sempre tirar minhas dúvidas que surgem com o tempo e com as situações que ocorrem.

    • Wagner - SP diz

      Nesse um mês já fui 3 vezes no infectologista…ele pediu para fazer exames de 10 a 15 dias após o início da Tarv e retornar quando tiver os resultados. E posteriormente após 2 meses. Quando eu ficar indetectavel não sei qual será a periodicidade nas consultas!
      Ahh…Meu médico pediu CV apenas no exame daqui dois meses.

  32. Zed,

    Como dizem por aí…. isso “vareia”
    O meu médico pede de 3 em 3 meses, tem médicos que pedem de 6 em 6.

  33. Dere diz

    Boa tarde! Exatamente 3 meses de ANTI. e a única coisa que me atrapalha é as vezes os pensamentos ruins que bate em torno de umas 2x na semana.. tirando isso tudo bem comigo.. os remédios vejo como multivitamínico, conheci pessoas que vive ha 20 anos com a doença não teve nenhuma reação aos medicamentos, não se internou nenhuma vez por questão de rins ou figado, VIVE COMO PESSOA DE SORONEGATIVO e ele me da muita força, mas muita força mesmo vejo que tenho que tirar estes pensamentos ruins da cabeça e viver a vida…. porque todos tem problemas …. os que fazem eles ficarem grandes ou até possuir nossas vidas samos nos…. então.. FELIZ, recuperando a auto estima e aproveitando mais a vida com inúmeros objetivos… só querendo crescer e crescer na vida.. força a todos!

    • HopeAlways diz

      Bom demais ler mensagens como a sua Dere. Pensamento de vencedor!! Em frente sempre!!

  34. Jim diz

    Pessoal !
    Pra quem fica achando que alguns dramatizam sem necessidade, é bom lembrar que cada ser humano é diferente, uns mais fortes, outros nem tanto, uns atravessam o problema “sem problemas”, outros passam verdadeiros martírios.
    Você toma sua TARV e não sente nada de mais, ótimo, mas há pessoas que passam muito mal. Você chegou rapidinho ao indetectável e cd4 aumentando, tem outros que estão doentes mesmo tomando a TARV corretamente.
    É preciso entendermos que é sim diferente pra cada um de nós, e ainda existem enormes diferenças regionais em termos de tratamento, bons médicos, dedicados, etc… Em outros lugares faltam até medicamentos, fica-se horas esperando uma consulta no meio de centenas de outras pessoas, falta estrutura, enfim, muitas diferenças.
    Alguém perguntou de quanto em quanto tempo pras consultas e exames, tem muitos lugares onde mal se consegue voltar em 6 meses e exames básicos talvez 1 ou 2 vezes ao ANO !

    Ps- Muito bom saber da notícia de Barcelona.

    • Anderson Luiz diz

      Comentário feliz o teu, já tive minha medicação trocada uma vez e hoje o esquema funciona muito bem, mas tenho alergias que nunca tive , sobre os médico moro em uma cidade que beira 1 milhão de habitantes e sabe quantos infectos temos disponiveis na cidade pela Unimed ?? Resposta 01 único, isso falando em rede particular , no centro de tratamento tem mais alguns , mas não é fácil estes profissionais assim como os geriatras e outras especialidades estão se tornando cada dia mais escassos , meu infecto é um anjo faz de tudo pra não deixar ninguém na mão , mas até na rede particular existem problemas , imagina para nossos amigos que residem nas regiões menos favorecidas de recursos neste pais?? Regiões aonde não existem nem mesmo clinicos quem dira infectos é muito difícil mesmo, não da pra julgar, o que podemos aqui é passar as nossas vivências e experiências, lembrando que entre todos vão sempre existir as diferenças financeiras , culturais , sexuais , enfim como tudo na sociedade. Só não podemos é não nos ajudarmos seja com uma palavra , com uma questão que você saiba sobre algo. Assim a vida se torna mais fácil. Beijo no coração de todos.

  35. luquinha diz

    Noticias boas estão a caminho , vocês podem se preparar para a festa da cura , mais enquanto isso aqui estou eu resfriado , sozinho e vocês são ingratos pois não tem uma alma caridosa que venha fazer uma canjinha pra mim ,só comi caqui o dia todo , como eu adoro caqui vocês não tem noção beijos e torçam por mim ( maio terá mais uma noticia , julho outra , outubro cheque mate novembro outra dezembro a festa ) e vamos torcer para que chegue o mais rápido a nós , mais não vai ser difícil não , pois por muitos anos conseguiu um grande avanço o que faltava era muito pouco e esse pouco esta a meio passo

    • Tomara Luquinha, qualquer novidade, posta para a gente, Força, Foco e Fé, abraço a todos.

    • Luquinha, como canta a sua conterrânea Tati Quebra Barraco ” cabô caqui tú vai embora, embora”….rs
      Eu amooooooo caqui fuyu!! Você comeu o fuyu ou chocolate??.
      Ah! Eu ando me especializando na criação de galináceos…. Pode deixar que da próxima vez eu mato uma “franga (o), uma galinha, um galo , depeno e faço uma canjinha bemmmm gostosa pra você!!!

      Beijos..

  36. Tom diz

    Luquinha melhoras pra vc…, e para todos que estão passando por problemas de aceitação ou coisas do tipo, este blog é uma ferramente onde buscamos forças, informações e apoio, devemos respeitar as angustias, medos e aflições de cada um, pois somos humanos e sentimos tudo isso quando passamos por dificuldades, seja elas quais forem,aqueles que se sentem forte,que bom, tenta transmitir essa forma para os de mais do blog. Foco Foça e Fé… Tem alguem do MT aqui ?

    • Tom, concordo com você!
      Foi aqui que eu busquei informações, foi aqui que eu encontrei pessoas maravilhosas e que fizeram o meu mundo muito melhor!! Eu adoro esse nosso cantinho!! Soropositivos ou não….TODOS são muito bem-vindos!!!

  37. M. diz

    Bom dia pessoal,

    Infelizmente me descobri infectado semana passada. Estou com muito medo de encarar isso, mas não apenas por mim. EU acredito que fiquei por uns 3 meses com o Hiv sem saber que tinha, e isso me tortura a cabeça. Como moro com meus pais e sobrinhos pequenos, fico pensando se existe alguma situação em que eu possa ter oferecido risco sem saber. Fico preocupado se alguém mexeu em meus objetos pessoais como gilete, escova de dentes… essas coisas… Fico com medo de utilizar o banheiro, de tomar banho em casa… de usar a bucha o sabonete, deixar a toalha exposta. Os médicos me disseram que essas são coisas de minha cabeça… Que nunca viram caso de alguém se contaminar por uma escova de dentes e nem mesmo gilete. Que o contato precisa ser profundo e que dificilmente o vírus sobreviveria em uma escova de dentes e giletes. Enfim tenho me sentido muito mal como se pudesse prejudicar os outros ou se já o tivesse feito. Estou tomando o máximo de cuidado, mas não quero abrir meu problema para minha família, mas quando penso na possibilidade de alguém ter sido infectado eu tenho vontade de gritar para todo mundo fazer o teste (insanidade).

    Por favor, não entendam isso como uma declaração preconceituosa, ela não é! Ainda estou me acostumando com a ideia de ser portador do HIV e minha cabeça é muito difícil… ela me joga muito para baixo.

    Tenho ido ao centro Espirita em busca de espiritualidade para ver se consigo melhorar. Um grande abraço a todos, por favor conversem comigo.

    • caradobemsampa2 diz

      Oi M boa noite
      descobri um pouco mais de dois meses… no inicio é tudo muito complicado, mas aos poucos vc vai aprendendo a conviver com essa nova condiçao
      seja bem vindo e se precisar de algo, vamos conversar
      meu skype
      caradobemsampa2@hotmail.com

    • HopeAlways diz

      Calma M vc vai ficar bem. No início o baque é inevitável. Mas aqui tá recheado de gente do bem.
      Pode me add tb no Skype hopealways6

    • Anderson Luiz diz

      Isso é completamente normal é o medo inicial do desconhecido do novo. No início um dia estava em casa minha irmã foi almoçar comigo , eu não contei a familia por N motivos, mas me cortei ao preparar uma salada perto dela e na hora senti que congelei não sei como não desmaiei , mas meu infecto disse que o virus em contato com ar simplesmente “morre”, mas sempre tenho na mochila um band aid, um esperadrapo alguam coisa para caso algo ocorra eu estanque o sangue e pronto sem neuras. Mas quando estiver indetectvael sua chance de transmissão seja por qual via for será próxima do zero. Então relaxe e continue sua busca por espiritualidade só não abandone sua medicação em nome de algum tratamento espiritual pode até aliar mas nunca abandonar. Nestes momentos de fragilização a cabeça as vezes nos dá idéias que não são as melhores decisões a serem tomadas.

    • luquinha diz

      M , M ,M Calma, calma ,calma calma fica calma você não vai gritar coisíssima nenhuma e também não vai contar pra ninguém da família , agora nossa M foi tanta gente assim que pode ser contaminada ? Calma não necessariamente quem você transou pode ter sido contaminado e vai la saber que foi você que contaminou . M te aconselho a procurar ao infectologista também , olha M as coisas mudaram e te digo com toda certeza VAI DAR TUDO CERTO Um dos meus médicos me disse assim , Luquinha vai passar e você ainda vai rir disso tudo , em 2013 ele já dizia que a cura não estava longe , M um dos dias mais triste da minha vida foi quando pela manhã eu abri a boca na frente do espelho e sabe o que eu tive ? CANDIDA (Candida é um fungo e está presente na maioria dos seres humanos, ela só é considerada um problema quando começa a crescer acima de suas quantidades normais, causando infecção. Isso acontece quando por algum motivo o sistema imunológico não está muito bem ) M ali foi o dia mais triste da minha vida parecia que eu estava vendo a caverna do inverno , mais tive força , lembro que eu tinha que chegar rápido ao medico no caso era num bairro chamado tijuca aqui no rio eu não tinha força para dirigir , peguei o metro ,os seguranças não entendendo nada pois geralmente eu ando no meu carro e eles vão no outro , como eu ia levar ao infecto ?, as pessoas a minha volta curiosas querendo saber o que estava acontecendo eu desconversando .No trabalho um inferno as construtoras todas me ligando de uma só vez, as meninas que trabalhavam comigo querendo saber , eu falando é o cigarro e o cigarro ,e eu não gritei , vá por mim não fale nada pra ninguém a cura já esta na portinha , teve uma coisa positiva eu parei de fumar , gente eu fumava três maços de cigarro por dia , ainda sinto falta do cigarro e quando sonho que estou fumando e muito triste mais nunca mais fumei , pois o infecto ou imuno sei la qual dos dois falou mais falou assim , duas coisas você terá que fazer a partir de agora luquinha . primeira parar de fumar esenão você vai morrer de câncer no pulmão e a outra e usar camisinha por causa da cô infecção , parar de fumar tive mesmo pois eu falei pro povo todo que o que eu tive foi um problema relacionado ao cigarro junto com uma estafa e o pior e que todos acreditaram , M força e beijos no coração

      • D_Pr diz

        Luquinha é patrão! Bom que já temos um patrocinador para a festa de despedida do HIV!

        😀

        • luquinha diz

          Com este senhor no poder , quer dizer senhora , pior que eu votei nele quer dizer nela ….. a partir de 2016 a coisa parece perigar , tomara que não vamos fazer uma festinha que não vai ser só um dia não , gente eu não sou preconceituoso e de uma forma carinhosa ou seja não há maldade no meu coração ao falar .

    • M,

      Numa situação dessas, é natural que você tenha os piores pensamentos, sensações..Só não deixe isso te dominar!! Vai por mim, isso passa!!

      Anota aí meu email/ skype pra gente bater papo…. luzvidareluz@hotmail.com

      Beijo

  38. Azus diz

    Galera, é a primeira vez publico aqui embora já acompanhe a algum tempo, tenho uma dúvida, desde que descobri minha condição não sai mais a noite, parte por precaução de não perder noite de sono e parte por uma pequena deprê, só que hoje me dei conta que a vida segue e tenho uma aniversário em um bar de uma amiga querida, gostaria de saber como devo proceder nestes meses de tratamento nunca tomei o tarv atrasado mas hoje ficarei a noite toda acordado e tomarei aquela cervejinha :-).
    Devo evitar beber e tomar o remédio no horário de sempre as 23h30 e ficar bêbado de efivarenz ou posso tomar de manhã quando chegar e for dormir?
    Valeu galera como vi aqui uma frase que adotei pra mim VIDA QUE SEGUE!

    • TOM diz

      Bom minha medica disse que nao tem problema em tomar uma cerveja ou sair a noite, isso nao pode ocorrer todos os dias kkkk, mesmo para quem nao tem hiv isso prejudica a saude, e o remedio se vc fica tonto depois toma ele, é melhor bebe-lo quando chegar do niver e dormir. Ressaltando, podemos fazer tudo do jeito que era antes,so com mais modereçao.

      • Wagner - SP diz

        Meu médico disse a mesma coisa. Se chegar em casa 4 da manhã e for dormir nesta hora, será neste horário que irei tomar a medicação.

    • Anderson Luiz diz

      Só procure não tomar a medicação em sequência da cervejinha, meu infecto também não me proibe, mas pede que tente obedecer nem duas horas antes e nem duas horas da medicação todos sabemos que o alcool pode ou potencializar certos efeitos ou também impedir de que a medicação funcione como deve. Mas tome tua cervejinha, visite o var da sua amiga, se divirta é vida que segue. Um dia de cada vez, respeitando os limites porque extravasar não faz bem a ninguém seja esta pessoa soropositvo ou não.

      • Fiquei sabendo de um aqui do blog que toma a medicação com cerveja!!…… Né não Marcos Fortal?? Você também conhece né?..kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

        Beijos

  39. D_Pr diz

    Bom dia, olha só essa pergunta…

    Hi again, Doctor Joel! I am the case of the man who may have received a false positive viral load test. My initial viral load was 13,000. A viral load 3 weeks after this was non-detectable, but I had been on Truvada. I had been on antiretrovirals for a total of 8 weeks before going off the meds against my doctor’s advice, and 30 days later (12 weeks after initial test, 1 month no medication) had a 4th generation HIV test come back negative. Is this definitive?

    Eu fico pensando..primeiro ele teve um ELISA positivo (pra ser solicitado exame de carga viral), carga viral detectada – 13.000 cópias, depois carga viral não detectada e ELISA negativo…caramba! Tem que estudar esse cidadão!

    fonte: Blog do Dr. Joel Gallant

    • Wagner-sp diz

      Que bacana hein D_Pr!!

      O que ocorreu com este cara é meu sonho de consumo!!! Mas achei interessante, pois uma vez que o corpo produziu anticorpos, estes não deveriam ser detectados permanentemente pelo Elisa, mesmo numa possível cura?? O western blot que seria o teste confirmatório né…Ou estou viajando?

      • D_Pr diz

        Wagner, o que aconteceu com esse cara é um completo mistério…teoricamente falando não aconteceria…os bebês parece que apresentam anticorpos até os 18 meses de vida, depois deixam de apresentar…por isso eles usam carga viral pra saber se a criança foi ou não infectada!

        Desse cidadão parece uma “estória”, que seria o sonho de todo soropositivo! Ainda acho que devemos estudá-lo kkkkkkk

  40. ssm diz

    Boa tarde,

    fui diagnosticada a 09/12/2014 tinha feito 33 anos há 7 dias…o meu mundo desabou, o chão fugiu-me dos pés. Descobri em exames pré-concepcionais, queria ser mãe mais uma vez, tenho um filho lindo de 5 anos (da minha primeira relação) e achei que já estáva na hora de lhe dar um irmãozinho 🙂 até porque o meu actual companheiro, com quem estou há 3 anos não tem filhos…mas descobri que sou seropositiva, desde então tenho sido seguida e o meu infecciologista, diz para não me preocupar, pois poderei vir a ser mãe novamente…é só seguir as indicações dele. Notem que até descobrir a minha condição não usava preservativo com o meu marido e ele é negativo e eu postivo….felizmente nunca o infectei.

    Ainda não estou com nenhum tratamento, pois ele diz que ainda não é necessário, então tenho ido ás consultas de 3 em 3 meses, com as análises e exames pelo meio. Sinto-me bem, não tenho sintomas, a minha carga viral é muito baixa e os meus CD4+ embora estejam a baixar (lentamente) o médico diz que ainda não é preciso medicação.

    Mas como mantenho o desejo de ser mãe, essa medicação está para breve…só a ideia de saber que poderei ter outro filho, seguindo todas as indicações médicas, terei uma criança saudável, de Deus quiser…creio que imaginam a minha alegria e coragem e fé em Deus que tudo vai dar certo. Tenho que pensar que tenho um filho que precisa de mim, um marido que apoia-me, que em momento algum pensou em deixar-me ou julgar-me ou mesmo ter duvidado da minha lealdade com ele.

    No início procurei bastante informação na internet, mas tudo preocupava-me…até que felizmente encontrei este blog, e todos vocês passaram a fazer parte da minha vida e nem sabem o quanto ler os posts, os v/comentários tem-me ajudado a perceber mais a infecção e a forma como lidar com isto.

    Tenho esperanças que um dia haverá cura, tal como aconteceu com a hepatite C, mas até lá…

    Mais uma vez obrigada a todos, bjos e que Deus vos abençoe, afinal de contas como já li algures, “não somos aberrações, nem bombas biológicas”

    • HopeAlways diz

      Tenho certeza que vc será uma mãe ainda melhor. Seu próximo filho mto saudável e vc com toda a certeza será muito feliz. Vai em frente SSM guerreira, vai dar tudo certo!!

    • Anderson Luiz diz

      A vida segue, seu bebê virá para completar a vida de vocês, parabéns pela postura deste homem que não lhe abandonou. Mas flor apenas um conselho você segue ou não, se ele não esta infectado e você tem carga viral ativa por não estar ainda tomando a medicação camisinha sempre hein. No mais sejam felizes.

      • ssm diz

        hello, sim usamos sempre a camisinha. obrigada também pelas tus palavras, vai correr tudo bem contigo, comigo, com todos nós, Deus é Grande! Bj

    • GuiPR diz

      Olá querida, eu descobri no mesmo mês que você minha sorologia positiva. Meu CD4 é próximo de 1000 e mesmo assim decidi iniciar o tratamento com o 3 em 1. Hoje estou no segundo mês e já não sinto nenhum efeito colateral. Recomendo você iniciar, com a carga viral indetectável você viverá mais tranquila porque saberá que é quase impossível transmitir o vírus para o seu parceiro. Que Deus também abençoe vocês, seu marido teve uma atitude digna. Espero que esse novo bebê traga ainda mais felicidade para sua família. Abraços.

      • ssm diz

        Bom dia Anderson,
        obrigada pelas tuas palavras. Ainda não estou em tratamento porque o médico ainda não o prescreveu, mas como desejo ter mais um filho o tratamento está para breve e sim a partir daí viverei muito mais tranquila. Bj e força também para si. Que Deus te abençoe e te dê muita força e coragem.

  41. HopeAlways diz

    Matéria mais detalhada do Jornal EL MUNDO sobre os estudos em Barcelona.

    Um trecho traduzido :

    “A vacina já foi testada num estudo clínico prévio com 36 pacientes, mostrando uma eficiência de 94%. Os restantes 6% era devido à vacina é injectada sob a pele e não diretamente sobre os nós. Agora, diz o jornal Josep Canals, coordenador do programa para a terapia celular na Universidade de Barcelona, ​​”não deve ser administrado subcutaneamente, mas diretamente na linfa”, o que tornaria a penetração melhor. O objectivo, Canais explica, “é eliminar o vírus em 99,99% dos pacientes”.
    De acordo com o coordenador do programa, esta vacina -para que ele se refere como “droga” – servem para “qualquer paciente de AIDS”. É uma terapia “totalmente personalizado”, tal como é obtido a partir de células do próprio paciente.

    ANIMADOR hein pessoal ! Vamos em frente, vencer sera questão de tempo

    Leiam toda no link
    http://www.elmundo.es/salud/2015/04/14/552d3a3b22601d14778b456c.html

  42. Brumo diz

    Oi, galera! Passei por dois aeroportos com a medicação na mochila, e realmente não questionaram nada. Bom feriado a todos!!! Abcao.

    • Anderson Luiz diz

      Eu já passei por alguns aeroportos todos no Brasil com a medicação na bolsa, mas tenho uma carta em português e inglês do meu infecto aonde ele diz que aquela medicação é de uso constante e obrigatória para minha saúde, mas não diz o que é. Por precaução também como sempre tenho receita extra levo comigo afim de evitar problemas ou situações constrangedoras.

    • GuiPR diz

      Oi Brumo, você levou o medicamento na bagagem de mão mesmo? Ou na mala? Ainda não viajei depois que iniciei o tratamento, tenho medo que extraviem minhas bolsas e eu fique sem meu remédio.

      • Brumo diz

        Oi, GuiPR

        Sim, levei na bagagem de mão (mochila), no frasco original, e com a receita do médico.

        Super tranquilo!

  43. Pedro diz

    Brumo tira isso da cabeça, nao tem problemas passar com a medicação na mochila. Passo por isso todos os dias em qualquer aeroporto. Somente tem problema quando não é autorizado pela anvisa ou seja alguma substância proibida, exemplo são as pessoas que vão só Paraguai buscas droga etc… Isso serve para embarque nacional e internacional.

  44. D_Pr diz

    Pelo jeito a hepatite B também está com os dias contados…(pra quem não pode ser imunizado a tempo, logo deve sair uma cura, se a abordagem funcionar em humanos, nos ratinhos funcionou 100%! Na reportagem diz que 2 bilhões de pessoas estão infectados por hepatite B..) Vírus medíocres, com fins merecidos! Nós vamos ganhar a guerra contra vocês!

    WA patients are among the first in the world to get access to a potential cure for hepatitis B using a cocktail of antiviral and anti-cancer drugs.

    The promising treatment is being used in patients in Perth, Melbourne and Adelaide after preclinical trials in hundreds of mice showed the drug combination was 100 per cent effective in curing the viral infection.

    https://au.news.yahoo.com/thewest/a/27219276/drug-combo-cure-for-hep-b/

  45. Irmão diz

    Por favor, me ajudem! Meu irmão recebeu o resultado positivo há 2 semanas , mas dois dias antes quando falou com minha mãe que iria fazer o exame já começou a demonstrar um comportamento estranho. Ele começou a falar coisas sem sentido.esquecer as coisas e desde que recebeu o resultado não melhorou. Além de falar coisas sem sentido, até pra tomar um copo de água ele pede pra gente, fica perguntando o tempo todo as mesmas coisas e pergunta tudo que fazemos.. está desconfiado de tudo. Levamos num psiquiatra que ainda não medicou, quer que ele faça uma ressonância. Na verdade não sei o que fazer ? Quem puder me orientar como proceder ?

  46. HopeAlways diz

    Pessoal abaixo segue um vídeo recente muito legal de como viver com o HIV. Destaque para a entrevista do estudante de economia Pedro Schart que fala de uma maneira muito sensata e tranquila sobre como convive com o vírus. Vale a pena assistir.

    • Wagner - SP diz

      Vídeo bacana!!
      Só vi a segunda parte, mas amanhã vejo tudo hehe!!

    • Muito bom o vídeo. Eu só sofri estigma de forma aberta no dia do diagnóstico, a “abençoada” que leu meu resultado me disse “que eu tinha que pensar no que eu ainda queria fazer na vida”, parecia algo do tipo “você vai morrer logo, viva intensamente seus últimos suspiros”. De lá pra cá contei até para uma oftalmologista que eu era soropositivo e ela nem fez a menor questão. Tenho tido sorte na minha agenda de soro+ e ainda não tive problemas com isso. No CTA qdo vou pegar as vitaminas vejo tanta gente bonita, que provavelmente estão lá pelo mesmo motivo que eu. Só em um lugar sou tratado de forma diferente, tem um hospital que atende meu convênio e por eu admitir na triagem que tenho HIV eles me colocam como prioridade de atendimento na frente de casos não graves (no começo eu gostei, tinha medo ainda de desmaiar ou se lá, mas agora tô vendo que meu corpo “voltou ao normal”, então quando for neste hospital só vou contar na triagem que sou soro+, se eu estiver muito mal, se não só conto para o médico durante a consulta).

      Mas, convenhamos, quando a cura chegar histórias engraçadas não faltarão pra contar.

    • caradobemsampa2 diz

      muito bom o vídeo, vale a pena assistir…
      ter que falar sobre nossa sorologia sempre é um dilema.. evito sempre que possivel.
      mas vale a reflexão.
      a rejeição ainda me assusta um pouco rs
      abraçao

  47. gustavo diz

    Alguem p me responder? Meu amigo toma os mesmos q o 3×1 so q ainda separados… oq toma anoite ele, sem querer tomou pela manha no lugar dos outros, mas depiis tomou os outros… o cara da farmacia disse q n tem muito problema q elea foram feitos p tomar juntos mesmo, so q pode da sono nele… e a segunda vez q ele troca… agora estamorrwndo d medo… mes q vem a gente começa o 3×1

    • vivendopositivo diz

      Meia vida de cada fármaco (tempo para degradar metade da medicação):
      EFV = 40 a 55 hrs
      TDF = 17 hrs
      3TC = 12 a 19hrs.
      Mesmo que ele tenha invertido as medicações, as outras duas vão estar ainda no corpo. Uma funciona com sinergia para o efeito ativo da outra. O ideal é que tome em turnos iguais. (sempre fixo na manhã/tarde ou noite). Não é necessário ser extremamente pontual, mas o ideal é seguir o mesmo turno.

      • GuiPR diz

        Eu tomo o 3 em 1 e não tomo pontualmente. Tem alguma contraindicação? Meu infecto disse que se for no intervalo de 2 horas, tudo bem. Agora não sei se ele entendeu que só eventualmente eu tomo fora do horário.

  48. M. diz

    Pessoal obrigado aos que responderam… Então aqui em casa tem crianca pequena e agora eu ja tirei td do banheiro. … fico me martirizando imaginando a possibilidade de contaminar alguem. Fico preocupado de alguém ter trocado a escova por engano. .. ou alguma secreção no vaso ou depois do banho …. gente neurose. Isso seria possível? Estou pensando em sair de casa. sofro mais por isso do que o próprio virus. Me sinto perdido. Meu infecto disse q isso nso acontece. .. mas nao sei explicar.

    • luquinha diz

      Não é M de marina não né ! de qualquer forma deixei um comentário pra ti , força já deu tudo certo tudo isso vai passar

      • Cara+ diz

        kkk, poxa Luquinha, pensei o mesmo que vc!

        Mas M, apenas coisas da tua cabeça, ok. Mesmo que existisse a possibilidade de haver algum risco de hiv em escovas trocadas por exemplo, tenha em mente que o vírus do hiv necessita de corrente sanguínea para sobreviver, caso contrário ele sobrevive por pouquíssimo tempo. Para existir contaminação, a corrente sanguínea de um soronegativo precisa estar em contato com a de um soropositivo.

        Um exemplo é o compartilhamento de drogas injetáveis em que em questão de segundos a mesma agulha entra em contato com a corrente sanguínea dos usuários. Ela permanece questão de segundos fora da corrente sanguínea, no momento de troca de um usuário e outro.

        Faça seu tratamento direitinho, que em pouco tempo chegará ao indetectável, Sendo assim, reforçarás as “garantias” de que vc não é uma bomba relógio. Viva a vida e não fique criando monstros onde não existem!

    • vivendopositivo diz

      Mesmo que você esteja com carva viral de 1.000.00.000 un/mm3, se corte e mele todo o banheiro de sangue. O virus só sobrevive 5 minutos fora do corpo. Além disso, é preciso a pessoa estar com um corte exposto, ou com fissura no tecido para se contaminar. Agora, caso sua carga viral seja indetectavel ( menos 50 un/mm3) mesmo que seu sangue pingue diretamente na ferida de alguém, penetre no corpo de outro, o virus tem apenas 30min para encontrar um linfócito cd4 para infectar, caso contrário, não há contágio pois ele morre. Escova de dente passar HIV? Mas enfim, você não acredita no médico infectologista, por que acreditaria em mim?

      • Rapaz… é como se um Cd4 fosse algo que tem de achar no corpo…tem-se em média 1.000 celulas cd4 por ml de sangue… Assim , no corpo temos uns 7 a 8 milhões de celulas CD4… que estao a procura do que quer que entre no corpo . Acho que não é o HIV que encontra com ela… é ela que busca ele. Sei lá. Mesmo infectos não tem resposta pra nada nestas coisas.

    • caradobemsampa2 diz

      M
      vc nao é um bomba infecciosa. calma, tente ter tranquilidade…. leia um pouco sobre como se transmite e como nao se transmite. busque um infecto pra te acompanhar.
      as formas que falou nao vao infectar seus familiares.
      abraçao

      Luquinha
      vc me tira boas gargalhadas…. por onde anda marina?
      abraços

    • M…. vc nao passa isso desta forma como pensa. Eu vivo, moro junto ,namoro com uma menina positiva. Compartilhamos a vida. Escova de dente não, nem gilete , mas tem de ser um eclipse lunar com duentes e fadas + megasena pra isso transmitir algo. Não tem nem como uma escova ter HIV desta forma… a nao ser que ela esteja ensopada de sangue. Saliva nao contem hiv transmissivel. Se o HIV numa gota de sangue quase nao vive, fora dela ele é hipotetico. E outra, se vc se tratar, este medo todo tb desaparece. Nem com relação sexual uma pessoa indetectavel foi transmissora até hoje . Não existem relatos… entao do resto, é o impossível x10

  49. Olem diz

    Pessoal.

    Hoje estava aqui pensando com meus botões… impressionante como as coisas mudaram em relação ao HIV e ao tratamento né? eu nunca pensei que depois de diagnosticado pudesse fazer as coisas que fazia antes e de forma muitas vezes até melhor!
    Tenho pensado que há um propósito nisso tudo, fico pensando o que é que eu devo aprender dessa experiência. Percebo que tenho me tornado uma pessoa muito mais humanizada, responsável e sadia. Eu tenho plena certeza que ter encontrado vocês foi o ponto principal de minha aceitação do diagnóstico, foi o empurrão contra o medo, a busca da coragem e a legitimação da vida!
    Eu pensei que seria muito mais difícil. Sei que podemos nos surpreender ainda com o tratamento, sei que estou sujeito a algumas “pedras no meio do caminho”, mas independente de ser positivo ou não, quem não está? não é mesmo?
    Eu, hoje, queria apenas agradecer, muito obrigado a esse blog, verdadeira luz, ponto de encontro que emana vida e vitória! Beijos para todos vocês!

    Dia 5 volto com resultados de Cd4 e CV.

    • HopeAlways diz

      Isso msm Olem. No mínimo tudo isso nos torna pessoas melhores. Tudo dará certo meu amigo. 🙂

    • Goiano+ diz

      Concordo com você meu caro, com certeza há um propósito nisso tudo. A gente não compreende, isso é fato, mas nada no mundo acontece por acaso, um dia tudo fará sentido, e veremos que essa situação pela qual estamos passando teve uma razão para acontecer. Tenha fé!!

    • Pequena + diz

      Olem Querido

      Feliz por vc 😉
      Boas notícias a vista!!!
      Beijão no ❤
      Com carinho Pequena +

  50. M. diz

    Bom dia pessoal,

    Hoje fazem exatamente 1 semana e 1 dia do meu diagnostico. Estou ainda muito entristecido e não consigo encarar minha família. EU queria sair de casa, mas sinto que essa atitude só me geraria mais transtornos e me obrigaria a ter que dar mais explicações.

    Eu trabalho como professor e me assusta muito a possibilidade das pessoas descobrirem e isso e que eu perca todos os meus alunos e fique sem trabalho. Tenho percebido que o preconceito é grande… Principalmente o meu.

    Desculpem os surtos a respeito de contaminação, sei que isso ofende a muitos, mas eu fiquei paranoico e não sabia que o vírus sobrevivia pouco tempo fora do corpo. Fiquei pensando em alguém pisando em algo com os pés machucados ou então na minha roupa intima sendo lavada junto, alguém pegando a escova de dentes por engano e possa ter contato com uma partícula minusculas de sangue. Enfim, semem que por vez limpei em algum pano e deixei depois no cesto de roupa suja… essas coisas que as vezes fazemos mesmo no dia a dia e que hoje, mesmo sabendo que não existe o risco de contaminação eu não faria para que a cabeça não volte a ficar poluída.

    Fico pensando o porque isso está acontecendo comigo e acho que o Olem tem toda razão quando diz que “há um propósito nisso tudo, fico pensando o que é que eu devo aprender dessa experiência. Percebo que tenho me tornado uma pessoa muito mais humanizada, responsável e sadia. Eu tenho plena certeza que ter encontrado vocês foi o ponto principal de minha aceitação do diagnóstico, foi o empurrão contra o medo, a busca da coragem e a legitimação da vida!”.

    Se minha família não corre riscos então ficarei em casa por mais um tempo, me reconstruirei antes de sair. Quero mante-los por fora disso em quanto puder. Estou contando com o apoio de uma amiga que é irmã de coração e com meu namorado que tbm foi infectado. Não entramos nessa através de relação sexual, foi um outro tipo de problema envolvendo seringa o que foi bom, pois não abalou nosso relacionamento amoroso. Também não somos drogados não viu… Mas foi um outro tipo de descuido.

    Obrigado a todos que tiveram paciência comigo, estou um pouco mais sereno. Espero que consiga manter esse estado.

    Um bom dia a todos nós.

    luquinha Eu não sou Mariana Não. caradobemsampa2 acho que eu estou enlouquecendo o meu infecto e sua enfermeira com tantas “probabilidades”… rs. vivendopositiv acredito em vocês sim e no médico também… acho que é apenas um lado irracional por causa do trauma. Obrigado pela sua explicação! Muito importante para superar isso tudo.

    • ssm diz

      olá,

      é normal te sentires assim, eu senti exactamente o mesmo, estáva a entrar em paranóia, mas afinal há muita informação sobre o vírus que desconhecemos apenas porque somos negativos e não nos interessamos. Infelizmente depois de sabermos a nossa condição, começamos a ver que afinal não é como parece…

      força e coragem e vai correr tudo bem, fé em Deus! Eu também encontrei aqui nesta página um grande apoio psicológico, para mim é a única que tem info credível e actualizada.

      Conta aos teus pais quando te sentires confortável e acredita que não te vão julgar, eu contei aos meus passados 2 meses de saber a minha serologia, não foi fácil porque perdemos há pouco tempo um familiar que desenvolveu a doença….mas a vida continua e vai correr tudo bem. Todos os dias peço a Deus a cura e havemos de lá chegar. Beijinho no coração.

      Ninguém precisa de saber, para além da tua familia e nem todos, apenas os teus pais…continua a fazer a tua vida como a tens feito até aqui.

  51. gustavo diz

    As pessoas poderiam ser mais otimistas aqui nessa pagina… tipo, o preconceito nunca vai acabar uma vez q quem tem este virus entra numa sofrencia e lamentaçao profunda… sei la, segue a vida normal gente, sem.muita lamentaçao e mimi, q tal? Eu q sempre to errado d viver feliz como nada tivesse acontecendo? Sera q euq estou errado? Mesmo muito embora eu saiba q cada um e cada um,mas, ta foda entrar aqui e encontrar taaanta gente colocando isso alem doq realmente é. Deus n fez isso, fomos nos q fizemos… Me desculpe a sisinceridade mas e q vcs falam d una forma q, p quem tem acesso a todas estas materias e estudos comprovados de que a vida nao muda se vc se cuidar …. Eu tbm ja me senti mal e melancolico, mas foi tudo antes de ler aobre e conhecer oq realmente é…. Quem le este blog n da p ficar no ” MEU MUNDO CAIU” nao. N estou sendo duro, mas, levanta o astral ae gente… a vida é hoje, n existe o amanha p ninguem… Uma dica, arrumem, adotem cachorros e os amem muuuuito, vcs vao ver como a vida faz muuuuito mais muuuito mais sentido ararrsrrsarsrsrsrsr Amar e tudo q todo mundo precisa, amar muito… Cura qualquer dor. Bom dia!!!!

    • Adoraria ter um botão de otimismo e bom astral… Mas a verdade é que somos tão diversos quanto possível. Tem muito de nós simplesmente mais negativos ou tristes por natureza. Há aqueles que se tornam assim por reflexo do tratamento. Também acho que nesse caso, a ajuda profissional pode ajudar. Mas veja bem, é algo incontrolável para a maioria. Estude um pouco sobre depressão, transtornos psicológicos e toda sorte de características humanas e verá que certas coisas não conseguem ficar melhor com a palavra amiga, mas podem melhorar com o entendimento do outro. Um vídeo poético sobre o assunto: https://www.youtube.com/watch?v=RTcmNwK4420

    • Pequena + diz

      Boa noite Gustavo

      Desculpe me intrometer, mas infelizmente cada um reage de uma forma diferente.
      Uns desabam, outros choram,outros pensam que vão morrer, outros se levantam e tocam a vida.
      Temos que respeitar, é a fase do luto de cada um.
      E aqui no blog do JS pode ser o único lugar que a pessoa tem para desabafar.
      Vamos respeitar os sentimentos desses que chegam ok.
      Eu mesma quando descobri pensei que ia morrer no dia seguinte…rs…
      Tô bem viva, feliz ajudando as pessoas no que eu posso.
      E a um ano atrás quando descobri meu diagnóstico também tinham os comentários negativos.
      Mas apenas absorvi as coisas boas postadas que me ajudaram e muitooooo 😉
      Um forte abraço Pequena +

  52. Zeus diz

    Verdade Gustavo.

    Segue a vida gente, tem muitas coisas piores do que um estado viral controlável.
    Imaginem-se na pele de quem sofre de câncer, E.L.A e outras patologias tão mais severas.
    Pense que Deus tem um objetivo para você, pense que sua vida é muito importante e lembre-se que o corpo é altamente flexível.

    Deus está no controle de tudo e a qualquer momento uma terapia eficiente será criada.

    • Cara do Bem Sampa diz

      Sem querer causar polêmica… rsrsrs … Os extremos são sempre delicados… né?
      Falamos muito sobre aceitação e respeito aqui em nossos comentários.
      Creio que também vale sobre a forma como cada um encara a sorologia.
      Sugiro sermos mais empáticos sobre como cada um encara sua sorologia.
      Quem encara bem pode ajudar quem não consegue. que acham?
      grande abraço

      • HopeAlways diz

        Exatamente. Concordo e apoio a intenção do Gustavo mas tb concordo que nós que somos mais otimistas devemos ajudar os que estão ainda em choque ou no efeito do baque da descoberta. Cada um reage de uma forma. O blog criado pelo JS é o um verdadeiro porto seguro para todos que aqui estão pela veracidade e seriedade das informações postadas, o que nos faz sentir muito mais vivos e melhores. Estamos no mesmo barco e todos seremos vitoriosos então vamos nos dar as mãos, nos ajudarmos mutuamente que tudo vai dar certo. Vejo o lado positivo de poder conhecer tanta gente bacana e do bem. Continuem postando e vamos fazer desse blog uma grande rede de amizade, solidariedade e respeito. 🙂

        • gustavo diz

          Exatamente pq e um Porto seguro… se eu hegasse aqui hj apavorado acho q eu sairia pior doq estaria, pq tanta gente falando coisas q como tivesse se despedindo da vida e q so Deua para salvar etc… oq quero moatrar q eles estao errados sim, e n e passando a mao vao sair disso n, e moatrando a realidade na qual realmente vivemos… Sem xoxoro e a vida q segue sem probelmas lamentaços… E tem muita gente ja antiga q ainda esta nisso…. infelizmente, ou felizmente temos q ser fortes o suficiente p enxergar a a verdadeira face diaso, q viver com Hiv nao e esse mostro e se colocar no fundo e cantar uma musica triste… ficar seremuendo e ficar passand a mao na cabeça n adianta… N falo por mal nao… Quando descobre blz, a pessoa n sabe d nada etc… mas mesmo depois de ler, saber, ser informado e ainda continuar, ae Nao. Assim o preconceito nunca vai acabar.

          • HopeAlways diz

            E o seu Skype Gustavo já tem? Tá falta do vc no meu rsrsrs diz ai. 😀

            • gustavo diz

              Eu n tenho isso.. pelo menis eu acho kkkkk vou ver como faz e passo

    • Wagner - SP diz

      Super D_PR!
      Cretino esse vírus hein! E desculpe a ignorância. …mas quem é esse Alexandre?? hehe

    • D_Pr, logo mais como diz o Luquinha estaremos comemorando a tao sonhada cura e tenho a certeza que seremos prova desta cura e participaremos desta festa, levo a tequila, abraço a todos

      • D_Pr diz

        Wagner, o Alexandre mantem um blog, em formato diferente desse aqui, também com informações sobre o hiv e etc…foi o primeiro que tive acesso, o endereço é: prazeralexandre.blogspot.com.br

        EGC, qualquer dia desses, qualquer dia desses!

        • luquinha diz

          O Alexandre foi um anjo na minha vida , ainda vou ter a honra de conhece lo .( dei um chute na bunda do hiv ) ele criou esta frase rs

  53. hmax+ diz

    O que voces acham do omega 3 para ajudar a diminuir o triglicerides? algum medico ja recomendou voces a comprarem capsulas de omega 3? estava pensando em inserir o omega 2 3 na minha alimentaçao diaria. obrigado

    • D_Pr diz

      Hmax+

      Se foi prescrição do seu infecto, ótimo! Do contrário, converse com ele e demais médicos que cuidem da sua saúde, nada de auto-medicação!

  54. D_Pr, logo mais como diz o Luquinha estaremos comemorando a tao sonhada cura e tenho a certeza que seremos prova desta cura e participaremos desta festa, levo a tequila, abraço a todos

    • gustavo diz

      Agora de boa… vcs acreditam na cura? Tipo, q ela vai vir logo logo? Srsr sei la, eu n acredito nuito nisso nao, mas… se vier eu aceito kkkkkkkkkkkk

      • D_Pr diz

        Gustavo, na cura funcional sim! E essa realidade está cada vez mais próxima! Esterilizante, não faria muita diferença nesse caso!

        Existe um interesse financeiro muito grande atrás da cura (não apenas descobrir a cura, é seu nome na história da humanidade por todo o sempre, e uma fortuna pra várias gerações de sua família), por isso a busca persiste!

        • HopeAlways diz

          E VAI acontecer meu amigo D_Pr. Estamos a caminho dela … 🙂

        • Wagner - SP diz

          Também acho que a cura funcional é uma realidade mais palpável e próxima!

  55. Valensi diz

    Nossa, muito bom ler esses comentários. Dá uma força enorme. Me descobri soropositivo mês passado, no começo foi um desespero. Mas a minha salvação, foi a aceitação e tranquilidade que meu namorado me passou. Um anjo na minha vida.

    • GF diz

      Meu namorado ja foi muito companheiro, no dia que estive internado em estado grave, ele me disse que nunca me abandonaria, hoje ele so me faz sofres, uma amiga minha casou e foi abandonada pelo marido, caiu em depressao e infelizmente desistiu de viver, as vezes acho que esse sera meu fim, pois e como se tivesse perdido meu ultimo alicerce, minha familia e presente, todos sabem e me dao maior amor e força, Deus olha sempre por mim, mas nao quero nesse momento ficar sozinho. Desculpa mas quando li nao resisti, pois eu tinha um anjo na minha vida.

      • caradobemsampa2 diz

        GF
        As vezes é melhor seguir só e confiante …. claro que é uma decisão sua.
        tente nao pensar assim… cuide muito de vc, sinta-se bem com vc.
        tenho certeza que pessoas interessantes aparecerão 😉
        abraços

        • GF diz

          Obrigado Cara do Bem.
          palavras positivas sao sempre bem vinda.
          Nunca fui a um piscicologo, e sei que muito precisaram pra encarar de frente essa situação, mas nao existe melhor conforto do que o apoio de familia e amigos.
          obrigado

  56. muleque diz

    Boa noite, queridos e queridas.
    Tô dando uma passadinha rápida pra compartilhar meu riso com vocês. Pois é, depois de 4 meses de iniciado o tratamento, eu finalmente recebo a excelente notícia de que alcancei o tão almejado resultado de carga viral indetectável.
    CD4 = 1134 e CV indetectável. Tô radiante. Se já sou muleque normalmente, hoje, então, estou mais muleque ainda. Deu até vontade de sair fazendo travessuras e aprontando pegadinhas com os vizinhos. hehehe
    O melhor de tudo é que pude comprovar que tomar os remédios não é um dragão de 7 cabeças, como alguns costumam pregar. Nunca tomei em horários exatos, me preocupando loucamente em seguir os milésimos de segundos. Meu horário de tomar os remédios é marcado para a meia-noite, mas dependendo de como está meu sono e vontade de dormir, eu tomo mais cedo ou mais tarde. Nunca deixei de tomar, é claro, mas também não faço uma religião sobre a exatidão dos ponteiros. Tomo entre 22:00 e 02:00h da manhã. Hoje em dia não tenho mais efeitos colaterais e estou realmente muito bem, obrigado.
    Ah, e minha vida não mudou. Eu esperava que fosse, mas não aconteceu. Estou realmente bem e sinto que sonhar continua sendo possível. Realizar também.
    Fica o recado pra quem está preocupado: o tempo é o segundo melhor remédio. O primeiro a gente já sabe qual é. =]
    Boa quinta-feira, galerê!! ❤

    • HopeAlways diz

      Eita Muleque , que beleza, assim que gosto de ver. Desejo muita , mas muito saude e VIDA pra vc, FELIZ por vc !!! 😀 PArabens pela conquista de hoje !

    • Cara do Bem Sampa diz

      Muleque
      que boa noticia!
      vc toma o 3×1? muito bom ler que vc ultrapassou essa etapa;.
      comemore mesmo!
      uhuuuu
      abraçao

      • Wagner - SP diz

        Parabéns pelos resultados Moleque! !
        Com certeza ficarei eufórico quando chegar em resultados como o seu!

  57. Brumo diz

    Gente, desculpa a ignorância, mas o que seria a tal cura funcional? Continuaríamos com o vírus no organismo, mas não necessitaríamos de tomar os arvs? Alguma alma caridosa me explique rs Obrigado.

    • HopeAlways diz

      Brumo , cura funcional nao seria uma cura esterelizante ( zero de virus no corpo), mas a quantidade seria tão pequena que o proprio organismo ja daria conta de controlá-los, sem precisar mais tomar os ARV’s.( é por exemplo o que os estudos em Barcelona querem , diminuir 99,99% do virus do corpo , e o restante seria controlado pelas celulas de defesa utilizadas no estudo.). Bem por ai.

  58. zed diz

    Olá. Amanhã fará uma semana que comecei o 3×1. Tem dia que não sinto nada, mas tem dia que fico meio aéreo, por ex. hoje por volta de 3h da tarde que passou. É uma coisa leve mas me incomoda. Espero que com o passar dos dias isso acabe. Eu trabalho lendo e usando o computador preciso ter uma boa concentração. Abs a todos.

    • muleque diz

      Vai passar, Zed, não se preocupe! :3
      Uma semana ainda é um tempo muito curto. Foi praticamente ontem que você começou e se, com tão pouco tempo, você já não sente nada às vezes, em 1 mês não haverá nem sinal de efeito colateral pra você. hehehe

      • zed diz

        Obrigado, muleque. Parabéns por ter chegado a indetectável, tudo de bom. abs

  59. M. diz

    Bom dia pessoal,

    Estou aqui novamente, com neuras diminuídas mas infelizmente ainda não existentes. Vocês só podem ter razão a respeito das formas de transmissão, pois se Hiv fosse do jeito que eu falo seria pego como gripe por todos né. Fiquei mais tranquilo, mas ainda estou tomando cuidados para evitar qualquer exposição que prejudique minha familia… A neura da escova de dentes foi a pior pq realmente aconteceu de um sobrinho meu pegar por engano e levar em uma viagem (creio que foi antes de eu ter contraido o Hiv).

    Estou aguardando o resultado dos meus exames de carga viral para ver qual será o próximo passo do tratamento. Estou sentindo muito medo e infelizmente vergonha. Não consigo conversar normalmente com meus pais, minha cabeça está áerea no trabalho e eu fico querendo resolver minha vida em 1 dia. Para piorar tudo pequei um resfriado e estou viciado em alcool gel.

    Gente, pensa em uma pessoa que faz tudo certinho na vida. Esse sou eu… fui contaminado pelo meu namorado e não consigo sentir nem um pingo de raiva dele, pois ele também foi vitima desse padrão de beleza ideal que é imposto pela sociedade e acabou se infectando em uma “cagada” envolvendo seringas e anabolizantes. Para mim é muito dificil aceitar que fui infectado em um relacionamento monogamico que dura mais de 5 anos. Isso me entristece, mas eu já perdoei… ninguém faria isso de propósito e muito menos uma pessoa que a alguns anos me acompanhava e dividia todos seus medos e suas frustações… esse acidente não é maior do que meu amor.

    Estou sentindo ultimamente uma tristeza imensuravel… para mim poucas coisas em cuidados vao mudar, não bebo, não fumo, pratico atividade física todos os dias… Não gostava de tomar remêdio, as vezes aguentava a dor de cabeça para não ter que tomar… pq achava q o corpo poderia curar tudo. Sei que ficarei infeliz a cada comprimido que tomar, mas enfim … a vida muda… tudo muda.

    Temo muito pelos efeitos colaterais…. vi alguns na internet. Aquele que afunda o rosto ainda acontece nos dias de hoje?

    Vi algumas reportagens que também me assustaram de pessoas que tomam 20 a 30 comprimidos por dia.

    Estou torcendo muito pela cura ou pela cura funcional e a partir do Hiv estou tentando reoorganizar minha vida para melhor:

    Melhor responsábilidade financeira.
    Busca de espiritualidade.
    Intensificação de atividade física.
    Manutenção de bons pensamentos (esse está dificil).
    Comer coisas AINDA mais saudáveis.
    Mais contato com a natureza.

    Voltando naquele assunto chato, então quer dizer que o virus vive pouco tempo msm fora do corpo? Dessa forma fico mais tranquilo. Acho realmente que a chance de transmissão fora de vias sexuais e agulhas muito pouco improvavel né?

    Obrigado pela paciencia e um grande abraço a todos.

    Pessoal não tem Skype, mas vou ver se arranjo um para trocar informações com as pessoas que se disponibilizaram. Muito obrigado por tudo. O apoio de vocês é extremamente importante. Grande abraço.

    Paz a todos.

    • D_Pr diz

      Bom dia M. Assista esse vídeo e note a tabela divulgada pelo centro de controle de doenças dos estados unidos, onde tem cuspir, morder e etc! Descarta-se totalmente a hipótese de você transmitir HIV das formas que tem dúvida! Já coloquei na parte da tabela…

      • M. diz

        Oi, obrigado pelo video! Quando fui diagnosticado eu fiquei na paranoia de que pudesse ter feito alguma coisa sem intenção… por exemplo alguém ter confundido minha lamina de barbear e usado (pouco provável), pego minha escova de dentes por engano ou então bucha ou sabonete. O que me explicaram aqui é que isso é praticamente impossível, que o vírus vive pouco minutos fora do corpo. Eu as vezes tenho sangramento quando escovo os dentes, mas obviamente sempre enxáguo tudo antes de colocar no lugar. Mas eu sismei. Eu achava que uma partícula poderia ficar na escova e contaminar alguém ou então que uma secreção poderia cair no chão enquanto eu tomo banho e ter contaminado. Fiquei preocupado poque antes de saber … as vezes quando ejaculava limpava em uma toalhinha ou algum papel higiênico e jogava no lixo ou na caso da toalha no dia seguinte colocava no cesto de roupa suja. Bitolei que essas poderiam ser formas de transmissão. Mas hoje vejo que não é bem assim. E se fosse pessoas com HIV não poderiam utilizar piscinas, usar o mesmo banheiro que outros, etc… Estou ficando tranquilo… mas o medo de contaminar uma pessoa próxima e que eu amo me assustou demais. Eu realmente fiquei paranoico. As vezes essa paranoia fica voltando, mas ela está diminuindo.

        Alias muita vergonha de falar sobre a parte da ejaculação, mas minha cabeça está a mil e estou até perdendo o pudor rs. Hoje estou bem melhor que ontem.

        • Caesar diz

          Querido M.

          Eu entendo completamente o que você relatou. Também tive as mesmas preocupações e confesso ter ainda certa vergonha. Como se não fosse digno ou merecesse até mesmo sorrir ou rir. Pensei nas pessoas que amo, com quem trabalho e convivo. Mas, no final, decidi não contar para minha família, até por que isso envolveria ter que falar do meu ex-namorado (quem me contaminou de forma imprudente), o que traria mais e mais problemas para mim. Sabe, você não é obrigado a contar para ninguém. Sim, ter algum confidente ajuda muito. Uma pessoa que é verdadeiramente seu amigo(a) que te ajuda é de grande valia.

          Eu soube da minha sorologia no ano passado em junho, mas devido a demora nos atendimentos aqui no DF, apenas em janeiro desde ano que iniciei o tratamento. Ao contrário de muitas relatos que vi, não tive efeito colateral algum. Apenas uma leve tontura no primeiro mês. Mas quando soube, eu também emagreci, algo em torno de 5 kg; entretanto, não foi devido ao vírus, mas sim à imensa tristeza e preocupação que senti na época. Mesmo assim, minha saúde sempre esteve excelente. Sempre tentei manter bons hábitos alimentares e ter uma vida saudável, evitando vícios ou hábitos nocivos, como ingestão de fumo e mesmo de álcool (não que eu condene quem o faça). Isso auxilia muitíssimo na minha condição física. Peço apenas em não manter atividades físicas regulares. Entretanto, confesso que meu emocional ainda não está 100%. Afinal, meu ex não foi honesto comigo e, sim, sinto falta de uma companhia. Mas a cada dia que passa, tenho melhorado. Como uma sábia amiga uma fez-me falou: “passo a passo”.

          Fique calmo, confie em Deus e tenha certeza que tudo melhorará. Nossas preocupações, estigmas e preconceitos acabam sendo os piores vilões em relação ao HIV.

          Desejo o melhor para você.

          Sinceramente,
          Caesar

          • VidaPositiva diz

            Olá, descobri minha sorologia recentemente também, exatos 3 meses. Tem algum e-mail para nos comunicarmos?

    • Valensi diz

      M.,

      Óbvio que sua preocupação em contaminar outras pessoas deve existir, mas acho que você tá se preocupando muito com as pessoas, ao invés de se preocupar com você e se cuidar. Descobri mês passado meu HIV, e desde então também fiquei com muito medo, principalmente com relação a efeitos colaterais a longo prazo, mas percebo que nossos medos vão passando com o tempo, porque vamos adquirindo conhecimento e vamos nos “armando” para evitar qualquer mal que possa ser causado pelo remédio, né?

      Então, te recomendo duas coisas:

      A primeira são uns vídeos do psicólogo chamado Gasparetto, muito bom esses vídeos. Apesar de serem meio antigos e não mostrar uma realidade na saúde de nós, soropositivos, nos dias de hoje, mas o interessante é a mensagem de que não existe culpa por ter pego HIV, mas sim responsabilidade.

      E te recomendo um floral chamado Star of Bethlehem. Ele é um medicamento homeopático em que alivia sua mente de traumas vividos recentemente, ou até mesmo do passado, mas pra isso você tem que acreditar na ação do medicamento. Ele é vendido em farmácia de manipulação homeopática por volta de 15 reais. Pingue quatro gotas na lingua, quatro vezes ao dia. Você vai perceber uma leve diferença na sua mente por volta de uma semana.

      Abraços.

  60. M. diz

    Sim D_Pr…. estou criando essa consciência agora. Mas….. é difícil. Se eu fizesse algo a quem eu amo eu não iria me perdoar, por isso entrei em panico. Surtei mesmo. Liguei pro medico pra enfermeira, ficava jogando água oxigenada na privada ou na pia do banheiro. Parece engraçado, mas eu fiquei em panico msm. Acho importante relatar isso, pois com certeza algumas pessoas podem ter passado por algo parecido. Mas esse Blog tem me ajudado. Vocês tem me ajudado. Agradeço demais!

  61. caradobemsampa2 diz

    M
    que bom que o pânico passou.
    Vamos pensar no daqui pra frente? vc já tem informações suficientes pra saber que pode ter uma vida saudável. basta se cuidar.
    fique bem
    abs

  62. M. diz

    Sim caradobemsampa2. Ontem mesmo ja retomei minha rotina de exercicios. O Stress do diagnostico me deixou pessimo. Peguei uma gripe daquelas. Estou melhorando. Mas muito constipado.. A Alimentação sempre foi boa e balanceada. Evitarei mais doces agora… estou com medo de emagrecer muito. Perdi 2 Kg.. complei até um suplemento… mas acho que foi de nervoso. Semana que vem tenho retorno no médico. Estou com medo dos exames.

    • Cara do Bem Sampa diz

      M
      Sempre fico tenso com exames… normal… a tendencia é diminuir
      que bom que as coisas estão se ajeitando por aí.
      Fique bem
      grande abraço

  63. HOPEFULL diz

    É uma paranóia comum e compreensível. mas precisa ser entendida como resultado da ignorância!! Eu tive um primo que morreu de AIDS nos anos 90, eu era apenas uma criança, mas lembro do isolamento que ele passou. A falta de informação faz com que conceitos antigos sejam permitidos ainda hoje e a gente vai aceitando como se fosse normal. De alguma forma precisamos ser multiplicadores desse novo cenário muito mais cheio de convicções científicas a respeito do tema, mas que, por alguma razão, permanece oculto para maioria da população, ofuscado pelo marketing do medo e da culpa. Mesmo sem assumir um diagnóstico, é possível fazer isso. Ninguém sabe da minha condição sorológica, mas pelo menos uma dúzia de pessoas já ouviram de mim uma explicação detalhada sobre tudo que aprendi aqui e com minhas pesquisas pessoais. Todas as pessoas para quem falei, todas mesmo, ficaram espantadas com o tanto de informação que elas desconheciam. E não eram ignorantes, eram pessoas esclarecidas, que gostam de ler. Mas o que temos é uma mídia mentirosa, um governo com políticas arcaicas de prevenção e na outra extremidade nós, acuados pelo medo de não sermos aceitos!! Por isso, a gente tem a chance de usar de técnicas apuradas de convencimento sem exposição!! É o que os espiões fazem, rsrs!! Enfim, o que quero dizer, é que a inércia não é uma opção pra nós. O nosso maior vilão hoje é o preconceito e este se alimenta da ignorância!!

  64. ph diz

    pessoal, descobri ser soropositivo semana passada e vi que existe os medicamentos…. eh verdade que eles causam diabetes, problemas no coração depois de muito tempo de uso??

    • caradobemsampa2 diz

      Oi PH
      Melhor buscar atendimento, o infecto podera te esclarecer melhor.
      o meu infecto disse que a longo prazo, o virus hiv causa mais danos ao organismo que a medicaçao.
      e segundo ele, uma boa alimentaçao e exercicios ajudam a combater os efeitos a longo prazo da medicaçao
      abraçaos

  65. GF diz

    Querido PH, a longo prazo sabemos que os meticamentos retro virais causam infelizmente problemas a saude, mas sem eles o tempo de vida de um soro positivo seria curto.
    Ao iniciar o tratamento, tenha habitos saudaveis, infelizmente o HIV e uma doença cronica como outra qualquer, os retrovirais e o unico meio de evitar o pior, ainda sim esperamos uma cura, e eu Creio que ainda sera ate o final do Ano.
    fiquem firme e resistam.
    Ps: moderador do site, deveria visitar mais vezes e excluir comentarios muitos desnecessarios.
    fiquem com Deus queridos.

  66. Hope diz

    Caros, alguém aqui já sacou FGTS para si ou para dependente com HIV? Nem tinha pensado nisso mas vi a possibilidade de sacar já que meu marido é portador e manter dinheiro no FGTS só o desvaloriza…
    Obrigada

  67. Gabriel diz

    Boa noite!
    Amigos, fico bastante feliz em ver a fé a coragem que todos aqui apresentam ao enfrentar esta realidade.
    Dia 17/03/15 fui diagnosticado como soropositivo e apos 2 exames de HIV confirmatorios solicitados pelo infectologista iniciei o meu tratamento com muita determinacao na última quarta feira. Fiquei bastante feliz em ver o orgulho da equipe medica do posto onde procurei ajuda ao me ver aderindo ao tratamento e confiante nos resultados. Todos a partir daquele dia se tornaram meus amigos e demonstraram disponibilidade para me ajudar no que for preciso. Hoje é o 5 dia que tomo o 3×1 e somente no primeiro dia tive complicações de tontura ao acordar, parecia que estava bêbado, fui trabalhar um pouco desnorteado…rsrs hoje já não sinto mais nada, acredito que a rotina de vida que levo sendo atleta e uma boa alimentação que já tinha antes me ajudou a reagir bem ao medicamento. Ainda não fiz nenhum exame de carga viral e nem Cd4, o infectologista não solicitou, espero que quando fizer os resultados sejam os melhores possíveis. Desde já, desejo a todos muita garra e coragem para continuar. Podemos ser mais fortes e mostrar a este virus que quem manda somos nós! Fiquem com Deus

    • Wagner-SP diz

      Bom dia GAbriel!
      Fomos diagnosticados no mesmo dia e também já iniciei o tratamento com o TARV. Não tive nenhum efeito colateral, com exceção de uma alergia que começou no dia 13º dia de medicação, mas que foi totalmente curada com um antialérgico indicado pelo meu infecto! Espero que tudo ocorra bem contigo!
      Abraço!

  68. caradobemsampa2 diz

    Fernando
    isso aí, vencendo os obstáculos.
    mande novas noticias sempre
    feliz por vc.
    abraçao

  69. Julia diz

    Haaa q legal esse blog,até tentei ler todos os comentarios mas estou atrasada pro meu serviço, deixa eu falar rapidamente de mim. Tenho 37 anos e sou mãe de 5 lindos filhos,sendo 1 menino de 17 anos e 4 meninas entre 15 e 7 anos,descobri q sou soro+ a menos de 1 mês e posso afirmar q estou ótima,sofri um dia ,somente um dia fiquei mal e logo corri atrás de ajuda médica,tenho um Deus q é o médicos dos médicos então nEle me apego e me fortaleço,para aqueles q ainda sofrem com o descobrimentos da doença eu digo: Parem de sofrer,pq por mais difícil q seja podemos e devemos levar uma vida normal,pq isso não é uma sentença de morte e sim uma doença crônica, então galera vamooos viver e viver bem,segurem na mão de Deus e vai. Ainda nem passei pelo medico q esta marcado para o dia 26/05 mas já iniciei tratamento psicológico sendo q a mesma me falou q nem vou precisar de acompanhamento muito tempo de psicólogos por estar aceitando isso muito naturalmente. Me add no Whats e vamos trocando uma ideia 13 988172674. Grande beijo a todos e fiquem com Deus.

  70. W.B.C diz

    Nossa…
    É tão incrível os textos publicados neste blog, que sinto-me obrigado a parabeniza-lo pelas belas, sabias e coerentes palavras escritas aqui “V”.
    Parabéns mesmo!
    Descobri ser portador do vírus em Maio de 2014, e como para praticamente todos os infectados foi uma enorme tormenta na minha vida. Nunca houve manifestação de sinais e sintomas em mim pois trabalho na área da saúde e sempre me cuidei fazendo exames de rotina com grande frequência( apesar de ter descuidado e ter sido infectado), porém, a notícia já foi o suficiente para vir à minha mente apenas pensamentos negativos sobre o assunto… Achei que não conseguiria ter uma vida normal, ou que pudesse administrar a minha vida como antes, trabalhando, estudando, me relacionando…
    Temos que agradecer a Deus e a nossa ciência pelos avanços até aqui alcançados.
    Hoje vivo muito bem com minha nova condição, tenho carga viral indetectável e faço corretamente meu TARV.
    Não podemos viver estagnados a espera da cura pro HIV, temos que viver normalmente e tomar todos os cuidados necessários para que não desenvolvamos a AIDS.
    Quem têm o vírus, acaba sendo de certa forma até “mais saudáveis”, pois é obrigado a cuidar melhor da sua saúde e melhorar seus hábitos de vida.
    Um grande abraço à todos!

    W.B.C

  71. BMA diz

    “As estratégias que curaram, com uma taxa acima de 90%, os pacientes de Hepatite C, nos mostram que os lucros com a cura são maiores do que com a venda de tratamentos vitalícios”
    .
    A diferença é que a taxa de adesão a tratamento de HCV é baixa, sendo preferível a cura, enquanto a taxa de adesão ao tratamento de HIV é muito mais alta.

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s