Notícias
Comentários 287

Indetectável é o novo negativo?

Joel Gallant

Dr. Joel Gallant

Ser indetectável muda a maneira como falamos sobre a condição sorológica para o HIV? Uma pessoa que vive com HIV e é indetectável pode parar de se preocupar com transmitir o vírus? Num post de Mathew Rodriguez para o The Body, ele lembra que o Dr. Joel Gallant, um médico que cuida de pacientes com HIV no Southwest Care Center, em Santa Fé, Novo México, tem respondido à essas perguntas. Em seu blog, exclusivamente voltado à pessoas que vivem com HIV, um de seus leitores perguntou: “Doutor, li num post anterior que ‘indetectável é o novo negativo’. Você concorda com essa afirmação?”

“Até certo ponto, sim. Do ponto de vista da transmissibilidade, ter uma carga viral indetectável é próximo de ser negativo. E do ponto de vista do prognóstico e expectativa de vida, pessoas com carga viral indetectável e contagem normal de CD4 têm mais em comum com soronegativos do que com pessoas com uma infecção não tratada de HIV.

Mas ainda há diferenças importantes entre alguém com HIV bem controlado e alguém sem HIV — se não houvesse diferença, nós não estaríamos buscando a cura. Mesmo com o HIV bem controlado, você tem uma condição de saúde que é onerosa de ser tratada, que aumenta a inflamação crônica e a ativação imune. Você ainda tem DNA viral integrado no seu próprio genoma. Eu entendo o sentimento que essa afirmativa traz. Mas, mesmo assim, eu não diria que ‘indetectável é o novo negativo.'”
Dr. Joel Gallant

Anúncios

287 comentários

  1. Não sei quanto a vocês, mas sabendo do estudo PARTNER, de médicos como esse e do meu próprio médico, que conjuntamente podemos chegar a conclusão que o risco de transmissão é próximo de zero (próximo, não é zero) me dá um tranquilidade muito grande. Eu tinha muito medo de passar para alguém que tinha entrado em celibato. Mas depois que eu cheguei a nível indetectável fiquei muito mais tranquilo. Ainda assim, com a pulga atrás da orelha, mas muito mais tranquilo.

  2. CARA + diz

    Amigos queridos!

    acabei de voltar da médica e estou bem feliz. Até ela estava bastante satisfeita com os meus resultados:

    CV em 04/09/2014 – 1.660.820
    CV em 08/01/2015 – 894

    CD4 que estava em 89, agora está em 280!

    Segundo ela, mais tardar até março, já estou indetectável, levando-se em consideração o percentual de queda da CV.

    Com esse cd4, não preciso mais tomar o sulfa (bactrim), nem o fluconazol. Somente o 3×1 antes de dormir!!!!!

    Mega feliz aqui!

    • Vivendo positivo diz

      Cara+,
      Também acabei de chegar da minha infecto, recém diagnostico 13/01 e hoje fui ver meus números.

      CV 32.277
      cd4 169

      infelizmente onde eu moro ainda não chegou o 3×1 e também estou fazendo uso de Sulfa, fluconazol e azitromicina.

      Abraços!!

      • CARA + diz

        Cara, o negócio é bem como diz o ditado: “Não correr atrás das borboletas, apenas cuidar do seu jardim”… to parecendo o Victor, ou o Léo (é o que escreve as canções?), mas enfim, fazer nossa parte, que um dia, as “brabuletas” voltam a circular pelo nosso “campinho encantado”…heehehe

        • Cara +, borboletas sempre voltam e o seu jardim sou euuuuuuuu…kkkkkk
          Agora você falou dos meus amores..AMO Victor e Léo…meus mineirins lindos!! Os dois são compositores…só que o Victor compõe mais!!

    • exexexDeprimido diz

      Amigao, que noticia otima! Tudo continua dando certo. Muito feliz por voce aqui!
      Grande abraco!!!

      • CARA + diz

        queridos Sampapoa e exexexDeprimido, meus conterrâneos da terrinha, obrigadão, tenham certeza que dividir esse “fardo” com vcs tem sido muito, muito mais reconfortante.

        O negócio é viver! valeu!

    • marcelo diz

      Parabéns, fiquei impressionado com a sua cv. A minha era 380.000 e eu achava algo enorme. Depois de dois esquemas que não deram certo, por causa de uma reação cutânea muito forte, finalmente, em dois meses e meio, usando um terceiro esquema, minha cv é de apenas 126 cópias por mm3, quase indetectável. Meu cd4 era de 499 , agora é de 575. Meu médico também me deu parabéns. Abraço!

      • CARA + diz

        que tri!!! valeu Marcelo! pelos meus cálculos, se já não sou indetectável nos dias de hoje, estou quase lá!

    • MEu amigo Cara +,
      Que noticia boa para uma noite de sexta feira 🙂 Muito feliz por você! Vamos comemorar em breve em SP, viu?

      Abracaoooooooo

        • Herivaldo Virulato diz

          Os estudos sobre transmissão a partir de fonte indetectável consideram como tal quem tem carga inferior a 200 u/ml. Ou seja, tecnicamente muitos já podem se considerar indetectáveis!
          Mas não se esqueçam de aguardar seis meses nessa condição antes de correr qualquer risco e, em caso de sexo desprotegido, SEMPRE informar o (a) parceiro (a) para que ele (a) decidam se está disparo ao risco.

    • Cara +, meu lindo amigo…parabéns pelos resultados!! Rumo ao indetectável!!

      Beijão “procê” !

  3. Eve diz

    Aproveitando o blog do Dr Joel Gallant, revivi um assunto que me incomodou nos últimos meses desde a minha descoberta do HIV a 9 meses, a relação cd4/cd8 até mesmo publicada em um post aqui no site intitulado “Como sempre”, haja vista que a minha relação esta subindo, mas ainda não está nos 0,9 ou mais indicado.
    Ao perguntar para ele sobre a sua percepção da relação cd4/cd8 ele foi bem claro: The CD8 test and CD4:CD8 ratio are not recommended tests in the U.S., because they provide no clinically useful information but are more expensive than the recommended CD4 count and percent. You should ignore it, and your doctor should stop ordering it.
    Caro autor, existe algum estudo que trata sobre essa relação e que como disse o Dr Esper: ““Hoje sabemos que, mais importante que a contagem de linfócitos, é a relação CD4/CD8. Um número saudável dessa relação já demonstra que sua saúde está recuperada.”???

    • exexexDeprimido diz

      Oi Eve, eu moro na Europa, norte (no geladao!), e aqui tambem nao eh utilizado o teste CD4:D8 ratio. Eles falam que nao tem indicacoes no tratamento. Eu confesso que quase discuti com meu infecto quando ele me explicou, porque eu sei que no Brasil todos os medicos pedem este exame (pelo menos me falaram!). Entao eu fiquei meio inseguro quanto aos meus exames. Fiquei pensando se estava tudo bem comigo mesmo. Mas, eu fui diagnosticado positivo em 26 maio 2014, e imediatamente comecei tratamento. Em 28 dias de pilula (dose unica) eu fiquei indetectavel. No segundo exame feito em Out ano passado, meu medico anunciou que nao iria fazer novos exames de CD4/CV em 2015. Mas sim de colesterol, e outros exames que o medicamento pode influenciar no meu organismo. Tipo figado.
      As vezes eu penso se eu nao deveria ir a outro infecto, mas este que tenho eh o mais “bam bam bam” daqui, entao eu tenho que acreditar nele

    • Eve,
      A minha infectologista passou relação cd4/cd8 só no primeiro exame. Agora, ela só passa cd4 a cada seis meses e cv uma vez por ano. Claro, isso depois que zerei a cv e cd4 passou de 1.200. Será que devo pedir esta relação ?

      • exexexDeprimido diz

        MarcosFortal, veja meu caso: nunca fiz o exame CD4/CD8 relacao.

        • Vida positiva H diz

          Alguém me ajuda… Fui diagnosticado há um mês e recebi hoje os resultados dos meus exames cd4, cd8 e relação cd4 e cd8. Não recebi ainda o CV, não sei o motivo… O meus exames apresentaram os resultados:
          Linfócitos T ativador: 70,9 % 2.838 mm3
          Marcador CD3:
          Linfócitos CD4: 16,9 % 676 mm3
          Marcador CD4-auxiliador:
          Linfócitos CD8: 53,6 % 2.143 mm3
          Marcador CD8-supressor:
          Relaçäo CD4/CD8: 0,32

          Alguém me ajuda a interpretar esses números? estão bons?

  4. Junior diz

    Aff, também acabo de chegar do meu infecto e ele não quis tirar de mim o bendito efavirenz que tanto me incomoda. Ao invés disso mandou eu tomar rivotril por um mês pra ver se consigo dormir e não mudar agora. Disse que o meu cansaço pode ser por causa da insônia causada pelo remédio. Paciência. Só fiquei triste que meu cd4 caiu pra 447.

  5. Tony diz

    como assim “que aumenta a inflamação crônica e a ativação imune” ? São efeitos a longo prazo dos remédios que nós tomamos ?

    • Herivaldo Virulato diz

      Pelo que li, trata-se de efeitos causados pelo próprio vírus. Os medicamentos amenizam mas não eliminam esse efeito.

    • São reações do sistema imune ao vírus. Os remédios reduzem muito, mas não por completo. Como não temos a cura, essa reação é sutil, mas é constante. A longo prazo, pode atrapalhar alguma coisa – não a ponto de reduzir a vida, pois nossa expectativa de vida já é praticamente a mesma de soronegatvios saudáveis.

  6. Notini diz

    Tony, o que o Dr. diz é que, com a saúde onerosa (difícil, complicada e “cansativa” de ser tratada) aumenta a inflamação crônica e dificulta a ativação imune, ou seja, com todo o processo do tratamento cansativo, os CD4 podem ter dificuldade em se desenvolver. Abç

  7. Descobri dia 04/02 q estou soro positivo, e estou um caco, não sei o que fazer, como agir, encontrei esse blog por acaso e gostei do que li, meu exame deu Carga Viral de 53.326 e log de 4,73.não sei o que quer dizer ainda me termos técnicos,alguem me explica.A carga viral é alta ou media,?Ainda não procurei o médico, fiz o exame rotineiramente e estou assutado, preciso de ajuda,não contei para ninguém ainda, moro com meus pais, estou perdido não sei oq fazer.S´oque tive coragem e marquei um infectologista para semana que vem dia 11/02.Abraços

    • Edison diz

      Não se apavore…vá ao infecto. Ele vai te pedir novos exames se achar que deve, e vai te dar a medicaçào. Eu sou HIV positivo há mais de 20 anos, e estou muito bem, nunca tive nenhum problema com a medicação ou doenças.
      Abra;os

      • Rubik Poz diz

        Edison, sou recém diagnosticado e tomo medicação há menos de um mês. Eu estava preocupado essa semana sobre os efeitos do remédio e da própria doença a longo prazo, mas fico contente de ler esse seu pequeno relato, me deixa mais tranquilo.

      • CARA + diz

        Poxa, 20 anos Edison?
        cara, não sabe como me deixa bem mais tranquilo com o seu depoimento e acredito que há muitos outros participantes aqui, que tb se sentem assim.

        participe mais, seja bem vindo nos debates, tenha certeza que nos ajudará a viver melhor ainda, com os seus comentários!

  8. E outra cosia que esqeuci de perguntar para que mtem experiencia, quem toma a vacina H1N1, e já teve hepatite normal, isso interfere no exame de HIV para positividade?

    • D_Pr diz

      RC

      Infelizmente não é seu caso. Quem solicitou exame de carga viral? Fez por conta? Não fez o western-blot??

      • Herivaldo Virulato diz

        O western blot dá muito falso negativo. O meu caso é um deles. Fiz 3 wb, todos negativos, e estava infectado. Para infecções recentes esse teste é inconclusivo.

        • E há outor teste, p to preocupado, pq fiz de rotina mesmo e nos dois deu positivo, estou deseperado gente…

      • Fiz por conta, fez si messe tal westenblot, assim informou o laboratorio, mas consegui consuklta com o infect odo dia 11/02 aique levarie para ele ver oe exame e saber oque me diz, fiquei assutado, melhor ainda esotu, to mais calmo depois que comecei participar aqui do blog com vocês,,mas qdo penso ja fico logo tremendo….obrigado

        • Herivaldo Virulato diz

          Fique tranquilo. Não é um bicho de 7 cabeças. Leia o post “esqueça tudo o que você sabe sobre hov”, neste blog. Ali há informações que te deixarão mais sossegado.

    • Herivaldo Virulato diz

      Em alguns casos pode gerar um falso positivo, mas no elisa. O exame de carga viral não é alterado, infelizmente.

  9. Guerreiro Azul diz

    Boa noite,
    Passei por uma fase ruim entre Setembro e Outubro de 2014, período em que fiquei doente por mais de 20 dias

    Em 20 de Outubro de 2014, já com a saúde a uns 90%, fui chamado no laboratório para receber o resultado do exame anti hiv, e descobri que havia passado por uma soro conversão.

    Minha CV era de 107 mil cópias neste primeiro exame que levei a primeira consulta com infectologista.

    Novos exames em Dezembro e resultados: CV 31mil cópias e CD4 de 1.167

    Como ainda não havia chegado o 3×1 no DF, fui orientado pela médica a aguardar o comprimido único, pois meu CD4 estava muito alto.

    Enfim, hoje na terceira consulta peguei o 3×1 para iniciar o tratamento, porém tenho que fazer um tratamento com antibióticos contra uma fdp de uma bactéria (H. Pylori) que está me causando gastrite.

    Se fosse por mim iniciava logo o tratamento com 3×1, junto com antibióticos, porém a medica disse pra fazer um primeiro.

    Estou muito ansioso!

    • Principiante diz

      Guerreiro Azul, também sou do DF. Só por curiosidade, quem é seu infecto por aqui?

      • Guerreiro Azul diz

        Olá principiante,
        Estou sendo atendido no HUB pela Dra Izabel, porém ela ontem me disse que a próxima consulta já seria com a DRa Elza.

        • Principiante diz

          Você conseguiu sua primeira consulta rápido no HUB? Logo quando obtive o diagnóstico, em novembro, eu fui ao hospital dia da 508 sul para marcar a consulta pelo SUS, mas não havia mais nenhuma vaga para 2014. Marquei então consulta com um infectologista particular, o Dr. José David, e fiquei bastante satisfeito com ele.

          • Guerreiro Azul diz

            Consegui sim Principiante, minha primeira consulta foi logo após o resultado dos exames, porém foi graças a um outro médico que acompanhou meu caso desde o início dos sintomas, quando ainda estávamos buscando a causa.

            Ele me deu um encaminhamento direto para a HUB, me ajudou muito.

  10. AMIGOS POSITIVOS diz

    Olá amigos positivos!

    Não sei mais o que fazer, desde o primeiro mês que comecei a tomar a medicação estou INDETECTÁVEL, meus exames uma maravilha, tirando a porcaria do Triglicérides que não baixa de forma alguma, sempre na casa dos 300, o meu infecto pediu para perder peso, perdi 16kg pois estava com 96kg com 1.77, hoje estou com 80kg me sinto ótimo, já procurei Nutricionista, Endocrinologista, cortei tudo que contem Massa e nada, não sei mais o que fazer, ta peso!

    • sampapoa diz

      frequentar academia se e exercita todos os dias? é sempre bom! minha infectologista disse que academia deve fazer parte do cotidiano de quem está em tratamento como também de qualquer pessoa. ir para a academia, para mim, é sagrado 🙂

    • Douglas diz

      Amigo, muitos medicamentos para hiv aumentam o nível dos triglicérides. Comer sementes de chia e linhaça, diariamente, ajuda bastante. Além disso, suplemento de Omega3 é outra alternativa que também ajuda muito quem tem problema com níveis altos de triglicérides. Tenta estas opções, tenho certeza de que te ajudarão. Isso, claro, acompanhado de uma alimentação balanceada. Se puder caminhar 3x por dia, por 20 minutos, também é uma boa. Boa sorte!

  11. julio diz

    Eu tô muito feliz meus ultimos examenes foram CV indetectável, CD4 596 🙂

      • Tathtany diz

        Muito feliz estou pois estou muito por dentro desse assunto pois minha irmã decidiu nai viver e eu estou decidindo não morrer

  12. Madamemin diz

    Cara + ,
    Que show, parabéns!

    RCPALMAS,
    Quando fiz meus primeiros exames, minha CV estava em 1.200.000 e meu CD4 em 19. Meu corpo ardia em febre. Meses depois eu estava indetectável e com CD4 acima de 500, sem nunca ter tido qualquer doença oportunista.
    Procure um infecto em quem vc confie e faça o tratamento, que tudo dará certo.
    Muito boa sorte!

    Edison,
    Há mais de 20 anos?
    É estranho dizer, mas fiquei muito feliz em ler isso! Vc é um vencedor!
    Fui diagnosticada há quase sete anos e, enquanto a cura não for descoberta, pretendo ir vivendo. Vivendo por muuuitos anos, como vc! 🙂

  13. Mike + diz

    Olá a todos,
    Já acompanho as postagens e comentários no blog a mais ou menos um mês, mas essa é a primeira vez que escrevo aqui. Fui recém diagnosticado, 07/01 e de lá pra cá foi um momento de muita angustia, tristeza mas também de muita reflexão. Fiz sexo desprevenido apenas uma vez, então nunca achei que estaria infectado. Eu também acreditava naquela frase ”Se HIV fosse transmitido por sexo oral, haveriam muito mais casos de infecção pelo vírus por ai.” Mas enfim, seja pelo sexo oral, ou por não ter me prevenido nessa única vez, estou infectado pelo vírus, e cá entre nós, essa angustia de ficar pensando em qual ocasião e com quem contraímos o vírus é uma tortura. Portanto, estou tentando relaxar e focar mais no meu futuro, que agora é o mais importante. Fiz o exame anti-HIV e como disse, nunca achei que estaria infectado. Fiz por uma clínica particular e simplesmente me entregaram os papéis, quase cai duro, quando cheguei em casa e olhei o resultado rs. Fiquei desesperado! Logo no dia já procurei por um médico, mas consegui marcar minha primeira consulta pelo SUS apenas para semana que vem, 11/02. Refiz o exame e no dia 19/01 confirmei meu resultado positivo. Este período entre um exame e o outro me fez aceitar um pouco mais essa situação. Confesso que ainda tenho muito medo, muitas inseguranças, acho que todos nós ainda temos um pouco, mas tive o apoio da minha família, e me sinto bastante abençoado por isso, pois seu que muitos não tem ninguém para poder dividir todo esse leque de sentimentos e pensamentos que passamos a ter, quando descobrimos sermos portadores do vírus. Quando eu tiver meus primeiros resultados dos exames vou postar aqui nos comentários. Estou começando a aceitar bem esse fato, pois ler as postagens e dezenas de comentários inspiradores que encontrei aqui no blog está me ajudando muito. Parabéns, Jovem! a sua iniciativa de criar esse espaço de informação e participação, com certeza beneficia muitos de nós. Parabéns a todos também! Pela garra e esperança em continuar acreditando no futuro e nos sonhos. Eu também pretendo e vou acreditar nisso. Continuar sonhando e batalhando para realizar todos os meus, terminar minha faculdade de Engenharia, fazer meu intercâmbio e tantos outros sonhos que todos nós temos e não devemos nunca desacreditar. Um abraço a todos!

    • Pois é Mike, tbme foi diagnosticado com o exame agora dia 04/02 e só consegui marcar uma consulta para dia 11/02 tbem.O negocio que minha familia não sabem, não tenho como contar, eles ainda não sabe mque sou gay e tal, estou arasado tbem co messa noticias, tem horas que me conforto mais com os comentários do blog, ajudam muito, muitas pessoas atenciosas e tiram nossas dúvidas e tenho que carregar esse fardo somente comigo, só me abrir com uma amiga minha que me incentivou a fazero exame, tem horas que to mais calm oe aceito, mas outras horas qdo penso sozinho no assunto me dar uma tremedeira, um nervoso, meu corpo fica gelado.Mas tenho confiança em DEUS e que ele nos abenções.abraços

      • Mike + diz

        Olá RCPALMAS,

        Cara, imagino como você deve estar se sentindo. Os primeiros dias pra mim foram os piores também. Assim como você, eu fiz o exame apenas para ”confirmar que estava tudo bem”. Não passou pela minha cabeça em momento algum que eu estaria infectado. Mas enfim, há coisas na vida que fogem da nossa compreensão. Em relação a sua família, deve estar sendo complicado para você lidar com isso tudo sem a ajuda deles. Não sei como é a relação de vocês, mas acredito que eles te amem e querem o seu bem, então meu conselho é que, se você se sentir a vontade e preparado para isso, que você conte a eles sobre a sua condição sorológica. O fato de você ser gay não precisa também vir a tona agora. Deixe isso para depois, caso um dia queira também dividir isso com eles. O HIV não tem nada a ver com sua sexualidade. Continue com fé em Deus mesmo. E acredite que nada na vida é por acaso. Espero que continue encontrando conforto, mas não só aqui no blog. Fique bem. Um grande abraço!

        • A realação é boa Mike, mas venho de uma familia tradicional, tenho medo de não aceitarem, por isso vou levando e sofrendo sozinho, nãoquero envolve-los, pois ja se tme problemas demais, meu pais ja sao idosos, e nã oquero dar mais essa preocupação, acredito em DEUS, sei que ele nunca nos abandona.obrigado

          • Mike + diz

            Entendo sua preocupação com eles. Isso é bem nobre da sua parte. Espero que consiga encontrar outras pessoas com quem você possa dividir toda essa angustia e que você consiga passar otimista por tudo isso. Sei que você vai encontra o caminho e a ajuda certa. Um abraço!

    • Oi Mike, é isso mesmo!!
      É susto, mas vamos ser mais forte e, não interromper nenhum sonho.
      Abraço

      • Mike + diz

        Olá Peter,
        Realmente é um fardo pesado para todos nós ter que lidar com isso tudo. Mas acredito que nunca devemos abandonar a esperança. As oscilações de emoções não devem ser maiores que os nossos objetivos. Acredito que em algum momento as inseguranças de todos nós vão ser bem pequenas e a determinação de vivermos um grande futuro vai deixar de ser uma meta para ser realidade. Um abraço!

    • Cara do Bem Sampa diz

      Oi Mike+
      não desacredite mesmo, tantos relatos positivos por aqui, só podem amenizar nossas incertezas e sofrimentos.
      Descobri a apenas 10 dias, através de um checkup de rotina, e pelo visto nao me cuidei como deveria. meu exame anterior tinha sido um pouco mais um ano antes e tinha sido negativo.
      A primeira coisa que fiz foi me informar o que devia fazer. busquei um Centro de Tratamento e Aconselhamento (CTA), levei meu exame, fui muito bem atendido e fiz exames complementares.
      O santo medico que me atendeu, disse que é só meu cuidar e levarei uma vida normal.
      Nao sei por quem fui infectado, e tento nao pensar nisso.
      apenas um amigo medico sabe e minha namorada.
      a conversa com ela foi ontem, doeu demais ter que contar a ela, e contar que trai… porém era a unica coisa digna que restava. gostaria que tivessem me contado.
      ela ainda com medo de fazer o exame. muito triste com tudo que aconteceu. ainda confusa e sem saber se ficaremos juntos. e pra mim, muito dificil ainda nao saber como ela está.
      Desejo que ela nao tenha se infectado e que eu tenha um bom acompanhamento medico, me cuide e possa compartilhar as vitorias que venho lendo aqui. que por enquanto ainda nao entendo muito.
      Busco os resultados complementares em meados de março, que creio que vao apresentar minha carga viral e todos os resultados que li aqui, e vou compartilhar com todos boas noticias.
      Espero manter contato com voces. por aqui ou por skype, e poder compartilhar vitorias.
      ja que decidi que nao vou contar pra mais ninguem,
      Fique bem – skype Caradobemsampa2

    • "O Que n me mata me fortalece" diz

      Tb sou soropositivo e estudante de Eng. descobri em nov/2015 me formo 2016 e jamais vou desistir da vida!!!!
      Sabe vi um vídeo de um senhor de Porto Alegre que é soropositivo a 28 anos e tem 60 e poucos de idade e ele fala no final do vídeo:
      “O QUE NÃO ME MATA, ME FORTALECE”
      Isso diz tudo….
      Sucesso e saúde para todos nós….
      Parabéns para o criador do site!!!

  14. Olem diz

    Queridos e Queridas…

    Encerro nesta terça-feira os primeiros tres frascos da medicação… eu estava com muito medo de iniciar a TARV porque ouvi e li muitas coisas sobre os efeitos colaterais. Acontece que durante esses quase 30 dias de medicação não senti quase nada, somente insônia nos primeiros 3 dias, acredito que muito mais por ansiedade do que por efeito colateral em si. Confesso que a medicação me deixou mais disposto para o dia a dia. Não abandonar a vida, pontencializá-la e seguir da forma que precisamos viver é a linha de conduta mais lúcida e digna, estou cada vez mais convencido de que a minha vida não está acabando, estou cheio de vida. Claro que o ideal e o melhor seria viver sem o vírus, mas já que ele está aqui dentro… fazer o que não é mesmo?

    Quando recebi o diagnóstico positivo imaginei que perderia a vontade de viver e deixaria para trás todos os planos e alegrias… tenho consulta na terça e na sexta viajo para curtir meu carnaval em Olinda e Recife, tenho sido paquerado, desejado… recebo bilhetinhos e escuto: “Puxa, como você está bonito!” rsrsrsrsrsrs.

    Caminhemos, enquanto houver vida e alegria, caminhemos.

    PS: Parabéns aos números altos de cd4 e aos numeros baixos de Cv. Vibro com cada alcance de todos aqui.

    Até já!

    • Felipe Rec diz

      ótimo olem! se eu tiver um dia de folga tbm pretendo ir a olinda, e me libertar dessa nóias, esquecer por um dia disso tudo, me igualar aos outros, e claro, tomar umas cervejas q não sou de ferro.

    • Hope diz

      Que bom, Olem! Essa semana, também tive boas noticias… subjetivas, pois novos exames do meu marido, só em junho!
      Sábado, depois de um pouco mais de 4 meses de diagnóstico, meu marido me olhou e disse: eu esqueci que estava doente!!! Eu respondi que ele não estava doente mesmo… mas entendi o que ele quis dizer.
      Algo que vi em um post aqui do blog: é bom esquecer do vírus… lembrar apenas na hora de tomar os remédios. Tenho certeza de que acontecerá com todos!
      Bom carnaval… por aqui, vamos viajar com as crianças.
      Divirtam-se e juízo!

  15. A Lu diz

    Sou diagnosticada soropositiva desde 2012 e ano passado entrei em pânico quando a camisinha estourou durante a relação!
    Sou indetectável a quase o msm tempo q soube d minha sorologia (um mês depois q soube comecei a tomar antireroviral e dsd então estou indetectável).
    Levei meu companheiro (claro q por puro preconceito dele hj é ex) para fazer profilaxia e a fazer o teste anti hiv no hospital publico (fomos atendidos por clínico geral)… assim q consultamos uma infectologista (no posto de saúde), ela já suspendeu a profilaxia e disse q era nula a chance d ter se contaminado por mim! Passou o maior sermão nele e eu tive q segurar o riso (afinal, não sou uma bomba viral do jeito q imaginava ser)!! Fiquei tensa por mim um tempo… e se ele fosse positivo e eu tivesse me recontaminado? Minha infecto disse q poderia ser perigoso se isso ocorresse… ele é soronegativo! 🙂
    Alguém mais passou por isso?

    • Chris diz

      Tenho acompanhado muito este blog e acho maravilhoso o que acontece aqui.
      Há três meses conheci um rapaz e comecei a me envolver com ele, uma semana após termos relações (com segurança) pedi para que fizéssemos um teste para sorologia do HIV, pois ambos trabalhamos na área da saúde. No final, o meu deu negativo e o dele deu positivo, mas não foi isso que no afastou. Estamos namorando e completando três meses de namoro hoje. Rs

  16. Pamela Lucia diz

    Guerreiro Azul

    Soro conversão é algo raro… Com quantos dias isso ocorreu? Explica melhor

    • Guerreiro Azul diz

      Foi exatamente o que a Dra disse em minha primeira consulta Pâmela Lúcia.
      Ela disse que era raro sentir todos os sintomas que tive, mas que de certa forma serviu para que eu soubesse precocemente da minha nova condição.

      Minha relação de risco foi na primeira semana de Agosto, 30 dias depois fiz um exame de 4° geração, que deu negativo.

      Não havia sentido nada ainda, mas como foi de risco resolvi fazer esse exame pra garantir.

      O que me deixou com pulga atrás da orelha é que essa pessoa havia de certa forma sumido, e novamente fiz um teste rápido no CTA com 45 dias, novamente negativo.

      Porém uma semana depois tive quase todos os sintomas

      • Guerreiro Azul diz

        Estava respondendo no celular e ficou incompleta a resposta Pamela, continua lá embaixo.

  17. Wil diz

    Essas reportagens são horríveis! Nos transformam em monstros porque o que dá a entender que todo nos sairemos fazendo essas coisas. Em pensar que a maioria de nós tem o mesmo sentimento que a A Lu falou um verdadeiro pânico de passar isso para alguém. Eu sou um que de verdade lendo os relatos de vocês aqui r tudo mais ainda tenho muito medo de fazer sexo. Apesar de tomar todas as precauções camisinha muito lubrificante ainda não me sinto completamente relaxado em fazer sexo. Sempre me ocorre que pode estourar

    • Mike + diz

      Concordo com você, Wil. Desde o dia em que descobri ser portador do vírus uma das minhas maiores preocupações é transmitir ele para alguém. Tenho tanta neura que as vezes tomo atitudes desnecessárias, isso fora da relação sexual rs. Acho que todos temos um pouco dessa neura. Realmente penso que a maioria aqui se preocupa em anular qualquer tipo de possibilidade de transmitir o HIV para alguém durante o sexo. Imagino, que vai demorar um tempo para que eu me sinta mais tranquilo em voltar a me relacionar sexualmente com alguém.

      • Madamemin diz

        Com o tempo ficamos mais tranquilos, mas nunca deixamos de nos preocupar! Comigo foi (e está sendo) assim!
        Força…

      • Mike+ tbem to asism rapaz, fico preocupado, me tranquei por inteiro, não procuro maisn inguém pra ter algo e tal, fiquei neurótico com isso, embora ainda irei iniciar meu tratamentom, comecei a fazer exames e após ocarnaval os completo para retornar ao infecto, mas fico pensando e preocupado.realmente temos que se adaptar a essa nova condição e eu ainda pior que não posso compartilhar com a familia, pois são muito barristas ainda e graças a DEUS há esse blog para nos confortar, trocarmos idéias e fazer boas amizades, um ajudando o otro e apredendo a cada dia a viver nessa nova condição.abraços

    • Cara do Bem Sampa diz

      vejo que uma reação normal.. estou na mesma.
      acho que nunca mais vou conseguir ter uma relação sexual.
      Creio que ate minha proxima consulta e tirar todas minhas duvidas com o medico que vai me acompanhar, ficarei assim.
      mas tenho certeza, que vou passar disso. vcs vao passar disso.
      e tudo ficara bem.

  18. Jovem+ diz

    mike + e Wil,
    Também morro de medo de contaminar alguém. Ainda não consegui fazer sexo com o atual companheiro, que me aceitou do jeito que sou. Fomos ao CTA pra tirarmos todas as dúvidas em relação ao contato sexual e contato íntimo.
    Tenho dois sobrinhos bebês, morro de medo de contaminá-los, as vezes tomo umas precauções absurdas, mas sei que logo isso vai passar!

  19. luquinha diz

    Dia 8 de março ou seja dia internacional da mulher , vai fazer 2 anos que voltei a ser virgem .

    • Herivaldo Virulato diz

      Eu estou atravessando a mesma situação. Não consigo me relacionar sexualmente. Apesar de toda a informação que venho obtendo. Alguém aqui voltou a ter uma vida sexual normal?

  20. Luiz diz

    Dúvida

    Todos os medicamentos causam lipodistrofia? A longo prazo como fica?

    • CARA + diz

      Luiz

      as novas medicações já não tem mais a lipodistrofia como efeito colateral. Não te preocupa com isso, te preocupa em ficar bem! Vários estudos estão apontando para a tal cura funcional, com medicamentos que não precisarão ser consumidos diariamente. Logo, logo devem estar aparecendo por ai. Vamos ter fé!

      Enquanto isso, procure ficar bem, tome sua tarv, entenda que ela é sua aliada e está ai para te ajudar e não deixar o hiv ficar fazendo festinha dentro do teu corpo!

  21. Olá pessoal, acompanho este blog a uns meses e sempre quando posso estou lendo, então eu tenho HIV desde 2007 à quase 7 anos e só comecei a tomar a medicação em julho de 2013 e então depois disso tivi umas complicações, que também teve a falta de culpa de minha infectologista que na epoca não teve a preocupação em monitorar e outras por não perceber manchas que apareceu em meu corpo e ela achar que não era nada. E alguns meses recebi a noticia que tinha Hanseníase e pela falta ainda de alguns dermatologista não reconhecer esta doença e comparar com alergias ou micoses, eles ainda tem muito que aprender e só não piorei mais devido correr contra o tempo. Que pena que ainda o governo tem que melhorar muito em termo de campanha sobre várias doenças.

    • Jovem+ diz

      captadiscipuli

      Vc ja fez o tratamento da hanseníase? Já ta tudo certinho?

      • captadiscipuli diz

        Sim Jovem+ ja estou em tratamento desde Dezembro de 2014, só que não esta sendo fácil devido tanta medicação, mas tendo fé e esperança irei vencer.

  22. Douglas diz

    Pessoal, com certeza vocês já ouviram falar num novo método de teste anti-HIV que já há nos Estados Unidos e logo, logo estará aqui no Brasil também. Neste teste, a pessoa passa algo na boca, para coletar a saliva, e em poucos minutos já se tem o resultado.

    Sinceramente, pode até ser uma ótima notícia para os soronegativos. Mas os soropositivos estarão muito mais vulneráveis a perder o anonimato. Eu sou muito reservado quanto à minha condição e estou temeroso quanto a este teste, que é tão fácil de se obter e de se usar. Se alguém te dá para fazer e você se nega, você já estará dando o diagnóstico. É um “beco sem saída”. O que vocês acham? E sabem dizer se esse teste detecta a soropositividade até daqueles que tomam o coquetel e têm carga viral indetectável?
    Abs!

      • Herivaldo Virulato diz

        O plano do governo é de fazer uma política agressiva de “test and treat”. Eles pretendem colocar agentes sociais nos bares e restaurantes oferecendo o teste, servindo eu ouvi na Voz do Brasil da última quinta feira. Também estou assustado com isso.

        • exexexDeprimido diz

          Onde eu moro existe este trabalho do governo em oferecer testes em locais tipo boates, bares (nao em restaurantes). Mas nao eh obrigatorio voce fazer o teste. Eles estao la oferecendo o servico e voce utiliza se quiser. Logico que o teste eh anonimo e ninguem fica sabendo do teu resultado. A intencao do governo eh otima. Eu sou a favor de ter mais locais disponiveis para testes. Nao sei se a discricao funcionaria no Brasil, mas aqui onde estou, eh totalmente sigiloso o teste.

      • Douglas diz

        Pessoal, o teste será vendido em farmácias e a preço acessível. Vi uma reportagem sobre isso ano passado. Diziam que já chegariam esse ano (2015) ao Brasil.

        Por que o medo? Digamos que você conhece alguém na balada, internet, wherever, e vocês se encontram para uma transa… Esta pessoa, mesmo havendo camisinha, pode querer fazer o teste, que dura poucos minutos, junto com você. Isso é só um dos exemplos de inúmeras situações que podem ocorrer na vida em sociedade. E não há agulha, só se utiliza a saliva, então não há justificativa plausível para dizer “não”.

        Gostaria muito de saber se o teste também acusa a positividade em pessoas com carga viral indetectável. Caso contrário, essa acessibilidade tão grande pode, sim, ser um perigo para o anonimato. Infelizmente, primeiro pensa-se nos negativos, para depois se pensar nos positivos. É assim que funciona e teremos que dançar conforme a música. Pode até haver formas de burlar o teste, como comer algo específico ou passar algo na boca, mas ainda não consegui descobrir. Não sei se as ONGs que defendem direitos dos soropositivos fará ou está fazendo algo a respeito.

        • Fênix diz

          O exame acusa positivo nos indetectáveis pois avalia anticorpos e eles não baixam pois fazem
          Parte das defesas, ou seja o legal é tê-los alto. mas o exame não vai ser assim liberal não, imagina os loucos sem orientação alguma tendo um resultado positivo sem qualquer preparo, em casa ou numa transa, acaba dando merda. Tem de ter muita campanha pro pessoal entender esse teste. No mais, já tive muitas conversas sobre teste e etc e
          Percebi que a maioria das pessoas não interessa em fazer não, já ouvi gente dizer que quando não sabe resiste
          Melhor a doença, pois quando descobre a depressão mata mais rápido. Dai se alguém pedir para vc fazer P teste é melhor dizer que caso tenha alguma coisa não acha a ocasião a melhor para ficar sabendo, afinal nem para trabalho podem lhe cobrar o teste quanto mais para uma transa casual.

          • Douglas diz

            Nesta matéria, de fevereiro de 2014, fala até o custo. Segundo a matéria, já estaria nas farmácias no primeiro semestre de 2014. Houve críticas (ainda bem!), talvez por isso o teste ainda não se encontre nas farmácias. A reportagem a que assisti falava que seria em 2015. Não lembro em que programa foi, mas acho que no de Heródoto Barbeiro, na Record News.

            “Mas o próprio Ministério da Saúde já sinalizou que liberará a venda desse teste em farmácias de todo Brasil no primeiro semestre de 2014 ao custo estimado de R$ 8,00. Existem críticas sobre essa ação, mas o objetivo é facilitar o diagnóstico da infecção.”
            http://www.minhavida.com.br/saude/materias/17353-aids-teste-oral-garante-mais-de-99-dos-resultados-corretos

  23. Guerreiro Azul diz

    Foi exatamente o que a Dra disse em minha primeira consulta Pâmela Lúcia.
    Ela disse que era raro sentir todos os sintomas que tive, mas que de certa forma serviu para que eu soubesse precocemente da minha nova condição.

    Minha relação de risco foi na primeira semana de Agosto, 30 dias depois fiz um exame de 4° geração, que deu negativo.

    Não havia sentido nada ainda, mas como foi de risco resolvi fazer esse exame pra garantir.

    O que me deixou com pulga atrás da orelha é que essa pessoa havia de certa forma sumido, e novamente fiz um teste rápido no CTA com 45 dias, novamente negativo.

    Porém uma semana depois tive durante +- 20 dias quase todos os sintomas da fase aguda.

    Fiz todas as sorologias, dengue, sífilis, herpes, hepatites, etc. , quais deram negativas.

    Foi aí que pedi novamente pra fazer anti hiv, que achava estar tranquilo já que havia feito recentemente por duas vezes.

    Foi aí que descobri, com 70 dias após a relação de risco.

    Minha cabeça virou, não foi e ainda não está fácil, mas é real.

  24. Guerreiro Azul diz

    Isso é o que dá fazer texto em celular kkkkk.
    Parou no lugar errado

    • D_Pr diz

      Calma Guerreiro, logo as coisas voltam a entrar nos eixos…Todos passamos por isso! É um choque, entretanto, depois da tempestade da descoberta, a vida segue normal (único plus é tomar “um comprimido”, na boa, você dá conta!).

      Por tudo que lemos, um teste de 4ª geração está positivo com 20 dias +/- pois procura por proteínas do vírus, não apenas anticorpos. Nos explique essa soro conversão tardia, fiquei “boiando”

      Me desculpe a pergunta, não houve nenhuma outra relação sexual durante esse período?

      Cadê o Herivaldo, Sérgio para clarear as idéias sobre seu caso!

      • Guerreiro Azul diz

        Eu havia lido sobre isso D_Pr, sobre 4ª geração, mas não sei explicar isso também.
        Não tive outra situação que me colocasse em risco, essa de agosto foi um tempo sem preservativo, pois a pessoa dizia estar incomodando, e após esse dia basicamente não respondia mensagens, o que me levou a desconfiar de ter sido proposital.

        Fiz com um exame com 30 dias (negativo), outro no CTA com 45(negativo) e o último com 70 dias(positivo).

        Não quer dizer que tenha sido com 70 dias a soro conversao, mas certamente entre 46 e 70 dias.

        • D_Pr diz

          Pois é Guerreiro, demais a mais, a única coisa que importa agora é manter a cabeça firme e os pés no chão! A soropositividade muda sua vida? NÃO!!! Posso lhe afirmar, com propriedade! Siga seus sonhos, objetivos, planos e metas! Um bom infecto é importante, pois essa relação é duradoura e precisa ser de confiança, apoio de pessoas a quem desejar revelar sua condição, infelizmente não é algo trivial que falamos numa mesa de bar, e pensando bem, ninguém paga nossas contas não é mesmo? Esse momento é de introspecção profunda e ficamos sem norte, se culpar e tentar achar culpados muda essa condição? Também não! Sua escolha agora deve ser por viver, se “amar”, respeitar sua saúde com uma boa adesão ao tratamento (não apenas tomar o comprimido), comparecer as consultas, ter uma boa nutrição/hidratação, praticar exercícios físicos moderadamente e ser feliz! Leve a vida com a menor ansiedade possível a respeito do vírus, isso é essencial!

          Saúde e paz!

      • Herivaldo Virulato diz

        Minha situação foi parecida com a dele, mas os prazos foram menores.

        Tive febre por uma semana dps de 20 dias, e meus testes rápidos davam negativo.

        Com 25 dias, o Western Blot ainda dava negativo (Fiebig 3) e o Elisa de 4a geração, positivo. Iniciei o tratamento nessa fase.

        É estranho um Elisa negativo em 30 dias, acho que precisamos considerar a hipótese de o contágio ter sido dps da data suposta.

        • Fênix diz

          O wb tende a positivas depois do Elisa e do teste rápido por ser mais criterioso que os dois. Qualquer resquício de anti corpo positiv o Elisa e o tr mas o wb precisa achar anticorpos para o envelope e mai anticorpos contra os antígenos específicos que não me lembro mais o nome

  25. Principiante diz

    Complementando o D_PR, algo que tem me ajudado muito a lidar com o diagnóstico é a psicanálise. Felizmente, quando tive conhecimento do diagnóstico, já havia 1 ano que eu fazia análise. Na época, cheguei a ter 3 sessões por semana. Eu estava muito desesperado e entrando em depressão. Acho que passei 2 semanas chorando praticamente todo dia. Minha psicanalista me ajudou muito a lidar com isso e agora já estou bem e voltando a falar de infância, sonhos e outras questões nas sessões. Recomendo muito, além das consultas com o infectologista, algumas sessões de psicoterapia. Há algumas abordagens que trabalham com intervenção breve e podem ser muito eficazes em curto período de tempo.

  26. Herivaldo Virulato diz

    Alguém aqui voltou a uma vida sexual normal? Isso está me preocupando muito.

    • Interessante essa pergunta, eu fui diagnosticaod recente e perdi a vontade de sexo , sei lá agora fico com medo…

    • D_Pr diz

      Sim, eu tive muita sorte! Primeiro minha namorada é negativa, segundo aceitou minha condição e por último cada dia nos relacionamos melhor, com maior cumplicidade e companheirismo em todos os aspectos!

    • exexexDeprimido diz

      Herivaldo,

      O que eh vida sexual normal? Transar sem camisinha? Ou bloquear o pensamento na hora do prazer? Acredito que a vida sexual pode ser afetada por varios motivos, nao so pela existencia do HIV. Acho que minha vida sexual nao mudou apos minha sorologia ter sido confirmada, pois eu sigo a vida, com protecao sempre. Ja fazia isto antes, e agora mais ainda.
      Como eu sempre digo, a vida segue. Com ou sem HIV.

  27. vicente+ diz

    Herivaldo, descobri minha sorologia em novembro/2014. Cogitei a possibilidade de nunca mais fazer sexo, mas depois de ler tantas coisas e refletir bastante, voltei com minha vida sexual, obviamente me prevenindo e tendo mais cuidado, pois jamais quero transmitir para alguém.

    • Vicente que bom feliz por vc, eu fui diagonisticado num exame de rotina dia 04/02, ai marquei infecto para dia 11/02 para poder mostrar os exames a ele, para ver que orientação me dará,mas na realidade ,ach oue de ficar nervoso, o libido acaba ,sei lá, a vontade de sexo passou.Acredito eu,que seja ainda pelo susto,abraços

  28. Paulistano + diz

    Boa tarde pessoal.

    Li todos os posts e resolvi escrever.
    Amanhã faz 1 semana que descobri o HIV, ainda estou atordoado, já chorei algumas vezes, fiquei triste em outras, porém estou procurando viver um dia de cada vez.
    Descobri porque tinha uma cirurgia marcada, e no dia da internação, cheguei ao hospital com 39,5 de febre, o médico cancelou a cirurgia e pediu vários exames, dentre eles o teste de HVI.
    No dia 04/02 entrei na internet para ver se o exames estavam prontos e tive o “baque” da confirmação do vírus, fiz uma nova coleta para confirmação que também deu positiva ontem, fui ao CTA para dar inicio ao processo no SUS, uma vez que os primeiros exames foram feitos através de laboratório do convênio, no CTA mais um exame positivo.
    Ainda não passei por infectologista, a primeira consulta esta marcada para a próxima quarta 11/02, então não sei se minha CV é alta e como esta meu CD4, sei que no exame de confirmação tem a seguinte informação: DETERMINAÇÃO DO RNA DO VIRUS HIV-1 CÓPIAS/ML : 1467392 copias/mL, LOG COPIAS/ML : 6.17 Copias em log/mL, UI/mL : 2553262 UI/mL e UI EM LOG : 6.41 UI em log/mL.
    Às vezes me pego com medo do futuro, do que tem por vir e confesso que me da um pouco de pânico, só contei até agora para uma pessoa, não pretendo contar para minha família e amigos, pelo menos não por enquanto, minha família com certeza ficaria apavorada.
    Depois de ler os vários comentários aqui, confesso que me senti mais “confiante” sobre minha nova condição.

    • Querido paulistano, então fomos diagnosticados na mesmas datas, tbem fiquei atônito, sem saber oque fazer, o blog aqui ajudou muito, minha carga viral deu en torn ode 53.525 , o medioc falou que estava na media. já iniciei todos os exames pelo convenio que tenho, e após o carnaval os concluo e levarei ao retorno para entrar com a medicação, que ele vai averiguar.È ruim mesmo ,a gente fica sem chão, a questão familiar é demais tbem, tbem não contei a ninguem somente há uma amiga minha de total confiança, que me ajuda e dar forças para superar, mas senti mais força mesmo foi aqui no blog, relatando e acompanhando os relatos dos amigos aqui, que nos ajudam muito, atéo medico me parabenizou pela calma e por tanta infiormaçao que eu ja havia.Vamos em frente a luta continua, nossa vida será normal e venceremos sempre com DEUS semrpe presente.Qualquer coisa to aqui…abraços

    • Will diz

      Paulistano, eu tive diagnóstico em junho/13…Pelo que o infecto comentou aa época, com o resultado dos exames, minha infecção era bem recente… Sei como se sente.. Mas uma coisa é certa, viver a vida cuidando da saúde é a melhor opção.. Existem muitas outras doenças, como diabetes, que causam muito mais danos ao corpo do que o hiv.. tenho também os temores quanto ao futuro, ainda não comecei a tarv e mantenho minha situação sem contar pra família, mas por temor do efeito sobre eles… De qq maneira, cuide-se cara!!

      • Estou assim tbem Will, sem contar para familia ,e esperando oresultados da bateria de exames que o médico pediu para começar otratamento, abraços;;;Ps: qualquer coisa querendo conversar to aqui so passar email, skype abraços

    • Cara do Bem Sampa diz

      depois que li os posts de voces. estive no cta santa cruz, conversei com o medico e ví tanta gente “saudável”… tive certeza que não é o fim.
      existirão perdas, mas com certeza existirão ganhos.
      o mais importante é se informar, ter acompanhamento medico e seguir as orientações.
      estou confiante.
      as vezes choro, fico triste. mas querendo ficar bem
      acho que é importante conversar, como fazemos por aqui.
      quem quiser manter contato pelo skype, será ótimo tambem… é o mesmo email que posto aqui. caradobemsampa2@hotmail.com

  29. Luz diz

    Eu já me daria por satisfeito se tivéssemos a pílula única aki no rj!
    Seria incrível e só aumentaria a adesão ao tratamento;hoje a mulher da farmácia onde pego os medicamentos disse q até março talvez já tenha!tomara!!!

  30. Pequena + diz

    Oi gente 😉

    Feliz da vida, meu reforço de hepatite pegou.
    Além de que meu médico Dr F ( super gato ) falou que nunca viu uma paciente recém diagnosticada tão tranquila, centrada e com perguntas tão bem formuladas sobre as dúvidas que tem sobre o hiv.
    Devo isso a esse Blog, ao Jovem Soropositivo e ao pessoal que nos ajuda com seus posts, e que sempre tem um ombro amigo para nos consolar.
    Outra coisa, saí com o encaminhamento da última vacina que faltava Pneumocócica para deixar minha carteirinha de vacina em dia, já agendei a próxima coleta de cd4 e carga viral, e aí recebi outro elogio,por ser bem organizada quanto as vacinas,datas de exames e consultas.
    Obrigada a todos pela força e amizade.
    Vcs são minha família do ❤
    #TAMOJUNTO
    Bjus da Pequena +

  31. Realmente ,este blog e as experiencias de vocês que já convivem com o hiv, nos conforta muito, estou mais calmo depois que comecei a ler e as respostas que tive e tenho tido, agradeço demais a todos e continuem sim, dando essa força pra gente.Como disse estou recém detectado dia 04/02 e pra mim o mundo caiu sobre minha cabeça, na condição de absorver isso sozinho, pois não contei para minha familia, dia 11/02 vou ao infecto levar os exames para ele olhar, pois fiz rotineiramente, como sempre e verei oque ele tem a dizer.obrigado

      • Herivaldo Virulato diz

        Por falar em não perder a fé, uma ótima notícia!

        Saíram hoje meus últimos exames. Estou INDETECTÁVEL, num exame com precisão de ate 20 u/ml.

        Pra partilhar com os colegas, meu histórico foi:

        11/10/14:
        Descoberta e início do tratamento.
        Cd4 – 462
        Cd8 – 1171
        Relação 0,39
        Cv – 1.590.000

        11/11/14
        Cd4 – 901
        Cd8 – 1480
        Relação – 0,6
        Cv – 452

        10/12/14
        Cd4 – 671
        Cd8 – 919
        Relação – 0,73
        Cv – 98

        7/2/14
        Cd4 – 714
        Cd8 – 852
        Relação – 0,85
        Cv Indetectável

        Esquema de tratamento:
        Lamividina
        Tenofovir
        Raltegravir

        Efeitos colaterais:
        Nenhum, para além da queda de cabelo (reversível)

        O Raltegravir no Brasil é normalmente terapia de resgate. Mas como no meu caso a infecção era recente, a recomendação em muitos países é de que ele seja utilizado como tratamento inicial. Conseguimos uma exceção com base nisso.

        Recomendo a todos com infecção recente que discutam com o médico a possibilidade de iniciar já o tratamento. No meu caso iniciei-o com 10 dias a partir dos sintomas. Meu western blot não chegou a negativar.

        Divulgo os resultados para dar FORÇA aos recentemente infectados. Os primeiros dias são desesperadores, mas acreditem: tudo volta ao lugar.

        Um abraço a todos!

        • Douglas diz

          Herivaldo, que bom que conseguiu iniciar com o Raltegravir! Eu estou no meu primeiro esquema (lamivudina+tenofovir+nevirapina). Minha pele mudou desde que comecei esse esquema. Pensei em mudar para Raltegravir, no lugar da nevirapina, pois soube que é um medicamento com ótima resposta e quase não há efeitos colaterais. Mas minha médica falou que esse remédio, no Brasil, só se usa como terapia de resgate, simplesmente porque o Brasil não tem grana para estar usando esse remédio como terapia inicial. Você acha que tem como eu conseguir mudar para raltegravir? E quanto à queda de cabelo, ela se deu devido a que medicamento? O tenofovir?

          Parabéns pelos resultados e pela sábia estratégia.

        • Cara do Bem Sampa diz

          como vibro com boas noticias Herivaldo.
          parabens e continue confiante.
          gde abraço

  32. Olá Pessoal,
    Fui diagnosticado em Abril de 2014, vejo muitas pessoas perguntando sobre a vida sexual. Acredito que cada um tem seu tempo para lidar com seus conflitos internos, seus temores. Alguns conseguem passado o primeiro impacto retornar a uma vida normal respeitando os devidos cuidados, para mim a situação ainda é bem difícil, principalmente pq tive uma experiência trágica, com meu namorado na época, me contaminei em uma unica relaçao desprotegida, anterior ao meu namorado na época do diagnostico, nós nunca nos submetemos a nenhuma situação de risco, mesmo eu sem saber que era positivo, nos nossos 9 meses de namoro, mesmo assim fui honesto com ele, levei para fazer exames (negativo), marquei psicoterapeuta para tentar prepará-lo para lidar com essa bomba, mesmo assim ele não compareceu as sessões, me rejeitou e me abandonou, e mandou eu sumir do mapa, até hoje dói muito tudo isso, pois eu o amava e tentei ser o mais honesto possível. Não me deu a chance de ter uma única conversa olho no olho. Acho que a questão do meu atual “celibato” nem é só sexual, é o medo de me envolver novamente com alguém, e ser abandonado novamente, agora que estou saindo do poço, não quero ser lançado ao fundo novamente. Então optei por não me envolver mais com ninguém, ainda passo por alguns momentos de tristeza e desespero, mas são cada vez mais raros, e tento focar minha vida em outras coisas, outras oportunidades de estudo e de carreira.
    Fiquei identificável mt rapido e nunca tive nenhum efeito colateral. Gozo de uma perfeita saúde física, pratico esportes diariamente, e não acho incomodo algum tomar as medicações, para mim a grande dificuldade, e acredito que a de muitos também é a parte psicológica, o sentimento de culpa e a autopunição, não tenho vida social alguma, em compensação meus livros e seriados prediletos estao em dia, mas no fundo sei que isso tudo é só uma defesa, uma forma de que encontrei de evitar uma nova decepção e um grande sofrimento.
    Continuo fazendo psicoterapia, na esperança de voltar a ter uma vida normal, ir em shows, sair com amigos, me divertir, mas como disse, cada um tem seu tempo, e meu bloqueio ainda é grande, acho que nem pelo HIV em si, mas por toda minha vida de repressão, de tentar levar uma vida “perfeita” e ver alguns sonhos desmoronados.
    Boa sorte a todos.
    Vamos vencendo um dia de cada vez.

    • vai dar certo, tbme to nessa sabe, fui diagnosticado num exame de rotina, e agora que estou fazendo todos os exames solitiados pelo infecto, mas fico com medo de me relacionar, fui infectado por um ex namorado de 9 meses de namoro e acredit oque ele nao sabioa, descobriu depois e soube mais tarde q vei oa falaecer por outras complicações.Mas to aqui na luta, confiante, e vamso em frente, pois o medico disse q eu estava bem, e nao havia sentindo nenhum sintoma ate agora.Qualquer coisa to aqui so chamar, abraços

    • Cara do Bem Sampa diz

      lis4ndro
      nao desanime… o importante é manter sua saúde fisica e mental.
      se cuide. fique bem…. como já disseram aqui, um trecho lindo do Mario Quintana.
      “…o segredo é cuidar do jardim, para que as borboletas aparecam..”
      Nao é seu fim, é um novo recomeço.
      qq coisa. conte comigo

  33. Olá!

    O que vcs acharam da ação do Ministéruo da Saúde para prevenção do HIV? Usaram o Tinder para interagir com os jovens.

  34. Dayane diz

    Olá a um tempó quase um ano veio acompanhando voçês rsrsr enfim me chamou muito a atenção sobre o caso do Guerreiro Azul. Algo deve esta confundindo ele ou a data dessa relação q ele teve e acha q se infectou nela ou ele teve outra relação e ACHA q não é considerada de risco. Pq até onde eu sei não precisa ter sintomas para os teste se positiva e sim respeita a (janela imulogica).

  35. Dayane diz

    Ahhh Guerreiro Azu, também sou do DF e se vc fez seu teste rápido la no CTA da rodoviária acredito que possa te tido erro pois eles deixa muito a deseja Meu ponto de vista até pq vc deveria te sido informado que teria que repeti o teste com 60 dias. Meu marido estava fazendo acompanhameto la so que minha infecto está acompanhado ele agora ela preferiu q ele se teste ate um ano para garantir q não se infecto msm. Depois de 6 a 6 meses so por prevençãO.

    • Guerreiro Azul diz

      Então Dayane,

      Vou colocar datas pra ficar mais fácil pra tentarmos entender, em 05 de Agosto tive essa relação, onde por um período não usei preservativo. Dez ou doze dias após, tive outra relação, que julgo tranquila, onde preservativo foi usado durante toda relação. Após isso não fiz sexo com mais ninguém.

      No dia 05 de Setembro fiz um exame de laboratório, que segundo está escrito é de 4ª geração(negativo).
      Lembrando que o que me fez fazer este exame foi a pulga atrás da orelha que fiquei por ter feito sem preservativo e a atitude dessa pessoa de sumir do mapa, isso me deixou muito desconfiado.

      No dia 20 de Setembro fiz o teste rápido no CTA (negativo). Conversei sobre a exposição no dia 05 e fui orientado pela funcionária do CTA a repetir com 60 dias, porém neste período adoeci e fiquei fraco, fiz vários exames, quase todas as sorologias (todas negativas), exceto hiv, pois já tinha feito duas vezes e achava estar bem.

      Já me sentindo melhor, porém ainda sendo acompanhado pelo médico, pedi novamente o anti hiv após 70 dias da primeira exposição.

      Apenas tive estas duas relações com essas duas pessoas, antes do dia 05 de agosto havia uns 3 meses sem relacionamentos, e após tive apenas estas duas, dia 05 de agosto outra 10 a 12 dias após.

      Não queria culpar ninguém, mas procurei essas duas pessoas, a primeira havia sumido e a segunda ficou perplexa quando falei o que estava acontecendo, negou ser positiva, até me afastei dela por ter me exposto.

      Conclusão:

      Minha desconfiança está na primeira pessoa, principalmente como as coisas ocorreram.

      Sim, pode ter ocorrido com essa segunda pessoa que tive relação, ela pode estar mentindo e de alguma forma pode ter ocorrido uma contaminação, também não pedi comprovação por exames, nem também me importa, pois não muda nada minha condição.

      Posso estar enganado, claro, mas diante do ocorrido…

      • Dayane diz

        Pós e Guerreiro Azul….
        Relmente isso agora pouco importa..
        Mais msm com cancamisinha pode corre infecção por isso os medicos pedem para todos os negativos de um relacionamento sorodesconcordante se testa de 6 em 6 meses.
        Talvez essa pessoa nem saiba que tem o virus muitos não sabe, a janela imunológica bate mais com essa segunda relação.
        Maaais agora é bola pra frente e vamos nos cuidar. Talvez com quase toda certeza rsrsrs te questionei sobre isso pelo fato de estar com medo de ter infectado meu marido, ele ja fez vários exame com uma janela de 7 meses e graças a Deus todos negativo. Mais como minha infecta pediu pra se testa até completar 1 ano estou ansiosa. Ai acabou me assustando essa sua pequena demora. 😕

  36. O Grande diz

    Oi, não sei bem como começar. Fui avisado ontem que meu exame estava alterado e hoje fui a um CTA e tive a certeza de ter HIV… estou sem pé, sem cabeça, sem chão. . Lendo aqui fico mais tranquilo mesmo assim… minha preocupação aflinge meu coração. .. Não sei qual foi a reação de vocês mas a minha não foi boa… chorei muito, amanha marco com o médico e o psicologo mas minha cabeça esta girando, nao trabalhei direito mas tenho fé que tudo vai dar certo.

    • CARA + diz

      O Grande

      tenha certeza que todos nós passamos por esse momento sem chão que vc está passando, mas te digo: o luto passa. Não dê muito motivo para ele permanecer. Reaja!

      Marque seu médico, faça seu acompanhamento direitinho, que tenho certeza que logo estarás aqui relatando sobre sua vida, seus exames, suas conquistas e servindo de exemplo para muita gente. Força e fé!

  37. Olem diz

    Amores e Amoras…

    Alguém que toma a combinação Tenofovir, Efavirenz e Lamivudina… e que gostam de tomar uma cervejinha de vez em quando… quais as dicas para tomar pelo menos umas tres cervejas nesse carnaval? como vcs fazem?
    Grato!

    • CARA + diz

      caro Olem

      nao tem muito segredo…é tomar e pronto!
      desde que não beba “pra cair” kkkkk

    • Hope diz

      Olem,
      Os remédios não interagiram em nada com álcool no caso do meu marido (ele já chegou até a tomar enquanto estávamos bebendo – sei que não é ortodoxo, mas aconteceu). O fato é que ele não é de beber muito mesmo…
      Além disso, éramos meio neuróticos com o horário mas o Dr. Ésper falou que a coisa não é bem assim… disse que tomasse antes de dormir e não em uma hora exata! Ele toma mais ou menos na mesma hora, mas sem neura…

    • vicente+ diz

      Olem, eu tomo essa combinação. Comecei a tomar dia 05/01/2015, nas primeiras semanas eu não bebi, mas depois de conversar com algumas pessoas eu fiquei mais relax. O álcool em si não afeta o tratamento, a preocupação dos médicos em relação a isso é a longo prazo devido a sobrecarga do figado. Eu tomo a medicação 23:30 religiosamente, e quando quero sair pra balada tomo no horário normal, pois não tenho reação alguma. Já ouvi relatos de pessoas que sentem tontura, vômito após ingerir bebida alcoólica, mas nada disso aconteceu comigo, É o famoso: cada caso é um caso.
      Tenta ficar mais tranquilo e curtir seu carnaval de boa, afinal a vida continua e bora se divertir. =)

    • Madamemin diz

      Olem…vai com fé meu querido! Curta o Carnaval!
      Eu tomo a mesma combinaçao e nunca deixei de beber (ps.: não que eu beba muito, apenas não me privo).
      Bjao

  38. luquinha diz

    Hoje por varias vezes ao dia , senti saudade de uma pessoa que eu amo muito …….cazuza……

  39. GUTAN diz

    Olem,

    Tomo essa combinação há um ano. Todos juntos lá pelas dez da noite. Quando vou sair pra balada e tomar uma cervejinha de leve, eu tomo o efavirenz tipo umas 7 da noite e a lamivudina e tenofovir as dez normalmente. Nunca tive problemas com isso. Acredito que o efavirenz é que não deve ser ingerido próximo do horário em que se ingere bebida alcólica. Agora com o comprimido 3×1 vai ficar complicado fazer dessa forma. O importante é todos os dias tomar a medicação na mesma hora, com tolerância de no máximo meia hora.

    • CARA + diz

      Gutan

      fiz o mesmo questionamento a minha infecto nessa última consulta (06/02), pois o 3×1 é ingerido antes de deitar. Perguntei qual seria a tolerância de horários. E ela me disse que é bom tomar mais ou menos sempre num horário pré definido (veja bem, mais ou menos). Até perguntei, pois muitas vezes, queria ir dormir, mas ficava esperando a hora exata para ingerir a pílula. Depois disso, por volta das 11h, 11h30min, meu horário de ir deitar, tomo-a.

      me disse também entender perfeitamente que vez ou outra, o cara tem um jantar, ou o horário se estende um pouco a noite e que pode haver ai, uma tolerância de até umas duas horas, até porque o efavirenz para muitos, causa sonolência.

      Quanto a bebida alcoólica, não fez nenhuma restrição a não ser aquelas mesmas que um médico faria a qualquer um que não toma remédios.

      • exexexDeprimido diz

        Gutan / Cara+
        Eu sei que meu medicamento eh diferente (Stribild), mas meu infecto disse-me que eu devo tomar o remedio num horario definido, que poderia ser no cafe da manha, almoco ou jantar (o Stribild tem que ser tomado junto com alimentacao). No comeco eu o tomava no horario do jantar, mas como meu jantar nao tem horario regulado, eu passei a tomar o remedio no cafe da manha. E o aconselhamento dele eh que eu o tome entre 8 e 10 da manha. Um dia pode ser as 8 horas, e no outro dia, posso toma-lo as 10 horas. Este eh o periodo de oscilacao entre uma pilula e outra.
        Isto foram as instrucoes do meu infecto. Mas cabe ressaltar que eu ja iniciei o tratamento com o Stribild.

  40. Pessoal, eu ia preencher um formulário de alteração de Seguro de Vida da empresa e lá tem a declaração de saúde. Pergunta se você tem alguma doença pré existente e também pergunta se você faz uso de medicação ou algum tratamento contínuo. Se eu responder não para estas perguntas alguém sabe o que pode ocorrer? Como sou do RH não fiquei nada a vontade em ser sincero, mas não sei no que implica omitir o HIV e a TARV.

    • Hope diz

      Binhomais, essa alteração foi solicitada por você? Caso você já fosse proponente do seguro antes, não é necessário informar. O caso de agravamento do risco se aplica a seguro de danos, mas não de vida. Eu não informaria e não vejo causa para negativa de eventual indenização, especialmente porque parece ser uma seguro em grupo…

  41. Paulistano + diz

    Pessoal, devo iniciar meu tratamento hoje, alguém sabe me dizer se os medicamentos fazem o cabelo cair?

  42. Saint+ diz

    Boa tarde pessoal.
    Descobri ser positivo dia 07/01.
    Em novembro do ano passado comecei a me envolver com alguem, e achei q poderia confiar. Obviamente me fudi. Fui infectado propositalmente. Tive sintomas de dengue. Amanheci de repente com muita febre, muita moleza, dor no corpo, e os médicos da rede pública me diagnosticaram com dengue, mesmo sem fazer um exame específico pra isso. Cerca de 10 dias depois ja estava me sentindo bem, mas uns “carocinhos” na minha nuca me fizeram voltar a médica q solicitou um teste anti HIV. Me desesperei só com esse pedido. Que foi feito em dezembro. Quando o resultado saiu em janeiro, meu mundo caiu. Por fim
    Sem deixar isso mais complicado do que ja deve ser
    Procurei um infecto, ele solicitou os exames
    CV: 350.000
    Cd4: 368.
    Comecei ontem a tomar o remedio. Apesar de ser super leigo, acredito ser o tal do 3×1, afinal, é apenas um comprimido ‘-‘
    (Nobel de genialidade pra mim pf)
    Apenas acordei várias vezes de madrugada muito tonto, como se estivesse bêbado, e me sinto bem enjoado hoje, mas nada de mais.
    Quero agradecer a todos que compartilham experiências aqui.
    Saber que nao estamos sozinhos…. Reforça a fé sabe?
    Tenho perguntas pra karl ainda. Mas a principio, ja chega. Haha
    Esse texto kilometrica aq ja ta me incomodando.
    Força guerreiros!

    • CARA + diz

      com o tempo as “melâncias” (melâncias mesmo ok), se ajeitam. Tenha certeza disso. Esses efeitos colaterais, muitas vezes estão mais ligados a nossa ansiedade em torno do remédio, do que qualquer outra coisa. Vida que segue!

  43. Saint+ diz

    Boa tarde glr
    Descobri minha condição recentemente, 07/01/15.
    Em novembro estava em um relacionamento em que achei que podia confiar. Obviamente me fudi. Fui infectado propositalmente. Mas isso nao muda a realidade atual.
    Ontem tomei minha primeira dose. Senti uns poucos efeitos de madrugada e hoje cedo. Fico feliz de ver um espaço como como esse. Vocês me fazer ter mais força ao ver que nao estou só.
    Meu primeiro e unico exame revelaram CV em 350.000 e CD4 em 368.
    Ainda sou bem leigo no assunto. Aprendendo mais a cada dia.
    Força na batalha guerreiros o/
    #DF

  44. Mike + diz

    Olá pessoal!
    Ontem fui a minha primeira consulta com a infectologista. Saí bem mais esclarecido em relação ao HIV e ao tratamento. Apesar de algumas inseguranças que eu ainda sinto. Fiz meus exames hoje. Marquei o retorno para o dia 11/03, pois os resultados sairão apenas daqui a 1 mês. Estou fazendo meu acompanhamento pelo SUS. Não achei ruim, apesar de achar um pouco constrangedor. As recepcionistas conversam com você em voz alta e perto de todos, repetindo tudo que você fala, me senti um pouco exposto, pois tenho bastante medo de que as pessoas saibam devido ao preconceito. Cogitei a possibilidade de fazer o acompanhamento particular, e pegar a medicação pelo SUS, inclusive por indicação de uma das psicólogas do CTA. A demora para realização de exames e consultas seria um dos principais motivos. Gostaria de saber a opinião de vocês sobre o tratamento pelo SUS e o particular, as experiências que tiveram. Ah sim, sou de Belo Horizonte, caso algum de vocês seja daqui, uma indicação também seria legal. Minha médica parece bem instruída, bastante séria e profissional hehe Gostei dela, mas confesso que não me senti tão a vontade quando queria. Esperava encontrar um médico mais social. Acho que a maioria aqui gosta de alguém pra conversar de forma descontraída, alivia um pouco a tensão de se descobrir soropositivo. Acho que nos ajuda a relaxar um pouco e ganhar mais confiança do profissional, que vai guiar nosso tratamento, principalmente por causa do vínculo que é criado entre o médico e o paciente portador do HIV. Assim que eu tiver meus resultados compartilho aqui com vocês. Um abraço a todos!

    • sampapoa diz

      atendimento médico faço pelo SUS. e tenho sido bastante bem atendido (quando o assunto é infectologista). mas dia de coleta é um comboio de gente misturada. a única coisa que tenho a reclamar é sobre a coleta de sangue… é MUITA GENTE, e demoro muito na fila!!!! as razões de coleta são bem variadas… não existem só soropositivos… tem os que vão fazer coleta pra colesterol, glicemia, exame de urina, fezes, mil e uma coisas… é um “carnaval”…

      • Mike + diz

        Bom dia, sampapoa!
        Sim. Eu também gostei do atendimento do SUS, parece ser bem preparado para nos ajudar no tratamento, a única coisa que me incomodou foi a demora para os exames e marcação de consultas. Consegui fazer a coleta um dia após a primeira consulta, pois fui para tentar ganhar uma senha de desistência, porque se não, conseguiria marcar mesmo para fazer a coleta só depois do dia 15 de março. Eu também percebi que em relação ao dia de coleta fica bem cheio, mas as razões são bem variadas mesmo. Espero gostar e ter todo o suporte no meu acompanhamento pelo SUS. Obrigado!

      • Pequena + diz

        Ola sampapoa

        No CTA que eu faço meu tratamento eles deixam as terças feiras pela manhã apenas para CD4 e Carga viral.
        Só tem os +, pegamos a senha, passamos pela triagem coletamos e vamos embora. no máximo meia hora já estamos liberados.
        Já os outros exames, somos encaminhados para um Hospital que tem um Laboratório conveniado que atende lá.
        Lá dá de tudo,grávidas, pessoas com diabetes, exames de urina,fezes, colesterol, etc.
        Outro dia fui coletar sangue para ver se minha vacina de hepatite pegou, percebi que tinha um + lá, porque a atendente falou: vc tem que voltar ao CTA e buscar o encaminhamento.
        Mas acho que só eu percebi, pois esses termos só sabe quem frequenta um 😉

        Bjus Pequena + ❤

        • CARA + diz

          Pequena+

          o mesmo acontece aqui. A coleta para cd4 é nas segundas e quartas feiras. Pega-se senha, em nem 15 min, já chamam e fazem a coleta. Os demais exames, são encaminhados aos laboratórios conveniados (que não ficam no mesmo prédio) e ai sim, você se mistura a todos os outros exames. Então saber certeiramente para que serve, só se você está sendo acompanhado por alguém.

          Inclusive, fiquei sabendo destes de segundas e quartas para cd4, pois fui “xereta” e perguntei a psicóloga. Caso contrário, acharia que quem estava ali era para coletar sangue, como em qualquer outro laboratório.

    • CARA + diz

      Mike+
      faço todo o acompanhamento pelo SUS (mesmo tendo plano de saúde), até porque aqui é um Centro Especializado em Saúde (CES), ou seja, tratam de tudo lá e praticamente, concentra tudo lá também. Então dizer certeiramente o que a pessoa está tratando, só se você entrar na sala da consulta com ela. E como aqui na minha cidade, os médicos do plano, são os mesmos que atendem pelo SUS (e ouvi falar super bem da minha médica), optei em ficar, por enquanto, por lá.

      Assim como você, a única questão que tive foi um certo “asco” com a recepção, pois como ali centraliza toda a entrada de “enfermidades” a serem tratadas, acreditava que os profissionais poderiam ser sim, mais discretos. O que fiz, foi enviar um email para o Centro, reclamando disso e me parece que surtiu efeito. Quando chego lá, com a requisição da médica para CD4 e CV (digamos que este seja o único exame que certeiramente denuncia o que efetivamente você tem), entrego-a dizendo: preciso fazer esse exame aqui – ela entende o que quero dizer com isso (privacidade por favor) e faz todo o encaminhamento de forma discreta.

      Quanto a demora de entrega de exames e marcar consultas, andei dando uma sondada e, pelo menos por aqui, não me pareceu ser muita vantagem, uma vez que a diferença é em torno de mais ou menos, 10 dias para entrega de exames e as consultas, não tem diferença.

      • Mike + diz

        Olá, Cara +!
        Onde eu faço meu acompanhamento eles também tratam várias outras enfermidades, sífilis, toxoplasmose e etc. A assistente social de lá inclusive me falou para não ter esse receio de que se estou lá para outras pessoas é apenas pelo motivo de ser soropositivo. Vou tentar conversar com alguém de lá também e dar esse conselho para valorizarem um pouco mais a privacidade dos pacientes. Pensei em fazer o acompanhamento pelo SUS ou pelo plano, mas pelo que estou vendo dos depoimentos, o acompanhamento pelo plano exige mais burocracia, e mais “justificativas” do que o acompanhamento pelo SUS. Não vendo mesmo uma diferença positiva tao grande em comparação com o atendimento público. Vou continuar pelo SUS mesmo, espero ter todo o apoio possível deles. Um abraço!

  45. Pequena + diz

    Olá Mike +

    Deve ter sido o nervosismo da primeira consulta 😉
    No início achamos que todo mundo vai reparar, falar algo ou sair por aí espalhando aos quatro ventos nosso diagnóstico.
    Desde que soube meu diagnóstico em maio passado, faço tudo pelo SUS.
    Não tenho reclamações, sempre fui bem tratada com muita descrição.
    Outra coisa, tente aproveitar o máximo seu médico, perguntando, tirando suas dúvidas e respondendo com sinceridade as questões que seu médico quer saber.
    Faça dele um amigo.
    Pense comigo, em dia de coleta normalmente só terá pessoas + nesse lugar, colhem sangue e voltam para casa ou para o trabalho.
    Ou no dia da consulta mesmo,ninguém vai ficar indo ao CTA sem ser + ou sem ter um parente nessa situação.
    E a demora em ter os resultados dos exames ou consultas vc se acostuma,vira rotina.
    Pois já li em algum post aqui que pessoas que fazem tratamento através de planos de saúde tem a burocracia de sempre estar justificando o motivo dos exames.
    Mas se vc pode pagar um tratamento totalmente particular, é bem melhor.
    Aguarde comentários de pessoas que fazem o tratamento particular.
    Qualquer coisa, estamos aqui 🙂

    Bjus da Pequena +

    • Mike + diz

      Acho que deve ter sido mesmo nervosismo de primeira consulta. Fiquei quase contando as pessoas que começaram a saber da minha condição rs. Mas enfim, eu sei que não devo pensar muito por esse lado e começar a focar no meu objetivo de me cuidar e realizar o tratamento da forma correta. No meu caso, não notei apenas pessoas + no dia da coleta, creio que foram por diversas razões. Acho que vou me acostumar com um pouco da demora, a final de contas por enquanto está sendo em média entre um mês e um mês e meio, espero que não demore mais que isso rs. Obrigado pelo comentário, Pequena +. Um abraço!

    • Raul diz

      Eu faço meu tratamento todo pelo plano de saúde e só pego os remédios pelo sus. Preferi assim por que aqui na minha cidade tem uma grande falta de médicos, além de não ter um atendimento muito bom, o lugar aqui não é nada acolhedor. Nunca tive problemas com o plano, faço meus exames e nunca precisei justificar nada.

      • Que bom tbme optei por isso,fazer otratamento com o infectologista pelo plano e somente pegar o remdio pelo sus..

    • Patricia diz

      Oi pequena + eu gosto muito dos seus relatos. Gostaria de manter contato com vc como amiga, para partilhamos experiência. Vc tem e-mail?

  46. Tiago diz

    Boa noite, estou com uma dúvida, talvez alguém aqui no blog, já tenha passado por isso.
    Estou em tratamento a 15 dias, com a pílula dose única, após 10 dias voltei ao médica para saber como estava reagindo a medicação, não tive nenhum efeito colateral, somente uma tontura alguns dias após tomar a medicação. Mas minha dúvida. Perguntei a ele sobre o carnaval, se poderia beber bebidas alcoolicas, e disse que estava liberado socialmente e algum tempo após tomar a medicação, tipo 30 minutos, 1 hora. Estou com dúvida por o comprimido dose única já contar o efavirenz na formula e talvez ter alguma reação. Vocês bebem normalmente após ou antes de ingerir a medicação? Dão algum tempo após ou antes a ingestão?? Como agem com relação a bebidas alcoolicas???

    • CARA + diz

      Tiago

      tb tomo o 3×1.

      Pelo o que percebo, vai muito de cabeça para cabeça, de organismo para organismo. Eu, por exemplo, nunca fui de tomar qualquer medicação, junto com bebida alcoolica. Sei lá, fui criado assim e faço o que a “mamãe” ensinou. Por questões minhas mesmo, faço o que o seu médico recomendou, dou uma aliviada na bebida um pouco antes, tomo o remédio, espero um pouco e depois volto com a bebida alcoólica.

    • Gledson diz

      Ola Thiago.

      Sou recentemente diagnósticado (outubro/2014) e comecei com a medicação no mês seguinte. Inicei com Efavirez, lami+teno e a primeira pergunta que foz a médica foi sobre bebida alcoólica. Ela me informou que eu passaria 6 meses meses sem ingerir nenhum tipo de álcool. Isso mesmo SEIS MESES. Não sei se tem algo a ver com a combinação da medicação, mas estou de ” bico seco ” desde quando iniciei kkkk.

      Alguém passou pelo mesmo processo?

      • CARA + diz

        Gledson

        vc toma algum outro remédio além da tarv? eu, como estava tomando o bactrim e o fluconazol, fui orientado a não misturar bebida alcoólica para não correr o risco de cortar o efeito desses dois medicamentos, mas quanto a tarv e bebida alcoólica socialmente, liberado.

        tanto que a primeira coisa que fiz, após ser liberado de tomar esses dois medicamentos (pois meu cd4 aumentou), foi tomar umas cervejotasssss, que diga-se de passagem, nem sou muito chegado, mas o calor, pedia!!!!

        • Gledson diz

          Cara +

          Não tomo nada além da TARV, logo quando iniciei tomei omeprazol por conta de tonturas e enjôos, mas logo passou e parei de tomar.

          Com essa dúvida, perguntei a minha infecto hoje e ela falou ” vc quem sabe! Não corta o efeito da medicação mas prejudica a imunidade “.

          Acho melhor continuar assim.
          Valeu, abraços!

          • CARA + diz

            ok Gledson

            prejudica a imunidade!

            Só complementando a frase: prejudica a imunidade sendo soro mais, ou menos!

  47. Jovem+ diz

    Gente.
    Hoje completei o primeiro mês de TARV (tenofovir, efavirenz, lamivudina). Amanhã inicio os novos frascos. Infelizmente ainda não é o 3×1, mas espero que logo eu já os receba.
    Queria agradecer imensamente a cada um de vocês desse blog, que nos auxilia na busca da mansidão, nas nossas dúvidas, e nos deixam mais calmos.
    Rumo ao indetectável, espero que as paranoias com o corpo também vão embora. Enfim, obrigado a todos!
    Beijo grande!

    • Daniel gregori- passivo de carteirinha diz

      Ai amigas…eu sei que não tem nada a ver…mas alguem aqui já viu esses filmes se bareback onde a galera parece que incentiva e fertiliza a trepa sem camisinha…tem um em espacial do doentio estúdio Treasure Island Media chamado Viral Load que me deixou chocada… Os caras pegam um pote cheio de sem em contaminados e inserem com uma seringa no koo da passiva ( que alem de colocadissima ainda esta adorando). Ai amigas…eu não sei como não censuraram esse desserviço a luta contra o HIV…eu fiquei transtornadissima

  48. Boa noite gente…Como relatei a vocês na semana passada que fui diagnosticado dia 04/02 num exame de rotina, hoje fui ao infecto 11/02 para mostrar o exame e para minha primeira consulta, como vocês mesmos me falaram, ele pediu uma bateria de exames para realizar, para saber carga viral realmente e o cd4.Conversei muito com ele, ficou supreso pelas informações que eu tinha a respeito e como eu aparentava tranquilidade.venho aqui relatar a vocês que foi somente pela ajuda que tive aqui no blog, por essa iniciativa do JP em criar esse blog para nos orinatar e assim tirarmos nossas dúvidas.compartilhar as experiências e acima de tudo, o apoio que se recebe aqui, pois todos estão na mesma causa.Agradeço demais o apoio de todos, com seus relatos.Agora é fazer a bateria de exames e levar após o carnaval para o médico.fiquei feliz tbem porque irei iniciar com o 3 em 1, pois na minha cidade ja esta chegando essa semana, fiquei muito feliz com a noticia.obrigado a todos.E vamos vencer , a vida continua, DEUS esteja conosco sempre.

    • Mike + diz

      Que ótima notícia, RCPALMAS. Espero que corra tudo bem durante seu acompanhamento 😉
      Fui ao infecto dia 10/02. Também fiquei bastante calmo, mas pedi pra ela me examinar todo, para perder algumas neuras com o corpo que eu estava tendo rs. Eu perguntei caso eu já precise começar com o tratamento antirretroviral e infelizmente o 3 em 1 ainda não chegou no centro onde estou fazendo meu acompanhamento. Alguém sabe se eu poderia pegar o 3 em 1 em algum outro centro? alguém que é de BH, já faz o uso do 3 em 1?

  49. Com relação a hora de tomar a medicação, meu médico informou que pode ser duas horas antes ou depois do horário que vc estabeleceu diáriamente. Caso esqueça ou perca a hora. NÃO SE DESESPERE, tome o mais rapido possivel e pronto.

  50. Marina diz

    Pessoal, ja sabem de minha vida aqui no Blog e não acho necessário mais reescrever sobre…
    Uma pergunta e aconselhamento por favor…
    p/ Meu Marido tentei ontem pedir o 3 em 1 devido a ele não tomar as tarvs corretamente, afim de zerar a carga viral devido a ele tentar passar o vírus a outras pessoas… Não consegui, mas o 3 em 1 ja esta disponivel no cta onde ele foi diagnosticado… Porem o medico nao liberou…
    Nao seria uma maneira correta enfiar o 3 em 1 na boca dele mesmo que forçado???
    Com a carga Viral zerada ele não Passaria o vírus a outras pessoas… É assim mesmo???
    Revoltada como estou, quero ver nao conseguir fazer ele engolir ainda que isso cause brigas…

    • Marina diz

      Ah…Obrigada…
      Parece que começo a ser ignorada ja a algum tempo…
      É só tentar me desabafar…
      Mas só eu mesma sei as dificuldades e as correntes de ferro postas em meu destino…
      Quem me responde por email não fala comigo por aqui mais td bem…
      Simples assim… Não posso desabafar e parece que alguns fogem de mim…
      Não vou não… Não vou ajudar a ele não… Vou deixar o livre arbítrio dele ja que ninguém me ouve…
      Inclusive foi assim na igreja…
      Ficam do lado de um homicida e ignoram a acusação simplesmente por estar abalada e desesperada…. Sou uma fraca
      mesmo.. uma idiota… E quando me passar pela cabeça o suicidio, não aviso ninguém, nem peço ajuda…Pois São nestes momentos que a maioria fica calada…
      A vida é minha.. Tiro se quiser…Que se dane…

      • CARA + diz

        pois é Marina

        A vida é sua e você faz dela o que bem entender. E esse, acredito que tenha sido o maior legado que todos que estão aqui nesse blog, ou que sofrem de alguma outra doença incurável, que se não tratada e não acompanhada podem sim vir a óbito, aprenderam, cada um a sua maneira.

        Desde que nascemos, para tudo na vida temos 50% de chances. 50% de dar certo, 50% de um novo emprego, uma nova casa, um novo amor, um novo lar, 50% de viver e não ser vítima de uma catástrofe, uma bala perdida, um atropelamento, um mal súbito…enfim…, 50% de seguirmos em frente. Só que geralmente, enquanto humanos, nos damos conta de que ao levantarmos temos apenas 50%, quanto temos uma espécie de “limite”, ou algo que nos mostre de que somos “finitos”.

        Pelo o que você vê aqui no blog, todos nós escolhemos VIVER! e viver bem!

        E o que quero te dizer com isso é que, só você pode fazer algo por você e mais ninguém. O fardo tá pesado demais? tá difícil? não encontra a saída? Procure ajuda especializada. Peça a Deus (ou um ser superior em que você acredite) para ele te ajudar a suportar tal fardo, te dar o melhor encaminhamento, te ajudar a encontrar a saída. No próprio centro onde você faz seu acompanhamento existem profissionais, muito mais preparados e capacitados que qualquer alma de bom coração aqui desse blog para te ajudar e te orientar. Ou se eles não puderem e/ou perceberem que o seu caso exige outros cuidados, certamente te encaminharão para tais cuidados.

        Vi vários, inúmeros conselhos das pessoas aqui, solidários com a sua situação. Mas te digo, enquanto você continuar no “mais do mesmo” a coisa tende a ficar no que está. Ficar em casa, lamentando-se, menosprezando-se, sentindo-se inferior, tentando encontrar culpados para o que acontece com você, não te ajuda em nada. Mova-se! Faça por você!

        Nunca vi coisa mais certa do que essa: O mundo muda, quando a gente muda!

        • Marina diz

          Entendo e agradeço pela atenção dada Cara +
          Tudo o que você disse é verdade…
          Preciso mesmo procurar pessoas profissionais como um psiquiatra por exemplo…
          Acontece que não estou tendo estes 50% de chances… Mas simplesmente estou sendo esmagada em todos os sentidos…
          Ouvirei teu conselho e procurarei ajuda pricipalmente com psiquiatra… Pois realmente estou só nesta questão..
          Quando o fardo se torna ainda mais pesado acabo surtando , Talvez p/ ficar um pouco menos pesado…
          Tudo começou com um email, onde eu disse que Coisas erradas existe em certa religião…
          A pesoa me disse p/ não questionar Deus, e não mais me respondeu… Mas eu não falei mal da religião desta pessoa…
          Mas sim de uma certa denominação, onde eu também fazia parte e vi com meus olhos as grandes farsas que acontecia lá dentro…
          E insisto sim em dizer, que tomem cuidado com certas denominações evangélicas…
          Jã não basta todo este sofrimento, e simplesmente tento abrir os olhos destas pessoas, pois coisas satânicas ocorrem lá…
          Quase estou a dar o nome e as provas…
          Mas sei que vão se vingar de mim…
          A Pastora é uma falsa profeta, e levantou meu marido que é soropositivo, e por isso todos acreditam na bondade dele, que obviamente não existe…
          Tenho gravações telefônicas onde ele diz sobre os relacionamentos, e ainda o pplano de ficar livre da culpa da contaminaçao a outras pessoas…
          Tive coragem de ameaçar ele por todos os horrores que passei…
          Disse a ele que o denunciaria…. A Resposta foi que eu poderia ser morta…
          Então quando toco na questão religião, percebo que alguém não gosta e acaba me ignorando… Nem me responde mais os emails…
          Não é a religião desta pessoa, não é o Deus dela… Mas sim Os Demônios que se fazem de anjo dentro daquela Igreja. e a culpa é sim da Pastora, pois ela sabe que meu Marido é soropositivo, e diz que não é a todo povo…
          Convida mulheres a conhecer o novo profeta que é meu marido, e ele acaba tentando contaminar muitas delas…
          Sou muito mal tratada, com lesã perto da medula espinhal devido ao espancamento que sofri por parte de meu marido tb como disse…
          Então quando soma as dores, contaminação proposital, maus tratos, ameaças, problemas com violência sexual, entro em pânico até por ja ser deprimida a anos, e então acabo surtando… Desculpe…
          Vou tentar ajuda com um psiquiatra, e se der certo, e seu eu melhorar, te conto…
          Acho que devo parar de escrever sobre estas coisas ruins, pois ainda existem muito mais…
          Vou deixar o blog aliviado de tudo isso…
          Seguir teus conselhos .. Obrigada

        • Daniel gregori- passivo de carteirinha diz

          Ai gata….não fica assim não amada!!!! Eu depois que descobri que sou positiva passei a me cuidar e frequentar uma academia….e por incrível que pareça estou mais lindo do que nunca…Ta chovendo Bofes… E pra completar minha alegria esses dias conheci num app de pegação um lindo bofe positivo indetectável que esta me dando a maior canseira na cama…e o melhor de tudo e que posso transar sem camisinha sem a minima culpa…adoooro

      • Marina diz

        JS, se possível pode deletar os 2 comentários meus acima, pois foi num momento de surto…
        rsrs… Obrigada

          • Marina, passando pra desejar boa saúde pra ti. Feliz por que vc se mantém firme no blog. Vamos superar tudo isso. Fica com Deus!

        • Daniel gregori- passivo de carteirinha diz

          Ai gata…fala esse monte de coisas barbaras…chinga ate o papa depois vem fazer a louca….ta boua?

  51. Jovem+ diz

    Gente, alguém pode sanar uma dúvida minha?
    Seguinte, quando vou fazer as coletas la no laboratório do hospital onde faço acompanhamento, percebo que na frente do meu nome tem hiv+ . Confesso que fiquei muito puto na hora porque eu sou da área da saúde e os cuidados na coleta são os mesmos para toda e qualquer patologia. Estranhei, alguém sabe se pode fazer isso?

    • Mike + diz

      Não cheguei a reparar se também estava escrito hiv+ no meu nome, também ficaria bastante revoltado. Para mim não há motivo para fazerem isso, na verdade eu considero isso uma forma de discriminação, um caracterização sem sentindo benéfico algum.

    • Pequena + diz

      Jovem + 😉

      Olha os meus encaminhamentos para exames ou vacinas nunca vieram marcados HIV + .
      O médico até me tranquiliza, não vai constar nada relacionado ao HIV.
      Agora esta mais tranquilo pedir as vacinas.
      Temos um posto de saúde próximo ao CTA onde aqueles que não querem tomar vacinas nos postos de saúde próximos de nossas casas, temos o direito de tomar lá.
      Apenas devemos entregar o encaminhamento a enfermeira chefe que já foi instruída a como proceder.Tudo na maior descrição.
      Eu na minha opinião acho que não se deve fazer isso.
      Vc poderia questionar isso na sua próxima consulta,falando o que acha sobre o assunto.

      Bjus Pequena + ❤

      • Marina diz

        Pequena+,
        Passei aqui p/ te agradecer por ter respondido o email…
        Obrigada Pequena +…

    • raul diz

      Onde eu coleto sangue vem escrito soropositivo nos frascos, mas eu nunca liguei, acredito que seja pra caso ocorra algum acidente a enfermeira que esteja coletando o sangue já saiba como proceder. Faço a coleta numa clínica particular pelo plano de saúde e ninguém nunca me tratou diferente, então nunca liguei muito pra isso.

      • Daniel gregori- passivo de carteirinha diz

        Manda essa bicha parar de close gato..Me polpe…na hora de virar o zoinho e liberar geral sem camisinha a bunita não pensa nisso…Agora ta querendo fazer a linha Lady Di intocável….

    • Kaliul diz

      Eu faço acompanhamento num canto e os exames faço pelo plano de saúde. Nunca tive problema e espero não ter. Deve ser uma situação bastante desagradavel. Só fico receoso quando vou autorizar os exames na central do plano, imaginando que alguém vai ser dizer algo, mas ainda bem que nunca aconteceu nada.

  52. Jovem+ diz

    Mike + e Pequena +,

    Também entendo que colocar HIV + na frente do nome nas etiquetas da coleta é discriminação. Mais alguém já vivenciou algo parecido?
    Trabalhei em 3 laboratórios de coleta de material biológico e as coletas de CD4 e Carga Viral nunca vieram com o HIV+ na frente do nome. Me sinto péssimo nas coletas porque as coletadoras ficam me olhando com cara de pena (acho que porque tenho 24 anos). Isso tem me incomodado bastante.

    • Mike + diz

      Ainda não vive uma situação parecida em relação a intitulação de soropositivo na etiqueta de coleta. Mas em relação aos tratamentos presenciei a mesma coisa que você, Jovem +. Recepicionistas, as coletadoras, todas olharam para mim com uma cara de pena, penso que seja por causa da minha idade também, tenho 21 anos. Tentavam me elogiar, acho que para eu me sentir melhor, como se eu estivesse fadado a viver uma vida infeliz. Me senti bastante incomodado com isso também. Somente a assistente social, a pisicóloga e a Infectologista me trataram e me olharam de maneira comum. Penso que por serem mais instruídas e saberem que seguindo corretamente o tratamento e tomando os cuidados e prevenções necessárias, podemos ter uma vida normal. Também acho que você deveria falar sobre isso com os responsáveis no local onde vc faz o seu acompanhamento. Colocar hiv + na frente do seu nome nas etiquetas é algo desnecessário e ofensivo ao meu ver.

    • Daniel gregori- passivo de carteirinha diz

      Se toca gato…essas atendentes já estão acostumadas a lidar com pessoas no seu status….me polpe…Vc ta parecendo aqueles viados complexados que acham q todos estão olhando torto pq sao gays….me polpe

  53. Marina diz

    Não me acho tão fraca assim como citei acima…
    Afinal estou sozinha nesta questão, possivelmente a passar por uma cirurgia e sofrendo efeitos dos injetáveis…
    Afinal meu “marido ” me machucou e quase acabou com meu aparelho digestivo…
    Então no momento não tomo Tarvs… Pois não suporto…
    Meu médico talvez saiba o que fazer…
    Não vou implorar a quem não gosta de falar comigo, pois no momento estou super sobrecarregada de sofrimentos, e tais se afastam nos piores momentos…
    Nem me respondem mais emails…Pois eu desabafei e parece que o mínimo não gosta de ouvir problemas…
    Resolvo eu…. Tive coragem de dizer no CTA ao lado do monstro, que ele tenta transar com pessoas sem camisinha e que mente…
    Mas ele conseguiu de novo convencer até o pessoal de lá…
    Tratam ele como um mimado… e dizem a ele p/ não fazer mais isso… E Não entram com recursos afim de fazer com que ele realmente se arrependa desta vida maldita que ele cria pra prejuízo de pessoas…
    Desisto… Realmente desisto, e tenho direito de estar revoltada sim…
    Agora tenho de aguentar ameaças… Deviam sim marcar bem no meio da cara hiv+ como se marcam animais, pessoas como ele, ou seja, os mentirosos e homicidas que sabem ser soropositivos e mentem e manipulam pessoas afim de contaminá-las…
    Sinto vergonha deste país… Nem o cta foi capaz de ajudar na minha situação com este monstro…
    Daí venho aqui e desabafo, e alguns me dizem que não devo ser revoltada e não questionar Deus…
    Oras, não é uma Igreja que o Defende através de uma Pastora???

    Mas quanto a ele talvez o castigo venha… ainda que tardio…
    E aliás, pessoa nenhuma deve sentir pena de soropositivos, porque elas não estão livres de doenças piores que podem ocorrer e não sabem o dia de amanhã…
    Podem morrer de qualquer coisa…
    E ultimamente o tratamento está muito eficaz… Muitos soropositivos tem mais disposição do que muitos não soropositivos…
    Pena de mim, que tive meu aparelho digestivo danificado e não posso fazer no momento uso de tarvs, devido a um animal que nem a assistencia consegue resolver o problema dele… Só porque é uma pessoa perigosa???
    O Brasil não tem pessoas preparadas… Pelo menos algumas… Minha parte fiz, mas ele continua mimado pelo sistema…

    • Marina diz

      Fica tranquilo Paulistano + ,
      Respondi agora a pouco ao Cara+,
      Evitarei manifestar os momentos de surto aqui no Blog…
      Mas as vezes penso estar sozinha em todo este sofrimento…
      Daí entro em angústia e acabo me precipitando…
      Fica em paz…

  54. Marina diz

    Cara + , Entendo e agradeço pela atenção dada…
    Tudo o que você disse é verdade…
    Preciso mesmo procurar pessoas profissionais como um psiquiatra por exemplo…
    Acontece que não estou tendo estes 50% de chances… Mas simplesmente estou sendo esmagada em todos os sentidos…
    Ouvirei teu conselho e procurarei ajuda pricipalmente com psiquiatra… Pois realmente estou só nesta questão..
    Quando o fardo se torna ainda mais pesado acabo surtando , Talvez p/ ficar um pouco menos pesado…
    Tudo começou com um email, onde eu disse que Coisas erradas existe em certa religião…
    A pesoa me disse p/ não questionar Deus, e não mais me respondeu… Mas eu não falei mal da religião desta pessoa…
    Mas sim de uma certa denominação, onde eu também fazia parte e vi com meus olhos as grandes farsas que acontecia lá dentro…
    E insisto sim em dizer, que tomem cuidado com certas denominações evangélicas…
    Jã não basta todo este sofrimento, e simplesmente tento abrir os olhos destas pessoas, pois coisas satânicas ocorrem lá…
    Quase estou a dar o nome e as provas…
    Mas sei que vão se vingar de mim…
    A Pastora é uma falsa profeta, e levantou meu marido que é soropositivo, e por isso todos acreditam na bondade dele, que obviamente não existe…
    Tenho gravações telefônicas onde ele diz sobre os relacionamentos, e ainda o plano de ficar livre da culpa da contaminaçao a outras pessoas…
    Tive coragem de ameaçar ele por todos os horrores que passei…
    Disse a ele que o denunciaria…. A Resposta foi que eu poderia ser morta…
    Então quando toco na questão religião, percebo que alguém não gosta e acaba me ignorando… Nem me responde mais os emails…
    Não é a religião desta pessoa, não é o Deus dela… Mas sim Os Demônios que se fazem de anjo dentro daquela Igreja. e a culpa é sim da Pastora, pois ela sabe que meu Marido é soropositivo, e diz que não é a todo povo…
    Convida mulheres a conhecer o novo profeta que é meu marido, e ele acaba tentando contaminar muitas delas…
    Sou muito mal tratada, com lesão perto da medula espinhal devido ao espancamento que sofri por parte de meu marido tb como disse…
    Então quando soma as dores, contaminação proposital, maus tratos, ameaças, problemas com violência sexual, meu marido me dizendo que é só o começo, e que eu fui destruida com o maior prazer… Acabo entrando em pânico até por ja ser deprimida a anos, e então acabo surtando… Desculpe…
    Vou tentar ajuda com um psiquiatra, e se der certo, e seu eu melhorar, te conto…
    Acho que devo parar de escrever sobre estas coisas ruins, pois ainda existem muito mais…
    Vou deixar o blog aliviado de tudo isso…
    Seguir teus conselhos .. Obrigada

  55. Dere diz

    Oi gente! o soropositivo perde massa muscular? Sou recente diagnosticado e vou começar com um comprimido antes de dormir… a fixa ainda não caiu mas sinto que minha vida deu uma parada….. Agradeço desde já!

    • Marina diz

      Dere,
      Quando conheci meu marido ele ja era soropositivo e não aparentava perda de massa muscular, a 7 anos atrás quando o conheci…
      Desculpe, se alguma palavra sair desabafando, vou tentar controlar pois minha realidade é fora do comum…
      Ele não faz uso corretamente dos antirretrovirais…
      Mas o esquema dele contém o azt, a tal zidovudina, que causou nele uma certa perda da massa do rosto e braços… Contando desde o dia que o conheci até hoje fazem 7 anos…
      Parece que os mais novos medicamentos causam menos isso… Não parece ser tão frequente…
      O azt é horrível… Mesmo injetável…

      • Daniel gregori- passivo de carteirinha diz

        Ai gata desculpa a sinceridade…mas se vc ta tão insatisfeita com esse bofe+ e ele TS pouco se fudendo pro tratamento e pelas entrelinhas do q vc reclama aqui percebe- se que faz décadas q vc não da umazinha com ele…então toma vergonha nessa tua cara, amada e vai procurar outro macho!!!

  56. Lucio diz

    A narrativa pró-Big Farma nesse blog é bem estranha. Acredita na lenda dos chimpanzés malvados… Robert Gallo é um dos maiores charlatães da história da humanidade, trabalhou no Programa Especial de Vírus de Câncer no NCI, onde em 1971 tinha como missão “a produção em grande escala de vírus oncogênicos e vírus suspeitos de serem oncogênicos para preencher as necessidades da pesquisa em base contínua” além de ter patenteado e lucrar com os testes para HIV. O HIV, assim como seus irmãos mais novos (HTLV-I, HTLVII) são TODOS iatrogênicos , i.e. desenvolvidos em laboratórios.

    • D_Pr diz

      Lucio, não entendo qual o objetivo real do seu comentário! Elucide aos leigos!

      • Lucio diz

        Não existe AIDS na história da medicina até o fim dos anos 70. O governo dos EUA se empenhou na produção de um “redutor de natalidade” para povos do 3º mundo e outras classes sociais que eles consideravam indesejadas (Memorandum 200, Henrry Kissinger). Qualquer um que estude minimamente a biografia de Robert Gallo vai ver que ele trabalhou no Instituto Nacional de Câncer dos EUA desenvolvendo vírus, até que finalmente conseguiu fabricar seu HIV. Os macacos, que tanto falam, eram apenas cobaias traficados da África, onde eles puderam testar o ‘pulo’ de espécies em laboratório (AIDS símia, bovina, felina, etc). O HTLV-I e II só não foram consideradas a ‘AIDS’ ideal porque só manifestava doença em 5% dos infectados, ficando latente para o resto da vida em 95%.

    • Fênix diz

      Teoria de conspiração semndentos. Só para constar os htlv 1 e 2 não são irmãos mais novos, e sim mais velhos do hiv, tanto que o primeiro nome do hiv foi. Htlv3 mas logo viram que haviam diferenças suficientes para enquadrá-lo noutra espécie de vírus.

      • Lucio diz

        Exato, mais novos. Porém você está errado, tanto o HTLV quanto o HIV são retrovírus, da mesma espécie. A ‘grande’ diferença do HIV, (evolução do HTLV) é a sua capacidade de mutação, pois ambos atacam as células T. Parece que você continua ignorando todo o histórico de Robert Gallo e do Instituto Nacional de Câncer. Todos os gêneros de retrovírus conhecidos, (Alfa, Beta, Gama, Delta, Lentí) são associados à imunodeficiências ou linfomas, e todos foram ‘descobertos’ na mesma época (fim dos anos 70).

        • D_Pr diz

          O fato, infelizmente, que criado para controle populacional ou não, o vírus existe e persiste! E também causa a AIDS, caso não o controle!

  57. Fênix diz

    Conheci pessoas quemorreram de aids no primeiro ano de diagnóstico por não se tratarem a tempo e conheço pessoas muito saudável que convivem com o vírus há quase duas décadas e estão muito bem e nem apresentas os sinais físicos da síndrome. Então por experiência acho melhor confiar nos estudos realizados e testados tanto nos laboratórios quantos nas clínicas, que apresentam resultados visíveis do que em pretensos iluminados que muito falam e pouco mostram e nada fazem paa mudar a realidade que vivemos nesse mundo.

  58. Jovem+ diz

    Fênix e D_Pr,

    Ainda que o vírus tenha sido criado em laboratório e, ainda que tenha enquanto proposta uma arma biológica, o fato é que o vírus existe, persiste e continua se alastrando e matando milhares e milhares de pessoas ao redor do mundo.
    Temos sorte de viver em um país que apesar de estar atrás dos países que oferecem medicações menos tóxicas, nos possibilita um tratamento gratuito, de qualidade, mais de 20 medicações oferecidas, acompanhamento integral, atendimento humanizado, digno e que nos dão a chance de viver com qualidade.
    Muita gente ainda morre de Aids porque o tratamento é escasso, restrito, caro e de difícil acesso.
    O foco desse grupo está em viver, pensando no futuro, na qualidade de vida, nos planos, objetivos etc.
    As idéias iluministas sobre o porquê da existência desse vírus não ajuda na nossa batalha diária. Temos fé que a cura virá! Se não vier tão já, tratamentos mais modernos virão. Temos fé na nossa esperança, união, amizade, apoio, no acolhimento, na certeza que ninguém deverá ficar sem ampo e sem amigos.
    Temos fé na vida, porque a vida é maior que a Aids!

    • Lucio diz

      Exatamente por isso: conhecendo-se a origem do HIV (e seus criadores) pode-se conhecer a cura/remissão/inativação. E daí se derivam outros questionamentos, sobre o interesse da Big Pharma em ‘descobrir’ essa cura (quanto $$ não perderiam em ARV para cada indivíduo curado e com tratamento interrompido?) ou até mesmo sobre a já existência da tal cura. É de se supor que um vírus iatrogênico tenha um antídoto conhecido por quem o criou, ou o que Robert Gallo faria se ele ou alguém da sua equipe se contaminasse durante as manipulações? São reflexões necessárias e que não podem mais ser relegadas a uma suposta entidade (as bondosas indústrias farmacêuticas e agências de governos) que estariam trabalhando incansavelmente por algo que vai contra seus próprios interesses. Saudações.

      • Jovem+ diz

        Lucio, acontece que se foi um vírus criado ou não, não deixa de ser um vírus potencialmente devastador.
        Pessoas ao redor do mundo morrem porque não tem acesso ao tratamento.
        Eu te pergunto:
        Se o vírus teve intuito de reduzir a população, o caminho hoje é o inverso.
        Sabemos que a expectativa do soropositivo é quase a mesma do soronegativo. Então pra que gastar tanto dinheiro com isso e esconder a “possível” cura da humanidade? Não tem muito sentido.
        Como eu disse, o fato é que pessoas muito céticas, sem fé e esperança, ainda mais nessa nossa consição, tem um empecilho a mais atrapalhando a vida.

        • Fênix diz

          Se quisessem um vírus apaz de reduzir drasticamente a população não precisavam gastar com pesquisas bastavam liberam a velha varíola que foi erradicada mas existem vírus guardados em laboratórios. Como a maioria da população em idade reprodutiva é vulnerável a doenças pois não fomos vacinados e nunca pegamos a mesma, ao contrários de nossos pais que são sobreviventes do vírus ou vacinados e possuem anti corpos, os jovem seri rapidamente infectados e mortos em questão de dias. Se interessar a alguém leiam sobre a ameaça das bombas de varíola e veram algo que realmente pode ser catastróficos e para inqualificável ningu está preparado. O hiv é um dos vírus mais ineficientes na transmissão o problema é que uma vez pego não tem como se livrar dele ainda, diferente das dezenas de certas virais que nos infectam semanalmente e das quais nos livramos muitas vezes s ao menos sabermos que fomos infectados.

          • Lucio diz

            Estranho isso, não concorda? Um vírus tão ‘mortal’ quanto este, mas na realidade quem mata são as velhas e conhecidas tuberculoses, meningites, e outras infecções bacterianas. Porém, existem mais bactérias na flora intestinal do que células no corpo humano, além deste contato cotidiano com outros microorganismos. Então, porque algumas se tornam tão resistentes a ponto de matar? Antibióticos podem ser a resposta: a resistência a eles (utilizados a longo prazo no tratamento de DST ou outras infecções) é a causa mais provável, do que uma baixa no sistema de defesa celular (que também pode ser induzida por corticoesteróides sintéticos ou naturais, em situações de stress).

        • Lucio diz

          Sim, o soropositivo tem a mesma expectativa de vida desde que tomando ARV (segundo o dogma médico atual). Portanto, desde que a cura signifique o fim da necessidade dos ARV, porque quem os fabrica teria interesse em divulga-lá?

    • Daniel gregori- passivo de carteirinha diz

      Bicha, a senhora e destruidora…Sambou na cara desse viado mau amado!

    • Fabiano diz

      Jovem+, quais são as medicações menos tóxicas e os países que as oferecem?

  59. AMIGOS POSITIVOS diz

    Olá amigos meu bom dia a todos! Como passaram o Carnaval?

    Acabo de receber meus exames, vamos lá!

    Linfócitos CD4 46%
    Linfócitos T Auxiliadores CD4 573,0

    Linfócitos CD8 50,0%
    Linfócitos T Supressores 590

    HIV – Quantificação por PCR – NÃO DETECTADO

    Leucopenia “confirmada”
    Triglicérides 324 desejável até 150mg/dL

    Agora aguardar para sexta feira dia 20.02 ir ao médico pra ver o que ele vai fazer, né!

  60. HIV SWISS diz

    Eu me trato na Suiça o tratamento é caro, paga-se o ”Seguro Doença” mensalmente, ja que nao existe sistema publico de saude aqui. Além deste plano médico paga-se uma participaçao que varia dependendo do plano escolhido, ou seja, gasto mais de 1500 reais todo mês com o tratamento, aqui temos varios medicamentos 3×1 4×1, o subustituto para Tenofovir+lamivudina+Efavirenz chama-se Atripla e custa 1.260,00 francos-suiços, cerca de 3 mil reais (tratamento para 1 mês) mas felizmente é reembolsado. Meu comentario é para falar que aqui na Suiça existe o Swiss Statement que diz que um paciente com carga viral indetectavel sem outras DST’s a mais de 6 meses nao pode transmitir o HIV por via sexual, esta é uma medida adotada desde 2008 na Suiça dos 894 casais sorodiscordantes acompanhados sendo 586 casais heterosexuais e 308 casais homosexuais nao houve contagio do HIV para o parceiro soronegativo mesmo nao usando preservativo, ou seja, na Suiça carga viral indetectavel sem DST durante 6 meses HIV indetectavel é HIV negativo e você nao transmite e mais, se o HIV nao é dectavel no sangue ele também nao é detectavel no esperma.

    http://www.seronet.info/article/indetectable-intransmissible-lavis-suisse-4-ans-46126

    Qualquer problema com traduçao me avise.

    • D_Pr diz

      Muito poucas pessoas devem ter visto seu post, vou copiar ele nos comentários de “em uma parte da cura” HIV SWISS!

  61. fernando diz

    Boa tarde pessoal! daqui a dois meses farem meu teste. pois irá fazer um ano em que eu e meu namorado descobrimos que ele era positivo. antes disso, raras vezes nos descuidamos e, após o diagnóstico, sempre tomamos os cuidados necessários. Hoje ele apenas sente alguns sintomas da medicação, pois todos os exames estão ok. Carga viral, do último exame estava 40 cópias (no primeiro era 9 mil e poucos) e CD4 dele estava, no ultimo exame em 740.
    resumindo: desde quando descobrimos eu tenho me monitorado e até então não tenho sentido absolutamente nada, nem febre, nem cansaço, nem fadiga, dor no estômago, nada na pele, enfim, me sinto totalmente “normal”. Gripei recentemente, mas nada demais, já fiquei bom sem sentir nada de diferente. Enfim, acho que após um ano, já deveria sentir algo, ou é possível eu ter contraído e não ter nenhum sintoma? Já conversamos e ele tem medo de eu ter contraído. Conversamos bastante e já disse a ele não se preocupar, pois nós dois somos responsáveis e ele não sabia da condição sorológica dele. então é isso, daqui a dois meses vamos saber da real.

  62. RC diz

    Olá.
    Sou de São Paulo, sou soropositivo desde 2009 gostaria de conhecer alguém não afetivamente para compartilhar sobre isso. Sou muito solitário nesse assunto e cada espirro me desestruturo emocionalmente.
    Alguém que entenda o que sinto.
    Abço.
    Meu email: eiredublin2014@gmail.com

  63. thiago diz

    Boa tarde pessoal! Bom ver que o blog continua movimentado e sempre com o intuito de ajudar e principalmente esclarecer… fui diagnosticado a pouco mais de um ano e acabei de pegar meu segundo exame…. Carga indetectavel porem meu cd4 caiu de 597 p 418….e a relacao cd4/cd8 de 0, 80 para 0, 66…… vou demorar uns dias ate o retorno no meu medico e ao ver esse exame me bateu uma angustia aqui. Alguem pode me esclarecer se é normal essa queda do cd4 e da relaçãocd4 e cd8, mesmo mantendo a carga indetectavel? Desde ja aagradeço caso alguem souber me esclarecer isso….. abraço a todos/as!

  64. Jovem capixaba diz

    Boa tarde povo! Tudo certinho?

    Voltei aqui no blog para dizer algumas coisas sobre o meu tratamento, quem sabe não ajuda alguém que está lendo, não é mesmo?

    Estou tomando o 3 em 1 há 18 dias e de efeito colateral apenas as tonturas quando tomo o medicamento a noite, e pela manhã.
    Parece muito com uma leve embriaguez, nada que seja de assustar, seguindo a risca duas coisas importantes que ajudam a amenizar essas sensações: deitar logo após tomar a medicação e dormir de 6 a 8 horas por noite.
    Antes de começar a tomar senti muito medo de alucinações, pesadelos, tonturas, tonturas fortes, diarréia, dentre muitas outras e hoje eu posso dizer que não tive nenhuma nelas, e se Deus quiser continuarei sem te-las.
    E também costumo ler aqui pessoas com insônia, e posso dizer que no meu caso é completamente o contrário, sinto sono depois que faço uso da medicação.
    Uma coisa que tenho sentido são meus gânglios que estavam aumentados diminuindo bastante, isso me deixa de certa forma mais aliviado pois com certeza meu corpo está reagindo bem!
    Então, se você esta hoje lendo esse comentário, gostaria de dizer que eu já estive nessa posição, tinha muitos medos, receios, já chorei muito e talvez esperei muito para tomar coragem de viver novamente.
    Se vocês tem dúvidas façam o exame, procurem CTA mais próxima de sua casa, caso sejam positivos, não é o fim do mundo e sim uma nova chance de seguir em frente!

    Abraço fraternal!

    Skype:jovemcapixabapositivo

  65. Rocha diz

    Boa noite, comecei a ler o blog e estou gostando bastante.
    Sou positivo a mais de 5 anos, levava uma vida normal até novembro 2014, nao usava medicamento nenhum, fui diagnosticado na Europa e la me disseram que não era necessário começar com o tratamento. Em novembro começaram aparecer umas feridas em meu corpo, fiz um monte de exames e enfim fui diagnosticado com herpes-zoster, fiquei enternado por 3 semanas comecei com o tratamento Tenofovir, Lamivudina e Efavirenz, na verdade meus exames eram bastante preocupantes, cd4 era 8 e agora está em 90, felizmente, por incrível que pareça minha carga viral é indetectável , conto com um excelente infecto, no início ele era meio “na dele” hoje somos mais “íntimos” eu me soltei e ele tbm. Eu pensei que eu não iria resistir pois estava bem ruim, mais agora me sinto seguro, vou amanhã visitar meu infectologista, espero que tudo esteja bem!

  66. Lucas rio diz

    Bom dia , fui diagnosticado a um mês estou tomando o retroviral 3 em 1 apenas a noite e não senti nada até o momento , a minha principal questão e o seguinte tenho um grande volume de massa muscular sou uma pessoa extremamente vaidosa costumo praticar musculaçao todos os dias, algum dia mesmo fazendo o uso dos medicamentos posso perder minha massa muscular e se alguém que possa me esclarecer por experiência propia o uso de ciclos de anabolizantes funcionam normalmente em quem tem o vírus ? Me encontro totalmente perdido

    Lucasrio1983@hotmail.com

  67. Sarah diz

    Ola pessoal,
    gostaria de entrar em contato com pessoas soropositivas com mais de 50 anos para trocar ideias.
    Meu email: smsit@live.it

  68. Dieguito diz

    Oi Pessoal,

    Fui diagnosticado em Agosto e comecei o tratamento em 08/09.

    CV – 619.000 cópias/ml
    CD4 – 133

    Vou repetir meu exame amanhã que completo 60 dias de tratamento.

    Minha infectologista diz que tem tudo pra estar indetectável.

    Será que chego no indetectável?

    Uso esquema de Fosamprenavir + Ritonavir + Tenofovir/Lamivudina

    Pensamento positivo comigo !

    • Didi diz

      Olá pessoal cd4 1056 indetectavel continuem pessoal vale a pena a vida continua

  69. Dieguito diz

    Oi Pessoal,
    Fui diagnosticado em Agosto e comecei o tratamento em 08/09.

    CV – 619.000 cópias/ml
    CD4 – 133

    Após 2 meses de tratamento tive os resultados abaixo:

    CV – 569 copias/ML
    CD4 – 391

    Confiem, que dá tudo certo!

    Uso esquema de Fosamprenavir + Ritonavir + Tenofovir/Lamivudina

    • Ander diz

      Em 4 meses minha vc de de quase 7 mil caiu para 51 e o meu cd4 de 488 dobrou.
      Etou muito feliz!!!!

  70. Eduardo diz

    Pela primeira vez resolvi falar sobre.minha sorologia, descobri ser soropositivo a 2 meses,.descobri porque meu namorado fez exame de rotina e deu positivo, no dia que ele me ligou falando do resultado, claro que foi um choque, mais prometi que estariamos juntos para o que der e vier, fiz meu exame o qual deu positivo tb, conversamos muito, e decidimos procurar um infecto pelo convenio, ele iniciou o tratamento primeiro que eu, ele esta tomando aquele remedio que é 3×1, no inico sentiu um pouco de tonturas maia agora ja senti quase nada e ja esta no segundo frasco, eu peguei minha cv e cd4 hj, nao sao tao animadores, cv de 282.429 e cd4 244, terca feira tenho consulta no infecto, pode parecer loucura, como ja sei que ele vai me passar a mesma medicacao, ja peguei o remedio dele e.comecei ja a tomar, tomei ele a uns 40 minutos, ate agora nao senti nada e espero nao sentir. Decidimos viver como qualquer outra pessoa normal, somos super saudaveis e optamos em nao contar para ninguem. A vida continua e somos nos mesmo que fazemos nossos dias mais bonitos….

  71. Daniel diz

    Este site e muito esclarecedor e de uma certa forma da um ânimo e força a pessoas que sentem tão perdidas, sem as respostas necessárias e animadoras. Afinal, a maioria dos sites da internet só nos passa pânico e terror para continuar a vida. Quero compartilhar com vocês. Me escrevam. E-mail: esqmor@uol.com.br. abraços Daniel.

  72. Dieguito diz

    Oi Pessoal,
    Fui diagnosticado em Agosto e comecei o tratamento em 08/09.

    CV – 619.000 cópias/ml
    CD4 – 133

    Após 2 meses de tratamento tive os resultados abaixo:

    CV – 569 copias/ML
    CD4 – 391

    Confiem, que dá tudo certo!

    Vou repetir meus exames esta semana, espero estar INDETECTÁVEL.

    Uso esquema de Fosamprenavir + Ritonavir + Tenofovir/Lamivudina

  73. Dieguito diz

    Oi Pessoal,

    Fui diagnosticado em Agosto e comecei o tratamento em 08/09.

    CV inicial – 619.000 cópias/ml
    CD4 – 133

    Outubro de 2015
    CV – 569 copias/ML
    CD4 – 391

    Janeiro de 2016
    CV – Indetectável
    CD4 – 579

    Confiem, que dá tudo certo!

    MUITO FELIZ e pensamento positivo, que DEUS os abençoe.

    Uso esquema de Fosamprenavir + Ritonavir + Tenofovir/Lamivudina

  74. Luiz diz

    Olá, acompanho sempre que posso. O que vcs acham desses numeros? cd 4 subir de 413 para 1296 em noventa dias. Fiz particular, para tirar minha curiosidade.No tarv há menos de noventa dias.

  75. Bruno diz

    Ola pessoal..tenho uma dúvida… Sou indetectavel a muito tempo… Mas numa festa falei para amigas minhas fazerem… A pessoa que aplicou o teste ouviu eu falando que ja tinha hiv…só fiz pra motivar minhas amigas.. E nao quis me mostrar meu exame… Quem já é indetectavel aparece como falso negativo neste exames? Bjos.

  76. Marcelo diz

    Ola gente. Sou o mais novo no pedaco. Descobri dia 02/02/2016. Nunca vou esquecer! Meu CV deu 7.100 acho q esta no comeco, logo mais espero a tao sonhada indetectavel. Justamente neste periodo conheci um cara, estavamos nos conhecendo e tals, e no dia q descobri achei o direito d conversar com ele e informa-lo, e para minha surpresa ele resolveu continuarmos, porem so ficarei mais tranquilo para relacoes qdo atingir indetectavel. Preciso d ajuda psicológica gente. Eu estou com preconceito d continuar com ele. Ja ele esta super empolgado com nosso relacionamento. O que fazer?

    • Dino diz

      Se tiver me adiciona preciso de informação 31 97157922 obrigado !!!

  77. Dino diz

    Bom para começar , boa tarde a todos e ao dono do blog , fui diagnosticado em 03/06/2015 de lá pra cá sinto um vazio enorme dentro de mim , talvez nao por ser portador do HIV mas sim pelo ” medo ” e os efeitos do remédio […] sou mineiro 23 anos e ganhei como presente de aniversário o terminio de um namoro e a soro positividade como brinde , nao culpo nada e nem a ninguém era um caminho do qual eu ja sabia o resultado .
    Mas o qur quero tirar minhas dúvidas e se eu vou morrer usando o 3×1 ja tem me tirado o sono , agora deixando um grande vacuo dentro de mim como se faltasse algum orgao em meu corpo . Tudo tem me causado medo , para dormir tomo o 3×1 acompanhado de um comprimido clonazepan 2 mg . Sou indetectavel e minha imunidade esta excelente so que tenho medo do que o anti-retroviral causa no corpo ???? As vezes um sono fora do normal outras vezes um noite sem sono nenhum … tenho fe e esperanças q seja apena uma fase de adaptação e que eu me acostume com o 3×1 . Por q nao pode ser um bicho de 7 cabeças mas q e triste é ! Belo Horizonte 14/02/16

  78. Rick diz

    Relaxa Dino. Quando descobri o hiv foi um inferno na terra.
    Medo, medo e mais medo.
    Só que todo mês quando vou buscar a receita do medicamento eu tenho consulta médica tb.
    O medicamento te causa um desconforto no início, mas logo depois seu organismo acostuma e o efeito colateral passa.
    Utilizei no início o efavirenz, lamivudina e tenofovir separados e agora uso o 3×1.
    Saúde normal e em dia.
    Trabalho, estudo, tenho uma rotina super cansativa.
    O negócio é se alimentar bem, se possível fazer exercício físico e evitar destruir o corpo.
    Bebo pouco, não viro a noite na balada pra não perder noite de sono.
    Descanso, exercício, alimentação e o remédio me fazem quase esquecer minha sorologia.
    Se não fosse o meu despertador eu provavelmente nem lembraria do remédio.
    Abraços e boa sorte!!!

  79. andy diz

    Li algumas vezes esse blog e sempre que entro aqui não consigo acreditar como se possa achar tudo isso tão lindo. Tenho essa porcaria a 1 ano e a unica coisa que me faz tomar esse remédio é não ter que parecer uma caveira andando na rua nem matar minha familia de desgosto. peguei meu exame essa semana e deu indetectavel e sabe o que isso mudou na minha vida? NADA. continuo infectado e a cada dia que passa desistindo mais da vida. Não durmo, não tenho mais pique para trabalhar, estudar, sair, enfim, minha vida está um verdadeiro inferno. tomei coragem de escrever aqui hoje somente para desabafar pois não consigo conceber a felicidade dos relatos aqui, a unica coisa que eu desejo toda a noite quando ponho a cabeça no travesseiro é que isso possa acabar logo, ainda não tive a coragem de tomar tal inciativa mas a cada dia que passa venho trabalhando para que eu consiga. a minha unica vontade nesse momento é de pegar as 4 caixas desse remédio que tenho em casa e tomar um por um com um litro de wiskhy e por fim a tudo isso mas nem coragem para isso eu tenho e também por ter encontrado nada que me inspirasse na internet referente a superdosagem. enfim peço desculpas se ofendo alguem aqui mas até hoje não consegui ter toda essa felicidade que percebo, de quem vai ao parque de diversões num domingo a tarde para se divertir.

  80. ExJJ diz

    Andy……voce pode estar passando por outros problemas mais sérios!
    Ser Hiv+ nunca mudou nada em minha vida.
    Sou + desde meados de 2012 e nunca tuve qualquer problema, tomo o 3X1 e como dito antes os efeitos colaterais são só no ínicio.
    Trabalho feito um louco, malho como sempre malhei, vou as baladas, festas, quermesse e seja lá onde as pessoas se encontrem pra se divertir. Me sinto realmente bem.
    Eu tomo a medicação como quem toma um complexo vitaminico para sempre, faço meus exames sempre enrolando minha medica, a cada 6 meses, senão a cada 4 meses ela me pede todos os exames e é um saco.
    Só não esquece de tomar todo dia. As vezes eu tomo as 22 as vezes as 00:00 mas eu sempre tomo, todo dia sem pular nenhum. Morrer todos vamos um dia, seja por causa de um comprimido, seja pir cancer seja por acidente, seja por abdução alienigena sei la, so sei que um dia todos morreremos, nao da pra virar uma mumia eterna sobre a terra né.
    Portanto caro ANDY procure ajuda psiquiatrica e vá se tratar, compra uma bicicleta e pedale sempre que puder, faça o hoje valer a pena com ou sem HIV todos morreremos.
    Este blog me ajudou muito no começo, nunca escrevi, mas acho que chegou a hora!
    A detalhe, estou indetectvável desde que comecei a tomar a medicação.
    Bjs Exjj

  81. Catarina diz

    Booom , hoje venho agradecer primeiramente a DEUS sim há DEUS . por eu estar viva com saúde dentro do possível e tendo a oportunidade de estar viva hoje. descobri há 3 meses ser positiva e não foi e não está sendo fácil mais quero vencer essa batalha, é triste é chocante é inacreditável é . mais a vida está ai vamos viver até chegar nossa hora. somos somente almas que vivemos em um corpo emprestado por alguns anos. então penso que não devo gastar minha energia sendo pessimista , estou indo para o 2 mês de medição graças a deus não tive efeitos alguns,tenho uma família abençoada que está do meu lado,um namorado super cabeça que não me abandonou mesmo ele fazendo o exame e dando negativo. uma vida perfeita com altos e baixos como de qualquer pessoa não positiva . esse mês pegarei os resultados para saber se a carga viral baixou , e estou confiante que tudo dará certo! , amigos não desistam nunca jamais , somos mais que tudo isso nós podemos sim contra o hiv , lutar sempre desistir jamais. muita paz saúde e luz a todos e que um dia todos nós possamos ser a prova da cura. paz e bem beijos.

  82. Mario diz

    Na virada de 2015/2016 31/12, começei com febre 38 aproximadamente, que duraram uns 15 dias, dor de cabeça e atras dos olhos, uma manchas no corpo. Como estava em surto de dengue, Zika, chikungunya achei que fosse só mais um caso. Fui no SUS e esse foi meu diagnóstico. Trabalho na área de saude e conversando com uma médica ela me orientou a realizar sorologia para varios tipos de virus, hepatite, herpes, sifilis, inclusive hiv. Meados de Janeiro fui fazer, por desencargo Tudo negativo, apenas hiv indeterminado. Tomei um susto, dai o laboratorio pediu uma nova amostra de sangue para fazer o wenster blot que deu negativo. A medica falou para esperar uns 2 meses e fazer outro wenster blot em março que para minha surpresa deu positivo. Meu mundo desabou, nao contei o resultado pra ninguem, nem para medica que eu conversava. Em junho decidi ir no SUS e eles pediram todas as sorologias novamente e me encaminharam para o Infecto. As sorologias do SUS todas negativas só o hiv positivo. Infecto me passou Cd4 cd8 e Carga viral, que fiz agora em julho cd4 220 cd8 672 relaçao cd4/cd8 0,33 carga viral 9.972 cd45+ 1.278. Meu cd4 desceu muito rapido considerando que é uma infecçao recente. Sempre fazia Elisa hiv negativo, inclusive inicio de 2015 fiz. To preocupado, minha consulta com Infecto só daqui a 2 semanas. Nao tomo nenhum remedio. Algum caso parecido do cd4 cair tao rapido?

  83. Tonho diz

    Gente! Estou desesperado, há muito tempo não faço sexo e nas poucas vezes que fiz usei preservativo para relações de penetração e uma vez fiz sexo oral sem camisinha. Meus resultados elisa deram positivo, Não sei o que pensar. É azar mesmo?

    • Soares diz

      Oi Tonho, pede um teste confirmatório no cta, esses rápidos podem dar falsos positivos, mas esteja preparado para o que vier, força ae, abraço!!!

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s