Vídeo

Fantástico

TV

Estudos mostram que a cura da aids pode estar próxima

Vamos conhecer o que há de mais avançado na luta contra a aids. Esta semana, alguns dos maiores especialistas do mundo se reuniram em São Paulo. O doutor Drauzio Varella esteve lá, e mostra agora que existe esperança nessa luta.

Sobre estes anúncios

98 Comentários em “Fantástico”

  1. Mart
    15/04/2013 at 07:55 #

    Os nossos remédios apareceram nas imagens das reportagens, estão ficando famosos, rssss, já perceberam que todo entrevistado é sempre alguém bem debilitado, para a mídia, na minha opinião, não é interessante mostrar algum soropositivo bonito, atlético, “sarado”, com saúde. Sempre eles apresentam à sociedade alguém, como nesse ultimo caso, com outros problemas desenvolvidos, segundo eles, pela doença. Em outras entrevistas, pessoas muito magras, com lipodistrofia e a pele meio detonada, aaahh, não vou ficar assim não, até lá já descobriram como o remédio chegar lá no tal do esconderijo na célula onde o vírus está escondido e matá-lo, hehe !!!!

    • Raul
      16/04/2013 at 11:36 #

      Nossa! tenho medo da questão dos efeitos colaterais___temos que ser realistas e não pessimistas, por isso, admito que vou passar por isso___, mas o efeito colateral que mais tenho medo é da lipodistrofia. Tenho medo de ficar com o corpo deformado.

      • Fernanda Telles
        16/04/2013 at 14:38 #

        Sim, os efeitos colaterais dos ARV’s “podem” ocorrer, porém “podem” ser previstos, evitados, tratados e curados. Já os EFEITOS COLATERAIS DO HIV E DA AIDS, além de muito mais GRAVES, SÃO FATAIS!

        MILHÕES DE PESSOAS QUE NÃO TIVERAM NENHUMA CHANCE E MORRERAM quando não existia absolutamente NADA PARA COMBATER O HIV, com toda a certeza desejavam, tinham esperança que EXISTISSE O TRATAMENTO DISPONÍVEL PARA “TODOS” como ocorre atualmente!

    • Viviane
      16/04/2013 at 19:58 #

      Mart , mas teve uma vez que mostrou um homem de 56 anos atlético lindo… Acredito que quando eles mostram gente com muitos problemas é porque a juventude de hoje não mais se importa com as consequências de seus atos, ai eles mostram pessoas bem debilitadas para ver se passam a se cuidar mais, já que só falando, eles não ficam com medo ….

      • Mart
        16/04/2013 at 20:05 #

        Vi, (olha a intimidade, rss), serei eu o próximo maduro sarado a dar entrevista, quem sabe um dia, hehe, brincadeiras a parte, estou com 32 anos, espero que até lá já tenham encontrado a cura e que sirvamos de exemplo para os mais jovens se cuidarem ……

        • Viviane
          19/04/2013 at 08:03 #

          Tomara Mart… Espero se a próxima ”Sarada madura” tambem rsrsrs… Sabe como vivo repetindo ainda não iniciei os medicamentos, mas minhas plaquetas estavam muito baixo 40 mil(sendo que o mínimo é 150) o médico passou um remédio pra ver se ela aumenta mas li a bula e desanimei rs… Os efeitos que o medicamento causa e muito ruim , então acabei não tomando nenhum( até pq não dava a absoluta certeza de que iria funcionar). Comecei a caminhar 1:30 hrs na praia, vou pelo calçadão e volto pela areia da praia, e minhas plaquetas subiram sem remédio algum de 40 foi pra 100 em aproximadamente 1 mes + ou- …. Agora virou rotina caminhar, até pq coloco meus pensamentos em ordem, choro quando tenho que chorar sem ningue perguntar oque está acontecendo(pq não tem nenhum doido caminhando 05:30 da manhã rsrsrs, são poucas pessoas rsrs), meu psicológico ta bom ( exceto quando me deparo nas lembranças da minha filha, mas em questões de eu está com hiv to bem), optei em voltar a estudar e vivo vivendo …. Atá AMEI quando me chamou de vivi, isso demonstra o carinho que temos um pelo outro….

      • CD4/CD8
        19/04/2013 at 10:43 #

        Consultem o google a respeito do seguinte nome e vejam fotos atuais dele, HIV + há 25 anos: Greg Luganis!

    • Leandro
      28/04/2013 at 13:39 #

      E aí Mart blza!
      Cara eu descobri que sou soropositivo no dia 26/02/13 e fiquei super mega deprimido até porque este era dia de aniversário da minha irmã, mais estou aprendendo a lutar pela vida a cada dia. Hoje me escrevi para receber atualizações sobre este blog e também vi essa notícia do Fantástico no dia em que fui fazer um de meus exames de sangue, cara fiquei muiiiiiito feliz pq tenho cada vez mais a esperança de que todos nós que passamos por este problema um dia vamos conseguir sair dele.
      Acredito que a descoberta dessa cura será um grande milagre!

      • Silva
        01/05/2013 at 17:29 #

        Todos nos sonhamos com essa boa noticia, e uma pena pelo seu resultado, e recente, mas siga em frente acredite sempre em DEUS e tenha fé, um dia a cura chega. Enquanto isso vá vivendo sua vida de boa seguindo as orientações dos medicos e Boa Sorte.

      • Tony
        01/05/2013 at 17:37 #

        Muito bom ler depoimentos entusiasmados como o seu Leandro, muita saúde para todos nós. abraços !!!!

    • Henrique
      15/05/2013 at 23:17 #

      **Antes de qualquer coisa eu sou neutro quanto a questão levantada, porém eu quero esclarecer e mostrar os dois lados da questão, para que cada um tire suas próprias conclusões.**

      Mart, não podemos afirmar que a mídia procuram pessoas debilitadas para fazer este tipo de matéria pois o jornalista depende de voluntários que aceitem mostrar o seu rosto em público e, dificilmente o jornalista vai acha alguém “sarado” a tempo de fechar a matéria. Outras variáveis se aplicam também como a matéria tendenciosa a mostrar pessoas debilitadas para que assim o telespectador continue assistindo e não troque de canal. Ou até mesmo como a Viviane falou eles podem ter adotado esta linguagem para que os jovens de hoje deem mais importância para para o que está sendo dito e abram os olhos e veja o quão importante é esta questão.

  2. Vanessa
    15/04/2013 at 08:03 #

    Os dois casos de pessoas que mostraram realmente foi assustador, mas aquela não é a realidade, pois se todos que tivessem HIV/AIDS, tivessem aquela aparencia, nenhum de nós teria contraido a doença, pois estaria na cara de quem tem , e no mínimo teríamos usado preservativo !

    Mas o importante que a cura está perto, a reportagem me deixou feliz !!

    Bom dia a Todos !
    Bjs

  3. Digo
    15/04/2013 at 09:54 #

    Achei a matéria superficial. Vamos ver quando o estudo do primeiro entrevistado, que cita uma mudança no uso dos ARVs para alcançar os vírus latentes, for publicado.
    No mais, a chamada para a reportagem foi bem mais otimista que o conteúdo dela em si.

  4. Jr
    15/04/2013 at 10:35 #

    Pois é, sempre entrevistam alguém debilitado. Isso é deprimente. No meu ponto de vista isso só ajuda a aumentar o preconceito, pq essa é a imagem que as pessoas acabam criando de uma pessoa HIV+.

    • Beatriz
      15/04/2013 at 12:49 #

      Com certeza! Não sou soropositiva, mas gosto de acompanhar o blog, justamente por saber que, hoje em dia, praticamente todos os que se tratam têm vidas normais. A imagem do portador acabado, doente e debilitado só contribui para o persistente problema do preconceito. As drogas para tornar a vida mais fácil já existem e outras tantas estão perto de entrar no mercado, mas uma para acabar com o preconceito, nao vai existir tao cedo! De qualquer forma, a noticia, mesmo que superficial, dá uma esperança! Pelo que tenho lido, 2013 vai ser um ano muito definidor no tratamento do HIV! Estou torcendo por uma cura ou por um remédio menos prejudicial para o corpo! Abraços e que Deus abençoe voces, lutadores da vida!

    • JCS
      15/04/2013 at 19:43 #

      Eu discordo. Existem também inserções midiáticas mostrando soropositivos em uma realidade confortável. A série do fantástico, por exemplo, retratou muito bem isso. Tem também, por exemplo, o vídeo a campanha do Samir de BH também, um cara super bonito e saudável, que não sei se foi veiculada nacionalmente. http://www.youtube.com/watch?v=C6rT10z84_c.

      O problema é que é difícil confrontar essas situações. Isso não é inventado. É realidade. O cara tá aí. Tem que ser mostrado. Um indivíduo que hoje negligenciar o vírus pode acabar como o sujeito da matéria.

      Não é vendendo o HIV como algo tranquilo que se vai combater o preconceito. Defendo que sejam evidenciados todos os aspectos da epidemia.

      O aclamado Dr. E já reafirmou em entrevistas que as novas gerações estão subestimando os riscos de infecção pelo HIV.

      As abordagens tem que ser sóbrias e responsáveis, não pendendo pra nem um lado.

  5. Hilton
    15/04/2013 at 13:33 #

    A hora da cura ta chegando, pessoal! Ânimo aí, todos! Até o fim do ano vem muitas novidades boas, com certeza!

  6. Jana
    15/04/2013 at 16:37 #

    Fiquei muito animada com a reportagem do Fantastico de ontem, tenho certeza q a cura esta chegando, q isso so é o começo de muitas outras boas noticias q estao por vir.

  7. anderson
    15/04/2013 at 16:46 #

    Ouço essa história de cura há muito tempo…

  8. Mart
    15/04/2013 at 17:31 #

    Lá vem eu com a Teoria da Conspiração, mas reflitam comigo, não quero ser pessimista, mas se nós que tínhamos todas as informações, estudo, leitura, discernimento e mesmo assim fizemos a cagada de ter pego, imagine o dia que disserem que a cura foi descoberta, todos sabemos que além da Aids existem outras doenças no “pacote”, dai que vai virar uma zona mesmo, pois ninguém vai se preocupar em se proteger, pois o pior já foi “solucionado”. Não será fácil para as autoridades divulgar uma informação dessa sendo que a população ainda não está preparada para entender como é difícil conviver com isso.
    Convenhamos, a gente só parou para pensar nisso quando aconteceu conosco. Nossa, viajei agora com esse post, é só um desabafo, preciso estudar, tchau !!!

    • Hilton
      15/04/2013 at 23:52 #

      Com todo respeito, viajou MESMO! Desacreditar na seriedade da ciência é um erro. Se a intenção dos cientistas e industria farmaceutica fosse boicotar as curas, nao teriam encontrado cura para todas as doencas que estao ai tratáveis hoje em dia.A Humanidade ainda estaria sendo devastada pela Doença de Chagas, Lepra ,Cólera ou Peste Bubônica , como era seculos atras. Hoje essas doenças são passado. Em breve a Aids o será também. Raciocínio sempre, galera!

  9. mandy
    15/04/2013 at 18:23 #

    Não acho que seja negativo mostrar pessoas detonadas pela aids desde mostrem tb as pessoas que estão bem . pq é aquele negócio, a gnt pensa que vai ver a aids na cara dos outros e não dá pra ver. Como disseram aí em cima se a gnt visse alguém com aspecto de doente na pior das hipóteses usaríamos preservativo.Porém, é bom que os que não pegaram a fase de horror da aids nos anos 80, e aí me incluo, vejam e se conscientizem até onde essa doença pode levar. E que façam o teste antes de chegarem nesse ponto.

    Pq hoje, oq a gnt vê na tv é a pessoa com uma cara ótima falando que vive bem com a AIDS e ainda tem esse lance de que agora a aids é classificada “apenas” como uma doença crônica, tratável com ARVS, q as pessoas levam vida normal,eu penso q isso deixa a gnt mais relapso no uso do preservativo pricipalmente os mais jovens. Pq dá pra pensar “ah é só tomar uns remédinhos e pronto”. e não são só “uns” remédinhos as vezes são 15 por dia . Os comerciais dão a entender pelo menos esse ultimo q passou no canaval que o pior da aids é ter q tomar esses remédios sempre. E a gnt sabe que não é bem assim. É uma vida cheia de regras,efeitos colaterais e oque talvez seja a pior parte, preconceitos.

    • JCS
      15/04/2013 at 22:21 #

      Pra mim HIV/AIDS não é nem nunca foi a pior doença do mundo, nem mesmo no começo da epidemia, como todo aquele horror. Só que HIV/AIDS tem dois problemas: 1 – ser infecto-contagiosa / 2- ter se tornado uma epidemia.

      Câncer e Esclerose Múltipla são coisas que, a rigor, não podem ser evitadas. E HIV poderia ser evitado em 99% dos casos.

      Se o comportamento e a consciência das pessoas tivesse acompanhado o avanço do tratamento, a epidemia poderia estar realmente controlada hoje em dia.

      Eu já trabalhei com acolhimento de portadores. É impressionante alguns casos que aparecem…

      • anderson
        15/04/2013 at 23:13 #

        Não entendi, vc está querendo dizer que nós somos responsáveis pala propagação da doença? Ter HIV é muito ruim sim. Preferia ter qualquer outra coisa. Não posso nem cogitar falar pra ninguém, não posso usar a isenção de imposto de renda para ninguém saber no meu trabalho. Vc pode dizer para os outros que tem cancer ou outra doença. As coisas são mais fáceis, as pessoas te ajudam. Vá dizer que tem HIV. Felizmente eu tenho um companheiro. Fico imaginando como deve ser difícil pras outras pessoas que vivem sem companheiro ou companheira ter que falar pros outros da sua condição. Pior: saber que tem pelo menos 99 % de chance de ser menosprezado ou abandonado. Ter HIV é uma das piores coisas que uma pessoa pode ter sim, é uma maldição, independente de ter podido ter evitado ou não. No meu caso, infelizmente não pude. Camisinha furada, fiz a profilaxia pós-exposição e não teve jeito. Preferia ter qualquer outra doença. Nunca vou aceitar e nunca mais serei feliz com isso.

        • Gutan
          15/04/2013 at 23:52 #

          Anderson,

          A isenção de imposto de renda só é possível para aposentados ou pensionistas. Tem um projeto de lei que vai estender essa isenção a todos os portadores. Caso vire lei, acredito que haverá a possibilidade de você ter a restituição do que pagou diretamente pela Receita Federal, sem constar em sua folha de pagamento, isto é, o imposto é descontando e depois você recebe de volta, já que temos direito ao sigilo.

          • Hilton
            15/04/2013 at 23:57 #

            Não adianta ficar revoltado. A verdade é que , tirando quem já nasceu com HIV, praticamente todos os demais pegaram o vírus por descuido próprio.Não adianta culpar outro alguém.Aconteceu, agora vamos olhar pra frente e seguir adiante, mais experientes.

            • anderson
              16/04/2013 at 00:06 #

              Desculpem pelo desabafo. Claro que existem coisas piores. Hoje passei por uma situação muito ruim que não vou comentar aqui por conta do HIV. Desculpa mais uma vez.

              • Vida
                17/04/2013 at 20:09 #

                Anderson, desabafe sim!! Afinal aqui acabou se tornando um local de desabafo de muuuuitos,inclusive o meu. Se alguém não gostar dos seus momentos de revolta que não leia!! Afinal ninguém é obrigado a entrar aqui no blog. Dizer que a gente vive bem com isso é mentira, a gente tenta conviver amistosamente com essa doença maldita…ter isso é uma m!@#$sim!, se entupir com essas drogas diariamente é uma b!@#$% sim! E os efeitos colaterais dessas drogas?? Eu mesma adquiri uma osteopenia grave e estou me tratando. Infelizmente o mal está feito e temos que seguir em frente e aguardar a tão sonhada cura.

        • Alexandre
          16/04/2013 at 07:29 #

          Ou, esse cara é a depressão em pessoa. O HIV não é a pior doença que vc tem Anderson. As vezes é por causa do seu baixo astral que as pessoas te isolam, e justificam com o HIV. Sinceramente, agüentar um parceiro soro+ deve ser muito mais fácil que agüentar um cara que carrega uma nuvem negra, como vc. Nunca li um comentário seu que fosse otimista ou eufórico, é sempre: “Nossa, estou desesperado…” Ou “Não sei mais o que fazer, minha vida perdeu o sentido” ” Quero morrer, já pensei em me matar” ou “Estou desesperado, meu parceiro me largou…” (é lógico),
          Putz, novela mexicana não chega nem de perto ao seus pés Anderson.

          • K2K
            16/04/2013 at 21:20 #

            Concordo com vc mas o cara ta sofrendo de depressão por causa do Efivarenz.

          • Mart
            16/04/2013 at 21:26 #

            Estao pegando pesado com ele, rsss, acho que até ele deve estar rindo dos comentários, é só uma fase.

            • Jovem Soropositivo
              17/04/2013 at 01:44 #

              Pois é… Pelo visto, a galera aqui tira os outros da depressão na base do tapa! :mrgreen:

            • Vida
              17/04/2013 at 20:16 #

              Estão pegando pesado mesmo Mart. Acho que cada um tem que falar o que pensa, o que sente, claro que sem ofender os outros, mas tem que falar sim! Cada um reage de uma maneira ao receber o diagnóstico e nós temos que respeitar, dar uma palavra de apoio, não criticar……e como você mesmo disse: “é só uma fase”…..Um dia há de passar. :D

        • Vanessa
          16/04/2013 at 08:49 #

          Anderson

          Você não sabe o que ta falando, o HIV não é a pior doença !

          Tem noção do que é um câncer ? acho que não neh ! tudo bem não se tem preconceito, mas isso nao quer dizer que todo mundo vai ficar a seu lado, sabe pq ? ? pq é um puta barra !! semanalmente tem que ir fazer exames de sangue pra saber se pode receber a quimioterapia, seu cabelo cai inteiro, fica super magro, e não dá pra disfarçar ! todo mundo sabe o que vc tem ! sem contar que tem determinados tipos de câncer que pode ir la procurar na net, como a gente faz aqui, o máximo de sobrevida é de 5 anos, outros são 2 ! é uma verdadeira sentença de morte ! o HIV não !!! temos vida normal, trabalhamos, estudamos, namoramos, e com um cancer? o que se pode fazer, além de infinitas consultas e quando não esta internado !
          E problemas de rins ! 3 vezes por semana hemodiálise ! sabe o que é isso ? é parar a sua vida em função de uma doença….é nunca mais tomar um copo de água, e cerveja então? vc ainda pode sair tomar uma cervejinha, pegar carro , ônibus, viajar…e ninguem vai saber o que vc tem !!!
          Diabetes…parece besteira mas não é ! tenho uma amiga que tem, no dia que estrapola, e as vezes nem é muito, ela não consegue ir trabalhar, sabe pq? pq não enxerga NADA ! tem que ficar em casa esperando a glicose baixar ! imagina ficar cego ?? ou sem uma perna ??

          Não fale besteira !!!!

          • Cd4mEeNeRgIzEm
            16/04/2013 at 13:30 #

            sou soropositivo e minha mãe tem cancer e descobrimos por coincidencia no mesmo mes…ambos estão bem enfrentando a situação mas nem se compara o que ela sofre nas quimioterapia perto de mim que sigo uma vida praticamente normal…este ser aí esta falando besteira demais…devia dar mais valor a vida isso sim e para de ser estressadinho…

            • Alexandre
              17/04/2013 at 13:00 #

              Estressadinho nada, é chiliquento mesmo.

          • Greta
            16/04/2013 at 13:37 #

            Certamente tem doenças bem piores, deu me livre, mas como seria um mundo melhor sem nada disso nos cercando!
            O que mais me indigna,é que esse virus tinhamos como prevenir :(. Ja muitas outras doenças não tem como, simplesmente aparecem.

            Abs Greta

          • Hilton
            16/04/2013 at 13:47 #

            Ter HIV era uma coisa terrivel ate o começo dos anos 90, hoje é uma doença tratavel, Só está morrendo quem infelizmente não tem acesso a tratamento ou uns cabeças-duras que se recusam a tomar remedios. Hoje , ter cancer ou outras doenças degenerativas , é MUITo pior que ter HIV. Mas por incrivel que pareça, o estudo do HIV beneficiou muito o estudo de uma cura para o cancer, basta acompanhar as pesquisas. Ambas as doencas tem muita semelhança. O HIV está ajudando a encontrar a cura do cancer!

          • Viviane Conti
            16/04/2013 at 14:41 #

            Concordo com vc Vanessa meu tio que e mt próximo a mim, quase meu pai esta com câncer com nível de agressividade quatro (o mais agressivo de todos) e minha tia que tem câncer linfático que não tem nenhum tratamento , HIV não e a pior doença .bjs

          • leocd4
            21/04/2013 at 22:02 #

            O pior sintoma de ter o HIV é o medo, medo das reações adversas da TARV, medo de ter que conviver socialmente com isso, medo de os anos passarem e não surgir nada em questão de tratamento que possa impedir ou aliviar o aparecimento dos efeitos de longo prazo, medo do que pode acontecer num futuro próximo ou distante. Em muitos casos o soropositivo se trata, e consegue superar muito bem os efeitos do tratamento e se readaptar a nova vida. Eu tenho 4 meses de tratamento e minha vida é absolutamente normal, tomando meus remedinhos todos os dias na hora certa e quase sem nenhum efeito. Entretanto o câncer e outras doenças gravíssimas não impõe apenas um medo psicológico do que possa vir a acontecer, o medo é real, o sofrimento é real, a morte em muitos casos está ali rondando, muito mais próxima do que num soropositivo recém diagnosticado, ainda que haja um tratamento contra o câncer, nem sempre é eficaz, e quando parece ser, pode voltar meses ou anos depois muito mais agressivo. O câncer não escolhe idade, sexo, classe social, raça, condições financeiras, etc, e até mesmo pessoas que levam uma vida extremamente saudável ,sem nenhum vício, boa alimentação prática de esportes, estão também, ainda que menor, dentro de uma faixa de risco. Considero o HIV um tapa forte na nuca te obrigando a seguir uma vida saudável e regrada, tipo um “tudo ou nada” para aqueles que como eu, não importando a razão, tiveram algum descuido no passado. Sabendo lidar com a nova realidade, você saberá levar uma vida normal e até de forma muito mais correta do que levava antes, cuidando-se e sendo feliz de verdade.

        • Cezar
          17/04/2013 at 09:11 #

          conversa fiada… camisinha furada e pegou??? quantas vezes isso aconteceu? vc transava sem camisinha e pronto.

  10. Mart
    16/04/2013 at 07:41 #

    Parem agora todos de brigar, rssss, quem é homossexual como eu dai que se ferra mais ainda pelo preconceito, temos que nos ajudar aqui …. abçs !!!

    • Alexandre
      16/04/2013 at 09:39 #

      Desse preconceito eu não posso falar, pois não sou homossexual. Mas não tenho preconceito não, somente me incomodo com os pitis que alguns dão aqui, como o Anderson por exemplo. “Oh vida, oh dia…”. Ou, é muito irritante.

  11. Hilton
    16/04/2013 at 13:51 #

    Sou hetero e entendo que o preconceito também é uma doença.Que se cura com Educação e civilidade!

  12. anderson
    16/04/2013 at 19:21 #

    Bem, eu não sabia que o HIV tinha tantos defensores. Se vcs adoram ter essa doença, eu não posso fazer nada… Eu não gosto e nunca vou gostar. Não está mais aqui quem falou… Nem vou comentar mais nada.

    • JCS
      16/04/2013 at 20:54 #

      Anderson,

      HIV é uma desgraça mesmo, mas fazer o que? Tem que encarar a realidade, meu velho. Ficar revoltado não irá mudá-la. Vá viver sua vida enquanto tiver forças pra se manter de pé. Tem muito mais coisa nesse mundo que pode te afetar antes do HIV.

      Abraço!

    • Alexandre
      17/04/2013 at 00:11 #

      Graças a Deus!

      • anderson
        17/04/2013 at 17:02 #

        Sabe, pessoas como vc realmente mereceram ser infectadas pelo HIV. Infelizmente tem muitas pessoas boas que não mereciam isso, mas vc não. Vc mereceu. Bem feito, toma. Eu era cético e começo a ver que realmente existe um pouquinho de justiça divina.

        • Jovem Soropositivo
          17/04/2013 at 17:32 #

          Anderson,
          Não exagera…

        • Alexandre
          18/04/2013 at 00:31 #

          E Deus com certeza irá te perdoar pelo comentário acima. Eu também te perdôo, de coração.

    • Jovem Soropositivo
      17/04/2013 at 01:37 #

      Anderson,
      Já conversou com teu médico sobre o efeito colateral depressivo do Efavirenz?

      • anderson
        17/04/2013 at 17:03 #

        Ainda não. Obrigado pela preocupação e por tudo. Um grande abraço.

  13. M.P
    16/04/2013 at 20:04 #

    Pessoal, pfv me ajudem, eu descobri ser soropositivo em outubro do ano passado, fiz todos os exames, perdi meu chão, mas fiquei mais aliviado, porque meu cd4 estava em 570, ela disse que abaixo de 500, precisaria tomar medicamento, e falou pra fazer exercício físico, comer três frutas e três verduras por dia e era pra evitar choque térmico. Hoje voltei e ela disse que meu cd4 estava em 480, disse que havia seguido a recomendação (só não comia TODOS os dias as frutas e verduras), mas passei a comer mais que antes.

    Minha pergunta é: Tem como continuar fazendo isso (até mais vezes) pra subir o cd4, sem tomar os tais medicamentos?
    Ela disse pra eu pensar se quero começar o tratamento e voltar na segunda-feira, tenho medo dos efeitos colaterais.. =(

    • Jovem Soropositivo
      17/04/2013 at 01:29 #

      M.P.,

      Com HIV, o CD4 da maioria dos pacientes cai de qualquer maneira, mesmo comendo frutas, verduras, legumes.

      Vários estudos hoje indicam que quanto mais cedo começar o tratamento, melhor. Porém, 480 é bem pouco abaixo de 500. Se preferir, negocie mais um exame até decidir e se preparar para começar o tratamento – que, aliás, não é nenhum monstro de sete cabeças.

  14. Mart
    16/04/2013 at 20:09 #

    Comecei o tratamento recentemente, faz 3 semanas que tomo os medicamentos. Comece logo, não espere cair mais o cd4 e ficar doente, não tive nada de tão anormal, unica coisa q sinto hoje é o paladar ter alterado, mas no resto, nada de efeito colateral, dizem que se fosse para sentir algo muito sério seriam nas primeiras semanas, até agora nada, fique com medo não, é melhor ir já começando a matar esse vírus safado, rssss, abçs !!!!!!

  15. Edu
    16/04/2013 at 20:35 #

    Pessoal, uma dúvida, meu namorado está super saudável, CD4 em 1000. carga viral baixa quase indetectável, entretanto ele teima em iniciar o TARV em relação ao fato de sermos sorodiscordantes e usarmos camisinha direto. A minha dúvida é, existe problema em alguém iniciar o TARV sem a necessidade??? A médica dele disse que não havia necessidade, mas ele teimou, enfim, o que vocês acham?

  16. Rafael
    17/04/2013 at 14:33 #

    Fale pessoal! Tou triste pra caramba.
    Acabo de receber meu primeiro resultado de cd4 e cv.

    CV: 10.290
    Cd4: 472mm3

    Eis a questão começar logo os arv?
    Abraços.

    • JCS
      17/04/2013 at 19:03 #

      Rafael,

      Seus parâmetros estão bons, cara. Cd4 de 472 pra um soro+ sem tratamento não é mal, porém é um indicativo que o HIV está começando a afetar o sistema imunológico. É uma decisão que você deve tomar junto com o seu médico, que é quem conhece seu quadro com detalhes.

      Forte abraço e sucesso!

  17. Rafa
    17/04/2013 at 15:49 #

    Oi gente, tenho 29 anos e descobri ser soropositivo há 1 mês e meio. Meu CD4: 58.000. Carga Viral: 410.000. Minha contaminação foi em algum ponto do final de 2011 até metade de 2012. Fiquei assustado com o cd4 tão baixo porém meu infectologista disse ser possível isso alguns meses depois da infecção, é como se fosse uma queda repentina pelo ataque do vírus e depois a curva de CD4 subiria novamente para estabilizar. De qualquer forma iniciei o tratamento há 3 semanas e fora a leseira do Efa me sinto ótimo. Sei que cada um tem uma história de vida e lida com isso de diversas formas. Estou muito bem em relação ao diagnóstico e resolvi não contar pra ninguém já que minha vida pouco mudou (apenas me alimento melhor e parei com a bebedeira). Olha, de longe eu era um dos mais “santos” da minha turma mas “ganhei o biscoito sorteado”. O melhor é descobrir cedo e matar esses vírus pra daqui uns anos nosso tratamento ser mais espaçado ou quem até uma cura, né? Um psicólogo é sempra uma boa se você não consegue lidar ainda com a situação. Um abraço a todos.

  18. Rafael
    17/04/2013 at 17:50 #

    Rafa, vc tava referindo seu cd4 de 58 né.

  19. Rafa
    17/04/2013 at 19:21 #

    Isso! Muito abaixo mas nunca tive nenhuma doença oportunista. Todos os meus outros exames estão normais.

  20. Vida
    17/04/2013 at 20:19 #

    Pelos comentários do pessoal aqui, a matéria do Dr. Dráuzio não foi tão legal assim….não assisti domingo e diante dos comentários do pessoal nem vou assistir…..

  21. Mart
    17/04/2013 at 20:33 #

    Começo do ano o meu cd4 estava em 400+-, mas passei por situações muito chatas e como estudo para concurso e passo muito tempo sozinho, a depressão corre solta, conclusão, o que demoraria alguns meses, em 2 meses meu cd4 caiu para 272, apesar de minha carga viral ser só 3.000. Já iniciei o tratamento e hoje já peguei pela segunda vez os remédios. Para aqueles que estão em duvida se começa ou não, acho melhor começar o quanto antes (minha humilde opinião), vai que no dia que você colheu o sangue estava tudo bem e tal, mas acontecem muitas coisas que nos enfraquecem e pioram nossa imunidade, acho que se basear só pelos exames a cada 2 meses é meio perigoso.

  22. Léo
    18/04/2013 at 07:41 #

    Eu comecei o tratamento após 60 dias da infecção, dei sorte de descobrir precocemente a após ler bastante, trocar umas idéias aqui com o JS resolvi começar logo a medicação mesmo contra meu infecto, tudo vem indicando uma relação positiva entre o inicio precoce do tratamento e o estabelecimento de esconderijos do vírus no organismo do hospedeiro, comei o tratamento com o cd4 em 844 e cv em 30mil, fora a depre do efavirenz e um ou outro desconforto matinal nao sinto mais nada e ja estou ao fim do segundo mês.

  23. Rafael
    18/04/2013 at 12:47 #

    Léo, seus efeitos colaterais estão diminuindo. Quanto ao recebimento dos medicamentos é constrangedor? Demora muito? Não há possibilidade de uma outra pessoa pegar por vc?

    • Léo
      18/04/2013 at 17:47 #

      Os efeitos colaterais vão diminuindo conforme seu organismo se acostuma com eles, hoje com menos de 60 dias ja não sinto praticamente nada, quanto ao constrangimento ao pegar seus medicamentos nao se apegue a isso, ate pq terá que pegar sempre por um bom tempo, ou ate que descubram alguma solução para o nosso problema, nos locais onde vc busca medicação só terá pessoas com problemas parecido com o seu, mas se mesmo assim estiver “constrangido” busque seus medicamentos um pouco mais distante da sua residência ou ja respondendo sua questão peça para alguem maior de 18 anos retirar para vc. Abs

  24. Léo
    18/04/2013 at 17:55 #

    JS,
    Uma pergunta, quando vc retira sua medicação, consegue pegar 60 dias de tratamento se uma vês só? Ou 120 dias? Ou tem que pegar todo mês?

    • Jovem Soropositivo
      18/04/2013 at 19:20 #

      2 meses. Pode negociar 3, se for viajar.

      • Léo
        18/04/2013 at 21:36 #

        JS,
        Sua cv ficou indetectavel depois de quanto tempo?
        Você chegou a sentir algum sintoma da fase aguda?
        Quando vc estava com a Srta. J depois de quanto tempo descartou as sorologias para ela? (Digo isso pq, deu o prazo da janela imunológica da minha noiva e ela terá que repetir o exame para garantir que somos sorodiscordantees porém nesse meio termo ela ficou um pouquinho resfriada com alguns dias de nariz escorrendo e tosse)

  25. Mart
    18/04/2013 at 18:07 #

    não foi para mim a pergunta, mas ontem mesmo obtive essa informação ao pegar os medicamentos. A enfermeira disse que seu eu levar da próxima vez 2 receitas para 2 meses eu nao preciso ficar indo todo mês lá e passar por constrangimento. fiquei feliz, assim, no ano, irei lá só 6 x, hehe.

    • Jovem Soropositivo
      18/04/2013 at 19:57 #

      Mart,
      Basta 1 receita em 2 vias (1 retida e outra para você) e a ficha de solicitação assinalada “2 dispensas” ;)

  26. Sven
    18/04/2013 at 18:17 #

    Sou EXTREAMENTE a favor de se inciar o tratamento com TARVS no dia do diagnóstico. Mesmo se seu cd4 estiver altíssimo e sua CV baixa.

  27. Victoria
    18/04/2013 at 20:40 #

    Boa noite JS, parabéns pelo blog, realmente é de grande importância…Preciso muito da sua ajuda, pretendo fazer uma viagem aos EUA muito em breve, e gostaria de saber se vc conhece alguém , ou se vc já foi pra lá e levou seus remédios, como foi o processo de passagem na alfandega, fizeram perguntas, abriram sua mala, olharam os remédios, enfim, estou desesperada, farei essa viagem com uma pessoa que não sabe da minha condição, por favor se pudessemos conversar por e-mail seria até melhor, me responda o que souber….me ajude nesse sentido.

    • Jovem Soropositivo
      18/04/2013 at 20:55 #

      Oi Victoria,

      Já fui para a França com meus remédios e não passei por nenhum contratempo. Mas, como sabemos, os americanos são mais vigilantes com as bagagens… Pelo que pesquisei, o exigido pelas autoridades é levar os frascos lacrados e o pedido médico na bagagem de mão, e os comprimidos soltos necessários para o vôo.

      Porém, para sua segurança, sugiro levar também comprimidos em porta-medicamentos, se possível na quantidade necessária para viagem toda, na bagagem de mão. Nunca leve todos os medicamentos na bagagem a ser despachada.

      E… boa viagem!

  28. Mart
    18/04/2013 at 21:01 #

    Esse Jovem é sempre muito atencioso, menino de ouro ele, rsss. Abraços !!!

  29. Victoria
    18/04/2013 at 21:30 #

    Muito obrigada JS pela resposta!
    E ainda, se vc conhecer pessoas que foram para os EUA nas mesmas condições, por favor passe meu e-mail para essas pessoas , claro se elas quiserem compartilhar comigo essa experiência no momento da entrada no país…eu ficaria muito agradecida mesmo. Isso é muito importante para mim!! Desde já agradeço!!!! Boa noite!

  30. Viviane
    19/04/2013 at 21:11 #

    rs… Minha hora de desabafa de novo. Galera peço desculpas mas acho que pelo fato de está se aproximando o niver da minha filha fico apavorada, chatiada, revoltada, até mesmo com um sentimento que nunca imaginei que sentiria tão profundo que é o tal ÓDIO… Acho essa palavra forte demais , mas não consigo explicar, nossa minha filha ia fazer 4 anos dia 07/05, mas a vida resolveu mais uma vez me fazer chorar com tamanha tristeza, dor e revolta… Caramba 1 ano e 4 meses e 15 dias sem ouvir minha filha me chamar de mamãe, ai que ódio gente , poxa peço milhões de desculpas mas é somente aqui que posso me expressar , chorar e gritar, mostrar verdadeiramente o sentimento que estou sentindo, e NÃO EU NÃO ACEITO QUE UMA CRIANÇA DE 2 ANOS E 8 MESES MORREU COM UMA INFECÇÃO CAUSADA PELO HIV, prefiro milhões de vezes a MORTE e DEUS sabe disso, ele sabe,…. No entanto me deixou ver minha filha morrer pouco a pouco, dia a dia … 1 mes e 4 dias ela naquele CTI em coma, acordou 15 dias antes somente pra me dizer que me ama, e depois não acordou mais , nunca mais meu Deus , eu não me importo com essa doença, mas, em momento nenhum tive a oportunidade de saber disso antes, nenhuma … Desculpa gente precisava chorar em silêncio novamente! OBRIGADO…

    • Hilton
      20/04/2013 at 16:01 #

      Segura a onda,Vivi. A verdade é que a gente não manda em nada, a vida de todo mundo pertence a Deus e é emprestada pra gente viver. E dura o tempo que ele determinou. Se acalma que tudo tem um motivo, nada é a toa. Sua filha e vc se reencontrarão mais pra frente e vão compensar essa experiência da separação temporária.Tenha força.

  31. Rafael
    19/04/2013 at 21:15 #

    Viviane, em nada que eu escrever vai diminuir sua revolta e sua dor. Meus sentimentos e que Deus proteja sua princesinha, como também você.

  32. Viviane
    19/04/2013 at 22:16 #

    Obrigado Rafael….

  33. Vanessa
    19/04/2013 at 22:52 #

    Viviane,

    Sua história me deixou triste e pensando sobre a vida…
    Eu sei que é muito dificil, nosso nível de compreensão nos impede de entender o por que das coisas, mas Deus sabe o que faz….ele nao desampara ninguém!
    Nesses momentos de dor, acredite que ele te carrega no colo, e sua filhinha com certeza esta muito bem…

  34. Hilton
    19/04/2013 at 23:48 #

    OLHA AI MAIS UMA OTIMA NOTICIA!! A CURA ESTÁ BEEEEM PRÓXIMA:

    http://www.agenciaaids.com.br/noticias/interna.php?id=20642

  35. Viviane
    20/04/2013 at 18:14 #

    Ei Galérinha, muito obrigada por me ouvirem e me aconselharem rs (Virtualmente rssrs). Hoje to melhor do que ontem , obrigado pela força…..

    • Neto
      21/04/2013 at 03:37 #

      Viviane,
      saudades das nossas conversas no face e msn.

      Beijos

  36. Viviane
    21/04/2013 at 09:45 #

    Neto nunca mais te encontrei on rsrsr… Bobo demais vc heim rs!

  37. Pedro
    21/04/2013 at 23:02 #

    Quando descobri minha sorologia com 18 anos me atirei no mundo, me revoltei e não acreditei que poderia viver com essa merda de vírus que roubou o meu sorriso. Tudo quando eu era inocente e um idiota(é claro que eu também tive culpa), que me passou de propósito essa porcaria de vírus e encontrou comigo recentemente e falou que sabia o motivo de eu não falar mais com ele e riu. O meu maior medo foi começar com
    esses “remédios”. Bom, eu era lindo, tinha toda a esperança de um futuro promissor. Hoje, com quase um ano de medicação e com 21 anos, porque eu acreditava que iria demorar mais para começar a medicação me lancei nos rocks. Hoje me cuido como posso e mesmo assim não tenho o mesmo corpo de antes, nem o mesmo rosto de antes. Quando olho no espelho me bate tristeza por não ser mais o mesmo. Perdi quem eu amo, porque aliás ele descobriu os remédios e isso porque sempre cuidei dele, para que não sofresse como eu. Também não saio mais, não vivo como antes, tenho um sono esterno e cheio de pesadelos. Em fim, apenas um desabafo também de alguém que tinha tudo, era um jovem feliz, nunca fui promíscuo e hoje me sinto como uma estrela morta na minha cidade. Um alguém que muitos perguntam o que houve comigo e eu digo que usei muitas drogas e estava viciado, mas hoje parei pra disfarçar que não tenho isso. Meus sonhos estão cada vez mais distantes e difíceis e sim, como penso em desistir. Só queria minha vida como era, ser feliz de novo como eu era. Mas está difícil demais.

    • Greta
      23/04/2013 at 21:09 #

      Vc esta vivo!!! Então viva!!!!
      Força!!!!

    • Jovem Soropositivo
      23/04/2013 at 22:55 #

      Pedro,

      Eu realmente gostaria de te dizer algo tão confortante que te mostrasse que tudo isso o que você está sentido é errado, é ilusão, depressão, etc.

      Mas… não seria verdade. Você está certo em tudo o que diz: uma das maneiras do vírus agir é essa mesmo. Ele pode mesmo roubar nosso sorriso e ele pode acabar com tudo.

      Porém, existe outra maneira: é um outro jeito de encarar a doença, que também não é nada fácil de encontrar e de perseverar nele. Mas existe.

      Não pare com teus remédios. Não faça nenhuma besteira. Respire fundo. Siga em frente. Você não está sozinho nessa. Estamos todos aqui, com esse mesmo terrível vírus.

      Escreva quando quiser!

      Abraços!

      J.

    • Viviane
      24/04/2013 at 00:24 #

      Pedro creio que vc vai achar uma saída pra todos esses sentimentos que estão em uma grande confusão ai dentro do seu coraçãozinho… Tambem perdi alguem que amo, só que pra morte, então quando nós amamos muito uma pessoa melhor que ela viva mesmo não sendo do nosso lado do que morra e saber que jamais iremos ver, nem que seja distante…. Sabe Pedro tambem sou nova, tenho 23 anos e me contaminei com 19 anos por aiii mas tudo foi e ainda ta sendo difícil demais pra todos nós, tem hora que entro desesperada, arrasada mas aqui tenho certeza que vc vai achar uma nova ”família”! Não tenho msn se quiser conversar add la vi.vimal@hotmail.com ! Prometo tentar fazer vc mais feliz, pois encho o saco rsrsr e trocamos certas experienciaaa se quiser claro . Bjus Vivi!

    • JCS
      24/04/2013 at 13:45 #

      Pedro,

      A depressão é uma aliada do vírus contra você. Por isso é muito importante que você resista. Não deixe a coisa se aprofundar. Procure ajuda profissional. Olhe pra frente. Você dará a volta por cima.

      Grande abraço!

  38. Vanessa
    23/04/2013 at 08:49 #

    Pedro eu sei que é bem dificil o diagnóstico, porém tenta não se revoltar, pq isso não te faz bem, alias a revolta não faz bem a ninguém.
    E sei que a gente fica sem saber como agir com relação a contar ou não pro namorado, mas pense, quando vc escolhe alguém pra trilhar um caminho com vc , esse alguém precisa saber o que tem nesse caminho.
    Se vc ainda ama ele, penso que deveria chamá- lo pra mais uma conversa, e falar que vc errou sim no sentido de não contar, mas não por que queria engana lo, mas simplesmente por não saber agir diante do sentimento que tem por ele, e diante da situação que vc se encontra, se ele gostar mesmo de vc, vai te aceitar e vcs vão reatar o namoro,
    Nesse momento, eu penso que ele quer que vc assuma que errou, e deixa que ele vai pensar e ver que vc escondeu algo sim, porem tomou cuidados com ele, essas conclusões ele mesmo irá fazer
    Ja vi aqui no blog mesmo um caso igual ao eu, onde a garota achou os remédios e foi procurar na net sobre o que se tratava, ela descobriu e terminou o namoro, mas depois o rapaz insistiu e eles reataram.
    Acredito que o seu seja um caso igual, e se não rolar dessa maneira, não fique triste, é pq ele não te merece, e fique tranquilo que irá aparecer outro que vai te entender e aceitar !

    Bjs

  39. RafaelSP
    23/04/2013 at 19:33 #

    Oi pessoal, tudo bem? Não sou soropositivo (pelo menos o último exame foi negativo) porém achei esse blog enquanto procurava informações sobre profilaxia pós exposição. Tive uma relação de risco e já faz 10 dias que estou tomando o coquetel (Iguego Lamivudina + Zidovudina 150 +300) e (Fumarato de Tenofovir Desoproxila) e os efeitos colaterais não estão sendo dos melhores: naúsea, vômitos, perda de apetite, ando meio depressivo.
    Tive vontade de parar de tomar, mas lendo o blog e os comentários de vcs achei melhor aguentar e continuar. Torço muito pela saúde de todos e que a cura chegue logo! Abração!

  40. Jana
    23/04/2013 at 20:25 #

    Pedro, eu entendo vc sei q o diagnostico é muito dificil, q nossa vida nunca será a mesma, mas te digo uma coisa não deixa a tristeza tomar conta de vc, pense q a medicação sao nossos aliados, e temos q cuidar da nossa mente para q o tratamento de certo, é a hora de pensar em vc, e tenho certeza q vai aparecer uma pessoa q vai te entender e vc vai ser muito feliz, vc pode ser feliz acredita, nao deixe q o hiv seja prioridade em sua vida.

    Abraços!

  41. Greta
    23/04/2013 at 21:07 #

    Oi para todos!
    Eu penso o seguinte: podemos ter que tomar essa medicação para o resto das nossas vidas, ou não! A cura pode ser encontrada a qualquer momento. Pensamento positivo sempre. Tenho uma fortaleza do meu lado, que é a minha mãe, sao dela essas palavras. Me sinto mais forte do que nunca, e eu não vou permitir que isso me derrube, nunca!!!!
    Força galera!!!! Somos materia e espirito!!!
    Desejo muito saúde a todos e muita vontade de viver.

    Abraço

    Greta

  42. Neto
    24/04/2013 at 08:47 #

    Consolo na praia

    Vamos, não chores.
    A infância está perdida.
    A mocidade está perdida.
    Mas a vida não se perdeu.

    O primeiro amor passou.
    O segundo amor passou.
    O terceiro amor passou.
    Mas o coração continua.

    Perdeste o melhor amigo.
    Não tentaste qualquer viagem.
    Não possuis carro, navio, terra.
    Mas tens um cão.

    Algumas palavras duras,
    em voz mansa, te golpearam.
    Nunca, nunca cicatrizam.
    Mas, e o humor?

    A injustiça não se resolve.
    À sombra do mundo errado
    murmuraste um protesto tímido.
    Mas virão outros.

    Tudo somado, devias
    precipitar-te, de vez, nas águas.
    Estás nu na areia, no vento…
    Dorme, meu filho.

    Carlos Drummond de Andrade.

  43. Mart
    24/04/2013 at 11:28 #

    Eu gosto daqui, me sinto em casa, rsss.

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.267 outros seguidores