Notícias
Comentários 110

Indetectável para todos

Ativistas lançaram um apelo demandando uma nova resposta à epidemia, baseada no direito de todo portador do vírus à carga viral indetectável. O apelo foi publicado no site da organização Treatment Action Campaign e dirigido às autoridades presentes na conferência Aids 2014, em Melbourne, Austrália.


Carga viral indetectável: uma oportunidade para todos em 2020!

Treatment Action Campaign • Treatment Action Group • HIV iBase • International Treatment Preparedness Coalition (ITPC) • Health GAP • AIDS and Rights Alliance of Southern Africa (ARASA) • Asian Network of People Living with HIV/AIDS (ANP+) • MSF Access Campaign • AfroCAB • International Community of Women Living with HIV/AIDS East Africa (ICW EA) • AIDS Law Project, Kenya • Housing Works • TASO Uganda • Zimbabwe Network of People Living with HIV/AIDS (ZNNP+) • Positive Generation Cameroon • International Civil Society Support • Thai AIDS Treatment Action Group (TTAG) • Thai Network of People Living with HIV (TNP+) • ACCESS Foundation Thailand • Delhi Network of People Living with HIV (DNP+) • National Network of Tanzanian Women with HIV/AIDS • Africa Young Positives (AY+) • Africa Japan Forum • Japan AIDS and Society Association (JASA) • Gays and Lesbians of Zimbabwe • Treatment Advocacy and Literacy Campaign (TALC), Zambia • Coalition for Health Promotion and Social Development (HEPS) Uganda • DRC National Grassroots Association of People Living with HIV • Zimbabwe HIV/AIDS Activist Union Community Trust (ZHAAUCT) • Ngibalulekile • Services for Health in Asian and African Regions (SHARE) • Rede Nacional de Asoociaçiões de Pessaoas Vivendo Com HIV/SIDA • National Association of People Living with HIV, Mozambique (ENSIDA) • Movement for Access to Treatment In Mozambique (MATRAM) • Mozambique Association of AIDS Service Organizations (MONASO) • Mozambique Network of NGOs working In Health and HIV/AIDS (NAIMA+)

Apelamos por uma meta ambiciosa de carga viral indetectável como centro das novas metas globais que estão sendo debatidas por governos e instituições da Organização das Nações Unidas e exigimos não apenas a promessa, mas o financiamento, opções de tratamento, leis e políticas necessárias para atingir este objetivo.

Para ter sucesso na luta contra a epidemia de HIV, relatórios e acompanhamento de testes e tratamento do HIV como indicadores de sucesso não são o suficiente. Precisamos saber quão bem, de fato, estão os soropositivos. Atualmente, alcançar e manter “carga viral indetectável” é o mais próximo que temos de uma cura para o HIV. A melhor forma de saber se o HIV está suprimido no organismo de uma pessoa é através do teste de carga viral. A supressão duradoura do HIV mantém as pessoas soropositivas vivas e saudáveis, além de prevenir a transmissão através de sexo, uso de drogas injetáveis, durante a gravidez, parto e amamentação.

Entretanto, a maioria da pessoas vivendo com HIV fora de países de alta renda não sabem sua carga viral. Muitas não têm o tratamento que precisam para controlar o vírus — muitas vezes porque sequer têm acesso ao teste diagnóstico de HIV. Esta é uma violação de direitos humanos básicos: toda a pessoa tem direito à informação, tratamento e suporte necessários para controlar e suprimir o vírus.

Assim, precisamos monitorar as taxas de supressão da carga viral para garantir que os programas de tratamento de HIV têm o melhor impacto nas pessoas que vivem com o vírus. Testes de carga viral também são recomendados para otimizar o cuidado de pessoas que recebem tratamento antirretroviral. A Organização Mundial de Saúde comenda que a monitoração da carga viral seja rotina, a fim de garantir que o tratamento está funcionando e que a detecção de falha no tratamento seja oportuna e precisa.

Além disso, o custo-benefício do teste de carga viral está melhorando e novas tecnologias prometem futuras redução nos preços, gerando progressiva economia em escala. Nós não consideramos o custo como um pretexto suficiente para deixar de oferecer o teste de carga viral a cada pessoa no planeta em tratamento antirretroviral, até 2020. Também não consideramos a falta de capacidade de testagem em países de baixa renda como um obstáculo ou desculpa aceitável. Quando o tratamento antirretroviral foi introduzido no começo do ano 2000, céticos argumentaram que, em virtude do custo, complexidade e falta de capacidade técnica, prover tratamento em situações de recursos limitados seria impossível. O mesmo argumento está sendo usado hoje para a monitoração da carga viral, embora os benefícios da tecnologia sejam incontestáveis​​.

Nós também sabemos que a monitoração da carga viral é só uma parte do quebra-cabeças. Para alcançar a meta de carga viral indetectável, líderes devem se comprometer a:

  • Usar todos os recursos disponíveis para eliminar as barreiras que tornam os antirretrovirais e outros medicamentos inacessíveis em vários países.
  • Nenhum teste de carga viral em qualquer lugar do mundo deve custar mais do que 10 dólares e devem ser possíveis mais reduções de preço.
  • Financiar totalmente o tratamento do HIV, através de programas nacionais, Global Fund, PEPFAR e outras iniciativas.
  • Financiar totalmente programas de tratamento baseados na comunidade, com apoio à adesão e com fortes programas de proteção social.
  • Comprometer à uma resposta ao HIV baseada nos direitos humanos, combatendo a criminalização, discriminação e estigma, evitando práticas coercivas e criando uma comunidade forte.

Se os governos e agências da Organização das Nações Unidas forem verdadeiramente sérios sobre virar a maré contra a epidemia de HIV, vão definir metas ambiciosas de supressão de carga viral e garantir que todos tenham a oportunidade de ter uma carga viral indetectável. A meta que nós queremos é: “pelo menos 80% de todas as pessoas soropositivas elegíveis a tratamento devem ter carga viral indetectável até 2020 (pessoas que não tiverem realizado testes de carga viral nos últimos 12 meses não devem ser consideradas como casos de supressão viral).”¹

¹Pelo menos 80% de todas pessoas elegíveis a tratamento devem ter testes de carga viral indetectável até 2020, o que representa um aumento significativo na testagem voluntária de HIV e inscrição em programas de cuidado de saúde e tratamento, considerando que 90% das pessoas elegíveis que fazem tratamento antirretroviral alcançam e mantém carga viral indetectável.

Anúncios

110 comentários

    • Alexandre diz

      “Contagem regressiva para a cura!” A prometida cura até 2020 é essa daí. Colocar todos soro+ e grupos de risco em TARV até 2020. E a gente aqui pensando que cura seria debelar o vírus.

    • Anderson diz

      Mais uma Teorica da Conspiracao no blog. E dessa vez nem soro + é!!! Ai, meu saco….

      • Lar diz

        Colega, qual a importância da sorologia de quem comenta? Me poupe, não faz a diferença…

      • Eliseu diz

        mas um burro que coloca qualquer indagação pertinente–como são as indagações acerca das ações industriais– na vala comum das “teorias da conspiração”. ai meu saco…

        • Anderson diz

          Mais uns chatos desocupados e impertinentes que caem de paraquedas no blog e ficam despejando seu pessimismo encima dos outros. Ou entao ficam com questionamentos adolescentes ingenuos que nós ja cansamos de ouvir. O nivel da discussao aqui ja foi bem melhor. Engracado que buscar noticias interessantes na net e postar aqui esses inuteis não buscam, mas pra fazer comentarios atrasados e constrangedores são bons. Não é a toa que um monte de bons participantes debandaram do blog.

          • Cris Gaucha diz

            Anderson querido…

            Já falei em postagens anteriores também… Não sou contra quem vem aqui ou em qualquer outro blog e NÃO ESTÁ POSITIVO. Deixei qualquer tipo de preconceito de lado a muitoooo tempo. Afinal todos temos telhado de vido. O que eu fico PPPPP da vida, é com estas pessoas que vem aqui se achando imunes de qualquer coisa, querendo dar lição de moral. Porque, ajudar, confortar, acarinhar isso não fazem. Nós já enfrentamos bastante coisas, para ainda ter que ler coisas sem fundamento.

            Bjinhoss

            • Larissa diz

              Não vi ninguém aqui se achando imune a nada, pelo contrário, acredito que todos estão suscetíveis a tudo, mesmo os soropositivos que hoje são, antes achavam que nunca seriam, então não julgue dessa forma. Não há lição de moral aqui, veja que venho debater normalmente, falo sobre o conteúdo das postagens, e não sobre as circunstâncias de quem se infectou. Melhor interpretação para alguns aqui. E dou maior apoio à causa. Bom, é melhor que eu não poste mais minhas irresignações sobre o meio, pois sei o quão difícil deve ser para um soropositivo e temos de ser esperançosos acima de tudo. Bom, se você interpreta o fato de alguém ser crítico com algo como sendo preconceituoso e se achar imune a isso, então é probleminha sob a sua ótica, você vê assim, eu não. Passe bem, querida.

      • Anderson,

        Estão fretando um avião só de ida para a Faixa de Gaza….você acha que a gente consegue lotar?.rsrs

        • Anderson diz

          Vida, meu anjo. Nao faça essa maldade com os palestinos. Eles já sofrem demais.

  1. Lar diz

    Engraçado…A meta principal seria a cura, a segunda meta seria melhoria na terapia, com moléculas menos tóxicas e ingestão de comprimidos espaçada, não diariamente…Grande meta essa das indústrias fabricantes dos testes e ARVs.

  2. Lar diz

    “evitando práticas coercivas”, só vejo coerção por parte de laboratórios (com seus médicos vassalos) e governos financiados. Estão obrigando a todo HIV+ a fazer PCR e a ingerir ARVs, daqui a pouco vão criminalizar quem decidir não tomar os tóxicos ARVs, vão dizer que estarão contribuindo para o aumento da epidemia. Esse discurso amigável não me convence. Eles estão criando um problema muito maior ao invés de uma solução.

    • Anderson diz

      As idiotices que vc fala tambem nao me convencem. Pega HIV pra ver se vc muda de opiniao.

        • Anderson diz

          Já te disse: Vai dormir,lindinha! É tarde pra criança ficar brincando de filósofa.

      • Lar diz

        Tira a venda dos olhos. Não é desejando que os outros sejam soropositivos que você terá melhor qualidade de vida e a consciência tranquila. Tente enxergar que só há propagandismo e aumento dos problemas quando instituições internacionais tratam sobre o HIV. Vamos separar a razão da emoção. O negócio é ir buscar a solução fora da caixinha, longe desses interesses estapafúrdios e gananciosos. Acho que o problema não são meus comentários, o problema é muito maior e muitos aqui insistem em não ver, ou seria mais confortável acreditar no conto que esses mercantilistas lhes contam.

        • Anderson diz

          AHHHHH, JESUUUIIISSSSSS!!! VOLTE LOGO, PELAMORDIDEUUUUSSSS!!!….

      • Anderson diz

        “EXTRA! EXTRA! ALEXANDRE TIRA FÉRIAS DO BLOG E FICA UM ANO SEM APARECER!!!”

        Que ótima notícia!….

        • Anderson, contenha-se!.rs
          Deixa o pessoal falar o que quiser, como quiser…desde que não ofendam ninguém!! Desse jeito já tá virando baderna!! Vamos procurar manter a ordem por aqui…
          Eu acho esse nosso cantinho tão agradável…fui tão bem acolhida aqui por todos..principalmente pelo meu amigo Jotinha…não vamos deixar o nosso blog perder a verdadeira essência.

  3. arlene diz

    nao entendo essa confusao nos comentarios. nao precisam estar se ofendendo assim.

    • Eliseu diz

      Em principio você tem razão, Arlene, mas tem “mocinha” que não aguenta e esperneia quando escuta samba com mais de uma nota, pois pra eles a lei da bitola é sagrada.Perceba que são sempre ”elas” que começam isso, como já observei. O JS tem dado azar e o blog foi sendo invadido por essas “patricinhas” existenciais.

        • Anderson diz

          Hummmmm… Eliseu e Alexandre pelo jeito são um casal. Já saquei quem são as tais “mocinhas” do blog…Que lindo!…

              • Eliseu diz

                Deixa de ser fresco, rapaz, não tá vendo que tá acabando com o blog. Fala como homem patricinha de merda.

              • Alexandre diz

                Só perguntei com o que o Positive Vibe trabalha. O que tem a ver com vc? Só pq vcs sao a mesma pessoa? Pelo visto vc não trabalha com nada, pq tem tempo pra caralho de ficar inventando personagens. Já chegou nos 30 personagens? Parabéns, inspiração e criatividade não te faltam.

          • Eliseu diz

            Que cuzão!!O Alexandre têm razão, é óbvio que esse cara é o Idiot Vibe; vê-se logo pela sua maneira afrescalhada de dar as respostas. Sacou porra nenhuma, seu micróbio; não me venha com resposta de espelho para mim não, porque a única mocinha aqui é você com essa sua distorção caprichosa de tudo que se fala. Isso pode intimidar as tuas “irmãs”. Esse Idiot Vibe passou a atuar nesse blog como um censor; estabeleceu um decreto de que o espaço do JS é lugar onde só é permitido falar de acordo com um tom estabelecido por ele. Até a Vida caiu na dessa Barbie. Já desmascarei você no outro post, seu patife,e como fica constrangedor voltar como ”Positive” resolveu criar uma outra bonequinha histérica para flutuar por aqui. Você nunca discutiu com o Alexandre, só mentiu e caluniou o rapaz fazendo especulações sobre a situação dele apenas por não concordar com certas colocações feitas por ele.Suas birras são única e exclusivamente por isso; isso é coisa de verme.

            Seja gay, mas seja macho, porra!

            E vocês, acordem e parem de ficar usando essa mordaça retórica, acusando de “pessimismo” qualquer um que tente ver as coisas por ângulos um pouco distintos ou explorar realidades menos festivas; parem com essa frescura de ” ui, ui, eles nem tem o vírus, ui, ui”, porque esse negócio interessa ou acaba atingindo muitos umbigos além dos vossos.
            Cris Gaúcha, quem está dando lição de moral aqui são vocês, os moralistas aqui são vocês, são vocês que atacam com ares de patrulheiros quem escreve algo fora da linha desenhada por
            vocês. Parece que aqui no brasil a não concordância com algo dar as pessoas o direito de distorce ,e distorcer ,e distorcer sem cessar até o cúmulo da situação vergonha.

            JS, você sabe, o Positive Vibe , está acabando com esse blog, se é que já não acabou!Veja bem, JS, ele teve a cara de pau monstruosa de te perguntar se eu ou outros eramos personagens criados por você apenas para “torturá-los”. É muita cara de pau!

            • Anderson diz

              Ce ta me confundindo com outra pessoa, idiota! Cai na real, fracassado!

              • Anderson diz

                Mas agora, depois de tanto vc defender o tal do Alexandre, saquei que vcs se amam mesmo. Formam um belo par, sem duvida com muito em comum…

                • Eliseu, brigar com gay é fria. Vai sair todo arranhado. O cara não está no nosso nível. Larga pra lá. Os outros em breve verão o quanto o clã Vibe é limitado.

                  • Anderson diz

                    Hummm… Só faltou vc gritar: “Gentalha, Gentalha, gentalha!”

            • Larissa diz

              Disse tudo, Eliseu, os censores por aqui estão em grande número. E veja a argumentação deles, um contrassenso enorme, mas claro, toda falácia é válida para destilar ódio nesses casos. Bom, o cara disse que eu sou fake, mas quem deu sua identidade por aqui? Eu pergunto: qual a finalidade do JS fazer fakes nos comentários? Isso é ideia de pessoas com mentes vazias que acham válido um caso como esse. Bom, meu nome verdadeiro é esse, ademais, não tenho que provar nada aqui, e não colocarei meu nome completo, onde moro, o que faço, porque se já são energúmenos assim, imagine se eu colocasse minhas informações, aí não dá! E cara, esse Anderson deve ter algum ódio mortal, porque mal comentei e o cara já veio com sete pedras nas mãos, talvez se eu fosse verdadeiramente um fake masculino não seria tão bombardeada.

                • Lari diz

                  Desculpe, JS, pode nos banir, o espaço é todo seu. Sucesso no blog, mais sucesso ainda. E quando vier a cura, libera para a gente comentar, nem que seja para vocês nos zoarem. Vida longa a todos nós, que Deus nos abençoe!

  4. Essas pessoas que não acreditam em uma cura só falam isso porque não convivem com o vírus, pois do contrário se apegariam em algum fio de esperança e tomariam a medicação sem reclamar, já que isso é a única coisa que mantém o vírus sob controle.
    Quando não se tem o vírus, é fácil falar tolices. E se perdem tempo em proliferar as suas desesperanças e amarguras em um espaço destinado a motivação, é porque suas vidas são vazias, mesmo sem ter um problema real como a maioria dos que frequentam esse espaço, ou têm distúrbios psicológicos. Vão viver, pois a vida é curta para quem é assim!

      • Anderson diz

        Concordamos com vc, Sonia. O problema é que tem gente que já nasceu velho, rabujento e sem esperança nenhuma. E ainda quer contaminar todo mundo com essa doença.

    • Cezar diz

      me desculpe, mas depois que conheci a história do ron woodroof este seu discurso eh completamente vazio. ninguem aqui estah falando pra deixar de tomar tarv. agora que falta rebeldia/questionamento nos soropositivos do XXI, ah isso falta. a maioria é corderinha, deixa tudo na mão do outro. eh obvio que este nao eh o momento pra cura.

      • Larissa diz

        Isso mesmo, ninguém ofendeu aqui. Sò vejo da parte deles os discursos de ódio, argumentos fracos e o súbito desejo que os demais peguem HIV. E o que eles fazem para mudar a própria situação em que se encontram, se indignam, vão atrás? Não! Ficam destilando ódio em im blog, com a bunda numa cadeira, esperando que a milagrosa cura caia do céu! Atos tem suas consequências. Não é desejando o mal do próximo que eles viveráo melhor. E veja qur nenhum argumentou refutando a minha posição. Apenas ofenderam.

    • Larissa diz

      Nossa, que vidente para descrever as pessoas assim, e só porque elas têm opinião diferente. Tá bom gente, boa sorte a todos nós, não somos isso que ela descreveu. também não discutirei mais isso no blog,estão enganados, não estou contra vocês e sei que desacreditar da cura ñ é o caminho, até porque é a esperança de quem vive com HIV e entendo a situação difícil que é viver com o vírus. Não quis depreciar vocês, fui impulsiva em expor minhas opiniões e em ñ medir as consequências delas. Eu acredito na cura. Boa sorte. Dica: desejem o bem ao próximo que viverão melhor.

      • Anderson diz

        Essa mina é fake! Só pode ser…Ninguem real pode ser tao panaca assim…

        • Larissa diz

          Cara, você argumenta muito bem, nossa, haja Ad Hominem! Veja quem começou ofendendo. Estávamos expondo nossas opiniões numa boa, então vêm alguns para baixar o nível da discussão. Paciência.

  5. Beto diz

    Mas gente… falar é muito fácil. O que vamos fazer? Parar de tomar os remedios? Eu acho que quando alguma coisa vem pra somar ai sim nos ajuda… Esse tipo de indignação não vai levar a nada… traga uma solução. Porque esse tipo de coisa já escuto todos os dias nas ruas…

    • Alexandre diz

      Não tem ninguém indignado com isso. Estamos apenas relatando os fatos, fatos esses que mostram que estamos a anos luz da tão esperada e prometida cura!

      • Barney diz

        Se estamos longe da cura ou não, não é você quem vai determinar , até pq, acredito que não seja cientista para afirmar ou ao menos tenha algum estudo. No máximo, sua teoria e pode até pensar, eles são uns otários e estão se enganando, já que tanto quer afirmar sua negatividade,mas como você se baseia em noticias desfavoráveis, eu tenho visto bastante notícias favoráveis e prefiro me apegar a ela, cura?não sei! mas na minha condição, em que terei que viver de medicamentos, a única coisa que posso acreditar e esperar é pela cura, sim! se estarei vivo para me beneficiar? Também não sei, se realmente saíra, também não sei, Ninguém sabe! claro que várias coisas influenciarão, mas um fato é!! Temos visto bastante notícias animadoras, inclusive aqui no blog, prefiro me agarrar a elas, mesmo que estejam me “enganando”. Afinal, o que mais posso esperar? Acredito também que notícias negativas em nada ajudará, pois ninguém gostaria de estar nessa condição, e todos sabem bem como poderia ter evitado, mas já que aconteceu?! Agora é se apegar as coisas positivas, que diferença fará agora? Como disse minha médica, isso é o q temos para hoje, piorar, acredito que não irá. O que vier, para melhor no tratamento mesmo que não a cura já ficarei contente e tenho certeza que muitos aqui também!!

        • Barnei, eu sempre falo isso…É o que temos para hoje!!.rs
          Sua médica tá me lendo eu acho..rsss

          beijos

        • Anderson diz

          É logico que nao vai piorar. Basta ver o monte de noticias boas na Conferencia da Australia. Os cientistas estao todos otimistas. Nenhum está prometendo uma cura pro ano que vem, mas todos admitem que o virus esta cercado no reservatorio. Se sair de la ele morre! O que todos estao procurando é o jeito certo de puxar esse bicho pra fora ou invadir o reservatorio pra mata-lo. Tem dezenas de pesquisas rolando, com resultados promissores e animadores. Tem MUITA gente boa trabalhando encima disso. Ate o final deste ano vai ter muita novidade ainda. E até o fim dessa decada esse bicho tá morto. Querem apostar?

          • Larissa diz

            Vírus não é ser vivo, como estaria morto? Só para descontrair…

            • Anderson diz

              E vc, larissa ? É um virus ou uma ameba? O cerebro é de ameba.

            • Anderson diz

              Alexandra, sai do meu pé ou o Eliseu vai ficar com ciúmes. Tchau, Professora Pasquala!

  6. roberto diz

    Acredito que para se ter carga viral indetectável depende única e exclusivamente do paciente, não adianta nada ter essas perspectivas se todos não terem a consciência de que tem que tomar os remédios religiosamente nos horários certinho.

  7. Quanto pessimismo aqui hein? Pelo amor de Deus!!!! Temos mais é que agradecer por termos os remédios e o tratamento totalmente gratuitos..enquanto muitos nem tem. Eu sei que é um porre ter isso…é um porre ter que me entupir de remédio todos os dias, é um porre ter que ir ao médico a cada três meses…tudo isso é um porre.
    Eu estou com o fígado inflamado, estou com perda óssea. Eu também quero muito e espero um dia me curar! Mas nem por isso fico tão bitolada, fissurada nessa tão sonhada cura. Um dia ela há de vir!! Então pessoal, BEM OU MAL, ISSO É O QUE TEMOS PARA HOJE! E vamos vivendo!

    • Anderson diz

      Quanta gente nesse mundo toma remedio todo dia! Pra pressão alta, diabetes, hepatite, pro coração, figado, estomago, etc. São dezenas de milhoes de pessoas. E todo mundo está tocando a vida em frente. Conosco é a mesma coisa, nada de mais.

      • Larissa diz

        Alguém falou em parar o tratamento? Eu disse que os ARVs são tóxicos e que os laboratórios vivem de doenças, foi alguma mentira? Aprenda a interpretar e saiba argumentar sem precisar atacar em tão baixo nível.

  8. Helena diz

    Olá JS e amigos! Faz muito tempo que não apareço por aqui… Há 2 anos e meio descobri ser soropositiva e o JS sabe como relutei para começar o tratamento… Fazem 4 meses que iniciei o Tarv e nesta semana meu 1o exame mostrou carga indetectavel e cd4 680 (estava 450)! Estou muito feliz, mas acredito que comecei no momento certo, tendo consciência do tratamento que eu iria iniciar e quais seriam as consequências para minha vida. Ponderei o fato de não ser mais transmissora e de uma possível gravidez no futuro… E somente com tudo isso em mente, pude começar. Nesses dois anos fiz intensiva terapia psicológica para me conhecer melhor e entender porque as coisas são como são. Acredito que iniciar o TARV é muito mais que tomar os remédios religiosamente. Para mim, foi preciso tomar conhecimento do meu corpo/mente, readquirir o fator crítico do meu corpo. Naturalmente você vai percebendo como alguns alimentos fazem muito melhor para você, como exemplo o alimento vivo. Além disso percebe como a atividade física qualquer que seja não pode te abandonar por muito tempo, e ainda, percebe que tem que levar a vida de maneira mais leve e quebrar padrões comportamentais que fazem mal somente a voce. Esse para mim é um tratamento mais completo. Desculpem se falei demais… Mas é muito bom estar com saúde inteira! Saúde e paz para todos! Beijos!

  9. Helena, você não falou demais não menina! É sempre bom ler o que as outras pessoas escrevem, ainda mais quando passamos pela mesma situação.
    Que bom que está correndo tudo bem com o seu tratamento…Boa sorte pra você! e apareça mais vezes!

    Beijos

  10. Seja bem vinda Helena(novamente). Partilho do mesmo pensamento que o seu. Iniciei a TARV a menos de dois meses. Comecei com C.V -1004 e CD4 – 234(preocupante). Graças a Deus não tive nenhuma reação fora do comum. No máximo uma tonteira. Hoje passo bem. Tenho me alimentado melhor e evitando beber. Ainda não comecei a academia pq meu infecto acho melhor esperar o resultado do novo exame de CV e CD4.
    Até lá, vou levando a vida como posso. Colo grau semana que vem e em outubro inicio uma nova graduação. Namoro, tenho bons amigos e minha familia me apoia em tudo. O que muda hoje é uma maior atenção com a saúde e o horário de tomar a TARV. Tudo se mantem “igual”, eu não morri e não fiz niguém sofrer. A vida segue… então bora viver! \õ/

  11. Beto diz

    Isso mesmo. Meus pais falaram para mim quando falei que poderia ser positivo… Estamos juntos nessa! Meu pai me levou em todas as consultas com os medicos. Em cada parecer. Expliquei a ele o que era cd4 e carga viral rs em momento algum tive algum tipo de pessimismo. Nao vou mentir chorei o que tinha que chorar. Mas coloquei na cabeça que vou conseguir, vou perseverar, e vou lutar cada dia uma batalha. A vida é feita delas. Abraço a todos! Força e fé sempre!!! “Tamojunto!”

    • É isso aí Beto..é assim que se fala!!
      Eu também já chorei tudo que tinha pra chorar…agora tô seca igual ao reservatório da cantareira..rs
      É pra frente que se anda…é pra frente que se olha!!

      Boa noite!!

  12. Cris Gaucha diz

    Genteeeee,

    É isso ai!! Ameiii ler os ultimo comentários!
    Estamos nesta, estamos juntosss, e temos que seguir. Graças a Deus bem e muito bemmmmmm!!!
    Olha.. estou em ARVs a 1 ano e meio… e linda maravilhosa, cabelo, pele, corpo, unhas, tudoo ( sem modéstia kkkkkkk). Alguns que passam aqui já viram minhas fotos ou me viram pessoalmente.
    Precisamos disso, que alguém nos diga que tudo vai ficar bem, não de pessoas que não creem em nada.
    E com certeza, podem apostar simmm, a bendita cura vai chegar. Se demorar alguns anos, temos nossas ARVs, que antes eram trocentos comprimidos por dia, agora já está chegando 1 por dia (aqui no RS já chegou). Logo será 1 por mês, 1 por ano…

    Agora vou trabalhar… pq ninguém paga minhas contas… hehehehhe

    Bjksssssssss

  13. Sérgio diz

    JS é uma pena que um espaço destinado para trocar informações , um ajudar ao outro , está sendo usado para um ofender ao outro.

  14. Camillo diz

    Colegas do blog, visitem o somosmaispositivos.blogspot.com.br, lá tem mais notícias boas.

    • Secret diz

      Oi Vida!!! Sou eu!! O Secret de Sampa! Resolvi participar do blog também!

      • Secret, finalmente saiu da moita né? rssssss

        Você fez muito bem em entrar e interagir com a nossa turminha….seja bem-vindo menino!

        Beijo

    • Cris Gaucha diz

      Vida querida!!!

      Te adicionei no Skype. Fala com o Marcelo que ele te passa qual é.

      Bjoss

  15. lopes diz

    Sim, Vida, mas mais lamentável ainda é vocês não notarem as tramoias do peçonhento Positive com sua postura sentenciosamente paternal para com os comportados e “otimistas” em flagrante contraste com suas garras de “gata em teto de zinco quente” destinadas aos divergentes. Ele conseguiu emporcalhar o antigo frescor desenvolvido neste sítio, quando eu,o Alexandre, o Cezar, o JS, você do seu jeito ,e outros, falávamos sem rédeas e discutíamos desimpedidamente.Mesmo as brigas,às vezes acaloradas ou exageradas, eram francas e não havia nenhum policiamento. Com o Positive isso se torna impossível pois,por têmpera, não vou participar de um fórum destituído do ponto alto de qualquer um deles: a liberdade. Poderia até continuar comentando, simplesmente ignorando-o, mas o tipo de resposta forçosamente dada a mimados escandalosos e possessivos como o Positive só irá deixar o JS, dono do blog, constrangido. E eu não vou fazer isso, porque gosto do Jota, mas também não vou tolerar ter meus movimentos tolhidos por um sujeito de quinta categoria. Veja, preste atenção, Vida, como ele responde todas, 100% das respostas “desagradáveis” com deboche de alma inferiorizada, histeria e estardalhaço quase doentios(Ele persegue a menina Larissa com a marca típica dos covardes intolerantes). É um padrão.

    Maquinou jogar o Alexandre contra todo mundo e no instante inesperado de um protesto, no caso feito por mim, ele, com uma desfaçatez humilhante, ousou chamar uma legítima tentativa de fazer justiça de “defesa”(Percebam que quando “Anderson” diz que eu “defendo” o Alexandre–sabendo perfeitamente de qual acusação eu falava– e, principalmente, que caí de “paraquedas” aqui, ele praticamente entrega sua real identidade de Positive, pois “Anderson”, sim, foi quem apareceu recentemente e portanto não poderia acusar outro de “paraquedista” sem recair em incoerência. Entenderam?)!O calhorda quer ter o direito de levantar falso contra outro sem ver ninguém dizendo nada! A troça do Cezar era divertida e engraçada, e muitas vezes minhas respostas a ele eram só um “exercício” de escrita, por vezes até irônico. Você mesmo achava graça dos nossos “arranca-rabos”.Nós dávamos o toque de “provocação” ao blog, mas agora, como o Cezar bem frisou, o cordeirismo reina por aqui com mão de ferro, desde que o Cordeiro Mor fincou sua bandeira no terreiro do Jovem.

    Lógico, isso aqui é uma sala virtual e ninguém interfere seriamente na vida de outro ou tem relevância digna de nota, mas isso serve para ligarmos o alerta e entendermos isto: no mundo real existem manipuladores à granel por aí.

    Desculpem-me, os conhecidos, ter voltado com outro nome(Eliseu), foi bobagem.

    JS, infelizmente minha rotina deu uma reviravolta enorme e não pude ir ainda a São Paulo para tentar aquele café com você.Mas forte abraço, rapaz.(E o livro, está escrevendo?)

    Alexandre, te mando também um grande abraço e parabéns ultra atrasado pelo Cruzeiro campeão brasileiro.kkkk

    Mando um abraço com muito Tesão ao Cezinha também, porque ele, sim, é macho. hehe.

    E um beijo pra tu, Vida.

    • Lopes

      Você é o Lopes do RJ que frequentava antigamente aqui??
      Poxa sumido!! Nunca imaginei que o Eliseu seria você, para mim o Eliseu era o próprio Alexandre..rsrsrs
      Que bom que voltou! Espero que continue frequentando aqui…sempre gostei dos seus comentários..
      Só não gostei muito desse tal Eliseu (briguento)..rs

      Beijos pra você querido…

        • Jotinha, você falou muito difícil agora…. O que seria alter ego sociopata? .será que dá pra traduzir?.rs

            • Irmão, velha guarda na área…
              Quando comecei a entrar aqui, lembro que as pessoas que me marcavam eram o Cezar, Lopes, Alexandre, Luiz, Hilton, Vida…

              Acolhimento. Cada um de um jeito

            • Larissa diz

              Sociopata na psicologia é quase um sinônimo de psicopata, há algumas variações. Digamos que o sociopata até conviva em sociedade, mas não apresenta compaixão ao próximo e tem aversão às pessoas, mesmo sendo ardiloso ao ponto de conviver com os demais. E alter ego poderia ser substituído por alter persona, uma outra personalidade que, quem sabe, esteja guardado no inconsciente, mas sempre suprimido pela versão censora do consciente. Bom, não faço psicologia, mas é o que eu sei.

    • Cezar diz

      nao acho bobagem fazer um fake, Lopes. o desafio é criar um personagem totalmente oposto, com outras referências. essa eh a graça. abraço.

    • Alexandre diz

      Lopes, quando lia os comentários do Eliseu sempre associava a vc. Grande abraço cara. Seja bem vindo novamente.

  16. João diz

    Olá, boa noite!
    Faço uso de Tenovofir+Lamivudina+Efavirenz há 9 meses. Minha CV é indetectável e CD4 acima de 600, porém sinto muito sono, fadiga e uma leve tontura. Nos primeiros meses fui levando e depois cogitei com minha médica em trocarmos. Ela me solicitou exames de sangue e tudo deu bem normal. Ela resolveu não trocar e disse que isso deveria passar e que tinha muito do meu estado psicológico, já que iniciei o tratamento logo após o diagnóstico. Tomei a vitamina Stresstabs por 30 dias e fiquei livre desses sintomas por dois meses e meio. Mas agora voltou tudo: muito sono, fadiga e tontura… Isso é normal? Alguém passou ou passa por essa experiência??
    Obrigado e parabéns pelo blog!

    • Sérgio diz

      João , o legal seria vc procurar um clinico e pedir um check up , pois vc pode estar com falta de alguma vitamina ou algum mineral , que também pode estar sendo causado pelo estresse. Melhoras.

  17. João diz

    Sergio, obrigado pela resposta! Faço terapia, e minha psicóloga também diz que pode estar relacionado com meu desgaste emocional e tal, já que tem semanas que me sinto muito bem. Mas vou seguir seu conselho sim. Achei interessante.
    Um abraço!

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s