Notícias
Comentários 5

Wikipedia não é confiável

jornal1

Wikipedia não é fonte confiável sobre informações médicas, segundo estudo

The Huffington Post  |  De Taylor Casti

A enciclopédia online que pode ser editada por experts ou idiotas é uma fonte fácil de informação quando se está procurando saber qualquer coisa sobre um assunto novo. Mas um novo estudo comprova o que (espera-se) todos saibam: muitas páginas da Wikipedia contém informação falsa, especialmente as páginas médicas.

Dr. Robert Hasty, da Universidade Campbell, na Carolina do Norte, publicou em conjunto com uma equipe de pesquisadores um estudo na edição deste mês do Jornal da Associação Osteopática Americana. O estudo traz mais de 20 mil páginas médicas com informação equivocada da Wikipedia para o centro do debate. [Continue lendo.]

jornal2

 

Anúncios
Este post foi publicado em: Notícias
Etiquetado como:

por

Jovem paulistano nascido em 1984, que descobriu ser portador do HIV em outubro de 2010. É colaborador do HuffPost Brasil e autor do blog Diário de um Jovem Soropositivo.

5 comentários

  1. Não estou conseguindo ler o restante da nova postagem JS, segue mensagem:

    Erro 404 – Página não encontrada!

    A página que você está tentando acessar não existe ou foi movida. Por favor, utilize os menus ou a caixa de pesquisa para encontrar o que você está procurando.

  2. Xyz diz

    Importante q todos, + ou -, tomem conhecimento dessa nova lei!

    Presidência da República
    Casa Civil
    Subchefia para Assuntos Jurídicos
    LEI Nº 12.984, DE 2 JUNHO DE 2014.

    Define o crime de discriminação dos portadores do vírus da imunodeficiência humana (HIV) e doentes de aids.
    A PRESIDENTA DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

    Art. 1o Constitui crime punível com reclusão, de 1 (um) a 4 (quatro) anos, e multa, as seguintes condutas discriminatórias contra o portador do HIV e o doente de aids, em razão da sua condição de portador ou de doente:

    I – recusar, procrastinar, cancelar ou segregar a inscrição ou impedir que permaneça como aluno em creche ou estabelecimento de ensino de qualquer curso ou grau, público ou privado;

    II – negar emprego ou trabalho;

    III – exonerar ou demitir de seu cargo ou emprego;

    IV – segregar no ambiente de trabalho ou escolar;

    V – divulgar a condição do portador do HIV ou de doente de aids, com intuito de ofender-lhe a dignidade;

    VI – recusar ou retardar atendimento de saúde.

    Art. 2o Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

    Brasília, 2 de junho de 2014; 193o da Independência e 126o da República.

    DILMA ROUSSEFF
    José Eduardo Cardozo
    Arthur Chioro
    Ideli Salvatti

    Este texto não substitui o publicado no DOU de 3.6.2014

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s