Notícias
Comentários 177

Carga viral no sêmen e o risco de transmissão do HIV

Há algum tempo eu traduzi aqui uma entrevista de James Wilton, editor do PositiveLite.com, com Bob Leahy, da CATIE, sobre o que o estudo PARTNER nos diz sobre o risco de transmissão do HIV. Nessa entrevista, Bob dizia que:

Nós sabemos que as pessoas que estão com carga viral indetectável no sangue podem algumas vezes ter níveis detectáveis (embora reduzidos) de vírus em outros fluídos corporais, incluindo sêmen, líquidos vaginal e retal. Entretanto, as implicações deste fenômeno na transmissão do HIV não estão ainda tão claras.

Enquanto alguns estudos mostram que discordância de carga viral entre sangue e outros fluídos corpóreos é comum, outros sugerem que é incomum. Infelizmente, o estudo PARTNER não monitorou a carga viral nos fluídos genitais e retais, então não sabemos quão comum era o fenômeno entre os participantes do PARTNER.

Embora numa amostragem muito reduzida, o estudo abaixo contribui com a resposta de Bob, pois analisou a presença do HIV no sêmen de soropositivos em tratamento antirretroviral.


Relação entre transmissão, micróbios, ambiente imunológico no sêmen e a carga viral do HIV

Por PLOS Pathogens em 24 de julho de 2014

Embora o HIV seja encontrado em muitos fluídos corporais, a transmissão sexual através do sêmen é a via mais comum de infecção. Consequentemente, a quantidade de vírus no sêmen (a carga viral do sêmen) afeta a probabilidade de transmissão do HIV. Além de esperma, o sêmen também contém fatores imunológicos e comunidades de bactérias, um ambiente que poderia influenciar a carga viral. Uma pesquisa publicada em 24 de julho na revista PLOS Pathogens relata que a infecção pelo HIV reconfigura a relação entre bactérias no sêmen e fatores imunológicos, os quais, por sua vez, afetam a carga viral, sugerindo que o microbioma do sêmen desempenha um papel na transmissão sexual do HIV.

Pesquisadores liderados por Lance Price, do Translational Genomics Institute Research, EUA, e Rupert Kaul, da Universidade de Toronto, Canadá, estudaram a relação entre as bactérias do sêmen com a infecção pelo HIV, através da análise de amostras de sêmen de 49 homens que fazem sexo com homens (HSH). Eles se concentraram em HSH em virtude do alto risco de transmissão sexual de HIV nesta população. 27 destes homens eram soropositivos e forneceram amostras de seu sêmen antes e depois de começarem a terapia antirretroviral (TARV), e também um e seis meses após seu início. Amostras de 22 HSH soronegativos serviram como controle.

Entre os homens soropositivos que estavam em TARV, o número total de bactérias nas amostras — a carga bacteriana do sêmen — foi correlacionado com a carga viral do HIV. Analisando o DNA das bactérias das amostras, os pesquisadores detectaram um total de 248 tipos únicos de bactérias no sêmen dos soronegativos, e uma média de 71 tipos diferentes por amostra. Em amostras de indivíduos soropositivos que não fazem uso de TARV, a diversidade do microbioma do sêmen foi significativamente reduzida, enquanto a abundância relativa dos grupos de bactérias mais comuns diferiram. A TARV por seis meses reduziu a carga viral de HIV no sêmen para níveis indetectáveis​​ e restaurou a diversidade e a composição das bactérias a uma situação semelhante à dos soronegativos.

Não houve correlação entre soronegativos e os fatores imunológicos e a carga bacteriana no sêmen. Em contraste, homens soropositivos apresentaram correlação tanto entre a carga bacteriana quanto entre a carga viral, entre vários fatores, mais fortemente à chamada interleucina-1 beta (IL-1B), um importante mediador da inflamação.

“Ao delinear a direcionalidade e causalidade entre as relações complexas que foram observadas, nota-se que mais estudos são necessários”, dizem os pesquisadores. Os dados, segundo eles, “sugerem uma interação entre o microbioma do sêmen, a imunologia local e a carga viral do sêmen. Uma carga bacteriana mais alta no sêmen pode levar à maiores níveis de IL-1B, o qual poderia induzir à libertação viral, deste modo aumentando a carga viral no sêmen.” Os pesquisadores concluíram que os resultados “sustentam a hipótese de que as bactérias no sêmen têm um papel na inflamação local e na liberação de HIV. Elas podem ser um alvo para reduzir o risco de transmissão do HIV.”

Referência

  1. Liu CM, Osborne BJW, Hungate BA, Shahabi K, Huibner S, et al. The Semen Microbiome and Its Relationship with Local Immunology and Viral Load in HIV Infection. PLoS Pathog, July 2014 DOI: 10.1371/journal.ppat.1004262

Anúncios

177 comentários

  1. Recem diagnosticado diz

    Muito interessante. Embora eu tenha tido muitas relações sem proteção durante esses dois anos que fiquei sem testar e quando descobri minha sorologia, em apenas duas delas eu tive contato com o sêmen e “tenho certeza” que foram nessas duas exposições que contrai. Ou não… mas acho bem provável no meu achismo.

  2. Bc diz

    Olá jovem, não sei se pode me orientar mas acho que não custa nada perguntar. Há possibilidade de transmissão do HIV no contato direto do sêmen com a vista(olho). Li diversas fontes, mas cada uma diz uma coisa. Se houver probabilidade, ela é grande ou pequena? Até que ponto a carga viral influencia? Neste caso, a CV é baixa, mas ainda não indetectável.
    Obg.

    • CB SUL diz

      Olá Bc, a secreção do olho “puxa” muita coisa, tipo essa mucosa que nós temos capta e “ingere” partículas. No caso de uma cv baixa, a probabilidade é teoricamente pequena, mas há chance. Eu procuraria um teste de hiv rápido para fazer o teste. É sempre bom poder tirar a pedra do sapato…. 🙂
      Espero ter ajudado.

      • Bc diz

        Obrigado…. eu estava na duvida pois fiz uma certa associação à boca. Se sexo no oral a probabilidade é mínima, no olho seria a mesma coisa. Mas mesmo assim, obrigado CB.
        Ps.: Essa seria uma maneira triplamente triste de contrair hiv. Farei os exames. =/

      • Alexandre diz

        A probabilidade de se contrair HIV pelo olho é muito mais alta que pela boca. Aliás, é muito mais alta que qualquer outra parte do corpo. Mesmo com CV baixa as chances não são pequenas. A contaminação é quase certa. Se não me engano o nosso Dr. Barasa se contaminou assim, durante um processo cirúrgico.

        • Ale, alguém da área da saúde comentou aqui no blog que se contaminou realizando algum procedimento cirúrgico, onde teria “espirrado” sangue do paciente em seus olhos. O nosso Barasa se não me falhe a memória se contaminou também no hospital, só que com agulha!

          Bom acho que é isso mesmo…ando desmemoriada.rs

          • Alexandre diz

            Pode ser Vidinha. Também não tenho certeza. Fato é que a contaminação pelos olhos é muito mais comum que imaginamos.

  3. Gabriel diz

    Boa tarde pessoal. Alguém sabe me dizer se existe algum estudo com relação ao consumo de álcool por soropositivos em tratamento?
    Estou tentando me acostumar com a ideia ainda, sei que é uma preocupação cretina, mas tenho 21 anos e estou na faculdade… Hahaha.
    Ah, e alguém conhece um grupo de apoio aqui no Rio de Janeiro? Seria ótimo poder ter contato direto com pessoas no mesmo barco.
    Beijos a todos.

    • ctvnoslv diz

      Fala Gabriel,temos a mesma idade e uma coisa que me preocupa muito é o consumo de álcool pois tambem estou na faculdade ( não só por esse fato) ,e tambem curto uma cervejinha! Olha não faz tempo que comecei os ARV’s mas como eles afetam o fígado o consumo de álcool pode se tornar uma coisa ruim! Meu infecto falou que eu podia beber sim (pelo menos depois do primeiro mês de tratamento)ja que estou nessa fase e tudo! Mas pediu pra quando fosse fazer isso não combinar com o Efvz talvez não desse uma reação muito legal! Ja tomei o EFVZ e depois bebi realmente não e e das melhores! Mas a gnte fazendo o uso do álcool você sabe que os remédios não terão o mesmo efeito ne ? Bom desculpa pelos erros escrevi pelo celular,mas esse tema do álcool ate me entristece um pouco haha,não bebo nenhum 1/4 do que bebia antes! ( de certa forma consigo extrair algo POSITIVO disso) se quiser falar comigo pra conversar manter contato tai meu email/skype: ctnoslv@gmail.com

      • Barney diz

        Tbm estou n a faculdade e entendo a preocupacão, nao quero contar a meus amigos e sempre fui muito festeiro, logo perceberão minha mudança. Sempre gostei muito de bebidas também. Como o psicologo disse, agora vou começar a descobrir novos prazeres. Mas não tem necessidade de largar completamente a bebida, conversando com pessoas em tratamento a algum tempo dizem que e super tranquilo, tomar uma vez ou outra. A questão é que temos que ter um cuidado maior com a nossa saúde, e a bebida em excesso não faz bem para ninguém. Como um conhecido soro disse o que temos que ter em mente e o equilibrio.

  4. Caetano diz

    Boa noite Gabriel ,é também tenho essa mesma preocupação,temos a mesma idade! Bom meu infecto não me proibiu de beber ,mas como os AVRS atacam o fígado não seria uma combinação muito boa não! Ele so me pediu pra evitar ao máximo beber no primeiro mês de tratamento,também não faz tempo que comecei a tomar a medicação,ele só me falou que quando fosse beber ( preferencialmente so nos fds) não tomasse o EFVZ pois talvez não fosse uma combinação muito boa,mostrei um dia evf e álcool e realmente não e das melhores! Mas você sabe que os remédios não tem o mesmo grau de eficácia se misturados com álcool! Bom converse com seu medico! Se estiver afim de conversar mais me adiciona ai cara! Trocar experiências e tudo! Email / skype : ctnoslv@gmail.com 😜

  5. gaucho positivo diz

    Eu também sou jovem e bebia muito antes de descobrir. Fiquei um tempo sem beber e as últimas vezes que bebi como antigamente, passei bem mal. Vomitei muito. Eu não tomo o EFZ, pois me deu rasas cutâneos. Agora estou passando um creme e está sumindo, graças a Deus. Fiquei cerca de 5 meses com alergia indo e voltando. O meu queridíssimo e amado infecto, trocou o EFZ pelo Kaletra. Algumas pessoas têm diarréias com ele, eu até tenho de vez em quando, mas prefiro o Kaletra. O EFZ pra quem bebe, fuma um baseado, ou curte uma festa é meio punk, deixa muito depressivo. Amanhã tenho consulta, minha primeira carga indetectável e CD4 133 ainda. Sigo na luta, mas estou melhor. Quando fui diagnosticado estava com CD4 23. Sei que estou sendo irresponsável de beber com a imunidade baixa, só que não é fácil. Ninguém da minha família sabe, apenas dois amigos, que um por sinal também tem o vírus, por isso aceitei muito melhor. Depois que fiquei sabendo que ele também tinha (sendo que JAMAIS desconfiei), e que já tinha há 6 anos, fiquei bem mais tranquilo. É bom procurar pessoas que passaram pelas mesmas coisas, ainda mais pessoas próximas, tranquiliza muito. Estou louco pra ver o que o meu doutor querido vai dizer, espero que o CD4 ainda esteja subindo. Abraço e saúde a todos.

  6. TheWho diz

    Eu tomo os remédios há uns 5 meses, entre eles o efavirenz, e bebo quase todo fds, mas sem exageros. Acho que o ideal seria não beber, mas não consigo resistir hahah. Certa vez estava numa festa e deu a hora de tomar os remédios, tirei discretamente do meu bolso, joguei na boca e engoli junto com um copo de cerveja.

  7. Que tal ser postado um topico sobre a transmissão mulher homem com tantas informações quanto as do semem e ejaculação masculina? Fica a dica, somente vemos isso em comentarios de usuários nunca o proprio dono do blog postou algo com detalhamento.
    Porque ?

    • Alexandre diz

      Posso estar falando besteira, mas a transmissão por via vaginal é quase que tão somente teórica, salvo nos casos em que a parceira está menstruada ou tenha alguma DST.

      • É exatamente o ponto Alexandre. NAO EXISTEM informações que retratem a real situação. Ou existe uma falha muito perigosa no MS e nos estudos mundiais ou simplesmente a mulher é considerada descartavel neste assunto todo. Ela é sempre secundária. Estude de carga vira no esperma tem 1500. De garga viral em fluido vaginal, se voce se esforaçar muito vai achar 1. Mas sou voz unica quando questiono isso. É mais facil a todos se calarem e figirem que nao leram isso . Parece que o assunto nao faz sentido de nem existir.

        • é engraçado darem negativo neste post se é um questionamento que envolve pensamento critico e analítico. Galera nao procura ler nada e ainda da negativo. Antes de negativar , tenta achar uma forma de rebater de forma construtiva o assunto.

          • Cris Gaucha diz

            Olá Ricardo,

            Eu já respondi para você o que minha infecto sempre me fala sobre isso. Inclusive deixei meu email para conversarmos. No que fui negativada também.

            Não sei porque… mas também estou sendo negativada em todos os comentários. Inclusive no que te informei meu email… Algum problema em informar??

            Já vi várias pessoas informando portanto…

            Bjos querido… vou te adicionar no face dai conversamos la.

            • Paul diz

              Assunto interessante. Sou soronegativo(até ontem, um sorodesesperado), mas queria saber mais sobre isso. Cheguei a ler a esta resposta da Cris Gaucha sobre o que sua infectologista disse e fiquei pensativo.

              É isso mesmo ou não? transmitir o hiv (ao homem) por sexo vaginal é praticamente teórico como o Alexandre disse?

              • CB Sul diz

                É teórico em alguns casos….
                A mulher ter carga indetectável, não ter outra DST, não estar menstruada……
                Esses são os casos teóricos, mas é sempre bom acompanhar sua parceira ao infecto, isso aumenta a intimidade e favorece muito retiradas de dúvidas.
                Sou soro+ e meu namorado não, expliquei tudo pra ele (do que eu sabia até então), mas ainda assim surgem dúvidas, então fomos juntos, e hoje em dia qualquer duvida conversamos abertamente entre nós dois e também com o meu médico….
                Até aconteceu o caso de estourar a camisinha, o que se sugere no caso é de ir pro banho e lavar as “partes” e no outro dia fazer o teste rápido e na sequencia após um mês refazê-lo….. Pronto, nada de desespero, apenas buscar a informação….. 🙂

            • Cris, bom dia lindona!!

              Ultimamente andam negativando todos os meus comentários…Não liga não amiga!

              Você já viu jogarem pedra em poste com a luz apagada?..rs

              Beijoss

              • Cris Gaucha diz

                Hahahahahaha…

                Só você mesmo amiga queridaaa!!!

                Realmente, só quem é polemico ou se destaca em alguma coisa é amado ou odiado ou invejado.

                Eu sei, que tem muitas pessoas que me amam assim como eu as amo. Os que me odeiam… torço para que sejam felizes. Gente feliz não incomoda.

      • Alexandre, o médico do meu ex já pensa diferente. Ele acha que é muito difícil um casal hetero se contaminar. O “doutor” falou assim: “estranho você ter contaminado essa moça…isso não é muito comum”
        Francamente, esse “doutor gagá” deve ter comprado o diploma lá na praça da Sé viu….rs.
        E sei de gente aqui do blog que se consulta com ele..

      • Eu vi esta info. O lance é que o estudo partner gerou um documento e nao foi corroborado por médico algum oficialmente no Brasil. E somente vemos ele sendo traduzido uma vez só. Pouquissimas pessoas interagiram com aquela informação no Brasil . Esquisito demais.

        • Tem mais publicações sobre a maquina egipcia de tratamento de HIV ou sobre auto-hemoterapia do que do Partner. Por ser algo “oficial” ele nao ta sendo levado muito adiante . A TV então nem sabe q existe. Os medicos do Brasil que estao na midia nem tem coragem de tocar no assunto, se tocam nao colocam a mão no fogo.

          • Eu creio no estudo Partner, minha provocação é para que os medicos brasileiros interajam com este estudo, não se fechem como tem feito muitos.

            Entenderam? É uma provocação para trazer o assunto .

  8. thiagopositivo32 diz

    Estou usando a combinação com Efavirenz há 7 meses, no primeiro mês tive alguns pesadelos, mas nada cotidiano e uma tontura matutina. Porém, hoje já não apresento tais sintomas e até a diarreia e urticária que sentia passaram nos últimos 2 meses. Resolvi por conta própria parar de beber. Não considero algo difícil como muitos falaram ai. Pior é manter a auto-estima elevada e não se deprimir. Isso tem sido muito mais difícil para mim. Parar de beber foi e está sendo muito tranquilo. Já sai algumas vezes e tenho inclusive acesso a bebidas alcoólicas em casa, mas, nem tenho vontade. A minha vontade de ficar bem e não ter nenhuma doença oportunista é bem maior. O álcool além de afetar o fígado, pode comprometer o sistema nervoso, deixar a pessoa mais sensível à tristeza durante a ressaca, bem como favorece algumas bactérias oportunistas do sistema respiratório, propiciando crises de faringite e etc. Tentem não beber, se bateu vontade, lembrem imediatamente do quanto é difícil ficar bem com a medicação e como pode ser perigoso conviver com alguma doença nesse momento. Hoje, a minha carga viral é indetectável e o meu CD4 está acima de 1000. Tomo os remédios todos os dias e já fiz exames para ver como estão os meus rins e o fígado, felizmente, está tudo ótimo. E pretendo continuar assim, portanto, nem sonho em beber, por pouco que seja. Prefiro continuar assim por muitos anos.
    O mais difícil não é parar de beber, coloquem isso na cabeça de vocês. Ninguém é obrigado a beber para viver e ter uma vida social. Podemos nos divertir sem álcool. O mais difícil mesmo é conviver com o vírus ao mesmo tempo que tenha desenvolvido problemas em órgãos como fígado, rins e coração. E certamente quem está bebendo não deseja isso. Portanto, mesmo sendo possível beber moderadamente, evitem. Tentem levar uma vida saudável e com qualidade. É super possível. Até porque creio que nenhum de nós seja alcoólatra. O que tornaria tudo mais complicado.

    • Thiago, amei tudo o que você disse. E realmente, parar de beber é o de menos, difícil é manter a auto-estima elevada e não se deprimir..

      Bom dia!!

      Beijo

  9. Vamos relacionar os fatos e percepções da educação medica brasileira.

    Beijo = Não transmite HIV.
    Beijar o anus de uma pessoa = pode transmitir.
    Esta é a percepção das pessoas , penso, relacionado mais a ideia de que sexo é um tabu do que qqr coisa.

    EUA= oficialmente não existem relatos de transmissão entre sexo “oral-anal” em nenhuma direção. Assim, acho que ou a genética das populações é diferente ou a genética cerebral dos médicos é diferente. MAs que alguma destas 2 variaveis tem de ser considerada, pela sanidade de pesquisas, tem sim.

    Oi seja, a palavra sexo transmite mais HIV que qualquer contato fisico no planeta.

  10. Gauchopositivo diz

    Não vejo tanto mal assim em conviver com o vírus. O HIV é um papel, um exame, como diz o meu melhor amigo que também tem. Pergunto a você amigo do drama aí com a bebida, você já teve alguma coisa, qualquer coisa relacionada ao HIV? Pois bem, eu não tive nada, mesmo com 23 células. E bebo não para ter uma vida social, porque gosto de me divertir e me alcoolizar. Já passei da fase depre, não me deprimo mais, acho que é foda quem tem o vírus e não sabe. Bem pior do que nós que temos e nos medicamos. Problemas nos órgãos todos podemos ter, independente de ter HIV ou não, beber ou não, usar drogas ou não. São escolhas. É como a escolha que fizemos quando não usamos capa. Escolhas… Escolhas…

    • Discordo, o HIV não é somente um exame no papel e sim um vírus que estará sempre presente nas células, mesmo com CV indetectavel. Por isso a responsabilidade com a medicação é fator determinante no sucesso do tratamento.
      Os infectologistas são unânimes em afirmar que o álcool deve ser ingerido com cautela. E jamais deixar de tomar a medicação porque vai beber.
      Escolham viver bem!

    • Alisson diz

      Concordo com vc gaúcho…é tudo questão de escolha…eu também bebo, fumo meu baseado…sigo minha vida normal…

      • Alisson, você toma efavirens ?

        Eu fico imaginando aqui…. você tomando efavirens, bebendo e fumando uns beck .
        Você deve ficar igual a música do Tihuana…eu vi gnomos…eu vi duendes..rsrs

        Espero que não fique bravo com a minha brincadeirinha..rs

        Beijoo

        • Alisson diz

          Nao tomo nao vida, tomo Atazanavir, Ritonavir, Lamivudina e Tenofovir, mas aqui bebo mais no fds e beck vez e outra…não consigo mais beber como bebia antes…fico tonto muito mais rápido por causa do Ritonavir…longe de mim fazer apologia…só comentei que bebo e fumo pro pessoal ver que “a vida continua”….rsrsrsrs

  11. Gauchopositivo diz

    Quando nos infectamos né, claro que a partir de agora já diagnosticados devemos usar preservativo SEMPRE!

  12. Ga diz

    Gente, é verdade que o ELISA pode dar negativo depois da carga viral indetectável? É verdade ou lenda? Alguém me explique…Agradeço.

  13. Levi diz

    Olá a todos. Sou de Recife, tenho pouco mais de 20 anos. Há cerca de um ano, não apenas fui diagnosticado, mas comecei meu tratamento (CD4 beirando 200). É uma situação muito difícil porque é uma doença estigmatizada, não deixo minha família saber e tudo que fiz e faço relativo ao HIV é por conta própria. Passei sozinho e silenciosamente pelos efeitos dos primeiros meses de medicamentos e, atualmente, tenho uma ótima qualidade de vida, faço universidade, além de curso de idiomas. É difícil, é uma condição que você não deseja a ninguém, claro. Mas é minha nova realidade e, na medida do possível, funciona, pois me permite fazer tudo que fazia antes, desde que tome os devidos cuidados.

    Gostaria de deixar meu e-mail caso alguém queira se corresponder comigo. Já recebi mensagens de soropositivos, soronegativos, alguns se tornaram meus amigos na “vida real” e eu acho esse tipo de apoio que encontro aqui muito importante. Aqui: mantralevi@gmail.com

    • Ga diz

      Que barra, amigo. Não deve ser fácil não ter a família para contar, compartilhar. Tudo de bom, que Deus o abençoe.

  14. Matheus diz

    Uma dúvida pessoal.
    Hoje fui a uma médica e ela disse o seguinte. Vamos iniciar com os mais fracos e caso necessario passamos aos mais fortes. Fraco/Forte no sentido de efeitos colaterais.

    Ela colocou como inicial Efavirenz, Lamivudina e Tenofovir.

    Mais eu entendo que estes são na verdade os menos eficientes, no sentido que são mais antigos não ?

    Dessa forma minha dúvida é, quais os disponiveis no Brasil e uma possivel escala de eficiencia/efeito colateral ?

    Vlws

    • Olá,
      Esse tratamento é o de primeira linha para o Brasil. O que temos de mais moderno em termos de drogas de início de tratamento.

      Está muito bem indicado, inclusive é muito bem tolerado. O JS, Luiz Gaúcho e Flor, por exemplo, usam esse esquema.

      • Matheus diz

        Obrigado Barasa pelos esclarecimentos.

        Também, pergunto por exemplo, os medicamentos de 2 e 3 linha são menos toxicos não ? São mais novos não ?

        Também o que podemos fazer para que novos medicamentos cheguem ate nos, por exemplo, dolutegravir. Como cobrar do ministerio da saude ? Atraves de medicos ? De alguma sociedade de infecto ? Ong ?

        Vlws

        • Medicações como o raltegravir, por exemplo, são teoricamente menos tóxicas que as mais antigas. No nosso país, por enquanto, são usadas apenas para pacientes com resistência a outras drogas. O raltegravir pode ser comprado em farmácias pela internet, mas só o seu infecto pode decidir – com sua parceria – a melhor combinação para você no momento.

      • Barasinha, bom dia menino!

        Poxa, se essa combinação (efavirens, tenofovir e lamivudina) são os mais fracos, a combinação (“kamerda”, lamivudina e tenofovir) são os mais fortes??
        Eu até hoje não me conformo com essa minha combinação..
        Parece que todo mundo toma o tal “efavironha” menos eu!!

        • menina diz

          Vida…eu tomo o Kaletra + lamivudina e tenofovir.
          Fazem 6 meses dia 18 que comecei a tomar a medicação ja com o cd4 de 146mm.
          Bom..dizem que alguns organismos demoram muito na subida de cd4 e eu achava que era “culpa” do organismo.
          Hoje eu penso que há a culpa do organismo e tambem a medicação. ou no meu caso não sei se foi mera semelhança.
          De fevereiro até maio tomei:
          kaletra + lamivudina e AZT.
          (Coisa que argumentei de imediato com o medico porque quando descobri e li vi que o azt foi o primeiro e pensei eu que com mais efeitos não sei, fato é que ele não mudou.)
          Em maio quando fiz meu cd4 tava apenas 155mm.
          Ou seja nao mudou praticamente nada depois de 4 meses.
          Resolvi mudar de medico já que ele nao queria mudar minha combinação.
          Então a medica colocou o tenofovir.
          Agora minha combinação é essa:
          Kaletra + lamivudina + tenofovir e SEMELHANÇA ou não o meu cd4 fiz semana passada GRAÇAS À DEUS deu 308mm.
          Bom gostaria até de comemorar com vocês… de 145mm pra os 308 mm agora estou começando a me sentir mais tranquila…
          Embora como voces sabem tenho outra infecção pra tratar (Hpv) e exame de nodulo de mama pra bater utlrasson.
          Confesso a voces que estou bem mal (psicologicamente)
          Tenho estado numa fase de desespero sem acreditar que tenho tantas coisas e todas com riscos sérios.
          Obrigada por poder desabafar aqui..saudades da Vida, Cris, Barasa, JS, Camilo…Alexandre…desculpa se esqueci alguem…

          • Menina, você se adaptou ao esquema? Teve algum efeito colateral?
            Quando eu comecei a tomar os remédios, praticamente 6 meses depois minha carga viral estava indetectável!.
            Não se desespere Menina! Em 1999 eu operei de um nódulo enorme na mama e felizmente não foi nada grave e há uns 7 anos apareceram mais dois “meninos” e também não é nada grave.. A cada 6 meses levo os danadinhos pra visitar o mastologista que me aconselhou a não mexer, deixar eles quietinhos ali ..Agora caso ele perceba alguma alteração neles..aí sim eu vou ter que fazer cirurgia.
            Eu tenho também outros probleminhas que provavelmente foram causados pelo uso dos ARVS, mas estou me cuidando e procuro não pensar muito neles não.
            Menina, há tempos eu tive uma conversa com Deus…falei assim: Deus os problemas existem, não são poucos e não tenho como fugir deles. Estou me cuidando direitinho e espero que o Senhor me dê muita paciência e coragem para encará-los. E a partir de hoje eu os deixo tudo em suas mãos para que seja feita a sua vontade…. e espero que sempre suas vontades coincidam com as minhas..
            E assim vou vivendo ..

            Vai dar tudo certo Menina..tenha fé.

            Beijão

        • Vida, não são os mais fracos, não… Na verdade, o kaletra (lopinavir/ritonavir) é uma das drogas mais potentes de todas. =)

        • Cris Gaucha diz

          Vida…

          Até hoje eu tomava Efavirens, lamiduvina e Zidovudina… sempre sem efeitos colaterais, uma maravilha, mas minha CV não ficou indetectável…. Vou começar agora o mesmo esquema teu Kaletra, Lami e Teno.. Espero que agora de certo e que minha CV fique indetectável…

          Se Deus quiser vai ficar!!! Bjinhoss

          • Camillo diz

            Vai sim Cris, vai dar certo. Saudades….. a nova data de chegada do meu PC: 26 de agosto… vamo ver….

          • Lucius de Roma diz

            Cris! Você vai ver a maravilha que é deixar de tomar a zidovudina. Eu sai do inferno dos efeitos colaterais e fui direto para o “céu” da vida quase normal que tinha antes. Daqui um mês me conte o que sentiu.Abraços

  15. Mike diz

    O colega falou aí em cima da benéfica atitude em parar de beber. O que os infectos de vocês dizem a respeito? O meu sempre fala que devido evitar drogas em excesso, considerando lícitas e ilícitas. Eu não veria problema em beber 1 ou 2 vezes no mês, modernamente. O que vcs acham? O q os médicos dizem a respeito?

    • Digo diz

      O meu diz o seguinte: era melhor não beber, mas como ele sabe que essa seria uma decisão que só dificulta a adesão, duas ou três tulipas de chope não tem problema. Deve-se evitar os porres.
      Já o farmacêutico do CTA bate é taxativa ao proibir o álcool. Segundo ele, quando a gente bebe vai muitas vezes ao banheiro e, dessa forma, eliminamos parte do medicamento do organismo.
      A metáfora que ele usa é a seguinte: os ARVs são mísseis contra o inimigo; quando você bebe, você os transforma em revólveres 38.
      Fiquei três anos sem beber nada. Atualmente bebo muito moderadamente, mas tenho de confessar que já exagerei duas ou três vezes.

    • Camillo diz

      Mike, meu médico disse que os medicamentos não me impediriam de beber socialmente. Não me fez mais nenhuma recomendação. Excessos são excessos sempre, para soropositivos ou soronegativos.

      • Cris Gaucha diz

        Camillo, exatamente o que minha medica fala sempre.

        Saudades de tu!!

        • Camillo diz

          Wow Cris! Também com saudades de você, acabei de postar ali em cima isso eheheheh bjs! Dia 26 chega meu novo PC, assim espero.

  16. AJN diz

    Tive no último sábado o resultado regente do meu exame, tenho 22 anos, 1o ano de faculdade. Não tinha me dado conta mas notei linfonodos cervicais infartados, herpes labial recorrente, o que passava despercebido. Amanhã vou até um CTA pela primeira vez, muita coisa está passando pela minha cabeça, desde que eu vá morrer semana que vem, até que nunca mais farei sexo, a questão familiar me assombra muito também (felizmente faço faculdade fora da minha cidade natal, onde minha família mora). Não tenho com quem falar sobre isso a não ser uma amiga que fez o exame também, enfim, tava precisando desabafar. Obrigado

    • Secret diz

      Olá AJN!

      Estamos aqui em nossa “sociedade secreta” para te ajudar.Eu também sou recém-diagnosticado e seus pensamentos são extremamente normais. É um choque mesmo! Mas tenha calma que, aos poucos, as coisas voltam ao lugar.

      Sinta-se a vontade pra se expor aqui porque realmente no mundo real ainda falta muita compreensão! Todo mundo te entende muito bem!

      um abraço!

    • AJN, bom dia!

      É cruel, é mortificante receber esse diagnóstico, mas não é o fim tá? Existem coisas piores que a nossa situação! E não, você não vai morrer semana que vem e vai fazer muito sexo ainda!!!! Já já tudo volta ao normal.
      Se quiser conversar, desabafar me escreva , me adicione no skype luzvidareluz@hotmail.com .. será um imenso prazer conversar com vc!

      Beijo

      • Camillo diz

        Aê vida, reitero suas palavras! Se cuidando direitinho o AJN não vai morrer e vai fazer muiiiiiiiito sexo (seguro) pela frente.

      • Secret diz

        Não entendi porque negativaram o comentário da VIda!! Achei muito fofo!! Inclusive eu também sou recém-diagnosticado e fui super ajudado por ela!!

        • Secret…. não esquenta, já estou acostumada!
          Beijinho no ombro pros recalcados (as)..kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

        • Cris Gaucha diz

          Pois é Secret…

          Difícil entender o problema de certas pessoas… Negativar um comentário e um apoio desse tamanho da Vida…
          Estamos aqui para nos ajudarmos, não nos julgarmos.

          Enfim… essas coisas estão me deixando chateada. Tenho vindo pouco aqui. E quando venho, vejo essas coisas… 😦

          • Secret diz

            Pois é, Cris!

            Se houvesse algum motivo mas é somente uma mensagem de apoio.

            Eu também fico bem chateado!!

    • Ricardo diz

      Ola AJN, tb sou recém diagnosticado, ainda estou meio em choque e não tem um dia sequer que não penso no HIV, ainda bem que tem este site pra gente se atualizar e não deixar o “monstro” crescer dentro de nós. Força e fé em Deus que tudo dará certo, provavelmente dia 18.08 iniciarei meu tratamento com os remédios, dai será um casamento eterno, paciência né ? Espero não ter indesejáveis efeitos colaterais, pois é o que mais temo neste momento e que os mesmos surtam efeitos para que minha carga viral fique a níveis indetectáveis e que meu CD4 aumente logo. Enfim, fique calmo, pois logo você ira digerir esta nova realidade, lembrando que a vida segue e com fé em Deus por muitos e muitos anos ! Forte abraço.

    • Gabriel diz

      Olá amigo, boa noite. Acho que estamos em uma situação bem semelhante. Recebi o diagnóstico a duas semanas e todos esses pensamentos passaram pela minha cabeça, mas já estou me reerguendo para continuar a caminhada…
      Mantenha a calma que tudo vai ficar bem, agora é difícil de ver, mas pode acreditar que vai.
      Se quiser conversar, trocar experiências, ou só desabafar… gdias473@gmail.com ou no skype gabiel.dias400

      Será um prazer conversar contigo…
      Forte abraço e muita paz.

    • CB Sul diz

      Olá AJN, eu tenho 27 anos, e tenho o vírus há +-7, não passei por esta situação (de ter que esconder), contei de imediato pra minha família, visto que nem tinha como esconder pelos efeitos dos assintomáticos, que me acolheu muito, apesar de preocupados, com o tempo eles assimilaram e entenderam melhor o que é o HIV. Hoje é como se não tivesse nada, bem tranquilo. Deve ser mesmo uma barra, tu tão novo e longe de casa….. Se quiser conversar taí meu e-mail….
      cindy.bock@hotmail.com

    • Marvin diz

      AJN pode acreditar. Vc vai superar essa fase de medos e incertezas. Tem doenças piores. O fato é q hiv/aids carrega ainda hj o estigma de doença de homossexuais e por isso todo o preconceito e ignorância. Boa sorte cara.

    • Recente diz

      Prezado, recebi meu diagnóstico há 3 meses. Essa semana saiu meu resultado de CD4 (286), CD8 (1570) E CV (33.730). No momento que recebi o diagnóstico pensei exatamente como você. No entanto, após 3 meses sinto que o que existe além de um vírus no meu organismo me impulsiona a ser feliz e pensar o quanto tenho que realizar nesta vida. Tenho família, amigos, trabalho e um namorado (soronegativo) que me fazem sentir mais vivo que nunca. Seja forte, coloque suas ideias no lugar e lembre-se que não está sozinho nessa caminhada.
      Nos primeiros dias de consciência da minha sorologia esse blog e o antigo “soropositivos” foram fundamentais para minha estabilidade emocional. Aqui vi que podemos viver, e bem!
      Seja bem vindo e aproveite o carinho incondicional destes “anonimos”. Creia, esse carinho é muito bom!!

  17. Já aconteceu com alguém de vir menos comprimidos do que o indicado no frasco, com relação aos medicamentos distribuidos pelo Sus? As minhas doses estão chegando ao fim e notei que faltavam comprimidos de tenofovir e efavirenz. Eu tomo certinho, sem na mesma hora. Moro sozinho então não tem como ninguém ter pego.

    • Dandande o meu foi ao contrário…o meu sobrou um Kaletra.
      Agora não sei o que foi que eu fiz..rs

      • Dom diz

        Vida, fui diagnosticado há um ano (16/06/15) e inciei a TARV em 17/07/15; Tive sorte pq já peguei a fase do “3×1” (Efv/Lmv/Tenof), mas passados todas as reações da infecção aguda, até se descobrir (creio q fui infectado em dez/14), dps q iniciei a TARV desenvolvi algumas neuras: pra começar, qdo falta uma semana para acabar os compridos, já busco outro; uns dias antes de começar o novo, abro o frasco retiro tudo de dentro e conto os compridos. Dps q tomo, as 23:00, conto oq q estão dentro pra confirmar se tomei msm (embora eu saiba q tomei).
        Ae comprei uma “Pill Box” com os dias da semana, as diminuíram um pco, mas as vezes ainda me pego perambulando pela casa de madrugada feito um zumbi do walking Dead para conferir na Pill Box se realmente tomei o comprido daquele dia,rsrs
        E qdo saio, msm q saiba q voltarei horas antes, msm assim, levo 1 comprimido numa Pill Box Peq dentro do bolso..não sei se é mta neura ou cuidado..enfim..bjs

    • Camillo diz

      dandande, acontece vez ou outra sim, mas isso eu só controlava no início, agora nem vejo mais isso. Pego sempre os arv’s com dias de antecedência para não correr o risco de faltar.

      • Eu tb uso essa estratégia Camillo. Não fiquei preocupado em se ia faltar, mas fiquei curioso se isso já tinha acontecido com outras pessoas ou eu havia tirado a “sorte grande”. Rs

  18. Gauchopositivo diz

    Adoro um debate. Enfim, acho que o tabu deve ser quebrado desde o início. Já disse que quando descobri, estava com 23 células de CD4 e segui minha vida normal. Não faltei academia, não parei de fumar meu baseado, apenas manerei nos drinks. E hoje ainda manero, pois se bebo como antigamente, fico extremamente mal. Tive consulta na segunda-feira, falei ao meu infecto que havia tomado um porre na Argentina. Ele, cautelosamente, sorriu e disse para me cuidar mais, que são escolhas que faço e fiz ao longo da minha vida. Eu tomo os remédios todos os dias, sei que o HIV é mais que um papel, foi modo de falar. No primeiro mês eu fiquei muito mal, pensando que ia morrer, que vida normal era mentira, mas sinceramente: -gente o meu CD4 ainda está abaixo de 200 e, acreditem, a minha vida segue normal. Agora me cuido muito mais, tenho todos os médicos que antes jamais havia freqüentado e, tampouco, pensava em freqüentar.

    • Camillo diz

      Aê guricolorado, vida que segue mesmo! Também não dou mole, vivo, vivo, vivo e vivo!

    • Cris Gaucha diz

      Hahahahahaha…

      Acho que vou alterar meu email para guriacolorada. Ameiiii!!

  19. Gente, preciso compartilhar com vocês um absurdo que ouvi de uma médica dermatologista.
    Ontem em consulta eu mostrei os motivos que me levaram até ela e ela prescreveu duas coisas: para o primeiro, umas vitaminas; para o segundo um tratamento a laser. Aí euzinha, muito idiota e com medo de tomar essas vitaminas, contei pra ela a minha condição…falei que eu era “sangue azul”.rs
    Aí ela vira e fala: Você fez muito bem em contar, pois este procedimento a laser sai muita fumaça..e diante disso o profissional que estiver realizando o procedimento pode se “cuidar melhor”.

    Eu respondi: por essa e por outras que prefiro não revelar minha sorologia. As pessoas não entendem e me olham com espanto..Fazendo me sentir um ET de Varginha ou um vírus ambulante. (ela me olhou e não falou nada)…deve ter me achado um ET mesmo..kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Afffff….Como se isso pudesse ser transmitido por fumaça né?? que médica sem noção. E pior que existem muitos profissionais sem “loção”.. por aí.rss.

    Bom, se fosse em outros tempos eu teria feito um berreiro na sala da Doutora e estaria chorando deprimida até hoje….mas felizmente tirei isso de letra!! E aprendi a lição também..não vou ficar revelando a minha condição pra qualquer profissional não.

    Bom dia pessoal!

    • Camillo diz

      KKKKK, Vida, é difícil né não? fala sério! Também já passei por situações em que percebi que seria completamente desnecessário informar que tenho “sangue azul” (adoooorei isso e vou usar sempre agora ehehhehe).

      • Camillo, amanhã eu volto ao consultório dela pra fazer o laser e já até imaginei a cena… A doutora com aquelas roupas especiais que os agentes de saúde estão utilizando para cuidar dos contaminados pelo vírus ebola sabe…..
        Aquilo parece roupa de astronauta!,rss
        Até que combinada né? roupa de astronauta, paciente ET..kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

        • Ga diz

          Vida, acho melhor você dar um conselho à médica: fala para ela dar uma estudada de imunologia e patologia das infecções, depois você volta lá. Tudo de bom, vidinha.

        • vanessa diz

          Oi Vida!!
          Graças a Deus tbm fui no dermatologista e a reação da médica foi bem ao contrário, aliás esses médicos pra mim são os que mais tem me aceitado super bem, inclusive essa médica disse que o sonho dela é fazer infectologia, a médica anterior tb foi um amor! Meus maiores problemas são com ginecologistas, eu passo mal só te pensar, pq não querem examinar, ficam fazendo Perguntas de como contrai blá blá bla

          • Cris Gaucha diz

            Meninas…

            Graças a Deus tenho encontrado excelentesss profissionais de saúde. Claro que não falo para qualquer um. Minha infecto que recomendou.
            Mas eu descobri minha soropositividade através de uma dermatologista. Hoje somos amigas de infância. hehehehehehe
            Ela fez e faz um papel fundamental na minha vida e no meu bem estar. Posso contar com elas a qualquer hora do dia ou da noite.
            Mas vale lembrar, Existem profissionais por vocação, mas existem também aqueles que só pensam no dinheiro ou no status…

        • Alisson diz

          Aposto que ela vai usar aquela roupa que o pessoal usa pra se proteger do ebola!!! hahahaha

    • Ga diz

      Ignorância. Deve ser uma daquelas filhinhas de papai que fez Medicina por obrigação dos pais, estudou pouco na faculdade, se especializou em dermatologia para cuidar de riquinhos como ela, por isso ainda é uma completa ignorante e mal formada como muitos. Liga não, Vida, a vida ensinará para essa médica de quinta.

      • CB Sul diz

        Se duvidar essas duas dermato se formaram no mesmo lugar, pra ter tanta ignorância acumulada….. ¬¬

    • Ga diz

      Vida, uma dica, faça um seguinte: não conte a nenhum outro profissional de saúde sobre a sua condição sorológica, apenas se se acidentarem com seu sangue ou se precisar tomar um medicamento de imediato, caso possa haver interação medicamentosa, de contrário, não conte. Acredito que não haveria nenhum problema com interação entre as vitaminas e o tratamento que você faz, caso houvesse dúvidas, deixasse ela prescrever e levaria a prescrição ao seu infectologista de confiança, aí ele daria o veredito. Por que fazer isso? Médicos de outras áreas não entendem muito de interações medicamentosas e tratamentos de outras áreas, são uns completos ignorantes, então a diferença não seria feita você informando ou não, até porque ela só falou merda para você e não serviu de nada a informação que você deu a ela. Vida, vida, vida, vamos viver!

    • Ga diz

      Outra dica é ler toda a bula dos seus medicamentos, decorar todos os medicamentos e substâncias que podem interagir com eles, aí você não precisará informar a ninguém, apenas dizer quando perceber que aquele medicamento irá interagir e prejudicar o seu tratamento. É simples, vamos simplificar a vida, enquanto muitos insistem em complicar! Cuidado com os profissionais técnicos em enfermagem, pois são os mais fofoqueiros e antiéticos da área da saúde, já conheci cada técnico de dar nojo, não é à toa que são apenas técnicos e continuam anos sem aprender porcaria nenhuma, desculpe, mas tenho pavor de técnicos de enfermagem, tenho meus motivos…

      • Ga, você fala pra eu ler a bula dos ARVS???? DEUS ME LIVREEEEEEEEEE E ME GUARDE. Já tive essa curiosidade . Li alguns trechos e me arrependi muuuuuitooo,
        Sabe Ga, se isso tivesse acontecei há uns 2, 3 anos eu estaria chateada, deprimida…hoje em dia esses comentários esdrúxulos não me afetam mais não viu..
        Eu sei que falei o que não devia..(eu e essa minha boca grande viu) e me arrependi bastante..mas agora está feito né?? Da próxima vez que eu for procurar um outro especialista e ele me receitar alguns remédios eu vou é consultar o meu outro Doutor preferido..rs Ahhhh ele é bãodimais da conta sô!!.rs

      • Ricardo diz

        Vida,no meu caso sempre vou a outros especialistas como dermatologista no CTA,daí já estão “inteirados” da nossa condição. Você faz o tratamento particular?? Bjão.

    • CB Sul diz

      Eu tb fui na dermato e sai bem decepcionada por dois motivos….
      Eu estou com uma alergia…
      Primeiro ela disse que podia ser qualquer coisa…..
      Ela pesquisou no google a pomada que ia me dar, dentre as duas, uma é a hidrocortisona, mas com o seguinte conselho:
      Use o período de até uma semana, pois a pomada pode baixar tua imunidade, pode isso??? affffff
      Concordo que a cortisona em si é mto boa e ruim ao mesmo tempo, mas uma pomada que o tratamento é de no máximo uma semana vai de fato baixar a minha imunidade????? POR FAVOR NÉ????
      Fiquei bem triste com isso pois estou estudando para a área da saúde e não quero tratar meus pacientes com GOOGLE, tampouco passar informações inverídicas para os mesmos……

      • Ga diz

        CB Sul, vá a um nutricionista, acho melhor. Procure por alimentos antiinflamatórios, acho que o resultado será muito melhor que esses glicocorticoides cheios de efeitos colaterais. Tomei raiva dessa médica, puts, deveria ter evitado a fadiga ao ler esse seu comentário rsrsrs
        Eu estava lendo aqui sobre os benefício da cebola e do alho crus e são imensos os benefícios. Como cebola crua na comida todos os dias, o hálito depois não é dos melhores, mas ando com a saúde em dia. Tudo é alimentação, CB, tudo! Vamos nos alimentar bem e quebrar tudo!

        • CB Sul diz

          Sim, teve uma época que pesquisei bastante sobre alimentos pois precisava melhorar das assintomáticas, e fazer meu CD4 subir, me alimento com qualidade, mas essa alergia que me deu tenho quase certeza que é do frio, aqui no sul é cruel, e andando de moto entra bastante vento, então o fato de eu n usar creme ou filtro solar desencadeou essa alergia. Pelo menos é o que tudo indica.
          Só que o que me deixou p* da vida, foi ela pesquisar no google, e me dizer que a pomada poderia afetar minha imunidade. Acredito que um médico deve ter conhecimento antes de te passar alguma informação, olha o absurdo que essa criatura fez, além de olhar no google me disse essa bobagem….. affffff
          Penso não só em mim, mas nas diversas pessoas que vão lá e confiam na prescrição dela, aquela criatura não é digna de exercer a profissão….. pronto falei, ainda to indignada com ela….. hahahahaha

          • Ga diz

            Deve ser uma formada em alguma particulixo, filhinha de papai. Olha, médicos estudam farmacologia e corticoides na faculdade, ela deveria saber disso, o mecanismo de ação da molécula do medicamento e a via de administração. Por ser via tópica, como o Dr. Barasa mesmo disse, não será distribuído de forma sistêmica para o seu corpo, a ação será local, logo, os efeitos colaterais não serão distribuídos para o seu corpo, se fosse por via oral, sim, e como o Dr. Barasa disse, depende da via, da distribuição, depende da dose e do período de tratamento. Essa médica é uma completa anta, não volte mais nessa anta, por favor.

          • Ga diz

            Eu já faço o uso do limão, também é excelente! Limão é um alimento alcalinizante, É importante lembrar que para mantermos uma boa saúde/imunidade, devemos evitar alimentos industrializados, com essas substâncias químicas nocivas, pois gordura trans, edulcorantes, etc, diminuem a absorção de sais minerais e vitaminas por nossas células, então de nada adianta ingerir todos os nutrientes e ingerir essas substâncias. Também esses suplementos polivitamínicos metade dos nutrientes saem na urina, o correto é ingerir nutrientes junto com a alimentação, não em uma cápsula.

      • Corticoides de uso tópico – na pele – dificilmente vão gerar diminuição da sua imunidade. Até mesmo de uso oral só serão depressores imunes em doses elevadas, não nas doses usualmente prescritas para efeito anti-inflamatório.

        Resumindo: a hidrocortisona tópica não vai baixar sua imunidade.

    • Matt diz

      Camillo e amigos
      E os arvs de longa duração, alguem tem novidades ?

      Abraços

  20. Gauchopositivo diz

    Querida Vida! Já reparei que és uma pessoa especial e carismática. Isso infelizmente acontece. A minha proctologista disse que eu deveria contar minha sorologia para todos os meus parceiros sempre. Que é como se eu estivesse com uma metralhadora dando tiros para todos os lados. Achei de uma audácia sem tamanho daquela velha embotocada. Ela conta que tem a cara cheia de botox para os seus parceiros? Conta o número de plásticas que realizou? Infelizmente a classe médica é, em sua grande maioria, muito ruim aqui no Brasil. Eu só vou voltar lá, porque tenho que realizar uns procedimentos ainda, depois nunca mais. O negocio é pegar o contato com os nossos infectos, de outros bons profissionais que sejam da sua confiança. Eu amo o meu infecto. Amo, amo e amo. É como um pai pra mim, pois a minha família não sabe, ninguém sabe, apenas dois amigos e um deles tem tbm. Vamos viver tudo que há pra viver, vamos nos permitir. Adoro vocês, adoro esse blog, estamos todos juntos nessa caminhada sofrida, só que já passou por isso sabe a dor é a desilusão de ler um reagente. Mas depois passa, tudo passa. A vida é breve para todos! Beijo no coração e não encana com essa médica louca!

    • Gauchopositivo…velha embotocada foi “MARAAAA”..KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Guri, eu também amo meu infecto, ele é tudo pra mim! um ser humano incrível, de um coração enormeeee..peninha que ele já tem dona. E como ele mesmo diz:..a mulher é uma onça!!..rsrsrs

      Me adiciona lá no skype pra gente conversar luzvidareluz@hotmail.com

  21. Ricardo diz

    Venho agradecer a todos pela existência deste blog, pois quando descobri minha sorologia fiquei em pânico, pesquisando sobre tudo e lendo absurdos, coisas antigas e etc, pensei “pronto, morri !”… ai, graças a Deus encontrei este blog e parei por aqui, lendo as novos depoimentos e experiências, percebi que a vida seguirá “quase normal”, claro que alguns excessos terei que deixar de lado, mas sabe de uma coisa, ainda bem ! Já estava na hora de ter um divisor de aguas na minha vida. Estou ansioso pois iniciarei o tratamento semana que vem, temo claro, os efeitos iniciais, mas isto vai de pessoa pra pessoa, então não vou sofrer antes do tempo, estarei por aqui para relatar meus primeiros dias com meus mais novo aliado. Peço que Deus esteja com todos vocês e que medicamentos mais avançados e “aliados” mais fortes possam surgir num curto espaço de tempo… bom seria ter uma vacina para controlar a carga viral, ouvir dizer que está sendo testado alguma coisa neste sentido, é verdade, alguém sabe de alguma coisa neste sentido ? Enfim de coração agradeço a todos que de uma certa forma me ajudaram a passar pela fase da descoberta de forma mais branda, agora é viver a vida e seguir em frente sempre confiante, pois espero ainda receber muitas coisas.

      • Barasinha, vc não respondeu a pergunta que fiz láaaa em cima.
        Vou dar em você quando eu te encontrar!! rs

    • Espero muito sucesso no seu tto, que sua adesão seja dez com zero de efeitos colaterais. Não tenha medo de nada! A sua vida vai continuar normal!
      Lembre sempre que a medicação deve ser tomada em horário fixo, agende no celular. Tenha sempre na carteira uma dose para qq eventualidade.
      Alimentação adequada, exercícios físicos e não consumir bebidas alcoólicas vão te ajudar.
      Só leia notícias de fontes oficiais e venha sempre aqui.
      Sucesso! Beijo de mãe.

  22. menina diz

    Vida…eu tomo o Kaletra + lamivudina e tenofovir.
    Fazem 6 meses dia 18 que comecei a tomar a medicação ja com o cd4 de 146mm.
    Bom..dizem que alguns organismos demoram muito na subida de cd4 e eu achava que era “culpa” do organismo.
    Hoje eu penso que há a culpa do organismo e tambem a medicação. ou no meu caso não sei se foi mera semelhança.
    De fevereiro até maio tomei:
    kaletra + lamivudina e AZT.
    (Coisa que argumentei de imediato com o medico porque quando descobri e li vi que o azt foi o primeiro e pensei eu que com mais efeitos não sei, fato é que ele não mudou.)
    Em maio quando fiz meu cd4 tava apenas 155mm.
    Ou seja nao mudou praticamente nada depois de 4 meses.
    Resolvi mudar de medico já que ele nao queria mudar minha combinação.
    Então a medica colocou o tenofovir.
    Agora minha combinação é essa:
    Kaletra + lamivudina + tenofovir e SEMELHANÇA ou não o meu cd4 fiz semana passada GRAÇAS À DEUS deu 308mm.
    Bom gostaria até de comemorar com vocês… de 145mm pra os 308 mm agora estou começando a me sentir mais tranquila…
    Embora como voces sabem tenho outra infecção pra tratar (Hpv) e exame de nodulo de mama pra bater utlrasson.
    Confesso a voces que estou bem mal (psicologicamente)
    Tenho estado numa fase de desespero sem acreditar que tenho tantas coisas e todas com riscos sérios.
    Obrigada por poder desabafar aqui..saudades da Vida, Cris, Barasa, JS, Camilo…Alexandre…desculpa se esqueci alguem…

  23. Gauchopositivo diz

    Quanto a bula? Já li um pouco a do kaletra, pois tem ritonavir é como sempre gostei de algumas substâncias químicas, pode ser perigoso. A bula é tensa, não consegui ler muito também, prefiro perguntar para o meu amado infecto quais são as chamadas “interações medicamentosas”.

  24. “Intervenções medicamentosas” *
    Agora não sei. Hahaha
    O meu infecto me lembra muito que o ritonavir potencializa os plasmas e blablabla.

  25. MB+ diz

    Ola, galera sou prtador a 5 anos e ainda não faço uso da terapia , minha carga não utrapassa 30.000 e meu cd4 sempre acima de 500, mas na proxima consulta vou pedir para minha infecto me passar a medicação, alguem sabe como esta o processo para a distribuição do 3 em 1 em São Paulo, pois muito se falou neste medicamento mas até agora nada.

    • Pelas recomendações do MS você deve iniciar a medicação.
      A distribuição está começando em POA e Manaus. Não definiram data para os demais estados.
      Boa adesão ao tto, tomara que vc seja mais um com zero de efeitos colaterais.

      • MB+ diz

        Obrigado , e vamos torcer por isso,zero efeitos seria otimo…mas se vier alguma lezeira não tem problema pois serei mais um maluco beleza só que indetectavel.

  26. Galera queria que falassem suas experiencias com relação ao tempo que ficaram indetectavel pois vejam meu caso:
    Hoje fui no meu infecto e vi meu resultado de 5 meses de tarv e olhem os números:

    fev – 110.000 CV e cd4 511
    abril – 583 CV e cd4 327
    julho – 223 CV e cd4 861 (que foi o que vi hoje)

    Achei bacana 🙂 e principalmente pelo cd4 ter dado um belo “up” mas vem meu infecto e coloca água no meu chopp 😦 dizendo não estar contente pois eu ja deveria estar indetectavel em 2 meses como a maioria e se isso não acontecer em outubro com 8 meses teremos de rever a medicação e fiquei encanado pois pelo que leio tem pessoas que variam de mais de 6 meses a 1 ano para ficar indetectar não é?

    gostaria de ouvir opiniões
    (my tarv é efavirens, tenofovir, lamivudina) e me dei super bem com elas com 0% de colaterais e tomo certinho tudo a noite salve algum ou outro atraso, enfim…
    …abraços e luz à todos!!!

    • Digo diz

      The Cure, comecei o tratamento com CV próxima a 10.000 cópias e CD4 abaixo dos 400. Em dois meses estava com CV indetectável. Meu CD4 fica, há 4 anos, entre 500 e poucos e 600.

    • Que bom, mais um com zero de efeito colateral!
      A cv pode demorar de seis a dez meses para zerar. Não estresse. O seu esquema é bom e vai melhorar pois vai ser dose única.

  27. Olá! Meu esquema é o mesmo que o seu. Quando descobri minha carga viral estava em 55000. Depois de 3 meses foi pra 47, o que segundo minha infecto é quase o mesmo que indetectável. Agora, com 6 meses de tratamento, minha carga viral está em 293. Meu cd4 já atingiu os níveis de uma pessoa normal, mas essa subida da carga viral me deixou bolado.

    Eu li em alguns lugares que é normal que ocorra essa variação. É o que os médicos chamam de “blip”, quando a carga viral dá uma subida temporária para níveis entre 0 e 500 cópias, mas volta a ficar indetectável no exame seguinte. Espero que seja o meu caso.

  28. MB+ diz

    É isso mesmo…mas como você não chegou ao nível de indetectável pode ser que pode estar ocorrendo falha na terapia , mas isso somente sera possível verificar no próximo exame , vamos torcer para você zerar , já que a parte mais difícil você já passou que é não ter efeitos com as ARV’s.

  29. The Cure, o meu levou uns 6 meses pra ficar indetectável. O seu médico tá muito apressadinho. Se o seu esquema estivesse falhando, você não estaria com carga viral baixa e o cd4 elevado! Em outubro, se ele quiser mudar, peça pra esperar pelo menos até o final do ano! Agora, caso ele insista em mudar tudo em Outubro, na minha opinião , você deveria procurar uma segunda opinião com outro infecto.

  30. MB+ diz

    Desculpe mas quando disse pode estar ocorrendo falhas na verdade quis dizer que pode ocorrer falhas.
    Mas fica tranquilo no proximo exame vai dar indetectavel.

  31. Luz diz

    Na terça vou buscar meus remédios pra iniciar a tarv depois de 3 anos e meio de resultado!parece um novo diagnóstico!
    Mas acho q vai dar tudo certo.o chato é a vou ter que tomar duas vezes ao dia!

  32. Fabrício+ diz

    Olá pessoal, vou completar meu 1 ano como positivo agora em setembro e do uso de medicamentos(kaletra+biovir). Tenho enfrentado uma dificuldade somente com um efeito colateral específico: a diarréia. No início do tratamento era algo relativamente constante, no entanto ela foi diminuindo mas infelizmente ela não desaparece de vez. Já fiz uma dieta balanceada com uma Nutróloga a qual ajustou minha dieta e inseriu uns reguladores intestinais como o fiber mais flora(bem carinho por sinal) e outros tipos como Prolive e fiber mais, os quais até melhoraram, porém são remédios que de certa forma para serem consumidos diariamente fica muito caro. Confesso que é muito constrangedor se alimentar fora de casa e de repente vir aquela cólica infernal forçando a pessoa a correr pra um banheiro, sem contar que raramente consigo evacuar totalmente sólido. Isso quer dizer que minha absorção está deficitária, em pouco mais de 1 mês com essa dieta consegui engordar 2,5kg mas basta tirar esses reguladores que o problema vez ou outra aparece e o peso diminui. Antes de tomar os medicamentos tava com CV 107.695, cd4 197 e o último resultado do mês de abril/14 foi CV indetectável, cd4 328(pagarei novos resultados segunda). Já discuti com minha infecto e ela prefere tentar ainda a continuar com esse esquema do uso do kaletra e biovir. Ela falou que poderia mudar pro efvz mas que possivelmente eu teria muito pesadelo, insônia e outros efeitos que com o kaletra eu não tenho. Fico com receio de ficar mudando de medicações e o vírus tornar-se mais resistente, ou eu mudar pra efvz e ficar muito pior do que estou com o kaletra e querer voltar a usá-lo e não poder mais. Não entendo ao certo como funcionam esses medicamentos, quais são o de primeira escolha no protocolo etc etc. Deixo aqui meu depoimento pra discutirmos um pouco. Terei uma nova consulta com ela semana que vem. O que eu faço?

    • Os efeito do efvz são sentidos no início do tto e tendem a passar. A maioria das pessoas não sentem nada.
      Talvez seja bom uma outra opinião médica. Não tenha medo de mudar a medicação, vc tem que usar o melhor esquema.
      E lembre-se, logo teremos o comp. 3 em 1. Vai facilitar muito, e nesta combinação tem efvz.
      Parabéns pelos exames.

    • Matteus78 diz

      Fabricio+, usei essa combinação por mais de 1 ano. Só larguei porque tinha problemas estomacais. Em relação a diarréia posso te dizer que é bem tipico do Kaletra. Continuo tomando kaletra hoje com minha nova combinação porém consegui resolver meu problema com algo muito simples; TAPIOCA. Então eu tava lendo algo em um site americano ou canadense, nao lembro, e descobri que estavam usando essa ferramenta tão brasileira. Dai comecei a usar 1 por dia no café da manhã, pois mais de 1 pode elevar nivel de glicose no sangue. E posso te afirmar que não tenho mais esse problema, salvo esporadicamente se comer gordura d+. Tenta isso, comigo funcionou. Eu nem sabia como fazer mas tem muitos sites explicando. Me dá noticias depois.

      • Cris Gaucha diz

        Mattheus!!

        Obrigada pela ótima dica… Estou mudando meu protocolo, pois minha CV não ficou indetectável. Estava com medinho, pois vou começar com o Kaletra também, e esta dica da Tapioca foi ótima.
        Vou começar na segunda dia 25 o novo tratamente e amanhã mesmo já vou começar com a Tapioca. Vou prevenir..

        Bjãooooo e obrigada mais uma vez. Semana que vem eu volto pra falar como foi. rssssss

    • Pf diz

      Entao, Fabricio+, eu uso Tenofovir+Lamivudina+Efavirenz há uns quatro meses (acho, prefiro nao contar, rs’) e pretendo ficar com essa combinaçao por muuuito tempo pq tbm tenho receio da temida resistencia do vírus!
      Entao, sobre o Efavirenz … eu tbm tive medo no início sim, as coisas que nós lemos sobre ele são aterrorizantes, mas PRA MIM, nao passaram de história que o povo conta (desculpe-me quem nao gostou da descriçao!) Os pesadelos? Nenhum! Insônia? Nunca dormi tao bem na minha vida! Meu médico até ficou surpreso quando eu disse que nao tive esses efeitos colaterias! Mas tbm nem tudo é flores (com licença poética, claro!) Tipo, ele causa um bocado de “leseira” na gente, sabe aquela letargia? Entao, como eu sou um pouco novo (21!) essa é uma das minhas preocupações, às vezes quero sair com os meus amigos e tenho que deixar pra tomar o remedio só qndo chego em casa (o que o meu médico falou que eu posso fazer, mas com muuuuita moderaçao). Quero sim chegar o dia em que eu posso tomar o Efav antes de sair e nao me sentir ‘bêbado’ de remédio!
      Um outro pequeno probleminha que eu tive foi uma alteraçao intestinal que durou por volta de umas tres a quatro semanas! Nao foi uma diarreia homérica como muitos descrevem mas chegou a alterar a consistencia e passei a ir mais vezes ao banheiro… Mas já voltou tudo ao normal’ vale lembrar que, pra isso tudo que eu te descrevi, acontecer, eu saí do sedentarismo e melhorei minha alimentaçao!
      E um ponto positivo: como disseram ae em cima, tá chegando o 3 em 1′ meu médico disse que já já tá chegando pra gente aqui’ E ele só serve pra quem faz uso dessa combinaçao que eu te descrevi!
      Antes dos remedios, minha CV era 69mil e cd4 400, depois do remédio minha Cv era 346 e meu cd4 1437′ o que foi muuuuuito estranho, eu e meu medico chegamos a essa conclusao! Coinfecçao foi descartada, acreditamos que eu passei por um quadro infeccioso leve o bastante pra eu nao sentir e forte o bastante pra elevar minha resposta imunitaria (que continue assim por anos a fio!) fiquei de repetir o CD4!

      Bom, pelo menos pra mim, o Efavirenz tem sido muito bom’
      Pesa na balança e cnversa bastente com seu médico sobre ele! É o tratamento de primeira linha aqui no Brasil! Abrç

  33. Luz diz

    Biovir e kaletra se eu nao me engano era o esquema do js antes.e pelo que eu lembro de ter lido no blog ele sentia o mesmo efeito colateral que vc.e parece que foi a causa de ele ter mudado de infecto.o meu esquema tambem vai ter biovir,azt,e outro que eu nao lembro!to muito receoso!queria saber de quem toma efavirenz se com o tempo os pesadelos páram de acontecer!pois se esse esquema não rolar eu irei pro efavirenz junto com outros dois que compõem a pílula única.sinistro!

  34. Celo diz

    Bom dia a todos do D.J.S.P

    Me chamo, Maricelo Sales, moro em Goiania-Go.
    Sou portador do viros a mais de 2 anos, e faço uso da medicação a 2 anos tb e hoje a pois o exame de mensal descubro que estou pre-diabetico (110).
    Bom, o que me levou a procurar-los, o desespero e necessidade de desabafa com alguém que possa me entender de verdade, pois está situação não é facio.
    Quado descobri a minha situação s+ a primeira vez foi facio, mais agora este outro baque na minha vida já Esta ficando pesado para eu carega.
    Entretanto se tem alguém nesta mesma cituaçao, por favor me de uma luz.

    Se alguém tiver algum grupo em wattsapp para desabafo e deseja me add, Eu ficaria humildemente agradecido.

    Tel: 6281693417

    Obrigado, e abençoado seja todos.
    Que os Deuses o ilumine.

    • Vc nao imagina quantas pessoas no Brasil que nao tomam TARV são pre diabeticas e não sabem… o que ocorre em parte das vezes é que voce , como faz exames fica sabendo destas coisas que outras pessoas acabam sem saber. Por isso já é dito que a longevidade dos positivos tende até a passar da população normal segundo alguns infectologistas. O cuidado extremo com a saude detecta qualquer problema de trajeto do seu corpo. Coisa que muita gente , descobriria com uma diabetes instalada. Pense nisso….!

  35. MB+ diz

    Fabricio,

    Infelismente esse é um dos efeitos colaterais do Kaletra, mas vamos olhar pelo lado positivo pois o papel que o mesmo deve executar esta sendo cumprido CV indetectavel e subida do CD4.
    Conheço varias pessoas que fazem tratamentos com as ARV’s e todos reclamam de algum efeito colateral , Kaletra solta o intestino, Efivarens tontura, sonhos , dor de cabeça entre outros, Nevirapina rach cutaneo, alergias problemas nos rins e figado, Atanazavir (Reyataz) tem que guardar na geladeira.
    Mas nos esquecemos que todos eles são nossos aliados para que possamos colocar esse carinha (hiv) no seu devido lugar , sugiro que faça uma reflexão e pese os beneficios da medicação que voce toma , sei que não é facil mais como é dito no mundo futebolistico “EM TIME QUE ESTA GANHANDO NÂO SE MEXE”.

  36. Alisson diz

    MB+ é o Ritonavir que a gente tem de guardar na geladeira (um saco isso!!!!) o Atazanavir não precisa, ele só faz com que a gente fique com icterícia…

    Abraço

  37. MB+ diz

    Alisson,

    O Reyataz também tem que ser guardado a uma temperatura inferior a 25°C , como o Ritonavir e também deixa a gente meio amarelinho.

  38. MB+ diz

    CELO,

    A pré-diabetes é uma situação que antecede a diabetes e serve de alerta para evitar a progressão da doença. , isto não quer dizer que voce é diabetico mas pode se tornar caso não siga as orientações do seu medico , cortar sal , açucar, gordura deve praticar exercicios fisicos regularmente , comer diariamente folhas verde escuras são também ótimas formas de combater o excesso de açúcar no sangue.
    Fica tranquilo que tudo vai dar certo.

  39. MB+ diz

    LUZ,

    Tenho um amigo que mora em Manaus que tomava o efavirens e sentia muita tontura , sonhos etc, ai o medico receitou este 3 em 1 que também conten o efavirens e já faz um mes que ele toma e não teve mais nenhum efeito deste tipo…vai entender.

    • Luz diz

      Deus queira que eu também ñ tenha nenhum efeito colateral!mas eu vou fazer o esquema do biovir com um outro que eu ñ lembro agora!já peguei hoje e vou começar amanhã!tenso!!!

  40. Alisson diz

    Estranho o meu não fala nada sobre a temperatura na bula ou embalagem…aqui mas meio amarelinho foi bondade sua, eu fiquei com meu olho horrível no primeiro mês de uso. Mas agora melhorou…

  41. Ricardo diz

    Olá pessoal! Estou com uma dúvida e talvez algum advogado ou alguém que tenha passado por situação semelhante possa me ajudar. O seguinte,faço o tratamento pelo SUS,mas pretendo fazer acompanhamento com um infecto particular que possa me atender sempre que precisar, como ainda não tenho plano de saúde,resolvi fazer. Procurei pela Unimed e ao responder o questionário omiti ser portador do HIV, pois conheço os funcionários e minha cidade é muito pequena,sem chances de me expor. Agora as dúvidas: poderei ter problemas no futuro por ter omitido essa informação? Alguém poderia me indicar um outro plano que tenha uma boa cobertura,caso desista desse? Obrigado. Abraços em todos. Amo vcs…..

  42. MB+ diz

    Caso você deixe de informar que é portador de alguma doença ou lesão preexistente (DLP), da qual você sabia ser portador no momento em que contratou o plano de saúde, isso pode ser considerado fraude e levar à suspensão ou à rescisão de seu contrato, após o julgamento administrativo pela ANS.

    Enquanto não houver o resultado do processo administrativo que a operadora de planos de saúde tenha aberto contra o beneficiário da ANS, publicado no Diário Oficial da União, os atendimentos pelo plano de saúde não poderão ser suspensos e nem cancelados.

  43. Pessoal.. Tenho um plano de saúde co-participação e desde que me descobri com o vírus, fiquei receoso e faço os exames específicos de forma particular. Alguém sabe se é do conhecimento da empresa que o funcionário estará fazendo os exames de carga viral e cd4 caso faça? Ou esses exames virão no demonstrativo de forma codificada?

  44. MB+ diz

    Mike,

    O(A) médico(a) ou qualquer integrante da equipe de saúde que quebrar o sigilo profissional, tornando público, direta ou indiretamente, por qualquer meio, mesmo que por intermédio de códigos, o eventual diagnóstico ou suspeita de AIDS ou do vírus HIV, estão e ficarão sujeitos às penalidades previstas nos Códigos de Ética e Resoluções dos respectivos conselhos profissionais, além do previsto nesta lei.
    As pessoas que possuem planos de saúde através da empresa em que trabalham, têm assegurado o direito ao sigilo de sua soropositividade para o HIV.

  45. Pessoal, Boa Noite, saudade de vocês.

    Então, tenho uma dúvida. Faço uso das ARVs à quase três meses. Sempre as 22h.
    Mas de vez enquanto tomo meia hora antes ou depois do horário demarcado. A pergunta é: esse horário as vezes irregular pode causar problemas na eficácia da medicação?

    P.S: minha combinação é a inicial: T.L.E

    • MB+ diz

      Davi,

      Neste caso não, não há problema nenhum e não trará nenhum prejuizo quanto a eficacia do medicamento , os medicamentos hoje em dia já são um pouco mais flexiveis quanto a tomada em relação ao horario , logico não devemos abusar …horario britanico somente na Inglaterra não é mesmo?

  46. Marcos Alexandre diz

    Bom dia, povo!

    Boas novas!! Segundo a mulher do hospital de referência em Goiânia, o MS só está esperando acabar o estoque atual para disponibilizar a versão termoestável do Ritonavir.

    Alguém mais ouviu sobre isso?

    Se isso for verdade, digam adeus a caixas térmicas, geladeira e papel alumínio! 🙂

  47. Marcos diz

    Iniciei minha terapia e graças a Deus nestes dias iniciais não tive nenhum efeito colateral. Venho aqui para dizer que estou super bem e muito contente, agora é aguardar a nova coleta de sangue para ver a nova contagem da CV e CD4, que creio em Deus estará tudo nos níveis normais. Estou muito feliz !!!!!!

  48. Junior Arc diz

    Bom dia a todos …. Não consegui entender muito o post mas acho que quem está em TARV tem carga viral menor no semêm e bla bla bla … Foi isso que eu entendi.
    Minha dúvida é sobre a secreção que sai do pênis durante o ato sexual, não o semêm mas aquela “baba” …. Essa secreção também pode transmitir o HIV ? Alguém sabe me dizer isso ?

    • MB+ diz

      Vida longa,

      O tratamento em geral começa com 03 tipos de medicações diferentes , mas pode variar de pessoa para pessoa , existe sim um tipo de medicação que tem que permanecer na geladeira pois sua forma é gelatinosa e com temperaturas elevadas podem perder sua eficacia.
      Da uma olhada neste Post que lá voce vai encontrar varios esquemas utilizados no Brasil e muitas outras informações a respeito.

      http://prazeralexandre.blogspot.com.br/2009/05/conheca-os-antirretrovirais-arvs.html

      abraços.

  49. kkll diz

    meu namorado teve uma relação de risco e dois dias depois tivemos relação e ele ejaculou dentro de mim.caso ele tenha contraido algo corre o risco de ja poder transmir ou leva um tempo ate poder contaminar outras pessoas?

  50. Corre risco sim. Mas, em primeiro lugar, você nem sabe seu namorado se contaminou, em segundo, mesmo que ele tenha se contaminado, não é certeza de que você também pegou. O melhor é esperar a janela e fazer os exames. Não será nada!

  51. Thomy diz

    Olá, me chamo Tomy.
    Descobri a 4 dias que sou soro positivo,
    Alem de ter herpes Simplex e Citomegalovirus.
    Sem nenhum tipo de hepatites no último exame.

    Estou muito chateado, além do HIV o CITO,
    Vou retornar mês que vem e realizar o exame de sangue para verificar o CD4 é assim começar o tratamento, não sei o que fazer, tô desesperado, tinha uma vida pela frente e tenho a sensação de que acabou, tenho apenas 26 anos, fiz mês passado, ter algo sem cura, vejo as pessoas, todas parecem tão saudáveis, vi minha ex de anos atrás, linda … Eu eu aqui infectado sem volta …
    Sua vida acaba e você fica preso eternamente ao diagnóstico e ao remédio.
    Não sei se vale apena viver doente

    • LR diz

      Não é bem assim!!! Tudo no começo é sofrido, e estranho…
      Fui diagnosticado em 2015 , quanto tinha apenas 21 anos.
      Era noivo (hoje sou casado) e minha esposa está linda e saudável assim como eu.
      Tomo meu remédio todos os dias a noite, 1 só . Trabalho, estudo, viajo, estou planejando em ter filhos, vida normal .
      Vou as consultas de 6 em 6 meses, e pego os remédios de 3 em 3 meses.
      No início disso tudo foi muito difícil, tanto pra mim quanto pra minha esposa (que não se contaminou), mas tudo passa … é só uma questão de tempo.
      Hoje já vai fazer 2 anos que estou em tratamento e não deixei de fazer nada oque eu fazia antes ( a não ser parar de fumar). Tomo minha cerveja, vou pras boates, viajo, e vivo minha vida como se não existisse esse vírus.
      Um conselho que minha médica sempre me dá : Se cuida, para que quando chegar a cura você esteja saudável para recebê-la.

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s